PPGCF PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS INSTITUTO DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS Telefone/Ramal: (82) 32141792

Banca de DEFESA: ALLYSSON FIRMINO DE FRANCA FARIAS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ALLYSSON FIRMINO DE FRANCA FARIAS
DATA : 27/03/2024
HORA: 14:00
LOCAL: ICF - Sala 205
TÍTULO:

AVALIAÇÃO TOXICOLÓGICA PRÉ-CLÍNICA DE NANOENCAPSULADOS CARREGADOS COM EXTRATO DE PRÓPOLIS VERMELHA DE ALAGOAS, USANDO ZEBRAFISH (DANIO RERIO) COMO MODELO EXPERIMENTAL


PALAVRAS-CHAVES:

Própolis vermelha, Zebrafish, Nanopartículas, Polímeros faramcêuticos, Ensaio de teratogênicos.


PÁGINAS: 90
RESUMO:

A própolis é uma substância resinosa que apresenta diversas atividades farmacológicas.Entretanto, a maioria das substâncias presentes conferem baixa biodisponibilidade. Neste contexto, os nanoencapsulados representam uma abordagem promissora para otimizar a biodisponibilidade e a estabilidade de compostos. Diante disso, este trabalho tem como objetivo avaliar a toxicidade pré-clínica de nanoencapsulados carregados com extrato de própolis vermelha de Alagoas. Para tanto, utilizou-se o Zebrafish (Danio rerio) como modelo experimental. Empregou-se o FET Test no qual seguiu as diretrizes estabelecidas no OECD TG 236. Os nanoencapsulados foram diluídos nas concentrações desejadas com solução de meio embriônico E2. Foram utilizados 20 embriões fertilizados para cada concentração testada e para o controle negativo. As concentrações testadas foram 50 µg/mL; 25 µg/mL; 10 µg/ml; 2,5 µg/ml; e placebo. Ao final de 96 horas, os animais foram contidos em uma gota de tricaína a 0,4%, em lâmina para microscopia, com a finalidade de serem fotografados. Os resultados apontaram que em concentrações mais elevadas (50 e 25 µg/mL) para todas as amostras, houve um índice elevado de mortalidade, atingindo 100% de mortes, sendo evidenciado principalmente em 72 e 96 hpf. Já em concentrações menores 2,5 e 10 µg/mL, o índice de sobrevivência foi maior, no entanto foram observados efeitos subletais e teratogênicos nas larvas de zebrafish. Ademias, verificou-se que as anomalias que mais apareceram foram os edemas no pericárdio e no saco vitelínico, além da ausência da bexiga natatória não inflada, a partir de 72 a 96 hpf. Por tanto, foi possível investigar os efeitos da exposição dos embriões de D. rerio expostos aos nanoencapsulados PCL: Pluronic; Eudragit: Pluronic; Lipossomas, Complexos de Inclusão e o Extrato bruto de própolis vermelha, em diferentes concentrações: 0; 2,5; 10; 25 e 50 μg/mL, por meio da avaliação dos efeitos letais, subletais e teratogênicos, durante períodos de 24, 48, 72 e 96 hpf. 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1488396 - TICIANO GOMES DO NASCIMENTO
Interno(a) - 1885138 - ISABEL CRISTINA CELERINO DE MORAES PORTO
Interno(a) - 3509820 - MARIA ALINE BARROS FIDELIS DE MOURA
Externo(a) ao Programa - ***.231.164-** - Salvana Priscylla Manso Costa - UFPE
Externo(a) à Instituição - JOSE ROBERTO DE OLIVEIRA FERREIRA - UNCISAL
Notícia cadastrada em: 19/03/2024 12:09
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2024 - UFAL - sig-app-3.srv3inst1 19/05/2024 18:21