PPGCF PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS INSTITUTO DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS Telefone/Ramal: (82) 32141792

Banca de DEFESA: MAILDE JESSICA LIODORIO DOS SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MAILDE JESSICA LIODORIO DOS SANTOS
DATA : 01/02/2022
HORA: 09:00
LOCAL: Vìdeoconferência
TÍTULO:

OBTENÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DE MICROCÁPSULAS E GRANULADOS DE PRÓPOLIS VERDE DE ALAGOAS


PALAVRAS-CHAVES:

Própolis Verde. Granulados Farmacêuticos. Ensaios térmicos. Teor de fenólicos. Atividade antioxidante. Atividade Antibacteriana.


PÁGINAS: 77
RESUMO:


A própolis é uma substância resinosa, quimicamente complexa, elaborada por abelhas, cuja variabilidade e características físico-químicas são dependentes do ambiente onde são produzidas. O objetivo do trabalho foi obter e caracterizar os extratos hidroalcoólicos, extrato seco spray-dryer e granulados de Própolis Verde Comercial de Apícolas do Estado de Alagoas, através de métodos analíticos de caracterização químico, físico-químico e antimicrobiano. A matéria-prima (extrato de própolis verde) foi adquirida no comércio local, e submetidas a processos de obtenção de extrato seco spray-dryer, granulados farmacêuticos e caracterizações através de ensaios de determinação de fenóis, flavonoides, atividade antioxidante, grau de encapsulação usando UV-VIS, Cromatografia Líquida de Alta Eficiência (CLAE), Ensaios térmicos e ensaio de atividade antibacteriana. A CLAE mostrou perfil cromatográfico de compostos fenólicos como flavonoides e ácidos fenólicos em comprimento de onda de 289 nm e 313 nm. Os particionados do extrato comercial de própolis verde apresentaram atividade antibacteriana frente aos microorganismos Staphylococcus aureus, Staphylococcus epidermidis e Enterococcus feacalis. O grau de encapsulação para os granulados variou entre 71,92 e 83,27%. A atividade antioxidante variou entre 92,94% e 97,55% na concentração de 100 µg/mL com valores de IC50 de 12,78 µg/mL para o extrato e entre 18,47 µg/mL e 26,13 µg/mL para granulados. A determinação de fenóis totais e flavonoides totais mostrou que os granulados apresentaram menores perdas de teor em relação à microcápsula spray-dryer. Os dados térmicos mostraram processos de perdas de massa na TG e entalpias endotérmicas de volatilização entre 50ºC e 150ºC que são sugestivos de perda de componentes voláteis como ésteres de ácido cinâmico presente no extrato de própolis verde. Os ensaios de atividade antioxidante combinados com ensaios térmicos, flavonóides totais e fenóis totais mostram a importância de monitorar a qualidade dos encapsulados de própolis verde para evitar perdas por volatilização ou decomposição durante etapas de processamento e necessidade de condições especiais de acondicionamento e estocagem do extrato na forma sólida. O mercado de produtos naturais tem atraído a atenção de formas farmacêuticas sólidas livres de álcool.

 

 


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - JOHNNATAN DUARTE DE FREITAS - IFAL
Externo à Instituição - JOSÉ MARCOS DOS SANTOS OLIVEIRA - CESMAC
Interna - 3509820 - MARIA ALINE BARROS FIDELIS DE MOURA
Interno - 1488396 - TICIANO GOMES DO NASCIMENTO
Notícia cadastrada em: 21/01/2022 11:05
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2024 - UFAL - sig-app-2.srv2inst1 19/05/2024 16:44