Banca de DEFESA: WILLAMS PEREIRA LOPES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : WILLAMS PEREIRA LOPES
DATA : 23/05/2022
HORA: 14:00
LOCAL: GOOGLE MEET
TÍTULO:

Propostasde Estratégias de Marketing para Valorização de Produtos de Indicações Geográficas de Alagoas


PALAVRAS-CHAVES:

Indicação Geográfica, Valorização de Produtos, Estratégias Mercadológicas


PÁGINAS: 123
RESUMO:

Comercializar produtos de forma estruturada e contínua é um dos grandes gargalos encontrados pelos detentores de registros de indicação geográfica (IG) no Brasil. A partir da problemática de pesquisa, sobre como estruturar estratégias mercadológicas para valorização de produtos de IG alagoanas, observou-se que não há um método estruturado para apoio à comercialização de produtos nem estratégias comerciais definidas que auxiliem as IG locais em suas iniciativas para acesso a mercados. O objetivo geral deste estudo é estruturar estratégias mercadológicas para valorização de produtos de indicações geográficas de Alagoas. Para alcançá-lo, são apontados objetivos específicos para identificar percepções de atores do ecossistema de apoio sobre o modelo mais adequado para potencializar resultados, constatar as dificuldades existentes nas cadeias produtivas e oportunidades para inferência de ações estratégicas, gerando recomendações para auxiliar na divulgação da IG e seus produtos. A pesquisa possui natureza aplicadae utiliza o método abdutivo. Sua abordagem é qualitativa e possui objetivo exploratório, utilizando como métodos de pesquisa o metaestudo; levantamento de dados, via survey; pesquisa-ação e Design Science research. Os dados foram coletados por meio de pesquisas bibliográficas e documentais e observação direta intensiva e extensiva, os quais foram tratados por meio da análise de conteúdo. Percebeu-se como resultados que há desestruturação da governança local, o que impacta significativamente no acesso a mercados e promoção comercial, causando fragilizado posicionamento. Não há política pública estruturada que incentive as IG como verdadeira estratégia de desenvolvimento territorial e isso reflete um ecossistema empreendedor enfraquecido, alicerçado apenas emum ou dois agentes, gerando sobrecarga e limitação de investimentos econômico-financeiros para apoio aos grupos produtivos. Ainda, não há profissionalização da gestão empresarial nas IG, especialmente na área comercial, revelando atuação de mercado empírica, bem como alta dependência técnica e financeira dos grupos menos estruturados. Por fim, obteve-se 04 principais recomendações para os agentes que integram esse ambiente de negócio: fortalecimento do ambiente de negócio para valorização da IG; profissionalização da gestão empresarial; planejamento de marketing; e divulgação, comunicação de atributos e vendas focadas e ativas.


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - HULDA OLIVEIRA GIESBRECHT
Externo à Instituição - FRED LEITE SIQUEIRA CAMPOS - UFSC
Presidente - 1454996 - LUCIANA PEIXOTO SANTA RITA
Interna - 2120992 - SILVIA BEATRIZ BEGER UCHOA
Notícia cadastrada em: 17/05/2022 11:10
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2022 - UFAL - sig-app-2.srv2inst1 04/07/2022 02:24