Banca de QUALIFICAÇÃO: MARIA DE FATIMA CORREIA DA SILVA NETA



Uma banca de QUALIFICAÇÃO DE MESTRADO foi cadastrada pelo programa.

DISCENTE: MARIA DE FATIMA CORREIA DA SILVA NETA
DATA: 16/03/2020
HORA: 09:30
LOCAL: Sala de Aulas da Pós-Graduação do IQB/UFAL
TÍTULO:

Síntese e caracterização de materiais à base de selênio para aplicação biológica


RESUMO:

As nanopartículas (NPs) à base de selênio têm sido associadas a diversas aplicações terapêuticas, incluindo ação anticancerígena, antioxidante, antibacteriana e antifúngica, anti-inflamatória e antidiabética. Dessa forma, o presente trabalho teve como objetivo sintetizar e caracterizar nanopartículas à base de selênio para aplicação biológica, realizando ensaios com células de câncer e macrófagos, para avaliar seu potencial antioxidante, anticâncer e anti-inflamatório. Para tanto, foram sintetizados nanopartículas de híbridas contendo selênio e cobre (SeCuNPS) na presença dos agentes estabilizantes quitosana e PVA, bem como carbon dots dopados com selênio (Cdots_Se). Além disso, foram preparados os materiais puros para fins comparativos (SeNPs e Cdots). As nanopartículas (NPs) foram caracterizadas através das técnicas de microscopia eletrônica de transmissão (TEM), espectrometria de raios-X por energia dispersiva (EDX), espalhamento dinâmico de luz (DLS), espectroscopia de infravermelho com transformada de Fourier (FTIR), espectroscopia de absorção molecular no UV-vis e espectroscopia de fluorescência molecular. As medidas de TEM e DLS mostraram que as SeCuNPs nos dois estabilizantes possuem um tamanho inferior às nanopartículas de selênio puras, com uma redução de tamanho de 94 e 78 nm para 36 e 35 nm em quitosana e PVA, respectivamente. Para os Cdots e Cdots_Se, os raios hidrodinâmicos foram inferiores a 20 nm. Por meio da técnica de EDX, comprovou-se a presença de Se e Cu nas SeCuNPs, constatando tratar-se de um material híbrido. Os espectros de FTIR das NPs exibiram perfis característicos dos agentes estabilizantes ou precursores utilizados nas sínteses, comprovando sua presença na estrutura e/ou superfície das NPs. Os espectros de absorção no UV-vis exibiram as bandas de absorção características dos nanomateriais, com absorção em 260 e 250 nm para as SeNPs estabilizadas em quitosana e PVA, respectivamente, e em 240 e 900 nm para as SeCuNPs nos dois estabilizantes. Os Cdots apresentaram as transições típicas do tipo π – π* e n – π*, as quais foram observadas em 208 e 286 nm para Cdots puros e em 206 e 284 nm, para os Cdots_Se. Por fim, as medidas de fluorescência permitiram inferir que a emissão dos Cdots e Cdots_Se é dependente do comprimento de onda de excitação (λexc). Para λexc maiores a emissão foi deslocada para o vermelho com um máximo de emissão centrado em 444 nm e 440 nm quando excitadas em 350 nm.  As SeNPs e as SeCuNPs, também exibiram perfis de emissão similares e característicos, centradas em 490 nm e 488 nm para as SeNPs e as SeCuNPs, respectivamente. Ademais, os resultados indicam que as NPs são promissoras para as aplicações em células de câncer e macrófagos propostas neste trabalho, por exibirem dentre outros aspectos, luminescência, boa dispersão e estabilidade, tamanho reduzido e biocompatibilidade.


PALAVRAS-CHAVE:

Nanopartículas à base de selênio, Caracterização, Tamanho de partícula, Quitosana, PVA, Capacidade antioxidante


PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Ciências Exatas e da Terra
ÁREA: Química

MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1997465 - DANIELA SANTOS ANUNCIACAO
Interno(a) - 1869296 - CINTYA D'ANGELES DO ESPIRITO SANTO BARBOSA
Interno(a) - 1515173 - SIMONI MARGARETI PLENTZ MENEGHETTI
Externo(a) ao Programa - 1527220 - CAMILA BRAGA DORNELAS
Notícia cadastrada em: 17/02/2020 18:40
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2022 - UFAL - sig-app-2.srv2inst1 17/08/2022 11:28