PPGCF PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS INSTITUTO DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS Telefone/Ramal: (82) 32141792

Banca de QUALIFICAÇÃO: TERESA DE LISIEUX GUEDES FERREIRA LÔBO



Uma banca de QUALIFICAÇÃO DE MESTRADO foi cadastrada pelo programa.

DISCENTE: TERESA DE LISIEUX GUEDES FERREIRA LÔBO
DATA: 30/10/2020
HORA: 09:00
LOCAL: Online
TÍTULO:

“Síntese e caracterização de um adesivo dentinário com nanopartículas de Prata biossintetizadas com própolis vermelha de Alagoas.”

 


RESUMO:

Nos últimos anos, as nanopartículas metálicas vêm se destacando por suas propriedades antimicrobianas em concentrações muito baixas. A síntese biogênica, utiliza matéria prima natural para redução de macromoléculas em nanopartículas e a própolis se apresenta como uma alternativa na redução da toxicidade das nanopartículas de prata. Nesse contexto podemos sugerir a aplicação na produção e caracterização de um adesivo dentinário, utilizando biotecnologia com nanopartículas de prata biossintetizadas com própolis vermelha de Alagoas Objetivo: O objetivo desse trabalho foi produzir e caracterizar um adesivo dentinário com nanopartículas de prata biossintetizadas com própolis vermelha de Alagoas. Metodologia: Foram analisados grau de conversão, atividade antioxidante e resistência de união ao microtração desse adesivo dentário. A atividade antimicrobiana foi avaliada frente a bactérias do tipo Streptococcus mutans, Staphylococcus aureus, Enterococcus faecalis, pelos métodos de Concentração inibitória mínima, Concentração bactericida mínima, Método de Difusão em Disco, foram realizados testes de liberação no meio bucal artificialmente, para verificação se houve liberação de nanopartículas. A atividade antioxidante das nanopartículas de prata e do extrato hidroetanólico de própolis vermelha de alagoas foi avaliada utilizando o método de eliminação do radical DPPH, o grau de conversão dos adesivos experimentais foi avaliado frente análise de FTIR das amostras polimerizadas e não polimerizadas. Os dados serão obtidos pelas medidas estatísticas, e serão submetidos à análise de variância do teste ANOVA. Resultados: Até o momento, o presente estudo demonstrou capacidade promissora na odontologia restauradora, com um material inovador, que possui características antioxidantes, antimicrobianas, prevenindo assim o aparecimento de cáries secundárias e além disso o fortalecimento do material restaurador, não interferindo no grau de conversão destes materiais e promovendo um selamento efetivo da restauração odontológica.


PALAVRAS-CHAVE:

Adesivos Dentinários, Antioxidantes, Nanopartículas, Nitrato de prata, Própole.


PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Odontologia
SUBÁREA: Materiais Odontológicos

MEMBROS DA BANCA:
Externo(a) à Instituição - MARCOS ANTÔNIO JAPIASSU RESENDE MONTES - UFPE
Interno(a) - 1488396 - TICIANO GOMES DO NASCIMENTO
Notícia cadastrada em: 06/10/2020 11:35
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2024 - UFAL - sig-app-4.srv4inst1 19/05/2024 16:46