Banca de DEFESA: LAURA MAÍSA SOUZA DOS SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LAURA MAÍSA SOUZA DOS SANTOS
DATA : 12/03/2021
HORA: 09:00
LOCAL: Instituto de Física (remotamente)
TÍTULO:

Fotoresinas Biocompatíveis para Microfabricação de Arcabouços Celulares Tridimensionais


PALAVRAS-CHAVES:

Fotoresina Biocompatível. Nanopartículas. Arcabouços celulares. Microscopia de Força Atômica. Polimerização via Absorção de dois fótons.


PÁGINAS: 118
RESUMO:

A técnica aditiva de Polimerização via Absorção de dois Fótons (P2F) tornou-se um excelente método de microfabricação dentre os muitos processos existentes, por permitir a construção de microestruturas tridimensionais com elevada resolução espacial da ordem submicrométrica, com alta complexidade geométrica e com utilização mínima do material fotossensível. Esta poderosa ferramenta tem atraído o interesse de diversas áreas da ciência, incluindo a área da engenharia de tecidos com aplicação na confecção de arcabouços tridimensionais para cultura celular. Estes microambientes são projetados para mimetizar ambientes in vivo e expressar suas características mais importantes possibilitando o estudo do comportamento celular e o tratamento de doenças com teste de fármacos. As resinas fotossensíveis são a matéria prima para construção dos arcabouços e, embora exista uma ampla disponibilidade destes materiais para estudos biológicos, há uma grande preocupação em tornar as fotoresinas compostos biocompatíveis e com reduzida citotoxicidade. Neste trabalho, foi demonstrado pelo método de exclusão do azul tripan que as fotoresinas sintetizadas à base de PentaerythritolTriacrylate (PETA) e Irgacure 369 com incorporação de nanopartículas semicondutoras de CdSe/CdS e dióxido de titânio (TiO2) são biocompatíveis. Em destaque, a amostra com TiO2 manifestou baixa citotoxicidade e alta taxa de proliferação celular que se manteve superior ao grupo controle durante 48 h. As propriedades biomecânicas dos osteoblastos humanos da linhagem MG-63 em contato direto com a superfície do filme feito de fotoresina e dos arcabouços do tipo groove, em diferentes geometrias, foram analisadas por microscópio de força atômica. Os osteoblastos cultivados sobre os arcabouços do tipo microgroove circular exibiram o módulo de Young significativamente maior em comparação as células semeadas sobre o filme, resultado que foi atribuído à reorganização do citoesqueleto influenciado pela geometria e topografia curva do microambiente celular. É importante ressaltar que, por se tratar de uma linha de pesquisa inovadora e pioneira na Universidade Federal de Alagoas (UFAL), esta é a primeira dissertação desenvolvida sobre microfabricação 3D via polimerização por absorção de dois fótons no Programa de Pós-Graduação em Física (PPGF) na UFAL. Portanto, esta dissertação foi elaborada com vários detalhes relevantes da técnica, de modo que os resultados e estudos aqui abordados colaborem na continuidade e consolidação desta tão desafiadora e incrível linha de pesquisa no PPGF.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2181152 - EDUARDO JORGE DA SILVA FONSECA
Externo ao Programa - 1298235 - EMILIANO DE OLIVEIRA BARRETO
Interno - 1282899 - GLAUBER JOSE FERREIRA TOMAZ DA SILVA
Notícia cadastrada em: 10/03/2021 16:00
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2024 - UFAL - sig-app-1.srv1inst1 30/05/2024 10:50