Banca de DEFESA: DANIEL LUIS GOMES ARAUJO



Uma banca de DEFESA DE MESTRADO foi cadastrada pelo programa.

DISCENTE: DANIEL LUIS GOMES ARAUJO
DATA: 08/04/2020
HORA: 09:00
LOCAL: CTEC - Vídeo conferência
TÍTULO:

SENSOR ÓTICO DE BAIXO CUSTO PARA MONITORAMENTO DA QUALIDADE DA ÁGUA: OTIMIZAÃO E VALIDAÇÃO


RESUMO:

O monitoramento da qualidade das águas é uma ferramenta muito utilizada no controle dos corpos hídricos e para avaliar os processos de tratamento de águas de abastecimento e residuárias. Por serem de rápida determinação, os parâmetros físicos cor e turbidez são muito úteis no monitoramento da qualidade da água. Outro parâmetro importante é a clorofila visto que este é uma forma indireta de avaliar a presença de algas em efluentes tratados e em corpos de água devido ao processo de eutrofização. Porém, os métodos laboratoriais para análise desses parâmetros têm pouca praticidade para uso em campo. O uso de sondas de campo capazes de monitorar esses parâmetros continuamente diminui os altos custos associados à coleta, transporte e tratamento laboratorial de amostras, além do tempo necessário para que os resultados sejam disponibilizados. Apesar de algumas sondas não terem a precisão dos equipamentos laboratoriais, ou até de outras soluções de análise de campo, a continuidade do monitoramento produz dados extremamente úteis para a avaliação de eventos transitórios ou que indiquem problemas que precisam de correção imediata. Assim, este trabalho teve como objetivo o desenvolvimento de uma sonda óptica de baixo custo, visando facilitar o monitoramento da qualidade da água, por meio de análises de cor, turbidez e clorofila-a, com a validação de seu uso em um corpo de água natural e numa estação de tratamento de efluente por lagoas de estabilização. Os resultados mostram que o equipamento desenvolvido tem a capacidade de realizar o monitoramento ambiental das características propostas na estação de tratamento de efluentes, desde que este seja devidamente calibrado e sejam respeitadas suas faixas de medição. Os resultados, porém, foram inconclusivos na aplicação do equipamento no ambiente natural, pois, devido à complexidade das características óticas do ecossistema utilizado como modelo.


PALAVRAS-CHAVE:

-


PÁGINAS: 78
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Sanitária
SUBÁREA: Recursos Hídricos

MEMBROS DA BANCA:
Interno(a) - 3081569 - CARLOS EDUARDO DE FARIAS SILVA
Presidente - 1718531 - CARLOS RUBERTO FRAGOSO JUNIOR
Externo(a) à Instituição - DAVID MANUEL LELINHO DA MOTTA MARQUES - UFRGS
Interno(a) - 1121201 - NELIA HENRIQUES CALLADO
Notícia cadastrada em: 01/04/2020 16:15
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2022 - UFAL - sig-app-1.srv1inst1 29/05/2022 09:30