PPGCF PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS INSTITUTO DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS Telefone/Ramal: (82) 32141792

Banca de QUALIFICAÇÃO: SUZANNE PINHEIRO VIEIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : SUZANNE PINHEIRO VIEIRA
DATA : 17/02/2022
HORA: 14:00
LOCAL: Vìdeoconferência
TÍTULO:

Efeitos Cardiovasculares Induzidos pelas Anonnaceas: Uma Revisão Sistemática da Literatura


PALAVRAS-CHAVES:

Anonnacea; Antihipertensivo; Vasorrelaxante; Hipotensão; Bradicardia; Cardiotônico; Cardioproteção; Antiarrítmico; Efeitos Cardiovasculares


PÁGINAS: 57
RESUMO:

As doenças cardiovasculares (DCVs) são as principais causas de mortalidade mundial e geram significativo impacto financeiro no sistema de saúde. Dentre as DCVs, a que mais prevalece no cenário da saúde pública é a Hipertensão arterial sistêmica (HAS), o qual apresenta estado clínico multifatorial, definido pelo aumento sustentado da pressão arterial. O caráter assintomático da HAS desafia o diagnóstico precoce e o seu tratamento farmacológico é de difícil adesão devido às interações medicamentosas, em razão da polifarmácia, ao custo dos fármacos e a falta de escolaridade. Diante dessas circunstâncias, é atrativo implementar novos recursos que ajudem a contornar a falta de aceitação medicamentosa entre os pacientes. Assim, as plantas medicinais se fazem uma importante alternativa no tratamento das DCVs e o gênero Annona tem revelado propriedades hipotensora e vasodilatadora em chás e folhas de algumas espécies. Portanto, o atual trabalho teve como objetivo realizar uma revisão sistemática da literatura sobre os efeitos cardiovasculares das espécies vegetais pertencente à família Annonaceae, enfatizando as suas implicações na hipertensão arterial e para o desenvolvimento desse estudo foi realizado a busca e análise de informações por meios bibliográficos fundamentados em artigos científicos. As bases de dados selecionadas foram: Scielo, Web of Science, Scopus, Lilacs, Pubmed, Science direct e Medline. As estratégias da pesquisa para obtenção das informações foram utilizando as seguintes palavras-chaves:”Anonnacea” associadas ao nome de cada espécie pertencente à família, seguidas dos termos:”Antihypertensive”, “vasorelaxant”, “hypotension”, “bradycardic”, “cardiotonic”, “cardioprotection”, ”antiarhythimic” e “cardiovascular effects”. Ademais, não houve restrição de idiomas e nem de tempo. 9,6% dos gêneros e 0,72% das espécies vegetais apresentaram estudos acerca de efeitos farmacológicos sobre o sistema cardiovascular (SCV). Destacaram-se os gêneros Annona e Xylopia. 68,42% avaliaram os efeitos farmacológicos de somente substâncias isoladas a partir das diferentes espécies de Annonaceae, 26,32% avaliaram somente extratos, enquanto que 5,3% avaliaram óleo essencial. Com relação à parte da planta utilizada para a obtenção dos extratos/frações/substâncias isoladas: 42,86% dos trabalhos utilizaram as folhas; 28,57% as cascas do caule; 21,43% as raízes; 7,14% as sementes; e 7,14% os frutos. Quanto ao tipo de animal experimental: 88,88% dos trabalhos utilizaram ratos, sendo destes 87,5% do tipo Wistar e 12,5% Sprague–Dawley; 11,11% utilizaram camundongos; e 5,55% utilizaram coelho, rã ou cobaia. Quanto ao tipo de abordagem experimental: 27,77% dos trabalhos realizaram uma abordagem in vitro e in vivo; 50% somente in vitro; e 22,22% somente in vivo. Conclui-se que a família Annonaceae apresenta substâncias fitoquímicas com grande propriedade farmacológica no SCV, e os efeitos vasorrelaxante e hipotensor teve mencionados várias vezes, revelando de forma uniforme, que o principal mecanismo de ação observado era a indução das alterações dos níveis de cálcio intracelular. Portanto, esta família revelou-se como um grande potencial terapêutico a ser estudado para tratamento de enfermidades que afetam o SCV.


MEMBROS DA BANCA:
Interna - 1547952 - EURICA ADELIA NOGUEIRA RIBEIRO
Interna - 1331191 - SABRINA JOANY FELIZARDO NEVES
Interno - 1488396 - TICIANO GOMES DO NASCIMENTO
Notícia cadastrada em: 24/01/2022 14:37
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2024 - UFAL - sig-app-4.srv4inst1 19/05/2024 17:29