PPGCF PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS INSTITUTO DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS Telefone/Ramal: (82) 32141792

Banca de QUALIFICAÇÃO: ERISSON LIMA SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ERISSON LIMA SILVA
DATA : 03/04/2024
HORA: 14:00
LOCAL: ICF - Sala 205
TÍTULO:

PREPARAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE GRANULADOS MICROPARTICULADOS CONTENDO EXTRATO HIDROALCOÓLICO DE PRÓPOLIS VERMELHA DE ALAGOAS 


PALAVRAS-CHAVES:

Propólis Vermelha; Granulado; celulose; microcristalina; atividade antioxidante.


PÁGINAS: 50
RESUMO:

A própolis vermelha é uma mistura resinosa de substâncias coletadas de certas espécies de plantas por abelhas da espécie Apis melífera, de composição complexa, vem sendo estudada para vários fins terapêuticos ao longo dos anos. O Extrato hidroalcoólico de própolis vermelha apresenta alguns inconvenientes com alto teor alcoólico, baixa solubilidade em água. Para resolver estes problemas, este trabalho científico apresenta os granulados de própolis vermelha no estado sólido com vantagens em relação aos extratos hidroalcoólicos de própolis vermelha de Alagoas, pois estes são livres de álcool, boa solubilidade nos fluidos do TGI aquosos, apresenta-se na forma farmacêutica no estado sólido estável, com boa capacidade de carga de compostos bioativos para uso oral e consequentemente reduz a quantidade de doses utilizadas durante o dia, melhorando assim, a adesão terapêutica. O presente trabalhodesenvolveu granulados de PVA a partir do extratohidroalcoólico 70ºGL adquiridas pela empresaBeeva . O extratoBeeva foi evaporado e concentrado, e em seguida, foi utilizado na produção de granulados com a adição de celulosemicrocristalina. O extratoetanólico concentrado, a celulosemicrocristalina e o granulado de PVA foram submetidos a ensaios de caracterização química e físico-química por ensaios de triagem fitoquímica fenóis totais, flavonoides totais, ensaios de atividade antioxidante, ensaios UV-Vis e UPLC-DAD, ensaio MEV, análises térmicas (TG; DSC), análise de infravermelho e ensaios de dissolução. Os resultados de caracterização do extrato bruto e compostos fenólicos da própolis vermelha como osisoflavonóides usando a técnica comparativa de injeções de padrões analíticos por UPLC-DAD mostrou que o granulado apresenta concentrações semelhantes ao extrato sem perda de concentração dos marcadores. Umacomposição físico-quimicamente estável do granulado PVA-celulose foi desenvolvida quando observada pela técnica de TG. A análise por Microscopia Eletrônica de Varredura demonstrou que o granuladoapresentou-se como um pó amorfo. A análise de Infravermelho com Transformada de Fourier (FTIR) mostrou estiramentos O-H de hidroxila (3300 cm-1), estiramentos de C-H de CH2, e CH3 em 2900 cm-1, estiramentos característicos de anel aromático (1600, 1500 e 145 cm-1) e estiramento C-O-C de porção éter presente nosflavonóides que aparecem com mais intensidade no Extrato PVA do que no granulado de PVA. O granulado apresentou percentual de dissolução de 80% no meio LSS 0,1% e 92% no meioTween 1%. O Extrato PVA e granulado PVA- Celulose apresentaram atividade antioxidante na faixa de concentração entre 5 e 75 µg/mL com IC50 de 10 µg/mL para o Extrato PVA e 5 µg/mL para o granulado de PVA. Os granulados de PVA podem ser usados como uma nova forma farmacêutica dos extratos de própolis vermelha de Alagoas.  


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1488396 - TICIANO GOMES DO NASCIMENTO
Interno(a) - 3509820 - MARIA ALINE BARROS FIDELIS DE MOURA
Externo(a) ao Programa - 1640534 - CARLOS ARTHUR CARDOSO ALMEIDA - UFALExterno(a) ao Programa - 4425539 - JOSE RUI MACHADO REYS - UFALExterno(a) à Instituição - JOSE MARCOS DOS SANTOS OLIVEIRA - CESMAC
Externo(a) à Instituição - Salvana Priscylla Manso Costa - UFAL
Notícia cadastrada em: 19/03/2024 12:09
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2024 - UFAL - sig-app-1.srv1inst1 19/05/2024 17:46