Banca de QUALIFICAÇÃO: GERALDO JOSÉ DA SILVA NETO



Uma banca de QUALIFICAÇÃO DE MESTRADO foi cadastrada pelo programa.

DISCENTE: GERALDO JOSÉ DA SILVA NETO
DATA: 30/09/2019
HORA: 14:00
LOCAL: Sala de Reuniões do IQB/UFAL
TÍTULO:

SÍNTESE, CARACTERIZAÇÃO ESTRUTURAL E AVALIAÇÃO DA CITOTOXICIDADE DE NOVOS DERIVADOS 4-AMINOQUINOLÍNICOS


RESUMO:

Em doenças inflamatórias crônicas, como a artrite reumatoide, o processo inflamatório induzido por um estímulo nocivo não consegue ser fisiologicamente reparado. Nestes casos, o tratamento mais comum é a utilização de antiinflamatórios não-esteroidais (AINEs) e glicocorticoides; podendo também serem utilizados os fármacos antirreumáticos modificadores da doença (FARMDs), como a cloroquina – um derivado 4-aminoquinolínico. Para a obtenção de uma melhor efetividade no tratamento, a cloroquina e AINEs geralmente são associados. O desenvolvimento de novos fármacos é geralmente associado a síntese de moléculas híbridas, as quais podem exibir um sinergismo em sua ação devido a presença de diferentes grupos farmacofóricos com atividades similares. Desta forma, o objetivo deste estudo é sintetizar moléculas híbridas entre um derivado 4-aminoquinolínico e ibuprofeno e naproxeno (AINEs) que podem possuir um potencial anti-inflamatório, seguida de sua caracterização estrutural e avaliação de sua citotoxicidade. Os compostos foram sintetizados a partir de metodologia de síntese “one-pot”, onde 1 mmol do ibuprofeno ou naproxeno foi adicionado a 1 mmol de um derivado 4- aminoquinolínico (N1 -(7-cloroquinolin-4-il)etano-1,2-diamina) e 3 mmol de trietilamina em diclorometano, seguido da adição de 1 mmol de cloreto de tionila. A mistura foi mantida sob agitação por 6 h em temperatura ambiente. Após a reação, os produtos foram caracterizados por Ressonância Magnética Nuclear (RMN) de 1H e 13C, além da análise de técnicas bidimensionais de RMN. Em seguida os compostos analisados através de Espectroscopia no Infravermelho por Transformada de Fourier (IVFT) e Espectrometria de Massas (EM). Após a caracterização estrutural, o ensaio de viabilidade celular pelo método de MTT foi conduzido para avaliar o potencial citotóxico. Os derivados 4-aminoquinolínicos sintetizados são compostos híbridos novos, não reportados anteriormente na literatura e de fácil síntese. Ambos foram devidamente caracterizados a partir das técnicas de RMN, confirmando as estruturas moleculares planejadas. Os espectros de IVFT também confirmaram a hibridação dos compostos, sendo comprovados os desaparecimentos (NH2 e OH), deslocamento (C=O) e formação (N-CO) de bandas características, evidenciando a formação da função amida obtida pelo acoplamento dos dois fragmentos. Junto a isto, as análises de EM também mostraram resultados com os valores de massa exata de ambos os compostos, além de seus prováveis fragmentos. No ensaio de viabilidade celular pelo método de MTT, os derivados 4-aminoquinolínicos não mostraram sinais de citotoxicidade apenas em concentrações inferiores à 10 µmol/mL, possuindo potencial citotoxicidade (p > 0,05) em concentrações mais altas (≥ 10 µmol/mL). Assim, os novos compostos são derivados 4-aminoquinolinolínicos de fácil obtenção e que possuem um potencial farmacológico por serem moléculas híbridas de dois fármacos comerciais. Mesmo mostrando uma diminuição na viabilidade celular em concentrações mais altas, seus resultados são similares a um de seus precursores, a cloroquina. Novos estudos devem ser conduzidos, como ensaios pré-clínicos em modelos animais para avaliar a toxicidade oral dos compostos e seu potencial anti-inflamatório.


PALAVRAS-CHAVE:

4-aminoquinolina; moléculas híbridas; anti-inflamatórios nãoesteroidais; inflamação; artrite reumatoide.


PÁGINAS: 78
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química

MEMBROS DA BANCA:
Externo(a) ao Programa - 1640070 - ELIANE APARECIDA CAMPESATTO
Interno(a) - 1369387 - JOAO XAVIER DE ARAUJO JUNIOR
Presidente - 1348288 - MARIO ROBERTO MENEGHETTI
Externo(a) à Instituição - MORGANA VITAL DE ARAÚJO - UFAL
Notícia cadastrada em: 05/09/2019 15:39
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2022 - UFAL - sig-app-1.srv1inst1 15/08/2022 18:31