Banca de DEFESA: TARCILA DRIELY DE SOUZA CABRAL

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : TARCILA DRIELY DE SOUZA CABRAL
DATA : 29/09/2022
HORA: 10:00
LOCAL: Canal do YouTube PPGCI/UFAL
TÍTULO:

Mediação da informação em Ciência, Tecnologia & Inovação: estratégias da divulgação científica nos programas de pós-graduação no estado de Alagoas


PALAVRAS-CHAVES:

Divulgação científica. Informação em CT&I. Mediação da informação.


PÁGINAS: 138
RESUMO:

No século XXI, a ciência alcança o ápice de sua influência e de seu predomínio, manifestando-se em uma sociedade articulada por duas redes que apresentam uma relação evidente de interdependência, a informação e a comunicação. Por outro lado, mesmo com a produção massiva de informações qualificadas e aparatos técnicos de busca, o arcabouço de conhecimentos ainda está majoritariamente presente entre os pares e não é disseminado para a população. Faz-se necessário que a população tome conhecimento do que está sendo produzido nas instituições científicas, e, portanto, surge o processo de divulgação que se torna bastante relevante. Num conflituoso cenário formado por cientistas fabricados nas redes sociais, mediadores limitados em embasamento técnico, e uma ciência exaurida por travar embates seja nos laboratórios ou na projeção de luz para a sociedade, o caminho que se apresentou para canalizar esforços enérgicos neste desafio é o da mediação de informação científica. A presente pesquisa tem como objetivo analisar a divulgação científica como processo de mediação de informação em CT&I, no escopo dos programas de pós-graduação stricto sensu do Estado de Alagoas. Para tanto, visou identificar os atores envolvidos nesse processo; verificar as políticas de mediação empreendidas junto aos programas de pós-graduação; caracterizar os artefatos usados na divulgação da informação; e examinar as ações de divulgação desenvolvidas. A pesquisa se caracterizou quanto aos objetivos, à abordagem e aos procedimentos de coletada de dados, respectivamente, como exploratório-descritiva, qualitativa e quantitativa, e de campo. O universo da pesquisa compreendeu os docentes dos programas de pós-graduação do estado de Alagoas e a amostra foi formada por coordenadores e vice-coordenadores desses programas. A coleta de dados foi realizada via aplicação de questionários. Os dados foram organizados com o uso de gráficos, de imagens e de quadros, que evidenciam o processo de mediação da informação em CT&I por intermédio da divulgação científica. A análise dos resultados englobou o diagnóstico e a configuração desse cenário a partir da construção de dados cedidos pelos docentes que compõem o quadro dos programas, o que se revela necessário para dar impulso a ciência brasileira, uma vez que ela não está livre de ataques, como também demanda de ações para clarificar a sociedade com informações confiáveis. Considera-se que há lacunas na disseminação e na inclusão dos cidadãos no domínio dos discursos técnico-científicos, havendo a necessidade de inseri-los no contexto civil, na medida em que, se compartilhados previamente e corretamente, podem evitar uma série de transgressões de sentido, de desinformação e de comportamentos negacionistas, entre outros aspectos anti-CT&I.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1323823 - EDIVANIO DUARTE DE SOUZA
Interna - 1120978 - MAGNOLIA REJANE ANDRADE DOS SANTOS
Interna - 1130706 - ROBERIA DE LOURDES DE VASCONCELOS ANDRADE
Externa à Instituição - CÉLIA DA CONSOLAÇÃO DIAS - UFMG
Externa à Instituição - DALGIZA ANDRADE OLIVEIRA - UFMG
Notícia cadastrada em: 06/09/2022 09:24
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2023 - UFAL - sig-app-2.srv2inst1 30/01/2023 05:05