Banca de DEFESA: SILVIA JOANA COSTA RODRIGUES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : SILVIA JOANA COSTA RODRIGUES
DATA : 29/08/2022
HORA: 09:00
LOCAL: Sala Virtual do Google Mett
TÍTULO:

EDUCAÇÃO FINANCEIRA: UM OLHAR SOBRE A SUA PRESENÇA NOS DOCUMENTOS OFICIAIS E NOS LIVROS DIDÁTICOS DO PNLD 2020 DOS ANOS FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL


PALAVRAS-CHAVES:

Educação Financeira. Análise de livros Didáticos. Educação Matemática Crítica. Anos Finais.


PÁGINAS: 76
RESUMO:

Saber lidar com questões relacionadas ao consumo e planejamento financeiro pessoal, vem ganhado destaque nas preocupações dos brasileiros. O aumento das ofertas de compras dos mais variados produtos, com preços e condições atrativas, vem conduzindo diversas famílias ao aumento do seu comprometimento salarial.  Desse modo, se faz necessário aprender a administrar os recursos financeiros de maneira crítica e consciente de modo que o consumo seja feito de maneira positiva para si e para o mundo. Nesta perspectiva, a Educação Financeira (EF) tem se apresentado como tema rico para discussões referentes ao consumo, planejamento financeiro estando relacionada com as mais diversas áreas. Em nossa pesquisa, nos limitamos em compreender a EF na perspectiva da Educação Matemática e Ensino de Matemática no contexto escolar. Localizamos o leitor (a) que os estudos acerca desse tema vêm ganhado destaque no cenário nacional, após as recomendações da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) destacar a urgência em discutir os mais variados temas como aposentadoria, consumo de produtos econômicos e planejamento financeiro pessoal. Apesar de não ser um país membro da OCDE, o Brasil participa das reuniões e busca atender as recomendações por ela proposta. Desse modo, em 2010, o Brasil cria a Estratégia Nacional de Educação Financeira (ENEF), que norteia as ações destinadas aos mais variados segmentos da sociedade. Alinhada com as concepções da OCDE a ENEF apresenta-se como uma normativa, que objetiva promover a EF de modo a instruir os brasileiros a tomarem decisões autônomas e críticas além de promover o fortalecimento da cidadania. Em nossa pesquisa, deteremos o nosso olhar para a Educação Financeira Escolar, Silva e Powell (2013), e como esta vem se apresentando nos livros didáticos de Matemática aprovados no PNLD 2020 destinado aos anos finais do ensino fundamental. Nessa perspectiva, nossa pesquisa é qualitativa do tipo documental e fundamente-se da Teoria da Educação Matemática Crítica de Ole Skovsmose (2000).  Compreendemos que a EF é um tema complexo e que não se resume a simples exercícios e conceitos. Como dados da nossa pesquisa, analisamos as onze coleções de Matemática aprovadas no PNLD 2020 dos 6°, 7°, 8° e 9° anos à luz dos ambientes de aprendizagem de Skovsmsose (2014). Como resultado do estudo podemos observar que todas as coleções apresentam uma referência a Educação Financeira. Entretanto, observamos que as atividades e tarefas apresentadas nas coleções, ainda representam um quantitativo pouco expressivo.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1181065 - AMAURI DA SILVA BARROS
Interno - 3198794 - ELTON CASADO FIREMAN
Interno - 497.012.404-30 - GIVALDO OLIVEIRA DOS SANTOS - IFAL
Externa à Instituição - CRISTIANE AZEVEDO DOS SANTOS PESSOA - UFPE
Notícia cadastrada em: 02/08/2022 11:48
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2024 - UFAL - sig-app-1.srv1inst1 20/05/2024 00:35