Banca de DEFESA: GABRIELA FERREIRA DE SOUZA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : GABRIELA FERREIRA DE SOUZA
DATA : 28/02/2023
HORA: 16:30
LOCAL: Instituto de Ciências Biológicas e da Saúde, ICBS
TÍTULO:

AVALIAÇÃO DOS EFEITOS ALUCINÓGENOS E ANTIDEPRESSIVOS DAS FENETILAMINAS SUBSTITUÍDAS 25I-NBOME E 25I-NBOH EM CAMUNDONGOS SWISS


PALAVRAS-CHAVES:

25I-NBOMe, 25I-NBOH, alucinógenos, antidepressivo


PÁGINAS: 42
RESUMO:

As novas substâncias psicoativas (NPS, do inglês new psychoactive substances) surgiram no mercado ilegal como alternativa às drogas controladas ou ilícitas. Tamanha é a diversidade e a complexidade das NPS que muitos dos usuários não tem a real noção da susbtância que está utilizando. Dentro desse variado grupo de substâncias encontram-se as fenetilaminas substituídas 25I-NBOMe e 25I-NBOH, que são alucinógenos sintéticos com ação serotoninérgica. As substâncias alucinógenas são comumente relatadas e vistas pela sociedade como drogas de abuso, contudo estudos vêm mostrando cada vez mais a possibilidade de sua utilização para tratamento de condições mentais, como a depressão. Diante dessas possibilidades e sabendo que, até o presente momento, não há relatos de um possível efeito antidepressivo das 25I-NBOMe e 25I-NBOH, buscamos avaliar os efeitos alucinógenos e antidepressivos da administração intraperitoneal (i.p.) das fenetilaminas 25I-NBOMe e 25I-NBOH na resposta de contração da cabeça (HTR, do inglês head twitch response) e no tempo de imobilidade, quando avaliados nos testes do campo aberto (CA) e do nado forçado (TNF), respectivamente, em camundongos Swiss fêmeas. No CA também foram avaliados os comportamentos exploratório (cruzamentos e rearing) e os relacionados com ansiedade (tempo no compartimento central e periférico). Para isso, os animais foram tratados com 25I-NBOMe (0,3, 1 ou 3 mg/Kg, i.p.), ou 25I-NBOH (0,3, 1 ou 3 mg/Kg, i.p.), ou veículo (NaCl 0,9%+DMSO 0,3%) e, imediatamente após, submetidos e avaliados durante 60 minutos no CA. Outros animais também foram tratados com 25I-NBOMe, ou 25I-NBOH ou veículo, nas mesmas doses e via que o experimento anterior, e, passados 40 minutos do tratamento (momento a partir do qual não há mais alteração na atividade motora), foram submetidos ao TNF. Nossos resultados demonstraram que ambas as substâncias 25I-NBOMe e 25I-NBOH não desencadearam alterações nos comportamentos exploratório e relacionados à ansiedade no CA. Entretanto, todas as doses das fenetilaminas substituídas promoveram um aumento na HTR no CA, indicando um efeito do tipo alucinógeno. No TNF, somente a dose mais baixa de 25I-NBOMe reduziu a imobilidade, indicando, pela primeira vez, um efeito do tipo antidepressivo desse composto. Esses dados nos trazem informações importantes para o potencial antidepressivo do tratamento agudo com 25I-NBOMe, bem como abre a possibilidade de estudos futuros que investiguem com mais propriedade, e.g., a utilização de outros modelos animais e a avaliação temporal, dessa ação antidepressiva da 25I-NBOMe, que aqui descrevemos pela primeira vez. 


MEMBROS DA BANCA:
Externo(a) à Instituição - AXEL HELMUT RULF COFRE - CESMAC
Interno(a) - 2579081 - DANIEL LEITE GOES GITAI
Presidente - 2033893 - MARCELO DUZZIONI
Notícia cadastrada em: 16/02/2023 17:04
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2024 - UFAL - sig-app-3.srv3inst1 13/07/2024 13:51