PPGCS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS DA SAÚDE INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE Telefone/Ramal: Não informado

Banca de DEFESA: ELLYDA FERNANDA LOPES COSTA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ELLYDA FERNANDA LOPES COSTA
DATA : 30/11/2021
HORA: 14:00
LOCAL: Google Meet
TÍTULO:

EFEITO DO LÍTIO NA MODULAÇÃO DE COMPORTAMENTO SIMILAR À MANIA INDUZIDO POR VARIAÇÕES DE FOTOPERÍODO


PALAVRAS-CHAVES:

Transtorno Bipolar; Suicídio; Fotoperíodo; Lítio; Ritmos Circadianos.


PÁGINAS: 43
RESUMO:

O transtorno bipolar (TB) é um transtorno do humor crônico que afeta aproximadamente 2 a 3% da população global. A mania é uma característica fundamental do TB e é caracterizada por sintomas como exposição ao risco e tomada de decisão prejudicada. Estudos epidemiológicos mostram maior ocorrência de internações por episódios maníacos em períodos de aumentos acentuados da duração da fotofase em um dia, ou fotoperíodo. De forma consistente, estudos preliminares realizados por nosso grupo indicam que um aumento gradual do fotoperíodo está associado a um comportamento semelhante a mania em camundongos C57BL / 6. A hipótese é que variações graduais no fotoperíodo modulam os ritmos circadianos em regiões do cérebro associadas a transtornos de humor. O lítio (Li) é um estabilizador de humor usado no tratamento de transtornos bipolares em humanos com propriedades antimaníacas e antidepressivas. Além disso, o tratamento com Li modula o comportamento relacionado ao humor em roedores. O objetivo deste trabalho é validar a modelo animal do tipo mania induzida por mudanças fotoperiódicas por meio de testes farmacológicos com lítio. Os animais utilizados no presente estudo foram camundongos machos C57BL/6J, distribuídos em três grupos: (1) Fotoperíodo equatorial (Eq), (2) DTM (Daylength Transition Model) e (3) DTM-Li. Os animais do grupo  Eq foram expostos ao CE12:12. O grupo DTM foi composto por camundongos expostos a um regime de variações fotoperiódicas graduais (30min no início e 30min no final da fase de luz / dia) partindo de 08h: 16h CE até 16h: 8h CE, com ração e água ad libitum. Os animais do grupo DTM-Li foram submetidos ao mesmo protocolo fotoperiódico, com Cloreto de Lítio administrado em água potável por oito dias, do primeiro ao último dia do regime DTM. Os testes de Labirinto em Cruz Elevado, Campo Aberto, Nado Forçado e Placa com furos, foram realizados para avaliar hiperatividade, ansiedade, comportamento de risco, depressão, dentre outros. Os dados foram analisados pela ANOVA (com teste post-hoc de Tukey), utilizando software prism 8, com valor de significância de P <0,05 e intervalo de confiança de 95%. O grupo DTM-Li apresentou diminuição da exposição ao risco, comportamento exploratório e de hiperlocomoção quando comparado ao DTM e semelhante ao grupo controle. Os achados demonstram que a administração de lítio estabiliza o humor e previne o comportamento similar à mania observado na condição experimental. Este estudo contribui para o estabelecimento de um novo modelo de transtorno bipolar baseado na manipulação da luz ambiente.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1544773 - TIAGO GOMES DE ANDRADE
Interno - 1974414 - OLAGIDE WAGNER DE CASTRO
Externo à Instituição - GEISON SOUZA IZÍDIO - UFSC
Notícia cadastrada em: 27/11/2021 09:48
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2022 - UFAL - sig-app-1.srv1inst1 28/01/2022 15:50