Banca de DEFESA: BRUNA BRANDAO DOS SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : BRUNA BRANDAO DOS SANTOS
DATA : 05/12/2022
HORA: 09:00
LOCAL: virtual
TÍTULO:

PERFIL SOCIODEMOGRÁFICO, DE SAÚDE MENTAL E GENÉTICO DOS SNPs IL-10 -819 C>T
(rs1800871), TNFA -308 G>A (rs1800629) E 5-HTT (rs2020933 A>T) EM USUÁRIOS DE ÁLCOOL.



PALAVRAS-CHAVES:

Transtornos Relacionados ao Uso de Álcool; Transtornos Mentais; Polimorfismo Genético; Serotonina.



PÁGINAS: 105
RESUMO:

O uso de substâncias psicoativas é considerado um problema de saúde em todo o mundo, dentre estas substâncias está o álcool. Além disso, estudos apontam uma relação entre o uso de álcool e transtornos de saúde mental. Do ponto de vista do gênero, o uso de álcool pela mulher está ligado a fatores sociais e de estigmatização. Diversos neurotransmissores e suas respectivas vias estão envolvidos nos efeitos causados pelo álcool no organismo, tais como: serotoninérgica, gabaérgica e glutamatérgica. Nesse sentido, ressalta-se que polimorfismos podem estar envolvidos na susceptibilidade ou proteção ao uso de álcool. Diante disso, o objetivo deste estudo é analisar as características sociodemográficas, de saúde mental e genéticas dos polimorfismos nos genes IL-10 -819 C>T (rs1800871), TNFA -308 G>A (rs1800629)   e 5-HTT (rs2020933) em indivíduos em uso de álcool. Tratou-se de um estudo transversal com usuários de álcool. A identificação dos genótipos dos genes: IL-10 -819 C>T (rs1800871), TNFA -308 G>A (rs1800629) e 5-HTT (rs2020933 A>T) foi determinada por meio de reação de cadeia da polimerase em tempo real (qPCR). Para análise estatística foi utilizado o software IBM SPSS versão 22.0. Valores de p menores que 0,05 foram considerados estatisticamente significativos. O estudo foi composto por um total de 91 indivíduos, sendo 31 pertencentes ao grupo caso, usuários de álcool, e 60 ao grupo controle (não usuários de álcool). Quanto às características sociodemográficas, a média de idade foi 29,8 anos nas mulheres e 32,9 anos em homens. A maioria reside em zona urbana, casa ou apartamento próprio, solteiro e pardo. Foram identificados altos níveis de impulsividade e agressividade. os transtornos mentais mais prevalentes na população estudada foram: Episódio depressivo maior atual 84,2% (n=16), risco de suicídio 63,1% (n=11), Transtorno de personalidade antissocial 73,6% (n= 14) e ansiedade generalizada 52,6% (n=10). Para o polimorfismo TNFA -308 G>A (rs1800629) e 5-HTT (rs2020933) não foram encontrados valores estatisticamente significantes, já para o polimorfismo IL-10 (-819 C>T) o alelo T (18,2%) foi associado a redução do risco para o consumo de álcool nas mulheres (RC= 0,203; IC=0,638; p=0,011).



MEMBROS DA BANCA:
Interno(a) - 1867374 - ELAINE VIRGINIA MARTINS DE SOUZA FIGUEIREDO
Externo(a) ao Programa - 089.718.494-79 - ANA CAROLINE MELO DOS SANTOS
Externo(a) ao Programa - 2550274 - RENISE BASTOS FARIAS DIAS
Notícia cadastrada em: 10/11/2022 15:29
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2024 - UFAL - sig-app-4.srv4inst1 13/07/2024 12:55