Banca de QUALIFICAÇÃO: JOSE GRIMARIO DE LIMA JUNIOR

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JOSE GRIMARIO DE LIMA JUNIOR
DATA : 14/03/2024
HORA: 10:00
LOCAL: https://meet.google.com/kup-mymc-gkk
TÍTULO:

Explorando os Aspectos da Quebra da Simetria de Lorentz no Contexto do Modelo de Rarita-Schwinger


PALAVRAS-CHAVES:

Rarita-Schwinger, spin-$3/2$, CFJ, correções quânticas


PÁGINAS: 100
RESUMO:

Pesquisas relacionadas à quebra da simetria de Lorentz em modelos de teoria de campo tem como objetivo descobrir indícios de uma nova física além do Modelo Padrão. Com isso, passou-se a considerar o Modelo Padrão Estendido com quebra da simetria de Lorentz, no qual são adicionados todos os acoplamentos mínimos e não mínimos possíveis com quebra de simetria de Lorentz de campos escalares, espinoriais e de calibre, sejam eles: Abelianos ou não-Abelianos. A evolução subsequente do Modelo Padrão Estendido também possibilitou a inclusão da gravidade e a introdução de termos que dependem da quebra da simetria de Lorentz da gravidade. Essas quebras da simetria de Lorentz podem sugerir a presença de partículas ou interações desconhecidas, como partículas exóticas, simetrias adicionais ou até dimensões extras. Esse tipo de estudo também permite a criação de modelos com quebra de simetria de Lorentz que envolvem outros tipos de campos. Um campo de particular interesse é o campo de spin-$3/2$, conhecido como Modelo de Rarita-Schwinger, que tem aplicações importantes no contexto da supergravidade. Nesta tese, exploramos a possibilidade de gerar o termo CFJ tanto para os casos Abelianos quanto não-Abelianos na teoria de um campo de calibre acoplado a um campo de spin-$3/2$ na presença do vetor axial constante, onde analisaremos também os casos para a lagrangiana de Rarita-Schwinger com e sem massa. Utilizamos alguns esquemas de regularização conhecidos na literatura para gerar o termo CFJ. No caso não-Abeliano para o campo de Rarita-Schwinger com massa, provamos que este termo é finito e ambíguo, desaparecendo quando o esquema de 't Hooft-Veltman é utilizado. A ambiguidade no resultado pode estar relacionada a anomalia ABJ. Para o caso Abeliano sem massa, obtivemos um termo CFJ finito.


MEMBROS DA BANCA:
Interno(a) - 1695829 - ANDRE DE LIMA MOURA
Interno(a) - 2318874 - FRANCISCO ANACLETO BARROS FIDELIS DE MOURA
Externo(a) à Instituição - JOB SARAIVA FURTADO NETO - UFCA
Notícia cadastrada em: 28/02/2024 09:54
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2024 - UFAL - sig-app-1.srv1inst1 22/05/2024 03:12