Banca de QUALIFICAÇÃO: LEANDRO ROCHA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LEANDRO ROCHA SILVA
DATA : 26/08/2021
HORA: 09:00
LOCAL: Google Meet
TÍTULO:

SÍNTESE E AVALIAÇÃO ANTIVIRAL DE INIBIDORES BASEADOS EM FRAGMENTOS (FBDD) CONTRA FLAVIVÍRUS


PALAVRAS-CHAVES:

Flavivírus. Inibidores. Dengue. Zika. FBDD.


PÁGINAS: 120
RESUMO:

Bilhões de pessoas em todo o mundo são infectadas por patógenos causadores de doenças debilitantes anualmente. Os maiores responsáveis por tais doenças são os vírus, dentre os quais merecem destaque aqueles pertencentes ao gênero Flavivirus. Estes pertencem à família Flaviviridae, composta por mais de 70 vírus, incluindo Dengue (DENV) e Zika (ZIKV), cujo são responsáveis pela maioria de infecções em humanos. Estima-se que mais de 300 milhões de pessoas são infectadas com DENV e outras milhares com ZIKV a cada ano. Apesar do número alarmante dos casos de DENV e ZIKV, bem como suas graves consequências em pacientes, tais como choque hemorrágico e microcefalia em neonatos, respectivamente; não há uma farmacoterapia eficaz aprovada para combater ambas ameaças. Entretanto, existe vacina disponível contra DENV, chamada Dengvaxia®, a qual não fornece proteção efetiva contra todos os 4 sorotipos do vírus. DENV e ZIKV compartilham significante semelhança genômica entre si, sendo possível o planejamento de inibidores duais contra ambos. Considerando a proteína estrutural de envelope (E), fundamental para mediar a entrada/fusão do vírus na célula hospedeira; e o complexo de proteínas não estruturais NS2B-NS3, indispensável para o processamento da poliproteína viral durante o ciclo de replicação, bem como supressão da resposta imune do hospedeiro, novos agentes antivirais podem ser planejados visando tais macromoléculas. Almejando descobrir potenciais inibidores de tais alvos, buscou-se elaborar um protocolo de FBDD via docking molecular para triar os melhores fragmentos moleculares a partir de uma quimioteca in-house. Assim, 254 fragmentos foram desenhados e otimizados (AM1), seguido da realização do docking molecular (Gold®) e (AutoDock Vina®) frente às proteínas supracitadas. A partir do FBDD e adotando os valores de 30 (FitScore) e -3,0 kcal/mol (energia de afinidade), como critério de corte, 24 fragmentos promissores foram selecionados, compondo um conjunto de aldeídos e aminas. Então, o aldeído mais promissor, indol-3-carboxaldeído, foi selecionado para a síntese de cianoacrilamidas e acrilatos, rendendo um conjunto de 165 novas moléculas, as quais foram novamente filtradas por docking. Esta etapa permitiu ranquear as melhores moléculas, as quais apresentaram os maiores valores de energia de afinidade pelos alvos. Posteriormente, vários análogos foram sintetizados e estão em fase de testes biológicos para confirmação dos resultados in silico. Contudo, os derivados já obtidos e caracterizados não apresentaram perfil citotóxico. Os resultados até aqui alcançados evidenciam que o protocolo utilizado é bastante eficiente e eficaz para a descoberta de novas moléculas bioativas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 3182336 - EDEILDO FERREIRA DA SILVA JUNIOR
Externo ao Programa - 1612086 - ENIO JOSE BASSI
Externa ao Programa - 1461121 - SILVIA HELENA CARDOSO
Interno - 1366289 - THIAGO MENDONCA DE AQUINO
Notícia cadastrada em: 11/08/2021 10:38
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2022 - UFAL - sig-app-2.srv2inst1 15/08/2022 19:13