PPGCF PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS INSTITUTO DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS Telefone/Ramal: (82) 32141792

Banca de QUALIFICAÇÃO: ROBERT RODRIGUES ALVES

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ROBERT RODRIGUES ALVES
DATA : 05/11/2021
HORA: 09:00
LOCAL: Vìdeoconferência
TÍTULO:

Rhynchophorus palmarum: Obtenção de quitosana e aplicabilidade na produção de nanopartículas contendo óleo essencial de com propriedade inseticida

 

 


PALAVRAS-CHAVES:

nanopartículas; quitosana; Rhynchophorus palmarum; Tribolium castaneum; Syzygium aromaticum; óleo essencial


PÁGINAS: 65
RESUMO:

Nesta pesquisa cientifica foi realizada a síntese de nanopartículas usando uma quitosana extraída de uma forma não convencional, a partir de um inseto. A primeira parte relata como foi feita a extração de quitina e sua conversão em quitosana, através de uma reação de desacetilação. A quitina é o principal componente estrutural da cutícula dos artrópodes e a partir dela é produzido quitosana, que possui várias aplicabilidades em diversas áreas, como na farmacêutica, alimentícia e na agricultura. A grande produção de quitosana parte de carapaças de caranguejos e camarões. A proposta desta pesquisa é produzir quitosana através de quitina obtida do Rhynchophorus palmarum, considerado um importante inseto praga de palmáceas, que não tem direcionamento econômico e nem um descarte adequado, após manejo, em Alagoas e em outros Estados. Para comprovar a obtenção do polímero, foi realizado análise em Espectroscopia no Infravermelho por Transformada de Fourier (FTIR), obtendo-se resultado condizente com outros estudos, sendo, portanto, na etapa seguinte desta pesquisa. A segunda parte é relativa à aplicabilidade da quitosana na nanotecnologia, com a produção de nanopartículas deste biopolímero obtido do R. palmarum e encapsulamento de um óleo essencial (OE) nas mesmas. O OE usado neste estudo é o de cravo-da-índia (Syzygium aromaticum), que obtido de uma loja de produtos naturais na cidade de Maceió-AL. Realizou-se análise por Cromatografia Gasosa acoplado com espectrômetro de massas (CG-MS), que revelou teor de 90,71 % de eugenol, substância majoritária e responsável pelas propriedades inseticidas deste óleo essencial. Com as nanopartículas foi realizado, testes de potencial zeta e tamanho médio, obtendo-se resultado satisfatório quanto ao tamanho, porém necessitando de mais análises para elucidação das propriedades dessa nanopartícula. Além disso, testes de caráter qualitativos serão realizados com um outro inseto, o Tribolium castaneum, considerado uma praga importante de grãos armazenados (arroz, milho, trigo, entre outros). A produção dessas nanopartículas com OE de cravo-da-índia indica ser uma estratégia promissora para o controle de insetos-pragas, sendo uma alternativa aos inseticidas convencionais, que trazem problemas a saúde humana quando mal empregados pelos manipuladores desses produtos, por exemplo.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1553302 - IRINALDO DINIZ BASILIO JUNIOR
Interno - 1653558 - LUCIANO APARECIDO MEIRELES GRILLO
Externa ao Programa - 1230086 - MEIRIELLY KELLYA HOLANDA DA SILVA
Notícia cadastrada em: 22/10/2021 11:53
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2024 - UFAL - sig-app-1.srv1inst1 19/05/2024 18:14