Banca de DEFESA: ELLENA JULIANA LINS DE OLIVEIRA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ELLENA JULIANA LINS DE OLIVEIRA
DATA : 22/10/2021
HORA: 14:00
LOCAL: Instituto de Física (remotamente)
TÍTULO:

Efeitos de superfícies e de campo elétrico sobre transições de fase em sistemas esmetogênicos envolvendo a fase esmética-C


PALAVRAS-CHAVES:

Cristais líquidos, Transições de fase, Modelos microscópicos, Teoria de campo médio


PÁGINAS: 136
RESUMO:

Esta tese investiga os efeitos da superfície e de tamanho finito nas transições de fase defilmes livremente suspensos e os efeitos de campo elétrico no bulk na fase esmética-C. Inicialmente, é feita uma revisão dos modelos microscópicos existentes e amplamente utilizados para a descrição das transições de fase em sistemas lineares apresentando fases nemática e esmética-A. Em seguida, revisamos o modelo desenvolvido por Govind e Madhusudana, descrevendo a transição de fase do esmética-C–esmética-A. Motivados por sua abordagem, propomos um novo modelo teórico para descrever as transições de fase em sistemas que apresentam a fase esmética-C. Usando um potencial de campo médio para uma partícula, mostramos que o diagrama de fase de compostos líquidos-cristalinos com um pequeno dipolo transversal pode ser razoavelmente descrito quando a contração das camadas esméticas induzida pela inclinação das moléculas é considerada e com um número reduzido de parâmetros do modelo. Com o objetivo de estender o modelo proposto para filmes livremente suspensos, o modelo de McMillan-Mirantsev para filmes livremente suspensos na fase esmética-A é revisado. O modelo introduzido por Mirantsev mostra que o ancoramento superficial estabiliza a fase esmética para temperaturas acima da temperatura de transição do bulk. Considerando um perfil do ângulo de inclinação e uma versão discreta do potencial de campo médio para uma partícula, a interação do ancoramento superficial e os efeitos de tamanho finito afetam o comportamento dos parâmetros de ordem nos filmes livremente suspensos na fase esmética-C. A temperatura de transição mostra-se dependente do ordenamento da superfície e da espessura do filme. A ordem orientacional imposta pelo ancoramento superficial estabiliza o parâmetro de ordem de inclinação na superfície do filme acima da temperatura de transição esmética-C–esmética-A do bulk. As camadas superficiais consequentemente permanecem na fase de esmética-C, enquanto as camadas centrais sofrem uma transição de fase de esmética-C–esmética-A. O efeito de um campo elétrico externo é considerado em amostras no bulk da fase esmética-C, induzindo uma reorientação do vetor diretor possibilitando a supressão da fase isotrópica e o aparecimento de fases nemáticas residuais e induzidas pelo campo.


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - ROBERTA RARUMY RIBEIRO DE ALMEIDA - UTFPR
Externa à Instituição - DORA IZZO - UFRJ
Interna - 1807451 - FERNANDA SELINGARDI MATIAS
Presidente - 2458049 - ITALO MARCOS NUNES DE OLIVEIRA
Interna - 2621034 - MARIA SOCORRO SEIXAS PEREIRA
Interna - 1120622 - SOLANGE BESSA CAVALCANTI
Notícia cadastrada em: 19/10/2021 20:02
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2024 - UFAL - sig-app-1.srv1inst1 30/05/2024 10:49