Banca de DEFESA: MARIA ISABEL FERNANDES CALHEIROS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MARIA ISABEL FERNANDES CALHEIROS
DATA : 14/03/2022
HORA: 10:00
LOCAL: Virtual
TÍTULO:

Análise das informações no sistema de gestão de prontuários da Unidade de Atenção à Saúde da Criança e Adolescente do HUPAA



PALAVRAS-CHAVES:

Prontuário do Paciente. Prontuário Eletrônico do Paciente; Informação em Saúde; Sistema de Informação em Saúde; Equipe Mult(inter)disciplinar


PÁGINAS: 86
RESUMO:

O prontuário do paciente é um documento mister para atividades e profissionais no contexto das instituições de saúde. Funciona como um banco de dados para a pesquisa e o ensino, desde que sejam respeitados os aspectos éticos e legais de acesso. Para além disso, os dados que constituem o prontuário alimentam sistemas nacionais da saúde, produzindo indicadores que subsidiam a criação e a implementação de políticas públicas para a área da saúde. Assim, requer-se que o preenchimento das informações que constituem o Prontuário do Paciente seja realizado de modo claro, correto e com completude. Esse estudo objetivou analisar se as informações registradas no Prontuário do Paciente atendem à necessidade de informação dos profissionais que o utilizam na Unidade de Atenção à Saúde da Criança e Adolescente do Hospital Universitário Professor Alberto Antunes. Para atingir o objetivo proposto, foram identificadas as informações requeridas para o preenchimento do prontuário evidenciado a partir da ótica dos/as profissionais às suas dificuldades e percepções quanto ao preenchimento ou a busca de informações no documento; avaliado o processo de preenchimento das informações contidas no prontuário e apresentadas as funcionalidades do Sistema de Gestão de Prontuários. A abordagem metodológica foi de natureza qualitativa, o instrumento de coleta de dados aplicado aos profissionais que utilizam o Prontuário Eletrônico do Paciente na Unidade Hospitalar foi um questionário com questões abertas e fechadas, o tratamento dos dados foi realizado por meio da análise dos resultados apresentados nas respostas dos questionários aplicados. Os resultados do estudo apontam que a falta de preenchimento e, ou, preenchimentos incompletos do registro da informação no módulo paciente AGHUx já ocorreu em todos os campos consultados pelos profissionais. Quanto às dificuldades em registrar e recuperar a informação no sistema, destacaram-se as sugestões de mudanças no layout da interface do sistema para facilitar o registro e acesso às informações, inclusão de atalhos e de algumas ferramentas. O estudo apontou, ainda, o sistema como prático, objetivo e facilitador das atividades e comunicação no ambiente de trabalho, mas, em contraponto, alguns profissionais o consideram complexo, apresentando dificuldades para o acesso de algumas informações e a necessidade de mais treinamentos para os profissionais acerca da usabilidade do sistema.


MEMBROS DA BANCA:
Interna - 1466928 - FRANCISCA ROSALINE LEITE MOTA
Interna - 1554182 - NELMA CAMELO DE ARAUJO
Interno - 1716190 - RONALDO FERREIRA DE ARAUJO
Externa à Instituição - ELIANA MARIA DOS SANTOS BAHIA JACINTHO - UFSC
Externa à Instituição - VIRGINIA BENTES PINTO - UFC
Notícia cadastrada em: 11/03/2022 09:07
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2022 - UFAL - sig-app-2.srv2inst1 02/07/2022 08:03