Banca de DEFESA: SAMARA THAÍS LIMA RAMOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : SAMARA THAÍS LIMA RAMOS
DATA : 03/03/2022
HORA: 09:00
LOCAL: Sala virtual de videoconferência
TÍTULO:

Análise comparativa de métodos de verificação de carregamentos em OAE visando à emissão de autorização especial de trânsito.


PALAVRAS-CHAVES:

Pontes rodoviárias. Autorização especial de trânsito. Carregamento máximo em pontes.


PÁGINAS: 156
RESUMO:

Visando desenvolver uma avaliação comparativa dos princípios para análise de cargas em pontes, este trabalho propõe-se a realizar a verificação estrutural de uma obra de arte especial – OAE, mediante o estudo das cargas móveis adotadas pelas normativas brasileira (NBR 7188:2013), americanas (AASHTO: 2002 e 2020) e europeia (Eurocode 1: 2003). A verificação das cargas solicitantes, geradas por meio dos carregamentos móveis descritos nas respectivas normas, foi realizada sobre a ponte do rio Croatá, localizada na BR-423/AL, município do Canapi/AL, observando os limites de peso e dimensões, relacionados a veículos de carga nas rodovias brasileiras, estabelecidos pelas resoluções do Conselho Nacional de Trânsito – CONTRAN. As informações de projeto da ponte foram disponibilizadas pelo DNIT/AL, viabilizando a avaliação dos esforços solicitantes gerados pelos carregamentos de projeto descritos nas normas referidas e por um trem-tipo especial de carga. Empregou-se modelagem numérica, através do método dos elementos finitos – MEF, para analisar os efeitos da passagem dos trens-tipo, determinando-se as solicitações máximas geradas na superestrutura com a passagem dos trens-tipo, comparando-as e aplicando as determinações estabelecidas nas normativas. Fazendo uso dos esforços solicitantes oriundos da análise numérica, aplicou-se aos resultados obtidos a metodologia estabelecida pelo DNIT para elaboração das concessões de Autorizações Especiais de Trânsito – AET, a qual estabelece os critérios de verificação de segurança estrutural em pontes rodoviárias. Por meio deste estudo, concluiu-se que a OAE em discussão se encontra em condições estruturais adequadas para a passagem dos carregamentos especiais e dos carregamentos das normas internacionais, cujos fatores de segurança apresentados nas verificações são superiores à unidade. Concluiu-se ainda que a normativa brasileira, em contraste com as normas internacionais, apresentou no caso analisado valores de fatores de segurança maiores durante a verificação estrutural.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1640290 - WAYNE SANTOS DE ASSIS
Interno - 1121792 - FLAVIO BARBOZA DE LIMA
Externo à Instituição - HUDSON CHAGAS DOS SANTOS - UFPI
Notícia cadastrada em: 15/02/2022 11:39
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2022 - UFAL - sig-app-2.srv2inst1 02/07/2022 08:12