Banca de DEFESA: FLAVIA ADAIS ROCHA DOS SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : FLAVIA ADAIS ROCHA DOS SANTOS
DATA : 28/03/2022
HORA: 14:00
LOCAL: https://meet.google.com/oaw-axas-cmr
TÍTULO:

Potencial antioxidante, antiglicante e antidiabético de extrato etanólico de sementes de espécies de
Passiflora e piceatanol in vitro


PALAVRAS-CHAVES:

Antioxidante, Antiglicante, Maracujá, Semente. Resíduos


PÁGINAS: 60
RESUMO:

Os resíduos gerados pela fruticultura, como as sementes, são ricos em compostos de elevado valor nutricional e
terapêutico. Este estudo investigou os potenciais antioxidante, antidiabético e antiglicante in vitro de extratos
etanólicos de sementes de Passiflora edulis de Alagoas (EPED1), P. edulis da Bahia (EPED2) e P. cincinnata
(EPCIN), um importante subproduto da indústria de sucos, juntamente com um de seus constituintes químicos, o
piceatannol (PIC). Foram identificados dez compostos no EESM, sendo eles: piceatanol, astringina, escirpusina B,
escircpusina A e Isookanina- 7-o-glicosídeo, naringenina-7-o-glicosídeo, tirosina, fenilalanina e os derivados I e II do
da saponina quadrangulosídeo. Os valores de IC50 do extrato para os ensaios de sequestro de DPPH• e HOCl
mostraram o elevado potencial antioxidante de todos os extratos e PIC quando comparados a quercetina (QCT).
Dentre todos os extratos, EPED1 exibiu a maior atividade para α-amilase (IC50 de 32,1 ± 2,7 µg mL-1) e inibição da
enzima recombinante humana DPP-4 (IC50 de 71,1 ± 2,6 µg mL-1), os controles positivos foram acarbose (ACB, 0,40
± 0,05 µg mL-1) e sitagliptina (STG, 0,005 ± 0,001 µg mL-1), respectivamente. PIC se destacou para inibição da α-
glicosidase com IC50 de 76,0 ± 1,9 µg mL-1, o controle positivo, ACB teve 251,6 ± 4,5 µg mL-1. Os extratos e PIC
inibiram a formação de produtos finais de glicação avançada (AGE) de maneira dose-dependente através do método
de glicação de albumina sérica bovina (BSA) por açúcares redutores ou metilglioxal (MGO). Além disso, a formação
de fibrilas β-amilóides diminuiu à medida que a concentração da amostra aumentou, atingindo 100% de inibição
maior que 300 µg mL-1, exceto para EPCIN. Isso sugere que EPED1, EPED2 e PIC podem prevenir a glicação. O
ensaio de viabilidade celular mostrou que EPED1 não teve efeito em células de epitélio brônquico normal (BEAS-2B)
e fígado de camundongo alfa (AML-12) até 100 e 50 µg mL-1, respectivamente. Concentrações menores de extrato
(10 µg mL-1) foram citotóxicas para células epiteliais mamárias não malignas (MCF-10A). Verificou-se que EPED1 e
PIC são capazes de proteger células humanas cultivadas do estresse oxidativo causado pelo carcinógeno NNKOAc
a 100 µM. Esta investigação coletou algumas evidências in vitro do potencial uso das sementes de P. edulis como
uma alternativa para o tratamento de diabetes, embora ainda sejam necessárias mais pesquisas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2120103 - MARILIA OLIVEIRA FONSECA GOULART
Interno - 1119939 - ANTONIO EUZEBIO GOULART SANTANA
Interna - 1006306 - JADRIANE DE ALMEIDA XAVIER DOS SANTOS
Interno - 1613338 - JOSUE CARINHANHA CALDAS SANTOS
Externa à Instituição - IARA BARROS VALENTIM - IFAL
Notícia cadastrada em: 28/03/2022 12:34
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2022 - UFAL - sig-app-1.srv1inst1 02/07/2022 08:37