Banca de QUALIFICAÇÃO: WALTER MUNIZ DOS SANTOS JUNIOR

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : WALTER MUNIZ DOS SANTOS JUNIOR
DATA : 21/03/2024
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório do IF
TÍTULO:

Investigação das propriedades fotoluminescentes de Pontos quânticos de carbono. Aplicações como sensor e como agente antimicrobiano

Investigação das propriedades fotoluminescentes de Pontos quânticos de carbono. Aplicações como sensor e como agente antimicrobiano

 


PALAVRAS-CHAVES:

1. Nanopartícula 2. Sensor 3. Agente antimicrobiano


PÁGINAS: 81
RESUMO:

Pontos de carbono (PCs) é um termo geral usado para designar nanopartículas carbônicas zero-dimensionais com uma estrutura núcleo-casca rica em domínios π -conjugados e grupos funcionais na superfície. Suas notáveis propriedades ópticas os tornam apropriados para aplicações como nanossensores. Nesta pesquisa, sintetizamos pontos de carbono (CD-5ANS2) co-dopados com nitrogênio e enxofre usando o método sintético hidrotérmico, e o precursor de azo corante, o ácido 5-amino-2-naftalenossulfônico (CD-5ANS2), como precursor da nanopartícula. Os efeitos térmicos e de pH na fotoluminescência do CD-5ANS2 foram investigados, bem como sua sensibilidade à dopagem com íons metálicos e pesticidas (Metomil). Nossos resultados indicam uma contribuição relevante de um mecanismo termicamente ativado para a #uorescência do CD-5ANS2. A sensibilidade à variação no pH, aos íon metálicos e aos pesticidas foi medida e a variação na fotoluminescência está provavelmente ligada aos estados da superfície da nanopartícula. As características ópticas de PCs também são exploradas na microbiologia, tornado-os potenciais agentes antimicrobianos e fotossensibilizadores para a Terapia Fotodinâmica Antimicrobiana (TFA). O surgimento de microrganismos patogênicos resistentes a medicamentos tornou-se uma preocupação de saúde pública, com demanda por estratégias para suprimir a sua proliferação nas unidades de saúde. O presente estudo investiga as propriedades antimicrobianas de pontos de carbono (CD-MR) derivados do azo corante Vermelho de Metila. A possibilidade de utilizar CD-MR para gerar espécies reativas de oxigênio (ROS) foi analisada e foi veri#cada uma alta e#ciência quântica de geração de oxigênio singleto. Além disso, a atividade antimicrobiana do CD-MR foi analisada contra os microrganismos patogênicos Staphylococcus aureus, Escherichia coli, Candida albicans e Cryptococcus neoformans. Os testes de Kirby-Bauer mostram que os pontos de carbono sintetizados a partir do vermelho de metila possuem atividade antimicrobiana após fotoexcitação a 532 nm. A inibição do crescimento de C. Neoformans pela fotossensibilização por CD-MR é investigada. Nossos resultados mostram que os pontos de carbono dopados com N sintetizados a partir do vermelho de metila são e#cientes na geração de ROS e possuem uma forte atividade antimicrobiana, quando ativado por luz verde, contra patógenos relevantes para a saúde.


MEMBROS DA BANCA:
Interno(a) - 1695829 - ANDRE DE LIMA MOURA
Externo(a) ao Programa - 1120709 - MARIA TEREZA DE ARAUJO - nullPresidente - 2580000 - VINICIUS MANZONI VIEIRA
Notícia cadastrada em: 19/03/2024 17:41
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2024 - UFAL - sig-app-4.srv4inst1 30/05/2024 09:00