Banca de QUALIFICAÇÃO: ARI SOUZA GUIMARAES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ARI SOUZA GUIMARAES
DATA : 24/03/2022
HORA: 09:00
LOCAL: Google Meet
TÍTULO:

Síntese e aplicação de aminoguanidinas hidrazonas e análogos ao resveratrol e seus híbridos com o ácido lipóico baseados na estrutura de iminas e aminas 


PALAVRAS-CHAVES:

Antioxidantes, Aminoguanidina hidrazonas, Base de Schiff, aminas, atividade antiproliferativa, Tirosinase, Fator
de proteção solar.


PÁGINAS: 110
RESUMO:

A investigação e utilização de compostos bioativos com propriedades antioxidantes vem sendo vastamente
explorado nos últimos anos. Munidos da capacidade de modular um ou mais processos metabólicos,
principalmente processos oxidativos, a busca por compostos com propriedades antioxidantes constitui uma
área de estudo de suma importância para o desenvolvimento de novos produtos no mercado. Neste sentido,
ponderando a importância de moléculas bioativas com tais propriedades, esse trabalho visou realizar uma
exploração sintética e aplicações de duas classes de compostos. Inicialmente, realizou-se a avaliação de quatro
derivados aminoguanidinas hidrazonas com diferentes núcleos aromáticos. Dos compostos avaliados, o
AGH-3 com o núcleo indólico apresentou a maior capacidade antioxidante com resultados compráveis ao do
Trolox frente aos métodos tradicionais do radical DPPH•, ABTS•+, FRAP e sequestro do radical •NO. Além disso, o AGH-3 apresentou a maior atividade da antiproliferativa frente as células cancerígenas humanas de
rim (786-0) com IC50 = 6,56 M. Adicionalmente, nos estudos biofísicos, o composto interagiu com o ctDNA
(modelo de alvo biológico) formando um complexo supramolecular fluorescente com constante de ligação de
2.89×103 M-1 e atuando como ligante intercalante. Assim, estes compostos mostram o potencial das
aminoguanidinas hidrazonas como uma classe estratégica de compostos para atuação em multialvos
biológicos. Posteriormente, realizou-se a síntese, caracterização e aplicação de compostos análogos ao
resveratrol e híbridos com o ácido lipóico, utilizando as bases de Schiff e suas aminas correspondentes como
estruturas modelos. Assim, obteve-se os compostos com rendimentos de que variaram de 49 a 98% de
rendimentos, que foram caracterizados por RMN 1H, 13C, Noesy e FTIR. Assim, para os ensaios antioxidantes,
os compostos apresentaram uma capacidade comparável aos padrões Trolox, ácido caféico e ácido ferrúlico
para os métodos tradicionais de inibição do radical DPPH•, ABTS•+, FRAP e ao Piacetannal para o método
CUPRAC (p < 0,05 para o teste de Tukey), entretanto, os compostos não se demonstraram ativos para o
método de complexação de Fe (II). Para os resultados de inibição in vitro da enzima tirosinase, o derivado
ASG21 apresentou o menor IC50 da série avaliada (0,18±0,001 mM), bem como, um tipo de inibição
enzimática mista. Quantos aos resultados FPS-UVB, os derivados iminicos apresentaram um FPS semelhante
ao padrão BZF-3 (p < 0,05 para o teste de Tukey), tendo o ASG2 o maior FPS (23,4±1,0), estando esse de
acordo com as normas da ANVISA e FDA. Além disso, os estudos in sílico ADMET demonstraram que os
compostos possuem uma baixa permeabilidade cutânea (Kp), além de corroborarem com os estudos
antioxidantes, demonstrando um maior caráter hidrofílico dos compostos avaliados. Além disso, os cálculos
teóricos de docking molecular, demonstraram uma preferência dos compostos por interagirem com a enzima
realizado interações hidrofóbicas. Por fim, esses resultados destacam o potencial bioativo dos compostos
avaliados passíveis de serem explorados em estudos posteriores


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2089941 - DIMAS JOSE DA PAZ LIMA
Presidente - 1820117 - ISIS MARTINS FIGUEIREDO
Externa à Instituição - LUZIA VALENTINA MODOLO - UFMG
Interna - 2120103 - MARILIA OLIVEIRA FONSECA GOULART
Notícia cadastrada em: 08/03/2022 10:42
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2022 - UFAL - sig-app-2.srv2inst1 15/08/2022 19:20