PPGCF PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS INSTITUTO DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS Telefone/Ramal: (82) 32141792

Banca de QUALIFICAÇÃO: CAMILA BIANCA FERREIRA DA ROCHA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : CAMILA BIANCA FERREIRA DA ROCHA
DATA : 30/09/2021
HORA: 08:30
LOCAL: Vídeoconferência
TÍTULO:

Aplicação e caracterização de amilase produzida por larvas de tribolium castaneum na remoção de sujidades de tecidos


PALAVRAS-CHAVES:


Amilase. Detergentes Enzimáticos. Tribolium castaneum.


PÁGINAS: 63
RESUMO:

Uma praga, em sentido amplo, pode ser definida como o inseto (ou outro organismo) que causa danos diretos ao ser humano, ao seu gado, à sua colheita ou, ainda, às suas posses. A espécie Tribolium castaneum (coleóptera: Tenebrionidae), destaca-se como uma das principais pragas, a qual, em particular, representa 9% de perda econômica de grãos armazenados em países desenvolvidos, de modo que, nos países em desenvolvimento, essas perdas podem representar 20% em todo o mundo. Devido à sua ampla distribuição ao redor do globo e suas características, o intestino desta espécie pode ser utilizado como fonte de enzimas visando estudos para o controle de pragas e aplicações. Neste trabalho, objetivou-se a caracterização e aplicação biotecnológica de uma enzima amilase, proveniente de larvas de Tribolium castaneum, na remoção de sujidades de tecidos de algodão. Para tanto, tecidos de algodão, previamente delimitados e manchados com molho de tomate superficial, foram submetidos ao processo de lavagem com extrato bruto enzimático isoladamente e na presença de dois sabões em pó comerciais, a saber, ALA© e Tixan Ypê©. Além disso, caracterizou-se o extrato bruto em relação a parâmetros como temperatura ótima e estabilidade térmica, pH ótimo e o comportamento na presença de alguns íons metálicos, como cobre, zinco, cálcio e o agente quelante EDTA. A espectrofotometria foi utilizada como método analítico para comprovação da remoção das sujidades nos tecidos. Observou-se que, a enzima amilase em estudo, apresentou atividade relativa ótima em ampla faixa de pH, a saber, de 5 à 9, temperatura ótima em 37°C e atividade residual de mais de 80% em 50°C, demonstrando, assim, estabilidade térmica nesta temperatura. Na presença de alguns íons metálicos as maiores taxas de inbição, em relação às concentrações 10mM, 1mM e 0,1mM, foram referentes ao sulfato de cobre (CuSO4) que compreendeu, 95%, 89% e 86% de inibição, respectivamente. Em relação à potencialidade de detergência, observou-se que o extrato enzimático auxiliou o poder limpante do sabão em pó Tixan Ypê© em 48%, se comparado, apenas ao sabão em pó isolado e auxiliou em 88% no poder limpante do sabão da marca comercial ALA© demonstrando, assim, uma alta eficiência do extrato bruto, na presença destes detergentes, para a remoção das sujidades, implicando, assim, num importante aliado e potencial enzima adjuvante a ser incorporada na indústria de sabões em pó e outros produtos para a limpeza de tecidos.


MEMBROS DA BANCA:
Interna - 1527220 - CAMILA BRAGA DORNELAS
Externo ao Programa - 2089586 - FRANCIS SOARES GOMES
Interno - 1653558 - LUCIANO APARECIDO MEIRELES GRILLO
Notícia cadastrada em: 13/09/2021 10:29
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2024 - UFAL - sig-app-4.srv4inst1 19/05/2024 17:31