Banca de DEFESA: IVA EMANUELLY PEREIRA LIMA



Uma banca de DEFESA DE MESTRADO foi cadastrada pelo programa.

DISCENTE: IVA EMANUELLY PEREIRA LIMA
DATA: 24/07/2020
HORA: 09:00
LOCAL: Sala virtual meet.google.com/jgq-yzbi-ytc
TÍTULO:

ESTUDO E PROPOSTA DE UM MODELO DE CÁLCULO REFERENTE À FORÇA RESULTANTE RESISTENTE DAS FIBRAS EM UM CONCRETO FIBROSO FLUIDO


RESUMO:

Os concretos reforçados com fibras (CRF) apresentam uma menor propagação de fissuras e, consequentemente, promovem para o compósito um acréscimo de tenacidade e resistência residual. Apesar disso, o aumento dessa capacidade só acontece se o concreto for dosado e aplicado de maneira adequada e, para isso, existem códigos de referência que estabelecem aspectos de controle tecnológico e de dimensionamento para o uso do CRF. No entanto, nesses documentos, ao que refere-se a um dos aspectos de dimensionamento, a parcela de força resultante resistente das fibras é descrita para algumas aplicações específicas, onde faz-se a consideração de que a carga máxima corresponde a carga de fissuração, o que pode não se aplicar para concretos que possuam uma orientação preferencial das fibras. Diante disso, sabendo da significativa mudança que a orientação das fibras pode proporcionar, e a fim de determinar a força resultante resistente das fibras na parte tracionada de um concreto fibroso fluido, apresenta-se um estudo relacionado a proposição de um modelo de cálculo de CRF fundamentado nessa definição. O estabelecimento desse modelo foi obtido com base na teoria de flexão em vigas, a partir do ensaio de flexão a três pontos normatizado pela EN 14651 (2007), onde foram utilizadas uma amostra de concreto reforçado com fibras de aço (CRFA) e outra amostragem produzida com fibras poliméricas (CRFP). De acordo com o estudo realizado, verificou-se que o valor de carga máxima não correspondeu ao valor de carga de fissuração para nenhuma viga em análise e, de modo geral, percebeu-se que as cargas são estatisticamente diferentes entre si. Com base nessa diferença, definiu-se analiticamente o posicionamento da linha neutra da estrutura e determinou-se, a partir de equações de equilíbrio, um modelo de cálculo referente à força resultante resistente das fibras na parte tracionada do concreto. A partir disso, os valores obtidos por meio do modelo proposto foram comparados com os resultados determinados em conformidade com o FIB Model Code 2010 (2013) e de acordo com o ACI 544.8R (2016), onde verificou-se que os resultados apresentaram variações. A fim de investigar essas dispersões, fez-se uma análise dos parâmetros de sensibilidade das equações e conclui-se que o modelo de cálculo proposto não apresenta nenhum parâmetro de influência no contexto analisado, o que evidenciou que a equação analítica desenvolvida neste trabalho pode ser preliminarmente validada para o dimensionamento de elementos estruturais de CRF.


PALAVRAS-CHAVE:

Concreto Reforçado com Fibras; Orientação Preferencial das Fibras; Força Resultante Resistente das Fibras; Dimensionamento de Elementos de CRF.


PÁGINAS: 155
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia Civil
SUBÁREA: Estruturas
ESPECIALIDADE: Mecânica das Estruturas

MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1121075 - ALINE DA SILVA RAMOS BARBOZA
Interno(a) - 1121792 - FLAVIO BARBOZA DE LIMA
Externo(a) à Instituição - GUSTAVO HENRIQUE SIQUEIRA - UNICAMP
Notícia cadastrada em: 20/07/2020 09:21
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2022 - UFAL - sig-app-2.srv2inst1 11/08/2022 23:18