PPGCF PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS INSTITUTO DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS Telefone/Ramal: (82) 32141792

Banca de QUALIFICAÇÃO: MAILDE JESSICA LIODORIO DOS SANTOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MAILDE JESSICA LIODORIO DOS SANTOS
DATA : 14/05/2021
HORA: 09:00
LOCAL: Vídeoconferência
TÍTULO:

OBTENÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE MICROCÁPSULAS E ENCAPSULADOS FARMACÊUTICOS DE PRÓPOLIS VERDE DE ALAGOAS


PALAVRAS-CHAVES:

Própolis Verde. Microcápsulas. Compostos fenólicos. CLAE-DADUV. Atividade antioxidante. Atividade Antibacteriana.


PÁGINAS: 77
RESUMO:

A própolis é uma substância resinosa, quimicamente complexa, elaborada por abelhas, cuja variabilidade e características físico-químicas são dependentes do ambiente onde são produzidas. A literatura mostra que já foram identificados 13 tipos de própolis, Destacando-se a própolis verde por se encontrar de forma mais abundante no Brasil, e ser alvo dos consumidores, tendo como origem botânica os ápices de Baccharis dracunculifolia (Asteraceae), enriquecida com compostos como 3,5- ácido diprenil-4-hidroxicinâmico (artepilina C) (1), 3-prenil-4-dihidroxicinamoxicinâmico ácido (bacarina) (2), 3-prenil-4-hidroxicinâmico ácido (drupanina) (3), aromadendrin-4'-O-metil-éter (4) e kaempferide (5) fenilpropanóides que lhe conferem uma vasta aplicação terapêutica frente a atividades, antimicrobianas, antioxidante, antifúngica, antiviral, anticariogênica, anti-inflamatória e que quando associada a alimentos conferem caráter funcional. A presente pesquisa teve como finalidade obter e caracterizar os extratos hidroalcoólicos e microcápsulas spray-dryer de Própolis Verde Comercial de apícola do Estado de Alagoas, através de métodos analíticos de caracterização químico, físico-químico e antimicrobiano. A Eficiência do grau de encapsulação para os granulados apresentou maior encapsulação para formulação 5 no de 83,27 % e menor na formulação 4 de 71,92%. O granulado de própolis verde apresentou percentual de atividade antioxidante de 96,07% para formulação 3 e 97,55% para formulação 4 na concentração de 100 µg/ml. Os particionados do extrato comercial de própolis verde apresentou atividade antibacteriana frente aos microorganismos Staphylococcus aureus, Staphylococcus epidermidis e Enterococcus feacalis , o alto teor de ácidos cinâmicos prenilados do tipo artepelina C e flavonoides encontrados, respectivamente, nessas fases tenha contribuído para melhor atividade antimicrobiana. Os resultados preliminares demonstraram que foi possível identificar propriedades biológicas da própolis verde, sendo ela rica em fitocompostos naturais, podendo ser utilizada na prevenção de diversas enfermidades através do uso de técnicas como o microencapsulamento de materiais bioativos. 


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ADILSON RODRIGUES SABINO - UFAL
Externo à Instituição - JOSE MARCOS DOS SANTOS OLIVEIRA - CESMAC
Interna - 3509820 - MARIA ALINE BARROS FIDELIS DE MOURA
Interno - 1488396 - TICIANO GOMES DO NASCIMENTO
Notícia cadastrada em: 13/05/2021 10:15
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2024 - UFAL - sig-app-3.srv3inst1 19/05/2024 23:28