Banca de DEFESA: ÁLISSON LUIZ DOS SANTOS



Uma banca de DEFESA DE MESTRADO foi cadastrada pelo programa.

DISCENTE: ÁLISSON LUIZ DOS SANTOS
DATA: 28/10/2020
HORA: 14:00
LOCAL: ICBS
TÍTULO:

ADAPTAÇÃO DE ABORDAGEM INVESTIGATIVA AO MODELO DO ENSINO EXPLÍCITO PARA AULA SOBRE FLUXO DA INFORMAÇÃO GENÉTICA NO ENSINO MÉDIO  


RESUMO:

Tornar o Ensino da Biologia interessante e significativo para os alunos do Ensino Médio é um desafio constante para os docentes. A busca por abordagens e estratégias metodológicas eficazes deve considerar fatores que comprovadamente promovam a alfabetização científica (AC) e favoreçam a aprendizagem significativa dos educandos. As Sequências de Ensino Investigativas (SEIs) vem demonstrando serem capazes de impulsionar a alfabetização científica, cuja intencionalidade pedagógica busca estimular o estudante a refletir e ser o protagonista de sua aprendizagem. Diversos estudos de meta-análise[1] e mega-análise[2] também tem mostrado que o chamado “fator professor” é o que produz maior impacto sobre a performance escolar dos alunos, abrindo perspectivas para novas estratégias de ensino que potencializem o papel do professor. Partindo do pressuposto que o docente é quem define os recursos didáticos e as estratégias que serão adotadas em sala de aula, há a necessidade da busca de procedimentos cognitivos que potencializem a construção do conhecimento. A abordagem pedagógica do Ensino Explícito foi desenvolvida para maximizar a aprendizagem através de uma estrutura de três etapas sequenciadas e integradas: modelagem, prática guiada e prática autônoma. O presente estudo objetivou adaptar uma abordagem investigativa ao modelo do Ensino Explícito para aulas de Biologia e avaliar sua aplicação em sala de aula. Para isto, selecionamos o tema “Fluxo da Informação Genética”, regularmente abordado no ensino médio. Inicialmente, foi feito uma análise exegética para identificar os conceitos primários e derivados e para construção de um mapa conceitual hierárquico. Definiu-se a melhor estratégia de aula com base em atividades simuladas que permitiam o confronto dialético entre os fundamentos téoricos do Ensino Explícito aplicado a Biologia e a prática docente. A estratégia foi aplicada em grupos de alunos do Ensino Médio da Escola Estadual Aristheu de Andrade – Colônia Leopoldina/AL. As turmas foram selecionadas aleatoriamente para receber as aulas baseadas em Ensino Explícito integrado a atividades investigativas (grupo experimental, n=50 ) ou metodologia convencional (grupo controle, n=45). Realizou-se uma análise qualitativa e quantitativa dos resultados do desempenho dos estudantes, a pontuação média nos testes foi comparada entre os grupos experimentais e controle através de test t de Student. Os resultados do estudo confirmam a ideia de que a utilização do Ensino Explícito associado a uma abordagem investigativa potencializa o desempenho escolar dos estudantes para tópicos da disciplina considerados complexos e de difícil assimilação. Como produto educacional foi produzida uma cartilha didática com o plano e roteiro das aulas para os docentes, visando contribuir no aperfeiçoamento e apropriação de novas abordagens de ensino e aprendizagem.


PALAVRAS-CHAVE:

Ensino de Biologia. BCM. Ensino Explícito. Abordagem Investigativa. Cartilha Didática.

 


PÁGINAS: 115
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Biologia Geral

MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2579081 - DANIEL LEITE GOES GITAI
Interno(a) - 1544082 - MARCOS VINICIUS CARNEIRO VITAL
Externo(a) ao Programa - 3148673 - MYKAELLA ANDRADE DE ARAUJO
Notícia cadastrada em: 21/10/2020 14:44
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2024 - UFAL - sig-app-2.srv2inst1 30/05/2024 10:47