Banca de QUALIFICAÇÃO: CLARISSIANE SERAFIM CARDOSO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : CLARISSIANE SERAFIM CARDOSO
DATA : 21/07/2021
HORA: 14:00
LOCAL: Google Meet
TÍTULO:

Investigação de um Cimento de Ionômero de Vidro modificado a partir da incorporação de Hidróxido Duplo Lamelar Fluoretado (HDL-F): um estudo in vitro e in silico


PALAVRAS-CHAVES:

fluoreto; hidróxido duplo lamelar; cimento de ionômero de vidro


PÁGINAS: 105
RESUMO:

O estudo objetivou desenvolver um cimento de ionômero de vidro (CIV) convencional híbrido a partir da incorporação de uma argila do tipo hidróxido duplo lamelar fluoretado (HDL-F) nas concentrações 1, 2, 5 e 10% em peso, visando melhorias na resistência mecânica, antimicrobianda e de perfil de liberação de fluoreto (F-). Foram confecionados corpos de prova (6 x 4mm), os quais foram triturados e tamizados para obtenção do pó e posterior caracterização através das técnicas de difração de raios-X (DRX), espectroscopia de infravermelho com transformada de Fourier (FTIR) e espectrometria de fluorescência de raios X por energia dispersiva (EDX). Para avaliação mecânica foi realizado o teste de compressão axial segundo a norma ISO 9917-1:2007. Para análise de liberação de F- os espécimes foram submersos em água deionizada, a qual foi substituída nos tempos pré-estabelecidos de 6h, 1, 2, 3, 5, 7, 14 e 21 dias.  A solução obtida foi reservada pra quantificação do F- por elétrodo específico desse íon. Os perfis de liberação foram avaliados utilizando modelos cinéticos do tipo: ordem zero, primeira ordem, Higuchi e Korsmeyer-Peppas. A análise in silico foi realizada visando validar a análise mecância in vitro. Os grupos ficaram assim designados: CIV/HDL-F 1; CIV/HDL-F 2; CIV/HDL-F 5, CIV/HDL-F 10 e o grupo controle isento da argila: G0 = CIV, com variações de acondicionamento dos corpos de prova (temperatura, tempo e umidade). De modo estrutural, a argila apresentou-se cristalina diferente do CIV e dos produtos híbridos que seguiram um padrão amorfo. Bandas espectrais foram observadas no FTIR características dos materiais estudados. A análise elementar de EDX revelou a predominância do magnésio e alumínio para a argila e para o cimento foi visto o cálcio, silício, alumínio, fósforo e sódio. Para os produtos, além destes, o magnésio se fez presente, caracterizando a presença da argila nos compósitos. A análise de compressão axial revelou produtos híbrido menos resistentes em relação ao controle. A liberação de fluoreto para os produtos revelou uma liberação lenta e sustentada e o modelo cinético que mais se ajustou foi o de Korsmeyer-Peppas com formulações do tipo Fick e não Fick de difusão lenta através da camada externa do material. Concluiu-se que os civ’s híbridos foram facilmente obtidos e caracterizados, apresentando um bom comportamento de liberação de fluoreto podendo vir a ser um forte aliado na prática clínica com vistas a redução de lesões iniciais e secundárias de cárie.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1527220 - CAMILA BRAGA DORNELAS
Interna - 2022362 - ANA CATARINA REZENDE LEITE
Externa ao Programa - 1885138 - ISABEL CRISTINA CELERINO DE MORAES PORTO
Externa ao Programa - 1582140 - KAROLINE ALVES DE MELO MORAES
Externo ao Programa - 1797785 - LUCAS MEILI
Notícia cadastrada em: 20/07/2021 12:53
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2024 - UFAL - sig-app-3.srv3inst1 13/07/2024 12:32