Banca de DEFESA: AMANDA LIMA MORAES DOS SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : AMANDA LIMA MORAES DOS SANTOS
DATA : 25/02/2021
HORA: 14:00
LOCAL: Webconferência
TÍTULO:

Cadeia de Processamento de Mandioca: Tendências Mundiais de Tratamento dos Efluentes e Oportunidades de Melhorias na Linha de Produção de Uma Casa de Farinha no Estado de Alagoas


PALAVRAS-CHAVES:
  1. Análise bibliométrica
  2. Água residuária do processamento de mandioca
  3. Casa de farinha
  4. Produção mais limpa

PÁGINAS: 41
RESUMO:

A cadeia de beneficiamento da mandioca é potencialmente sustentável e pode contribuir ativamente na mudança em direção à economia circular. Neste trabalho, objetivou-se avaliar as tendências mundiais acerca do tratamento da água residuária do processamento de mandioca e identificar oportunidades de melhorias na linha de produção de uma casa de farinha no estado de Alagoas. Para compreender as tendências da pesquisa científica, realizou-se uma análise bibliométrica sobre digestão anaeróbia e produção de biogás utilizando a base de dados Scopus. Para verificar as oportunidades de aperfeiçoamento na cadeia produtiva, avaliou-se a gestão de água, resíduos, efluentes e energia e as emissões de gases de efeito estufa em uma casa de farinha do agreste alagoano. Os resultados mostraram que foram publicados 632 trabalhos sobre o tema ao longo de 41 anos. O interesse das pesquisas cresceu exponencialmente a partir de 2001 e está voltado principalmente para a recuperação de bioprodutos, tais como: metano, biogás, hidrogênio, bio-óleo, bioetanol, ácido propriônico e ácido butírico. O tratamento anaeróbio do efluente já alcançou a escala plena em países como Índia, China e Tailândia. Na casa de farinha, a compreensão dos fluxos de matéria e energia ao longo da cadeia produtiva permitiu identificar etapas com deficiência e apontar melhorias como o tratamento de efluentes, reuso da água residuária e substituição da fonte de energia térmica. No cenário melhorado, houve diminuição de 25% do consumo de eletricidade e de 34% das emissões relacionadas a queima de biomassa para alimentar os fornos utilizados para torrar farinha.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1272239 - DANIELE VITAL VICH
Interna - 1121201 - NELIA HENRIQUES CALLADO
Interna - 1644323 - KARINA RIBEIRO SALOMON
Externo à Instituição - THEO SYRTO OCTAVIO DE SOUZA - USP
Notícia cadastrada em: 03/02/2021 19:12
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2022 - UFAL - sig-app-1.srv1inst1 29/05/2022 08:57