Banca de QUALIFICAÇÃO: CATARINA SILVA DOS SANTOS



Uma banca de QUALIFICAÇÃO DE MESTRADO foi cadastrada pelo programa.

DISCENTE: CATARINA SILVA DOS SANTOS
DATA: 25/10/2019
HORA: 09:30
LOCAL: Sala 204 da pós-graduação do PPGCF - Instituto de Ciências Farmacêuticas / UFAL
TÍTULO:

Monitoramento Tecnológico e Modelos de Negócios com o Sururu de Alagoas: Usos Potenciais como Tecnologia para o Sistema Único de Saúde (SUS)


RESUMO:

O Sururu é um molusco Bivalve, conhecido popularmente como “Sururu de Capote”; pertence à família dos Mitilídeos. É destaque na gastronomia alagoana, porém o seu mercado potencial se estende além do setor de alimentos. A cadeia produtiva do sururu em Alagoas possui em cada uma de suas etapas situações nocivas e crônicas. A extração é feita pelos pescadores de modo rudimentar e insalubre, pondo em risco suas vidas, a poluição das águas da lagoa Mundaú também é um problema de muitas décadas, o descarte irregular de toneladas diárias de conchas na via pública da orla lagunar, a falta de equipamentos de proteção individual e o trabalho infantil são alguns dos muitos problemas decorrentes o comércio do sururu em nosso Estado. É notório a necessidade de estudos, pesquisas tecnológicas e políticas públicas que possam dar a esta cadeia produtiva uma realidade diferente na utilização desta matéria-prima de importância cultural que também vem apresentando apelo sócio-ambiental. A pesquisa de prospecção tecnológica do sururu constatou que a proteína deste molusco detém propriedades biológicas e medicinais e vem sendo aplicada como matéria prima para fármacos em todo o mundo desde a década de 1980; sua concha, rica em cálcio, magnésio, fósforo, ferro e outros minerais também possui valor comercial e aplicações em diferentes áreas. A metodologia consistiu na coleta de dados nas bases de patentes INPI, LENS, Espacenet, WIPO e Orbit. Os artigos científicos foram pesquisados nas bases Scopus e na Scielo. Os levantamentos evidenciaram um vasto potencial econômico no setor de fármacos utilizando a proteína deste molusco para cicatrização de feridas e outras lesões, uso em composições cosméticas e anti-bacterianas, vírus da herpes, anti-malárico, anti-diabético, anti-inflamatórios da pele, enxertos ósseos e regeneração de cartilagens, peptídeos anti-hipertensivos, entre outros. As conchas do sururu, vem sendo aplicadas na área de química de materiais nanoparticulados, matéria-prima para a construção civil, ração animal, em processo de purificação de água e controle da poluição ambiental. Outro subproduto, o bisso de bivalve também demonstrou aplicabilidade nas áreas de artes plásticas e artesanatos. Para dar maior abrangência e possibilidades de inovação, realizamos também levantamento de patentes em domínio público do sururu, levantou-se as principais possibilidades de novos negócios nesta cadeia produtiva sobre a ótica da Inovação Frugal e da Economia Circular, o que nos permitiu seguir rumos conexos de avaliação ligadas ao desenvolvimento sustentável. Para esta, a metodologia foi feita através da coleta de dados na base Lens. Os resultados também apresentaram ótimas perspectivas no comércio deste molusco. Este trabalho de prospecção tecnológica do Sururu demonstrou potencialidades econômicas de desenvolvimento de novos produtos tecnológicos médico-terapêutico e dispositivos de controle ambientais contribuindo com o desenvolvimento sustentável em comunidades tradicionais do setor pesqueiro


PALAVRAS-CHAVE:

Monitoramento tecnológico. Sururu. Materiais médico-terapêuticos. Controle ambiental. Desenvolvimento Sustentável. Inovação Frugal. Economia Circular


PÁGINAS: 45
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Administração

MEMBROS DA BANCA:
Externo(a) ao Programa - 1443982 - ALFREDO DIAS DE OLIVEIRA FILHO
Interno(a) - 2582588 - FRANCISCO JOSE PEIXOTO ROSARIO
Interno(a) - 5198835 - JOSE EDMUNDO ACCIOLY DE SOUZA
Presidente - 1488396 - TICIANO GOMES DO NASCIMENTO
Notícia cadastrada em: 23/10/2019 16:37
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2024 - UFAL - sig-app-2.srv2inst1 28/02/2024 13:29