PPGES PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM ENSINO NA SAÚDE FACULDADE DE MEDICINA Telefone/Ramal: 82 999720972
Dissertações/Teses

Clique aqui para acessar os arquivos diretamente da Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFAL

2022
Dissertações
1
  • QUITERIA SILVA DO NASCIMENTO TORRES
  • ARTE E ENSINO MÉDICO: o olhar de docentes de medicina de uma instituição pública.

  • Orientador : MARIA DE LOURDES FONSECA VIEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CRISTINA CAMELO DE AZEVEDO
  • LUCIANA CARLA BARBOSA DE OLIVEIRA
  • MARIA DE LOURDES FONSECA VIEIRA
  • Data: 24/02/2022

  • Mostrar Resumo
  • O desenvolvimento tecnológico e científico dos últimos tempos trouxe inegáveis benefícios para o campo da saúde e da Medicina, especificamente. No entanto, fortaleceu o modelo biomédico e promoveu a desumanização da assistência, resultando na quebra da relação de confiança entre o médico e a sociedade. O profissionalismo médico, apontado como o caminho para resgatar esse vínculo, tem os valores humanísticos como seus constituintes essenciais. Este trabalho analisa, através da percepção docente, como a interação arte e medicina pode contribuir no desenvolvimento de competências humanísticas do profissionalismo médico. Trata-se de pesquisa exploratória descritiva de natureza qualitativa, adotando-se as metodologias grupos focais on line e análise de conteúdo de Bardin para a coleta e interpretação dos dados, respectivamente. Vinte docentes atuantes em distintos eixos pedagógicos, disciplinas e níveis de ensino-aprendizagem participaram voluntariamente do estudo. Quatro categorias temáticas foram definidas: Medicina: ciência e arte; arte e desenvolvimento do profissionalismo na educação médica; encontros e relações dialógicas mediados pela arte no ensino médico; promoção da arte no ensino médico: desafios e oportunidades. Esse estudo indica que a utilização da arte na escola pesquisada ocorre principalmente como recurso para o alcance de objetivos do ensino, por iniciativas individuais, institucionalizadas ou não, sobretudo nos contextos do ensino e extensão universitária. Os docentes percebem o potencial da arte para o desenvolvimento de valores vinculados ao profissionalismo: empatia, sensibilidade, ética e respeito, além de competências e habilidades relacionadas à comunicação, interação e vínculo. Reconhece-se a Medicina como Ciência e Arte, campos que sustentam a atuação intersubjetiva na relação médico-paciente, encontro para a máxima expressão do profissionalismo. Dimensões presentes no PPC do curso, relacionadas com o ensino, extensão, política de desenvolvimento docente, espaços dialógicos de gestão e planejamento do ensino, figuram entre outros pontos atribuídos como potenciais para o uso da arte na instituição.


  • Mostrar Abstract
  • The lately years of scientific and technological development brought unnavigable benefits to the Medical and health fields, specifically. Nonetheless, it makes the biomedical model stronger and promoted dehumanization of care, breaking the confidence relationship through doctors and society. Medical professionalism pointed as a way to rescue this, has humanistic values with its essential constitutes. Through the teacher’s perspective, this work analyses how the art and medicine interaction can contribute to medical professionalism humanistic skills development. Descriptive exploratory qualitative research adopts online focal groups as a method and Bardin’s content analysis to collect data. Twenty teachers in many pedagogical axes, disciplines, and teaching-learning levels participate voluntarily in this study. Four essential thematic categories are defined: Medicine: art and science; art and educational professionalism development; encounters and dialogical relations mediate by art at medical teaching: opportunities and challenges. It indicates that the rate used on the researched school occurs as a resource to beat the objectives of teaching, individual or institutional initiative, or not institutional, overall at the teaching and university extension scenario. The teachers notice the art potential to develop values onto professionalism: empathy, sensibility, ethics, and respect, but also skills and abilities related to communication, interaction and ties. Recognizes Medicine as Science and Art, fields that sustain the intersubjective acting between medic and patient, encounter to the higher expression of professionalism. A dimension that is present on course’s PPC, relations with teaching, extension, politic and teacher development, dialogue spaces of administration and teaching planning’s, with other potential points on art’s use an institution.

2
  • DANILA SIMONE CASSIANO ALVES DE ALBUQUERQUE
  • A PESQUISA SOBRE ENSINO EM FISIOTERAPIA EM PROGRAMA DE MESTRADO PROFISSIONAL

  • Orientador : FRANCISCO JOSE PASSOS SOARES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CESARIO DA SILVA SOUZA
  • FRANCISCO JOSE PASSOS SOARES
  • MARIA VIVIANE LISBOA DE VASCONCELOS
  • Data: 24/02/2022

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: A evolução do conhecimento científico associada às novas exigências do trabalho em saúde demostra a indispensabilidade de investimentos em formação de profissionais altamente qualificados e cada vez mais comprometidos com a integralidade do cuidado, preconizada pelo Sistema Único de Saúde. A Resolução do CNE/CES n° 4, que institui as DCN/FISIO, recomenda que o fisioterapeuta deve ser preparado para conhecer métodos e técnicas de investigação e elaboração de trabalhos acadêmicos e científicos. Essa necessidade de formação dos profissionais no campo do ensino e da pesquisa enfatiza a importância da pós-graduação em saúde stricto sensu do tipo mestrado profissional. O conhecimento sobre a produção científica na área de ensino em fisioterapia realizada no Programa de Pós-graduação em Ensino na Saúde da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Alagoas, ajuda a compreender os desafios da produção científica na área, a identidade atual dos cursos e a orientar a definição de futuras políticas para o setor. Objetivos: verificar a adequação da produção cientifica dos egressos em fisioterapia do MPES às competências orientadas pelas DCN de fisioterapia e aos fundamentos epistemológicos específicos ao MP, e os efeitos pessoais e institucionais dos produtos derivados. Percurso metodológico: estudo de caso, descritivo, associando o método de análise documental direta e com Iramuteq de trabalhos acadêmicos de conclusão de curso de fisioterapeutas egressos do MPES ao método de entrevista com o uso de questionário semiestruturado. O questionário foi constituído por questões abertas e fechadas que respectivamente ajudaram a compreender os objetivos da pesquisa e a compor o perfil dos egressos. Foram analisados doze trabalhos de conclusão e entrevistados onze egressos. Resultados: a maioria dos trabalhos contemplaram as CA e UR pré-definidas, havendo, portanto, uma relação direta entre os artigos, respectivos produtos e a finalidade prevista nas DCN/FISIO de formação orientada pelos princípios do SUS, assim como aos fundamentos epistemológicos da PG profissional MP. Porém, 75% dos TACC apresentaram fragilidades na implementação dos seus produtos, devido principalmente a dificuldades de apoio das IES nas estratégias de políticas e comprometimento administrativo. Os efeitos institucionais e pessoais gerados após a implementação dos produtos, geraram duas categorias: 1- conscientização dos profissionais e alunos, com as subcategorias: humanização em saúde, educação interprofissional e competências do fisioterapeuta e 2- comunicação entre gestores e alunos do curso de fisioterapia. Todos os 11 docentes relataram benefícios pessoais advindos do MP relacionados a qualificação profissional para o trabalho no ensino e/ou serviços. Considerações finais: apesar das dificuldades de implementação dos produtos revelarem desafios institucionais que necessitam de um melhor preparo de políticas incentivadoras capazes de adaptar os currículos para o trabalho em equipe, as pesquisas dos egressos fisioterapeutas criaram benefícios permanentes em algumas IES, como influência na melhora de matrizes curriculares e estratégias de fortalecimento do estágio integrado de diversos cursos da saúde. Esses relatos refletem a importância da qualificação para o trabalho através da PG profissional do tipo MP em ensino na saúde.


  • Mostrar Abstract
  • Introduction: The evolution of scientific knowledge associated with the new demands of health work demonstrates the indispensability of investments in training highly qualified professionals who are increasingly committed to comprehensive care, advocated by the Unified Health System. The CNE/CES Resolution n° 4, which establishes the DCN/FISIO, recommends that the physical therapist should be prepared to know methods and techniques of investigation and elaboration of academic and scientific works. This need for training professionals in the field of teaching and research emphasizes the importance of a stricto sensu postgraduate course in health, such as a professional master's degree. The knowledge about the scientific production in the area of physiotherapy teaching carried out in the Postgraduate Program in Health Teaching of the Faculty of Medicine of the Federal University of Alagoas, helps to understand the challenges of scientific production in the area, the current identity of the courses and to guide the definition of future policies for the sector. Objectives: to verify the adequacy of the scientific production of graduates in physiotherapy from MPES to the competences guided by the DCN of physiotherapy and to the epistemological foundations specific to MP, and the personal and institutional effects of derived products. Methodological approach: case study, descriptive, associating the method of direct document analysis and with Iramuteq of academic works of conclusion of the course of physical therapists graduated from MPES to the interview method with the use of a semi-structured questionnaire. The questionnaire consisted of open and closed questions that respectively helped to understand the objectives of the research and to compose the profile of the graduates. Twelve final papers were analyzed and eleven graduates were interviewed. Results: most of the works contemplated the pre-defined AC and UR, therefore, there is a direct relationship between the articles, respective products and the purpose foreseen in the DCN/FISIO of formation guided by the principles of SUS, as well as the epistemological foundations of the Professional PG MP. However, 75% of the TACC showed weaknesses in the implementation of their products, mainly due to difficulties in supporting the HEIs in policy strategies and administrative commitment. The institutional and personal effects generated after the implementation of the products generated two categories: 1- awareness of professionals and students, with the subcategories: humanization in health, interprofessional education and skills of the physiotherapist and 2- communication between managers and students of the physiotherapy course . All 11 professors reported personal benefits from the MP related to professional qualification for work in teaching and/or services. Final considerations: despite the difficulties in implementing the products reveal institutional challenges that require a better preparation of encouraging policies capable of adapting curricula for teamwork, the research of graduate physiotherapists created permanent benefits in some HEIs, such as an influence on the improvement of curriculum matrices and strategies to strengthen the integrated internship of several health courses. These reports reflect the importance of qualification for work through professional PG of the MP type in health education.

3
  • JOSE ADALBERTO CAVALCANTE SILVA
  • AVALIAÇÃO DE HABILIDADES NÃO TÉCNICAS DE CIRURGIÕES E MÉDICOS RESIDENTES DE UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO

  • Orientador : LUCY VIEIRA DA SILVA LIMA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO CARLOS SILVA COSTA
  • LUCY VIEIRA DA SILVA LIMA
  • LÚCIA DE MENDONÇA RIBEIRO SILVA
  • Data: 10/03/2022

  • Mostrar Resumo
  • O progresso e a conclusão da residência médica visam desenvolver competências para a especialização na área. Na residência médica em cirurgia os objetivos são habilitar e capacitar o médico para realizar o diagnóstico e tratamento cirúrgico ou não. Incentivar a aprendizagem e a avaliação enfatizando a identificação das habilidades técnicas e não técnicas visando o gerenciamento eficaz e seguro para os pacientes é fundamental. Esta pesquisa teve por objetivo analisar o emprego das habilidades não técnicas por médicos residentes e, também pelos cirurgiões preceptores que integram a clínica cirúrgica de um hospital escola público. Estudo transversal, prospectivo com caráter quantitativo visando responder às questões: os residentes do HU recebem orientação em relação as habilidades não técnicas para a atuação na clínica cirúrgica? Os preceptores da clínica cirúrgica do HU avaliam os residentes na perspectiva das habilidades não técnicas? Questionário aplicado foi respondido por 30 preceptores e médicos residentes da Unidade de Cirurgia Geral e Especialidades do referido hospital. Os dados foram analisados e sistematizados por meio de estatística descritiva. Os resultados evidenciaram que 73,4% dos pesquisados, cirurgiões preceptores e residentes, reconhecem trabalho em equipe, comunicação e liderança, consciência situacional e tomada de decisão como habilidades não técnicas requeridas a um médico cirurgião. Além disso, acrescentaram a necessidade de incluir gerenciamento do estresse e lidar com a fadiga como habilidades não técnicas a serem desenvolvidas durante a formação como cirurgiões. Ficou evidente que as habilidades não técnicas não são avaliadas, mostrando a necessidade de se propor um modelo de instrumento de avaliação com o fornecimento de feedback aos residentes visando estimular o desenvolvimento dessas habilidades. Para tal, a elaboração e validação de um Checklist visando o desenvolvimento e a avalição de habilidades não técnicas, se faz necessário, para promover o aprendizado, além de aumentar a segurança do paciente. Em suma, as habilidades não técnicas são atitudes intrínsecas ao cirurgião, porém, são desenvolvidas de maneira informal e necessitam ser incentivadas.


  • Mostrar Abstract
  • The progress and completion of medical residency aim to develop skills for specialization in the area. In medical residency in surgery, the objectives are to enable and train the physician to perform the diagnosis and surgical treatment or not. Encouraging learning and assessment emphasizing the identification of technical and non-technical skills for effective and safe management for patients is critical. This research aimed to analyze the use of non-technical skills by resident physicians and also by preceptor surgeons who are part of the surgical clinic of a public teaching hospital. Cross-sectional, prospective study with a quantitative character, aiming to answer the questions: do residents of the HU receive guidance in relation to non-technical skills for working in the surgical clinic? Do the preceptors of the surgical clinic at the HU assess the residents from the perspective of non-technical skills? A questionnaire applied was answered by 30 preceptors and resident physicians at the General Surgery and Specialties Unit of that hospital. Data were analyzed and systematized using descriptive statistics. The results showed that 73.4% of those surveyed, preceptor surgeons and residents, recognized teamwork, communication and leadership, situational awareness and decision-making as non-technical skills required of a medical surgeon. Furthermore, they added the need to include stress management and dealing with fatigue as non-technical skills to be developed during training as surgeons. It was evident that non-technical skills are not assessed, showing the need to propose a model of an assessment instrument with the provision of feedback to residents in order to encourage the development of these skills. To this end, the development and validation of a Checklist aimed at the development and assessment of non-technical skills is necessary to promote learning, in addition to increasing patient safety. In short, non-technical skills are intrinsic attitudes to the surgeon, however, they are developed informally and need to be encouraged.

4
  • ANDRÉA PAULA BEZERRA DE ALENCAR LIRA
  • Educação Interprofissional na formação em saúde: perspectiva dos estagiários em um hospital de trauma no Nordeste brasileiro

  • Orientador : MARIA DE LOURDES FONSECA VIEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARIA DE LOURDES FONSECA VIEIRA
  • ROSANA QUINTELLA BRANDAO VILELA
  • TELMA LOW SILVA JUNQUEIRA
  • Data: 29/03/2022

  • Mostrar Resumo
  • A Educação Interprofissional (EIP), entendida pela OMS como aprender juntos para trabalhar juntos, é tema de estudos de pesquisadores e profissionais da área de educação superior em todo o mundo e está muito fortemente abraçada pelo CAIPE (Centre for Advancement of the Interprofessional Education) no Reino Unido, que demonstra a necessidade de implementação de práticas colaborativas como uma das competências de profissionais da área de saúde através do trabalho em equipe. No Brasil, a EIP constitui um dos princípios das Diretrizes Curriculares Nacionais de 2001, reformuladas em 2017, no entanto ainda se percebe, tanto no estágio em saúde quanto no cenário hospitalar, práticas unilaterais e fragmentadas. Este TACC se constitui de um artigo denominado: Educação Interprofissional na formação em saúde: perspectiva dos estagiários em um hospital de trauma no Nordeste brasileiro; e de um produto educacional apresentado em forma de manual de oficina, com o tema: Trabalho em Equipe e Prática Colaborativa na Formação em Saúde. O objetivo geral é analisar a percepção dos estagiários de saúde em relação à EIP e ao trabalho colaborativo em um hospital de trauma. O estudo de caráter quanti-quali, com análise de conteúdo segundo Bardin, tem como instrumentos de coleta de dados: 1 - a aplicação do questionário RIPLS (Readiness Interprofessional Learning Scale), adaptado para o português brasileiro; 2 - um grupo focal online (GFO) para melhor compreensão das respostas ao questionário. Foram utilizados os softwares SPSS (versão 25) e Atlas-Ti (versão 9.0) para as análises quanti e qualitativa, respectivamente. Participaram da pesquisa 43 estagiários de diversos cursos da saúde em um hospital de trauma do SUS na Região Nordeste do Brasil. A pesquisa foi aprovada pelo CEP sob o parecer número: 4.269.384. Na parte quantitativa, as respostas aos questionários RIPLS chama atenção a frequência do escore 3 (não concordo, nem discordo) nas três dimensões: 1. Trabalho em Equipe e Colaboração (TEC), 2. Identidade Profissional (IP) e 3. Atenção Centrada no Paciente (ACP). Na análise qualitativa, das falas dos estagiários no GFO emergiram as seguintes categorias: 1.Definição de Educação interprofissional em Saúde, com as subcategorias: aprender junto e troca de conhecimento; 2.Ausência de interprofissionalidade na formação acadêmica, com as subcategorias: aprendizagem conjunta com os diferentes cursos na formação, incentivo à interdisciplinaridade e trabalho na base curricular da graduação; 3. Carência do trabalho em equipe, com as subcategorias: colaboração, coletividade, compartilhamento, interação e trabalhar junto; 4. Dificuldades de comunicação interprofissional, com a subcategoria: ausência de contato com outros setores; 5. Valores, com as subcategorias: respeito, ética, empatia e solidariedade; 6. Reflexões sobre as práticas profissionais, com as subcategorias: objetivos profissionais versus objetivos clínicos e autoanálise. Estas categorias demonstraram que, apesar dos estagiários nunca terem participado de processos de EIP, se colocam propensos a aprender junto com os outros no intuito de qualificar sua futura prática profissional na atenção ao paciente. Os estagiários demonstraram disponibilidade para a prática interprofissional em saúde e práticas colaborativas. Espera-se que este estudo possa contribuir para a formação em saúde através da Educação Interprofissional e práticas colaborativas no contexto hospitalar.


  • Mostrar Abstract
  • Interprofessional Education (EIP), understood by WHO as learning together to work together, is the subject of studies by researchers and professionals in the field of higher education around the world and is very strongly embraced by the CAIPE (Centre for Advancement of the Interprofessional Education) in the United Kingdom, which demonstrates the need to implement collaborative practices as one of the competencies of healthcare professionals through teamwork. In Brazil, the EIP constitutes one of the principles of the 2001 National Curriculum Guidelines, reformulated in 2017, however, unilateral and fragmented practices are still perceived both in the health internship and in the hospital setting. This article, called Interprofessional Education in health training: perspective of interns in a trauma hospital in Northeastern Brazil, aims to analyze the perception of health interns in relation to IPE and collaborative work in a trauma hospital. The quanti-quali study, with content analysis according to Bardin, has the following data collection instruments: 1 - the application of the RIPLS questionnaire (Readiness Interprofessional Learning Scale), adapted to Brazilian Portuguese; 2 - an online focus group (GFO) to better understand the responses to the questionnaire. SPSS (version 25) and Atlas-Ti (version 9.0) software were used for quantitative and qualitative analyses, respectively. Forty-three interns from different health courses in a trauma hospital of the SUS in the Northeast region of Brazil participated in the research. The research was approved by the CEP under the CAAE number 37476920.1.00000.5013. In the quantitative part, the responses to the RIPLS questionnaires draw attention to the frequency of score 3 (I neither agree nor disagree) in the three dimensions: 1. Teamwork and Collaboration (TEC), 2. Professional Identity (PI) and 3. Focused Attention in the Patient (ACP). In the qualitative analysis, the following categories emerged from the speeches of the interns at the GFO: 1.Definition of interprofessional education in health, with the subcategories: learning together and exchange of knowledge; 2. Absence of interprofessionality in academic training, with the subcategories: joint learning with different courses in training, encouragement of interdisciplinarity and work in the undergraduate curriculum; 3. Lack of teamwork, with the subcategories: collaboration, collectivity, sharing, interaction and working together; 4. Difficulties in interprofessional communication, with the subcategory: lack of contact with other sectors; 5. Values, with the subcategories: respect, ethics, empathy and solidarity; 6. Reflections on professional practices, with the subcategories: professional goals versus clinical goals and self-analysis. These categories showed that, despite the interns never having participated in IPE processes, they are likely to learn together with others in order to qualify their future professional practice in patient care. The interns demonstrated availability for interprofessional practice in health and collaborative practices. It is hoped that this study can contribute to health education through Interprofessional Education and collaborative practices in the hospital context.

5
  • PAULO WESLEY DE GOES DUARTE
  • EDUCAÇÃO PERMANENTE EM SAÚDE EMTEMPOS DE PANDEMIA: contribuições dos fisioterapeutas intensivistas de uma maternidade pública de alto risco.

  • Orientador : WALDEMAR ANTONIO DAS NEVES JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • WALDEMAR ANTONIO DAS NEVES JUNIOR
  • CRISTINA CAMELO DE AZEVEDO
  • JEFFERSON DE SOUZA BERNARDES
  • JOSINEIDE FRANCISCO SAMPAIO
  • Geraldo Magella Teixeira
  • Data: 31/03/2022

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: este Trabalho Acadêmico de Conclusão de Curso (TACC) traz em sua composição um artigo e duas proposições de produtos educacionais, que tiveram sua origem nos resultados obtidos da pesquisa intitulada: “Educação permanente em tempos de pandemia: percepção dos fisioterapeutas intensivistas de uma maternidade pública de alto risco”. Desde primeiros meses de 2020, onde surgiram os primeiros casos de COVID-19 (doença causada pelo corona vírus SARS-Cov-2) e com o avanço da pandemia no Brasil, o nosso sistema de saúde foi tensionado e levado a quase exaustão, trazendo desafios que a primeira vista eram praticamente intransponíveis. Durante este período na prática profissional, foi a educação permanente em saúde (EPS) que contribuiu para mitigar tal situação e ajudar-nos a entender o novo coronavírus, e estabeleceu-se como uma estratégia poderosa na mobilização de toda equipe multiprofissional. Ainda no momento atual, as Instituições de saúde tiveram e tem que se reorganizar e direcionar todas suas ações de EPS para preparar seus servidores, incluindo os fisioterapeutas intensivistas. Deste modo, a EPS pode capacitar estes profissionais com a finalidade de se combater a pandemia de COVID-19, compreender a fisiopatologia do vírus, para se tentar prestar uma assistência qualificada as gestantes, puérperas e recém-nascidos da maternidade escola pesquisada. A motivação para esse estudo baseou-se na vivência do autor como profissional da linha de frente ao combate a pandemia, na percepção da mudança da rotina da maternidade e de toda a equipe, e na aplicabilidade da EPS durante este período conturbado. Objetivo: analisar o desenvolvimento das ações de Educação Permanente em Saúde em uma Maternidade Escola durante a Pandemia de COVID 19. Método: o estudo é do tipo qualitativo, sendo um estudo de caso, do tipo descritivo, exploratório. Foi realizado um grupo focal com 5 participantes e os dados analisados através do método sugerido por Malheiros. Resultados: observou-se que a EPS teve uma grande importância no combate a pandemia, tanto em aspectos de aprimoramento e aplicação de protocolos, aperfeiçoamento na assistência e da prática clínica, como também na segurança dos profissionais e nos atendimentos aos pacientes COVID, com influência positiva no aspecto emocional da equipe de fisioterapeutas. Todos estes ganhos tiveram relação direta com os momentos de EPS realizados na maternidade com a presença da equipe multiprofissional. Considerações finais: este TACC traz informações sobre EPS durante o período pandêmico e os dois produtos propostos visam agregar a EPS na prática institucional.


  • Mostrar Abstract
  • Introduction: this Course Completion Academic Work (TACC) brings in its composition an article and two propositions of educational products, which had their origin in the results obtained from the research entitled: "Permanent education in times of pandemic: perception of intensive physical therapists of a high-risk public maternity”. Since the first months of 2020, when the first cases of COVID-19 (disease caused by the corona virus SARS-Cov-2) appeared and with the advance of the pandemic in Brazil, our health system was strained and taken to almost exhaustion, bringing challenges that at first sight were practically insurmountable. During this period in professional practice, it was permanent health education (PHE) that contributed to mitigating this situation and helping us to understand the new coronavirus, and established itself as a powerful strategy in the mobilization of the entire multiprofessional team. Even at the present time, health institutions had and have to reorganize and direct all their EPS actions to prepare their servers, including intensive physical therapists. In this way, the EPS can train these professionals in order to combat the COVID-19 pandemic, understand the pathophysiology of the virus, in order to try to provide qualified assistance to pregnant women, mothers and newborns at the maternity school researched. The motivation for this study was based on the author's experience as a frontline professional in the fight against the pandemic, on the perception of the change in the maternity routine and that of the entire team, and on the applicability of EPS during this troubled period. Objective: to analyze the development of Continuing Health Education actions in a Maternity School during the COVID 19 Pandemic. Method: the study is qualitative, being a descriptive, exploratory case study. A focus group with 5 participants was carried out and the data analyzed using the method suggested by Malheiros. Results: it was observed that EPS was of great importance in combating the pandemic, both in aspects of improvement and application of protocols, improvement in care and clinical practice, as well as in the safety of professionals and in the care of COVID patients, with influence positive in the emotional aspect of the team of physiotherapists. All these gains were directly related to the moments of EPS performed in the maternity ward with the presence of the multidisciplinary team. Final considerations: this TACC provides information on EPS during the pandemic period and the two proposed products aim to aggregate EPS in institutional practice.

6
  • FABRICIA SILVA DE ARAUJO GALINDO
  • A INTEGRAÇÃO ENSINO-SERVIÇO DOS ESTÁGIOS CURRICULARES DOS CURSOS DA ÁREA DA SAÚDE DE UMA UNIVERSIDADE PÚBLICA EM UM MUNICÍPIO DE ALAGOAS

  • Orientador : JOSINEIDE FRANCISCO SAMPAIO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JARBAS RIBEIRO DE OLIVEIRA
  • JERZUI MENDES TORRES TOMAZ
  • JOSINEIDE FRANCISCO SAMPAIO
  • Data: 06/06/2022

  • Mostrar Resumo
  • A pesquisa “A integração ensino-serviço dos estágios curriculares dos cursos da área da saúde de uma universidade pública em um município de Alagoas” teve como objetivo analisar o processo de integração ensino-serviço dos estágios curriculares dos cursos da área da saúde no município. Trata-se de um estudo qualitativo, onde foram entrevistados coordenadores dos cursos de saúde da Universidade Federal de Alagoas, profissionais da Secretaria Municipal de Saúde de Arapiraca que coordenam os estágios em saúde, profissionais preceptores lotados nos serviços de saúde do município de Arapiraca e discentes que estavam cumprindo estágio curricular nesses serviços. Foram estabelecidas duas categorias de análise: organização e desenvolvimento do estágio dos cursos da área de saúde; e interfaces da integração ensino e serviço; sendo que a primeira categoria se subdividiu em duas: planejamento das atividades nos espaços de formação no SUS; e formação pedagógica para preceptoria no SUS. Os resultados evidenciaram que existe pouca comunicação entre os atores envolvidos no processo formativo dos estágios curriculares, bem como no planejamento entre coordenações de estágio da universidade e preceptores, dificultando o desenvolvimento das ações a serem realizas nos cenários da prática do SUS e o processo de integração entre ensino e serviço. Esta pesquisa também gerou como produto o Guia Digital para os estágios curriculares nos serviços de saúde em um município de Alagoas, visando proporcionar o conhecimento prévio dos campos de estágio da rede municipal de saúde, bem como apresentar os instrumentos de gestão que compõem o sistema de planejamento no SUS. Como considerações finais, entende-se que a integração ensino-serviço é primordial para a formação e o desenvolvimento dos profissionais de saúde e necessária para consolidação do SUS.


  • Mostrar Abstract
  • The legal recognition of health as a right for all and a duty of the State was affirmed in the Federal Constitution of 1988 (CF/1988) which established the Unified Health System (SUS) as a strategy for its implementation. Thus, the need arises for a training process in health that meets the principles established by the SUS, in which the teaching-service integration represents a relevant strategy for this training. The research “The teaching-service integration of the curricular internships of the courses in the health area of a public university in a municipality of Alagoas” aimed to analyze the process of teaching-service integration of the curricular internships of the courses in the health area in the municipality. This is a qualitative study which interview coordinators of health courses at the Federal University of Alagoas, professionals from the Municipal Health Department of Arapiraca who coordinate health internships, preceptor professionals working in the health services of the municipality of Arapiraca and students who were completing a curricular internship in these services. Two categories of analysis were established: organization and development of the stage of courses in the health area; and interfaces of teaching and service integration, the first category being subdivided into two: planning of activities in SUS training spaces; and pedagogical training for preceptorship in the SUS. The results showed that there is a fragility in the communication between the actors involved in the training process of the curricular internships, as well as in the planning between the university internship coordinations and preceptors, making it difficult to develop the actions to be carried out in the SUS practice scenarios, and the process of integration between teaching and service. This research also generated as a product the Digital Guide for curricular internships in health services, aiming to provide prior knowledge of the internship fields of the municipal health network, as well as to present the management instruments that make up the planning system in the SUS. As final considerations, it is understood that the teaching-service integration is essential for the training and development of health professionals, and necessary for the consolidation of SUS.

2021
Dissertações
1
  • MILANE COSTA ALVES
  • ANÁLISE DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM ODONTOLOGIA SOB A PERCEPÇÃO DOS DISCENTES NOS CENÁRIOS DE PRÁTICA.

  • Orientador : MERCIA LAMENHA MEDEIROS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • INES DE FATIMA DE AZEVEDO JACINTO INOJOSA
  • LENILDA AUSTRILINO SILVA
  • MERCIA LAMENHA MEDEIROS
  • THAIS HONORIO LINS BERNARDO
  • Data: 26/03/2021

  • Mostrar Resumo
  • O perfil do cirurgião-dentista, antes considerado técnico, fragmentado, centrado na
    cura das doenças, voltado às especializações e não atendedor das demandas
    populacionais, induziu a construção das novas Diretrizes Curriculares Nacionais
    (DCN), além de propor mudanças na formação profissional para os cursos de
    Odontologia e possibilitar aos estudantes a vivenciar no cenário do Sistema Único
    de Saúde, durante os estágios curriculares. Os estágios supervisionados
    proporcionam espaços para reflexão dos discentes, favorecendo melhorias na sua
    formação, desde que o processo de ensino-aprendizagem seja coerente com a
    proposta. Analisar o estágio supervisionado no curso de Odontologia de uma
    Universidade Pública Federal, sob a percepção dos discentes, para a
    compreensão do processo de ensino-aprendizagem, as potencialidades e

    limitações do estágio curricular supervisionado. Estudo de natureza quali-
    quantitativa com questões assertivas, com escala do tipo Likert e uma questão

    motivadora, aplicado aos discentes do 10° período que concluíram o estágio
    curricular supervisionado e aos recém-egressos dos últimos dois anos na
    Faculdade de Odontologia.
    Os discentes valorizaram o estágio como sendo importante para a formação
    profissional. Foram encontradas lacunas na comunicação, troca de informações
    sobre o que aprenderam, sobre estudar sozinhos, sobre organização e recursos
    financeiros para apoio. Uma aproximação é necessária entre o discente e a
    Universidade, para que esses possam trocar informações sobre suas experiências
    e dificuldades durante o estágio. A comunicação efetiva é uma das necessidades
    desses discentes, analisar como está sendo esse processo ensino-aprendizado no
    estágio e quais estratégias de aprimoramento esses discentes estão usando para
    ampliação do conhecimento. Outro ponto a ser analisado refere-se à organização
    do estágio, em especial, ao material didático, cronograma, localização, carga
    horária e apoio financeiro para deslocamentos, materiais técnicos e alimentação.
    Durante o estudo, percebeu-se que o estágio curricular necessita de um olhar
    diferenciado para os discentes nos cenários de prática, com estratégias que
    tragam melhores condições de ensino- aprendizado, colocando-o, em contato com
    a realidade social, e com uma formação de um profissional generalista, humanista
    e crítico-reflexivo. Para isso se faz necessário planejamento com ações conjuntas,
    entre o curso e as instituições de saúde, analisando e tentando encontrar soluções
    para minimizar as fragilidades, apoiando o estudante e os profissionais
    odontólogos.


  • Mostrar Abstract
  • The profile of the dentist, previously considered technical, fragmented, centered on
    curing diseases, focused on specializations and not on meeting population
    demands, is now leading to the construction of the new National Curriculum
    Guidelines (DCN) and also proposes changes in professional training for students
    of dentistry course enabling them to experience what the scenario of the Unified
    Health System is like, during curricular internships.
    The supervised internships provide spaces for reflection by the students, allowing
    improvements in their training, as long as the teaching-learning process is
    consistent with the proposal. Analyze the supervised internship in the Dentistry
    course of a Federal Public University, under the students' perception to understand
    the teaching-learning process, the potentialities and limitations of the supervised
    curricular internship. A qualitative and quantitative study with assertive questions,
    with a Likert-type scale and a motivating question, applied to the 10th period
    students who completed the supervised curricular internship and to the recent
    graduates of the last two years at the Faculty of Dentistry. The students valued the
    internship as being important for professional training. Gaps were found in
    communication such as exchange of information about what they have learned,
    about studying by themselves and about organization and financial resources for
    support. An approximation is necessary between the student and the University, so
    that they can exchange information about their experiences and difficulties during
    the internship. Effective communication is one of the needs of these students to
    analyze how this teaching-learning process is being carried out in the internship
    and what improvement strategies these students are using to expand their
    knowledge. Another point to be analyzed refers to the organization of the
    internship, in particular, the didactic material, schedule, location, workload and
    financial support for traveling, technical materials and food. During the study, it was
    noticed that the curricular internship needs to provide students in the practice
    scenarios with strategies that bring better teaching-learning conditions, putting
    them in contact with the social reality and also with the training of a generalist,
    humanist and critical-reflective professional. Thus it is necessary to take joint
    actions between the course and the health institutions, analyzing and trying to find
    solutions to minimize its weaknesses, supporting the student and the dental
    professionals.

2
  • MARIA DE FÁTIMA CONRADO ALVES
  • ACOLHIMENTO À FAMÍLIA: vivências de estudantes de enfermagem

  • Orientador : DIVANISE SURUAGY CORREIA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DIVANISE SURUAGY CORREIA
  • JEFFERSON DE SOUZA BERNARDES
  • ANA KALLINY DE SOUSA SEVERO
  • Data: 16/04/2021

  • Mostrar Resumo
  • A criação do Sistema Único de Saúde determina um novo modelo de atenção à Saúde, cujo eixo de organização é a integralidade. Assim, com o objetivo de rediscutir e transformar as práticas sanitárias, o Ministério da Saúde lança a Política Nacional de Humanização, apresentando o acolhimento à família como di­retriz operacional para mudança do processo de trabalho. A universidade como instrumento de transformação social e pensamento crítico e reflexivo tem o papel de fomentar novas práticas sanitárias, tendo como referência as necessidades de saúde da po­pulação e as políticas governamentais. Objetivo: analisar o ensino do acolhimento à família durante a graduação de enfermagem em uma universidade federal do Nordeste brasileiro. Método: trata-se de um estudo de caráter exploratório-descritivo com abordagem qualitativa que utilizou o grupo focal como método de coleta de dados e a análise do discurso segundo Bardin para a análise dos dados. Resultados: participaram do estudo 62,5% das concluintes do curso de graduação em enfermagem. Todas do sexo feminino. 60% das estudantes afirmam que o conteúdo sobre acolhimento à família não é visto sim durante o curso de graduação. A escuta qualificada é citada como inerente e essencial ao acolhimento. Para as participantes do estudo, o acolhimento é mais factível na atenção básica. Considerações finais: As graduandas possuem conhecimento sobre acolhimento. O tema é sim abordado durante a graduação, porém sem aprofundamento teórico. A disciplina que mais trata o assunto no curso é saúde mental. Conclui-se ainda que o desenvolvimento de ações de acolhimento, segundo as graduandas, é mais fácil na atenção primária que na rede hospitalar.


  • Mostrar Abstract
  • The creation of the Unified Health System determines a new model of health care, whose organizational axis is integrality. Thus, with the objective of re-discussing and transforming health practices, the Ministry of Health launched the National Humanization Policy, presenting welcoming to the family as an operational guideline for changing the work process. The university as an instrument for social transformation and critical and reflective thinking has the role of fostering new health practices, having as reference the health needs of the population and government policies. Objective: to analyze the teaching of embracement to the family during undergraduate nursing at a federal university in Northeastern Brazil. Method: this is an exploratory-descriptive study with a qualitative approach that used the focus group as a method of data collection and discourse analysis according to Bardin for data analysis. Results: 62.5% of the graduates of the undergraduate nursing course participated in the study. All female. 60% of the students affirm that the content about welcoming the family is not seen during the undergraduate course. Qualified listening is cited as inherent and essential to welcoming. For the study participants, welcoming is more feasible in primary care. Final considerations: The undergraduate students have knowledge about hosting. The theme is addressed during graduation, however, without theoretical deepening. The discipline that most deals with the subject in the course is mental health. It is also concluded that the development of welcoming actions, according to the undergraduate students, is easier in primary care than in the hospital network

3
  • ROSARIO DE FATIMA ALVES DE ALBUQUERQUE
  • CONHECIMENTO DOS ESTUDANTES DE ENFERMAGEM EM LESÃO POR
    PRESSÃO: ATUALIZANDO SABERES E RESIGNIFICANDO A PRÁTICA

  • Orientador : ANDREA MARQUES VANDERLEI FERREIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDREA MARQUES VANDERLEI FERREIRA
  • DIVANISE SURUAGY CORREIA
  • SALOMAO PATRICIO DE SOUZA FRANCA
  • Data: 19/04/2021

  • Mostrar Resumo
  • As lesões por pressão são ocasionadas por vários fatores relacionados à
    internação e as condições clinicam dos pacientes, e exige uma assistência integral
    por toda equipe de saúde em ações voltadas para multidisciplinaridade para uma
    assistência livre de dano, uma vez este agravo à saúde é potencialmente previnível.
    Diretrizes nacional e internacional direcionam as recomendações clínicas para a
    prevenção e tratamento destas lesões, que visa tornar a qualidade da assistência
    um indicador positivo. Em detrimento a essa abordagem, este estudo objetivou
    avaliar o conhecimento dos estudantes de enfermagem sobre Lesão por Pressão,
    utilizando diferentes vertentes metodológicas como: Aplicação do Teste de
    Conhecimento – TCLP Calili-Piper; e a ferramenta do Exame Clínico Objetivo
    Estruturado- OSCE, em duas modalidades: OSCE Virtual e OSCE em cena real.
    Trata-se de um estudo exploratório transversal de amplo escopo de abordagem
    quanti e qualitativa, realizado de agosto a novembro de 2019, aplicado aos
    estudantes de enfermagem do Estágio Curricular Supervisionado de seis Instituição
    de Ensino Superior, em um hospital publico na cidade de Maceió Alagoas. Cada
    metodologia aplicada fluiu para uma produção científica individual, que foram
    conectadas entre si, cujos resultados foram explorados e apresentados nessa dissertação.


  • Mostrar Abstract
  • Pressure injuries are caused by several factors related to hospitalization and the
    clinical conditions of patients, and requires comprehensive assistance by the entire
    health team in actions aimed at multidisciplinarity for harm-free assistance, since this
    health problem is potentially preventable. . National and international guidelines
    direct clinical recommendations for the prevention and treatment of these injuries,
    which aims to make the quality of care a positive indicator. In detriment to this
    approach, this study aimed to evaluate the knowledge of nursing students about
    Pressure Injury, using different methodological aspects such as: Application of the
    Knowledge Test -TCLP Calili-Piper; and the Structured Objective Clinical
    Examination Tool - OSCE, in two modalities: Virtual OSCE and OSCE in real scene.
    This is a cross-sectional exploratory study with a broad scope of quantitative and
    qualitative approach, carried out from August to November 2019, applied to nursing
    students of the Supervised Curricular Internship of six Higher Education Institutions,
    in a public hospital in the city of Maceió Alagoas . Each applied methodology flowed
    into an individual scientific production, which were connected to each other, the
    results of which were explored and presented in this dissertation.

4
  • DANIELLY NOGUEIRA DE OLIVEIRA SILVA
  • APRENDIZAGENS SOBRE HUMANIZAÇÃO DA SAÚDE E
    PRÁTICAS DE ENFERMEIRAS EM UMA UNIDADE NEONATAL

  • Orientador : SERGIO SEIJI ARAGAKI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • Christine Ranier Gusman
  • JEANE FELIX DA SILVA
  • SERGIO SEIJI ARAGAKI
  • WALDEMAR ANTONIO DAS NEVES JUNIOR
  • Data: 27/04/2021

  • Mostrar Resumo
  • Este Trabalho Acadêmico de Conclusão de Curso (TACC) do Mestrado Profissional em Ensino
    na Saúde (MPES) da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) é
    constituído por duas partes: a primeira é composta por dois artigos e a segunda, por três
    produtos técnicos educacionais. Os artigos, intitulados “Aprendizagens sobre humanização da
    saúde e práticas de enfermeiras em uma Unidade Neonatal” e “Sentidos sobre a humanização
    da saúde sob os olhares das enfermeiras na Atenção Neonatal”, foram baseados na pesquisa
    “Aprendizagens sobre humanização da saúde e práticas de enfermeiras em uma Unidade
    Neonatal”. Os produtos, de acordo com a CAPES, são materiais didáticos, tipo mídias digitais,
    no formato de cartazes digitais sequenciais, para serem disponibilizados via internet, em
    plataformas e aplicativos gratuitos. Foram baseados na pesquisa mencionada, no manual do
    Método Canguru e em práticas humanizadas na Unidade Neonatal. Esperamos, contribuir com
    o ensino e com as práticas de saúde e de cuidar humanizadas desenvolvidas em Unidades
    Neonatais, integrando o ensino, o serviço e a comunidade.


  • Mostrar Abstract
  • This Academic Work for Completion of Course (TACC) of the Professional Master in Teaching
    in Health (MPES) of the Faculty of Medicine of the Federal University of Alagoas (UFAL) is
    consists of two parts: the first consists of two articles and the second, three
    educational technical products. The articles, entitled “Learning about humanization of
    health and nursing practices in a Neonatal Unit ”and“ Senses about humanization
    of health under the eyes of nurses in Neonatal Care ”, were based on the research
    “Learning about humanization of health and nurses' practices in a Unit
    Neonatal ”. The products, according to CAPES, are educational materials, such as digital media,
    in the format of sequential digital posters, to be made available via the internet, in
    free platforms and apps. They were based on the aforementioned research, in the
    Kangaroo Method and in humanized practices in the Neonatal Unit. We hope to contribute with
    teaching and health and humanized care practices developed in Units
    Neonatal, integrating teaching, service and community.

5
  • ELZA MARCULINO DUARTE
  • PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES NA FORMAÇÃO: VISÃO DE EGRESSOS DE ENFERMAGEM.

  • Orientador : DIVANISE SURUAGY CORREIA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CRISTINA CAMELO DE AZEVEDO
  • DIVANISE SURUAGY CORREIA
  • KRISTIANA CERQUEIRA MOUSINHO FONSECA
  • Data: 19/05/2021

  • Mostrar Resumo
  • Objetivo: Conhecer as percepções de egressos de um curso de enfermagem sobre o ensino das práticas integrativas e complementares durante a graduação. Método: Estudo qualitativo, realizado em 2019, com egressos de um curso de enfermagem. Os dados foram coletados através de entrevistas individuais, gravadas e transcritas. Os dados foram analisados manualmente seguindo roteiro com quatro etapas distintas: busca das ideias explícitas, implícitas, levantamento de unidades de registro e identificação das categorias. Resultados: encontrou-se três categorias: paradigmas que embasam a formação em saúde para PICS, apresentando a dificuldade inicial em ampliar a visão do cuidar para além do modelo biomédico, mergulhando nos aspectos emocionais, espirituais e energéticos necessário à compreensão da medicina tradicional; a aplicabilidade das PICS nos cuidados de enfermagem, revelando um distanciamento na integração curricular entre os saberes teóricos e os campos de prática; e os desafios de um currículo que oferta o ensino das PICS na graduação. Considerações finais: Podendo a partir desses dados inferir que a matriz curricular que oferta o ensino de PICS, é chamada a interdisciplinaridade no sentido de ampliar a visão do cuidar para além do modelo biomédico, e dessa forma essa visão possa perpassar toda a matriz e não pontualmente na disciplina que ministra as PICS, possibilitando a visualização e aplicação dessas terapêuticas nos campos de prática da enfermagem.


  • Mostrar Abstract
  • Objective: To know the perceptions of graduates of a nursing course on the teaching of integrative and complementary practices during graduation. Method: Qualitative study, conducted in 2019, with graduates of a nursing course. Data were collected through individual interviews, recorded and transcribed. The data were analyzed manually following a script with four distinct stages: search for explicit, implicit ideas, survey of registration units and identification of categories. Results: three categories were found: paradigms that support health training for PICS, presenting the initial difficulty in expanding the vision of care beyond the biomedical model, immersing itself in the emotional, spiritual and energetic aspects necessary to understand traditional medicine; the applicability of PICS in nursing care, revealing a gap in curricular integration between theoretical knowledge and fields of practice; and the challenges of a curriculum that offers the teaching of PICS at graduation. Final considerations: Based on these data, it can be inferred that the curricular matrix that offers the teaching of PICS, is called interdisciplinarity in the sense of expanding the vision of care beyond the biomedical model, and in this way this vision can permeate the entire matrix and occasionally in the discipline that teaches PICS, enabling the visualization and application of these therapies in the fields of nursing practice.

6
  • GLEIDSON GOMES BARBOSA
  • ACIDENTES OCUPACIONAIS COM MATERIAIS BIOLÓGICOS NA ENFERMAGEM DE UMHOSPITAL DE ENSINO

  • Orientador : CRISTINA CAMELO DE AZEVEDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CRISTINA CAMELO DE AZEVEDO
  • DIVANISE SURUAGY CORREIA
  • Maria da Conceição Cavalcanti de Lira
  • Data: 25/05/2021

  • Mostrar Resumo
  • No ambiente hospitalar, os acidentes de trabalho que envolvem exposição a material biológico
    destacam-se pelafrequência com que ocorrem e pelo risco de os profissionais adquirirem
    patologias. Acidentes que envolvem material biológico possuem critério de atendimento de
    emergência médica, uma vez queas intervenções de profilaxia para evitar a infecção do vírus
    HIV, por exemplo, necessitamde rapidez e eficácia, sendo iniciada nas primeiras horas após a
    exposição. Os profissionais de enfermagem atuam diretamente com a assistência ao paciente,
    estando mais vulneráveis à exposição ocupacional a material biológico, como sangue, fluidos
    corporais etc. O presente trabalho teve como objetivo principal analisar a prevalência de
    acidentes com material biológico em estudantes, residentes e profissionais na área de
    Enfermagem de um Hospital de Ensino, no período de 2015 a 2019. Trata-se de um estudo
    epidemiológico descritivo do tipo transversal e com abordagem quantitativa dos dados,
    presentes nas fichas de notificação de acidentes de trabalho referentes ao período de 2015 a
    2019 disponibilizadas pelo setor de Medicina do Trabalho do Hospital de Ensino
    Público.Foram notificados no período estudado 77 acidentes de trabalho com profissionais da
    enfermagem, onde 90,9% ocorreram em indivíduos do gênero feminino e 9,09% do gênero
    masculino. Como caracterização dos acidentes, as categorias que apresentaram maior
    percentual de notificações foram Enfermagem (19,5%) e Técnico de Enfermagem (68,8%).
    Com relação ao plantão, o percentual de acidentes foi de 49,4% para matutino, de 25,9% para
    vespertino e de 24,6% para noturno. Quanto ao setor, destacaram-se a UTI Geral, com 18,2%,
    Enfermarias em geral com 45,4% e Centro Obstétrico com 12,9% dos acidentes. Quanto ao
    tipo de material, 67,5% foram causados por meio de agulhas e 12,9% por respingo de sangue.
    Com relação as circunstâncias, o maior percentual esteve relacionado a ausência de atenção
    com 26% de acidentes ocasionados. Este estudo permite a identificação do perfil dos
    acidentes, podendo contribuir para a criação de um plano de prevenção de acidentes efetivo,
    além da implantação de uma educação em saúde permanente para adesão às boas práticas no
    trabalho.


  • Mostrar Abstract
  • In the hospital environment, workaccidentsinvolvingexposuretobiological material stand out
    for thefrequency in whichtheyoccurandtheriskofprofessionalsacquiringpathologies.
    Accidentsinvolvingbiological material have medical emergencycarecriteria,
    sinceprophylaxisinterventionstoprevent HIV infection, for example, require
    speedandeffectiveness, starting in thefirst hours afterexposure.
    Nursingprofessionalsworkdirectlywithpatientcare, being more
    vulnerabletooccupationalexposuretobiological material, such as blood, bodyfluids etc. The
    mainobjectiveofthisworkwastoanalyzetheprevalenceofaccidentswithbiological material in
    students, residentsandprofessionals in theNursingareaof a Teaching Hospital, in
    theperiodfrom 2015 to 2019. Thisis a cross-sectionaldescriptiveepidemiologicalstudywith a
    quantitative approach tothe data, which are consideredsecondary, present in
    theworkaccidentnotificationformsreferringtotheperiodfrom 2015 to 2019
    madeavailablebytheOccupational Medicine sector oftheTeaching Hospital.
    Duringthestudyperiod, 77 workaccidentswithnursingprofessionalswerereported, where 90.9%
    occurred in femalesand 9.09% in males. As a characterizationofaccidents,
    thecategoriesthatpresentedthehighestpercentageofnotificationswereNursing (19.5%)
    andNursingTechnician (68.8%). Withregardtoduty, thepercentageofaccidentswas 49.4% for
    themorning, 25.9% for theafternoonand 24.6% for thenight shift. As for the sector, the
    General ICU stood out, with 18.2%, Wards in general with 45.4% andObstetric Center with
    12.9% ofaccidents. Regardingthetypeof material, 67.5% werecausedbyneedlesand 12.9%
    bybloodsplatter. Regardingthecircumstances,
    thehighestpercentagewasrelatedtothelackofattentionwith 26% ofaccidentscaused.
    Thisstudyallowstheidentificationoftheaccident profile,
    whichcancontributetothecreationofaneffectiveaccidentpreventionplan, in
    additiontotheimplementationofpermanenthealtheducationtoadheretogoodpracticesatwork.

7
  • VALÉRIA ANTONIA PEREIRA
  • INTEGRAÇÃO ENSINO E SERVIÇO DESAÚDE: qual a contribuição do Estágio Curricular da graduação em Enfermagem na qualificação da assistência?

  • Orientador : ROSANA QUINTELLA BRANDAO VILELA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DANIEL LIRA DA SILVA
  • LENILDA AUSTRILINO SILVA
  • ROSANA QUINTELLA BRANDAO VILELA
  • Data: 31/05/2021

  • Mostrar Resumo
  • A necessidade de formar profissionais voltados as exigências do SUS, emergiu nos
    cursos superiores, voltados para a formação do enfermeiro A enfermagem como
    categoria profissional que visa à saúde individual e coletiva, buscou a interface entre
    a comunidade e os serviços de saúde, em conformidade com os princípios do
    Sistema Único de Saúde (SUS).Nessa perspectiva após a elaboração das Diretrizes
    Curriculares Nacionais pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC), o estágio
    assumiu papel fundamental no processo de formação na educação superior,Nesse
    sentido, a articulação ensino-serviço-comunidade apresenta-se como importante
    estratégia para efetiva integração entre teoria e prática, devendo, também, se
    colocar a serviço da reflexão da realidade, possibilitando ao aluno elaborar críticas e
    buscar soluções adequadas para os problemas de saúde encontrados, guardando-
    se o compromisso e a responsabilidade com o usuário pelo cuidado para
    emancipação do outro. O Estágio Curricular Supervisionado (ECS) deve ser um
    espaço onde as oportunidades vivenciadas devem ser para o aluno não só um
    momento de aprendizado e da compreensão do universo profissional, e sim uma
    contribuição na promoção efetiva e qualificada da saúde do paciente assistido.O
    presente trabalho de conclusão de curso do Mestrado Profissional em Ensino na Saúde
    (MPES) é composto por uma pesquisa e um produto de intervenção sobre o tema. A
    pesquisa teve como objetivo analisar a percepção dos enfermeiros do setor de emergência
    quanto à relevância do estágio supervisionado como qualificador da assistência. Estudo de
    abordagem qualitativa, descritiva , utilizando-se de entrevistas semi estruturadas e análise
    de conteúdo, com dez enfermeiros da emergência de um hospital geral público no nordeste
    brasileiro. O questionário abordou questões como : a contribuição do aluno para o cuidado
    do paciente, o papel do enfermeiro da emergência para a formação do estagiário,a
    estruturação das atividades do estágio e sugestões de organização do mesmo.Os dados
    produzidos foram tratados, conforme a análise de conteúdo na modalidade temática de
    acordo com Bardin (2011) e Malheiros (2011). Como resultados,emergiram as
    categorias:Percepções sobre a melhoria do cuidado, Contribuição do ECS para o
    enfermeiro do serviço e para o aluno, o estágio supervisionado na área vermelha e
    desafios e
    possibilidades.


  • Mostrar Abstract
  • The need to train professionals focused on SUS requirements, emerged in the
    higher courses, focused on the training of nurses Nursing as
    professional category aimed at individual and collective health, sought the interface between
    community and health services, in accordance with the principles of
    Unified Health System (SUS). In this perspective after the elaboration of the Guidelines
    National Curriculum by the Ministry of Education and Culture (MEC), the internship
    assumed a fundamental role in the formation process in higher education.
    In this sense, the teaching-service-community articulation presents itself as an important
    strategy for effective integration between theory and practice, and should also be
    put at the service of the reflection of reality, allowing the student to elaborate criticisms and
    seek appropriate solutions to the health problems encountered, keeping
    if the commitment and responsibility to the user for the care to
    emancipation of the other. The Supervised Curricular Internship (ECS) must be a
    space where the opportunities experienced should be for the student not only a
    moment of learning and understanding of the professional universe, but rather a
    contribution to the effective and qualified promotion of the health of the assisted patient.
    present work of completion of the Professional Master's Degree in Health Education
    (MPES) consists of a research and an intervention product on the topic. THE
    research aimed to analyze the perception of nurses in the emergency sector
    regarding the relevance of the supervised internship as a qualifier of assistance. Study of
    qualitative, descriptive approach, using semi-structured interviews and analysis
    of content, with ten nurses from the emergency of a public general hospital in the northeast
    Brazilian. The questionnaire addressed issues such as: the student's contribution to care
    of the patient, the role of the emergency nurse for the training of the intern, the
    structuring of the internship activities and suggestions for organizing the internship.
    produced were treated, according to the content analysis in the thematic modality of
    according to Bardin (2011) and Malheiros (2011). As a result, the
    categories: Perceptions about improving care, ECS contribution to the
    service nurse and for the student, the supervised internship in the red area and
    challenges and
    possibilities.

8
  • MÁRCIA ANDREIA REIS SILVA
  •  

    PRODUÇÃO CIENTÍFICA SOBRE AS CONTRIBUIÇÕES DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO NA FORMAÇÃO DO ENFERMEIRO

  • Orientador : LUCY VIEIRA DA SILVA LIMA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LUCY VIEIRA DA SILVA LIMA
  • ANTONIO CARLOS SILVA COSTA
  • ANA MARLUSIA ALVES BOMFIM
  • Data: 11/08/2021

  • Mostrar Resumo
  • O Estágio Curricular Supervisionado (ECS) representa um instrumento integrador entre as Instituições de Ensino e o campo de pratica, além de ser um componente curricular relevante na aproximação dos estudantes com os diferentes cenários de assistência. Sua efetivação requer o envolvimento dos atores que também participam da pratica para ampliação das relações humanas, pois é nesse momento que o estudante exerce maior contato com a realidade e com o mundo de trabalho para exercer sua autonomia, possibilitando o desenvolvimento pessoal e profissional favorecendo a relação entre teoria e a prática. O presente trabalho de conclusão de curso do Mestrado Profissional em Ensino na Saúde (MPES) é composto por dois artigos sendo uma revisão integrativa e um estudo bibliometrico sobre as contribuições do estágio supervisionado para formação do enfermeiro nos diferentes contextos da saúde. A pesquisa teve como objetivo analisar a produção cientifica sobre as contribuições do estágio supervisionado para formação do enfermeiro nos diferentes contextos da saúde. A metodologia utilizada foi descritivo-exploratória, que teve como fonte de busca os artigos publicados entre os anos de 2015 a 2020, nas bases de dados Scielo, BVS, Capes, Pubmed, Science Direct, Wiley Online Library disponibilizados por meio eletrônico. Para a sistematização dos dados foi utilizada a análise de conteúdo na modalidade temática de acordo com Bardin (2011). A análise levantou 740 artigos, 44 selecionados para leitura completa do texto e 26 atenderam aos critérios de inclusão. Após a análise desses estudos surgiram três categorias temáticas: Papel da preceptoria no estagio clinico de enfermagem; Aprendizado do estudante de enfermagem como resultado da supervisão clinica; Conhecimento e habilidades do enfermeiro para o programa de preceptoria. Os resultados desta pesquisa apontam os desafios enfrentados no processo de ensino-aprendizagem e que interferem diretamente nos cenários de aprendizagem, como a falta de clareza quanto ao papel do enfermeiro do serviço de saúde, a falta da formação pedagógica para os preceptores e muitas vezes a inexistência do diálogo da Instituição de Ensino com as unidades dos cenários de prática. A produção científica foi predominante em publicações internacionais (96%), publicadas em periódico Qualis A1 (61,5%) onde se observa a relevância do tema nas pesquisas analisadas e a escassez de publicações em território nacional, o que indica a necessidade de desenvolver pesquisas sobre o assunto no Brasil. Considerando os resultados encontrados nessa pesquisa cientifica, o estudo apresentou como produto um vídeo educativo que visa contribuir para formação profissional do enfermeiro a partir da sensibilização do preceptor.

     


  • Mostrar Abstract
  •  
     

    Tipos de tradução

    Tradução de textos

     
     
     
     

    Texto de origem

     
     
     
     
     
     
    2754 / 5000
     

    Resultados de tradução

    The Supervised Curriculum Internship (ECS) represents an integrating instrument between Educational Institutions and the field of practice, in addition to being a relevant curricular component in bringing students closer to the different care scenarios. Its implementation requires the involvement of actors who also participate in the practice to expand human relations, as it is at this time that the student has greater contact with reality and with the world of work to exercise their autonomy, enabling personal and professional development, favoring relationship between theory and practice. The present course completion work of the Professional Master's Degree in Health Education (MPES) is composed of two articles, an integrative review and a bibliometric study on the contributions of supervised internship to nursing education in different health contexts. The research aimed to analyze the scientific production on the contributions of supervised internships for nursing education in different health contexts. The methodology used was descriptive-exploratory, whose search source was articles published between 2015 and 2020, in the Scielo, BVS, Capes, Pubmed, Science Direct, and Wiley Online Library databases available electronically. For the systematization of the data, content analysis was used in the thematic modality according to Bardin (2011). The analysis surveyed 740 articles, 44 selected for full text reading and 26 met the inclusion criteria. After analyzing these studies, three thematic categories emerged: Role of preceptorship in the clinical nursing internship; Nursing student learning as a result of clinical supervision; Nurse's knowledge and skills for the preceptorship program. The results of this research point out the challenges faced in the teaching-learning process that directly interfere in the learning scenarios, such as the lack of clarity about the role of the nurse in the health service, the lack of pedagogical training for preceptors and often the lack of dialogue between the Educational Institution and the units in the practice scenarios. Scientific production was predominant in international publications (96%), published in Qualis A1 journal (61.5%) where the relevance of the topic in the analyzed research and the scarcity of publications in the national territory is observed, which indicates the need to develop research on the subject in Brazil. Considering the results found in this scientific research, the study presented as a product an educational video that aims to contribute to the professional training of nurses based on the awareness of the preceptor.
9
  • GRAZIELA CAVALCANTE MARTINS
  • INTERPROFISSIONALIDADE NA FORMAÇÃO: A PERCEPÇÃO DOS
    DISCENTES DA SAÚDE EM UMA UNIDADE DE ACIDENTE VASCULAR

    CEREBRAL

  • Orientador : CARLOS HENRIQUE FALCAO TAVARES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • Ana Lydia Vasco de Albuquerque Peixoto
  • CARLOS HENRIQUE FALCAO TAVARES
  • JOSINEIDE FRANCISCO SAMPAIO
  • Data: 16/08/2021

  • Mostrar Resumo
  • O presente estudo compõe Trabalho Acadêmico de Conclusão de Curso (TACC) do
    Mestrado Profissional em Ensino na Saúde (MEPS) da Faculdade de Medicina da
    Universidade Federal de Alagoas (UFAL) é constituído, por um artigo científico e um
    produto educacional, ambos decorrente da seguinte pesquisa “Interprofissionalidade na
    formação: A percepção dos discentes da saúde em uma Unidade de Acidente Vascular
    Cerebral”. A Interprofissionalidade foi abordada a partir do conhecimento dos
    discentes da saúde. Estudo exploratório de abordagem qualitativa que utilizou em seu
    percurso metodológico a técnica de grupo focal para coleta de dados. Participaram desta
    pesquisa 11 discentes que estagiaram na Unidade de Acidente Vascular Cerebral(U-
    AVC) de Faculdades distintas públicas e privadas. Foi realizado um grupo focal no mês
    de outubro, as gravações de áudio foram transcritas na íntegra e submetida a análise de
    conteúdo de Bardin que possibilitou produzir seis categorias: 1) Concepção dos
    discentes sobre interprofissionalidade; 2) Práticas interprofissionais na U-AVC; 3)
    Educação Interprofissional na U-AVC; 4) Fatores que facilitam/possibilitam o exercício
    da interprofissionalidade desde a formação; 5) Fatores que dificultam a
    interprofissionalidade na U-AVC e durante a formação acadêmica dos discentes da
    saúde; 6) Sugestões para melhoria das práticas interprofissionais dentro da U-AVC. Os
    resultados apontam para uma fragilidade conceitual sobre interprofissionalidade e
    identifica algumas barreiras para sua implementação. Diante do exposto foi produzido
    um vídeo educacional: “Caminhos para Interprofissionalidade”. Espera-se que o vídeo
    possa ser utilizado como ferramenta nos espaços de educação permanente em saúde. Do
    mesmo modo que esta pesquisa possa contribuir para ratificar a importância da
    Interprofissionalidade nos serviços de saúde e para formação em saúde.


  • Mostrar Abstract
  • This study is part of the Academic Work of Course Completion (TACC) of the
    Professional Master's Degree in Health Education (MEPS) of the Faculty of Medicine
    of the Federal University of Alagoas (UFAL) and consists of a scientific article and an
    educational product, both resulting from the following research “Interprofessionality in
    training: The students' perception of health in a Stroke Unit”. Interprofessionality was
    approached based on the knowledge of health students. Na exploratory study with a
    qualitative approach that used the focus group technique for data collection in its
    methodological path was conducted. Eleven students from different public and private
    colleges who were doing internship at the Stroke Unit (U-AVC) participated in this
    research. A focus group was held in October; and the audio recordings were fully
    transcribed and submitted to Bardin content analysis, which enabled to stablish six
    categories: 1) Students´ conception of interprofessionalism; 2) Interprofessional
    practices in the Stroke Unit (U-AVC); 3)Interprofessional Education at U-AVC; 4)
    Factors that facilitate/enable the exercise of interprofessionalism since academic
    formation; 5) Factors that hinder interprofessionality in U-AVC and during academic
    training of health students; 6) Suggestions for improving interprofessional practices
    within the U-AVC. The results point to a conceptual weakness about
    interprofessionalism and identify some barriers to its implementation. Thus, an
    educational video was produced: “Paths to Interprofessionalism”. It is hoped that the
    video can be used as a tool in health education spaces, and that this research can
    contribute to confirm the importance of Interprofessionalism in health services and for
    health education.

10
  • LÍGIA FERNANDA PASSOS BEZERRA SANTOS
  • FORMAÇÃO PARA O CUIDADO À DIVERSIDADE CULTURAL NA
    ATENÇÃO PRIMÁRIA EM UM CURSO DE ENFERMAGEM

  • Orientador : FRANCISCO JOSE PASSOS SOARES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • Nelson Miguel Galindo Neto
  • FRANCISCO JOSE PASSOS SOARES
  • LENILDA AUSTRILINO SILVA
  • Data: 18/08/2021

  • Mostrar Resumo
  • O trabalho acadêmico de conclusão de curso (TACC) teve o objetivo
    compreender de que forma o ensino da graduação no curso avaliado tem
    sido organizado: como orientador de formação de força de trabalho acrítica
    para a unidade de saúde ou como agente de transformação na qualificação
    da assistência visando a autonomia do usuário. A metodologia utilizada
    estudo de caso do tipo qualitativo, através da análise documental do projeto
    pedagógico do curso (PPC). Análise ocorreu em duas etapas: 1ª etapa:
    análise do texto geral do PPC, visando evidenciar o modelo geral de gestão
    do ensino, processado com o software Iramuteq versão 0.7 alpha 2. 2ª
    etapa: análise do texto geral do PPC por verificação direta, sem apoio de
    software. Seguindo as etapas cronológicas: (1) definição de categorias de
    análise (2) definição de unidades de registro (4) tratamento dos resultados e
    interpretação. Os resultados da pesquisa são apresentados em um artigo
    original intitulado: formação para o cuidado à diversidade cultural na
    atenção primária em um curso de enfermagem. Através da dupla análise,
    por leitura direta e com o uso do software Iramuteq, demonstra
    contradições, e abordagem insuficiente no PPC correspondentes à atenção Iramuteq revelou três classes, - perfil do egresso (35,9%); - organização do
    curso (36,2%); - competências e habilidades (27,9%). A análise direta do
    PPC, demonstra pouca compatibilidadecom De uma amostragem de 190
    unidades de contexto, quarenta e duas (22,1%) apresentavam abordagem
    incompleta. No estágio supervisionado (9º período), das 19 unidades de
    registros possíveis apenas quatro (21,5%) foram encontradas, porém apenas
    duas (10,5%) com menção específica a diversidade cultural. Conclui-se
    que, a partir da análise documental, foi possível compreendermos o atual
    estágio de desenvolvimento do PPC e averiguarmos que se faz necessário
    ampliar a discussão entre o corpo docente da instituição sobre a importância
    de um ensino mais aliado às demandas sociais da atualidade no que se
    refere à diversidade cultural.


  • Mostrar Abstract
  • This Academic Work of Course Completion (TACC) is composed of the following sections:
    presentation; dissertation, the result of research carried out during the master's degree; and
    four related educational products. At the end, the general considerations of the TACC are
    outlined and the appendices and annexes are made available. In the presentation, the
    personal motivations that led to the research are explained, as well as a brief background on
    the studied topic. The dissertation comes from the research "training for the care of cultural
    diversity in primary care in a nursing course", carried out with a qualitative approach, through
    documentary research, analyzing the Pedagogical Course Project (PPC) of nursing of a
    private institution in Maceió-AL. Observing gaps in the training processes of professionals
    and graduates, which made it difficult to put into practice the care for cultural diversity, actions were designed and implemented that could collaborate in health education for
    cultural diversity, capable of causing changes in care practices. As a result of these actions,
    the educational products were: an original article, a model for adapting the curriculum of the
    Supervised Internship curriculum, the elaboration of a systematic review article, aimed at the
    scientific community and a video aimed at researchers, showing the importance of theory
    Leininger in the practice scenario and the possibilities of its use as a pedagogical tool, presented during the II Iberoamerican Teachers Congress in July of this year. The general
    conclusion, arising from the research and the interventions and related products, is that the
    proposed objectives were achieved, revealing insufficiencies in the analyzed PPC text for a
    training compatible with a professional profile capable of understanding and offering
    adequate attention to the current current cultural diversity. in Alagoas society. In addition,
    there was important learning for the researcher and her interlocutors in this academic
    trajectory, producing improvements for professionals, graduates, users and for the institution
    where the actions were developed. 

11
  • RWIZZIANE KALLEY SILVA PESSOA DE BARROS
  • CONTRIBUIÇÕES DO ESTÁGIO CURRICULAR NA ATENÇÃO BÁSICA PARA A FORMAÇÃO DE ENFERMEIROS: à luz das Diretrizes Curriculares Nacionais e sob o olhar do discente

  • Orientador : LUCY VIEIRA DA SILVA LIMA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LUCY VIEIRA DA SILVA LIMA
  • LÚCIA DE MENDONÇA RIBEIRO SILVA
  • MARIA DE LOURDES FONSECA VIEIRA
  • Data: 18/08/2021

  • Mostrar Resumo
  • O presente Trabalho Acadêmico de Conclusão de Curso do Mestrado Profissional em Ensino na Saúde da Faculdade de Medicina (FAMED/UFAL) é constituído por dois artigos científicos e dois produtos de intervenção decorrentes da pesquisa intitulada “CONTRIBUIÇÕES DO ESTÁGIO CURRICULAR NA ATENÇÃO BÁSICA PARA A FORMAÇÃO DE ENFERMEIROS: à luz das Diretrizes Curriculares Nacionais e sob o olhar do discente”. Com o objetivo de analisar as contribuições do estágio curricular em Atenção Básica (AB) para a formação do enfermeiro à luz das DCNs e sob o olhar do discente, a pesquisa teve uma abordagem qualitativa do tipo estudo descritivo e exploratório. As participantes do estudo foram nove estudantes do curso de enfermagem da UFAL – campus Arapiraca que haviam concluído estágio curricular supervisionado em AB em 2019. A coleta de dados deu-se por meio de entrevistas individuais utilizando um roteiro semiestruturado com perguntas sobre as experiências vividas durante a graduação. Os dados foram analisados segundo Bardin e a partir da criação de nuvens de palavras que possibilitaram identificar cinco categorias: 1) A importância das aulas-práticas e atividades extracurriculares para a formação; 2) A utilização das metodologias ativas durante a graduação; 3) Estágio supervisionado: espaço para o desenvolvimento das competências do enfermeiro; 4) O papel do preceptor e da gestão em propiciar ao estudante em estágio supervisionado; e 5) Atenção Básica: oportunidade de “ser enfermeiro” durante a formação. Assim, foram escritos dois artigos, o primeiro tratou das contribuições do estágio curricular em AB, sendo possível perceber que a vivência das necessidades reais dos usuários, do cotidiano dos serviços e do trabalho em equipe provocou aprendizagens significativas das competências do enfermeiro e o desenvolvimento de um perfil profissional críticoreflexivo e humanizado, preocupado em oferecer um cuidado em saúde integral ao indivíduo. O segundo artigo abordou as estratégias de ensino-aprendizagem utilizadas durante a graduação, anteriores ao estágio, sendo possível inferir que as metodologias ativas proporcionaram o desenvolvimento de uma visão crítica, humanizada e integral sobre situações-problemas e nos cenários reais, destacam-se, ainda, os projetos de extensão e ligas acadêmicas que permitiram a abordagem de conteúdos que não haviam sido trabalhados durante as atividades curriculares. Além disso, foram criados dois produtos educacionais: o primeiro, um Manual Técnico para produção da Oficina, que pode ser utilizado como prática pedagógica durante a graduação para discentes e preceptores de enfermagem a fim de provocar reflexões e melhorias no processo ensino-aprendizagem e formação profissional do enfermeiro e o segundo, uma Série de Vídeos Educativos que podem ser utilizados durante a oficina sugerida e em outros momentos de aprendizagem, tais como aulas, estágios, capacitações e educação permanente que tenham como tema as competências do enfermeiro. Espera-se que a pesquisa possa contribuir para repensar as práticas docentes e de preceptoria, ao tempo que aponta sugestões para melhorias e novos direcionamentos para o aperfeiçoamento do ensino de enfermagem e qualificação profissional. 


  • Mostrar Abstract
  • The following Academic Work for the Conclusion of a Professional Master's Degree in Health Education at the Faculty of Medicine (FAMED/UFAL) consists of two scientific papers and two intervention products which resulted from the research entitled “CONTRIBUTIONS OF THE CURRICULAR INTERNSHIP IN BASIC ATTENTION TO THE NURSE TRAINING: considering the National Curriculum Guidelines and under the student’s perspective”. In order to analyze the contributions of the curricular internship in Primary Care (AB) to the nurse training considering the DCNs and under the student’s perspective, the research had a qualitative approach of the type descriptive and exploratory study. The study participants were nine students from the nursing undergraduate course at UFAL - Arapiraca campus who had completed supervised curricular internship in AB in 2019. The data collection took place through individual interviews using a semi-structured script with questions about the experiences lived during the bachelor. The data was analyzed according to Bardin, what made it possible to identify five categories from the word clouds created: 1) The importance of practical classes and extracurricular activities for training; 2) The use of active methodologies during graduation; 3) Supervised internship: room for the development of nurses' skills; 4) The role of the preceptor and of the management in providing the student with a supervised internship; and 5) Primary Care: opportunity to “be a nurse” during training. Therefore, two papers were written, the first dealt with the contributions of the curricular internship in AB, making it possible to perceive that the experience of the real user necessities, the daily services and the teamwork caused a significant learning of nurse skills and the development of a critical-reflective and humanized professional profile, that is concerned with offering comprehensive health care to the individual. The second article addressed the teaching-learning strategies used during graduation, prior to the internship, making it possible to infer that the active methodologies provided the development of a critical, humanized and integral view on problem situations and in real scenarios, also highlighting the extension projects and academic leagues that allowed the student to acquire knowledge of contents that had not been worked on during the curricular activities. In addition, two educational products were produced: the first, a Technical Manual for the Workshop creation, which can be used as a pedagogical practice during graduation for nursing students and preceptors in order to provoke reflections and improvements in the teaching-learning and training process the nurse's professional and the second, a series of educational videos that can be used during the suggested workshop and in other learning moments, such as classes, internships, training and permanent education that have the nurse's skills as their theme. It is hoped that the research may contribute to rethink teaching and preceptorship practices, making it possible to point out suggestions for improvements and new directions for the improvement of nursing education and professional qualification.

12
  • CARLA SUZANE GÓES PACHÊCO
  • NÍVEIS DE EMPATIA EM ESTUDANTES DE MEDICINA: UMA ANÁLISE EM
    FUNÇÃO DO PERÍODO DA GRADUAÇÃO E DO PERFIL SOCIODEMOGRÁFICO

  • Orientador : ANTONIO CARLOS SILVA COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO CARLOS SILVA COSTA
  • MILMA PIRES DE MELO MIRANDA
  • ROSANA QUINTELLA BRANDAO VILELA
  • Data: 24/08/2021

  • Mostrar Resumo
  • A empatia é uma habilidade atrelada a Inteligência Emocional (IE) que precisa ser
    cultivada e, interfere diretamente na capacidade do ser humano de interagir e se
    relacionar com as outras pessoas, sendo descrita na literatura como uma das
    características mais marcantes dos grandes profissionais médicos. O presente
    Trabalho Acadêmico de Conclusão de Curso (TACC), tem por objetivo investigar como
    se manifestam os níveis de empatia em estudantes de medicina, de uma instituição
    privada no nordeste do Brasil, ao longo da graduação, e quer ressaltar a importância
    de se atribuir ao desenvolvimento e aperfeiçoamento do construto empático nos
    estudantes, ao ensino das chamadas humanidades médicas, a arte de cuidar, o
    mesmo destaque dado à aquisição dos saberes técnico-científicos durante a formação
    acadêmica, para que, esses futuros médicos possam lidar melhor com a diversidade
    de embates éticos e afetivos com os quais irão se deparar no dia a dia da sua prática

    profissional e, dessa maneira, sejam capazes de estabelecer relações médico-
    paciente mais satisfatórias, bem-sucedidas, que atendam às necessidades da

    sociedade contemporânea. Como produto deste estudo foi elaborado o Projeto

    MedCine, que traz o cinema na sala de aula como uma poderosa ferramenta de mídia-
    educação que vem propiciar aos estudantes de medicina o alcance de uma

    compreensão ampliada do ser humano e, favorecer a aquisição e consolidação de
    competências essenciais no cuidado à saúde centrado na pessoa.


  • Mostrar Abstract
  • Empathy is an ability linked to Emotional Intelligence (EI) that needs to be cultivated
    and directly interferes with the human being's ability to interact and relate to other
    people, being described in the literature as one of the most striking characteristics of
    great medical professionals. The present Academic Work of Course Completion
    (TACC) aims to investigate how the levels of empathy are manifested in medical
    students, from a private institution in northeastern Brazil, throughout their
    undergraduate course, and wants to emphasize the importance of attributing to the
    development and improvement of the empathic construct in students, to the teaching
    of the so-called medical humanities, the art of caring, the same emphasis given to the
    acquisition of technical-scientific knowledge during academic training, so that these
    future doctors can better deal with diversity of ethical and affective clashes that they
    will face in their daily professional practice and, in this way, they will be able to establish
    more satisfactory and successful doctor-patient relationships that meet the needs of
    contemporary society. As a product of this study, the MedCine Project was created,
    which brings cinema into the classroom as a powerful media-education tool that
    provides medical students with a broader understanding of the human being and favors
    the acquisition and consolidation of essential skills in person-centered health care.

13
  • HUMBERTO ROCHIMIN FERNANDES
  • A Promoção da Saúde na formação de Profissionais de Enfermagem em uma Instituição de ensino: perfil e competências fundamentais

  • Orientador : ANTONIO CARLOS SILVA COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA PAULA DUARTE PIRES
  • ANTONIO CARLOS SILVA COSTA
  • MARIA DE LOURDES FONSECA VIEIRA
  • Data: 30/08/2021

  • Mostrar Resumo
  • Com o objetivo de descrever as características de formação do profissional enfermeiro de acordo
    com o Projeto Pedagógico de uma Instituição de ensino superior de esfera administrativa pública
    do estado de Pernambuco e analisar o perfil da formação e competências fundamentais para a
    promoção da saúde que podem afetar a prática e assistência à saúde da população. Esse é um
    estudo de caso, de abordagem quantitativa, onde foram pesquisados os docentes, discentes e o
    projeto político pedagógico do curso de Enfermagem. Abordamos a Política Nacional e a
    definição de promoção da saúde e as competências curriculares trabalhadas na formação do
    profissional enfermeiro. Sendo assim, realizamos uma busca em plataformas de dados, revisando
    e selecionando os estudos de forma criteriosa para melhor fundamentar nosso estudo; analisamos
    as competências para a promoção da saúde na formação do enfermeiro no contexto do curso; no
    projeto pedagógico do curso identificamos o perfil de formação profissional, as competências e
    habilidades pretendidas e o domínio de competência para promoção da saúde correspondente;
    identificamos na matriz curricular as disciplinas ofertadas sobre as temáticas saúde pública,
    coletiva e promoção da saúde ou que as mencionam; e o que dizem os discentes e docentes sobre
    o ensino da promoção da saúde. Conclui-se que os achados revelam que o projeto pedagógico do
    curso, matriz curricular e os planos de disciplinas não apresentam estratégias pedagógicas
    diferenciadas, que facilitem o desenvolvimento de competências para a promoção da saúde. E
    que não existe estratégias no currículo em análise que possam inserir os alunos na realidade dos
    serviços e da comunidade desde os períodos iniciais e uma integração curricular entre teoria e
    prática e entre ciclo básico e ciclo profissional. Segundo os docentes e discentes, o ensino da
    promoção da saúde na formação do enfermeiro no curso cenário desse estudo, é recomendado
    criar e fortalecer estratégias pedagógicas adequadas para a promoção da saúde ao cenário local,
    favorecendo a integração teoria e prática e a integração ensino-serviço-comunidade, e a

    proximidade com os contextos sociais e seus determinantes de saúde e doença. Embora o estudo
    seja de uma realidade particular, ele permite revelar um conjunto de situações e realidades do
    processo de formação de competências do enfermeiro, com possibilidade de aproximações de
    cenários com outras realidades. Destaca-se a necessidade de analisar o quanto a promoção da
    saúde é tratada nas propostas curriculares para os cursos de enfermagem das instituições de
    ensino superior. Como produto foi produzido um Podcast com o tema: A promoção da saúde na
    formação dos enfermeiros em podcast. Com o objetivo de auxiliar docentes e gestores dos cursos
    de graduação em enfermagem a refletir sobre a importância da promoção da saúde na formação
    profissional em enfermagem e como uma orientação simplificada de como trabalhar as principais
    competências em promoção da saúde nesse processo de formação profissional. O podcast aparece
    como uma ferramenta tecnológica alternativa bastante eficaz para ser utilizada na transmissão de
    informações e auxiliar de forma efetiva no processo de aprendizagem. Para a produção de
    podcast como recurso para a divulgação do produto produzido, inicialmente, foi elaborado um
    roteiro de estudo sobre as competências em promoção da saúde, com três eixos orientadores da
    discussão, que deram origem a três capítulos, disponibilizados de forma gratuita em uma
    plataforma de streaming, sendo eles: 1) Padronizando as competências profissionais em
    promoção da saúde; 2) Valores éticos e conhecimentos básicos norteadores das competências
    para a promoção da saúde e 3) Os domínios de competências para a promoção da saúde. Este
    produto trata de uma forma de publicizar uma reflexão teórica sobre o desenvolvimento de
    competências em promoção da saúde. Tratando-se de um constructo teórico, resultado de uma
    busca bibliográfica, no entanto, pode servir como início de um aprofundamento e discussão sobre
    competências em promoção da saúde.


  • Mostrar Abstract
  • With the aim of describing the characteristics of professional nurse training according to the
    Pedagogical Project of a higher education institution in the public administrative sphere in the
    state of Pernambuco and analyzing the profile of training and fundamental skills for health
    promotion that can affect the practice and health care for the population. This is a case study,
    with a quantitative approach, where professors, students and the political pedagogical project of
    the Nursing course were researched. We address the National Policy and the definition of Health
    Promotion and the curricular competences for health promotion worked on in the training of
    professional nurses. Therefore, we performed a search in data platforms, carefully reviewing and
    selecting studies to better support our study; we analyzed the competences for health promotion
    in nursing education in the context of the course; in the pedagogical project of the course, we
    identified the profile of professional training, the desired skills and abilities and the
    corresponding domain of competence for health promotion; we identified in the curricular matrix
    the subjects offered on or that mention the themes of public, collective health and health
    promotion and what students and teachers say about the teaching of health promotion. It is
    concluded that the findings reveal that the course's pedagogical project, curricular matrix and
    subject plans do not present differentiated pedagogical strategies that facilitate the development
    of competences for health promotion. And that there are no strategies in the curriculum under
    analysis that can insert students into the reality of services and the community from the initial
    periods and a curriculum integration between theory and practice and between the basic cycle and
    the professional cycle. According to the professors and students, the teaching of health promotion
    in nursing education in the course setting of this study, it is recommended to create and
    strengthen appropriate pedagogical strategies for health promotion in the local setting, favoring
    the integration of theory and practice and the integration of teaching- service-community, and
    proximity to social contexts and their determinants of health and disease. Although the study is of
    a particular reality, it allows revealing a set of situations and realities in the process of training
    nurses' skills, with the possibility of bringing scenarios closer to other realities. The need to
    analyze how health promotion is addressed in the curricular proposals for nursing courses at
    higher education institutions is highlighted. As a part product, a Podcast was produced with the
    theme: Health Promotion in the training of nurses in PODCAST. With the objective of helping
    professors and managers of undergraduate nursing courses to reflect on the importance of health
    promotion in professional nursing education and as a simplified guideline on how to work on the
    main competencies in health promotion in this process of professional education. Podcast appears
    as a very effective alternative technological tool to be used in the transmission of information and
    effectively assist in the learning process. For the production of a podcast as a resource for the
    dissemination of the product produced, initially, a study guide was drawn up on skills in health
    promotion, with three guiding axes of discussion, which gave rise to three chapters, available free
    of charge in a streaming platform, namely: 1) Standardizing professional skills in health

    promotion; 2) Ethical values and basic knowledge that guide competences for health promotion
    and 3) The domains of competences for health promotion. This product is a way to publicize a
    theoretical reflection on the development of skills in health promotion. As this is a theoretical
    construct, the result of a bibliographic search, however, it can serve as the beginning of a
    deepening and discussion of competences in health promotion.

14
  • GILNISON RAMOS DA SILVA
  • CONFINAMENTO DOMICILIAR, QUALIDADE DE VIDA E DESEMPENHO ACADÊMICO DE ESTUDANTES DE PSICOLOGIA DURANTE A PANDEMIA DO NOVO CORONAVÍRUS

  • Orientador : ANTONIO CARLOS SILVA COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO CARLOS SILVA COSTA
  • MARIA DE LOURDES FONSECA VIEIRA
  • MARLECIO MAKNAMARA DA SILVA CUNHA
  • Data: 23/09/2021

  • Mostrar Resumo
  • A COVID-19 é uma doença contagiosa, de proporções ainda imensuráveis, provocada pelo SARS-CoV-2 (novo coronavírus). Diante desse cenário, vivemos um grande desafio, para o qual ainda não temos todas as respostas. Este estudo objetivou identificar a influência da pandemia na qualidade de vida e sua relação com a permanência dos (as) estudantes matriculados (as) no curso de Psicologia do campus A. C. Simões da Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Trata-se de uma pesquisa quantitativa, com dados obtidos através da aplicação do instrumento de escala do tipo Likert, acrescido de inventário situacional, sociodemográfico e avaliação de qualidade de vida, através da ferramenta WHOQOL-bref. A partir dos resultados foi possível refletir e dialogar sobre práticas de cuidado e novos procedimentos para o funcionamento das aulas, aprendizagem e componentes administrativos, adotando a virtualidade em substituição ao atendimento presencial. Os resultados sugerem que a o contexto pandêmico pode ser considerado um determinante que afeta diferentes dimensões da vida dos (as) estudantes e que, diante de tais mudanças, as transformações digitais passarão a protagonizar a vida dentro e fora das universidades.


  • Mostrar Abstract
  • COVID-19 is a contagious disease, of immeasurable proportions, caused by SARS-CoV-2 (new coronavirus). Due to this scenario, we are facing a great challenge, for which we still don't have all the answers. This study aimed to identify the influence of the pandemic on quality of life and its relationship with the permanence of students enrolled in the Psychology course at campus AC Simões, Federal University of Alagoas. This is a quantitative research, obtained with the application of the Likert-type scale instrument added by a situational and sociodemographic inventory and the assessment of quality of life through the WHOQOL-bref tool. Based on the research results, it was possible to reflect and dialogue about care practices and new procedures for the functioning of classes, learning and administrative components, adopting virtuality to replace face-to-face care. The results suggest that the pandemic situation can be considered a determinant that affects different dimensions of students' lives and, in view of such changes, digital transformations will come to play a leading role in life inside and outside universities.

15
  • LUIZA SANTOS PAZ
  • Os saberes e práticas sobre a comunicação de notícias difíceis numa residência multiprofissional em saúde

  • Orientador : WALDEMAR ANTONIO DAS NEVES JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CRISTIANE MARIA AMORIM COSTA
  • CRISTINA CAMELO DE AZEVEDO
  • WALDEMAR ANTONIO DAS NEVES JUNIOR
  • Data: 04/10/2021

  • Mostrar Resumo
  • A comunicação de notícias difíceis é definida como a informação que modifica gravemente a perspectiva que o paciente tem sobre sua vida futura diante daquela situação de saúde delicada em que se encontra, enfatizando que esse tipo de comunicação é algo que faz parte da rotina dos profissionais de saúde. Nesse contexto, o objetivo geral foi analisar os saberes e práticas sobre a comunicação de notícias difíceis de uma residência multiprofissional em saúde de um hospital público de ensino. Trata-se de um estudo descritivo com abordagem qualitativa do tipo estudo de caso, com característica exploratória. As informações produzidas se deram a partir da realização de um grupo focal contendo 11 residentes da Residência Multiprofissional da Saúde do Adulto e do Idoso (RMSAA), e os dados obtidos à luz da análise de conteúdo de Bardin e Malheiros na composição de três categorias analíticas: 1) Significados do processo da comunicação de más notícias e protagonismo da ação; 2) Aprendizagem e vivência prática; e 3) Desafio em lidar com as emoções e a relevância de uma comunicação eficiente. Com os resultados obtidos podemos verificar que há dificuldades dos residentes multiprofissionais em saúde na compreensão do que poderia ser uma má notícia, sempre associando-a a óbitos e doenças terminais, como também, essa responsabilidade de comunicar não cabe a um único profissional. É clara a necessidade dos profissionais em adquirir experiência, conhecer métodos que ensinem a arte de comunicar notícias difíceis e, que isso é algo muito importante e desafiador para a equipe multiprofissional. E, o maior desafio encontrado diante de uma comunicação de notícia difícil é a questão emocional. Percebe-se que o tema sobre comunicação de más notícias merece um maior enfoque nos serviços de saúde. Acreditamos que os resultados dessa pesquisa poderão contribuir para despertar a necessidade de discussão sobre o tema na formação de estudantes e profissionais de saúde, fazendo com que possam lidar de uma forma mais eficiente com essa realidade. E, por fim, como proposta de produto educacional a partir dos resultados encontrados neste estudo, construiu-se um vídeo educativo e um mini ebook, a fim de discutir o tema sobre a comunicação de notícias difíceis.


  • Mostrar Abstract
  • Communicating difficult news is defined as information that severely modifies the perspective that the patient has about their future life in view of the delicate health situation in which they find themselves, emphasizing that this type of communication is something that is part of the routine of health professionals. health. In this context, the general objective was to analyze the knowledge and practices about the communication of difficult news from a multidisciplinary health residency in a public teaching hospital. This is a descriptive study with a qualitative approach of the case study type, with an exploratory characteristic. The information produced was based on a focus group comprising 11 residents of the Multidisciplinary Residency for Adult and Elderly Health (RMSAA), and the data obtained in light of the content analysis of Bardin and Malheiros in the composition of three analytical categories: 1) Meanings of the process of communicating bad news and leading the action; 2) Learning and practical experience; and 3) Challenge in dealing with emotions and the relevance of efficient communication. With the results obtained, we can verify that there are difficulties of multidisciplinary health residents in understanding what could be bad news, always associating it with deaths and terminal illnesses, as well as this responsibility to communicate does not belong to a single professional. There is a clear need for professionals to acquire experience, know methods that teach the art of communicating difficult news, and that this is something very important and challenging for the multidisciplinary team. And, the biggest challenge faced with a difficult news communication is the emotional issue. It is perceived that the topic of communicating bad news deserves a greater focus on health services. We believe that the results of this research may contribute to arouse the need for discussion on the topic in the education of students and health professionals, enabling them to deal more efficiently with this reality. And, finally, as an educational product proposal based on the results found in this study, an educational video and a mini ebook were built in order to discuss the topic of communicating difficult news.

16
  • LEYDJANE NUNES CARVALHO
  • O ENSINO DA COMUNICAÇÃO NA FORMAÇÃO MÉDICA: UMA PERSPECTIVA DE PROMOVER O CUIDADO INTEGRAL

  • Orientador : WALDEMAR ANTONIO DAS NEVES JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CRISTINA CAMELO DE AZEVEDO
  • Carlos Dimas Martins Ribeiro
  • WALDEMAR ANTONIO DAS NEVES JUNIOR
  • Data: 05/10/2021

  • Mostrar Resumo
  • Introdução: este trabalho é composto por um artigo e três produtos educacionais oriundos de pesquisa intitulada “o ensino da comunicação na formação médica: uma perspectiva de fomentar o cuidado integral”. Habilidades relacionais como a comunicação e a empatia são ferramentas importantes para a atuação médica. Estas fortalecem o vínculo entre profissional e paciente e promovem a corresponsabilidade no cuidado. Muitos estudos relacionam a importância da abordagem das habilidades empáticas e de comunicação durante o ensino na graduação, propondo maneiras de exercitar a empatia e apontando possíveis caminhos para o ensino com vistas a desenvolver o potencial empático, considerado fundamental para melhores resultados na assistência em saúde. A motivação para o presente estudo surgiu da experiência pessoal, acadêmica e profissional da autora, que, ao longo dos anos atuando na saúde pública, observou problemas de comunicação com o paciente. O Mestrado Profissional em Ensino na Saúde foi uma jornada de muito aprendizado, proporcionando novas descobertas, sobretudo no universo da pesquisa, com a riqueza do olhar interdisciplinar, atrelando a isso a grande potência da educação e do ensino na saúde, espaço profícuo para a construção de boas práticas do cuidado. Objetivo: analisar a contribuição do ensino da comunicação na formação dos estudantes de Medicina de uma universidade pública do nordeste brasileiro como promoção do fomento ao cuidado integral. Método: foi realizado grupo focal com 06 estudantes do 11º período do curso de Medicina; os dados foram analisados conforme o método proposto por Malheiros (2011). Resultados: evidenciou-se que o ensino da comunicação na formação médica na universidade pública pesquisada ainda é superficial e pouco explorado. Apesar dos esforços de alguns docentes em promover discussões e reflexões sobre o tema, a abordagem ainda é fragmentada e dificulta o desenvolvimento da competência da comunicação ao longo da formação, como preconizam as Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN´s) do curso em questão. O desempenho dos estudantes na comunicação com o paciente não é avaliado durante o percurso formativo, com base nisso, os produtos educacionais propostos neste TACC pretendem contribuir como ferramentas para o ensino e avaliação das habilidades comunicacionais do estudante de Medicina.


  • Mostrar Abstract
  • Introduction: this work consists of an article and three educational products from the research entitled: The Teaching of Communication in Medical Education: a perspective to promote comprehensive care. It is possible to notice that relational skills such as communication and empathy are important tools for medical practice. These strengthen the bond between doctor and patient and promote co-responsibility in care. Empathy enables a more comprehensive look at the other and their experience. Many studies relate the importance of addressing empathic and communication skills during undergraduate teaching, proposing ways to exercise empathy and pointing out possible paths for teaching with a view to developing empathic potential, considered essential to achieve better results in health care. The motivation for this study came from the author's personal, academic and professional experience, who over the years working in public health observed problems related to communication with the patient. The Professional Master's Degree in Health Education was a journey of a lot of learning that provided new discoveries, especially in the universe of research, with the richness of the interdisciplinary perspective, linking to this the great power of education and teaching in health, a fruitful space for construction of good care practices. Objective: the research aimed to analyze the contribution of communication education in the training of medical students at a public university in northeastern Brazil as a promotion in fostering comprehensive care. Method: a focus group was carried out with 06 medical students from the 11th period, data analysis was carried out according to the method proposed by Malheiros. Results: it was shown that the teaching of communication in the medical training of medical students at the public university surveyed is still shallow and underexplored. Despite the efforts of some professors to promote discussions and reflections on the topic, the approach is still fragmented, which hinders the development of communication skills throughout training, as recommended in the National Curriculum Guidelines (DCNs) of the course. graduation in Medicine. The performance of students in communication with the patient is not evaluated during the training course, based on this, the educational products proposed in this TACC intend to contribute as tools for teaching and evaluating the communication skills of the medical student.

17
  • LEDA OLIVEIRA DE MIRANDA
  • FORMAÇÃO PEDAGÓGICA E A CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE DOCENTE DOS PROFESSORES NO CONTEXTO DE UMA FACULDADE DE MEDICINA

  • Orientador : ANTONIO CARLOS SILVA COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO CARLOS SILVA COSTA
  • LÚCIA DE MENDONÇA RIBEIRO SILVA
  • MARIA DE LOURDES FONSECA VIEIRA
  • Data: 16/11/2021

  • Mostrar Resumo
  • Este Trabalho Acadêmico de Conclusão de Curso - TACC teve como objetivo analisar o processo de formação pedagógica e de construção da identidade docente dos professores da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Alagoas. Trata-se de um estudo de carácter exploratório descritivo com abordagem quanti-qualitativa, realizado nas dependências da Faculdade de Medicina-FAMED da Universidade Federal de Alagoas. Para conhecimento do perfil, foi aplicado questionário on-line criado no Google Forms para a totalidade dos docentes médicos (119), mas apenas 39 responderam o questionário. Em um segundo momento utilizou-se a técnica de entrevistas semiestruturadas, realizada com 15 docentes que participaram da primeira etapa (responderam o questionário) e que aceitaram participar da entrevista. Para a etapa de análise das falas, foi utilizada a análise de conteúdo como proposta por Bardin. Durante o processo de análise das falas, foram identificadas as seguintes categorias de análise: formação docente e prática docente, além das subcategorias: educação formal, experiência docente, ensinar e learn by doing. Ficou evidente na conclusão que a maioria dos docentes têm formação na área pedagógica, mas que, no caso de muitos docentes, foi adquirida no decorrer da carreira e a identidade docente construiu-se à medida que foram ganhando experiência, aperfeiçoando a prática docente. A partir destes resultados foi criado, como produto, um guia de orientação com o título: “Como planejar, organizar e realizar uma jornada pedagógica em cursos de Medicina”, com o fito de auxiliar a coordenação de graduação do curso de medicina na realização da Jornada Pedagógica.


  • Mostrar Abstract
  • This Academic Work of Course Completion - TACC aimed to analyze the process of pedagogical training and construction of the teaching identity of professors at the Faculty of Medicine of the Federal University of Alagoas. This is an exploratory descriptive study with a quantitative-qualitative approach, carried out on the premises of the Faculty of Medicine-FAMED of the Federal University of Alagoas. To know the profile, an online questionnaire created in Google Forms was applied to all medical professors (119), but only 39 answered the questionnaire. In a second moment, the technique of semi-structured interviews was used, carried out with 15 professors who participated in the first stage (answering the questionnaire) and who agreed to participate in the interview. For the speech analysis step, content analysis was used as proposed by Bardin. During the speech analysis process, the following categories of analysis were identified: teacher training and teaching practice, in addition to the subcategories: formal education, teaching experience, teaching and learn by doing. It was evident in the conclusion that most teachers have training in the pedagogical area, but that, in the case of many teachers, it was acquired during their career and the teaching identity was built as they gained experience, improving their teaching practice. Based on these results, a guidebook was created as a product with the title: "How to plan, organize and carry out a pedagogical journey in Medicine courses", with the aim of assisting the undergraduate coordination of the medicine course in carrying out the Pedagogical Day.

18
  • FERNANDA ACCIOLY DE LIMA SANTOS
  • Segurança do Paciente na Graduação em Enfermagem: Perspectiva Discente

  • Orientador : MARIA DE LOURDES FONSECA VIEIRA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARIA DE LOURDES FONSECA VIEIRA
  • LUCY VIEIRA DA SILVA LIMA
  • Ana Lydia Vasco de Albuquerque Peixoto
  • Data: 30/11/2021

  • Mostrar Resumo
  • Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) a Segurança do Paciente é conceituada como a redução de riscos de danos ou lesões de acordo com a Classificação Internacional de Segurança do Paciente (CISP) A partir dos cuidados assistenciais, dentro de um limite minimamente aceitável, como algum risco que traz a possibilidade de haver um incidente: o erro relacionado à falha na assistência à saúde, implementação não eficaz ou incorreta de um plano de cuidado ou até os eventos adversos. Em detrimento a essa abordagem, este estudo objetivou analisar a percepção dos discentes sobre a Segurança do Paciente durante a Graduação de Enfermagem na Universidade ASCES-UNITA. Trata-se de um Estudo de Caso, único, instrumental de caráter exploratório com abordagem qualitativa, realizado em março de 2021, aplicado aos doze discentes do nono período do curso, sendo oito do sexo feminino e quatro do sexo masculino da referida universidade. Foi realizado um Grupo Focal Online (GFO) em respeito à norma sanitária vigente decorrente da pandemia do COVID-19 a respeito da aprendizagem do ponto de vista discente sobre a segurança do paciente. Dentre os resultados encontrados, foi dividido em três categorias sobre a segurança do paciente: o ensino em sala de aula; os estágios curriculares; e, atributos para gestão dos futuros enfermeiros. Não há uma disciplina específica para este assunto, cada docente ensina conforme acha necessário no decorrer do curso, mas os discentes não se sentiram prejudicados e acreditam que os ensinamentos são suficientes para o entendimento dos protocolos. Este estudo gerou um artigo científico e dois produtos educacionais: um deles foi o E-book Educacional intitulado “Já estudou o que é Segurança do Paciente hoje?” e PodCasts sobre a mesma temática, ambos validados por uma banca de especialistas e publicados no repositório do EduCAPES.


  • Mostrar Abstract
  • According to the World Health Organization (WHO) Patient Safety is defined as the reduction of risk of damage or injury according to the International Classification of Patient Safety (CISP) Based on assistance care, within a minimally acceptable limit, as some risk that brings the possibility of an incident: the error related to failure in health care, ineffective or incorrect implementation of a care plan or even adverse events. In detriment of this approach, this study aimed to analyze the perception of students about Patient Safety during the Undergraduate Nursing Program at the ASCES-UNITA University. This is a unique Case Study, exploratory in nature with a qualitative approach, carried out in March 2021, applied to twelve students of the ninth period of the course, eight females and four males from the aforementioned university. An Online Focus Group (GFO) was held in compliance with current health regulations resulting from the COVID-19 pandemic regarding learning from the student's point of view about patient safety. Among the results found, it was divided into three categories on patient safety: teaching in the classroom; curricular internships; and, attributes for the management of future nurses. There is no specific discipline for this subject, each docente teaches as he/she thinks necessary during the course, but the students did not feel harmed and believe that the teachings are sufficient to understand the protocols. This study generated a scientific article and two educational products: one of them was the Educational E-book entitled "Have you studied what is Patient Safety today?" and PodCasts on the same theme, both validated by a panel of experts and published in the EduCAPES repository.

19
  • SILMARA SANTOS VIEIRA
  • Recursos digitais para avaliação e feedback do ensino e aprendizagem no curso de graduação em enfermagem

  • Orientador : CELIA MARIA SILVA PEDROSA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CELIA MARIA SILVA PEDROSA
  • LUCY VIEIRA DA SILVA LIMA
  • MERCIA LAMENHA MEDEIROS
  • Ana Lydia Vasco de Albuquerque Peixoto
  • Data: 20/12/2021

  • Mostrar Resumo
  • A docência pode ser compreendida como todas as atividades dos professores voltadas para ensino, pesquisa e extensão orientadas para formação de novos profissionais. No ensino superior, à docência requer diversos processos apoiados pela dinâmica de interação e compartilhamento de saberes, em via de mão dupla entre professores e alunos, isto é, intercambiam as funções de ensinantes e aprendentes. O presente estudo tem como objetivo conhecer as estratégias de avaliação e feedback aplicados no ensino e aprendizagem do curso de graduação em enfermagem durante o ensino remoto no curso de graduação em enfermagem de uma Faculdade da rede privada em Maceió, Alagoas. Trata-se de uma pesquisa com abordagem qualitativa, do tipo estudo de caso único e instrumental, de nível exploratório, com catorze professores que atuam no ensino remoto mediado por tecnologia no período da pandemia desde março de 2020. A coleta de dados aconteceu em fevereiro de 2021 por meio do questionário semiestruturado com vinte e quatro questões na plataforma do Google forms, enviado por e-mail e aplicativo de mensagem, individualmente. No tratamento e a análise dos dados foi empregada à técnica de análise de conteúdo Laurence Bardin, que se organizam em três etapas interdependentes e interrelacionadas. Os resultados foram organizados em duas categorias temáticas: 1) Descrição acadêmica dos docentes do curso de graduação em enfermagem; 2) Desafios enfrentados pelos docentes no ensino e avaliação remota. Os resultados apontam que a maioria dos docentes tem formação nível de especialização lato sensu e stricto sensu, 88% referem ter recebido formação para uso de tecnologia no ensino remoto. No entanto, várias dificuldades relacionadas aos gestores, professores e discentes, como a formação docente influencia nas atividades pedagógicas desenvolvidas, além de retratar a necessidade de mais estratégias de aprimoramento referente à tecnologia na educação mediante o ensino remoto. É nítido que as aulas remotas tornaram-se uma alternativa viável para o período de isolamento social, e que essa prática levou os docentes a buscar novas estratégias para ensinar, avaliar e dar feedback, demonstrando características de superação e resiliência em meio a tantas situações adversas. Estas condições levam os docentes uma realidade com perspectiva na inovação tecnológica aplicada ao ensino em saúde.


  • Mostrar Abstract
  • Teaching can be understood as all the activities of teachers focused on teaching,
    research and extension aimed at training new professionals. In higher education,
    teaching requires several processes supported by the dynamics of interaction and
    sharing of knowledge, in a two-way way between teachers and students, that is, they
    exchange the roles of teachers and learners. This study aims to understand the
    assessment and feedback strategies applied in teaching and learning in the
    undergraduate nursing course during remote teaching in the undergraduate nursing
    course of a private school in Maceió, Alagoas. This is a research with a qualitative
    approach, of the single and instrumental case study type, at an exploratory level, with
    fourteen teachers who work in remote teaching mediated by technology during the
    pandemic period since March 2020. Data collection took place in February 2021
    through a semi-structured questionnaire with twenty-four questions on the Google
    forms platform, sent by email and a message application, individually. In the
    treatment and analysis of the data, the Laurence Bardin content analysis technique
    was used, which are organized into three interdependent and interrelated stages.
    The results were organized into two thematic categories: 1) Academic description of
    the professors of the undergraduate nursing course; 2) Challenges faced by teachers
    in remote teaching and assessment. The results show that most teachers have a lato
    sensu and stricto sensu specialization level education, 88% report having received
    training in the use of technology in remote education. However, several difficulties
    related to managers, teachers and students, such as teacher training influence the
    pedagogical activities developed, in addition to portraying the need for more
    improvement strategies related to technology in education through remote teaching.
    It is clear that remote classes have become a viable alternative for the period of
    social isolation, and that this practice led teachers to seek new strategies to teach,
    evaluate and give feedback, demonstrating characteristics of resilience and
    resilience in the midst of so many adverse situations . These conditions lead
    teachers to a reality with a perspective on technological innovation applied to health
    education.

20
  • POLIANA MARIA TEIXEIRA DOS SANTOS
  • Interdisciplinaridade na Preceptoria do PET Saúde Gradua/SUS –
    Perspectiva dos Discentes

  • Orientador : JEFFERSON DE SOUZA BERNARDES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • BARBARA PATRICIA DA SILVA LIMA
  • JEFFERSON DE SOUZA BERNARDES
  • MICHAEL FERREIRA MACHADO
  • Data: 23/12/2021

  • Mostrar Resumo
  • Este Trabalho Acadêmico de Conclusão de Curso (TACC) do Programa
    de Pós-Graduação de Ensino na Saúde da Faculdade de Medicina da
    Universidade Federal de Alagoas é constituído de uma dissertação
    intitulada “Interdisciplinaridade na Preceptoria do PET Saúde
    Gradua/SUS – Perspectiva dos Discentes” e um produto educacional.
    Na apresentação são colocadas as motivações pessoais que levaram à
    pesquisa. Ao final são apresentadas as considerações, os apêndices e
    anexos. A dissertação teve como objetivo principal identificar a
    perspectiva dos discentes acerca da interdisciplinaridade na
    preceptoria do Programa PET Saúde Gradua/SUS. A pesquisa foi
    realizada com discentes do curso de Medicina UFAL campus
    Arapiraca, que participaram do PET Saúde Gradua/SUS. Para a coleta
    de dados foi utilizada a Roda de Conversa como produção de
    informação. As falas obtidaS foram transcritas e analisadas utilizando-
    se a técnica de análise das práticas discursivas. Após a análise,
    resultaram 3 (três) conjuntos de sentidos: afetos, vivência
    interdisciplinar e serviços de saúde. Como produto foi escrito um
    artigo de revisão integrativa sobre os desafios da interdisciplinaridade
    no contexto do PET Saúde. Esse TACC pretende contribuir com a
    compreensão sobre interdisciplinaridade no ensino na saúde, tanto na
    universidade como nas práticas dos serviços de saúde.


  • Mostrar Abstract
  • This Academic Work of Course Completion (TACC) of the Post-Graduate
    Program of Teaching in Health at the Faculty of Medicine of the Federal
    University of Alagoas consists of a dissertation entitled "Interdisciplinarity in
    the Preceptorship of PET Saúde Gradua/SUS - Perspective of Students"
    and an educational product. The personal motivations that led to the
    research are presented in the presentation. At the end, considerations,
    appendices and annexes are presented. The main objective of the
    dissertation was to identify the perspective of students regarding
    interdisciplinarity in the preceptorship of the PET Saúde Gradua/SUS
    Program. The survey was conducted with students from the UFAL Medicine
    course on the Arapiraca campus, who participated in the PET Saúde
    Gradua/SUS. For data collection, the Conversation Wheel was used to
    produce information. The speeches obtained were transcribed and analyzed
    using the technique of analysis of discursive practices. After the analysis, 3
    (three) sets of meanings resulted: affection, interdisciplinary experience and
    health services. As a product, an integrative review article on
    interdisciplinarity in the context of PET Saúde was written. This TACC
    intends to contribute to the understanding of interdisciplinarity in health
    education, both at the university and in the practices of health services.

2020
Dissertações
1
  • LAISSA FONSÊCA TATAJUBA MONTEIRO
  •  

     PERSPECTIVA DISCENTE SOBRE AS COMPETÊNCIAS E HABILIDADES NA FORMAÇÃO EM FISIOTERAPIA

  • Orientador : WALDEMAR ANTONIO DAS NEVES JUNIOR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LENILDA AUSTRILINO SILVA
  • WALDEMAR ANTONIO DAS NEVES JUNIOR
  • SANDRA ADRIANA ZIMPEL
  • Data: 10/02/2020

  • Mostrar Resumo
  • As Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de fisioterapia (DCN/FISIO) propõem um perfil de profissionais a ser formado baseando-se na construção de seis competências e habilidades gerais que devem estar presentes nos modelos de formação dos cursos de Fisioterapia. Sendo assim, esta pesquisa teve como objetivo analisar a perspectiva discente sobre as competências e habilidades na formação em Fisioterapia de um centro universitário alagoano. Tratou-se de um Estudo quanti-qualitativo, descritivo, exploratório, transversal, do tipo estudo de caso que teve como população estudada discentes do 6°, 7° e 10° períodos do referido curso. Para coleta de dados, foi aplicado um questionário semi-estruturado, revisado por especialista,

    composto por 36 assertivas com 4 opções de resposta (não se aplica, discordo, concordo parcialmente e concordo). As assertivas estavam relacionadas às competências descritas nas DCN/FISIO (atenção à saúde, tomada de decisões, comunicação, liderança, administração e gerenciamento e educação permanente). As respostas obtidas dos questionários foram codificadas e distribuídas no programa Microsoft Excel, divididas em 2 grupos, bem como as respostas das questões abertas. Estas foram categorizadas respeitando as 6 competências das DCN/FISIO. Para a análise estatística, utilizou-se frequência, percentual, o teste estatístico Mann- Whitney e o nível de significância com (p<0,05). Participaram da pesquisa 59 discentes, sendo

    50,8% participantes do 6° e/ou 7° períodos do curso (grupo 1) e 49,2% do 10° período (grupo 2). Da totalidade dos dois grupos, 81% se encontravam na faixa etária de 21 a 30 anos e 75% eram do gênero feminino. Dentre as diversas competências, as queobtiveram um considerável número de respostas corretas foram: administração e gerenciamento; atenção à saúde e comunicação. As de educação permanente, liderança e tomada de decisões apresentaram-se de forma diferente nos grupos. Não foi encontrada diferença significativamente estatística entre os grupos nas categorias estudadas. Deste modo, percebe-se que em ambos os grupos houve um maior reconhecimento pelos estudantes das seguintes competências: atenção à saúde, administração e gerenciamento e comunicação. A categoria liderança foi a que obteve o maior deficit com relação a frequência das assertivas. Também foi identicada uma fragilidade para a percepção da competência educação permanente e para a alternativa não se aplica, principalmente no grupo 1. Os alunos afirmaram terem adquirido competências e habilidades durante seu processo de formação mencionando nas respostas abertas todas as competências e habilidades gerais descritas nas DCN. Deste trabalho foram elaborados 3 produtos de intervenção: um relatório técnico direcionado à Coordenação do Curso de Fisioterapia estudado, como devolutiva institucional; uma oficina, que foi aplicada aos alunos em fase de estágio e seus preceptores intitulada “Reconhecendo as competências e habilidades do fisioterapeuta”; e por fim, um relatório técnico sobre os resultados obtidos da oficina que será entregue à IES e disponibilizado à banca de mestrado.


  • Mostrar Abstract
  • As Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de fisioterapia (DCN/FISIO) propõem um perfil de profissionais a ser formado baseando-se na construção de seis competências e habilidades gerais que devem estar presentes nos modelos de formação dos cursos de Fisioterapia. Sendo assim, esta pesquisa teve como objetivo analisar a perspectiva discente sobre as competências e habilidades na formação em Fisioterapia de um centro universitário alagoano. Tratou-se de um Estudo quanti-qualitativo, descritivo, exploratório, transversal, do tipo estudo de caso que teve como população estudada discentes do 6°, 7° e 10° períodos do referido curso. Para coleta de dados, foi aplicado um questionário semi-estruturado, revisado por especialista,

    composto por 36 assertivas com 4 opções de resposta (não se aplica, discordo, concordo parcialmente e concordo). As assertivas estavam relacionadas às competências descritas nas DCN/FISIO (atenção à saúde, tomada de decisões, comunicação, liderança, administração e gerenciamento e educação permanente). As respostas obtidas dos questionários foram codificadas e distribuídas no programa Microsoft Excel, divididas em 2 grupos, bem como as respostas das questões abertas. Estas foram categorizadas respeitando as 6 competências das DCN/FISIO. Para a análise estatística, utilizou-se frequência, percentual, o teste estatístico Mann- Whitney e o nível de significância com (p<0,05). Participaram da pesquisa 59 discentes, sendo

    50,8% participantes do 6° e/ou 7° períodos do curso (grupo 1) e 49,2% do 10° período (grupo 2). Da totalidade dos dois grupos, 81% se encontravam na faixa etária de 21 a 30 anos e 75% eram do gênero feminino. Dentre as diversas competências, as queobtiveram um considerável número de respostas corretas foram: administração e gerenciamento; atenção à saúde e comunicação. As de educação permanente, liderança e tomada de decisões apresentaram-se de forma diferente nos grupos. Não foi encontrada diferença significativamente estatística entre os grupos nas categorias estudadas. Deste modo, percebe-se que em ambos os grupos houve um maior reconhecimento pelos estudantes das seguintes competências: atenção à saúde, administração e gerenciamento e comunicação. A categoria liderança foi a que obteve o maior deficit com relação a frequência das assertivas. Também foi identicada uma fragilidade para a percepção da competência educação permanente e para a alternativa não se aplica, principalmente no grupo 1. Os alunos afirmaram terem adquirido competências e habilidades durante seu processo de formação mencionando nas respostas abertas todas as competências e habilidades gerais descritas nas DCN. Deste trabalho foram elaborados 3 produtos de intervenção: um relatório técnico direcionado à Coordenação do Curso de Fisioterapia estudado, como devolutiva institucional; uma oficina, que foi aplicada aos alunos em fase de estágio e seus preceptores intitulada “Reconhecendo as competências e habilidades do fisioterapeuta”; e por fim, um relatório técnico sobre os resultados obtidos da oficina que será entregue à IES e disponibilizado à banca de mestrado.

2
  • DANIELLE BELMIRA FERRAZ FIGUEIREDO TORRES
  • PROGRAMA DE RESIDENCIA EM ENFERMAGEM
    OBSTÉTRICA: A PERCEPÇÃO DOS RESIDENTES

  • Orientador : MERCIA LAMENHA MEDEIROS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MERCIA LAMENHA MEDEIROS
  • FRANCISCO JOSE PASSOS SOARES
  • THAIS HONORIO LINS BERNARDO
  • Data: 23/04/2020

  • Mostrar Resumo
  • Os cursos na saúde têm investido em profissionais que proponham mudanças dos modelos de atenção em saúde, com inovações no processo ensino-aprendizagem, que contribua com uma formação crítico-reflexiva. Nesse processo são ofertados cursos de especialização nos moldes de Cursos de Residência. A enfermagem foi a segunda profissão a adotar Programas de Especialização nessa modalidade. Nessa formação a preceptoria tem o papel de facilitador sendo responsável pelo acompanhamento do desempenho teórico-práticas. Porém, as equipes podem não estar preparadas para receber esses profissionais, sendo esse um desafio alcançar os objetivos do programa. Assim, é imprescindível a realização de planejamento articulado entre os programas e os serviços que recebem esses residentes. Nesse contexto, a instituição formadora tem papel crucial na formação de preceptores. Com o processo de interiorização da saúde surgiram novos programas de residência, que requerem avaliação da implantação para melhoria. Objetivo: compreender a visão dos residentes quanto a implementação do Programa de Residência em Enfermagem Obstétrica no interior de PE. Percurso metodológico: Estudo descritivo e exploratório, estruturado em uma abordagem qualitativa, no Programa de Residência de Enfermagem obstétrica situado em três maternidades regionais do interior de Pernambuco. A pesquisa se deu após aprovação do CEP nº06343519.7.0000.5013, no período de julho a agosto de 2019. Foi realizado entrevistas após agendamento e disponibilidade dos participantes mediante um roteiro estruturado com a caracterização dos participantes e questões sobre a percepção do Programa de Enfermagem Obstétrica, cujas respostas foram gravadas em meio digital. As respostas gravadas nas entrevistas foram transcritas na íntegra e foi realizado análise de conteúdo de Bardin de duas formas, manual e auxiliado pelo uso do programa Atlas ti, posteriormente comparadas as duas para obtenção do resultado final. Resultados: no PREO foram destacados, pelos residentes, fragilidades na comunicação, na organização do programa e na parte teórica, no preparo dos hospitais, na falta de engajamento de muitos preceptores, na integração ensino-serviço e que a distância geográfica pode dificultar essa integração. E também destacaram fortalezas como: formação diferenciada, pois há crescimento pessoal e profissional através da promoção de oportunidades de atividades práticas, benefícios para o cenário de aprendizagem onde os residentes perceberam mudança de conduta do preceptor através de sensibilização podendo levar a uma melhor assistência. Em se tratando do processo de ensino aprendizagem o desenvolvimento depende de cada residente com influência da associação entre atividades teórico-prático e preceptor foi visto como elemento importante nesse processo, podendo influenciar de forma positiva ou negativa. Com relação a educação permanente e formação para se tornar preceptor não foi conclusivo. Conclusão: o Programa de Residência de Enfermagem Obstétrica foi avaliado pelos residentes como positivo, pois traz vários benefícios para todos os atores envolvidos. As aulas teóricas deixaram a desejar, pela percepção dos residentes, provavelmente, por não dominar a utilização das metodologias ativas para construção do processo de ensino-aprendizagem. A fragilidade na comunicação entre ensino-serviço pode influenciar na formação do residente, sendo o preceptor um ator importante nesse processo. O estudo não é conclusivo quanto a solidez da formação da preceptoria, o que sugere o desenvolvimento de outros estudos que escutem outros atores, como os preceptores e gestores.

    os cursos na saúde têm investido em profissionais que proponhammudanças dos modelos de atenção em saúde, com inovações noprocesso ensino-aprendizagem, que contribua com uma formação crítico-reflexiva. Nesse processo são ofertados cursos de especialização nosmoldes de Cursos de Residência. A enfermagem foi a segunda profissão aadotar Programas de Especialização nessa modalidade. Nessa formaçãoa preceptoria tem o papel de facilitador sendo responsável peloacompanhamento do desempenho teórico-práticas. Porém, as equipespodem não estar preparadas para receber esses profissionais, sendo esseum desafio alcançar os objetivos do programa. Assim, é imprescindível arealização de planejamento articulado entre os programas e os serviçosque recebem esses residentes. Nesse contexto, a instituição formadoratem papel crucial na formação de preceptores. Com o processo deinteriorização da saúde surgiram novos programas de residência, querequerem avaliação da implantação para melhoria. Objetivo:compreender a visão dos residentes quanto a implementação doPrograma de Residência em Enfermagem Obstétrica no interior de PE.
    Percurso metodológico: Estudo descritivo e exploratório, estruturado emuma abordagem qualitativa, no Programa de Residência de Enfermagemobstétrica situado em três maternidades regionais do interior dePernambuco. A pesquisa se deu após aprovação do CEPnº06343519.7.0000.5013, no período de julho a agosto de 2019. Foirealizado entrevistas após agendamento e disponibilidade dosparticipantes mediante um roteiro estruturado com a caracterização dosparticipantes e questões sobre a percepção do Programa de EnfermagemObstétrica, cujas respostas foram gravadas em meio digital. As respostasgravadas nas entrevistas foram transcritas na íntegra e foi realizadoanálise de conteúdo de Bardin de duas formas, manual e auxiliado pelouso do programa Atlas ti, posteriormente comparadas as duas paraobtenção do resultado final. Resultados: no PREO foram destacados,pelos residentes, fragilidades na comunicação, na organização doprograma e na parte teórica, no preparo dos hospitais, na falta deengajamento de muitos preceptores, na integração ensino-serviço e que adistância geográfica pode dificultar essa integração. E tambémdestacaram fortalezas como: formação diferenciada, pois há crescimentopessoal e profissional através da promoção de oportunidades deatividades práticas, benefícios para o cenário de aprendizagem onde osresidentes perceberam mudança de conduta do preceptor através desensibilização podendo levar a uma melhor assistência. Em se tratando doprocesso de ensino aprendizagem o desenvolvimento depende de cadaresidente com influência da associação entre atividades teórico-prático epreceptor foi visto como elemento importante nesse processo, podendoinfluenciar de forma positiva ou negativa. Com relação a educaçãopermanente e formação para se tornar preceptor não foi conclusivo.Conclusão: o Programa de Residência de Enfermagem Obstétrica foiavaliado pelos residentes como positivo, pois traz vários benefícios paratodos os atores envolvidos. As aulas teóricas deixaram a desejar, pelapercepção dos residentes, provavelmente, por não dominar a utilizaçãodas metodologias ativas para construção do processo de ensino-aprendizagem. A fragilidade na comunicação entre ensino-serviço podeinfluenciar na formação do residente, sendo o preceptor um atorimportante nesse processo. O estudo não é conclusivo quanto a solidezda formação da preceptoria, o que sugere o desenvolvimento de outrosestudos que escutem outros atores, como os preceptores e gestores.


  • Mostrar Abstract
  • Os cursos na saúde têm investido em profissionais que proponham mudanças dos modelos de atenção em saúde, com inovações no processo ensino-aprendizagem, que contribua com uma formação crítico-reflexiva. Nesse processo são ofertados cursos de especialização nos moldes de Cursos de Residência. A enfermagem foi a segunda profissão a adotar Programas de Especialização nessa modalidade. Nessa formação a preceptoria tem o papel de facilitador sendo responsável pelo acompanhamento do desempenho teórico-práticas. Porém, as equipes podem não estar preparadas para receber esses profissionais, sendo esse um desafio alcançar os objetivos do programa. Assim, é imprescindível a realização de planejamento articulado entre os programas e os serviços que recebem esses residentes. Nesse contexto, a instituição formadora tem papel crucial na formação de preceptores. Com o processo de interiorização da saúde surgiram novos programas de residência, que requerem avaliação da implantação para melhoria. Objetivo: compreender a visão dos residentes quanto a implementação do Programa de Residência em Enfermagem Obstétrica no interior de PE. Percurso metodológico: Estudo descritivo e exploratório, estruturado em uma abordagem qualitativa, no Programa de Residência de Enfermagem obstétrica situado em três maternidades regionais do interior de Pernambuco. A pesquisa se deu após aprovação do CEP nº06343519.7.0000.5013, no período de julho a agosto de 2019. Foi realizado entrevistas após agendamento e disponibilidade dos participantes mediante um roteiro estruturado com a caracterização dos participantes e questões sobre a percepção do Programa de Enfermagem Obstétrica, cujas respostas foram gravadas em meio digital. As respostas gravadas nas entrevistas foram transcritas na íntegra e foi realizado análise de conteúdo de Bardin de duas formas, manual e auxiliado pelo uso do programa Atlas ti, posteriormente comparadas as duas para obtenção do resultado final. Resultados: no PREO foram destacados, pelos residentes, fragilidades na comunicação, na organização do programa e na parte teórica, no preparo dos hospitais, na falta de engajamento de muitos preceptores, na integração ensino-serviço e que a distância geográfica pode dificultar essa integração. E também destacaram fortalezas como: formação diferenciada, pois há crescimento pessoal e profissional através da promoção de oportunidades de atividades práticas, benefícios para o cenário de aprendizagem onde os residentes perceberam mudança de conduta do preceptor através de sensibilização podendo levar a uma melhor assistência. Em se tratando do processo de ensino aprendizagem o desenvolvimento depende de cada residente com influência da associação entre atividades teórico-prático e preceptor foi visto como elemento importante nesse processo, podendo influenciar de forma positiva ou negativa. Com relação a educação permanente e formação para se tornar preceptor não foi conclusivo. Conclusão: o Programa de Residência de Enfermagem Obstétrica foi avaliado pelos residentes como positivo, pois traz vários benefícios para todos os atores envolvidos. As aulas teóricas deixaram a desejar, pela percepção dos residentes, provavelmente, por não dominar a utilização das metodologias ativas para construção do processo de ensino-aprendizagem. A fragilidade na comunicação entre ensino-serviço pode influenciar na formação do residente, sendo o preceptor um ator importante nesse processo. O estudo não é conclusivo quanto a solidez da formação da preceptoria, o que sugere o desenvolvimento de outros estudos que escutem outros atores, como os preceptores e gestores.

    os cursos na saúde têm investido em profissionais que proponhammudanças dos modelos de atenção em saúde, com inovações noprocesso ensino-aprendizagem, que contribua com uma formação crítico-reflexiva. Nesse processo são ofertados cursos de especialização nosmoldes de Cursos de Residência. A enfermagem foi a segunda profissão aadotar Programas de Especialização nessa modalidade. Nessa formaçãoa preceptoria tem o papel de facilitador sendo responsável peloacompanhamento do desempenho teórico-práticas. Porém, as equipespodem não estar preparadas para receber esses profissionais, sendo esseum desafio alcançar os objetivos do programa. Assim, é imprescindível arealização de planejamento articulado entre os programas e os serviçosque recebem esses residentes. Nesse contexto, a instituição formadoratem papel crucial na formação de preceptores. Com o processo deinteriorização da saúde surgiram novos programas de residência, querequerem avaliação da implantação para melhoria. Objetivo:compreender a visão dos residentes quanto a implementação doPrograma de Residência em Enfermagem Obstétrica no interior de PE.
    Percurso metodológico: Estudo descritivo e exploratório, estruturado emuma abordagem qualitativa, no Programa de Residência de Enfermagemobstétrica situado em três maternidades regionais do interior dePernambuco. A pesquisa se deu após aprovação do CEPnº06343519.7.0000.5013, no período de julho a agosto de 2019. Foirealizado entrevistas após agendamento e disponibilidade dosparticipantes mediante um roteiro estruturado com a caracterização dosparticipantes e questões sobre a percepção do Programa de EnfermagemObstétrica, cujas respostas foram gravadas em meio digital. As respostasgravadas nas entrevistas foram transcritas na íntegra e foi realizadoanálise de conteúdo de Bardin de duas formas, manual e auxiliado pelouso do programa Atlas ti, posteriormente comparadas as duas paraobtenção do resultado final. Resultados: no PREO foram destacados,pelos residentes, fragilidades na comunicação, na organização doprograma e na parte teórica, no preparo dos hospitais, na falta deengajamento de muitos preceptores, na integração ensino-serviço e que adistância geográfica pode dificultar essa integração. E tambémdestacaram fortalezas como: formação diferenciada, pois há crescimentopessoal e profissional através da promoção de oportunidades deatividades práticas, benefícios para o cenário de aprendizagem onde osresidentes perceberam mudança de conduta do preceptor através desensibilização podendo levar a uma melhor assistência. Em se tratando doprocesso de ensino aprendizagem o desenvolvimento depende de cadaresidente com influência da associação entre atividades teórico-prático epreceptor foi visto como elemento importante nesse processo, podendoinfluenciar de forma positiva ou negativa. Com relação a educaçãopermanente e formação para se tornar preceptor não foi conclusivo.Conclusão: o Programa de Residência de Enfermagem Obstétrica foiavaliado pelos residentes como positivo, pois traz vários benefícios paratodos os atores envolvidos. As aulas teóricas deixaram a desejar, pelapercepção dos residentes, provavelmente, por não dominar a utilizaçãodas metodologias ativas para construção do processo de ensino-aprendizagem. A fragilidade na comunicação entre ensino-serviço podeinfluenciar na formação do residente, sendo o preceptor um atorimportante nesse processo. O estudo não é conclusivo quanto a solidezda formação da preceptoria, o que sugere o desenvolvimento de outrosestudos que escutem outros atores, como os preceptores e gestores.

3
  • MARIA IZABEL DE MENDONÇA ALVES
  • Integração ensino - serviço: Os olhares dos docentes e de  uma
      equipe de saúde da família.

  • Orientador : ANTONIO CARLOS SILVA COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO CARLOS SILVA COSTA
  • LUCY VIEIRA DA SILVA LIMA
  • JACQUELINE ARANTES DINIZ BASILIO
  • Data: 04/05/2020

  • Mostrar Resumo
  • Este Trabalho Acadêmico de Conclusão de Curso (TACC) teve como objetivo conhecer o entendimento dos docentes e dos profissionais de saúde, que trabalham integrados desde 2015, em uma unidade docente assistencial localizada no terceiro distrito sanitário do município de Maceió, capital de estado de Alagoas, sobre Integração ensino-serviço. Também se buscou por meio destes conhecer, como era o trabalho antes da integração feita entre uma instituição particular de ensino superior e a secretaria municipal de saúde, após e como a comunidade reagiu a esta parceria. O presente trabalho constitui – se um estudo descritivo, de caráter qualitativo, realizado junto aos atores do serviço envolvidos no processo de integração ensino-serviço. Para conhecimento do perfil dessa amostra, foram aplicados 34 questionários de caracterização,15 para os docentes e 19 para os servidores municipais. Utilizou-se a técnica de entrevista em profundidade individual, como instrumento de coleta de dados, realizada com 9 docentes e 10 servidores municipais, após análise e aplicação dos critérios de inclusão e exclusão. Para a etapa de análise das falas, utilizou-se a análise de conteúdo de acordo com a técnica de Bardin. Durante o processo de análise das falas, foram identificadas as seguintes categorias: integração, processo de trabalho, comunidade e intervenção, as quais geraram várias subcategorias. Tal análise possibilitou a triangulação das categorias e subcategorias dos dois grupos estudados. Ficou evidente na conclusão do trabalho, que tanto os docentes como os servidores consideram que a integração ensino-serviço ocorre quando as IES estãopróximas aos serviços de saúde, junto, compartilhando conhecimentos, melhorando processo de trabalho e articulando parcerias, possibilitando uma formação de qualidade para os alunos e capacitação para os servidores da saúde. Contudo muitos dos participantes ainda precisam entender quais são suas atuações e importância de seu papel nessa integração. A partir destes resultados motivou-se a construção de um vídeo educativo sobre integração ensino –serviço, onde foi abordado, algumas sugestões para que o processo de integração entre uma Instituição formadora e uma unidade de saúde, funcione de forma adequada e traga benefícios para ambas. O vídeo deve ser usado como uma forma inovadora de ensino, em oficinas de educação permanente para servidores da saúde e professores.

     


  • Mostrar Abstract
  • Este Trabalho Acadêmico de Conclusão de Curso (TACC) teve como objetivo conhecer o entendimento dos docentes e dos profissionais de saúde, que trabalham integrados desde 2015, em uma unidade docente assistencial localizada no terceiro distrito sanitário do município de Maceió, capital de estado de Alagoas, sobre Integração ensino-serviço. Também se buscou por meio destes conhecer, como era o trabalho antes da integração feita entre uma instituição particular de ensino superior e a secretaria municipal de saúde, após e como a comunidade reagiu a esta parceria. O presente trabalho constitui – se um estudo descritivo, de caráter qualitativo, realizado junto aos atores do serviço envolvidos no processo de integração ensino-serviço. Para conhecimento do perfil dessa amostra, foram aplicados 34 questionários de caracterização,15 para os docentes e 19 para os servidores municipais. Utilizou-se a técnica de entrevista em profundidade individual, como instrumento de coleta de dados, realizada com 9 docentes e 10 servidores municipais, após análise e aplicação dos critérios de inclusão e exclusão. Para a etapa de análise das falas, utilizou-se a análise de conteúdo de acordo com a técnica de Bardin. Durante o processo de análise das falas, foram identificadas as seguintes categorias: integração, processo de trabalho, comunidade e intervenção, as quais geraram várias subcategorias. Tal análise possibilitou a triangulação das categorias e subcategorias dos dois grupos estudados. Ficou evidente na conclusão do trabalho, que tanto os docentes como os servidores consideram que a integração ensino-serviço ocorre quando as IES estãopróximas aos serviços de saúde, junto, compartilhando conhecimentos, melhorando processo de trabalho e articulando parcerias, possibilitando uma formação de qualidade para os alunos e capacitação para os servidores da saúde. Contudo muitos dos participantes ainda precisam entender quais são suas atuações e importância de seu papel nessa integração. A partir destes resultados motivou-se a construção de um vídeo educativo sobre integração ensino –serviço, onde foi abordado, algumas sugestões para que o processo de integração entre uma Instituição formadora e uma unidade de saúde, funcione de forma adequada e traga benefícios para ambas. O vídeo deve ser usado como uma forma inovadora de ensino, em oficinas de educação permanente para servidores da saúde e professores.

     

4
  • JULIANA ARAUJO MENEZES
  • Relação entre Processos Formativos sobre Humanização da Saúde e a
    Prática de Trabalhadores de um Centro Especializado Em Reabilitação

     

  • Orientador : SERGIO SEIJI ARAGAKI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JEANE FELIX DA SILVA
  • MARIA DE LOURDES FONSECA VIEIRA
  • SERGIO SEIJI ARAGAKI
  • Data: 29/05/2020

  • Mostrar Resumo
  •  

     A humanização da saúde é um tema relevante na área da saúde, tendo sido criada, inclusive, uma política transversal no SUS, para dela tratar: a Política Nacional de Humanização da Atenção e Gestão do SUS. A humanização da saúde está presente nas práticas em saúde e nos espaços de formação (acadêmicos ou não). A formação torna-se fundamental, uma vez que é por meio dos processos formativos que se questionam, reafirmam ou se alteram o trabalho em saúde. Esta pesquisa teve o objetivo de conhecer a relação entre as práticas de trabalhadores de um Centro Especializado em Reabilitação e o seu processo formativo sobre humanização da saúde. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, exploratória e descritiva fundamentada na perspectiva teórica das Práticas Discursivas e Produção de Sentidos de Spink. Para alcance dos objetivos, foi realizada uma oficina com 15 trabalhadores de um serviço de reabilitação em saúde, localizado em Maceió, Alagoas. Os materiais produzidos foram transcritos e serviram para a construção de cinco categorias analíticas: sentidos da humanização na saúde, processo formativo em humanização, processo de trabalho alinhado a práticas humanizadas, desafios para práticas humanizadas e propostas para superação dos desafios. Os resultados apontam para a polissemia em torno do tema; alguns sentidos se aproximam ao proposto pela citada política, outros se alinham a valores humanos e humanitários e outros os mesclam. Há uma formação pontual e incipiente tanto nos espaços escolares quanto nos não escolares a respeito do tema. Apesar disso, foram identificadas práticas alinhadas ao proposto pela Política, mesmo ela não tendo sido referida pelos participantes. Vários desafios e possibilidades de sua superação foram trazidos, de modo a melhorar o trabalho da instituição e beneficiar usuários, trabalhadores e gestores. Conclui-se que o processo formativo sobre humanização da saúde foi construído, predominantemente, por meio das relações sociais e no espaço de trabalho, sendo imprescindível a realização de atividades de Educação Permanente em Saúde no serviço, intervindo em situações concretas do trabalho, para que se possa conhecer, aprofundar e pôr em prática os conhecimentos acerca da PNH e assim melhorar os modos de atenção e gestão no serviço de saúde.
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
    juamenezes@hotmail.com
     
     
     
     
     
    As respostas não podem ser editadas
     
    SOLICITAÇÃO DE AGENDAMENTO PARA DEFESA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE MESTRADO
    *Obrigatório
    Endereço de e-mail *
    juamenezes@hotmail.com
    NOME: *
    JULIANA ARAÚJO MENEZES
    MATRÍCULA:
    2018100529
    TELEFONE: *
    82999414521
    ANO DE INGRESSO NO MPES *
     
     
     
     
     
     
    2018
     
     
    ORIENTADOR: *
    PROF. DR. SÉRGIO SEIJI ARAGAKI
    COORIENTADOR:
     
    LINHA PESQUISA *
     
     
     
    Integração ensino, serviço de saúde e comunidade (IESSC)
     
     
     
    TÍTULO DO TRABALHO *
    RELAÇÃO ENTRE PROCESSOS FORMATIVOS SOBRE HUMANIZAÇÃO DA SAÚDE E A PRÁTICA DE TRABALHADORES DE UM CENTRO ESPECIALIZADO EM REABILITAÇÃO
    TÍTULO INGLÊS
    RELATIONSHIP BETWEEN FORMATIVE PROCESSES ON HEALTH HUMANIZATION AND THE WORKER PRACTICE OF A SPECIALIZED REHABILITATION CENTER
    RESUMO
    A humanização da saúde é um tema relevante na área da saúde, tendo sido criada, inclusive, uma política transversal no SUS, para dela tratar: a Política Nacional de Humanização da Atenção e Gestão do SUS. A humanização da saúde está presente nas práticas em saúde e nos espaços de formação (acadêmicos ou não). A formação torna-se fundamental, uma vez que é por meio dos processos formativos que se questionam, reafirmam ou se alteram o trabalho em saúde. Esta pesquisa teve o objetivo de conhecer a relação entre as práticas de trabalhadores de um Centro Especializado em Reabilitação e o seu processo formativo sobre humanização da saúde. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, exploratória e descritiva fundamentada na perspectiva teórica das Práticas Discursivas e Produção de Sentidos de Spink. Para alcance dos objetivos, foi realizada uma oficina com 15 trabalhadores de um serviço de reabilitação em saúde, localizado em Maceió, Alagoas. Os materiais produzidos foram transcritos e serviram para a construção de cinco categorias analíticas: sentidos da humanização na saúde, processo formativo em humanização, processo de trabalho alinhado a práticas humanizadas, desafios para práticas humanizadas e propostas para superação dos desafios. Os resultados apontam para a polissemia em torno do tema; alguns sentidos se aproximam ao proposto pela citada política, outros se alinham a valores humanos e humanitários e outros os mesclam. Há uma formação pontual e incipiente tanto nos espaços escolares quanto nos não escolares a respeito do tema. Apesar disso, foram identificadas práticas alinhadas ao proposto pela Política, mesmo ela não tendo sido referida pelos participantes. Vários desafios e possibilidades de sua superação foram trazidos, de modo a melhorar o trabalho da instituição e beneficiar usuários, trabalhadores e gestores. Conclui-se que o processo formativo sobre humanização da saúde foi construído, predominantemente, por meio das relações sociais e no espaço de trabalho, sendo imprescindível a realização de atividades de Educação Permanente em Saúde no serviço, intervindo em situações concretas do trabalho, para que se possa conhecer, aprofundar e pôr em prática os conhecimentos acerca da PNH e assim melhorar os modos de atenção e gestão no serviço de saúde.

  • Mostrar Abstract
  •  

     A humanização da saúde é um tema relevante na área da saúde, tendo sido criada, inclusive, uma política transversal no SUS, para dela tratar: a Política Nacional de Humanização da Atenção e Gestão do SUS. A humanização da saúde está presente nas práticas em saúde e nos espaços de formação (acadêmicos ou não). A formação torna-se fundamental, uma vez que é por meio dos processos formativos que se questionam, reafirmam ou se alteram o trabalho em saúde. Esta pesquisa teve o objetivo de conhecer a relação entre as práticas de trabalhadores de um Centro Especializado em Reabilitação e o seu processo formativo sobre humanização da saúde. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, exploratória e descritiva fundamentada na perspectiva teórica das Práticas Discursivas e Produção de Sentidos de Spink. Para alcance dos objetivos, foi realizada uma oficina com 15 trabalhadores de um serviço de reabilitação em saúde, localizado em Maceió, Alagoas. Os materiais produzidos foram transcritos e serviram para a construção de cinco categorias analíticas: sentidos da humanização na saúde, processo formativo em humanização, processo de trabalho alinhado a práticas humanizadas, desafios para práticas humanizadas e propostas para superação dos desafios. Os resultados apontam para a polissemia em torno do tema; alguns sentidos se aproximam ao proposto pela citada política, outros se alinham a valores humanos e humanitários e outros os mesclam. Há uma formação pontual e incipiente tanto nos espaços escolares quanto nos não escolares a respeito do tema. Apesar disso, foram identificadas práticas alinhadas ao proposto pela Política, mesmo ela não tendo sido referida pelos participantes. Vários desafios e possibilidades de sua superação foram trazidos, de modo a melhorar o trabalho da instituição e beneficiar usuários, trabalhadores e gestores. Conclui-se que o processo formativo sobre humanização da saúde foi construído, predominantemente, por meio das relações sociais e no espaço de trabalho, sendo imprescindível a realização de atividades de Educação Permanente em Saúde no serviço, intervindo em situações concretas do trabalho, para que se possa conhecer, aprofundar e pôr em prática os conhecimentos acerca da PNH e assim melhorar os modos de atenção e gestão no serviço de saúde.
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
    juamenezes@hotmail.com
     
     
     
     
     
    As respostas não podem ser editadas
     
    SOLICITAÇÃO DE AGENDAMENTO PARA DEFESA DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE MESTRADO
    *Obrigatório
    Endereço de e-mail *
    juamenezes@hotmail.com
    NOME: *
    JULIANA ARAÚJO MENEZES
    MATRÍCULA:
    2018100529
    TELEFONE: *
    82999414521
    ANO DE INGRESSO NO MPES *
     
     
     
     
     
     
    2018
     
     
    ORIENTADOR: *
    PROF. DR. SÉRGIO SEIJI ARAGAKI
    COORIENTADOR:
     
    LINHA PESQUISA *
     
     
     
    Integração ensino, serviço de saúde e comunidade (IESSC)
     
     
     
    TÍTULO DO TRABALHO *
    RELAÇÃO ENTRE PROCESSOS FORMATIVOS SOBRE HUMANIZAÇÃO DA SAÚDE E A PRÁTICA DE TRABALHADORES DE UM CENTRO ESPECIALIZADO EM REABILITAÇÃO
    TÍTULO INGLÊS
    RELATIONSHIP BETWEEN FORMATIVE PROCESSES ON HEALTH HUMANIZATION AND THE WORKER PRACTICE OF A SPECIALIZED REHABILITATION CENTER
    RESUMO
    A humanização da saúde é um tema relevante na área da saúde, tendo sido criada, inclusive, uma política transversal no SUS, para dela tratar: a Política Nacional de Humanização da Atenção e Gestão do SUS. A humanização da saúde está presente nas práticas em saúde e nos espaços de formação (acadêmicos ou não). A formação torna-se fundamental, uma vez que é por meio dos processos formativos que se questionam, reafirmam ou se alteram o trabalho em saúde. Esta pesquisa teve o objetivo de conhecer a relação entre as práticas de trabalhadores de um Centro Especializado em Reabilitação e o seu processo formativo sobre humanização da saúde. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, exploratória e descritiva fundamentada na perspectiva teórica das Práticas Discursivas e Produção de Sentidos de Spink. Para alcance dos objetivos, foi realizada uma oficina com 15 trabalhadores de um serviço de reabilitação em saúde, localizado em Maceió, Alagoas. Os materiais produzidos foram transcritos e serviram para a construção de cinco categorias analíticas: sentidos da humanização na saúde, processo formativo em humanização, processo de trabalho alinhado a práticas humanizadas, desafios para práticas humanizadas e propostas para superação dos desafios. Os resultados apontam para a polissemia em torno do tema; alguns sentidos se aproximam ao proposto pela citada política, outros se alinham a valores humanos e humanitários e outros os mesclam. Há uma formação pontual e incipiente tanto nos espaços escolares quanto nos não escolares a respeito do tema. Apesar disso, foram identificadas práticas alinhadas ao proposto pela Política, mesmo ela não tendo sido referida pelos participantes. Vários desafios e possibilidades de sua superação foram trazidos, de modo a melhorar o trabalho da instituição e beneficiar usuários, trabalhadores e gestores. Conclui-se que o processo formativo sobre humanização da saúde foi construído, predominantemente, por meio das relações sociais e no espaço de trabalho, sendo imprescindível a realização de atividades de Educação Permanente em Saúde no serviço, intervindo em situações concretas do trabalho, para que se possa conhecer, aprofundar e pôr em prática os conhecimentos acerca da PNH e assim melhorar os modos de atenção e gestão no serviço de saúde.
5
  • ELADJA OLIVEIRA SANTOS
  • CONTROLE SOCIAL NA FORMAÇÃO DOS DISCENTES:
    contribuição da preceptoria na Atenção Básica

  • Orientador : JOSINEIDE FRANCISCO SAMPAIO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CRISTINA CAMELO DE AZEVEDO
  • JOSINEIDE FRANCISCO SAMPAIO
  • MARIA LUCELIA DA HORA SALES
  • Data: 05/06/2020

  • Mostrar Resumo
  • Objetivo: A pesquisa intitulada “Controle Social na Formação dos Discentes: Contribuição da Preceptoria na Atenção Básica” tem como objetivo analisar a contribuição dos preceptores da Atenção Básica na formação dos discentes com foco no controle social. Metodologia: Trata-se de uma pesquisa exploratória de abordagem qualitativa. Participaram da pesquisa oito preceptores lotados nas Unidades de Saúde (US) do VII Distrito Sanitário (DS) e sete graduandos que realizaram ou estavam em estágio curricular obrigatório nesses serviços de saúde. Foram realizados dois grupos focais, um com as estudantes, outro com os preceptores. Os dados foram analisados mediante a técnica de Análise do Conteúdo de Bardin. Resultados: Os resultados da pesquisa apontam para uma fragilidade no entendimento apresentado pelos estudantes sobre controle social e que houve pouca abordagem durante o estágio de atividades que potencializem a discussão sobre o tema. Outro achado no estudo é ausência da problematização das dificuldades apontadas como ingerência política e ausência dos usuários e trabalhadores na participação e controle social nos serviços. Conclusão: Conclui-se desse estudo que o estágio curricular tem contribuído pouco para uma formação pautada na diretriz da participação e controle social e que o preceptor, ator importante nesse processo, necessita de uma formação pedagógica que transforme seu processo de ensino, alinhando-o com os preceitos do SUS. Apesar das Diretrizes Curriculares Nacionais destacarem às competências gerais necessárias para formar futuros profissionais que atendam às necessidades do SUS e da população, ainda não é fomentado a participação e o controle social.


  • Mostrar Abstract
  • Objetivo: A pesquisa intitulada “Controle Social na Formação dos Discentes: Contribuição da Preceptoria na Atenção Básica” tem como objetivo analisar a contribuição dos preceptores da Atenção Básica na formação dos discentes com foco no controle social. Metodologia: Trata-se de uma pesquisa exploratória de abordagem qualitativa. Participaram da pesquisa oito preceptores lotados nas Unidades de Saúde (US) do VII Distrito Sanitário (DS) e sete graduandos que realizaram ou estavam em estágio curricular obrigatório nesses serviços de saúde. Foram realizados dois grupos focais, um com as estudantes, outro com os preceptores. Os dados foram analisados mediante a técnica de Análise do Conteúdo de Bardin. Resultados: Os resultados da pesquisa apontam para uma fragilidade no entendimento apresentado pelos estudantes sobre controle social e que houve pouca abordagem durante o estágio de atividades que potencializem a discussão sobre o tema. Outro achado no estudo é ausência da problematização das dificuldades apontadas como ingerência política e ausência dos usuários e trabalhadores na participação e controle social nos serviços. Conclusão: Conclui-se desse estudo que o estágio curricular tem contribuído pouco para uma formação pautada na diretriz da participação e controle social e que o preceptor, ator importante nesse processo, necessita de uma formação pedagógica que transforme seu processo de ensino, alinhando-o com os preceitos do SUS. Apesar das Diretrizes Curriculares Nacionais destacarem às competências gerais necessárias para formar futuros profissionais que atendam às necessidades do SUS e da população, ainda não é fomentado a participação e o controle social.

6
  • ELADJA OLIVEIRA SANTOS
  • CONTROLE SOCIAL NA FORMAÇÃO DOS DISCENTES:
    contribuição da preceptoria na Atenção Básica

  • Orientador : JOSINEIDE FRANCISCO SAMPAIO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CRISTINA CAMELO DE AZEVEDO
  • JOSINEIDE FRANCISCO SAMPAIO
  • MARIA LUCELIA DA HORA SALES
  • Data: 05/06/2020

  • Mostrar Resumo
  • Objetivo: A pesquisa intitulada “Controle Social na Formação dos
    Discentes: Contribuição da Preceptoria na Atenção Básica” tem como
    objetivo analisar a contribuição dos preceptores da Atenção Básica na
    formação dos discentes com foco no controle social. Metodologia: Trata-se
    de uma pesquisa exploratória de abordagem qualitativa. Participaram da
    pesquisa oito preceptores lotados nas Unidades de Saúde (US) do VII
    Distrito Sanitário (DS) e sete graduandos que realizaram ou estavam em
    estágio curricular obrigatório nesses serviços de saúde. Foram realizados
    dois grupos focais, um com as estudantes, outro com os preceptores. Os
    dados foram analisados mediante a técnica de Análise do Conteúdo de
    Bardin. Resultados: Os resultados da pesquisa apontam para uma
    fragilidade no entendimento apresentado pelos estudantes sobre controle
    social e que houve pouca abordagem durante o estágio de atividades que
    potencializem a discussão sobre o tema. Outro achado no estudo é ausência
    da problematização das dificuldades apontadas como ingerência política e
    ausência dos usuários e trabalhadores na participação e controle social nos
    serviços. Conclusão: Conclui-se desse estudo que o estágio curricular tem
    contribuído pouco para uma formação pautada na diretriz da participação e 

    controle social e que o preceptor, ator importante nesse processo, necessita
    de uma formação pedagógica que transforme seu processo de ensino,
    alinhando-o com os preceitos do SUS. Apesar das Diretrizes Curriculares
    Nacionais destacarem às competências gerais necessárias para formar
    futuros profissionais que atendam às necessidades do SUS e da população,
    ainda não é fomentado a participação e o controle social.


  • Mostrar Abstract
  • Objetivo: A pesquisa intitulada “Controle Social na Formação dos
    Discentes: Contribuição da Preceptoria na Atenção Básica” tem como
    objetivo analisar a contribuição dos preceptores da Atenção Básica na
    formação dos discentes com foco no controle social. Metodologia: Trata-se
    de uma pesquisa exploratória de abordagem qualitativa. Participaram da
    pesquisa oito preceptores lotados nas Unidades de Saúde (US) do VII
    Distrito Sanitário (DS) e sete graduandos que realizaram ou estavam em
    estágio curricular obrigatório nesses serviços de saúde. Foram realizados
    dois grupos focais, um com as estudantes, outro com os preceptores. Os
    dados foram analisados mediante a técnica de Análise do Conteúdo de
    Bardin. Resultados: Os resultados da pesquisa apontam para uma
    fragilidade no entendimento apresentado pelos estudantes sobre controle
    social e que houve pouca abordagem durante o estágio de atividades que
    potencializem a discussão sobre o tema. Outro achado no estudo é ausência
    da problematização das dificuldades apontadas como ingerência política e
    ausência dos usuários e trabalhadores na participação e controle social nos
    serviços. Conclusão: Conclui-se desse estudo que o estágio curricular tem
    contribuído pouco para uma formação pautada na diretriz da participação e 

    controle social e que o preceptor, ator importante nesse processo, necessita
    de uma formação pedagógica que transforme seu processo de ensino,
    alinhando-o com os preceitos do SUS. Apesar das Diretrizes Curriculares
    Nacionais destacarem às competências gerais necessárias para formar
    futuros profissionais que atendam às necessidades do SUS e da população,
    ainda não é fomentado a participação e o controle social.

7
  • VICTOR MENEZES SILVA
  • EDUCAÇÃO E COMUNICAÇÃO EM SAÚDE POR MEIO DE UMA
    ABORDAGEM LÚDICA: EXPERIÊNCIA DE UM DOCENTE
    DESBRAVANDO O UNIVERSO DAS METODOLOGIAS ATIVAS

  • Orientador : ANTONIO CARLOS SILVA COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO CARLOS SILVA COSTA
  • LUCY VIEIRA DA SILVA LIMA
  • RAFAEL RODRIGUES DA SILVA
  • Data: 23/06/2020

  • Mostrar Resumo
  • O presente trabalho aborda a partir de cunho científico, as experiências vivenciadas por
    um docente em um componente curricular de “Comunicação e Educação em Saúde” no
    curso de Medicina de uma universidade pública do agreste de Alagoas e tem sua base
    em referenciais da educação e neurociências com objetivo de desvelar e relatar o
    cenário dos modelos de estímulos lúdicos experienciados, influenciados e conduzidos
    por metodologias ativas. Trata-se de um estudo descritivo, tipo relato de experiência
    conexo em revisão de literatura. Os resultados do estudo foram divididos em seis
    sessões: 1. abordagem lúdica; 2. neurociências e educação; 3. humor, aprendizagem
    significativa e metodologias ativas; 4. os desafios do ensino ativo no contexto da
    educação médica; 5. cenário da comunicação e educação em saúde; e 6. um relato de
    experiência com abordagem lúdica. Posteriormente serão apresentados três produtos
    que foram produzidos ao longo da experiência relatada: um software educacional; uma
    caixa de medicamentos artesanal; e prendedores informativos pictografados.
    Considera-se que apesar do docente ter que lidar com uma difícil interação simbiótica
    entre ensinar, aprender e ressignificar os próprios métodos de ensino para garantia de
    um bom estímulo lúdico durante a condução das metodologias ativas, a experiência se
    mostrou um sucesso no ambiente educacional, estimulando os alunos a refletirem e
    edificarem os próprios conhecimentos enquanto se divertiam, e, portanto, este tipo de
    abordagem é de extrema importância para os alunos, professores, gestores e toda
    comunidade envolvida.


  • Mostrar Abstract
  • O presente trabalho aborda a partir de cunho científico, as experiências vivenciadas por
    um docente em um componente curricular de “Comunicação e Educação em Saúde” no
    curso de Medicina de uma universidade pública do agreste de Alagoas e tem sua base
    em referenciais da educação e neurociências com objetivo de desvelar e relatar o
    cenário dos modelos de estímulos lúdicos experienciados, influenciados e conduzidos
    por metodologias ativas. Trata-se de um estudo descritivo, tipo relato de experiência
    conexo em revisão de literatura. Os resultados do estudo foram divididos em seis
    sessões: 1. abordagem lúdica; 2. neurociências e educação; 3. humor, aprendizagem
    significativa e metodologias ativas; 4. os desafios do ensino ativo no contexto da
    educação médica; 5. cenário da comunicação e educação em saúde; e 6. um relato de
    experiência com abordagem lúdica. Posteriormente serão apresentados três produtos
    que foram produzidos ao longo da experiência relatada: um software educacional; uma
    caixa de medicamentos artesanal; e prendedores informativos pictografados.
    Considera-se que apesar do docente ter que lidar com uma difícil interação simbiótica
    entre ensinar, aprender e ressignificar os próprios métodos de ensino para garantia de
    um bom estímulo lúdico durante a condução das metodologias ativas, a experiência se
    mostrou um sucesso no ambiente educacional, estimulando os alunos a refletirem e
    edificarem os próprios conhecimentos enquanto se divertiam, e, portanto, este tipo de
    abordagem é de extrema importância para os alunos, professores, gestores e toda
    comunidade envolvida.

8
  • PAULYNE SOUZA SILVA GUIMARAES
  • ENSINO SOBRE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS NA GRADUAÇÃO EM
    ENFERMAGEM: REALIDADE, REFLEXÕES E PROPOSTAS

  • Orientador : ROSANA QUINTELLA BRANDAO VILELA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO CARLOS SILVA COSTA
  • ROSANA QUINTELLA BRANDAO VILELA
  • THAIS HONORIO LINS BERNARDO
  • Data: 23/06/2020

  • Mostrar Resumo
  • Os Resíduos de Serviços de Saúde (RSS) constituem-se um problema complexo com
    forte interface entre a saúde pública e as questões ambientais. Nessa perspectiva, os
    enfermeiros devem romper com o paradigma de que a responsabilidade profissional
    se encerra no ato técnico, e atentar, sobretudo, para o manejo adequado dos resíduos
    gerados no processo de cuidar, visando resguardar a saúde humana e do ambiente.
    Para que isso ocorra, é fundamental que as competências e habilidades para RSS
    sejam apreendidas desde a graduação, exigindo dos futuros profissionais um
    comportamento responsável e consciente. O presente trabalho de conclusão de curso
    do Mestrado Profissional em Ensino na Saúde (MPES) é composto por uma pesquisa
    e um produto de intervenção sobre o tema. A pesquisa teve como objetivo conhecer
    a percepção dos discentes de Enfermagem sobre Gerenciamento de Resíduos de
    Serviços de Saúde (GRSS). A metodologia ancorou-se na abordagem qualitativa,
    descritiva e se utilizou da técnica de Grupo Focal (GF), com sete discentes do quarto
    período do curso de graduação em Enfermagem de uma universidade pública do
    nordeste brasileiro. O GF abordou os temas: biossegurança, conceitos de RSS e de
    GRSS, oportunidades de aprendizagem sobre GRSS durante o curso, consequências
    do descarte inadequado dos RSS, e o papel do enfermeiro no GRSS. Os dados
    produzidos foram interpretados, conforme a análise de conteúdo na modalidade
    temática de acordo com Bardin (2011) e Malheiros (2011). Como resultados, as
    seguintes categorias de análise emergiram do GF: Os saberes dos discentes sobre
    RSS; O fazer do enfermeiro frente à gestão dos RSS, na percepção dos discentes; e,
    O processo formativo dos discentes sobre a temática GRSS. O ensino sobre RSS
    mostrou-se fragmentado, carecendo de aprofundamento e amplitude conceitual. No
    contexto prático constatou-se que as experiências vivenciadas acontecem, na maioria
    das vezes, no ambiente hospitalar, requerendo cenários de práticas diversificados.
    Reconheceram o enfermeiro como responsável pelo Plano de Gerenciamento de
    Resíduos de Serviços de Saúde (PGRSS) e destacaram a Educação Permanente em
    Saúde (EPS) como uma estratégia para capacitar a equipe sobre a temática, o que
    implica olhar além das práticas de saúde. Não obstante, a academia deve fomentar e
    estimular o aprendizado sobre o tema por meio de metodologias de ensino inovadoras,
    contextualizadas, articuladas e problematizadas com abordagem interdisciplinar e
    transdisciplinar. Os resultados da pesquisa motivaram a produção do guia prático
    sobre GRSS. Este produto de intervenção teve como objetivo contribuir com o
    aprendizado de questões essenciais sobre o tema, considerando os princípios da
    biossegurança, preservação da saúde pública e do meio ambiente. O guia foi dividido
    em quatro partes: conceitos, histórico da legislação, classificação e etapas de
    implementação do PGRSS. E teve como população-alvo os estudantes e profissionais
    da Saúde, especialmente da Enfermagem.


  • Mostrar Abstract
  • Os Resíduos de Serviços de Saúde (RSS) constituem-se um problema complexo com
    forte interface entre a saúde pública e as questões ambientais. Nessa perspectiva, os
    enfermeiros devem romper com o paradigma de que a responsabilidade profissional
    se encerra no ato técnico, e atentar, sobretudo, para o manejo adequado dos resíduos
    gerados no processo de cuidar, visando resguardar a saúde humana e do ambiente.
    Para que isso ocorra, é fundamental que as competências e habilidades para RSS
    sejam apreendidas desde a graduação, exigindo dos futuros profissionais um
    comportamento responsável e consciente. O presente trabalho de conclusão de curso
    do Mestrado Profissional em Ensino na Saúde (MPES) é composto por uma pesquisa
    e um produto de intervenção sobre o tema. A pesquisa teve como objetivo conhecer
    a percepção dos discentes de Enfermagem sobre Gerenciamento de Resíduos de
    Serviços de Saúde (GRSS). A metodologia ancorou-se na abordagem qualitativa,
    descritiva e se utilizou da técnica de Grupo Focal (GF), com sete discentes do quarto
    período do curso de graduação em Enfermagem de uma universidade pública do
    nordeste brasileiro. O GF abordou os temas: biossegurança, conceitos de RSS e de
    GRSS, oportunidades de aprendizagem sobre GRSS durante o curso, consequências
    do descarte inadequado dos RSS, e o papel do enfermeiro no GRSS. Os dados
    produzidos foram interpretados, conforme a análise de conteúdo na modalidade
    temática de acordo com Bardin (2011) e Malheiros (2011). Como resultados, as
    seguintes categorias de análise emergiram do GF: Os saberes dos discentes sobre
    RSS; O fazer do enfermeiro frente à gestão dos RSS, na percepção dos discentes; e,
    O processo formativo dos discentes sobre a temática GRSS. O ensino sobre RSS
    mostrou-se fragmentado, carecendo de aprofundamento e amplitude conceitual. No
    contexto prático constatou-se que as experiências vivenciadas acontecem, na maioria
    das vezes, no ambiente hospitalar, requerendo cenários de práticas diversificados.
    Reconheceram o enfermeiro como responsável pelo Plano de Gerenciamento de
    Resíduos de Serviços de Saúde (PGRSS) e destacaram a Educação Permanente em
    Saúde (EPS) como uma estratégia para capacitar a equipe sobre a temática, o que
    implica olhar além das práticas de saúde. Não obstante, a academia deve fomentar e
    estimular o aprendizado sobre o tema por meio de metodologias de ensino inovadoras,
    contextualizadas, articuladas e problematizadas com abordagem interdisciplinar e
    transdisciplinar. Os resultados da pesquisa motivaram a produção do guia prático
    sobre GRSS. Este produto de intervenção teve como objetivo contribuir com o
    aprendizado de questões essenciais sobre o tema, considerando os princípios da
    biossegurança, preservação da saúde pública e do meio ambiente. O guia foi dividido
    em quatro partes: conceitos, histórico da legislação, classificação e etapas de
    implementação do PGRSS. E teve como população-alvo os estudantes e profissionais
    da Saúde, especialmente da Enfermagem.

9
  • RENATA CAROLINE MENDONÇA FERRAZ
  • O PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM SOBRE MEDICINA DO SONO NO CURSO DE MEDICINA DE UMA UNIVERSIDADE PÚBLICA.

  • Orientador : ANGELA MARIA MOREIRA CANUTO MENDONCA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANGELA MARIA MOREIRA CANUTO MENDONCA
  • PAULO JOSE MEDEIROS DE SOUZA COSTA
  • ROSANA QUINTELLA BRANDAO VILELA
  • Data: 30/06/2020

  • Mostrar Resumo
  •  

    Introdução: A atuação médica sobre o Sono já ocorre há muitos anos, porém vem sendo desenvolvida pelos profissionais de forma segregada, onde cada especialista tende a lidar apenas com os distúrbios correlacionados à sua área de atuação. A medicina do sono começou a ter importância dentro da comunidade médica a partir de 1970 e desde então veio crescendo exponencialmente, até ser finalmente reconhecida como área de atuação no Brasil, pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) em 2011. Médicos sem treinamento prévio de Medicina do Sono, perguntam sobre sono na anamnese em 0 a 13% dos casos. Por outro lado, aqueles que recebem treinamento em distúrbios do sono, conseguem reconhecê-los em 80% dos pacientes. Objetivos: Avaliar os conhecimentos de Medicina do Sono dos estudantes do internato da FAMED-UFAL e entender como ocorre o processo seu ensino-aprendizagem durante a graduação. Metodologia: Estudo de abordagem descritiva, quantitativa e corte transversal, através da aplicação do questionário ASKME (Assessing Sleep Knowledge in Medical Education), traduzido e validado para o português, associado à questões sobre contato com temas relacionados ao sono na graduação, aos estudantes do internato de medicina da FAMED-UFAL. Resultados: Foram avaliados 149 discentes do internato, desses, 95,3% tiveram contato com o tema durante a graduação, predominantemente na disciplina de neurologia (91,2%). No presente estudo, oitenta e seis (57,7%) estudantes obtiveram conhecimento considerado satisfatório (>60% de acertos), ou seja, acertaram mais do que 16 questões do ASKME. Uma grande parcela (82,8%) dos estudantes, não considerava seus conhecimentos sobre sono satisfatórios e 72% não se sentiam seguros no atendimento de uma paciente com distúrbio do sono, como médico generalista. Conclusão: Mediante os resultados desta pesquisa, percebemos a necessidade de reestruturar o ensino da medicina do sono na graduação médica, de forma transversal e com foco na formação do médico generalista, com conhecimentos e competências suficientes para identificar e conduzir os distúrbios do sono através da ampliação dos cenários teórico-práticos e maior divulgação do serviço de Medicina do Sono do Hospital.


  • Mostrar Abstract
  •  

    Introdução: A atuação médica sobre o Sono já ocorre há muitos anos, porém vem sendo desenvolvida pelos profissionais de forma segregada, onde cada especialista tende a lidar apenas com os distúrbios correlacionados à sua área de atuação. A medicina do sono começou a ter importância dentro da comunidade médica a partir de 1970 e desde então veio crescendo exponencialmente, até ser finalmente reconhecida como área de atuação no Brasil, pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) em 2011. Médicos sem treinamento prévio de Medicina do Sono, perguntam sobre sono na anamnese em 0 a 13% dos casos. Por outro lado, aqueles que recebem treinamento em distúrbios do sono, conseguem reconhecê-los em 80% dos pacientes. Objetivos: Avaliar os conhecimentos de Medicina do Sono dos estudantes do internato da FAMED-UFAL e entender como ocorre o processo seu ensino-aprendizagem durante a graduação. Metodologia: Estudo de abordagem descritiva, quantitativa e corte transversal, através da aplicação do questionário ASKME (Assessing Sleep Knowledge in Medical Education), traduzido e validado para o português, associado à questões sobre contato com temas relacionados ao sono na graduação, aos estudantes do internato de medicina da FAMED-UFAL. Resultados: Foram avaliados 149 discentes do internato, desses, 95,3% tiveram contato com o tema durante a graduação, predominantemente na disciplina de neurologia (91,2%). No presente estudo, oitenta e seis (57,7%) estudantes obtiveram conhecimento considerado satisfatório (>60% de acertos), ou seja, acertaram mais do que 16 questões do ASKME. Uma grande parcela (82,8%) dos estudantes, não considerava seus conhecimentos sobre sono satisfatórios e 72% não se sentiam seguros no atendimento de uma paciente com distúrbio do sono, como médico generalista. Conclusão: Mediante os resultados desta pesquisa, percebemos a necessidade de reestruturar o ensino da medicina do sono na graduação médica, de forma transversal e com foco na formação do médico generalista, com conhecimentos e competências suficientes para identificar e conduzir os distúrbios do sono através da ampliação dos cenários teórico-práticos e maior divulgação do serviço de Medicina do Sono do Hospital.

10
  • ADRIANO CAVALCANTE MELO
  • O CURSO DE GRADUAÇÃO EM FARMÁCIA E O HOSPITAL DE ENSINO DE UMA UNIVERSIDADE PÚBLICA DO NORDESTE BRASILEIRO: CONTRIBUIÇÕES DO LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLÍNICAS

  • Orientador : ROSANA QUINTELLA BRANDAO VILELA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EDNALDO ALMEIDA GOMES
  • LENILDA AUSTRILINO SILVA
  • ROSANA QUINTELLA BRANDAO VILELA
  • Data: 06/07/2020

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho acadêmico de conclusão do curso de Mestrado Profissional em Ensino na Saúde
    (MPES), da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), atendendo às premissas desse tipo de
    pós-graduação, é constituído por uma pesquisa e um produto de intervenção, ambos baseados
    em problemas provenientes do campo profissional. Assim, a presente pesquisa teve como
    objetivo conhecer as contribuições do Estágio Curricular Supervisionado no âmbito das
    Análises Clínicas, por meio das concepções e expectativas dos egressos e da gestão do curso.
    Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa, de caráter descritivo, tendo como cenário
    de investigação o Estágio em Análises Clínicas (AC) de um curso de graduação em Farmácia,
    desenvolvido em Hospital de Ensino de uma Universidade Pública do Nordeste brasileiro.
    Para a obtenção dos dados, foi realizado um Grupo Focal (GF) com cinco egressos de ambos
    os sexos e uma entrevista semiestruturada com a gestão do curso. Os dados coletados foram
    analisados à luz da análise de conteúdo, da qual emergiram três categorias: O Estágio
    Curricular Supervisionado como lócus da profissionalização; Percepções sobre os fatores
    dificultadores do desenvolvimento da aprendizagem durante o Estágio em AC; Percepções
    sobre os fatores facilitadores do desenvolvimento da aprendizagem durante o Estágio em AC.
    Os caminhos apontados pelos discursos de egressos e da gestão do curso de Farmácia
    revelaram que ocorrem oportunidades de estabelecimento de relações entre teoria e prática no
    cotidiano profissional do Estágio em AC. Porém, indicaram também, de forma enfática, a
    necessidade de promover iniciativas de reflexão e avaliação das práticas desenvolvidas no
    estágio, em consonância com os objetivos formativos do curso, por meio de planejamento
    conjunto das atividades, bem como investimentos em desenvolvimento docente dos
    preceptores. Tomando-se por base essa avaliação do estágio, pode-se concluir que existem
    aspectos passíveis de realinhamento e fornece subsídios concretos para a melhoria da
    qualidade do currículo do curso de graduação, cenário deste estudo. Nesse sentido,
    desenvolveu-se, com base nas sugestões emitidas pelos egressos participantes desta pesquisa,
    a construção de um produto de intervenção, um relatório técnico conclusivo de pesquisa.
    Neste produto, defende-se o investimento na preceptoria por meio de um programa –
    “Conhecer, Planejar, Capacitar e Avaliar: Programa de Valorização da Preceptoria do
    Estágio em Análises Clínicas” (PVP) – como sugestão aos gestores do curso. O título deixa
    claro os propósitos e a sequência de intenções do projeto, o qual abrange quatro fases: a
    primeira, tornar conhecido dos preceptores o Projeto Político Pedagógico (PPP) do curso que
    norteia a formação; a segunda, fazer o planejamento conjunto do Estágio em AC, baseado nos
    objetivos de aprendizagem que compõem o PPP do curso; a terceira, promover a capacitação
    com base nas demandas dos preceptores; e, finalmente, a quarta fase, avaliar o estágio para
    melhor aperfeiçoamento deste período de formação. Portanto, considera-se que os resultados
    desta pesquisa, bem como o produto gerado, são relevantes para propiciar uma reflexão acerca
    do Estágio Curricular Supervisionado, objetivando o aprimoramento e fortalecimento na
    formação do profissional farmacêutico, focado no cuidado à saúde e na transformação da
    realidade social.


  • Mostrar Abstract
  • Este trabalho acadêmico de conclusão do curso de Mestrado Profissional em Ensino na Saúde
    (MPES), da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), atendendo às premissas desse tipo de
    pós-graduação, é constituído por uma pesquisa e um produto de intervenção, ambos baseados
    em problemas provenientes do campo profissional. Assim, a presente pesquisa teve como
    objetivo conhecer as contribuições do Estágio Curricular Supervisionado no âmbito das
    Análises Clínicas, por meio das concepções e expectativas dos egressos e da gestão do curso.
    Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa, de caráter descritivo, tendo como cenário
    de investigação o Estágio em Análises Clínicas (AC) de um curso de graduação em Farmácia,
    desenvolvido em Hospital de Ensino de uma Universidade Pública do Nordeste brasileiro.
    Para a obtenção dos dados, foi realizado um Grupo Focal (GF) com cinco egressos de ambos
    os sexos e uma entrevista semiestruturada com a gestão do curso. Os dados coletados foram
    analisados à luz da análise de conteúdo, da qual emergiram três categorias: O Estágio
    Curricular Supervisionado como lócus da profissionalização; Percepções sobre os fatores
    dificultadores do desenvolvimento da aprendizagem durante o Estágio em AC; Percepções
    sobre os fatores facilitadores do desenvolvimento da aprendizagem durante o Estágio em AC.
    Os caminhos apontados pelos discursos de egressos e da gestão do curso de Farmácia
    revelaram que ocorrem oportunidades de estabelecimento de relações entre teoria e prática no
    cotidiano profissional do Estágio em AC. Porém, indicaram também, de forma enfática, a
    necessidade de promover iniciativas de reflexão e avaliação das práticas desenvolvidas no
    estágio, em consonância com os objetivos formativos do curso, por meio de planejamento
    conjunto das atividades, bem como investimentos em desenvolvimento docente dos
    preceptores. Tomando-se por base essa avaliação do estágio, pode-se concluir que existem
    aspectos passíveis de realinhamento e fornece subsídios concretos para a melhoria da
    qualidade do currículo do curso de graduação, cenário deste estudo. Nesse sentido,
    desenvolveu-se, com base nas sugestões emitidas pelos egressos participantes desta pesquisa,
    a construção de um produto de intervenção, um relatório técnico conclusivo de pesquisa.
    Neste produto, defende-se o investimento na preceptoria por meio de um programa –
    “Conhecer, Planejar, Capacitar e Avaliar: Programa de Valorização da Preceptoria do
    Estágio em Análises Clínicas” (PVP) – como sugestão aos gestores do curso. O título deixa
    claro os propósitos e a sequência de intenções do projeto, o qual abrange quatro fases: a
    primeira, tornar conhecido dos preceptores o Projeto Político Pedagógico (PPP) do curso que
    norteia a formação; a segunda, fazer o planejamento conjunto do Estágio em AC, baseado nos
    objetivos de aprendizagem que compõem o PPP do curso; a terceira, promover a capacitação
    com base nas demandas dos preceptores; e, finalmente, a quarta fase, avaliar o estágio para
    melhor aperfeiçoamento deste período de formação. Portanto, considera-se que os resultados
    desta pesquisa, bem como o produto gerado, são relevantes para propiciar uma reflexão acerca
    do Estágio Curricular Supervisionado, objetivando o aprimoramento e fortalecimento na
    formação do profissional farmacêutico, focado no cuidado à saúde e na transformação da
    realidade social.

11
  • NEWTON DE BARROS MELO NETO
  • PRONTUÁRIO ELETRÔNICO COMO RECURSO PEDAGÓGICO PARA OS CURSOS DE SAÚDE

  • Orientador : ANTONIO CARLOS SILVA COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO CARLOS SILVA COSTA
  • LÚCIA DE MENDONÇA RIBEIRO SILVA
  • MARIA DE LOURDES FONSECA VIEIRA
  • Data: 04/09/2020

  • Mostrar Resumo
  • O Trabalho Acadêmico de Conclusão de Curso (TACC) teve o objetivo avaliar a utilização do Prontuário Eletrônico (PE) como recurso pedagógico. A metodologia utilizada foi quantitativa, através da aplicação de um questionário estruturado e validado previamente, contendo questões fechadas e abertas, abordando sobre a satisfação em relação ao PE implantado no serviço, a avaliação dessa ferramenta como recurso pedagógico e o envolvimento no processo ensino-aprendizagem. Participaram da pesquisa 110 residentes, sendo 70 do programa de residência médica e 40 da residência multiprofissional. Os resultados da pesquisa são apresentados em um artigo original intitulado: Prontuário Eletrônico como Recurso Pedagógico: Percepção dos Residentes de um Hospital Universitário. A maior parte dos residentes eram do sexo feminino, concluíram a graduação em instituições públicas, entre os anos de 2003 e 2019, sendo a média de idade 28 anos, esse perfil possibilitou classificar os participantes como uma geração que possui domínio dos recursos tecnológicos, denominada geração Y. Quando analisada a familiaridade com o PE, 44,5%, afirmaram que o primeiro contato com esta ferramenta se deu apenas na residência e 90,9% alegaram que durante a graduação nenhuma disciplina trabalhou com o PE. Os residentes reconheceram a relevância das informações geradas no PE para o processo de aprendizagem e a importância de ser utilizado como ferramenta de ensino. Conclui-se que é necessário desenvolver a competência digital dos discentes, para que possam ter um olhar crítico e reflexivo dos registros eletrônicos, e para tanto, o PE precisa ser reconhecido e adotado pelos docentes como recurso pedagógico. A identificação de lacunas na adoção do PE no processo de aprendizagem nos cursos de saúde, despertou para o desenvolvimento de dois produtos de intervenção: a criação de um aplicativo eletrônico, na forma de protótipo, denominado “prontuário eletrônico de aprendizagem”, para ser utilizado na graduação como uma plataforma interativa entre docentes, discentes e preceptores e a produção de um vídeo explicativo direcionado para os docentes, abordando a importância do PE no cenário de prática e as possibilidades de utilização como recurso pedagógico.
     

  • Mostrar Abstract
  • O Trabalho Acadêmico de Conclusão de Curso (TACC) teve o objetivo avaliar a utilização do Prontuário Eletrônico (PE) como recurso pedagógico. A metodologia utilizada foi quantitativa, através da aplicação de um questionário estruturado e validado previamente, contendo questões fechadas e abertas, abordando sobre a satisfação em relação ao PE implantado no serviço, a avaliação dessa ferramenta como recurso pedagógico e o envolvimento no processo ensino-aprendizagem. Participaram da pesquisa 110 residentes, sendo 70 do programa de residência médica e 40 da residência multiprofissional. Os resultados da pesquisa são apresentados em um artigo original intitulado: Prontuário Eletrônico como Recurso Pedagógico: Percepção dos Residentes de um Hospital Universitário. A maior parte dos residentes eram do sexo feminino, concluíram a graduação em instituições públicas, entre os anos de 2003 e 2019, sendo a média de idade 28 anos, esse perfil possibilitou classificar os participantes como uma geração que possui domínio dos recursos tecnológicos, denominada geração Y. Quando analisada a familiaridade com o PE, 44,5%, afirmaram que o primeiro contato com esta ferramenta se deu apenas na residência e 90,9% alegaram que durante a graduação nenhuma disciplina trabalhou com o PE. Os residentes reconheceram a relevância das informações geradas no PE para o processo de aprendizagem e a importância de ser utilizado como ferramenta de ensino. Conclui-se que é necessário desenvolver a competência digital dos discentes, para que possam ter um olhar crítico e reflexivo dos registros eletrônicos, e para tanto, o PE precisa ser reconhecido e adotado pelos docentes como recurso pedagógico. A identificação de lacunas na adoção do PE no processo de aprendizagem nos cursos de saúde, despertou para o desenvolvimento de dois produtos de intervenção: a criação de um aplicativo eletrônico, na forma de protótipo, denominado “prontuário eletrônico de aprendizagem”, para ser utilizado na graduação como uma plataforma interativa entre docentes, discentes e preceptores e a produção de um vídeo explicativo direcionado para os docentes, abordando a importância do PE no cenário de prática e as possibilidades de utilização como recurso pedagógico.
     
12
  • LAISE CARLA LIRA DE JESUS
  • INTERDISCIPLINARIDADE DO ENSINO NA SAÚDE NA PRECEPTORIA DO PET-SAÚDE/GRADUASUS

  • Orientador : JEFFERSON DE SOUZA BERNARDES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JEFFERSON DE SOUZA BERNARDES
  • DIVANISE SURUAGY CORREIA
  • BARBARA PATRICIA DA SILVA LIMA
  • Data: 27/10/2020

  • Mostrar Resumo
  • Este Trabalho Acadêmico de Conclusão de Curso (TACC) do Programa de Pós-Graduação de Ensino na Saúde (PPES) pertencente à Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Alagoas é constituído das seguintes seções: apresentação; dissertação, baseada na pesquisa intitulada “Interdisciplinaridade do ensino na saúde na preceptoria do PET-Saúde/GraduaSUS”; e dois produtos educacionais, ligados diretamente à dissertação. Ao final, são apresentadas as considerações gerais do TACC e disponibilizados os apêndices e anexos. Na apresentação são delineadas as motivações pessoais que levaram à pesquisa. A dissertação, construída tendo como base o Construcionismo Social, apresentou como principal objetivo investigar as controvérsias nas conversas entre os/as preceptores/as do Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde/GraduaSUS (PET-Saúde/GraduaSUS) sobre interdisciplinaridade do ensino na saúde. A pesquisa foi realizada com preceptores do programa (PET-Saúde/GraduaSUS/ 2016-2018) de uma universidade pública do interior de Alagoas, sendo utilizada como produção da informação a técnica da Roda de Conversa. As informações foram analisadas tendo como fundamento as práticas discursivas, oferecendo como resultados cinco conjuntos de sentidos: perfil formativo; interdisciplinaridade; processos de formação; relações de poder; desafios. Como produtos foram escritos: um infográfico sobre Rodas de Conversa e um artigo de revisão integrativa sobre interdisciplinaridade no contexto do PET-Saúde. Este estudo procura contribuir no entendimento sobre interdisciplinaridade no contexto do ensino na saúde, bem como na formação de preceptores, colaborando para ampliação e fortalecimento da integração ensino-serviço-comunidade, na perspectiva de aproximar os profissionais de saúde da universidade, corresponsabilizando-se na formação de discentes críticos e construtores do fazer coletivo nos cenários de práticas do Sistema Único de Saúde (SUS).

     


  • Mostrar Abstract
  • This Academic Course Completion Work (TACC) of the Graduate Program in Health Education (PPES) belonging to the Faculty of Medicine of the Federal University of Alagoas consists of the following sections: presentation; dissertation, based on the research entitled “Interdisciplinarity of teaching in the health in the preceptorship of the PET-Health/GraduaSUS”; and two education products, directly linked to the dissertation. At the end, the general considerations of the TACC are presented and the appendices and annexes are made available. In the presentation, the personal motivations that led to the research are outlined. The dissertation, built on the basis of Social Constructionism, had as its main objective to investigate the controversies in the conversations between the preceptors of the Education through Work Program for Health/ GraduaSUS (PET-Health/GraduaSUS) on interdisciplinarity of teaching in Cheers. The research was carried out with preceptors of the program (PET-Health/GraduaSUS / 2016-2018) from a public university in the interior of Alagoas, using the Conversation Wheel technique to the produce the information. The information was analyzed based on discursive practices, offering five sets of meanings as a result: formative profile; interdisciplinarity; training processes; power relations; challenges. As products were written: a infographic on Conversation Wheels and an integrative review article on interdisciplinarity in the context of PET-Health.This study seeks to the contribute to the understanding of interdisciplinarity and its implications in the context of health education, as well as in the training of preceptors in the interior of Alagoas, collaboration to expand and strengthen the teaching-service-community integration, with a view to bringing health professionals closer together university and co-responsible for the critical students and builders collective action in the scenarios of practices of the Unified Health System (SUS).

13
  • ISABELLE CRISTINA DE OLIVEIRA VIEIRA
  • ANÁLISE DO CONHECIMENTO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS ADQUIRIDOS DOS RESIDENTES MULTIPROFISSIONAIS EM SAÚDE

  • Orientador : ANTONIO CARLOS SILVA COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO CARLOS SILVA COSTA
  • LUCY VIEIRA DA SILVA LIMA
  • LAÍS HENRIQUE PACHECO
  • Data: 30/10/2020

  • Mostrar Resumo
  • Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), é obrigatório, um programa de educação continuada para os trabalhadores e todos os envolvidos nas atividades de gerenciamento de resíduos, mesmo que sejam trabalhadores que atuem temporariamente ou sem vínculo empregatício (parentes de enfermos), a fim de orientar, motivar, conscientizar e informar permanentemente a todos os envolvidos sobre os riscos e procedimentos adequados de manejo de resíduos, de acordo com os preceitos do gerenciamento de resíduos. Isso deve ocorrer nos estabelecimentos cujas atividades envolvam qualquer etapa do gerenciamento dos resíduos de serviços de saúde, sejam eles públicos e privados, filantrópicos, civis ou militares, incluindo aqueles que exercem ações de ensino e pesquisa. Estudos ressaltam que profissionais da área da saúde não saem de suas graduações com competências necessárias ou suficientes para gerenciarem os resíduos produzidos decorrentes de suas práticas assistenciais. À luz desses fatos, este estudo teve por objetivo avaliar se o tema é abordado em um Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Família, visto que os programas de residência são orientados pelos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS), a partir das necessidades e realidades locais e regionais. Trata-se de um estudo exploratório de abordagem qualitativa do tipo instantâneo na análise da situação. Foi utilizada a técnica de grupo focal para coleta de dados. Fizeram parte do estudo oito residentes de um Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Família de uma Instituição de Ensino Superior (IES) pública de Maceió, Alagoas. Entre os residentes que participaram da pesquisa com idades compreendidas entre 24 e 31 anos, na data da coleta, 50% eram do sexo feminino e 50% do sexo masculino. Apenas um dos entrevistados possuía mais de uma graduação, sendo ambas na área da saúde, e 37, 5% dos residentes já apresentavam uma pós-graduação lato sensu em saúde. O material resultante das transcrições foi classificado segundo conjuntos de categorias analíticas de Bardin. Como resultados, surgiram as seguintes categorias temáticas, em resposta ao objeto de estudo: segregação dos Resíduos de Serviços de Saúde (RSS), classificação dos RSS e Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde (PGRSS). Detectou-se a importância da inclusão do tema nos cursos de graduação nas áreas da saúde e meio ambiente e em especial nas residências multiprofissionais em saúde, pois as mesmas são voltadas para a educação em serviço. De acordo com a fala dos profissionais e a análise de pesquisas sobre o tema, fica evidente a fragilidade, o despreparo ou falta de domínio dos preceptores do serviço quanto ao gerenciamento de resíduos nos espaços de prática e a inexistente ou insuficiente abordagem do tema pelos docentes durante a graduação. Conclui-se que a habilitação do preceptor em Ensino Superior na Saúde desponta como uma grande ferramenta de transformação da educação em saúde no país capacitando os discentes para o desenvolvimento de habilidades e competências imprescindíveis aos profissionais de saúde para uma efetiva participação na elaboração de um Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde(PGRSS), conhecimento das legislações e boas práticas relativas aos Resíduos de Serviços de Saúde (RSS), e por conseguinte de suas responsabilidades no que diz respeito à saúde humana e animal, proteção ao meio ambiente e aos recursos naturais renováveis, motivando assim, a formação de profissionais conscientes das suas responsabilidades sociais e ambientais.


  • Mostrar Abstract
  • According to the National Health Surveillance Agency (ANVISA), a continuing education program is mandatory for workers and everyone involved in waste management activities, even if they are workers who work temporarily without a job or even relatives of the sick. That it is important in order to guide, motivate, raise awareness and permanently inform everyone involved about the risks and appropriate waste management procedures, in accordance with the precepts of waste management. This should occur in establishments whose activities involve any stage of health care waste management, be they public and private, philanthropic, civil or military, including those that carry out teaching and research actions. Studies point out that health professionals do not leave their graduations with the necessary or sufficient skills to manage the health-care waste produced because of their care practices. Therefore, this study aimed to assess whether this topic is addressed in a Multiprofessional Family Health Residency Program, since residency programs should followprinciples and guidelines of the Unified Health System (SUS), based on local and regional needs and reality. This study is an exploratory study with a qualitative approach. I used the focus group technique for data collection. The sample included eight residents of a Multiprofessional Family Health Residency Programof a public Higher Education Institution (HEI) in Maceió, Alagoas. The residents who participated in the survey were between 24 and 31 years old, on the date of collection, 50% were female and 50% male. Only one of the interviewees had more than one degree, both in the health field, and 37.5% of the residents already had a lato sensu postgraduate course in health. I classified the material resulting from the transcriptions according to sets of Bardin’s analytical categories. As a result, the following thematic categories emerged, in response to the object of study: segregation of Health Services Waste (RSS), classification of RSS and Health Services Waste Management Plan (PGRSS). The importance of including the theme in undergraduate courses in the health and environment areasespecially in Multiprofessionalhealth residency programs, as they focus on in-service education. According to the professionals’ speeches and the topicresearch analysis, it is evident fragility, unpreparedness and/or service preceptors’ lack of mastery regarding to health-care waste management in practice locations and inexistent or insufficient approach of the theme by professors during graduation. We concluded that preceptor’s qualification in Health Higher Education emerges as a great tool for the transformation of health education in the country. That would enable students to develophealth care professionals’essential skills and competencies for an effective participation in the elaboration of a Plan Health Services Waste Management (PGRSS), knowledge of legislation and good practices related to Health Services Waste (RSS). In addition, it would allow the enhancing of their responsibilities with regard to human and animal health, protection of the environment and renewable natural resources, thus motivating the training of professionals aware of their social and environmental responsibilities.

14
  • SHIRLEIDE MARTINS CAVALCANTE DE MORAIS
  • REDUÇÃO DE DANOS: o conhecimento dos estudantes de Enfermagem e Medicina

  • Orientador : DIVANISE SURUAGY CORREIA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DIVANISE SURUAGY CORREIA
  • JEFFERSON DE SOUZA BERNARDES
  • MARIA LUSIA DE MORAIS BELO BEZERRA
  • Data: 10/11/2020

  • Mostrar Resumo
  • Este Trabalho Acadêmico de Conclusão de Curso (TACC) teve como objetivo principal levantar o conhecimento sobre a estratégia de Redução de Danos (RD) entre estudantes dos cursos de Enfermagem e Medicina de uma universidade pública em Maceió. Trata-se de uma pesquisa qualitativa realizada com uma amostra de 28 estudantes dos cursos de Enfermagem do 8° período, com 16 participantes e Medicina do 11º período com 12 participantes, em 2019. Foram realizados dois grupos focais com a participação de um moderador, observador e dos estudantes, empregando-se um roteiro com sete questões norteadoras. As falas foram gravadas, transcritas e os conteúdos textuais foram processados no software IRAMUTEQ. Foram geradas 6 classes após a análise: classe 1: Política de álcool e outras drogas; classe 2: Aprendizagem sobre o tema; classe 3: Abordagem do tema no curso, classe 4 denominada: Estratégia de redução de danos; classe 5: A compreensão do conceito de redução de danos e classe 6: Discussão do tema redução de danos durante a graduação. Observou-se que os pesquisados detêm conhecimentos sobre Redução de Danos, necessitando de reforço na discussão do tema na graduação. A partir destes resultados será escolhido como produto educacional a realização de um webinário sobre Redução de danos, onde será discutido e compartilhado conhecimento sobre conceito, história, perspectivas, atualidades e práticas no ensino nas instituições de ensino superior (IES). Espera-se que o webinário possa servir para atualizações a respeito da temática e como fonte de pesquisa.


  • Mostrar Abstract
  • This Academic Course Completion Work (TACC) had as main objective to investigate
    the knowledge about the Harm Reduction (RD) strategy among students of Nursing
    and Medicine courses at a public university in Maceió. This is a qualitative research
    conducted with a group of 28 students (16 from the undergraduate nursing course
    and 12 from the undergraduate medical course), in 2019. Two focus groups were
    held with the participation of a moderator, observer and the students, using a script
    with seven guiding questions. The speeches were recorded, transcribed and the
    textual contents were processed using the IRAMUTEQ software. Six classes were
    generated after the analysis: class 1: Alcohol and other drugs policy; class 2:
    Learning about the topic; class 3: Approach of the theme in the course, class 4
    called: Harm Reduction Strategy; class 5: Understanding the concept of Harm
    Reduction and class 6: Discussion of the topic Harm Reduction during graduation. It
    was observed that the analyzed groups have knowledge on Harm Reduction,
    requiring a better learning on the subject. Based on these results, a webinar on Harm
    Reduction as an educational product was motivated where knowledge about the
    concept, history, current scenario in Brazil and in the world, and approach to teaching
    was discussed and shared. It can thus be used for updates on the subject and as a
    research source.

15
  • JEANNETTE BARROS RIBEIRO COSTA
  • PERCEPÇÕES DE MÉDICOS RESIDENTES SOBRE O PROGRAMA DE RESIDÊNCIA EM PEDIATRIA DE UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO PÚBLICO

  • Orientador : LENILDA AUSTRILINO SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LENILDA AUSTRILINO SILVA
  • FRANCISCO JOSE PASSOS SOARES
  • ANA MARIA CAVALCANTE MELO
  • Data: 18/12/2020

  • Mostrar Resumo
  • A Residência Médica é uma forma de treinamento em serviço a partir do atendimento supervisionado ao paciente. O processo de ensino-aprendizagem na Residência Médica é complexo e dinâmico. Demanda que o residente aprofunde e amplie os significados elaborados mediante sua participação, enquanto requer do preceptor o exercício permanente do trabalho reflexivo, além de disponibilidade para o acompanhamento, realização de pesquisas e práticas do cuidado. O presente estudo pretende contribuir para uma reflexão acerca das metodologias de ensino utilizadas no Programa de Residência Médica. Teve como objetivo analisar a percepção de médicos Residentes sobre o processo de ensino-aprendizagem relacionado ao Programa de Residência Médica de Pediatria de um Hospital Universitário do Nordeste brasileiro. Trata-se de uma pesquisa qualitativa que utilizou para coleta de dados entrevistas semiestruturadas e contou com a participação de doze residentes do Programa de Residência Médica de Pediatria. Os dados foram trabalhados através da análise de conteúdo.Os resultados levaram a identificação de pontos fortes e frágeis do programa de residência médica em Pediatria. Tais resultados viabilizaram a construção de um plano de ação para a capacitação dos preceptores da Residência em questão.Inicialmente foi realizado o planejamento estratégico com a elaboração de uma matriz SWOT fundamentando um plano de ação para capacitação dos preceptores, resultando na realização de uma oficina para apresentação da estratégia de ensino chamada Preceptoria Minuto. Como produto desta pesquisa foi elaborado um relatório técnico-científico contendo todo o processo construtivo acerca da metodologia de ensino utilizada e um manual técnico para facilitar a realização de novas oficinas. Ambos serão apresentados à coordenação da Residência Médica de Pediatria para fomentar a discussão sobre capacitação em ensino para os preceptores.


  • Mostrar Abstract
  • Medical Residency is a form of in-service training based on supervised patient care. The teaching-learning process at the Medical Residency is complex and dynamic. It demands that the resident deepen and expand the meanings elaborated through his participation, while requiring the preceptor to permanently exercise reflective work, in addition to availability for monitoring, conducting research and care practices. This study aims to contribute to a reflection on the teaching methodologies used in the Medical Residency Program. It aimed to analyze the perception of resident physicians about the teaching-learning process related to the Pediatric Medical Residency Program of a University Hospital in Northeast Brazil. This is a qualitative research that used semi-structured interviews for data collection and included the participation of twelve residents of the Pediatric Medical Residency Program. The data were worked through content analysis. The results led to the identification of strengths and weaknesses of the medical residency program in Pediatrics. Such results enabled the construction of an action plan for the training of the preceptors of the Residence in question. First, strategic planning was carried out by elaborating a SWOT matrix and then an action plan for training preceptors, which involved holding a workshop to present the teaching strategy called One Minute Preceptor. As a product of this research, a technical-scientific report was prepared containing the entire constructive process about the teaching methodology used, and a technical manual to facilitate the realization of new workshops. Both will be presented to the coordination of the Medical Residence of Pediatrics to encourage the discussion on training in teaching for preceptors. 

SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2022 - UFAL - sig-app-2.srv2inst1 01/07/2022 19:37