PPF PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FILOSOFIA INSTITUTO DAS CIÊNCIAS HUMANAS, COMUNICAÇÃO E ARTES Telefone/Ramal: Não informado

Banca de DEFESA: JESSICA BAETA DE AZEVEDO CARVALHO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JESSICA BAETA DE AZEVEDO CARVALHO
DATA : 30/07/2021
HORA: 09:00
LOCAL: Espaço virtual - meet.google.com/atj-tgny-tmf
TÍTULO:

Entre o orgânico e o psíquico: formulações sobre a gênese do eu em Freud 


PALAVRAS-CHAVES:

Freud; Defesa; Gênese do eu; Epistemologia


PÁGINAS: 100
RESUMO:

O problema da gênese do eu assumiu desde muito cedo um papel central nos escritos de Freud sobre a dinâmica da vida anímica. Em suas primeiras formulações, os impasses da origem da dissociação da consciência na histeria ganham destaque. Somados às alterações orgânicas e psíquicas provocadas pelas manifestações da histeria, fenômeno, nos apresentam o contexto no qual o eu é originariamente concebido como um dos polos do conflito defensivo. Isto não só determina as condições de emergência das neuropsicoses de defesa, mas também introduz algumas das funções do eu relativas à organização dos processos psíquicos. Nisto consiste, em grande medida, os vetores da análise de Freud a respeito da dinâmica das representações que levariam à formação das neuropsicoses. Mas é curioso notar que mesmo sem estabelecer a sua origem, Freud já antecipa as funções do eu nessa análise, que se vale de formulações que ora pendem para o lado da experiência, ora se voltam para o uso da especulação. Esse movimento ambivalente nos faz questionar sobre os compromissos epistêmicos que se encontram implícitos nessa abordagem, que, no limite, dá forma a um determinado discurso de validação epistemológica que estaria fundamentado nos termos da ciência de sua época. A compreensão desse discurso, por sua vez, nos parece fornecer uma chave de leitura para a introdução formal da gênese do eu que se vê na primeira grande tentativa de Freud de conceber a psicologia nos moldes de uma ciência natural. Essa intrincada rede de relações que dá origem à trama do eu na obra freudiana será, portanto, o problema de pesquisa ao qual nos propomos a responder com primeira tentativa de sistematização proposta por nossa investigação. 


MEMBROS DA BANCA:
Interna - 1822493 - CRISTINA AMARO VIANA MEIRELES
Externa à Instituição - FATIMA CAROPRESO - UFJF
Externo à Instituição - HELIO HONDA
Presidente - 1505614 - RODRIGO BARROS GEWEHR
Notícia cadastrada em: 28/06/2021 10:32
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2024 - UFAL - sig-app-4.srv4inst1 24/05/2024 18:54