Banca de QUALIFICAÇÃO: JAMILLA DE PAULA DOS SANTOS ALMEIDA



Uma banca de QUALIFICAÇÃO DE MESTRADO foi cadastrada pelo programa.

DISCENTE: JAMILLA DE PAULA DOS SANTOS ALMEIDA
DATA: 29/07/2019
HORA: 14:00
LOCAL: SALA B DO IQB/UFAL (1º Andar)
TÍTULO:

DA CRIAÇÃO À EXPOSIÇÃO: OS DIREITOS DE AUTOR DOS ARTISTAS VISUAIS CONTEMPORÂNEOS VINCULADOS AO PROJETO "REDES CRIATIVAS" DO SEBRAE / AL, NA CIDADE DE MACEIÓ


RESUMO:

Esta pesquisa envolve Direitos de Autor, Economia Criativa e Artes Visuais, um dos segmentos, do Plano Nacional de Cultura (PNC), que criou o Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) através da Lei nº 12.343, 2 de dezembro de 2010, proposto pelo extinto Ministério da Cultura e desde janeiro de 2019, Secretária Especial da Cultura, possuindo representatividade em colegiado e planos monitorados pelo Conselho Nacional de Políticas Culturais (CNPC). Na História da humanidade ocidental às Artes Visuais é uma das áreas mais antigas da criação/criatividade artística ao lado da música, teatro e poesia, mas que carece de mais dados e indicadores relativos à atuação profissional e de negócios relacionados a direitos de autor de seus criadores (artistas) de forma consolidada e amplamente divulgada no Brasil. No decorrer do século XX e contemporaneamente no século XXI, os artistas visuais, que são um dos destinatários da Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998 (Lei de Direitos Autorais), merecem uma análise das questões inerentes aos direitos morais e patrimoniais vinculados ao seu fazer artístico materializado em suas obras que dialogue de forma objetiva e simples com o seu cotidiano. Portanto, o problema de pesquisa proposto é como criar material informativo sobre direitos de autor eficiente e acessível para os artistas visuais contemporâneos vinculados ao Projeto “Redes Criativas” do SEBRAE/AL, na cidade de Maceió, de forma a possibilitar uma gestão mais fluida de suas obras no mercado da economia criativa? Com a finalidade de atingir o objetivo geral entrelaçando-o aos objetivos específicos como etapas a serem cumpridas, o trabalho por meio de um método indutivo, se propôs a ser qualitativo, a partir de técnicas de pesquisa bibliográfica, documental e empírica que envolveu a coleta, análise e interpretação de dados dos integrantes do ecossistema criativo resultando em um manual de boas práticas com linguagem acessível aos destinatário-artista.


PALAVRAS-CHAVE:

Direitos de Autor; Artes Visuais; Economia Criativa; Cultura; Acesso Democrático; Realidade Brasileira.


PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração

MEMBROS DA BANCA:
Externo(a) à Instituição - ANA ELEONORA ALMEIDA PAIXÃO - UFS
Interno(a) - 2379905 - PEDRO ACCIOLY DE SÁ PEIXOTO NETO
Presidente - 1670912 - PIERRE BARNABE ESCODRO
Interno(a) - 1775449 - TATIANE LUCIANO BALLIANO
Notícia cadastrada em: 26/07/2019 16:31
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2024 - UFAL - sig-app-1.srv1inst1 22/02/2024 03:48