Banca de DEFESA: JEFERSON SANTANA URSULINO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JEFERSON SANTANA URSULINO
DATA : 25/08/2021
HORA: 08:30
LOCAL: meet.google.com/wqd-ayed-cux
TÍTULO:

IDENTIFICAÇÃO DE ALTERAÇÕES METABÓLICAS URINÁRIAS E PLASMÁTICAS DA POPULAÇÃO CIRCUNVIZINHA A LAGUNA MUNDAÚ (MACEIÓ-AL) EXPOSTA A CONTAMINANTES INORGÂNICOS POR METABOLÔMICA BASEADA EM RMN


PALAVRAS-CHAVES:

Metabonômica, Metabolome, Exposição ao meio aquático, espectroscopia de 1H RMN, Metal Pesado.  


PÁGINAS: 103
RESUMO:

Expandir os estudos ambientais é fundamental para compreender o papel crucial que o meio ambiente desempenha na saúde da população. Contaminantes inorgânicos, em especial o mercúrio, podem se acumular nos órgãos, os quais apresentam riscos à saúde. Mostramos em outro estudo que os pescadores (grupo Exposto) da Lagoa Mundaú (Maceió – Al) apresentam maiores concentrações de mercúrio total no sangue (0,73 - 48,38 µg L-1 ) e na urina (0,430 - 10,15 µg L-1 ) do que as concentrações de mercúrio total no sangue (0,29 - 17,30 µg L-1 ) e na urina (0,210 - 2,65 µg L-1 ) do grupo controle. Nosso objetivo foi criar modelos metabolômicos, capazes de identificar os efeitos tóxicos do mercúrio encontrado na urina e sangue de pescadores. A ressonância magnética nuclear de hidrogênio foi usada para determinar os metabólitos da urina e plasma. Os resultados demonstraram que os dois modelos metabolômicos foram capazes de revelar padrões por meio da análise de componentes principais (PCA), Heatmap e análise discriminante de mínimos quadrados ortogonais (OPLS-DA). E os metabólitos significativos (biomarcadores) foram selecionados pela combinação baseada no gráfico de vulcão em um limite de alteração de dobra (FC) > 2 e limite de valor p do teste t <0,05. Logo, os pescadores apresentaram maiores concentrações de glutamato, creatinina, formiato e glutamina no plasma, e glicina e óxido de trimetilamina (TMAO) na urina. Esses resultados indicam que o mercúrio no sangue dos pescadores pode ser responsável por causar perturbações no metabolismo energético (ciclo de Krebs e oxidação de ácidos graxos), biossíntese da glutationa, indicando estresse oxidativo em células sanguíneas, e também, via da creatina acompanhada pelos altos níveis de TMAO, sustentando indicativos de disfunção renal. 


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - FRANCISCO JAIME BEZERRA MENDONÇA JÚNIOR - UEPB
Externo à Instituição - RICARDO OLIVEIRA DA SILVA - UFPE
Interna - 2022362 - ANA CATARINA REZENDE LEITE
Interno - 1613338 - JOSUE CARINHANHA CALDAS SANTOS
Presidente - 1366289 - THIAGO MENDONCA DE AQUINO
Notícia cadastrada em: 13/08/2021 11:20
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2022 - UFAL - sig-app-2.srv2inst1 17/08/2022 10:54