Banca de QUALIFICAÇÃO: JEANE CAROLINE DA SILVA MELO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JEANE CAROLINE DA SILVA MELO
DATA : 23/09/2021
HORA: 14:00
LOCAL: Google Meet
TÍTULO:

Estudo da Corrosão em Superfícies Metálicas Eletrodepositadas com Polímeros Condutores para Revelação de Impressões Digitais Latentes


PALAVRAS-CHAVES:

Polímeros condutores, superfícies metálicas, corrosão, impressão digital latente.


PÁGINAS: 134
RESUMO:

Tendo em vista os trabalhos já desenvolvidos pelo grupo de pesquisa no desenvolvimento de novos materiais e
metodologias para aplicação em química forense visando a revelação de impressões digitais, este trabalho busca
integrar o conhecimento do grupo com um estudo mais aprofundado acerca dos processos de corrosão que ocorrem nas superfícies metálicas eletrodepositadas com polímeros condutores. O comportamento eletroquímico destes
materiais será investigado a partir do estudo dos potencias de corrosão, curvas de Tafel e medidas de impedância;
considerando o eletrólito perclorato de lítio, diferentes tipos de resíduos de suor (écrino ou sebáceo) e variação do
tempo de envelhecimento da impressão digital latente. Pretende-se avaliar quais meios favorecem ou desfavorecem
os processos de corrosão e qual a relação da composição e do tempo de envelhecimento da impressão digital nestes
processos. O estudo de tal comportamento se relaciona com o aprimoramento da técnica de eletropolimerização
aplicada a revelação das impressões digitais latentes. Neste sentido, a partir dos ensaios eletroquímicos e do aspecto
físico visual das superfícies foi, até então, verificado a existência de processos de oxidação ocorrendo nas superfícies
metálicas por meio da alteração do aspecto das amostras devido a formação de produtos de corrosão, comprovados
pelos deslocamentos dos potenciais de corrosão, taxas de corrosão, resistência a polarização, etc. Também foi
possível observar o efeito da composição da impressão digital e do tempo de envelhecimento, que influenciam na
evolução destes processos muito ativamente, devido a presença de sais inorgânicos, em especial os íons cloreto
presentes nestes resíduos. Esses processos de corrosão, mais precisamente os que ocorrem nas superfícies menos
resistentes como cobre e latão, não ocorrem uniformemente nestas superfícies; devido a diferença de composição na
superfície do metal na região das cristas e dos vales da impressão digital, possibilitando, em vários casos, uma
visualização considerável do padrão das cristas da impressão digital latente.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANDREA SANTOS LIU
Presidente - 1543737 - ADRIANA SANTOS RIBEIRO
Interno - 1121401 - JOSEALDO TONHOLO
Interno - 2343745 - JULIO COSME SANTOS DA SILVA
Notícia cadastrada em: 10/09/2021 11:53
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2022 - UFAL - sig-app-2.srv2inst1 15/08/2022 18:44