PPGAA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRICULTURA E AMBIENTE CAMPUS ARAPIRACA Telefone/Ramal: (82) 9955-0943
Dissertações/Teses

Clique aqui para acessar os arquivos diretamente da Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFAL

2022
Dissertações
1
  • RICARDO ÍTALO GUIMARÃES SOUSA
  • PRODUÇÃO DE RABANETE IRRIGADO COM ÁGUA RESIDUÁRIA
    TRATADA EM AMBIENTE PROTEGIDO NA REGIÃO AGRESTE DE
    ALAGOAS

  • Orientador : CICERO GOMES DOS SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CICERO GOMES DOS SANTOS
  • MARCIO AURELIO LINS DOS SANTOS
  • ANTHONY WELLINGTON ALMEIDA GOMES
  • DANIELLA PEREIRA DOS SANTOS
  • Data: 08/02/2022

  • Mostrar Resumo
  • A população mundial cresce em uma projeção exponencial, enquanto a produção
    de alimentos-fibras-bioenergias vem enfrentando uma série de obstáculos para
    atender este crescente demanda populacional, principalmente na utilização dos
    recursos naturais. A agropecuária é um dos segmentos econômicos que mais
    utilizam o recurso natural, a água, com uma estimativa de cerca de 70%. A
    produção de agrícola de bases sustentáveis passa pela utilização racional da água,
    a partir de reutilização de águas servidas que recebem um tratamento e retornam
    ao sistema, principalmente na agricultura irrigada. A região Agreste do estado de
    Alagoas, apresenta um dos principais fatores limitantes na produção de agrícola, o
    que vem limitando adsorção dos sistemas agrícolas mais competitivos. A
    utilização de água servidas se apresenta com uma alternativa viável do ponto de
    vista econômico-social e ambiental. Neste contexto, este trabalho tem como
    objetivo a avaliar à utilização da água servidas, proveniente de estação de
    tratamento na irrigação da cultua do rabanete no Agreste alagoano. O experimento
    foi realizado nas dependências da casa de vegetação do Campus Arapiraca,
    Universidade Federal de Alagoas, no período de maio a agosto de 2020. O
    material (efluente tratado) foi obtido na estação de tratamento de esgoto da
    Companhia de Abastecimento de Estado de Alagoas (CASAL), localizada no
    município de Taquarama, região Agreste de Alagoas. Os tratamentos em esquema
    fatorial de 5 x 2 x 4, constituídos de cinco lâminas de irrigação (R1: 100% da água
    da CASAL; R2: 75% da água da CASAL + 25% de efluente; R3: 50% da água da
    CASAL + 50% de efluente; R4: 25% de água da CASAL + 75% de efluente e R5:
    100% de efluente), dois solos com textura diferentes e quatro repetições,
    totalizando 40 parcelas amostrais. Avaliamos altura, massa fresca e seca da parte
    aérea; comprimento e massa fresca da raiz; diâmetro do fruto e número de folhas,
    produção total dos frutos. A avaliação microbiológica das águas residuárias,
    realizou-se a contagem de ovos de helmintos na água de reuso. Os dados foram
    submetidos foram submetidos à análise de variância e as medias comparadas pelo
    teste de Tukey a 5%. Verificou - se que não foram significativos para as variáveis
    número de folhas, Brix e SPAD. A aplicação de lâminas de irrigação com
    diluições de esgoto tratado proveniente de ETE (Reator UASB + Filtro
    Anaeróbio), apresentou resultados significativos para quase todas as variáveis. O
    efluente tratado elevou a produtividade do rabanete, sem comprometer aspectos
    legais e sanitários, pois resultados foram ausentes para ovos de helmintos.


  • Mostrar Abstract
  • The world population grows at an exponential projection, while the production of
    food-fiber-bioenergy has been facing a series of obstacles to meet this growing
    population demand, mainly in the use of natural resources. Agriculture is one of
    the economic segments that most use the natural resource, water, with an estimate
    of around 70%. The production of agricultural on a sustainable basis involves the
    rational use of water, from the reuse of wastewater that receives treatment and
    returns to the system, mainly in irrigated agriculture. The Agreste region of the
    state of Alagoas presents one of the main limiting factors in agricultural
    production, which has been limiting the adsorption of the most competitive
    agricultural systems. The use of wastewater presents itself as a viable alternative
    from an economic, social and environmental point of view. In this context, this
    work aims to evaluate the use of wastewater from a treatment plant in the
    irrigation of the radish crop in the Agreste region of Alagoas. The experiment was
    carried out in the premises of the greenhouse at Campus Arapiraca, Federal
    University of Alagoas, from May to August 2020. The material (treated effluent)
    was obtained from the sewage treatment plant of the Alagoas State Supply
    Company (CASAL), located in the municipality of Taquarama, Agreste region of
    Alagoas. Treatments in a factorial scheme of 5 x 2 x 4, consisting of five irrigation
    depths (R1: 100% of CASAL's water; R2: 75% of CASAL's water + 25% of
    effluent; R3: 50% of CASAL's water + 50% effluent; R4: 25% CASAL water +
    75% effluent and R5: 100% effluent), two soils with different textures and four
    replications, totaling 40 sample plots. We evaluated height, fresh and dry mass of
    the aerial part; root length and fresh weight; fruit diameter and number of leaves,
    total fruit production. The microbiological evaluation of the wastewater was
    carried out by counting helminth eggs in the reuse water. Data were submitted to
    analysis of variance and means compared by Tukey test at 5%. It was found that
    they were not significant for the variables number of leaves, Brix and SPAD. The
    application of irrigation depths with dilutions of treated sewage from ETE (UASB
    Reactor + Anaerobic Filter) presented significant results for almost all variables.
    The treated effluent increased radish productivity, without compromising legal and
    sanitary aspects, as results were absent for helminth eggs.

2
  • LIDIANE MATIAS
  • SUCESSÃO EM COMUNIDADES VEGETAIS DE SOLOS ARENOSOS: UM MODELO DE NUCLEAÇÃO REVISITADO

  • Orientador : FLAVIA DE BARROS PRADO MOURA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FLAVIA DE BARROS PRADO MOURA
  • CICERO CARLOS DE SOUZA ALMEIDA
  • JOSE VIEIRA SILVA
  • RAFAEL RICARDO VASCONCELOS DA SILVA
  • NADJACLEIA VILAR ALMEIDA
  • Data: 13/06/2022

  • Mostrar Resumo
  • Neste trabalho nós discutimos o padrão espacial centrifugo no estabelecimento da vegetação em solos arenosos costeiros, segundo um modelo em que uma planta atua como catalizador do processo de sucessão e desencadeia o processo de formação de moitas. Nós estudamos o crescimento da vegetação em uma unidade de conservação no Estado de Alagoas (APA da Marituba), analisando 100 moitas e seu crescimento em dois momentos diferentes, com intervalo de 10 anos. A intensidade do padrão espacial foi quantificada utilizando métricas de paisagem. Nossos dados apontam que uma planta chave (Myrciaria floribunda) inicia um processo, criando núcleos de regeneração. O processo inicial de colonização aparenta seguir uma linha de montagem, com um padrão de sucessão determinístico até que as moitas atingem o tamanho de 10m. Na sequência sucessional, ocorre o crescimento dos núcleos e a coalescência dos núcleos vizinhos. O crescimento dos núcleos se deu tanto pela chegada de propágulos de novas espécies, quanto pela adição de novos indivíduos de espécies da assembleia inicial. Observou-se que as moitas de menores áreas tenderam a apresentar formatos arredondados e à medida que as moitas aumentam de área seu formato vai ficando linear e os valores dos índices tendem a aumentar. A riqueza taxonômica das moitas, em nível de espécies, aumenta ao longo do gradiente de tamanho das moitas A riqueza também foi correlacionada com a forma da moita, moitas maiores e irregulares foram mais ricas em espécies. Eu relação a partição da diversidade beta, observa-se maior contribuição de turnover, entretanto para moitas menores de 10m houve maior efeito de aninhamento. 


  • Mostrar Abstract
  • In this research we discuss the centrifugal spatial pattern in the establishment of vegetation in sandy coastal soils, according to a model in which a plant acts as a catalyst for the succession process and triggers the process of clump formation. We studied vegetation growth in a conservation unit in the State of Alagoas (APA da Marituba), analyzing 100 thickets and their growth at two different times, with an interval of 10 years. The intensity of the spatial pattern was quantified using landscape metrics. Our data indicate that a key plant (Myrciaria floribunda) initiates a process creating regeneration nuclei. The initial colonization process appears to follow an assembly line, with a deterministic succession pattern until the thickets reach a size of 10m. In the successional sequence, nuclei grow and neighboring nuclei coalesce. The growth of the nuclei occurred both by the arrival of propagules of new species and by the addition of new individuals of species from the initial assembly. It was observed that the thickets of smaller areas tended to present rounded shapes and as the thickets increase in area, their shape becomes linear and the index values tend to increase. The taxonomic richness of clumps, at species level, increases along the clump size gradient Richness was also correlated with clump shape, larger and irregular clumps were richer in species.

3
  • RUBIANA DO NASCIMENTO LIRA
  • ESTIMATIVA DA EROSIVIDADE DAS CHUVAS NA BACIA DO RIO CORURIPE ATRAVÉS DE MODELOS MATEMÁTICOS

  • Orientador : CICERO GOMES DOS SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CICERO GOMES DOS SANTOS
  • DANIELLA PEREIRA DOS SANTOS
  • MARCIO AURELIO LINS DOS SANTOS
  • RUBENS PESSOA DE BARROS
  • Data: 28/06/2022

  • Mostrar Resumo
  • O potencial da chuva em causar erosão pode ser avaliado através de índices de erosividade. A erosividade das chuvas, definidas como o potencial da chuva em causar erosão, em função exclusivamente das características físicas da própria chuva, entre as quais a intensidade, quantidade, diâmetro da gota de chuva, velocidade terminal e energia cinética. A estimativa da erosividade é obtido utilizando-se uma série de registros pluviográficos de no mínimo 20 anos. O método pluviográficos é o método padrão utilizado no Brasil. Mas devido as deficiências de registros pluviográficos, buscando suprir esta deficiência foi proposto por Lombardi Neto, um modelo matemático, que estabelece uma relação entre os valores de precipitação pluviométrica mensal por um período anual, o resultado é denominado de coeficiente de chuva. A bacia do Rio Coruripe, se estende por mais de 140 km, desde sua nascente na borda do Planalto da Borborema, no município de Palmeira dos Índios e desagua no Oceano Atlântico, no município de Coruripe. Neste percurso atravessa diferentes regiões, com muitas nos regimes pluviométricos, que tem influência nos índices de erosividade no recorte territorial da referida bacia. Partindo deste pressuposto, este trabalho tem como objetivo determinar os índices de erosividade da chuva dos municípios integrantes da bacia do Rio Coruripe – AL, através de modelos matemáticos. Nesta pesquisa trabalhos informações pluviométricas de 12 municípios integrantes da Bacia Hidrográfica do Rio Coruripe, no período estudado está compreendido entre 1913 a 2021, a depender dos dados pluviométricos disponíveis para cada município. Para estimativa da erosividade utilizou-se os modelos propostos por Leprun e por Lombardi Netto; Moldenhauer. O município de Quebrangulo apresentou os maiores índices de erosividade, pelos modelos propostos por Leprun e por Lombardi Neto; Moldenhauer. O município de Craíbas, apresentou os menores índices de erosividade pelos modelos estudados, talvez seja em função da amplitude dos dados pluviométricos. Os maiores valores de erosividade média mensal foram verificados na região do alto Coruripe, região onde está localizado a nascente, com um relevo bastante movimentado. A região denominada de médio Coruripe, apresentou os menores índices de erosividade e de precipitação, este resultado está condicionado aos valores apresentados pelo município de Craíbas. Os modelos apresentaram uma boa correlação em todos os municípios da bacia hidrográficas da bacia hidrográfica do Rio Coruripe – AL.


  • Mostrar Abstract
  • The potential of rain to cause erosion can be assessed through erosivity indices. Rainfall erosivity, defined as the potential for rain to cause erosion, depending exclusively on the physical characteristics of the rain itself, including intensity, quantity, raindrop diameter, terminal velocity and kinetic energy. The erosivity estimate is obtained using a series of rainfall records of at least 20 years. The pluviographic method is the standard method used in Brazil. But due to the deficiencies of rainfall records, seeking to overcome this deficiency was proposed by Lombardi Neto, a mathematical model, which establishes a relationship between the values of monthly rainfall for an annual period, the result is called rainfall coefficient. The Coruripe River basin extends for more than 140 km, from its source on the edge of the Borborema Plateau, in the municipality of Palmeira dos Índios and flows into the Atlantic Ocean, in the municipality of Coruripe. This route crosses different regions, with many in the pluviometric regimes, which has an influence on the erosivity indices in the territorial cut of the aforementioned basin. Based on this assumption, this work aims to determine the rainfall erosivity indices of the municipalities that are part of the Coruripe River basin - AL, through mathematical models. In this research, pluviometric information from 12 municipalities that are part of the Coruripe River Watershed, in the period studied is between 1913 and 2021, depending on the pluviometric data available for each municipality. To estimate erosivity, the models proposed by Leprun and Lombardi Netto were used; Moldenhauer. The municipality of Quebrangulo presented the highest erosivity indices, according to the models proposed by Leprun and Lombardi Neto; Moldenhauer. The municipality of Craíbas had the lowest erosivity indices by the models studied, perhaps due to the amplitude of the rainfall data. The highest values of monthly average erosivity were verified in the region of Alto Coruripe, region where the east is located, with a very busy relief. The region called middle Coruripe, presented the lowest erosivity and precipitation indexes, this result is conditioned to the values presented by the municipality of Craíbas. The models showed a good correlation in all the municipalities of the river basin of the river Coruripe - AL.

4
  • ANA CLEIA BARBOSA DE LIRA
  • Efeito de óleos essenciais no tratamento pós-colheita em tomate (Solanum lycopersicum L.) na região agreste de Alagoas.

     

  • Orientador : JOÃO GOMES DA COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JHONATAN DAVID SANTOS DAS NEVES
  • JOÃO GOMES DA COSTA
  • MAYARA ANDRADE SOUZA
  • RUBENS PESSOA DE BARROS
  • Data: 29/06/2022

  • Mostrar Resumo
  • O fruto do tomateiro (Solanum lycopersicum L.) é versátil, sendo consumido in natura ou processado, porém possui vida-de-prateleira limitada. Assim sendo, o uso de substâncias naturais com propriedades antimicrobianas e antifúngicas são importantes para uso como tratamento pós-colheita. Dessa forma, objetivou-se avaliar os efeitos dos óleos essenciais da copaíba e da própolis, nas características pós-colheita e parâmetros físico-químicos em frutos do tomate variedade TY-16. Os frutos foram imersos nas soluções preparadas dos óleos essenciais com exceção do tratamento controle, no qual, foram apenas lavados com a solução clorada. Foi utilizado um delineamento inteiramente ao acaso e esquema fatorial (2 x 5). Os dados foram determinados aos 0, 5, 10 e 15 dias e submetidos à análise de variância pelo Teste F e o uso do teste de Dunnett para comparar cada concentração versus controle, ao nível de 5% de probabilidade (p<0,05). Os dados também foram submetidos a análise de regressão para determinar a melhor dose. O programa estatístico utilizado foi GENES. Não houve diferença significativa entre os níveis de concentração da própolis verde e, para a própolis vermelha, houve diferença significativa apenas para Brix, destaca-se os tratamentos com as doses de 2 e 4 %.  Os efeitos mais interessantes foram aqueles obtidos com os tratamentos dos frutos com a copaíba. A copaíba destilada apresentou melhores resultados à 5% e 7% de inclusão e a copaíba balsâmica à medida que aumenta o nível de inclusão a perda de massa e a firmeza do fruto diminui. A estimativa das doses mais eficientes para tratamento pós-colheita, a partir das equações de regressões, seriam 24,45% do extrato destilado de copaíba e de 20,98% para o extrato balsâmico de copaíba.


  • Mostrar Abstract
  • The tomato fruit (Solanum lycopersicum L.) is versatile, being consumed fresh or processed, but has a limited shelf life. Therefore, the use of natural substances with antimicrobial and antifungal properties are important for use as post-harvest treatment. Thus, the objective was to evaluate the effects of copaiba and propolis essential oils on post-harvest characteristics and physicochemical parameters in tomato fruit variety TY-16. The fruits were immersed in the prepared solutions of essential oils with the exception of the control treatment, in which they were only washed with the chlorinated solution. A completely randomized design and factorial scheme (2 x 5) were used. Data were determined at 0, 5, 10 and 15 days and subjected to analysis of variance by the F Test and the use of Dunnett's test to compare each concentration versus control, at a 5% probability level (p<0.05) . Data were also subjected to regression analysis to determine the best dose. The statistical program used was GENES. There was no significant difference between the concentration levels of green propolis and, for red propolis, there was a significant difference only for Brix, highlighting the treatments with doses of 2 and 4%. The most interesting effects were those obtained with the treatments of fruits with copaiba. The distilled copaiba presented better results at 5% and 7% of inclusion and the balsamic copaiba as the inclusion level increases, the mass loss and fruit firmness decreases. The estimate of the most efficient doses for post-harvest treatment, from the regression equations, would be 24.45% for the distilled extract of copaiba and 20.98% for the balsamic extract of copaiba.

5
  • MARIA RENATA MARIANO DA SILVA
  • IDENTIFICAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS DA CAATINGA NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO CAPIÁ, SEMIARIDO DO BRASIL.

  • Orientador : JOSE VIEIRA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FLAVIA DE BARROS PRADO MOURA
  • JOSE VIEIRA SILVA
  • PEDRO LUCAS COSMO DE BRITO
  • Data: 29/06/2022

  • Mostrar Resumo
  • O bioma Caatinga é o principal conjunto de ecossistemas terrestres da região Nordeste do país; o domínio vegetal da Caatinga é diversificado em paisagens e tipos vegetacionais, no entanto, está avançando em estágio de degradação com poucos remanescentes conservados. Para compreender a dinâmica de ambiente tão diverso, é importante considerar como unidades bacias hidrográficas. Desse modo, buscou-se identificar áreas degradadas na Bacia Hidrográfica do Rio Capiá, durante o período de 2001 a 2021, inserida no Bioma Caatinga, semiárido brasileiro. Para isso, foram utilizados produtos de sensoriamento remoto, onde, por meio de imagens SRTM, LANDSAT 5/TM e 8/OLI, dados do MapBiomas Brasil e CHIRPS; utilizados no Google Earth Engine e Quantum gis (Qgis) permitiram avaliar a declividade, Índices de Vegetação - IVs, uso e cobertura do solo e precipitação. Além disso, foram selecionados 10 alvos no terreno da bacia hidrográfica, onde se realizou coleta de dados em campo. O estudo mostrou que, maior parte da região possui declividade muito baixa e baixa (0-3% e 3-6%); os IVs utilizados apresentaram resultados similares com maior expressão da cobertura vegetal para os últimos anos da série temporal, a variação espacial da vegetação está relacionada, principalmente, a declividade e precipitação. No que se refere ao uso e ocupação do solo, para última década, foram registradas reduções na área (%) das classes floresta natural, formação não florestal e corpos hídricos, em contra partida, aumento de agropecuária e área urbana. A visita in loco representou etapa fundamental para verificação dos dados remotos, sendo registradas imagens de cada ponto. Os dados demostram que, estudos de monitoramento ambiental são precisos para compreender a dinâmica de mudanças ao longo do tempo, o uso do sensoriamento remoto, oferece muitas opções como ferramentas de estudo, no entanto, quando validados em campo, conferem maior integridade.


  • Mostrar Abstract
  • The Caatinga biome is the main set of terrestrial ecosystems in the Brazilian Northeast region. The Caatinga vegetation domain is diversified in landscapes and vegetation types; however, it is advancing in a stage of degradation with few conserved remnants. To understand the dynamics of such a diverse environment, it is important to consider watersheds as units. In this way, we sought to identify degraded areas in the Capiá River Basin, during the period from 2001 to 2021, inserted in the Caatinga Biome, Brazilian semi-arid region. For this, remote sensing products were used, where, through SRTM, LANDSAT 5/TM and 8/OLI images , data from MapBiomas Brazil and CHIRPS ; used in Google Earth Engine and Quantum gis ( Qgis ) allowed to evaluate the slope, Vegetation Indexes - IVs , land use and cover and precipitation. In addition, 10 targets were selected on the ground of the watershed, where data collection was carried out in the field. The study showed that most of the region has very low and low slopes (0-3% and 3-6%); the IVs used showed similar results with greater expression of vegetation cover for the last years of the time series, the spatial variation of vegetation is mainly related to slope and precipitation. With regard to land use and occupation, for the last decade, reductions were registered in the area (%) of the class’s natural forest, non-forest formation and water bodies, in contrast, an increase in agriculture and livestock and urban areas. The on-site visit represented a fundamental step for verifying the remote data, with images of each point being recorded. The data show that environmental monitoring studies are necessary to understand the dynamics of changes over time, the use of remote sensing offers many options as study tools, however, when validated in the field, they provide greater integrity.

6
  • ALEX TEÓFILO DA SILVA
  • SOLUBILIZAÇÃO DE FOSFATO INORGÂNICO POR BACTÉRIAS E FUNGOS DA CAATINGA

  • Orientador : ALYSSON WAGNER FERNANDES DUARTE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALYSSON WAGNER FERNANDES DUARTE
  • FLAVIA DE BARROS PRADO MOURA
  • JOÃO GOMES DA COSTA
  • MICHEL RODRIGO ZAMBRANO PASSARINI
  • Data: 29/06/2022

  • Mostrar Resumo
  • A Caatinga, bioma exclusivo do Brasil, possui características climáticas únicas, marcadas por altas temperaturas e baixa pluviosidade. Os micro-organismos da Caatinga produzem ativos biológicos pouco explorados e que podem ser estratégicos para uso agrícola, como a solubilização de fosfato. Nessa perspectiva, objetivou-se avaliar a solubilização de fosfato inorgânicos por bactérias e fungos isolados de liquens da Caatinga alagoana, bem como quantificar a solubilização em diferentes condições de estresse. As amostras de liquens crostosos e fruticosos foram coletadas no sertão alagoano, no município de Santana do Ipanema-AL, em uma região de proteção ambiental, a reserva da Tocaia, e em uma região impactada, a Serra do Gugi. Um total de 129 fungos e 152 bactérias foram avaliados, sendo 08 bactérias positivas para solubilização de fosfato inorgânico a 25,0 °C. As cepas foram selecionadas para os demais testes e avaliadas em diferentes temperaturas a 25,0, 30,0 e 35,0°C em meio sólido e avaliado o Índice de solubilização (IS), foram: 1. LCB2, 5. LCB3, 6. LCB3, 7. LCB3, 8. LCB3, 15. LCB3, 9. LCB7, e 6. UVLCB5. Observou-se que as bactérias foram capazes de solubilizar nas três faixas de temperatura. Os isolados que tiveram os maiores (IS) foram: 9. LCB7 (3,42); 1. LCB2 (4,83); 15. LCB3 (8,27) a 25,0°C, já a 30,0°C o isolado com maior IS foi o 7. LCB3 (4,31); 1. LCB2 (5,33) e 15. LCB3 (12,05), a 35,0° C a cepa 15. LCB3 manteve o maior IS com (10,72) a cepa 1. LCB2 (4,58). No geral os halos variaram entre 2,0 mm a 31 mm respectivamente. Nos testes de solubilização com os isolados fúngicos em meio sólido NBRIP não houve resultados positivos. Em meio líquido, 02 isolados 1. LCB2 e 9. LCB7 apresentaram valores significativos para quantificação de P a 35,0°C a bactéria 9. LCB7 obteve liberação média de P solúvel de 520,53 mg/L, com redução de pH para 4,11 e a 30,0°C, a 1. LCB2 teve liberação média de P solúvel de 563,73 mg/L, com redução de pH para 4,14. Os ensaios em diferentes pH (5,0; 7,0 e 9,0) a cepa 1. LCB2 conferiu melhor solubilização em pH 9,0 com média de 551,90 mg/L de P solúvel e redução de pH para 3,69 conferindo melhor adaptabilidade ao meio alcalino, o mesmo ocorreu com a cepa 9. LCB7 que obteve maior solubilização em pH 9,0 com média de 455,88 mg/L e redução do pH 3,75; O isolado 9. LCB7 obteve a melhor média de solubilização em pH 9,0 com liberação média de P solúvel de 455,88 mg/L com redução de pH para 4, 75; o mesmo ocorreu com o isolado 1. LCB2 que obteve liberação média de P de 551,90 mg/L em pH 9,0 com baixa no pH para 3,69. Nos testes com diferentes concentrações de NaCl ambas as estirpes solubilizaram melhor em até 0,5 M sendo 607,7 mg/L para cepa 9. LCB7, a cepa 1. LCB2 conferiu 236,34 mg/L de P solúvel a 1,0 M. Em relação as diferentes fontes de carbono testadas, ambas as cepas mantiveram a glicose como melhor fonte de carboidrato com média de 558,59 e 532,53 mg/L respectivamente. Em contrapartida para diferentes fontes de nitrogênio a cepa 1. LCB2 conferiu maior nível de P solúvel com a Ureia 479,74 mg/L, a cepa 9. LCB7 teve o sulfato de amônio com maior solubilização de 617,75 mg/L. Na cinética a solubilização ocorreu exponencialmente para as duas bactérias, chegando a 683,1 mg/L no 7 dia (144h) de incubação para 1. LCB2 e 667,82 mg/L para 9. LCB7. Na análise de HPLC os ácidos: lático, citríco, succínico e fumárico estiveram presentes, enquanto 9. LCB7 apenas o ácido fumárico não constou nas 144h do ensaio, a cepas 1. LCB2 produziu apenas o ácido cítrico até o período de 72h e produziu o ácido fumárico até do final do experimento. Os micro-organismos testados isolados de liquens da Caatinga possuem grande potencial para solubilização de fosfatos inorgânico, bem como podem resistir a níveis de temperatura, trazendo novas perspectivas para testes em campo, com possibilidade de um novo inoculante para as culturas agrícolas.


  • Mostrar Abstract
  • The Caatinga, unique biome in Brazil, has unique climatic characteristics, marked by high temperatures and low rainfall. The microorganisms of the Caatinga produce biologicals that are little explored and that can be strategic for agricultural use, such as phosphate solubilization. From this perspective, the objective was to evaluate the solubilization of inorganic phosphate by bacteria and fungi isolated from lichens from the Caatinga of Alagoas, as well as to quantify the solubilization under different stress conditions. The samples of crusty and fruity lichens were collected in the semiarid from Alagoas, in the municipality of Santana do Ipanema-AL, in an environmental protection region, the Tocaia reserve, and in an impacted region, the Serra do Gugi. A total of 129 fungi and 152 bacteria were evaluated, 08 of which were positive for inorganic phosphate solubilization at 25.0 °C. The strains were selected for the other tests and evaluated at different temperatures at 25.0, 30.0 and 35.0°C in solid medium and evaluated the solubilization index (IS), were: 1. LCB2, 5. LCB3, 6. LCB3, 7. LCB3, 8. LCB3, 15. LCB3, 9. LCB7, and 6. UVLCB5. It was observed that the bacteria were able to solubilize in the three temperature ranges. The isolates that had the highest (IS) were: 9. LCB7 (3.42); 1. LCB2 (4.83); 15. LCB3 (8.27) at 25.0°C, while at 30.0°C the isolate with the highest IS was 7. LCB3 (4.31); 1. LCB2 (5.33) and 15. LCB3 (12.05), at 35.0°C strain 15. LCB3 maintained the highest IS with (10.72) strain 1. LCB2 (4.58). Overall the halos ranged from 2.0 mm to 31 mm respectively. In the solubilization tests with the fungal isolates in NBRIP solid medium, there were no positive results. In liquid medium, 02 isolates 1. LCB2 and 9. LCB7 showed significant values for P quantification at 35.0°C the bacterium 9. LCB7 obtained an average release of soluble P of 520.53 mg/L, with pH reduction to 4.11 and at 30.0°C, the 1. LCB2 had an average release of soluble P of 563.73 mg/L, with a pH reduction to 4.14. Assays at different pH (5.0; 7.0 and 9.0) strain 1. LCB2 provided better solubilization at pH 9.0 with an average of 551.90 mg/L of soluble P and pH reduction to 3, 69 conferring better adaptability to the alkaline environment, the same occurred with strain 9. LCB7 that obtained greater solubilization at pH 9.0 with an average of 455.88 mg/L and reduction of pH 3.75; Isolate 9. LCB7 had the best solubilization average at pH 9.0 with an average release of soluble P of 455.88 mg/L with pH reduction to 4.75; the same occurred with isolate 1. LCB2, which obtained an average P release of 551.90 mg/L at pH 9.0 with a decrease in pH to 3.69. In tests with different concentrations of NaCl, both strains solubilized better up to 0.5 M, being 607.7 mg/L for strain 9. LCB7, strain 1. LCB2 conferred 236.34 mg/L of soluble P at 1.0 M. Regarding the different carbon sources tested, both strains maintained glucose as the best carbohydrate source with an average of 558.59 and 532.53 mg/L respectively. In contrast, for different nitrogen sources, strain 1. LCB2 conferred a higher level of soluble P with Urea 479.74 mg/L, strain 9. LCB7 had ammonium sulfate with the highest solubilization of 617.75 mg/L. In the kinetics, solubilization occurred exponentially for both bacteria, reaching 683.1 mg/L on the 7th day (144h) of incubation for 1. LCB2 and 667.82 mg/L for 9. LCB7. In the HPLC analysis, lactic, citric, succinic and fumaric acids were present, while 9. LCB7 only fumaric acid was not present in the 144 h of the assay, strain 1. LCB2 produced only citric acid until the 72 h period and produced the fumaric acid until the end of the experiment. The tested microorganisms isolated from Caatinga lichens have great potential for solubilizing inorganic phosphates, as well as being able to resist temperature levels, bringing new perspectives for field tests, with the possibility of a new inoculant for agricultural crops.

7
  • MARCELO CAPISTRANO COSTA
  • Estudo da Degradação do Fenol por Técnicas Eletroquímica e Fotoeletroquímica

  • Orientador : VINICIUS DEL COLLE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JOÃO PAULO TENÓRIO DA SILVA SANTOS
  • THAISSA LUCIO SILVA
  • VINICIUS DEL COLLE
  • Data: 29/06/2022

  • Mostrar Resumo
  • O fenol é um composto aromático de elevada importância industrial, com suas propriedades estruturais podendo ser encontradas em uma ampla variedade de produtos, como medicamentos e agroquímicos. Por se tratar de um contaminante ambiental de difícil remoção pelos métodos convencionais de tratamentos de água, a sua presença em ambientes aquáticos tem demandado a busca por novas tecnologias para sua degradação. O presente trabalho teve como objetivo realizar a degradação do fenol por meio de ensaios eletroquímicos, fotoquímicos por irradiação ultravioleta (UV) e processos oxidativos avançados (POAs). O estudo avaliou a degradação eletroquímica, fotoquímica, fotoeletroquímica, e respectivas combinações com processos oxidativos avançados empregando H2O2 como agente oxidante. Os ensaios foram realizados em reator de vidro munido de lâmpada UV de 13 W com emissão de radiação em 254 nm usada nos ensaios fotoquímicos. Na avaliação eletroquímica foram empregadas três densidades de correntes (10, 20 e 30 mA cm-2) usando Na2SO4 como eletrólito, sendo, em seguida, escolhida a densidade de 10 mA cm-2 para a realização da avaliação fotoeletroquímica. A degradação do fenol foi monitorada em espectrofotômetro com varredura espectral entre 250 e 800 nm e por HPLC. Por meio da determinação analítica do fenol, foram realizadas análises dos produtos de degradação em alíquotas do meio reacional coletadas nos tempos: 10, 20, 60 e 120 minutos. Ademais, foram verificadas a degradação do fenol em todas as avaliações, porém nos ensaios eletroquímicos ela não foi satisfatória, apresentando uma leve redução de sua concentração no meio reacional, mesmo utilizando oxidante (H2O2). Nos testes realizados com o componente fotoquímico, nos ensaios fotoquímicos e fotoeletroquímicos, houve degradação do fenol, com considerável redução de sua concentração, com maior eficiência nos testes realizados com o H2O2. Através das alíquotas retiradas durante o processo de degradação do fenol foram identificados dois produtos de degradação do fenol, o catecol e a hidroquinona, apresentando apreciável degradação também destes nos ensaios com irradiação UV e H2O2. Sendo assim, os ensaios com os componentes fotoquímicos e eletroquímicos combinados com POAs mostraram-se eficientes na decomposição do fenol e produtos de degradação.


  • Mostrar Abstract
  • Phenol is an aromatic compound of industrial importance, with its structural properties being able to be used in a variety of products, such as medicines and agrochemicals. As it is an environmental contaminant solution that is difficult to remove by conventional methods of water treatment, its presence in a combination of its treatment alternatives for new technologies for reduction. The present study aimed to carry out the work of phenol degradation through electrochemical and photochemical tests by ultraviolet (UV) irradiation and advanced oxidative processes (AOPs). The electrochemistry, advanced photoelectrochemical photochemistry, study evaluated the manufacturing of oxidative processes employing H2O2 as an oxidizing agent. The tests were carried out in a glass reactor equipped with a 13 W UV lamp with radiation emission at 254 nm used in the photochemical tests. In the electrochemical evaluation, three current densities were followed (10, 20, and 30 mA cm-2) using Na2SO4 as an electrolyte, in which a density of 10 mA cm-2 was chosen for the electrochemical evaluation. Phenol monitoring was monitored in a spectrophotometer with spectral scanning between 250 and 800 nm and by LC. Through the analysis of time analysis, comparisons of degradation products were made in times: 60 minutes, 120, and 120 minutes. The reduction of phenol was verified in all estimates, but it was not significant in the tests, in addition to presenting a reduction of its electrochemical concentration in the reaction medium, using the oxidant H2O2. In the photochemical, photochemical, and photochemical tests performed, there was a reduction of phenol, with greater efficiency with the reduction of tests performed, with H2O2. Appreciable also of these nodes with UV and H2O2 irradiation. Thus, the tests with photochemical and electrochemical components combined with AOPs proved to be efficient in the decomposition of phenol and degradation products.

8
  • MARIA GLEIDE JANE LIMA DE GOIS
  • Plantas de cobertura e fontes de fósforo solúvel e reativa na produção de milho em sistemas de não revolvimento do solo

  • Orientador : VALDEVAN ROSENDO DOS SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARCILIO DE SOUZA SILVA
  • RICARDO BARROS SILVA
  • VALDEVAN ROSENDO DOS SANTOS
  • Data: 29/06/2022

  • Mostrar Resumo
  • Nas regiões produtoras de grãos de Alagoas predominam Argissolos e Latossolos Amarelo, de textura média, ácidos, com alta saturação por alumínio trocável; baixos teores de matéria orgânica; baixa capacidade de troca de cátions e deficientes em fósforo (P) disponível para ser absorvido pelas plantas em função da adsorção deste elemento com as argilas e óxidos de ferro e/ou alumínio do solo. Para alcançar altos níveis de produtividades nesses solos são necessárias a aplicação de altas doses de nutrientes, particularmente P. A inclusão de plantas de coberturas pode contribuir para o aumento da disponibilidade do P do solo e melhorar a eficiência de aproveitamento dos fertilizantes fosfatados. Conduziu-se um experimento de campo na área experimental da UFAL Campus Arapiraca, com o objetivo de avaliar os efeitos de plantas de cobertura e fontes de fósforo no rendimento, componentes de produção e extração de nutrientes pelo milho em sistema de semeadura direta. A massa seca da parte da aérea das plantas de cobertura variou de 1,3 a 4,3 t ha-1. A crotalária juncea produziu mais massa seca que as demais espécies. As plantas de cobertura acumularam maiores quantidades de nitrogênio, potássio e cálcio e menores quantidades de fósforo, magnésio e enxofre. O rendimento de grãos do milho variou de 7,7 a 8,3 t ha-1 e não foi influenciado pelas fontes de P e plantas de cobertura. A extração de nutrientes pelo grão e parte aérea do milho foi influenciada pelas coberturas e pelas fontes, com tendência de maiores quantidades para a fonte solúvel.


  • Mostrar Abstract
  • In the grain producing regions of Alagoas, Yellow Ultisols and Latosols predominate, with medium texture, acidic, with high saturation by exchangeable aluminum; low levels of organic matter; low cation exchange capacity and deficient in phosphorus (P) available to be absorbed by plants due to the adsorption of this element with clays and iron and/or aluminum oxides in the soil. To achieve high levels of productivity in these soils, it is necessary to apply high doses of nutrients, particularly P. The inclusion of cover crops can contribute to increase the availability of P in the soil and improve the efficiency of use of phosphate fertilizers. A field experiment was carried out in the experimental area of UFAL Campus Arapiraca, with the objective of evaluating the effects of cover crops and phosphorus sources on yield, production components and nutrient extraction by corn in a no-till system. The dry mass of the aerial part of the cover crops ranged from 1.3 to 4.3 t ha-1. Sunn hemp produced more dry mass than the other species. Cover crops accumulated higher amounts of nitrogen, potassium and calcium and lower amounts of phosphorus, magnesium and sulfur. Corn grain yield ranged from 7.7 to 8.3 t ha-1 and was not influenced by P sources and cover crops. Nutrient extraction by corn grain and shoots was influenced by coverage and sources, with a tendency of larger amounts for the soluble source.

2021
Dissertações
1
  • THAIS RAYANE GOMES DA SILVA
  • CONSUMO HÍDRICO DO PIMENTÃO IRRIGADO POR PULSOS EM ÉPOCAS DISTINTAS

  • Orientador : MARCIO AURELIO LINS DOS SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CICERO GOMES DOS SANTOS
  • GERÔNIMO FERREIRA DA SILVA
  • MARCIO AURELIO LINS DOS SANTOS
  • MARCOS ALEX DOS SANTOS
  • Data: 16/03/2021

  • Mostrar Resumo
  • O pimentão (Capsicum annuum L.) encontra-se entre as dez hortaliças de maior importância econômica no mercado nacional das olerícolas, e para a obtenção de altas produtividades é necessário o uso de técnicas adequadas no manejo de irrigação. Em face disso, os pulsos de irrigação consistem em aplicar a irrigação real necessária de forma fracionada ao longo do dia. Desta forma, objetivou-se determinar a evapotranspiração da cultura (ETc) e o coeficiente de cultivo (Kc) através de lisímetros de drenagem com a inclusão de pulsos de irrigação em diferentes épocas de cultivo na cultura do pimentão. Os experimentos foram conduzidos na área experimental destinada ao Grupo Irriga, situada nas dependências da Universidade Federal de Alagoas, Campus de Arapiraca, nos períodos de janeiro a março, maio a julho e agosto a outubro de 2019. Foram instalados 25 lisímetros de drenagem, distribuídos em cinco linhas de plantio, em uma área de 6,0 x 3,0 m de largura e comprimento, respectivamente, constituídos de material plástico com volume de 0,06 m3. Cada conjunto de 5 lisímetros correspondiam a um pulso de irrigação, sendo o primeiro conjunto denominado de pulso 1 até o conjunto 5 que foi denominado de pulso 5. O Kc foi obtido para cada pulso de irrigação, sendo determinado pela razão entre a ETc e a ETo (evapotranspiração de referência). A ETc foi obtida diariamente para cada pulso de irrigação, sendo essa, determinada pela diferença entre a lâmina aplicada e a drenada. E a ETo estimada através de métodos empíricos: Penman-Monteith, Hargreaves-Samani, Radiação Solar e Blaney-Criddle. A 1a época de cultivo apresentou os respectivos Kc’s: pulso 1 com menor Kc (0,61; 0,61; 0,81; 1,09 e 1,24) e pulso 5 com o maior Kc (0,77; 0,77; 0,89; 1,15 e 1,27), a 2a época de cultivo segue o mesmo padrão de comportamento com o menor Kc destinado ao pulso 1 (0,55; 0,55; 0,74; 0,94 e 1,16) e o maior Kc ao pulso 5 (0,62; 0,62; 0,76; 1,14 e 1,29), o que continua a acontecer na 3a época de cultivo, onde o pulso 1 obteve menor Kc (0,59; 0,59; 0,84; 1,04 e 1,22) e o pulso 5 o maior Kc (0,70; 0,70; 1,00; 1,26 e 1,30) quando comparado com os demais. Em todas as épocas de cultivo a ETc aumentou com o acréscimo dos pulsos de irrigação, na 1a época de cultivo, o pulso 1 apresentou menor ETc com 8,36 mm (Total: 307,58 mm) e o pulso 5 apresentou maior ETc com 8,40 mm (Total: 336,16 mm); na 2a época de cultivo, o pulso 1 apresentou ETc de 4,41 mm (Total: 171,74 mm) e o pulso 5 de 4,51 mm (Total: 187,62 mm); e a 3a época de cultivo, obteve para o pulso 1 uma ETc de 8,92 mm (Total: 335,14 mm) e para o pulso 5 uma ETc de 9,50 mm (Total: 386,35 mm). Com relação ao Kc, o pulso 1 obteve menor e o pulso 5 o maior, quando comparado com os demais.


  • Mostrar Abstract
  • Pepper (Capsicum annuum L.) is among the ten vegetables of greatest economic importance in the national market for vegetables, and to obtain high productivity it is necessary to use appropriate techniques in irrigation management. In light of this, the irrigation pulses consist of applying the necessary real irrigation in a fractional way throughout the day. Thus, the objective was to determine the crop evapotranspiration (ETc) and the cultivation coefficient (Kc) through drainage lysimeters with the inclusion of irrigation pulses at different times of cultivation in the pepper culture. The experiments were carried out in the experimental area for the Irriga Group, located on the premises of the Federal University of Alagoas, Arapiraca Campus, in the periods from January to March, May to July and August to October 2019. 25 drainage lysimeters were installed, distributed in five planting lines, in an area of 6.0 x 3.0 m in width and length, respectively, consisting of plastic material with a volume of 0.06 m3. Each set of 5 lysimeters corresponded to an irrigation pulse, the first set being called pulse 1 to set 5 which was called pulse 5. The Kc was obtained for each irrigation pulse, being determined by the ratio between ETc and the ETo (reference evapotranspiration). ETc was obtained daily for each pulse of irrigation, which was determined by the difference between the applied and drained blade. And ETo estimated through empirical methods: Penman-Monteith, Hargreaves-Samani, Solar Radiation and Blaney-Criddle. The first growing season showed the respective Kc's: pulse 1 with the lowest Kc (0.61; 0.61; 0.81; 1.09 and 1.24) and pulse 5 with the highest Kc (0.77; 0, 77; 0.89; 1.15 and 1.27), the 2nd growing season follows the same pattern of behavior with the lowest Kc for pulse 1 (0.55; 0.55; 0.74; 0.94 and 1.16) and the highest Kc at pulse 5 (0.62; 0.62; 0.76; 1.14 and 1.29), which continues to happen in the third growing season, where pulse 1 obtained lowest Kc (0.59; 0.59; 0.84; 1.04 and 1.22) and pulse 5 the highest Kc (0.70; 0.70; 1.00; 1.26 and 1.30 ) when compared to the others. In all growing seasons, ETc increased with the addition of irrigation pulses, in the 1st growing season, pulse 1 had a lower ETc with 8.36 mm (Total: 307.58 mm) and pulse 5 had a higher ETc with 8.40 mm (Total: 336.16 mm); in the second growing season, pulse 1 presented 4.41 mm ETc (Total: 171.74 mm) and pulse 5 of 4.51 mm (Total: 187.62 mm); and the third cultivation season, obtained for the wrist 1 an ETc of 8.92 mm (Total: 335.14 mm) and for the wrist 5 an ETc of 9.50 mm (Total: 386.35 mm). With respect to Kc, pulse 1 obtained the lowest and pulse 5 the highest, when compared to the others.

2
  • FRANCISMARY BARROS DA SILVA
  • SEQUENCIAMENTO DE TRÊS GENOMAS DE CLOROPLASTO E ANÁLISE FILOGENÉTICA NO GÊNERO Spondias (Anacardeaceae)

  • Orientador : CICERO CARLOS DE SOUZA ALMEIDA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CICERO CARLOS DE SOUZA ALMEIDA
  • FLAVIA DE BARROS PRADO MOURA
  • JOSE VIEIRA SILVA
  • Data: 14/04/2021

  • Mostrar Resumo
  • Os plastomas possuem origem uniparental (geralmente materna), enquanto o rDNA possuem origem biparental, permitindo obter robustas filogenias. O objetivou-se nesse estudo montar os genomas de cloroplastos de Spondias sp (umbuguela), (S. purpurea) e (S. dulcis), construir uma filogenia robusta para o gênero Spondias por meio da combinação da análise SNP, alelos de nrDNA e de cloroplasto, usando dados de sequenciamento de nova geração. A extração de DNA foi realizada utilizando o método CTAB. O sequenciamento dos reads foi realizado na GenOne Soluções em Biotecnologia, Rio de Janeiro, Brasil, em que cinco mg de gDNA foram usados em cada amostra para a construção da biblioteca. O sequenciamento foi gerado por NEBNext Ultra II DNA Library Prep Kit for Illumina (New England Biolabs, UK). A biblioteca foi analisada para a distribuição dos fragmentos por meio de Agilent2100 Bioanalyzer e a quantificação por real-time PCR. A biblioteca foi do tipo paired-end (2 x 150 pb) sequenciada com Illumina NovaSeq 6000 sequencer. Realizou-se a montagem dos genomas e análise de SNP no Laboratório de Recursos Genéticos na UFAL, usando como referência o genoma de (S. tuberosa) por meio do software Geneious annotation tool. Todas as anotações foram checadas manualmente. Usou-se o software OGDRAW (Draw Organelle Genome Maps) para representação do genoma completo. Para análise de SNP, os reads foram mapeados na referência com o software Bowtie2 e o resultado demonstrado em gráfico HeatMap. Os genomas plastidiais das espécies do gênero Spondias analisados mostraram-se altamente conservados, com tamanhos Spondias sp (umbuguela) (162.577 pb), S. purpurea (162.728 pb), e (S. dulcis) (162.245 pb) com total de genes 137 para Spondias sp (umbuguela) e (S. dulcis), incluindo 37 tRNAs e 8 rRNAs. Enquanto (S. purpurea) apresentou 136 genes, 37 tRNAs e oito rRNAs. Spondias purpurea compartilhou maior quantidade de SNPs com Spondias sp (umbuguela) estando intimamente relacionados e agrupados em um mesmo clado, o que sugere que umbuguela não seja híbrido.


  • Mostrar Abstract
  • The plastome have a uniparental origin (usually maternal), while rDNA have a biparental origin, allowing to obtain robust phylogenies. The objective of this study was to assemble the chloroplast genomes of Spondias sp (umbuguela), (S. purpurea) and (S. dulcis), to build a robust phylogeny for the genus Spondias through the combination of SNP analysis, nrDNA and chloroplast alleles, using data from new generation sequencing. DNA extraction was performed using the CTAB method. The sequencing of the reads was carried out at GenOne Soluções em Biotecnologia, Rio de Janeiro, Brazil, where 5 five mg of gDNA was used for each sample to build the library. Sequencing was generated using NEBNext Ultra II DNA Library Prep Kit for Illumina (New England Biolabs, UK). The library was analyzed for fragment distribution using Agilent2100 Bioanalyzer and quantification by PCR in real time. The library was of the pairedend type (2 x 150 pb) sequenced with Illumina NovaSeq 6000 sequencer. Genome assembly and SNP analysis were carried out at the Genetic Resources Laboratory at UFAL, using the (S. tuberosa) genome as and by reference the Genes annotation tool. All notes were checked manually. It was used and the complete genome was represented using the software OGDRAW (Draw Organelle Genome Maps) to represent the complete genome. For SNP analysis, the readings were mapped in the reference using the Bowtie2 software and the result due in graphical HeatMap. The species plastidial genomes of the species of the genus Spondias analyzed in the present study proved to be highly conserved, with size Spondias sp (umbuguela) (162,577 bp), (S. purpurea) (162,728 bp), and (S. dulcis) (162,245 bp) with a total of 137 genes for Spondias sp (umbuguela) and (S. dulcis), including 37 tRNAs and 8 rRNAs. While (S. purpurea) presented 136 genes, including 37 tRNAs and 8 eight rRNAs. Spondias purpurea shared a greater number of SNPs with Spondias sp (umbuguela) and are being closely related to and grouped in the same clade, suggesting what suggests that umbuguela is not a hybrid.

3
  • MARÍLIA LAYSE ALVES DA COSTA
  • Caracterização de substâncias húmicas de Latossolos distribuídos no

    estado de Alagoas

  • Orientador : WANDER GUSTAVO BOTERO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CICERO GOMES DOS SANTOS
  • OSEAS SILVA SANTOS
  • WANDER GUSTAVO BOTERO
  • Data: 22/07/2021

  • Mostrar Resumo
  • A região semiárida do Nordeste brasileiro (NEB) apresenta alta
    variabilidade de solos, destacando o Estado de Alagoas, que apresenta
    forte diversidade de clima, relevo e solos tipicamente das classes de
    Latossolos e Argissolos. Estudos relacionados aos Latossolos presentes
    no estado de Alagoas ainda é incipiente, o que dificulta no
    conhecimento das propriedades físico-quimicas, assim como propiciar
    melhor uso de tais solos, afim de evitar processos de degradação
    ambiental, como a desertificação. O presente trabalho teve como
    objetivo extrair e caracterizar a matéria orgânica presentes em
    Latossolos Amarelo, Vermelho e Vermelho-Amarelo frequentemente
    encontrados em diferentes regiões estado de Alagoas, buscando
    estabelecer dados que possam auxiliar na tomada de decisões e
    melhoria da agricultura em áreas sujeitas a desertificação. As amostras
    de Latossolos foram coletadas entre os meses de outubro e novembro
    do ano de 2018, nas cidades alagoanas (Teotônio Vilela, Arapiraca,
    Coruripe, Palmeira dos Índios, Limoeiro de Anadia e Rio Largo). A
    análise de fertilidade das oito amostras de Latossolos consistiu na
    determinação do pH em água e cloreto de cálcio, Cálcio, Magnésio e
    Alumínio Método Cálcio trocável, Alumínio Trocável, Sódio e
    potássio trocável, e Acidez Potencial A matéria orgânica das amostras
    de solos foi determinada pelo método de calcinação, e a extração das
    SH ocorreu pelo método adotado pela Sociedade Internacional de
    Substâncias Húmicas (IHSS). A caracterização das amostras de SH
    realizou-se tanto por espectroscopia ultravioleta na região visível como
    por espectroscopia de fluorescência molecular. Os micro, 

    macronutrientes e as espécies metálicas foram determinados pelo
    método de digestão em sistema aberto. Por meio da análise de
    fertilidade constatou-se que trata-se de solos fortemente ácidos,
    destacando o solo H, devido o alto teor de acidez potencial expressado.
    O teor de MOS foi expressivo em todas as amostras, destacando os
    solos E (9,23±0,49) e D (8,02±0,08), que apresentaram teor médio de
    MOS superior quando comparado com as demais amostras, que
    influenciou diretamente no aumento da capacidade de troca catiônica.
    Conforme a razão E4/E6 a amostra B apresenta maior presença de
    estruturas aromáticas condensadas (3,98), enquanto a amostra C uma
    maior presença de estruturas alifáticas (24,88), baixo peso molecular
    (11,50) e com maior participação de plantas terrestres, devido ao alto
    nível de estruturas lignificadas. Enquanto a caracterização por
    fluorescência através da razão A4/A1, evidenciou-se que a amostra F
    possui um maior índice de humificação, onde consequentemente houve
    alteração da MOS em SH, expressando-se como um solo de qualidade
    indesejável. A amostra E expressou um maior teor médio dos
    elementos avaliados (Ba, Co, Cr, Cu, K, Mo, Ni, Pb, Sr, Zn, Al e Fe).
    Portanto, a presente pesquisa torna-se relevante para que se obtenha
    um conhecimento mais preciso dessa classe de solo no estado de
    Alagoas, assim como contribui cientificamente para que esses sejam
    condicionados à manutenção afim de manter sua fertilidade.


  • Mostrar Abstract
  • The semi-arid region of Northeastern Brazil (NEB) has high soil
    variability, highlighting the State of Alagoas, which has a strong
    diversity of climate, relief and soils typically belonging to the Oxisols
    and Argissolos classes. Studies related to Oxisols present in the state of
    Alagoas are still incipient, which makes it difficult to know the
    physical-chemical properties, as well as to provide better use of such
    soils, in order to avoid processes of environmental degradation, such as
    desertification. The present work aimed to extract and characterize the
    organic matter present in Yellow, Red and Red-Yellow Latosols
    frequently found in different regions of the state of Alagoas, seeking to
    establish data that can help in decision making and improvement of
    agriculture in areas subject to desertification. The samples of Oxisols
    were collected between the months of October and November of 2018,
    in the cities of Alagoas (Teotônio Vilela, Arapiraca, Coruripe, Palmeira
    dos Índios, Limoeiro de Anadia and Rio Largo). Fertility analysis of
    the eight samples of Oxisols consisted of determining the pH in water
    and calcium chloride, Calcium, Magnesium and Aluminum Method
    Exchangeable Calcium, Exchangeable Aluminum, Exchangeable
    Sodium and Potassium, and Potential Acidity The organic matter of the
    soil samples was determined by the calcination method, and the
    extraction of HS occurred by the method adopted by the International
    Society of Humic Substances (IHSS). The characterization of the SH
    samples was performed both by ultraviolet spectroscopy in the visible
    region and by molecular fluorescence spectroscopy. Micro, 

    macronutrients and metallic species were determined by the open
    system digestion method. Through the analysis of fertility, it was found
    that these are strongly acidic soils, highlighting soil H, due to the high
    content of expressed potential acidity. The MOS content was
    expressive in all samples, highlighting the E (9.23±0.49) and D
    (8.02±0.08) soils, which presented a higher mean MOS content when
    compared to the other samples, which directly influenced the increase
    in the cation exchange capacity. According to the E4/E6 ratio, sample
    B has a greater presence of condensed aromatic structures (3.98), while
    sample C has a greater presence of aliphatic structures (24.88), low
    molecular weight (11.50) and with greater participation of terrestrial
    plants, due to the high level of lignified structures. While the
    fluorescence characterization through the A4/A1 ratio, it was
    evidenced that the F sample has a higher humification index, where
    consequently there was a change in MOS in SH, expressing itself as a
    soil of undesirable quality. Sample E expressed a higher average
    content of the elements evaluated (Ba, Co, Cr, Cu, K, Mo, Ni, Pb, Sr,
    Zn, Al and Fe). Therefore, the present research becomes relevant to
    obtain a more accurate knowledge of this soil class in the state of
    Alagoas, as well as scientifically contributing so that these are
    conditioned to maintenance in order to maintain their fertility.

4
  • ADIELMA MARIA DE MENEZES
  • CARACTERIZAÇÃO DA QUALIDADE PÓS-COLHEITA DE ACESSOS DE DIOSCOREA SPP. COLETADOS EM ALAGOAS E SERGIPE

  • Orientador : JOÃO GOMES DA COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JOÃO GOMES DA COSTA
  • JOAO PAIXAO DOS SANTOS NETO
  • MAYARA ANDRADE SOUZA
  • Data: 06/09/2021

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo deste estudo foi caracterizar acessos de inhame Dioscorea spp. quanto à composição centesimal (umidade, cinzas, lipídios, carboidratos e proteínas), ao valor energético total (VET) e ao conteúdo de elementos minerais.  Os acessos foram obtidos a partir de expedições de coletas nos principais municípios produtores dos Estados de Alagoas e Sergipe. Assim, foram obtidos dois acessos de Dioscorea trifida; seis de D. cayenensis, um D. bulbifera e um. D. alata. Todas as análises foram desenvolvidas no período de 23/11/2020 a 10/12/2020. O conjunto de dados foi submetido ao teste de normalidade de Kolmogorov-Smirnov e, por ter apresentado normalidade, foram realizadas análises estatísticas descritivas como média e desvio padrão e análises multivariadas como a determinação da divergência genética a partir de medidas de dissimilaridade como a distância Euclidiana média e análise de agrupamento como o método de Tocher. Os resultados obtidos mostraram que os acessos das diferentes espécies de Dioscorea apresentam potencial para uso na alimentação humana e que podem ser mais bem aproveitadas pelas populações locais. Como exemplo podemos citar os acessos 2, 9 e 10 que apresentaram teor de proteína acima da média em relação aos demais materiais genéticos. Bem como alguns acessos que se destacaram como o Acesso 10 que apresentou teores elevados para zinco, magnésio e potássio, enquanto o Acesso 5 se destacou em relação ao teor de manganês. Por outro lado, o estudo mostrou a pouca variabilidade existente nos materiais, evidenciando a necessidade de preservar esses materiais e resgatar aqueles que os produtores das diversas regiões tradicionais deixaram de plantar.


  • Mostrar Abstract
  • The aim of the study was to characterize accessions of yam Dioscorea spp. as to the proximate composition (moisture, ash, lipids, carbohydrates and proteins), the total energy value (TEV) and the content of mineral elements. The accesses were obtained from collection expeditions in the main producing municipalities in the States of Alagoas and Sergipe. Thus, two accessions of Dioscorea trifida were captured; six from D. cayenensis, one from D. bulbifera and one. D. alata. All analyzes were carried out from 11/23/2020 to 12/10/2020. The dataset was submitted to the Kolmogorov-Smirnov normality test and, as it presented normality, descriptive statistics such as mean and standard deviation and multivariate analyzes were analyzed as a determination of genetic divergence from dissimilarity measures such as the mean Euclidean distance and cluster analysis as the Tocher method. The results sought that the accessions of different species of Dioscorea have potential for use in human food and that they can be better used by local populations. As, for example, we can mention the accessions 2, 9 and 10 which have protein content above the average in relation to the other genetic materials. As well as some accessions that stood out, such as Access 10 that presented high levels of zinc, magnesium and potassium, while Access 5 stood out in relation to manganese content. On the other hand, the study showed the little variability that exists in the materials, evidencing the need to leave these materials and rescue those that the producers of the different traditional categories established to plant.

5
  • WANESKA DOS SANTOS
  • RESPOSTA DE Carpophilus spp. AOS ODORES DA FLOR DA PINHEIRA E DOS FRUTOS DE PINHA E GOIABA EM ESTÁGIO AVANÇADO DE MATURAÇÃO

  • Orientador : JOÃO GOMES DA COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CENIRA MONTEIRO DE CARVALHO
  • EDJANE VIEIRA PIRES
  • JOÃO GOMES DA COSTA
  • Data: 08/09/2021

  • Mostrar Resumo
  •  

    Dentre as espécies pertencentes a família das anonáceaes, a pinha (Annona squamosa L.), é uma das representantes da família de maior importância socioeconômica mundialmente.  No Brasil, sua maior produção é concentrada na região Nordeste, sendo a agricultura familiar responsável por toda pinha produzida no país. No entanto, a produção de frutos dessa espécie fica abaixo do seu potencial devido, dentre outros fatores, à polinização deficiente, já que normalmente a presença de seus polinizadores é insuficiente para atingir produções satisfatórias. A realização da polinização artificial apresenta bons resultados, porém é onerosa. Assim, objetivou-se com esse trabalho utilizar compostos orgânicos voláteis (odores) que sejam atrativos a Carpophilus spp. tanto em laboratório quanto no campo. Os compostos orgânicos voláteis (COVs) dos frutos da pinha e goiaba, assim como os COVs emitidos pelas flores da pinheira, foram coletados por meio do sistema headspace dinâmico, usando adsorvente Porapak Q (80/100 mesh, 0,05 g; Supelco). O ar foi injetado no saco plástico passando antes por um filtro de carvão ativado a um fluxo de 400 mL/min. tanto para os frutos quanto para as flores e tubos com Porapak Q foram utilizados no topo do saco e o ar coletado a uma vazão de 350 mL/min. para cada fruto/flor. A coleta dos COVs das flores de pinha, teve duração de doze horas com início às 17h00, visto que esse horário foi marcado pela liberação de um forte odor adocicado, que permanece até o dia seguinte. Previamente os tubos de vidro foram lavados com hexano e aquecidos em estufas a 100 °C durante 60 min, para a “ativação” do adsorvente. Ao término das aerações a dessorção dos voláteis no Porapak Q foi realizada passando 0,5 mL de solvente hexano e armazenados em vials a -20 °C. Conforme verificado, os voláteis do fruto de goiaba, da flor da pinheira e do fruto de pinha mostraram que são atrativas aos polinizadores da pinheira, tanto em laboratório quanto em campo. Os COVs do fruto da goiaba e da pinha em estágio avançados de maturação, atraíram o inseto polinizador da pinheira, assim como os COVs da flor. Isso porque, um odor floral semelhante a frutas maduras ou em decomposição podem atrair os besouros nitidulídeos. Visto que, esses insetos são atraídos por odores florais que possuem um aroma “frutífero’’. As flores, provavelmente imitam aroma de frutas a fim de atrair esses insetos. A utilização de iscas atrativas em pomares de pinha, visando aumentar a produtividade, apresentou resultado satisfatório, aumentando em mais de 80 % a produtividade em pomar comercial.


  • Mostrar Abstract
  • Among the species belonging to the family of annonaceae, the pine cone (Annona squamosa L.), is one of the representatives of the family of greatest socioeconomic importance worldwide. In Brazil, its largest production is concentrated in the Northeast region, with family farming being responsible for all the pine cones produced in the country. However, the production of fruits of this species is below its potential due, among other factors, to deficient pollination, since normally the presence of its pollinators is insufficient to reach satisfactory productions. Artificial pollination has good results, but it is costly. Thus, the objective of this work was to use volatile organic compounds (odors) that are attractive to Carpophilus spp. both in the laboratory and in the field. The volatile organic compounds (VOCs) of the pine cone and guava fruits, as well as the VOCs emitted by the pine tree flowers, were collected using the dynamic headspace system, using Porapak Q adsorbent (80/100 mesh, 0.05 g; Supelco). The air was injected into the plastic bag, passing through an activated carbon filter at a flow of 400 mL/min. for both fruits and flowers and tubes with Porapak Q were used at the top of the bag and the air was collected at a flow rate of 350 mL/min. for each fruit/flower. The collection of VOCs from the pine cone flowers lasted twelve hours starting at 5:00 pm, as this time was marked by the release of a strong sweet odor, which remains until the next day. Previously, the glass tubes were washed with hexane and heated in ovens at 100 °C for 60 min, for the "activation" of the adsorbent. At the end of the aeration, the desorption of volatiles in Porapak Q was carried out passing 0.5 mL of hexane solvent and stored in vials at -20 °C. As verified, the volatiles of the guava fruit, the pine cone flower and the pine cone fruit showed that they are attractive to the pine tree pollinators, both in the laboratory and in the field. The VOCs of the guava fruit and the pine cone in advanced stages of maturation attracted the pine pollinating insect, as well as the flower VOCs. That's because a floral odor similar to ripe or decaying fruit can attract nidullid beetles. Since, these insects are attracted by floral scents that have a “fruitful” aroma. The flowers probably mimic fruit aromas in order to attract these insects. The use of attractive baits in pine cone orchards, aiming to increase productivity, showed satisfactory results, increasing productivity in commercial orchards by more than 80%.

6
  • MILLENA DE ARAUJO RODRIGUES
  • AMENDOIM IRRIGADO COM DIFERENTES LÂMINAS DE ÁGUA E DISTINTAS DOSES DE ADUBAÇÃO FOSFATADA E ORGÂNICA

  • Orientador : MARCIO AURELIO LINS DOS SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARCIO AURELIO LINS DOS SANTOS
  • CICERO GOMES DOS SANTOS
  • GERÔNIMO FERREIRA DA SILVA
  • MARCELO CAVALCANTE
  • Data: 09/09/2021

  • Mostrar Resumo
  • O amendoim é a quarta oleaginosa mais cultivada no mundo, porém para a obtenção de altas produtividades, no Semiárido, se faz necessário o uso da irrigação. A produção desta cultura está relacionada com a fertilidade do solo, sendo o fósforo considerado o principal fator de produtividade da cultura, também é amplamente utilizada como fertilizante a cama de frango, por apresentar os principais nutrientes (nitrogênio, fósforo e potássio). Desta forma, objetivou-se avaliar a resposta da cultura do amendoim sob diferentes lâminas de irrigação e diferentes doses de adubação fosfatada e orgânica. O experimento foi conduzido na área experimental do Grupo IRRIGA, na Universidade Federal de Alagoas, Campus de Arapiraca, com o delineamento experimental em blocos casualizados em fatorial 5 x 5 x 4. Os tratamentos aplicados consistiram em 5 lâminas de irrigação: 50, 75, 100, 125 e 150% da evapotranspiração da cultura (ETc) diária, 5 doses de adubação fosfatada: 0, 50, 100, 150 e 200% da recomendação para cultura, e no outro experimento, cinco níveis de adubação (2, 4, 6, 8 e 10 t/ha), com 4 repetições. Cada parcela experimental foi composta por 27 plantas, distribuídas em 1,0 m², avaliadas apenas as 10 plantas centrais. A ETc foi determinada por meio do sistema SLIMCAP, utilizado para aplicação das lâminas de água. As variáveis estudadas foram: altura de planta (AP), número de vagens (NVV) e número de hastes (NHP) por planta, comprimento médio (CMV) e diâmetro médio (DMV) da vagem, volume de vagem por parcela (VVP), peso verde (PVV) e peso seco (PSV) da vagem, e índice relativo de clorofila (SPAD). Os resultados concluídos foram que para a adubação fosfatada as variáveis SPAD, NVP, VVP e PVV respondem a interação de lâmina de irrigação e doses de adubação fosfatada. A AP, o NH e o PS respondem a lâmina e adubação fosfatada isoladamente. Já o CM responde de modo significativo somente para adubação fosfatada e o DM não sofre influência dos fatores estudados. Os pontos máximos de produção da maioria das variáveis foram obtidos com a lâmina de irrigação superior a ETc e adubação (P2O5) inferior a recomendada para a cultura. Já os resultados para o experimento com cama de frango mostraram que as lâminas de irrigação influenciaram positivamente nas variáveis: AP, NHP, NVP, DMV, VVP, PVV, PSV, em que obtiveram melhor desempenho na lâmina de 100% da ETc; as variáveis CMV e índice de clorofila (SPAD) tiveram influência decrescente com o aumento das lâminas de irrigação, quanto maior a lâmina de irrigação, menor o valor obtido; as doses de adubo orgânico não tiveram influência positiva, apenas no índice de clorofila (SPAD), obtendo maiores valores nas doses mais próxima de 100% da recomendação.


  • Mostrar Abstract
  • Peanuts are the fourth most cultivated oilseed in the world, but in order to obtain high yields in the Semiarid region, irrigation is necessary. The production of this crop is related to soil fertility, and phosphorus is considered the main factor of crop productivity. It is also widely used as a fertilizer for chicken litter, as it presents the main nutrients (nitrogen, phosphorus and potassium). Thus, the objective was to evaluate the response of peanut crops under different irrigation depths and different doses of phosphate and organic fertilization. The experiment was conducted in the experimental area of the IRRIGA Group, at the Federal University of Alagoas, Campus de Arapiraca, with a randomized block design in a 5 x 5 x 4 factorial. The treatments applied consisted of 5 irrigation depths: 50, 75, 100, 125 and 150% of daily crop evapotranspiration (ETc), 5 doses of phosphate fertilization: 0, 50, 100, 150 and 200% of the crop recommendation, and in the other experiment, five levels of fertilization (2, 4, 6, 8 and 10 t/ha), with 4 repetitions. Each experimental plot was composed of 27 plants, distributed in 1.0 m², evaluated only the 10 central plants. The ETc was determined using the SLIMCAP system, used to apply water depths. The variables studied were: plant height (AP), number of pods (NVV) and number of stalks (NHP) per plant, average length (CMV) and average diameter (DMV) of the pod, volume of pod per plot (VVP) , green weight (PVV) and dry weight (PSV) of the pod, and relative chlorophyll index (SPAD). The results concluded were that for phosphate fertilization the variables SPAD, NVP, VVP and PVV respond to the interaction of irrigation depth and doses of phosphate fertilization. AP, NH and PS respond to lamina and phosphate fertilization alone. On the other hand, CM responds significantly only to phosphate fertilization and DM is not influenced by the factors studied. The maximum production points of most variables were obtained with the irrigation depth higher than ETc and fertilization (P2O5) lower than recommended for the crop. The results for the experiment with chicken litter showed that the irrigation depths positively influenced the variables: AP, NHP, NVP, DMV, VVP, PVV, PSV, in which they obtained better performance at 100% ETc; the variables CMV and chlorophyll index (SPAD) had a decreasing influence with the increase of irrigation depths, the greater the irrigation depth, the lower the value obtained; the doses of organic fertilizer had no positive influence, only on the chlorophyll index (SPAD), obtaining higher values in the doses closer to 100% of the recommendation.

7
  • ADRIELY VITAL DE SOUZA SILVA
  • Solubilização de fosfato inorgânico por fungos filamentosos isolados de liquens e sedimento da Antártica

  • Orientador : ALYSSON WAGNER FERNANDES DUARTE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALYSSON WAGNER FERNANDES DUARTE
  • FLAVIA DE BARROS PRADO MOURA
  • MICHEL RODRIGO ZAMBRANO PASSARINI
  • VALDEVAN ROSENDO DOS SANTOS
  • Data: 09/09/2021

  • Mostrar Resumo
  • Ambientes de abrigo antártico podem suportar diferentes formas de vida adaptadas a condições físicas e químicas extremas, como temperatura fria, disponibilidade de água, alta radiação UV, ventos fortes, diferentes pH e faixas de salinidade. Diante desta informação, suspeita-se que fungos filamentosos adaptados a tais condições desenvolvam a atividade de solubilizar fosfato insolúvel em solo para liberar fósforo (P) solúvel e torná-lo disponível para as plantas. Nesse contexto, o objetivo desse estudo foi selecionar fungos filamentosos de liquens e sedimentos da Antártica com capacidade solubilizar fosfato inorgânico e avaliar a solubização de fosfato em condições de estresse salino, osmótico, diferentes fontes de fosfato e carboidratos. As amostras de líquens e sedimentos da Antártica foram coletadas durante a expedição OPERANTAR XXXVI, no verão austral de 2017/18. As 6 amostras de liquens de diferentes colorações foram coletadas nas Ilha Rei George – Punta Ullmann e Punta Hanequin, e as 4 amostras de sedimentos coletadas na Ilha Deception, Whalers Bay, localizadas nas Shetlands do Sul (Antártica marítima). Uma coleção de 82 cepas de fungos foi avaliada quanto a atividade de solubilização de fosfato inorgânico e 3 isolados de líquens e 8 de sedimentos apresentaram atividade para solubilização de fosfato em meio de cultura sólido NBRIP contendo fosfato tricálcico (TCP) a 15 °C. Seis isolados foram selecionados durante a triagem em meio sólido com maiores halos de solubilização e avaliados a 15,0, 25,0 e 30,0 °C. Em meio sólido os fungos foram capazes de solubilizar nas três faixas de temperatura, com índice de solubilização (IS) variando entre 1,4 a 3,63 a 15 °C, de 1,3 a 3,57 a 25 °C e de 1,3 a 1,4 a 30 °C. Um dos maiores IS foi encontrado nos isolados 1EM.P1 a 15 °C e 5Y.P4 a 25 °C com 3,63 e 3,57 mm, respectivamente. Em meio líquido, o isolado 1EM.P1 foi o único a apresentar valores significativos para solubilização, com liberação média de P solúvel de 106,14 mg/L e com uma redução de pH de 7,0 para 4,38 a 15 °C, e a 25 °C com liberação de P solúvel de 80,89 mg/L e redução de pH de 7,0 para 5,40. Para os testes em condições de estresse, o isolado 1EM.P1 apresentou melhor solubilização quanto submetido a 0,5 M de NaCl. Em relação a variação de pH apresentou maior liberação de P solúvel em pH 8,0, enquanto em relação a fonte de carboidrato, apresentou melhor solubilização na presença da glicose. O isolado 1EM.P1 quando submetido a diferentes fontes de fosfato inorgânico, apresentou melhor solubilização na presença do TCP, com máximo em 15 dias de incubação. No geral, os resultados demonstraram que os fungos da Antártica são capazes de solubilizar fosfato em meio sólido, como também através da liberação do P solúvel no meio líquido, com destaque aos isolados de sedimento.


  • Mostrar Abstract
  • Antarctic shelter environments can different life forms adapted to physical conditions and extreme areas such as cold temperature, water availability, high UV radiation, strong winds, different pH and salinity ranges. Given this information, it is suspected that filamentous fungi adapted to such conditions develop the activity of solubilizing insoluble phosphate from the soil to release soluble phosphorus (P) and make it available to plants. In this context, the aim of this study was to isolate and identify new strains of filamentous fungi from lichens and sediments from Antarctica with the ability to solubilize inorganic phosphate. Lichens and sediments from Antarctica were collected during the OPERANTAR XXXVI expedition, in the austral summer of 2017/18. The 6 lichens of different colors were collected in King George Island - Punta Ullmann and Punta Hanequin, and the 4 from sediments collected in Deception Island, Whalers Bay, due to the South Shetlands (Maritime Antarctica). A collection of 82 fungal strains were selected and evaluated for an inorganic phosphate solubilization activity. Make the total of 82 fungi tested, 3 lichen and 8 sediment grant, dissipation activity for phosphate solubilization in solid NBRIP culture medium containing tricalcium phosphate (TCP) at 15 °C. 6 isolates were selected during screening in solid medium with larger solubilization halos and tested in temperature ranges, varying between 15.0, 25.0 and 30.0 °C. In solid medium, the fungi were able to solubilize in the three temperature ranges, with a solubilization index (IS) ranging from 1.4 to 3.63 mm subjected to a temperature of 15 °C, from 1.3 to 3.57 mm to 25 °C and from 1.3 to 1.4 mm at 30 °C. One of the largest IS was found in isolates 1EM.P1 at 15 °C and 5Y.P4 at 25 °C with 3.63 and 3.57 mm, respectively. In a liquid medium, the 1EM.P1 isolate was the only one to present significant values for solubilization, with an average release of soluble P of 106.14 mg/L-1 and with a pH reduction from 7.0 to 4.38 to 15 °C, and at 25 °C with soluble P release of 80.89 mg/L-1 and pH reduction from 7.0 to 5.40. For tests under stress conditions, the 1EM.P1 isolate showed better solubilization when subjected to 0.5 M NaCl. Regarding the pH variation, it showed greater release of soluble P at pH 8.0. As for the carbohydrate source, it presented better solubilization in the presence of glucose. The 1EM.P1 isolate, when subjected to different sources of inorganic phosphate, showed better solubilization in the presence of TCP, with a maximum peak in 15 days of incubation. In general, the results showed that Antarctic fungi are able to solubilize phosphate in solid medium, as well as through the release of soluble P in the liquid medium, especially those isolated from sediment.

8
  • JARDIELSON DA SILVA SANTOS
  • AVALIAÇÃO DE PRODUTIVIDADE DA ALFACE IRRIGADA SOB CULTIVO PROTEGIDO EM RESPOSTA A APLICAÇÃO DE LODO DE ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUA

  • Orientador : WANDER GUSTAVO BOTERO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDREA PIRES FERNANDES
  • MARCIO AURELIO LINS DOS SANTOS
  • WANDER GUSTAVO BOTERO
  • Data: 10/09/2021

  • Mostrar Resumo
  • A água para consumo humano deve atender um padrão de potabilidade para assim ser destinada à ingestão, preparação de alimentos e à higiene pessoal. Para tanto, faz-se necessário que, independentemente de sua origem, a água seja submetida à diferentes tratamentos físicos e químicos, ou a combinação de ambos. O tratamento de água consiste basicamente na remoção de partículas suspensas e coloidais, matéria orgânica, micro-organismos e outras substâncias possivelmente deletérias à saúde humana. Após a remoção das partículas é gerado um resíduo denominado lodo, o qual, é uma mistura de areia e argila, rico em matéria orgânica (MO), micro e macro nutrientes. Estes resíduos ainda têm sido dispostos em cursos de água sem nenhum tratamento prévio. Para a sua reutilização é de fundamental importância o estudo das características estruturais, como também a avaliação do teor de MO presente neste resíduo. Assim, objetivou-se com este trabalho extrair e caracterizar a MO do lodo da Estação de Tratamento de Água do município de Arapiraca, Alagoas, e em seguida realizar a aplicação na cultura de alface, afim de avaliar a influência da MO no crescimento e desenvolvimento das plantas. As amostras foram coletadas e submetidas a secagem e em seguida desagregadas e peneiradas. Os resultados obtidos neste trabalho indicam que este resíduo é rico em MO, indicando que essa matriz possui um potencial, como aditivo agrícola. A razão E4/E6, evidencia que as substâncias húmicas (SH) contém poucas estruturas aromáticas e um menor grau de humificação. A razão E2/Eapresentou um valor alto, indicando uma diminuição no tamanho molecular das estruturas que compõem a SH. A partir da razão E2/Epode-se inferir que nas SH estudadas, há presença de estruturas derivadas da lignina. As SH, contribuíram para o crescimento do desenvolvimento das plantas de alface. Para a maioria das variáveis analisadas, as SH, apresentou efeito significativo. A dose de SH 100 mg L-1, foi tida como a melhor dose de resposta. Sendo observado uma diminuição dos efeitos nas variáveis analisadas, à medida que se aumentava a concentração de SH.


  • Mostrar Abstract
  • Water for human consumption must meet a potability standard in order to be used for drinking, food preparation and personal hygiene. For this, it is necessary that, regardless of its origin, the water is submitted to different physical and chemical treatments, or a combination of both. Water treatment consists basically in the removal of suspended and colloidal particles, organic matter, microorganisms, and other substances possibly harmful to human health. After the removal of particles a residue called sludge is generated, which is a mixture of sand and clay, rich in organic matter (OM), micro and macro nutrients. This waste has still been disposed in water courses without any previous treatment. For its reuse is of fundamental importance the study of the structural characteristics, as well as the evaluation of the OM content present in this waste. Thus, the objective of this study was to extract and characterize the OM of the sludge from the Water Treatment Plant in the city of Arapiraca, Alagoas, and then apply it to the lettuce crop in order to evaluate the influence of OM on plant growth and development. The samples were collected and submitted to drying and then disaggregated and sieved. The results obtained in this study indicate that this waste is rich in OM, indicating that this matrix has a potential as an agricultural additive. The E4/Eratio shows that the humic substances (HS) contain few aromatic structures and a lower degree of humification. The E2/Eratio showed a high value, indicating a decrease in the molecular size of the structures that compose the HS. From the E2/Eratio it can be inferred that in the studied SH, there is the presence of structures derived from lignin. The HS, contributed to the growth and development of the lettuce plants. For most of the variables analyzed, the HS showed a significant effect. The HS dose of 100 mg L-1 was the best response dose. A decrease in the effects of the analyzed variables was observed as the concentration of HS increased.

9
  • RAFAELA FERREIRA DA SILVA COSTA
  • SOLUBILIZAÇÃO DE FOSFATO INORGÂNICO POR BACTÉRIAS ISOLADAS DE LIQUENS DA ANTÁRTICA

  • Orientador : ALYSSON WAGNER FERNANDES DUARTE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALYSSON WAGNER FERNANDES DUARTE
  • JOÃO GOMES DA COSTA
  • MICHEL RODRIGO ZAMBRANO PASSARINI
  • VALDEVAN ROSENDO DOS SANTOS
  • Data: 10/09/2021

  • Mostrar Resumo
  • Os liquens são organismos pioneiros em ambientes extremos, crescendo em condições limitantes de nutrientes, além de serem abundantes na Antártica. Eles representam um reservatório rico para o isolamento de bactérias com potencial biotecnológico de interesse agrícola, apresentando características de promotoras de crescimento vegetal, através da solubilização de fosfato inorgânico. Nesse contexto, este estudo objetivou analisar o potencial de bactérias isoladas de 6 amostras de liquens da Antártica para solubilização de fosfato inorgânico sobre a influência de diferentes temperaturas, variação de pH, concentrações de NaCl, carboidratos e indução de estresse osmótico. A coleta dos liquens ocorreu dos diferentes liquens ocorreu na ilha Rei George durante a expedição OPERANTAR XXXVI (verão de 2017/2018). As bactérias foram triadas para solubilização de fosfato utilizando o meio NBRIP sólido (ensaio qualitativo) e em caldo (ensaio quantitativo). As bactérias positivas para solubilização foram avaliadas quanto à capacidade de fixar nitrogênio em ensaio qualitativo. A quantificação de fósforo solúvel foi estimada com o método vanadato-molibdato de amônio após cultivo em meio líquido. De 60 bactérias avaliadas, 15 (25,0%) solubilizaram fosfato tricálcico a 15,0 ºC e 25,0 ºC, enquanto 13 isolados (21,6%) apresentou atividade a 30,0 ºC e nenhum a 35,0 ºC. O índice de solubilização de fosfato (ISF) foi mensurado pela razão do diâmetro do halo (mm) pelo diâmetro da colônia (mm). Os maiores índices de solubilização de fosfato a 15,0 ºC foram de 1,75 a 3,02; a 25,0 ºC de 1,84 a 2,76 e a 30,0 ºC de 1,78 a 2,70. Cinco bactérias foram selecionadas para quantificação de fósforo em meio líquido e os isolados 1BLQ4 e 4BLQ4 obtiveram média de 605,18 mg/L e reduziram o pH para 4,07, [AD1] enquanto a 2BLQ1* solubilizou 505,56 mg/L e pH final de 4,29 e a 4BLQ4* com 494,05 mg/L e pH 4,17. Estes quatro isolados não apresentaram diferença significativa no P solúvel. O isolado 7BLQ2 apresentou menor solubização de fosfato, com 365,78 mg/ L e pH de 7,0 para 4,33. Das 15 solubilizadoras de fosfato, 80% (13), cresceram em meio seletivo para fixadoras de nitrogênio e as cepas que apresentaram maior crescimento foram a 2BLQ1* e 3BLQ5. As bactérias 1BLQ4 e 2BLQ1* foram selecionadas para testes sob condições de estresse e ambas solubilizaram fosfato na concentração de 0,5 M de NaCl, 421,81 mg/L e 432,77 mg/L, respectivamente. Nos diferentes pH avaliados (7, 8 e 9), as duas cepas apresentaram altos níveis de P solúvel. Quando submetidas aos testes com diferentes carboidratos (glicose, sacarose, lactose e amido), a glicose foi a fonte mais eficiente para solubilização. Foi utilizado glicerol (2%, 5% e 10%) para indução de estresse osmótico e ambas as cepas mantiveram alto níveis de P solúvel nas 3 condições testadas. A máxima solubilização de fosfato para 1BLQ4 foi com 96 h de incubação (606,45 mg/L) e para 2BLQ1* foi com 120 h (565,41 mg/L). Os resultados demostram que bactérias recuperadas de liquens da Antártica são eficientes na solubilização de fosfato inorgânico em diferentes temperaturas, condições alcalinas, efeito osmótico e concentrações razoáveis de salinidade.


     [AD1]Mas não são 2 bactérias? O resultado é idêntico?


  • Mostrar Abstract
  • Lichens are pioneer organisms in extreme environments, grow in nutrient-limiting conditions and are recurrent in Antarctica. They represent a rich reservoir for the isolation of bacteria with biotechnological potential of agricultural interest, presenting characteristics that promote plant growth through inorganic phosphate solubilization mechanisms. In this context, the present study aimed to analyze the potential of bacteria isolated from 6 Antarctic lichens for solubilization of inorganic phosphate under the influence of different temperatures, pH variation, NaCl concentrations, carbohydrates and induction of osmotic potential. The collection took place from different lichens on King George Island, during the OPERANTAR XXXVI expedition (summer 2017/2018). Bacteria were tested for phosphate solubilization using solid NBRIP medium (qualitative) and in broth (quantitative). The positive bacteria for solubilization were tested for the ability to fix nitrogen. The quantification of soluble phosphorus in the supernatant of the isolates was estimated by the ammonium vanadate-molybdate method. Of 60 bacteria tested, 15 (25.0%) solubilized tricalcium phosphate at 15.0 ºC. At temperatures of 15.0 ºC (15= 100%) and 25.0 ºC (15= 100%) all strains solubilized phosphate in solid culture medium, whereas at 30.0 ºC 13 strains (13= 87. 5%) and at 35.0ºC there was no growth of any isolate. The enzyme index for phosphate solubilization was measured by the ratio of the diameter of the halo divided by the diameter of the colony. The highest phosphate solubilization indexes at 15.0 ºC were from 1.75 mm to 3.02; at 25.0 °C from 1.84 mm to 2.76 mm and at 30.0 °C from 1.78 mm to 2.70 mm. The best bacteria at the three temperatures were 1B.LQ4; 4BLQ4; 4BLQ4* and 2BLQ1*, together with 7BLQ2 (randomly chosen) were selected for phosphorus quantification in liquid medium at 25.0 ºC ± 2.0 ºC. Strains 1BLQ4 and 4BLQ4 had an average of 605.18 mg/L and reduced the pH to 4.07, while 2BLQ1* solubilized 505.56 mg/L and final pH of 4.29 and 4BLQ4* with 494.05 mg /L and pH 4.17. These four isolated showed no significant difference in soluble P. The lowest mean of soluble P was from strain 7BLQ2 with 365.78 mg/L and pH from 7.0 to 4.33. Of the 15 phosphate solubilizers, 80% (13) grew in selective medium for nitrogen fixatives and the strains that showed the greatest growth were 2BLQ1* and 3BLQ5. Bacteria 1BLQ4 and 2BLQ1* were selected for testing under stress conditions. Both bacteria solubilized phosphate at the concentration of 0.5 M Nacl with averages of 421.81 mg/L and 432.77 mg/L, respectively. At the different pH tested (7, 8 and 9), the two strains continued with high levels of soluble P. When subjected to tests with different carbohydrates (glucose, sucrose, lactose and starch), glucose was the most efficient for the solubilization mechanism of the two isolates. 2% glycerol was used; 5% and 10% to induce osmotic potential and both strains maintained high levels of soluble P in the 3 conditions tested. Assessing the maximum point of bacterial solubilization every 24 hours for 6 consecutive days, the best result for 1BLQ4 was with 96 h of incubation (606.45 mg/L) and for 2BLQ1 * it was with 120 h (565.41 mg/L) L). The results demonstrate that these strains are efficient in the solubilization mechanism of inorganic phosphate at different temperatures, alkaline conditions, osmotic effect and reasonable concentrations of salinity.

10
  • LARYSSA ROBERTA ALVES FARIAS
  • DESEMPENHO AGRONÔMICO DA CULTURA DO AMENDOIM IRRIGADO COM ÁGUA SALINA EM AMBIENTE PROTEGIDO

  • Orientador : MARCIO AURELIO LINS DOS SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARCIO AURELIO LINS DOS SANTOS
  • INAJÁ FRANCISCO DE SOUSA
  • DANIELLA PEREIRA DOS SANTOS
  • SAMUEL SILVA
  • Data: 11/09/2021

  • Mostrar Resumo
  • A implantação de áreas com o amendoim irrigado na região ainda é limitada devido à disponibilidade hídrica e pouco conhecimento desta técnica para essa cultura na região. Sendo que, a implantação da irrigação na cultura possibilita o cultivo de dois ou mais ciclos do amendoim durante o ano, aumentando assim a renda dos pequenos agricultores que são os principais produtores. O objetivo desta pesquisa foi de avaliar o desempenho agronômico do amendoim em ambiente protegido, sob o efeito de diferentes lâminas de água e diversos níveis da qualidade da água. O experimento foi realizado em casa de vegetação na área experimental do Campus de Arapiraca da UFAL. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso (DBC), possuindo 4 repetições, em esquema fatorial 5x5, com 25 tratamentos, totalizando 100 parcelas. Os tratamentos representaram cinco lâminas de irrigação L1= 50; L2= 75; L3= 100; L4= 125 e L5= 150% da Evapotranspiração da cultura correlacionadas com níveis salinos da água representados por S1 = 0,15; S2 = 1,15; S3 = 2,15; S4 = 3,15 e S5 = 4,15 dS/m. A determinação da ETc foi obtida por meio do SLIMCAP. Foi utilizado o método de irrigação localizado com sistema por gotejamento com vazão média de 2,5 L/h por gotejador. Avaliou-se as variáveis: altura de planta (AP), número de hastes por planta (NHP), número de vagens por planta (NVP), comprimento médio das vagens (CMV), diâmetro médio das vagens (DMV), número de grãos por vagens (NGV), peso fresco das vagens (PFV) e peso seco das vagens (PSV), índice de clorofila (SPAD). Os dados coletados foram submetidos a análise estatística e plotagem de gráficos de superfície por meio do software estatístico R i386. Os resultados mostraram que as variáveis índice altura da planta (AP), número de vagens por planta (NVP), comprimento médio das vagens (CMV) e índice de clorofila (SPAD) respondem a interação de lâmina de irrigação e níveis de salinidade da água. O número de hastes por planta (NHP), diâmetro médio das vagens (DMV), volume das vagens por planta (VVP) e peso verde das vagens (PVG), peso seco das vagens (PSG) respondem a lâmina e salinidade isoladamente. O número de grãos por vagens responde de modo significativo somente para salinidade da água. Os pontos máximos de produção da maioria das variáveis foram obtidos com a lâmina de irrigação inferior a 100% da ETc e salinidade próxima a 0,15 dS/m.


  • Mostrar Abstract
  • The implementation of areas with irrigated peanuts in the region is still limited due to water availability and little knowledge of this technique for this culture in the region. The implementation of irrigation in the crop allows the cultivation of two or more peanut cycles during the year, thus increasing the income of small farmers who are the main producers. The objective of this research was to evaluate the agronomic performance of peanuts in a protected environment, under the effect of different water depths and different levels of water quality. The experiment was carried out in a greenhouse in the experimental area of the Arapiraca Campus at UFAL. The experimental design was randomized blocks (DBC), with 4 replications, in a 5x5 factorial scheme, with 25 treatments, totaling 100 plots. The treatments represented five irrigation depths L1=50; L2=75; L3=100; L4= 125 and L5= 150% of crop Evapotranspiration correlated with saline water levels represented by S1 = 0.15; S2 = 1.15; S3 = 2.15; S4 = 3.15 and S5 = 4.15 dS/m. The determination of ETc was obtained using SLIMCAP. The method of localized irrigation with a drip system with an average flow of 2.5 L/h per dripper was used. The variables were evaluated: plant height (AP), number of stalks per plant (NHP), number of pods per plant (NVP), average pod length (CMV), average pod diameter (DMV), number of grains per pod (NGV), pod fresh weight (PFV) and pod dry weight (PSV), chlorophyll index (SPAD). The collected data were subjected to statistical analysis and surface graph plots using the R i386 statistical software. The results showed that the variables plant height index (AP), number of pods per plant (NVP), average length of pods (CMV) and chlorophyll index (SPAD) respond to the interaction of irrigation depth and water salinity levels . The number of stalks per plant (NHP), mean diameter of pods (DMV), volume of pods per plant (VVP) and green weight of pods (PVG), dry weight of pods (PSG) respond to lamina and salinity separately. The number of grains per pod responds significantly only to water salinity. The maximum production points for most variables were obtained with irrigation depths below 100% of ETc and salinity close to 0.15 dS/m.

11
  • MARIA APARECIDA DOS SANTOS
  • MONTAGEM, ANOTAÇÃO DOS GENOMAS PLASTIDIAIS E MITOCONDRIAIS DE Stylosanthes seabrana e Stylosanthes guianensis

  • Orientador : ANDRE SECO MARQUES DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDRE SECO MARQUES DA SILVA
  • CICERO CARLOS DE SOUZA ALMEIDA
  • LUIS GUSTAVO RODRIGUES SOUZA
  • Data: 16/09/2021

  • Mostrar Resumo
  • O gênero Stylosanthes Sw. é altamente diversificado e polimórfico, muitas espécies estão presentes em regiões de baixa precipitação, crescem em solos pobres em cálcio, são capazes de fixar nitrogênio no solo, sendo de grande importância na formação de pastagens e também na recuperação de áreas degradadas. Apesar da sua importância econômica, o gênero Stylosanthes ainda apresenta pouca caracterização genética e sua taxonomia e sistemática complexa dificulta a delimitação e identificação de espécies. Genomas organelares, como os de cloroplasto e mitocôndria, podem ser muito úteis na resolução das relações filogenéticas em grupos com sistemática complexa. Devido a sua herança uniparental, principalmente materna nas angiospermas. O objetivo do trabalho foi obter e analisar comparativamente o Plastoma e Mitogenoma completo de duas espécies do gênero Stylosanthes: S. seabrana, S. guianensis com intuito de aumentar o conhecimento sobre as relações evolutivas e melhoramento genético do gênero. A montagem dos genomas de cada espécie foi realizada pelo programa NOVOPlasty v. 3.8.3, utilizando como referência o genoma plastidial e mitocondrial de Stylosanthes hamata. Após a montagem, com o auxílio do software Geneious v. 9.1.8 os genomas foram analisados e comparados. O genomas circular plastidial para Stylosanthes seabrana apresentou tamanho total de 156.499 pb, sendo identificado um total de 125 genes. Por sua vez o plastoma de Stylosanthes guianensis apresentou tamanho total de 156.785 pb sendo identificado um total de 127 genes. Os genomas circulares mitocondriais obtidos para as duas espécies apresentaram um comprimento de 468.896 pb em S. guianensis, sendo identificados 55 genes e em S. seabrana de 523.870 pb, sendo identificados 57 genes. Os genomas plastidiais e mitocondriais  das espécies do gênero Stylosanthes analisados no presente estudo mostraram-se altamente conservados, podendo ser utilizados para estudos filogenéticos posteriores e contribuir para os programas de melhoramento genético dessas espécies.


  • Mostrar Abstract
  • The genus Stylosanthes Sw. is highly diverse and polymorphic, many species are present in regions of low rainfall, grow in calcium-poor soils, are able to fix nitrogen in the soil, and are of great importance in the formation of pastures and also in the recovery of degraded areas. Despite its economic importance, the genus Stylosanthes still presents little genetic characterization and its taxonomy and systematic complexity makes the delimitation and identification of species difficult. Organellar genomes, such as those of chloroplast and mitochondria, can be very useful in resolving phylogenetic relationships in groups with complex systematics. Due to their uniparental, mainly maternal inheritance in angiosperms. The objective of this work was to obtain and analyze comparatively the complete Plastome and Mitogenome of two species of the genus Stylosanthes: S. seabrana, S. guianensis in order to increase the knowledge about the evolutionary relationships and genetic improvement of the genus. The genomes of each species were assembled using NOVOPlasty v. 3.8.3 software, using as reference the plastidial and mitochondrial genome of Stylosanthes hamata. After assembly, with the help of Geneious v. 9.1.8 software, the genomes were analyzed and compared. The circular plastidial genome for Stylosanthes seabrana showed a total size of 156,499 bp, and a total of 125 genes were identified. In turn, the plastidial genome of Stylosanthes guianensis showed a total size of 156,785 bp, being identified a total of 127 genes. The mitochondrial circular genomes obtained for the two species presented a length of 468,896 bp in S. guianensis, being identified 55 genes and in S.seabrana of 523,870 bp, being identified 57 genes. The plastid and mitochondrial genomes of the species of the genus Stylosanthes analyzed in this study proved to be highly conserved and can be used for further phylogenetic studies and contribute to the genetic improvement programs of these species.

12
  • FERNANDA DANIELLE DE SOUSA
  • MONTAGEM DO GENOMA MITOCONDRIAL DE Hancornia speciosa Gomes E ANÁLISES EVOLUTIVAS EM APOCYNACEAE


  • Orientador : CICERO CARLOS DE SOUZA ALMEIDA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CICERO CARLOS DE SOUZA ALMEIDA
  • ANDRE SECO MARQUES DA SILVA
  • LUIS GUSTAVO RODRIGUES SOUZA
  • Data: 17/09/2021

  • Mostrar Resumo
  • Hancornia é um gênero monotípico que pertence à família Apocynaceae, sua única espécie é a H. speciosa Gomes, também conhecida como mangaba. É uma árvore frutífera, nativa brasileira, apreciada pelo seu sabor doce e levemente ácido que o torna bastante característico. Além de sua importância ecológica e industrial, é fonte de renda para agroextrativistas. O genoma mitocondrial das plantas possui importantes características evolutivas, como elevado tamanho dos espaçadores intergênicos e elevado número de rearranjos e, tem sido estudado em muitos grupos de plantas. Com o objetivo de compreender as relações filogenéticas, aspectos evolutivos e contribuir em pesquisas de melhoramento vegetal o genoma mitocondrial de Hancornia speciosa foi sequenciado por Next Generation Sequencing (NGS). E através da montagem de novo e união de contigs obteve-se o genoma mitocondrial completo com tamanho de 741.811 pb de comprimento e 63 genes anotados, passando a ser o mais longo relatado em Apocynaceae. Em síntese, demonstramos: (1) o primeiro genoma mitocondrial de Hancornia speciosa; (2) A incorporação de DNA de cloroplasto no genoma mitocondrial em Hancornia speciosa é menor que Rhazya stricta, Hoya lithophytica e Asclepias syriaca e sua expansão pode estar associada a eventos de recombinação e aumento da região intergênica; (3) A sintenia entre H. speciosa e Rhazya stricta, que pertencem a subfamília Rauvolfioideae, e de Hoya lithophytica e Asclepias syriaca, pertencentes a subfamília Asclepiadoideae, mostram rearranjos notáveis; (4) A associação dos dados obtidos entre os rearranjos mitocondriais e sequências de nucleotídeos plastidiais revelam que os genomas mais próximos compartilham mais regiões em comum. As análises comparativas mostram a notável diversidade do genoma mitocondrial já relatada nas angiospermas, que evidencia alta conservação dos genes em seu funcionamento e alta plasticidade estrutural.


  • Mostrar Abstract
  • Hancornia is a monotypic genus that belongs to the Apocynaceae family, its only species is an H. speciosa Gomes, also known as mangaba. It is a fruit tree, native to Brazil, appreciated for its sweet and slightly acidic flavor that makes it quite characteristic. In addition to its ecological and industrial importance, it is a source of income for agro-extractivists. The mitochondrial genome of plants has important evolutionary characteristics, such as the large size of intergenic spacers and a large number of rearrangements, and has been studied in many groups of plants. In order to understand the phylogenetic relationships, evolutionary aspects and contribute to research on plant breeding, the mitochondrial genome of Hancornia speciosa was sequenced by Next Generation Sequencing (NGS). And through the de novo assembly and union of contigs, the complete mitochondrial genome was obtained with a size of 741,811 bp in length and 63 annotated genes, becoming the longest reported in Apocynaceae. In summary, we demonstrate: (1) the first mitochondrial genome of Hancornia speciosa; (2) The incorporation of chloroplast DNA into the mitochondrial genome in Hancornia speciosa is smaller than Rhazya stricta, Hoya lithophytica and Asclepias syriaca and its expansion may be associated with recombination events and increase in the intergenic region; (3) The synteny between H. speciosa and Rhazya stricta, which belong to the Rauvolfioideae subfamily, and between Hoya lithophytica and Asclepias syriaca, which belong to the Asclepiadoideae subfamily, show remarkable rearrangements; (4) The association of data obtained between mitochondrial rearrangements and plastid nucleotide sequences reveals that the closer genomes share more regions in common. Comparative analyzes show the remarkable diversity of the mitochondrial genome already reported in angiosperms, which shows high conservation of genes in their functioning and high structural plasticity.

13
  • NATANIELLE DE OLIVEIRA GOMES LEITE
  • USO DA TÉCNICA DO BIOSPECKLE NA CARACTERIZAÇÃO MORFOFISIOLÓGICA DE FOLHAS DE TABEBUIA AUREA MART. EM DUAS CONDIÇÕES DE LUMINOSIDADE E HÍDRICA

  • Orientador : JOSE VIEIRA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JAKSON LEITE
  • JOSE VIEIRA SILVA
  • RUBENS PESSOA DE BARROS
  • Data: 20/09/2021

  • Mostrar Resumo
  • A técnica do Biospeckle tem sido empregada como uma ferramenta para análise da atividade de materiais biológicos, monitoramento de umidade, nível de atividade e presença de parasitos, através da iluminação do material por uma fonte de laser de baixa potência. Por ser uma técnica não destrutiva, o biospeckle é uma ferramenta vantajosa em procedimentos rápidos e com bastante precisão, principalmente na análise de sistemas biológicos. Sendo assim, o objetivo desta pesquisa foi identificar e caracterizar  a morfofisiologia foliar da espécie Tabebuia aurea (Mart.), submetidas à restrições hídricas e a aplicação de filme de partículas  através de Biospeckle. O experimento foi conduzido nos Laboratórios de Fisiologia Vegetal (LABFIVE) e Biospeckle (LEB) e em casa de vegetação da Universidade Federal de Alagoas, Campus Arapiraca. O delineamento experimental foi em blocos casualizados (DBC) com 4 tratamentos [irrigado + presença de filme; irrigado + ausência de filme; não irrigado + presença de filme; não irrigado + ausência de filme] com 4 repetições para cada tratamento. As sementes de Tabebuia aurea (Mart.) foram oriundas de árvores matrizes da Universidade Federal de Alagoas - UFAL, Campus Arapiraca, germinadas em vasos de polietileno com capacidade de 3L em casa de vegetação (com sombreamento de ~ 50%) até o estabelecimento das mudas.  Após o crescimento e o estabelecimento das mudas as plantas foram transferidas nas primeiras horas da manhã (entre 5:30 e 6:00) para o ambiente externo a casa de vegetação a pleno sol, e submetidas aos  tratamentos. Após a implantação dos tratamentos as avaliações foram realizadas pelo período de 30 dias. Na qual, as analises  morfológicas e da atividade biológica nas folhas foram iniciadas em tempo 0, 24 horas (um dia)  48 h (dois dias), 72 h (três dias), sete dias, 15 dias e 30 dias. Os dados coletados foram submetidos às análises estatísticas e plotagem de gráficos por meio do software estatístico R i386. As variáveis índice de altura da planta (AP), Diâmetro do caule (mm), e número de folhas em plantas de Tabebuia aurea (Mart.), bem como, Atividade biológica (MDI) e a Homogeneidade responderam de modo significativo entre os tratamentos de irrigação (com e sem) na presença ou não do filme de partículas.


  • Mostrar Abstract
  • The biospeckle technique has been used as a tool for analyzing the biological materials activity, monitoring moisture, activity level and presence of parasites, through of the material illumination by a low power laser source. As it is a non-destructive technique, the biospeckle is an advantageous tool in fast procedures and with great precision, especially in the biological systems analysis. Thus, the objective of this research was to identify and characterize the leaf morphophysiology of Tabebuia aurea (Mart.) species submitted to water restrictions and the application of a particle film using biospeckle technique. The experiment was conducted at the Plant Physiology (LABFIVE) and Biospeckle (LEB) Laboratories and in a greenhouse at the Federal University of Alagoas, Campus Arapiraca. The experimental design was in randomized blocks (DBC) with 4 treatments [irrigated + presence of film; irrigated + absence of film; non-irrigated + film presence; non-irrigated + no film] with 4 repetitions for each treatment. Tabebuia aurea (Mart.) seeds collected from matrix trees located on the Campus Arapiraca of the Federal University of Alagoas - UFAL, were germinated in polyethylene pots with a capacity of 3L in a greenhouse (with shading of ~ 50%) until establishment of the seedlings. After the growth and seedlings establishment, the plants were transferred in the early morning hours (between 5:30 and 6:00 a.m.) to the environment outside the greenhouse under full sun, and subjected to treatments. After the treatments imposition, the evaluations were carried out for a period of 30 days. In which, the morphological and biological activity analyzes in the leaves were started at time 0, 24 hours (one day), 48 hours (two days), 72 hours (three days), seven days, 15 days and 30 days. The collected data were submitted to statistical analysis and graph plotting using the R i386 statistical software. The variables plant height index (AP), stem diameter (mm), and number of leaves in Tabebuia aurea (Mart.) plants, as well as biological activity (MDI) and homogeneity responded significantly between treatments irrigation (with and without) in the presence or not of the particulate film.

14
  • FABIANA FONTES DA SILVA MACEDO DE CARVALHO
  • CARACTÉRISTICAS NUTRICIONAIS E ACÚMULO DE BIOMASSA DA PALMA FORRAGEIRA (Nopalea cochenilifera (L.) Salm-Dyck) INFLUENCIADA POR STYLOSANTHES E ADUBAÇÃO ORGÂNICA.

  • Orientador : CICERO GOMES DOS SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CICERO GOMES DOS SANTOS
  • MARCIO AURELIO LINS DOS SANTOS
  • KEDES PAULO PEREIRA
  • CAROLINA CORRÊA DE FIGUEIREDO MONTEIRO
  • Data: 24/09/2021

  • Mostrar Resumo
  • A palma forrageira (Nopalea cochenillifera (L.) Salm – Dick) apresenta características morfofisiológicas que permite seu desenvolvimento em condições de baixa oferta hídrica, e tem exercido um papel importante na pecuária da região Semiárida, compondo a base da alimentação de ruminantes. A produção de palma forrageira no Nordeste do Brasil apresenta baixa produtividade devido principalmente ao manejo inadequado, ausência de correção dos níveis nutricionais e baixos teores de matéria orgânica no solo. O uso de espécies de Stylosanthes como adubação verde pode favorecer o sistema de produção da palma forrageira, funcionando como uma fonte alternativa de nutrientes, principalmente nitrogênio, aos fertilizantes inorgânicos. O aporte de resíduos vegetais ao solo favorece o aumento do teor de matéria orgânica, ciclagem de nutrientes, atividade dos microrganismos, estruturação, infiltração e armazenamento de água no solo, melhorando a qualidade e a resiliência dos agroecossistemas. Com este trabalho, objetivou-se avaliar a composição nutricional e acúmulo de biomassa da palma forrageira cultivada no resíduo de stylosanthes cv. Campo Grande como adubação verde e adubação orgânica utilizando esterco bovino. O experimento foi conduzido no campo da área experimental da Universidade Federal de Alagoas - UFAL, Campus Arapiraca, em blocos casualizados, com quatro repetições, em esquema fatorial 3x2. O primeiro fator estudado correspondeu a adubação: a) adubação verde com stylosanthes cv. Campo Grande associada a adubação química fosfatada, b) adubação orgânica com esterco bovino associada a adubação química fosfatada, e c) controle com adubação química fosfatada sem adubação verde e orgânica. O segundo fator estudado foi espaçamentos: 1,20 x 0,20 e 1,20 x 0,25, com densidade de plantas por área de 41.000 e 33.000 plantas por hectare, respectivamente. Avaliou-se variáveis biométricas: Altura de planta (AP), Largura de planta (LP) e Número de cladódios emitidos por planta (NC), iniciando aos 180 dias após o plantio (DAP), com intervalo de 60 dias entre as medições; composição químico-bromatológicas e de minerais; teores de clorofila e carotenoides em dois períodos distintos; e produção de biomassa verde e seca em 12 meses. Para realização da análise estatística foi usado o software SISVAR, versão 5.6. As variáveis estudadas apontam diferenças significativas em relação aos tratamentos com adubação verde e orgânica, e produção de biomassa significativa com adubação orgânica e espaçamento 1,20 x 0,20 em relação aos demais tratamentos.


  • Mostrar Abstract
  • The forage cactus (Nopalea cochenillifera (L.) Salm – Dick) has morphophysiological characteristics that allow its development in conditions of low water supply, and has played an important role in livestock in the Semi-arid region, forming the basis of ruminant feeding. The production of forage cactus in the Northeast of Brazil presents low productivity mainly due to inadequate management, lack of correction of nutritional levels and low levels of organic matter in the soil. The use of Stylosanthes species as green manure can favor the production system of forage cactus, working as an alternative source of nutrients, especially nitrogen, to inorganic fertilizers. The contribution of plant residues to the soil favors the increase in organic matter content, nutrient cycling, microorganism activity, structuring, infiltration and storage of water in the soil, improving the quality and resilience of agroecosystems. This work aimed to evaluate the nutritional composition and biomass accumulation of forage cactus cultivated in the residue of stylosanthes cv. Campo Grande as green manure and organic manure using cattle manure. The experiment was carried out in the experimental area of the Federal University of Alagoas - UFAL, Campus Arapiraca, in randomized blocks, with four replications, in a 3x2 factorial scheme. The first factor studied corresponded to fertilization: a) green fertilization with stylosanthes cv. Campo Grande associated with chemical phosphate fertilization, b) organic fertilization with cattle manure associated with chemical phosphate fertilization, and c) control with chemical phosphate fertilization without green and organic fertilization. The second factor studied was spacing: 1.20 x 0.20 and 1.20 x 0.25, with plant density per area of 41,000 and 33,000 plants per hectare, respectively. Biometric variables were evaluated: plant height (AP), plant width (LP) and number of cladodes emitted per plant (NC), starting at 180 days after planting (DAP), with an interval of 60 days between measurements; chemical-bromatological and mineral composition; chlorophyll and carotenoid contents in two distinct periods; and production of green and dry biomass in 12 months. To perform the statistical analysis, the SISVAR software, version 5.6 was used. The variables studied show significant differences in relation to treatments with green and organic fertilizers, and significant biomass production with organic fertilizer and 1.20 x 0.20 spacing in relation to the other treatments

15
  • JÂNIO PEDRO DA SILVA VIEIRA
  • BIOMASSA, DECOMPOSIÇÃO E LIBERAÇÃO DE NUTRIENTES DA PARTE AÉREA DE PLANTAS DE COBERTURA NA REGIÃO AGRESTE DE ALAGOAS

  • Orientador : VALDEVAN ROSENDO DOS SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • VALDEVAN ROSENDO DOS SANTOS
  • GILSON MOURA FILHO
  • RUBENS PESSOA DE BARROS
  • Data: 27/09/2021

  • Mostrar Resumo
  • A adubação verde consiste no cultivo de diferentes espécies vegetais em uma mesma área, em sucessão ou simultaneamente com a finalidade principal de melhorar a fertilidade do solo. Prefere-se assim, aquelas que produzam maior volume de matéria seca, estejam menos sujeitas a pragas e doenças e que possuam sementes relativamente uniformes e fáceis de semear. As plantas da família Fabaceae são as mais utilizadas na adubação verde, em virtude de seu alto potencial em realizar a fixação de nitrogênio atmosférico através de simbiose com bactérias presentes em nódulos localizados nas raízes das plantas, e sua crescente capacidade de armazenamento de biomassa e nutrientes, caracterizando-se como um dos métodos mais adequados para o uso na agricultura. O objetivo do presente estudo foi avaliar a produção de biomassa, as taxas de decomposição e a dinâmica de liberação de nutrientes da parte aérea de plantas de cobertura na região agreste de alagoas. O experimento foi conduzido em condições de campo, na área experimental da Universidade Federal de Alagoas - Campus Arapiraca, em blocos casualisados, com quatro repetições. Os tratamentos foram sete plantas de cobertura: crotalária-juncea (Crotalaria juncea), crotalária-espectabilis (Crotalaria spectabilis), guandu-anão (Cajanus cajan), lablab (Dolichos lablab), feijão-de-porco (Canavalia ensiformis), milheto (Pennisetum glaucum) e mucuna-preta (Mucuna aterrima). A decomposição e liberação de nutrientes dos resíduos foi monitorada por meio de coletas periódicas aos 30, 60, 90, 120 e 150 dias após a incorporação das bolsas ao solo contendo 20 gramas de massa seca. Avaliou-se a produção de biomassa, extração e eficiência de uso de nutrientes e a decomposição e liberação de nutrientes dos resíduos. As variáveis estudadas apontam diferenças significativas em relação as concentrações de nutrientes, relação C/N e C/P na massa seca, produtividade, extração e eficiência de uso de nutrientes pela parte aérea de plantas de cobertura na floração plena. As taxas de decomposição e os tempos de meia vida variou com a espécie de planta de cobertura, sendo o feijão de porco a espécie que apresentou as maiores taxas e tempos de meia vida.


  • Mostrar Abstract
  • Green manure consists in the cultivation of different plant species in the same area, in succession or simultaneously, with the main purpose of improving soil fertility. Thus, it is preferred that those that produce a greater volume of dry matter, are less subject to pests and diseases and that have relatively uniform and easy to sow seeds. The Fabaceae family plants are the most used in green manure, due to their high potential to carry out the fixation of atmospheric nitrogen through symbiosis with bacteria present in nodules located in plant roots, and their growing capacity to store biomass and nutrients, characterizing itself as one of the most suitable methods for use in agriculture. The aim of the present study was to evaluate biomass production, decomposition rates and nutrient release dynamics from the aboveground part of cover crops in the Agreste region, Alagoas, Brazil. The experiment was carried out under field conditions, in the experimental area of the Federal University of Alagoas - Campus Arapiraca, in randomized blocks, with four replications. The treatments consisted of cover crops: sunn hemp (Crotalaria juncea), Spectabilis (Crotalaria spectabilis), dwarf pigeon pea (Cajanus cajan), lablab (Dolichos lablab), jack bean (Canavalia ensiformis), millet (Pennisetum glaucum) and black velvet bean (Mucuna aterrima). The decomposition and release of nutrients from the residues was monitored through periodic collections at 30, 60, 90, 120 and 150 days after the incorporation of litter bags in the soil containing 20 grams of dry mass. Biomass production, extraction and nutrient use efficiency, and the decomposition and release of nutrients from waste were evaluated. The studied variables show significant differences in relation to nutrient concentrations, C/N and C/P ratio in dry mass, yield, extraction and nutrient use efficiency by the aerial part of cover crops in full bloom. Decomposition rates and half-life times varied with the cover crop species, with jack bean being the species with the highest rates and half-life times.

16
  • ALEYRES BISPO CHAGAS
  • Estudo da atividade biológica em sementes de Enterolobium Contortisiliquum (Vell.) Morong, através da técnica bioespeckle 

  • Orientador : JOSE VIEIRA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JOSE VIEIRA SILVA
  • FLAVIA DE BARROS PRADO MOURA
  • RUBENS PESSOA DE BARROS
  • Data: 28/09/2021

  • Mostrar Resumo
  • A técnica do biospeckle laser se baseia em um fenômeno óptico de interferência que acontece quando um feixe de luz coerente incide sobre a superfície de um material, onde há atividade de origem biológica. Sendo assim, o objetivo deste trabalho foi caracterizar a atividade metabólica através da técnica do biospeckle correlacionando a mesma com a curva de embebição das sementes das após escarificação química e mecânica e em diferentes tempos. Para isso, sementes de E. contortisiliquum recém coletadas foram submetidas a cinco diferentes tratamentos sendo eles denominados Controle, H2SO4(PA) a 5 minutos, H2SO4(PA) a 10 minutos, H2SO4(PA) a 15 minutos e Escarificação Mecânica, e expostas aos tempos de embebição de 0, 8, e 72 horas. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado e todos os tratamentos constaram de cinco repetições compostas de 10 sementes cada. As sementes foram pesadas em balança analítica com precisão de 0,001 g antes e depois da embebição e estabelecida uma curva de embebição. Já para a análise da atividade metabólica de sementes pela técnica do bioespeckle foram utilizadas sementes de E. contortisiliquum recém coletadas e submetidas aos mesmos cinco tratamentos descritos anteriormente, e tempo de embebição de 0, 4 e 72 horas, com cinco repetições de 57  sementes. Foram utilizados os programas de TCAPTURE, PROMPT DE COMANDO, STDM, e dentre as linhas que formam o eixo Y da matriz, estabeleceu-se a linha 100 como a linha padrão de estudo das modificações ocorridas numa região da superfície da amostra. A análise da evolução temporal dos padrões de speckle foi realizada a partir de imagem THSP, seguido de cálculo da MCO. Os tratamentos de escarificação química com ácido sulfúrico concentrado mostraram-se eficientes em superar a dormência tegumentar das sementes, uma vez que ocorreu embebição crescente com os tempos de 0, 8 e 72 horas. A embebição das sementes resultou na emissão da raiz primária e rompimento do tegumento na base da semente, próximo ao hilo; a raiz primaria mostrou-se com forma pivotante, de coloração amarelo claro e com poucos pelos simples. Logo em seguida, das 48 a 72 horas ocorreu o desprendimento do tegumento, deixando os cotilédones carnosos livres, caracterizando uma germinação epígea fanerocotiledonar, com exceção do tratamento controle. O hipocótilo é alongado e retilíneo, com coloração verde acinzentado amarelo claro. O epicótilo tem coloração verde acinzentado amarelo. Os eófilos são compostos, opostos, bipinados, possuem coloração verde acinzentado amarelo escuro. O desenvolvimento das plântulas uniformes, com exceção do tratamento controle que houve pouca absorção de água pelas as sementes. Sendo também avaliados por meio da técnica do bioespeckle onde os descritores calculados estão definidos e formalizados matematicamente, por medir a homogeneidade ou uniformidade da textura. Isto resulta em maiores valores quando as intensidades são uniformes e a Inercia (MI) mostrou-se mais eficiente na análise das altas frequências, o que se deve ao seu mecanismo de atuação que é um momento de segunda ordem, o qual favorece as variações de atividade mais altas.


  • Mostrar Abstract
  • The biospeckle laser technique is based on an optical interference phenomenon that happens when a coherent light beam falls on the material surface, where there is activity of biological origin. Thus, the objective of this work was to characterize the metabolic activity through the biospeckle technique, correlating it with the seed imbibition curve after chemical and mechanical scarification and at different times. For this, newly collected E. contortisiliquum seeds were subjected to five different treatments, namely Control, H2SO4(PA) at 5 minutes, H2SO4(PA) at 10 minutes, H2SO4(PA) at 15 minutes and Mechanical Scarification, and exposed at soak times of 0, 8, and 72 hours. The experiment was carried out in a completely randomized design and all treatments consisted of five replicates consisting of 100 seeds each. The seeds were weighed on an analytical balance with a precision of 0.001 g before and after imbibition and an imbibition curve was established. For the analysis of the metabolic activity of seeds by the biospeckle technique, newly collected E. contortisiliquum seeds were used and submitted to the same five treatments described above, and soaking time of 0, 4 and 72 hours, with five replicates of 57 seeds. The TCAPTURE, COMMAND PROMPT, STDM programs were used, and among the lines that form the Y axis of the matrix, the line 100 was established as the standard line for the study of changes occurring in a region of the sample surface. The analysis of the speckle patterns temporal evolution was performed using a THSP image, followed by the calculation of the MCO. Chemical scarification treatments with concentrated sulfuric acid proved to be efficient in overcoming seed tegumentary dormancy, since increasing imbibition occurred with times of 0, 8 and 72 hours. The seeds imbibition resulted in the primary root emission and integument disruption at the base of the seed, close to the hilum; the primary root showed a pivoting shape, light yellow in color and with few simple hairs. Soon after, from 48 to 72 hours, the tegument detachment occurred, leaving the fleshy cotyledons free, characterizing a phanerocotyledonary epigeal germination, with the control treatment exception. The hypocotyl is elongated and straight, with a light grayish-green coloration. The epicotyl is grayish-green yellow in color. The eophylls are composed, opposite, bipinnate, and have a dark yellow grayish-green color. The development of uniform seedlings, with the control treatment exception, which had little water absorption by the seeds. They are also evaluated using the biospeckle technique where the calculated descriptors are defined and mathematically formalized, by measuring the homogeneity or uniformity of the texture. This results in higher values when the intensities are uniform and the Inertia (MI) was more efficient in the analysis of high frequencies, which is due to its actuation mechanism, which is a second order moment, which favors variations in highest activity.

17
  • JANYNNE JOYCE DE LIMA ROCHA
  • Alterações nos atributos físicos e químicos do solo em função do uso da terra no município de Limoeiro de Anadia - AL

  • Orientador : CARLOS TADEU DOS SANTOS DIAS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARLOS TADEU DOS SANTOS DIAS
  • VALDEVAN ROSENDO DOS SANTOS
  • GILSON MOURA FILHO
  • RUBENS PESSOA DE BARROS
  • Data: 29/10/2021

  • Mostrar Resumo
  • O estudo das alterações dos atributos físicos e químicos do solo permite estabelecer parâmetros capazes de avaliar a qualidade do solo. O objetivo desse trabalho foi testar a hipótese de que a intensificação da agricultura através do cultivo de cana-de-açúcar, milho e pastagem altera propriedades físicas e químicas do solo, quando comparados ao uso da terra com vegetação nativa. Amostras de solo foram coletadas em quatro áreas (1 hectare cada, com 12 pontos de amostragem) em três camadas (0,0 – 0,10; 0,10 – 0,20; 0,20 – 0,30 m ) no município de Limoeiro de Anadia (Estado de Alagoas) e analisadas quanto as propriedades de acidez e CTC (pH, CTCpH7, saturação de bases, saturação por alumínio, Al+H e Na), macronutrientes (P, K, Ca e Mg) e atributos físicos (textura do solo, densidade do solo, densidade de partículas, porosidade total, resistência mecânica do solo à penetração e estabilidade de agregados). Os dados foram analisados através de programas estatísticos.


  • Mostrar Abstract
  • The study of changes in the physical and chemical attributes of the soil allows establishing parameters capable of assessing soil quality. The objective of this work was to test the hypothesis that the intensification of agriculture through the cultivation of sugarcane, corn and pasture alters physical and chemical properties of the soil, when compared to land use with native vegetation. Soil samples were collected in four areas (1 hectare each, with 12 sampling points) in three layers (0.0 – 0.10; 0.10 – 0.20; 0.20 – 0.30 m ) in the municipality of Anadia Lemon Tree (Alagoas State) and analyzed for acidity and CTC properties (pH, CTCpH7, base saturation, aluminum saturation, Al+H and Na), macronutrients (P, K, Ca and Mg) and attributes physical (soil texture, soil density, particle density, total porosity, soil mechanical resistance to penetration and aggregate stability). Data were analyzed using statistical programs.

2020
Dissertações
1
  • ALAIDE MARIA SILVA SANTOS
  •  

    Efeitos benéficos de bactérias endofíticas isoladas de nódulos de leguminosas da caatinga no crescimento do milho

  • Orientador : FLAVIA DE BARROS PRADO MOURA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALYSSON WAGNER FERNANDES DUARTE
  • ESMERALDA APARECIDA PORTO LOPES
  • FLAVIA DE BARROS PRADO MOURA
  • JAKSON LEITE
  • Data: 18/02/2020

  • Mostrar Resumo
  • Bactérias endofíticas de nódulos de leguminosas têm sido amplamente isoladas em diversos estudos. No entanto, o potencial destas bactérias em promover o crescimento de plantas ainda é pouco explorado. O trabalho objetivou identificar o potencial de promoção de crescimento de plantas em isolados bacterianos provenientes de nódulos de leguminosas da caatinga. Para isso, realizou-se três experimentoscom níveis de complexidade diferentes.Os três experimentos realizaram os mesmos processos de crescimento do inóculo a uma concentração de 5,2 x 107UFC mL-1e de desinfestação das sementes de milho. Um totalde 14 bactérias isoladas denódulos de leguminosasforam identificadas pelo sequenciamento do gene 16S RNA e testadas.No primeiro experimento as sementes permaneceram 1 hora em imersãodo crescimento bacteriano(5,2 x 107UFC mL-1)correspondente a cada tratamento e o controle sem inóculo imerso emmeio de cultura,logo após foram colocas em folhas de papel germitest e inseridasna B.O.Da 25 ºC. As variáveisanalisadas foram comprimentode raiz enúmero de raízes lateraiscom quatro e oito dias.O segundo experimento foi montado em casa de vegetação em DBC,os tratamentos corresponderam a 14 bactérias e dois controles, um sem inoculação e um com adubação nitrogenada (15 mg de N), o substrato utilizado foi a vermiculitae as sementes foram inoculadas com 1mL do crescimento bacteriano. As variáveis analisadas foram a intensidade verde, massa seca da raiz, massa seca da parte aérea e massa seca total.Oterceiro experimento contou com 12 tratamentos, 9 bactérias mais a adição de 35 kg ha-1de N, três controles (sem inóculo, um com 35 kg ha-1de N e um com 70 kg ha-1de N), as sementes foram inoculadas com 1,2 mL do crescimento bacteriano.As variáveis analisadas foram a intensidade verde, altura, massa seca da parte aérea eacúmulo de nutrientes.Com relação ao primeiro experimento, 13 estirpes bacterianaspromoveram (p<0,05) maior crescimento radicular quando comparado com o controle, em relação ao número de raízes laterais as bactérias pareceram inibir o aumento.As estirpesrepresentaram os gêneros Bacillus (4), Brevundimonas (1), Enterobacter (1), Leifsonia (2), Pseudomonas (1), Paenibacillus (2) e Roseomonas (2). No segundo experimento, a intensidade verde (índice SPAD), massa seca da raiz (MSR), massa da parte aérea seca (MSPA) e massa seca total (MST) foram determinadas aos 30 dias após a emergência. A estirpeBacillus ShS9 promoveu aumento (p<0,005) do índice SPAD e MSR. Bacillus sp. ShS3 promoveu (p<0,005) a MSR e MPAS. Roseomonas sp. SsP7 induziu maior (p<0,005) MSR e a estirpeBacillusAD47 superaram o controle e promoveu a MSPA. Todos as estirpespromoveram a MST e o comprimento da raiz. No terceiro experimento a estirpePaenibacillusSsS3 promoveu o aumento (p<0,005) da altura da planta e MPAS, superando o controle com 70 kg ha-1de N. Os isolados RoseomonasSsP7, PseudomonasShP11, BrevundiomonasShS2 e BacillusAD47 promoveram aumento (p<0,005) da MPAS, mostrando desempenho semelhante ao tratamento com 70 kg ha-1de N.Esses mesmas estirpes promoveram o acúmulo de nutrientes minerais em plantas de milho.O melhor desempenho dos isolados do gênero Bacillus confirma o que é encontrado em muitos trabalhos, que esse gênero está relacionado diretamente à promoção de crescimento de plantas. Bactérias endofíticas de nódulos de leguminosas arbóreas que não são rizóbios podem promover o crescimento de plantas de milho. Estudos adicionais precisam ser conduzidos para elucidar os mecanismos que estes isolados bacterianos utilizam para a promoção de crescimento das plantas de milho.


  • Mostrar Abstract
  • Bactérias endofíticas de nódulos de leguminosas têm sido amplamente isoladas em diversos estudos. No entanto, o potencial destas bactérias em promover o crescimento de plantas ainda é pouco explorado. O trabalho objetivou identificar o potencial de promoção de crescimento de plantas em isolados bacterianos provenientes de nódulos de leguminosas da caatinga. Para isso, realizou-se três experimentoscom níveis de complexidade diferentes.Os três experimentos realizaram os mesmos processos de crescimento do inóculo a uma concentração de 5,2 x 107UFC mL-1e de desinfestação das sementes de milho. Um totalde 14 bactérias isoladas denódulos de leguminosasforam identificadas pelo sequenciamento do gene 16S RNA e testadas.No primeiro experimento as sementes permaneceram 1 hora em imersãodo crescimento bacteriano(5,2 x 107UFC mL-1)correspondente a cada tratamento e o controle sem inóculo imerso emmeio de cultura,logo após foram colocas em folhas de papel germitest e inseridasna B.O.Da 25 ºC. As variáveisanalisadas foram comprimentode raiz enúmero de raízes lateraiscom quatro e oito dias.O segundo experimento foi montado em casa de vegetação em DBC,os tratamentos corresponderam a 14 bactérias e dois controles, um sem inoculação e um com adubação nitrogenada (15 mg de N), o substrato utilizado foi a vermiculitae as sementes foram inoculadas com 1mL do crescimento bacteriano. As variáveis analisadas foram a intensidade verde, massa seca da raiz, massa seca da parte aérea e massa seca total.Oterceiro experimento contou com 12 tratamentos, 9 bactérias mais a adição de 35 kg ha-1de N, três controles (sem inóculo, um com 35 kg ha-1de N e um com 70 kg ha-1de N), as sementes foram inoculadas com 1,2 mL do crescimento bacteriano.As variáveis analisadas foram a intensidade verde, altura, massa seca da parte aérea eacúmulo de nutrientes.Com relação ao primeiro experimento, 13 estirpes bacterianaspromoveram (p<0,05) maior crescimento radicular quando comparado com o controle, em relação ao número de raízes laterais as bactérias pareceram inibir o aumento.As estirpesrepresentaram os gêneros Bacillus (4), Brevundimonas (1), Enterobacter (1), Leifsonia (2), Pseudomonas (1), Paenibacillus (2) e Roseomonas (2). No segundo experimento, a intensidade verde (índice SPAD), massa seca da raiz (MSR), massa da parte aérea seca (MSPA) e massa seca total (MST) foram determinadas aos 30 dias após a emergência. A estirpeBacillus ShS9 promoveu aumento (p<0,005) do índice SPAD e MSR. Bacillus sp. ShS3 promoveu (p<0,005) a MSR e MPAS. Roseomonas sp. SsP7 induziu maior (p<0,005) MSR e a estirpeBacillusAD47 superaram o controle e promoveu a MSPA. Todos as estirpespromoveram a MST e o comprimento da raiz. No terceiro experimento a estirpePaenibacillusSsS3 promoveu o aumento (p<0,005) da altura da planta e MPAS, superando o controle com 70 kg ha-1de N. Os isolados RoseomonasSsP7, PseudomonasShP11, BrevundiomonasShS2 e BacillusAD47 promoveram aumento (p<0,005) da MPAS, mostrando desempenho semelhante ao tratamento com 70 kg ha-1de N.Esses mesmas estirpes promoveram o acúmulo de nutrientes minerais em plantas de milho.O melhor desempenho dos isolados do gênero Bacillus confirma o que é encontrado em muitos trabalhos, que esse gênero está relacionado diretamente à promoção de crescimento de plantas. Bactérias endofíticas de nódulos de leguminosas arbóreas que não são rizóbios podem promover o crescimento de plantas de milho. Estudos adicionais precisam ser conduzidos para elucidar os mecanismos que estes isolados bacterianos utilizam para a promoção de crescimento das plantas de milho.

2
  • JOSELIANE FERNANDES MIGUEL DOS SANTOS
  •  

    RESPOSTA DO FEIJÃO CAUPI À AÇÃO DE BACTÉRIAS FIXADORAS DE NITROGÊNIO, EM DIFERENTES CENÁRIOS HÍDRICOS


  • Orientador : FLAVIA DE BARROS PRADO MOURA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FLAVIA DE BARROS PRADO MOURA
  • VALDEVAN ROSENDO DOS SANTOS
  • ADAILSON PEREIRA DE SOUZA
  • JAKSON LEITE
  • Data: 18/02/2020

  • Mostrar Resumo
  • O feijão-caupi (Vigna unguiculata (L.) Walp.)é uma espécie que pode ser cultivada sobre diferentes condições edafoclimáticos. Isso se dá devido a sua ótima capacidade de adapta-se às condições tropicais. É considerada uma das principais culturas de subsistências para o Nordeste brasileiro, apresentando elevado teor proteicoe energético. Por ser uma cultura com alto valor socioeconômico, compõe papel importante para a capitalização dos pequenos e médios agricultores desta região. O feijão-caupi é uma leguminosa com grande capacidade de adquirir nitrogênio via fixação biológica de nitrogênio (FBN) quando em simbiose com bactérias especificas e efetivas. Esse processo permite aumentar a produção destaleguminosa e reduz oscustos com adubo nitrogenado. O objetivo destetrabalho foi avaliar a resposta do feijão-caupi cultivado comdiferentes fontes de nitrogênio em condições ideais e sob estresse hídrico. O experimento foi conduzido em casa de vegetação num fatorial2 (com e sem estresse hídrico) x 5 (fontes de N) com seis repetições em blocos aoacaso. As fontes de nitrogênio corresponderam a inoculação com três estirpes de Bradyrhizobium sp.(AD4. AD8 e AP17), adubo mineral (30 kg ha-1) e controle (sem inoculação e adubação). Cada isolado correspondeu a um tratamento e foi inoculado 1 mL do crescimento bacteriano (10-9) na sementeno momento da semeadura. Aos 20dias após a emergência (DAE) metade do experimento foi submetido a estresse hídrico com corte total da irrigação por 10 dias. Após o estresse, as plantas foram irrigadas por 5 dias, e aos 35 DAE foi feita a coleta. Os efeitos dos tratamentos foram avaliados com base navariável número de nódulos(NN, nº planta-1) e massa seca dos nódulos (MSN), massa seca da parte aérea (MSPA, g planta-1),intensidade de verde das folhas (índice SPAD), teores de N, P, K da parte aérea. Aos dez dias de suspensão hídrica, foi realizada a avaliação de trocas gasosas foliares, pela condutância estomática (gs),taxa defotossíntese líquida (A),transpiração (E), concentração interna de carbono (Ci)e, ainda nesta mesma data foi realizada a fluorescência da clorofila a pela razão Fv/Fm. Não houve efeito significativo para NN e MNS. As fontes AD4 e AP17 promoveram maior MSPA. A eficiência quântica do fotossistema II(Fv/Fm)não foi afetada durante o período de restrição hídrica. Houve uma redução da condutância estomática gs, fotossíntese líquida (A) e transpiração (E).Não houve efeito significativo para o P. AD4 proporcionou maior acúmulo de N e K no cenário sem restrição hídrica.


  • Mostrar Abstract
  • O feijão-caupi (Vigna unguiculata (L.) Walp.)é uma espécie que pode ser cultivada sobre diferentes condições edafoclimáticos. Isso se dá devido a sua ótima capacidade de adapta-se às condições tropicais. É considerada uma das principais culturas de subsistências para o Nordeste brasileiro, apresentando elevado teor proteicoe energético. Por ser uma cultura com alto valor socioeconômico, compõe papel importante para a capitalização dos pequenos e médios agricultores desta região. O feijão-caupi é uma leguminosa com grande capacidade de adquirir nitrogênio via fixação biológica de nitrogênio (FBN) quando em simbiose com bactérias especificas e efetivas. Esse processo permite aumentar a produção destaleguminosa e reduz oscustos com adubo nitrogenado. O objetivo destetrabalho foi avaliar a resposta do feijão-caupi cultivado comdiferentes fontes de nitrogênio em condições ideais e sob estresse hídrico. O experimento foi conduzido em casa de vegetação num fatorial2 (com e sem estresse hídrico) x 5 (fontes de N) com seis repetições em blocos aoacaso. As fontes de nitrogênio corresponderam a inoculação com três estirpes de Bradyrhizobium sp.(AD4. AD8 e AP17), adubo mineral (30 kg ha-1) e controle (sem inoculação e adubação). Cada isolado correspondeu a um tratamento e foi inoculado 1 mL do crescimento bacteriano (10-9) na sementeno momento da semeadura. Aos 20dias após a emergência (DAE) metade do experimento foi submetido a estresse hídrico com corte total da irrigação por 10 dias. Após o estresse, as plantas foram irrigadas por 5 dias, e aos 35 DAE foi feita a coleta. Os efeitos dos tratamentos foram avaliados com base navariável número de nódulos(NN, nº planta-1) e massa seca dos nódulos (MSN), massa seca da parte aérea (MSPA, g planta-1),intensidade de verde das folhas (índice SPAD), teores de N, P, K da parte aérea. Aos dez dias de suspensão hídrica, foi realizada a avaliação de trocas gasosas foliares, pela condutância estomática (gs),taxa defotossíntese líquida (A),transpiração (E), concentração interna de carbono (Ci)e, ainda nesta mesma data foi realizada a fluorescência da clorofila a pela razão Fv/Fm. Não houve efeito significativo para NN e MNS. As fontes AD4 e AP17 promoveram maior MSPA. A eficiência quântica do fotossistema II(Fv/Fm)não foi afetada durante o período de restrição hídrica. Houve uma redução da condutância estomática gs, fotossíntese líquida (A) e transpiração (E).Não houve efeito significativo para o P. AD4 proporcionou maior acúmulo de N e K no cenário sem restrição hídrica.

3
  • MARIA ALICE SILVA OLIVEIRA
  • CARACTERIZAÇÃO GENÔMICA DE SEQUÊNCIAS REPETITIVAS EM ESPÉCIES DIPLOIDES E POLIPLOIDES DO GÊNERO Stylosanthes Sw.

  • Orientador : ANDRE SECO MARQUES DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDRE SECO MARQUES DA SILVA
  • CICERO CARLOS DE SOUZA ALMEIDA
  • JAKSON LEITE
  • Data: 20/02/2020

  • Mostrar Resumo
  • O genoma nuclear corresponde a maior fração de DNA em eucariotos, e nele estão inseridas as sequências de DNA repetitivo, que podem corresponder em até 90% desse genoma. As sequências repetitivas são grandes aliadas nos estudos evolutivos, ajudando na compreensão da organização e do comportamento evolutivo dos genomas eucarióticos. O advento do sequenciamento de nova geração facilitou a obtenção de uma grande quantidade de sequências e com preços mais acessíveis, possibilitando a descoberta das sequências repetitivas. Dentre as metodologias que surgiram com esse advento está o programa RepeatExplorer, uma ferramenta de alto potencial na descoberta dessas sequências. O gênero Stylosanthes Sw. está inserido na família Leguminosae e apesar de possuir alto valor econômico e ambiental ainda possui uma baixa caracterização genética, devido a ocorrência de espécies híbridas e alta complexidade sistemática. É um gênero diverso e com ampla distribuição, sendo o Brasil o seu principal centro de origem e diversidade. O presente estudo buscou compreender a organização do genoma nuclear de nove espécies do gênero Stylosanthes Sw., incluindo dois complexos alopoliploides de interesse econômico  (Complexo S. scabra e Complexo S. capitata), através da análise genômica das sequências repetitivas, buscando caracterizar a abundância dessas sequências e entender as relações filogenômicas entre diploides e alopoliploides. Os reads genômicos das espécies S. hamata, S. viscosa e S. scabra foram obtidos do estudo de Marques et al. (2018), disponíveis no NCBI, e para as demais espécies foi feito o sequenciamento pela GenOne Soluções em Biotecnologia, Rio de Janeiro, Brasil. Os reads das nove espécies foram inseridos no software Geneious, onde foram pareados, convertidos em formato fasta e selecionados. As sequências obtidas foram concatenadas e inseridas no programa RepeatExplorer, sendo caracterizadas individualmente e comparativamente, através da versão RepeatExplorer2 e da ferramenta TAREAN. Foi realizada ainda uma análise filogenética a partir do satelitoma de cada espécie, utilizando o programa AAF. As análises do RepeatExplorer revelaram que as nove espécies de Stylosanthes estudadas possuem mais de 50% do seu genoma formado por sequências repetitivas, sendo a classe de elementos transponíveis da ordem LTR a mais abundante. A abundância de DNA satélite variou entre as espécies, e o agrupamento dos reads em gráficos de leitura revelou boa conservação das sequências, representando baixa diversificação no processo evolutivo. A análise filogenética possibilitou a montagem de uma árvore com relações de parentesco entre as espécies esclarecidas e sustentando estudos anteriores. Diferentemente do que nos mostra a literatura, nosso estudo revelou uma estreita relação entre as espécies S. hamata e S. seabrana, podendo se tratar de sinonímias em processo de especiação. As diferenças encontradas entre os resultados e o que consta na literatura reforça a necessidade de estudos mais aprofundados que revisem a taxonomia e filogenética do grupo, principalmente no âmbitomolecular.


  • Mostrar Abstract
  • The nuclear genome corresponds to the largest fraction of DNA in eukaryotes, and is inserted as repetitive DNA sequences, which can correspond to up to 90% of this genome. As repetitive sequences are great allies in evolutionary studies, they help to understand the organization and the evolutionary behavior of eukaryotic genomes. The advancement of next generation sequencing facilitates the use of a large number of sequences and more affordable prices, enabling the discovery of repetitive sequences. Among the methodologies that emerged with this advent is the RepeatExplorer program, a tool with high potential in the discovery of these sequences. The genus Stylosanthes Sw. is part of the Leguminosae family and despite having high economic and environmental value it still has a low genetic characterization, due to the occurrence of hybrid species and high systematic complexity. It is a diverse genre with wide distribution, with Brazil as its main center of origin and diversity. The study sought to understand the organization of the nuclear genome of nine species of the genus Stylosanthes Sw., including two allopolyploid complexes of economic interest (Complex S. scabra and Complex S. capitata), through the genomic analysis of repetitive sequences, seeking to characterize the abundance of these sequences and understand the phylogenomic relationships between diploids and allopolyploids. The genomic reads of the species S. hamata, S. viscosa and S. scabra were obtained from the study by Marques et al. (2018), available at NCBI, and for the other species sequencing was done by GenOne Solutions in Biotechnology, Rio de Janeiro, Brazil. The reads of the nine species  were inserted into the Geneious software, where they were paired, converted into a fasta format and selected. The obtained sequences were concatenated and inserted in the RepeatExplorer program, being characterized individually and comparatively, through the RepeatExplorer2 version and the TAREAN tool. A phylogenetic analysis was also carried out using  the satellite of each species, using the AAF program. The RepeatExplorer analyzes revealed that the nine studied Stylosanthes species have more than 50% of their genome formed by repetitive sequences, with the class of transposable elements of the LTR order being the most abundant. The abundance of satellite DNA varied between species, and the grouping of reads in reading charts revealed good conservation of the sequences, representing low diversification in the evolutionary process. Phylogenetic analysis made it possible to assemble a tree with kinship relationships between the enlightened species and supporting previous studies. Unlike what the literature shows us, our study revealed a close relationship between the species S. hamata and S. seabrana, which may be synonymous in the process of speciation. The differences found between the results and what appears in the literature reinforces the need for more in-depth studies that review the taxonomy and phylogenetics of the group, especially in the molecularscope.

4
  • MARIA GILBERLÂNDIA FERREIRA FERRO
  • DESEMPENHO AGROINDUSTRIAL DO MILHO-DOCE SOB NÍVEIS DE ADUBO DE LIBERAÇÃO LENTA EM ASSOCIAÇÃO À Azospirillum brasilense

  • Orientador : ADEMARIA APARECIDA DE SOUZA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ADEMARIA APARECIDA DE SOUZA
  • VALDEVAN ROSENDO DOS SANTOS
  • ÁLVARO CARLOS GONÇALVES NETO
  • Data: 25/05/2020

  • Mostrar Resumo
  • A cultura do milho-doce apresenta alto potencial de produção e importância socioeconômica, visto seus grãos apresentarem excelentes características sensoriais para o processamento industrial e até mesmo para o consumo in natura. Apesar da importância, informações técnicas ainda são escassas, sendo assim, pesquisas que visem um sistema produtivo racional, principalmente quanto de adubos de liberação lenta associados a bactérias promotoras de crescimento de plantas, podem resultar em ganhos significativos.  Nesse sentido, o presente trabalho teve como objetivo avaliar a influência do adubo de liberação lenta, em associação com as bactérias
    Azospirillum brasilense nas características agroindustriais da cultura do milho-doce. O experimento foi conduzido na área experimental da Indústria Hada/Asa Branca, localizada na comunidade rural “Bálsamo”, no município de Arapiraca – AL, entre o período de junho a setembro de 2018. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados em esquema fatorial (5x2) + 2 adicionais, representados por cinco doses de adubo de liberação lenta aplicado em fundação (0, 40, 80, 120 e 160 kg ha -1 de N e P 2 O 5 ), duas condições de inoculação com a bactéria (presença e ausência), e dois tratamentos adicionais (adubação convencional na presença e ausência da inoculação com a bactéria), com quatro repetições, totalizando 48 parcelas. As avaliações agroindustriais foram: índice de luminosidade, número de perfilho, diâmetro do colmo, altura da inserção da espiga, altura da planta, peso da espiga empalhada antes do cozimento, peso da espiga empalhada após o cozimento  e despalhada, comprimento da espiga empalhada  e despalhada, diâmetro da espiga empalhada  e despalhada, número de fileiras da espiga, número de grão por fileira, número de
    grão por espiga, profundidade dos grãos  e largura dos grãos, peso dos grãos, pH, °Brix, produtividade de espigas empalhada  e despalhada por hectare; e produtividade de grãos por hectare. Os dados obtidos foram submetidos à análise de variância do teste F (p&lt;0,05) e os efeitos significativos estudados por meio da análise de regressão (doses do adubo) e pelo teste de Tukey (inoculação bacteriana), a 5% de probabilidade, com o auxílio do programa estatístico Agroestat. A inoculação das bactérias não interfe no rendimento dos grãos do milho-doce. As plantas de milho-doce respondem de maneira diferenciada quanto às doses do adubo de liberação lenta utilizadas, sendo aquela de 160 kg ha -1 a que proporciona maior produtividade das espigas e dos grãos da cultura do milho-doce.


  • Mostrar Abstract
  • The culture of sweet corn has high production potential and socioeconomic importance, since its grains have excellent sensory characteristics for industrial processing and even for consumption in natura. Despite the importance, technical information is still scarce, therefore, research aimed at a rational productive system, mainly regarding the use of slow release fertilizers , associated with plant growth promoting bacteria, can result in significant gains. In this sense, the present study aimed to evaluate the influence of slow-release fertilizer, in association with Azospirillum brasilense bacteria on the agro-industrial characteristics of sweet corn culture. The experiment was conducted in the experimental area of Indústria Hada/Asa Branca, in the municipality of Arapiraca - AL, from June to September 2018. The experimental design used was in randomized blocks in a factorial scheme (5x2) + 2 additional, represented by five doses of slow-release fertilizer applied to the foundation, two conditions of inoculation with the bacterium (presence and absence), and two additional treatments (conventional fertilization in the presence and absence of inoculation with the bacterium), with four replications, totaling 48 plots. The agro-industrial assessments were: luminosity index, number of tillers, stem diameter, height of the cob insertion, plant height, weight of the cob stuffed before cooking, weight of the with straw cob before cooking and winthout straw, length of the cob winth straw and number of rows of cob, number of rows of on the cob, grain number per row, number of grain per cob, grain depth and grain width, grain weight, pH, ° Brix, Proctivity of with cobs straw and without straw per hectare; and grain productivity per hectare. The data obtained were submitted to analysis of variance of the F test (p <0.05) and the significant effects studied by means of regression analysis (fertilizer doses) and by the Tukey test (bacterial inoculation), at 5% probability, with the aid of the Agroestat statistical program. The inoculation of bacteria does not interfere with the yield of sweet corn grains. The dose of 160 kg ha-1 slow-release fertilizer provides greater productivity of ears and grains of the sweet corn culture

5
  • LAYLTON DE ALBUQUERQUE SANTOS
  • Palma forrageira sobre a influência de diferentes lâminas de irrigação e níveis de salinidade

  • Orientador : MARCIO AURELIO LINS DOS SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ABELARDO ANTÔNIO ASSUNÇÃO MONTENEGRO
  • GILSON MOURA FILHO
  • MARCIO AURELIO LINS DOS SANTOS
  • VALDEVAN ROSENDO DOS SANTOS
  • Data: 15/06/2020

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se avaliar o desenvolvimento da palma forrageira sobre a influência de diferentes lâminas de irrigação e níveis de condutividade elétrica na água. O experimento foi realizado em ambiente protegido, utilizando a cultivar Miúda, entre os meses de abril e novembro de 2019, na Universidade Federal de Alagoas, Campus Arapiraca. O delineamento utilizado foi blocos casualizados, com quatro repetições e dois fatores. No fator salinidade, as condutividades elétricas da água nos tratamentos eram de 0,19 (controle); 1,69; 3,25; 4,69 e 6,11 dS m-1 e no fator irrigação, as lâminas de água correspondiam a 25; 50; 75; 100 (controle) e 125% da evapotranspiração da cultura (ETc). Foram analisadas, pelo teste F, a massa fresca da planta e a interação entre suas ordens, variáveis biométricas dos cladódios (massa fresca, altura, largura, espessura e quantidade de água) e a quantificação de nutrientes (acúmulo pela planta e concentração no tecido de nitrogênio, fósforo, potássio, sódio e cloro). Verificou-se que os fatores não foram significativos (p > 0,05%) para altura e largura do cladódio e para a absorção e concentração de sódio. As variáveis significativas foram submetidas à regressão e o modelo matemático que melhor as representou foi escolhido. Houve interação entre os fatores para a massa fresca da planta (MFP). Os níveis salinos foram significativos, resultando em espessura e quantidade de água menores no cladódio, diminuição no acúmulo e concentração de nitrogênio, fósforo, incremento no acúmulo de potássio e elevação na concentração de potássio e cloro, com redução em elevadas condutividades elétricas. As lâminas de irrigação promoveram o aumento do número de cladódios e no acúmulo de nitrogênio e fósforo. A palma forrageira cv. Miúda foi sensível a salinidade da água de irrigação.


  • Mostrar Abstract
  • Objetivou-se avaliar o desenvolvimento da palma forrageira sobre a influência de diferentes lâminas de irrigação e níveis de condutividade elétrica na água. O experimento foi realizado em ambiente protegido, utilizando a cultivar Miúda, entre os meses de abril e novembro de 2019, na Universidade Federal de Alagoas, Campus Arapiraca. O delineamento utilizado foi blocos casualizados, com quatro repetições e dois fatores. No fator salinidade, as condutividades elétricas da água nos tratamentos eram de 0,19 (controle); 1,69; 3,25; 4,69 e 6,11 dS m-1 e no fator irrigação, as lâminas de água correspondiam a 25; 50; 75; 100 (controle) e 125% da evapotranspiração da cultura (ETc). Foram analisadas, pelo teste F, a massa fresca da planta e a interação entre suas ordens, variáveis biométricas dos cladódios (massa fresca, altura, largura, espessura e quantidade de água) e a quantificação de nutrientes (acúmulo pela planta e concentração no tecido de nitrogênio, fósforo, potássio, sódio e cloro). Verificou-se que os fatores não foram significativos (p > 0,05%) para altura e largura do cladódio e para a absorção e concentração de sódio. As variáveis significativas foram submetidas à regressão e o modelo matemático que melhor as representou foi escolhido. Houve interação entre os fatores para a massa fresca da planta (MFP). Os níveis salinos foram significativos, resultando em espessura e quantidade de água menores no cladódio, diminuição no acúmulo e concentração de nitrogênio, fósforo, incremento no acúmulo de potássio e elevação na concentração de potássio e cloro, com redução em elevadas condutividades elétricas. As lâminas de irrigação promoveram o aumento do número de cladódios e no acúmulo de nitrogênio e fósforo. A palma forrageira cv. Miúda foi sensível a salinidade da água de irrigação.

6
  • RONY DE HOLANDA COSTA
  • Desempenho Agronômico Do Pimentão Irrigado Por Pulso

  • Orientador : MARCIO AURELIO LINS DOS SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARCIO AURELIO LINS DOS SANTOS
  • CICERO GOMES DOS SANTOS
  • CÉLIA SILVA DOS SANTOS
  • GERÔNIMO FERREIRA DA SILVA
  • Data: 06/07/2020

  • Mostrar Resumo
  • A cultura do pimentão (Capsicum annum L.) é uma das principais hortaliças cultivada no Brasil, pelo seu retorno econômico e por ser apreciada na gastronomia, vem ganhando destaque na região nordeste do país, sendo uma ótima opção de renda na produção comercial e familiar. A irrigação por gotejamento é responsável pela melhor adaptação da cultura, visto que o recurso água está cada vez mais escasso, levando ao aumento de produção e eficiência no manejo da irrigação. O objetivou deste estudo foi avaliar o rendimento da irrigação por gotejamento pulsado do pimentão cultivado em campo. O experimento foi desenvolvido em duas épocas de Maio a Julho e Agosto a Outubro de 2019, na área experimental do Grupo Irriga no Campus Arapiraca da Universidade Federal de Alagoas. O delineamento experimental foi blocos ao acaso (DBC), com 7 repetições e 5 parcelas de 7 plantas cada. Os tratamentos foram constituídos por 5 pulsos de irrigação: Pulso 1 (Pulso contínuo), Pulso 2, fracionamento da lâmina de irrigação em duas aplicações; Pulso 3, em três aplicações; Pulso 4, em quatro aplicações e Pulso 5, em cinco aplicações diárias. As variáveis analisadas foram biométricas: diâmetro do fruto (DF), altura do fruto (AF), circunferência do fruto (CF), volume do fruto (VF), espessura da parede do fruto (EPF), número de frutos por planta (NFP), e variáveis produtivas: peso fresco do fruto (PFF), peso seco fruto (PSF), teor de água no fruto (TAF), produtividade do pimentão (PP) e eficiência do uso da água (EUA). Os dados obtidos foram submetidos à análise de variância e gerada uma regressão através do software estatístico R®.  As análises das variáveis biométricas e produtivas do pimentão demonstraram maior rendimento em época de chuvas, mostrando a importância da irrigação em períodos de chuvas. A irrigação por pulsos teve variações maiores na época de estiagem, principalmente na colheita 2. Os pulsos de irrigação foram indicados pela análise de componentes principais (PCA) para o período de estiagem, no período chuvoso não foi recomendado o fracionamento da lâmina de irrigação. Para o desempenho das variáveis no período chuvoso no PCA1, PCA2 e PCA3 o P1 apresentou melhor rendimento, P5 foi superior em período de estiagem, no entanto pode ser recomendado para estabelecer melhor resultado em algumas variáveis biométricas e produtivas. A variável volume do fruto nas duas épocas e colheitas obteve destaque entre as demais, pela análise hierárquica de cluster.


  • Mostrar Abstract
  • The  culture of  sweet  pepper  (Capsicum  annum L).  It  is  one  of  the  main  vegetables grown in Brazil, due to its economic return and for being appreciated in gastronomy, it has been gaining prominence in the northeast region of the country, being a great option for income in  commercial and family production.  Drip  irrigation is responsible for  the best  adaptation  of  the  crop,  since  the  water  resource  is  increasingly  scarce, leading  to  increased  production  and  efficiency  in  irrigation  management.  The objective was to evaluate the irrigation yield by pulsed drip in  peppers grown in  the field. The experiment was carried out in two seasons, a crop in the water period from May to July and another crop in the dry season from August to October 2019, in the experimental area of Grupo Irriga at the Arapiraca Campus of the Federal University of  Alagoas.  The  experimental  design  used  in  randomized  blocks  (DBC),  with  7 replications  and  5  plots  containing  7  plants  each.  The  treatments  consisted  of  5 irrigation pulses with an application interval of 60 minutes between each pulse: Pulse 1 (continuous pulse), Pulse 2, fractionation of the irrigation blade in two applications; Pulse 3, in three applications; Pulse 4, in four applications and Pulse 5, in five daily applications.  The  variables  analyzed  were  biometric: fruit  diameter  (FD),  fruit height (FH),  fruit  circumference  (FC),  fruit  volume  (FV),  fruit  wall  thickness  (FWT),  and productive  variables:  number  of  fruits  per  plant  (NFP),  fresh  fruit  weight  (FFW),  dry fruit  weight  (DFW),  water  content  in  the  fruit  (WCF),  pepper  productivity  (PP)  and water  use  efficiency  (WUE).  The  data  obtained  were  subjected  to  analysis  of variance  and  a  regression  was  generated  using  the  statistical  software  R®.  The analysis  of  the  biometric  and  productive  variables  of  the  pepper  showed  a  higher yield  during  the  rainy  season,  showing  the  importance  of  irrigation  during  rainy seasons.  The  irrigation  pulses  had  the  greatest  variations  in  the  dry  season,  with greater  magnitudes  in  the  2nd  harvest.  In  view  of  the  principal  component  analysis (PCA) applied to the two evaluation periods, it is recommended to split the irrigation only  for  the  dry  season.  During  the  rainy  season,  the  best  performance  of  the variables  when  analyzing  the  main  component  (PCA1,  PCA2  and  PCA3)  was obtained with the continuous pulse  (P1) and, in  general, with P5 during the drought period. The hierarchical cluster analysis showed that the variable fruit volume, in the two  harvests  and  in  the  two  growing  seasons,  stood  out  from  the  other  variables analyzed.

7
  • AVERLANE VIEIRA DA SILVA
  • Solubilização de Fosfato por Microrganismos de Liquens da Antártica

  • Orientador : ALYSSON WAGNER FERNANDES DUARTE
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALYSSON WAGNER FERNANDES DUARTE
  • VALDEVAN ROSENDO DOS SANTOS
  • MICHEL RODRIGO ZAMBRANO PASSARINI
  • Data: 08/07/2020

  • Mostrar Resumo
  • O continente Antártico é caracterizado por condições ambientais restritivas de clima, habitats e biogeografia, apresentando o clima mais frio e seco conhecido na Terra. A esse respeito, suspeita-se que bactérias e leveduras adaptadas a tais condições, desempenham funções primordiais no aumento da disponibilidade do fósforo do solo para as plantas, destacando-se pela capacidade de solubilizar fontes de fosfatos inorgânicos insolúveis, como também, com potencial para produção de enzimas ativas em temperaturas brandas. Nesse contexto, o objetivo desse estudo foi avaliar o potencial de microrganismos isolados de liquens da Antártica para solubilização de fosfato e prospecção de enzimas. As amostras de liquens foram coletadas nas ilhas do arquipélago Shetland do Sul durante à Expedição Brasileira ao Continente Antártico, a OPERANTAR XXIV (verão de 2015/2016). Uma coleção de 271 isolados previamente recuperados de 30 amostras de liquens do ambiente Antártico dos gêneros Usnea, Xanthoria, Sphaerophorus, Mastodia, Caloplaca, Umbilicaria, Lecania, Rhizocarpon e Cladonia foi avaliada quanto à solubilização de fosfato inorgânico. Do total de 124 bactérias e 147 leveduras testadas, 66 (53%) e 43 (29%), respectivamente, apresentaram atividade em meio de cultura sólido NBRIP contendo Ca3(PO4)2 a 15,0 °C. A maioria das bactérias positivas foram dos gêneros Pseudomonas, Caballeronia, Chryseobacterium, Nakamurella e Rahnella, enquanto as leveduras pertencentes aos gêneros Vishniacozyma, Mrakia, Cystobasidium e Holtermanniella. Os isolados foram selecionados a partir dos ensaios de atividade solubilizadora de fosfato a 25,0 e 30,0 °C em meio sólido, e observou que, as bactérias Pseudomonas sp. 11.LB15 e 1.LB34 (não identificada - N.I.D) cresceram bem e solubilizaram fosfato, nas mesmas condições, as leveduras Vishniacozyma victoriae 2.L15 e A.L6 (N.I.D), também solubizaram o fosfato inorgânico. Em meio líquido, os isolados bacterianos 11.LB15 e 1.LB34 a 25,0 °C, atingiram um máximo de solubilização de 511,2 e 532,07 mg/L, nos tempos de 122 e 101 horas, respectivamente. Em 30,0 °C esses isolados solubilizaram 639,43 e 518,95 mg/L no tempo de 105 e 147 horas para 11.LB15 e 1.LB34, respectivamente. A levedura V. victoriae 2.L15 se destacou nessa etapa, com uma solubilização de 619,92 mg/Lem 30,0 °C. A solubilização do fosfato insolúvel foi associada à diminuição do pH do meio de cultura. Para o teste enzimático, foram selecionadas três enzimas de interesse agrícola (celulase, amilase e pectinase) e o potencial dos isolados na hidrólise das enzimas foram avaliados. De 12 isolados de bactérias testados, 8 apresentaram atividade enzimática para pectinase, seguido de 1 produtor de amilase, com halos variando de 14,33 e 13,50 mm, para Pseudomonas sp. 1.LB10 e 11.LB15, respectivamente. Para amilase, apenas o isolado 2.LB10 (N.I.D) apresentou halo de 27,33 mm. Das 12 leveduras testadas, 5 apresentaram atividade para pectinase, sendo o maior halo para Vishniacozyma sp. 12.L3 (11,67 mm), e 5 isolados apresentaram atividade para celulase, com maior halo para V. victoriae 2.L15 (27,33 mm). No geral os resultados demonstraram que tais microrganismos da Antártica foram capazes de solubilizar o fosfato em meio sólido, como também através da liberação de fosfato solúvel no meio líquido e degradar enzimas de interesse biotecnológico e agrícola.


  • Mostrar Abstract
  • The Antarctic continent is characterized by restrictive environmental conditions of climate, habitats and biogeography, presenting the coldest and driest climate known on Earth. In this regard, it is suspected that bacteria and yeasts adapted to such conditions, play key roles in increasing the availability of soil phosphorus for plants, standing out for its ability to solubilize sources of insoluble inorganic phosphates, as well as with the potential for producing active enzymes at mild temperatures. In this context, the objective of this study was to evaluate the potential of microorganisms isolated from Antarctic lichens for phosphate solubilization and prospecting for enzymes (celulase, amilase e pectinase). Lichen samples were collected on the islands of the South Shetland archipelago during the Brazilian Expedition to the Antarctic Continent, OPERANTAR XXIV (summer 2015/2016). A collection of 271 isolates previously recovered from 30 lichen samples from the Antarctic environment of the genera Usnea, Xanthoria, Sphaerophorus, Mastodia, Caloplaca, Umbilicaria, Lecania, Rhizocarpon and Cladonia was evaluated for inorganic phosphate solubilization. Of the total of 124 bacteria and 147 yeasts tested, 66 (53%) and 43 (29%), respectively, showed activity in solid NBRIP culture medium containing Ca3(PO4)2 at 15.0 °C. Most of the positive bacteria were of the genera Pseudomonas, Caballeronia, Chryseobacterium, Nakamurella and Rahnella, while the yeasts belonging to the genera Vishniacozyma, Mrakia, Cystobasidium and Holtermanniella. 12 bacterial isolates were selected from assays of phosphate solubilizing activity at different temperatures at 20.0 25.0 and 30.0 °C in solid medium, and it was observed that the bacteria Pseudomonas sp. 11.LB15 and 1.LB34 (not identified - N.I.D) grew and solubilized phosphate, under the same conditions, from 12 tested yeasts, two Vishniacozyma victoriae 2.L15 and A.L6 (N.I.D), also solubilized the inorganic phosphate. In liquid medium, bacterial isolates 11.LB15 and 1.LB34 at 25.0 °C, reached a maximum solubilization of 511.2 and 532.07 mg/L, at 122 and 101 hours, respectively. At 30.0 °C, these isolates solubilized 639.43 and 518.95 mg/L in 105 and 147 hours for 11.LB15 and 1.LB34, respectively. The yeast V. victoriae 2.L15 stood out at this stage, with a solubilization of 619.92 mg/L at 30.0 °C. Solubilization of insoluble phosphate was associated with a decrease in the pH of the culture medium. For the enzymatic test, three enzymes of agricultural interest were selected and the potential of the isolates in the hydrolysis of the enzymes was evaluated. Of 12 bacterial isolates tested, 8 showed enzymatic activity for pectinase, with halos ranging from 14.0 and 13.5 mm, for Pseudomonas sp. 1.LB10 and 11.LB15, respectively, followed by an amylase-producing isolate, 2.LB10 (N.I.D), which presented a 27.33 mm halo. Of the 12 yeasts tested, 5 showed activity for pectinase, with the largest halo for Vishniacozyma sp. 12.L3 (11.67 mm), and 5 isolates showed cellulase activity, with a greater halo for V. victoriae 2.L15 (27.33 mm). In general, the results showed that such microorganisms from Antarctica were able to solubilize the phosphate in a solid medium, as well as through the release of soluble phosphate in the liquid medium and produce enzymes of biotechnological and agricultural interest.

8
  • ITALA CARLA DE AMORIM NETO
  • Influência de humina enriquecida com cálcio e magnésio e lâminas de água em dois tipos de solo cultivados com alface

  • Orientador : WANDER GUSTAVO BOTERO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • WANDER GUSTAVO BOTERO
  • CICERO GOMES DOS SANTOS
  • MARCIO AURELIO LINS DOS SANTOS
  • ANDREA PIRES FERNANDES
  • Data: 17/07/2020

  • Mostrar Resumo
  • A humina, resíduo oriundo da extração da matéria orgânica de solos com base forte, tem se mostrado interessante e promissor como adsorvente de interesse ambiental, por apresentar elevada área superficial e porosidade, além da diversidade de grupos funcionais. Neste contexto, o objetivo deste trabalho foi desenvolver um material a partir da fração humina enriquecido com nutrientes essenciais as plantas (Ca2+ e Mg2+), e avaliar sua aplicação em setores agrícolas (cultura da alface) em dois diferentes tipos de solo. O material foi produzido a partir da extração da fração humina, de um solo rico em matéria orgânica localizado nas proximidades do Rio Pratagi localizado em Maceió, AL. Foram realizadas caracterizações buscando obter informações de sua estrutura utilizando o teor de matéria orgânica, razões atômicas, razão E4/E6 e Espectroscopia na Região do Infravermelho com Transformada de Fourier – FTIR. A eficiência de adsorção foi determinada para o preparo da solução multielementar de Ca2+ e Mg2+ (10 mg L-1) em pH 8,0. O adsorvente foi filtrado em filtros de poliestireno, secos ao ar e pesados, de acordo com a quantidade definida para aplicação na cultura da alface. O experimento foi realizado em ambiente protegido, cultivado em dois tipos de solo (arenoso e argiloso) na UFAL – Campus Arapiraca. O delineamento adotado, para ambos os solos utilizados, foi em blocos ao acaso (DBC), com quatro repetições, em esquema fatorial 4x4, com 16 tratamentos e 64 unidades experimentais. Os tratamentos foram representados por: quatro níveis de humina enriquecida com Ca2+ e Mg2+ (H0= 0,0; H2= 2,0; H4= 4,0 e H6= 6,0 g) e quatro lâminas de água (L1= 50; L2= 75; L3= 100 e L4= 125 %, da evapotranspiração da cultura). Foram analisadas 12 variáveis: índice de clorofila, diâmetro da copa, altura da planta, massa fresca da parte aérea, massa seca da parte aérea, número de folhas, área foliar, massa fresca da raiz, massa seca da raiz, tamanho da raiz, teor de água nas folhas e eficiência do uso da água. Os dados foram submetidos à análise de regressão e análise multivariada com o seguinte conjunto de métodos: análise de componentes principais (ACP) e análise de cluster em dendograma, utilizando o software estatístico R. Na caracterização da amostra de humina, constatou-se um teor de MO = 8,60, razão C/H = 0,185 e E4/E6 = 1,26. De acordo com o espectro FTIR, bandas características de estiramentos OH, C=C e Si-O foram observadas para a amostra de humina e sua respectiva cinza. A humina apresentou maior taxa de adsorção (78,92% e 55% para Ca2+ e Mg2+, respectivamente) em pH 8,0 aos 120 minutos de agitação. Com relação às variáveis submetidas à análise de variância, para o solo arenoso, somente a altura da planta e tamanho da raiz não apresentaram efeito significativo. Para o solo argiloso, todas as variáveis apresentaram significância. A quantidade de variação retida por cada componente principal medida pelo primeiro autovalor e pela primeira proporção de variância para os valores em solo arenoso teve desvios-padrão iguais a 0,44 e 3,69, com maior valor na lâmina na L1 e menor na L3. Já em solos argiloso os valores de desvios-padrão foram de 0,43 (autovalor) e 3,62 (proporção de variância), sendo para o L2 o maior e L3 o menor. No dendograma, para ambos os solos, as variáveis e as interações entre os fatores foram organizadas em quatro grupos de similaridades. No solo arenoso, constata-se que houve uma separação entre dois grupos principais: lâminas de 50 e 125% (L1 e L4) formando um agrupamento e lâminas de 75 e 100% (L2 e L3) formando outro. Já para o solo argiloso, todos os níveis de humina na lâmina L1 se mantiveram no mesmo grupo, indicando, assim, maiores similaridades, o que não foi observado para as demais interações. Os resultados obtidos evidenciam a influência dos nutrientes adsorvidos na humina e das lâminas de água na cultura da alface, sobre tudo em suas variáveis de interesse comercial.


  • Mostrar Abstract
  • Humin, a residue from the extraction of organic matter from soils with a strong base, has been shown  to  be  interesting  and  promising  as  an  adsorbent  of  environmental  interest,  due  to  its high  surface  area  and  porosity,  in  addition  to  the  diversity  of  functional  groups.  In  this context, the objective of this work was to develop a material from the humin fraction enriched with essential nutrients to plants (Ca2+ and Mg2+), and to evaluate its application in agricultural sectors  (lettuce  culture)  in  two  different  types  of  soil.  The  material  was  produced  from  the extraction  of  the  humin  fraction,  from  a  soil  rich  in  organic  matter  located  near  the  Pratagi River  located  in  Maceió,  AL.  Characterizations  were  carried  out  in  order  to  obtain information  on  its  structure  using  the  organic  matter  content,  atomic  ratios,  E4/E6  ratio  and Fourier-transform infrared spectroscopy - FTIR. The adsorption efficiency was determined for the  preparation  of  the  multi-element  solution  of  Ca2+  and  Mg2+  (10  mg  L-1)  at  pH  8.0.  The adsorbent  was  filtered  through  polystyrene  filters,  air  dried  and  weighed,  according  to  the amount  defined  for  application  in  the  lettuce  culture.  The  experiment  was  carried  out  in  a protected environment, cultivated in two types of soil (sandy and clayey) at UFAL – Campus Arapiraca.  The  adopted  design,  for  both  soils  used,  was  in  randomized  blocks  (DBC),  with four replications, in a 4x4 factorial scheme, with 16 treatments and 64 experimental units. The treatments were represented by: four levels of humine enriched with Ca2+  and Mg2+ (H0 = 0.0; H2 = 2.0; H4 = 4.0 and H6 = 6.0 g) and four water slides (L1 = 50 ; L2 = 75; L3 = 100 and L4 = 125%, of the culture evapotranspiration). Twelve variables were analyzed: chlorophyll index, crown  diameter,  plant  height,  fresh  shoot  weight,  dry  shoot  weight,  number  of  leaves,  leaf area, fresh root weight, dry root weight, root size, leaf water content and water use efficiency. The data were subjected to regression analysis and multivariate analysis with the following set of methods: principal component analysis (PCA) and cluster analysis in a dendrogram, using the statistical software R. In the characterization of the humine sample, it was found a content of MO = 8.60, C/H ratio = 0.185 and E4 /E6 = 1.26. According to the FTIR spectrum, bands characteristic of OH, C = C and Si-O stretches were observed for the humine sample and its respective ash. Humine showed a higher adsorption rate (78.92% and 55% for Ca2+ and Mg2+, respectively) at pH 8.0 after 120 minutes of stirring. Regarding the variables submitted to the analysis  of  variance,  for  the  sandy  soil,  only  the  plant  height  and  root  size  did  not  have  a significant  effect.  For  clayey  soil,  all  variables  were  significant.  The  amount  of  variation retained by each main component measured by the first eigenvalue and the first proportion of variance  for  the  values  in  sandy  soil  had  standard  deviations  equal  to  0.44  and  3.69,  with  a higher value on the blade in L1 and less in L3 . In clayey soils, the standard deviation values were  0.43  (eigenvalue)  and  3.62  (proportion  of  variance),  with  L2  the  largest  and  L3  the smallest. In the dendrogram, for both soils, the variables and interactions between the factors were organized into four groups of similarities. In the sandy soil, it can be seen that there was a separation between two main groups: 50 and 125% sheets (L1 and L4) forming a group and 75 and 100% sheets (L2 and L3) forming another. As for the clayey soil, all levels of humine in the L1 blade remained in the same group, thus indicating greater similarities, which was not observed  for  the  other  interactions.  The  results  obtained  show  the  influence  of  the  nutrients adsorbed in the humine and the water layers in the lettuce culture, above all in its variables of commercial interest.

9
  • SUZYANNE MORAIS FIRMINO DE MELO
  • Sequenciamento e análise evolutiva do genoma mitocondrial de Syagrus coronata (Mart.) Becc. (Arecaceae)

  • Orientador : CICERO CARLOS DE SOUZA ALMEIDA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CICERO CARLOS DE SOUZA ALMEIDA
  • DENNIS CRYSTIAN SILVA
  • LUIS GUSTAVO RODRIGUES SOUZA
  • Data: 17/07/2020

  • Mostrar Resumo
  • Syagrus coronata (Mart.) Becc. pertence à família Arecaceae, é uma espécie nativa do Brasil que possui importância ecológica, social e econômica, no entanto, estudos genômicos sobre a espécie ainda são escassos. A espécie está distribuída na Caatinga (bioma da floresta tropical sazonalmente seca) e Mata Atlântica (bioma da floresta tropical), se adapta à solos férteis e profundos, até mesmo em solos pedregosos e áreas de afloramento rochosos, mas não se adapta aos solos encharcados ou permanentemente úmidos. Até o momento, foram sequenciados os genomas mitocondriais de apenas duas espécies da família Arecaceae, Cocos nucifera L. e Phoenix dactylifera L. Estudos de caracterização genômica na família tem potencial de fornecer importantes informações para a compreensão da origem e evolução das espécies. Nessa perspectiva, objetivou-se sequenciar o genoma mitocondrial de S. coronata usando dados single-end reads, paired-end reads e mate-pair reads. A sequência completa circular do genoma mitocondrial de S. coronata foi obtido através de uma combinação de métodos de montagem de novo e extensão de contigs, usando leituras paired-end reads e mate-pair reads. O genoma mitocondrial de S. coronata apresenta 642,817 pb de comprimento, com um total de 73 genes. As comparações realizadas entre os genomas mitocondriais de S. coronata, C. nucifera e P. dactylifera mostraram muitos rearranjos que foram mediados por DNA repetitivo e incorporação de DNA a partir do cloroplasto. Em resumo, demonstramos que: (1) primeiro genoma completo do gênero Syagrus; (2) ausência de sintenia entre os genomas de S.coronata e C. nucifera mostrou muitos rearranjos; (3) ocorreu incorporação de parte do genoma de cloroplasto no genoma mitocondrial; (4) o tamanho do genoma mitocondrial de S. coronata é devido aos espaçadores intergênicos. A análise comparativa entre os genomas da família Arecaceae mostrou que a evolução dos genomas seguem os padrões apresentados em outras famílias já estudadas.


  • Mostrar Abstract
  • Syagrus coronata (Mart.) Becc. belongs to the Arecaceae family, it is a species native to Brazil that has ecological, social and economic importance, however, genomic studies on the species are still scarce. So far, the mitochondrial genomes of only two species of the Arecaceae family, Cocos nucifera L. and Phoenix dactylifera L., have been sequenced. Genomic characterization studies in the family have the potential to provide important information for understanding the origin and evolution of species. In this perspective, the objective was to sequence the mitogenome of S. coronata using single-end reads, paired-end reads and mate-pair reads. For this, the DNA extraction of Syagrus coronata was carried out and bioinformatics analyzes were performed using software for the assembly of the mitochondrial genome, microsatellite analysis, as well as analysis of the evolution of the mitochondrial genomes of the Arecaceae family. The complete circular sequence of the mitochondrial genome of S. coronata was obtained through a combination of de novo assembly methods and extension of contigs, using paired-end reads and mate-pair reads. The mitogenome of S. coronata is 642,817 bp in length, with a total of 73 genes. The comparisons made between the mitochondrial genomes of S. coronata, C. nucifera and P. dactylifera showed many rearrangements that were mediated by repetitive DNA and also high incorporation of DNA from the chloroplast. In summary, we demonstrate that: (1) first complete mitochondrial genome for the Syagrus genus; (2) the synteny between Syagrus coronata and Cocos nucifera revealed remarkable rearrangements; (3) the gene content and sequence identity in Arecaceae mitogenomas are highly conserved; (4) the incorporated chloroplast DNA contributes to the increase in the size of the mitochondrial genomes and (5) the mitochondrial genome of Syagrus coronata resembles the other mitogenomas already sequenced in the Arecaceae family (Cocos nucifera and Phoenix dactylifera). The comparative analysis between the genomes of the Arecaceae family showed that the evolution of the genomes follows the patterns presented in other families already studied.

10
  • GRACIELE LIMA SOBRINHO
  • AVALIAÇÃO DA INTERAÇÃO ENTRE HUMINAS ESULFONAMIDAS

  • Orientador : WANDER GUSTAVO BOTERO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • WANDER GUSTAVO BOTERO
  • ANDRE GUSTAVO RIBEIRO MENDONCA
  • LUCIANA CAMARGO DE OLIVEIRA
  • Data: 24/07/2020

  • Mostrar Resumo
  • Nos últimos anos a disseminação de antimicrobianos no ambiente tem causado preocupação, devido seu potencial em induzir resistência bacteriana comprometendo o ambiente e a saúde humana. A remoção de poluentes em sistemas aquáticos é um problema recorrente do crescimento populacional e gestão inadequada de resíduos. Substâncias capazes de interagir com antimicrobianos e afetar sua disposição são de grande interesse ambiental. A humina é o resíduo final da extração da matéria orgânica e apresenta capacidade de complexar metais e adsorver contaminantes. Neste contexto, o trabalho buscou avaliar a interação da humina com as sulfonamidas, importante antibiótico utilizado no tratamento e prevenção de algumas patologias em animais. A amostra de solo A (HA), foi coletada em uma área agricultável com rotação de cultura, enquanto a amostra de solo M(HM) foi coletada em uma área não agricultável nas proximidades do rio Pratagi. Para tanto, as amostras de humina foram extraídas de diferentes solos e caracterizadas por diferentes buscando avaliar suas características estruturais e de composição.Para a complexação foi utilizado sistema de ultrafiltração em fluxo tangencial equipado com membrana de celulose de 1 kDacom a finalidade de separar a sulfanilamida livre da fração ligada à Humina. A quantificação das Sulfas foi realizada utilizando HPLC-UV. As capacidades complexantes das huminas foram em torno de 11,11para HAe 117,0 mg g-1para HM. De acordo com os dados analisados os valores apresentados mostram que HM mostrou afinidade 10 vezes superior a HA. Onde HA apresenta valor máximo de humina adsorvido de 0,226 atingindo seu limite de saturação e mantendo-se constante independente da concentração do fármaco. Entretanto, os valores de HM inferem que a humina só atingiu seu limite de saturação a partir da concentração de 1,0 mg, a humina complexou totalmente os valores de sulfas adicionados, atingindo valor máximo de adsorção de 2,124 na concentração de 2,0 mg/L-1e mantendo constante em seguida. Esse comportamento pode ser explicado segundo as caracterizações, por HM possuir um teor de MO superior a HA devido seu processo de decomposição e humificação serem mais intensos nesse tipo de solo e conter um maior conteúdo de compostos aromáticos. Os resultados indicam que a Humina pode influenciar fortemente no transporte e reatividade dos contaminantes presentes em sistemas aquáticospodendo ser utilizadas como resina quelante na complexação desses contaminantes


  • Mostrar Abstract
  • The accumulation of pollutants in aquatic systems is a recurring problem of
    population growth and inadequate waste management. Substances capable of
    interacting with antimicrobials affecting their disposition in the environment is of great
    environmental interest. Humine has the ability to complex metals and adsorb
    contaminants. In this context, the work sought to evaluate the complexing capacity
    between humines and sulfonamides. The humine sample A (HA) was collected in an
    agricultural area with crop rotation in the municipality of Arapiraca-AL, while the
    humine sample M (HM) was collected from a non-agricultural area near the Pratagi
    River in the municipality of Maceió-AL. The humine samples were characterized by
    different analytical techniques seeking to evaluate their characteristics. For the
    complexation, a tangential flow ultrafiltration system equipped with a 1 kDa cellulose
    membrane was used, in order to separate the free sulfanilamide from the fraction
    bound to the humine. Quantification of sulfanilamide was performed using HPLC-UV.
    The complexing capacities of the humines were around 11.11 mg g -1 for HA and
    117.0 mg g -1 for HM. According to the data analyzed, the values presented show that
    HM showed an affinity 10 times higher than HA. This behavior can be explained
    according to its characterizations, because HM has an organic matter content higher
    than HA. The results indicate that Humine can directly influence the adsorption of
    contaminants present in aquatic systems, and can be used as a chelating resin in the
    complexation of these pollutants.

11
  • FERNANDA STEFANNY LIMA SOBRINHO
  • COMPOSTOS ORGÂNICOS VOLÁTEIS DAS FLORES DO MARACUJÁ AMARELO (Passiflora edulis Sims) E DA CATINGUEIRA (Caesalpinia pyramidalis), ESPÉCIES POLINIZADAS POR ABELHAS MAMANGAVAS (Xylocopa spp.)

  • Orientador : JOÃO GOMES DA COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JOÃO GOMES DA COSTA
  • ADEILDO JUNIOR DE OLIVEIRA
  • EDJANE VIEIRA PIRES
  • Data: 27/07/2020

  • Mostrar Resumo
  • O serviço prestado por polinizadores na agricultura é essencial, principalmente, para as espécies frutíferas. O maracujazeiro é um bom exemplo dessa dependência do agente polinizador. Na ausência das mamangavas (Xylocopa spp.), a produção do maracujazeiro é inviável comercialmente, sendo necessária a realização da polinização artificial, consequentemente aumentando os custos de produção. Dessa forma, objetivou-se identificar os compostos orgânicos voláteis liberados pelas flores do maracujazeiro e da catingueira, ambas polinizadas por mamangavas, visando gerar conhecimentos para desenvolvimento de estratégias futuras de atração e manutenção desses insetos nos pomares. Os compostos orgânicos voláteis (COVs) emitidos pelas flores das plantas de maracujazeiro e da catingueira foram coletados diretamente na planta por meio do sistema de hedspace dinâmico, usando adsorvente Porapak Q (80/100 mesh, 0,05 g; Supelco). Ar foi injetado no saco plástico passando antes por um filtro de carvão ativado a um fluxo de 400 mL/min. para cada flor. Tubos com Porapak Q foram utilizados no topo do saco e o ar coletado a uma vazão de 350 mL/min. para cada flor. A coleta foi realizada com duração de duas horas com início às 13 horas (horário de abertura das flores na região de estudo). Previamente os tubos de vidro foram lavados com hexano e aquecidos em estufas a 100 °C durante 60 min., para a “ativação” do adsorvente. Ao término das aerações, a dessorção de cada tubo com Porapak Q foi realizada passando 500 µL hexano, grau HPLC e armazenados em “vials”. A identificação dos compostos foi feita por intermédio da cromatografia gasosa acoplada a espectrometria de massas. Os resultados obtidos mostraram que não houve semelhança nos voláteis das duas espécies vegetais, evidenciando que as mamangavas são abelhas generalistas, portanto, são atraídas por diversas espécies de várias famílias distintas e por compostos distintos.


  • Mostrar Abstract
  • The service provided by pollinators in agriculture is essential, especially for fruit species. Passion fruit is a good example of this dependence on the pollinating agent. In the absence of bumblebees (Xylocopa spp.), The production of passion fruit is not commercially viable and artificial pollination is necessary, consequently increasing production costs. Thus, the objective was to identify the volatile organic compounds released by the passion fruit and catingueira flowers, both pollinated by bumblebees, in order to generate knowledge for the development of future strategies for attracting and maintaining these insects in orchards. The Volatile Organic Compounds (VOCs) emitted by the flowers of the passion fruit and catingueira plants were collected directly from the plant through the dynamic hedspace system, using Porapak Q adsorbent (80/100 mesh, 0.05 g; Supelco). Air was injected into the plastic bag before passing through an activated carbon filter at a flow of 400 mL / min for each flower. Tubes with Porapak Q were used at the top of the bag and the air was collected at a flow rate of 350 mL / min for each flower. The collection was carried out with a duration of two hours, starting at 1 pm on passion fruit flowers and at 8 am on catingueira flowers. Previously, the glass tubes were washed with hexane and heated in greenhouses at 100 ° C for 60 min., for the "activation" of the adsorbent. At the end of the aerations, the desorption of each tube with Porapak Q wças carried out by passing 500 µL hexane, HPLC grade, and stored in “vials”. The identification of the compounds was done by means of gas chromatography coupled with mass spectrometry. The results obtained showed that there was no similarity in the volatiles of the two plant species, showing that bumblebees are generalist bees, therefore, they are attracted by several species from different families and by different compounds. The floral aroma of P. edulis was composed of aliphatic hydrocarbons, esters and ether. Whereas the floral headspace of C. pyramidalis was basically composed of benzene substances, which are characteristic of plants pollinated by bees. It is worth highlighting the presence of the compound 1,4- Dimethoxy-benzene and (Z) beta-ocimene in P. edulis and C. pyramidalis, respectively, described in the literature as important attractive biochemicals of bees.

12
  • MAYARA CAMILA SANTOS SILVA
  • COMPOSTOS ORGÂNICOS VOLÁTEIS COMUNS ÀS FLORES DE Hancornia speciosa e Plumeria spp. AMBAS POLINIZADAS POR ESPÉCIES DA FAMÍLIA SPHINGIDAE

  • Orientador : JOÃO GOMES DA COSTA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JOÃO GOMES DA COSTA
  • RUBENS PESSOA DE BARROS
  • ADEILDO JUNIOR DE OLIVEIRA
  • Data: 31/07/2020

  • Mostrar Resumo
  • O serviço prestado por polinizadores na agricultura é essencial, principalmente, para as espécies frutíferas. A mangabeira é uma espécie com grande potencial econômico, entretanto ainda é explorada de forma extrativista. Para seu cultivo racional é necessário conhecer como a mesma se comportará fora de seu habitat natural. Assim, o presente trabalho teve como objetivo identificar os compostos orgânicos voláteis das flores da mangabeira e do Jasmim-manga, ambas polinizadas por insetos esfingídeos. Os compostos orgânicos voláteis (COVs) emitidos pelas flores das plantas de mangabeira e do jasmim-manga foram coletados diretamente na planta usando adsorvente Porapak Q (80/100 mesh, 0,05 g; Supelco). Ar foi injetado no saco plástico passando antes por um filtro de carvão ativado a um fluxo de 400 mL/min. para cada flor. Tubos com Porapak Q foram utilizados no topo do saco e o ar coletado a uma vazão de 350 mL/min. para cada flor. A coleta foi realizada com duração de doze horas com início às 17 horas, visto que, nesse horário é marcado pela liberação de um forte odor adocicado, que permanece até o dia seguinte. Previamente os tubos de vidro foram lavados com hexano e aquecidos em estufas a 100 °C durante 30 min, para a “ativação” do adsorvente. Ao término das aerações a dessorção de cada tubo com Porapak Q foi realizada passando 500 µL hexano grau HPLC e armazenados em “vials”. A identificação dos compostos foi feita por intermédio da cromatografia gasosa acoplada a espectrometria de massas. Os resultados obtidos mostraram que houve semelhança em 11 voláteis das duas espécies. Os compostos responsáveis pela atração dos polinizadores provavelmente são ou estão dentre esses 11 voláteis confirmando a hipótese de que os esfingídeos, por serem especialistas, são atraídos pelas mesmas moléculas químicas.


  • Mostrar Abstract
  • The service provided by pollinators in agriculture is essential, especially for fruit species.
    Hancornia speciosa (mangabeira) is a species with great economic potential, however it is
    still exploited in an extractive manner and has a deficient natural pollination, due to a low
    presence of pollinators, mainly insects of the Sphingidae family. Studies aimed at
    understanding the functions of floral aromas of plant species that use this family as pollinators
    are essential. In this way it will be possible to establish strategies for the rational cultivation
    of mangabeira outside its natural habitat. Thus, the present work aimed to identify the volatile
    organic compounds of the flowers of mangabeira (Hancornia speciosa GOMES) and
    Jasmine-mango (Plumeria spp.), species pollinated by sphindid insects. The volatile organic
    compounds (VOCs) emitted by the flowers of the mangaba and jasmine-mango plants were
    collected directly from the plant through the dynamic headspace system, using Porapak Q
    adsorbent (80/100 mesh, 0.05 g; Supelco). Air was injected into the plastic bag before passing
    through an activated carbon filter at a flow rate of 400 mL / min. and tubes with Porapak Q
    were used at the top of the bag and the air was collected at a flow rate of 350 mL / min. for
    each flower. The collection was carried out with a duration of twelve hours starting at 17h00,
    since this time was marked by the release of a strong sweetish odor, which remains until the
    following day. Previously, the glass tubes were washed with hexane and heated in
    greenhouses at 100 ° C for 60 min, for the "activation" of the adsorbent. At the end of the
    aerations, the desorption of the volatiles in the Porapak Q was carried out by passing 500 μL
    hexane grade HPLC and stored in “vials”. The identification of the compounds was done by
    means of gas chromatography coupled with mass spectrometry. Were identified 64 volatile
    organic compounds in the floral odor of the species studied, of these, there was similarity of
    10 compounds between the two plant species, showing that they are likely responsible for
    attracting pollinators, with emphasis on linalool. Despite having been detected only in
    mangabeira, compounds such as  -farnesene,  -karyophylene and methyl salicylate have a
    chance of having action on pollinators, playing an important role in the attractiveness of
    insects.

13
  • SYMONNE PEREIRA FERNANDES
  • PRODUTIVIDADE E ACÚMULO DE BIOMASSA PELA MANDIOCA CONSORCIADA COM CROTALÁRIA JUNCEA

  • Orientador : VALDEVAN ROSENDO DOS SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • VALDEVAN ROSENDO DOS SANTOS
  • MARCIO AURELIO LINS DOS SANTOS
  • ANTONIO LUCRECIO DOS SANTOS NETO
  • RUBENS PESSOA DE BARROS
  • Data: 16/09/2020

  • Mostrar Resumo
  • No Brasil a mandioca é bastante cultivada nas regiões onde a agricultura é praticada tradicionalmente como cultivo de subsistência, um dos fatos que motiva esse feito é por ela ser de fácil adaptação as mais diferentes condições edafoclimáticas. Em Alagoas, várias famílias estão envolvidas no processo de produção e transformação da mandioca. Entretanto, existe poucas informações sobre o acúmulo de matéria fresca e seca da parte aérea e raiz ao longo do ciclo de 360 DAP. O estudo foi conduzido em duas áreas experimentais, campo: 1 – campo experimental da UFAL-Campus Arapiraca e 2- área de produtor, (Grupo CAPA), sendo conduzido de Maio de 2018 a Maio de 2019, com o objetivo de acompanhar o acúmulo de biomassa e permitir dividir o ciclo da cultura em fases, definindo o momento mais adequado de maior acúmulo de massa fresca e seca da parte aérea e raiz, aumentando a produtividade e eficiência da cultivar utilizada. Sendo acompanhado até os doze meses. O delineamento foi em blocos casualizados no esquema de parcelas subdivididas; contendo quatro blocos, em que as parcelas compreenderam a presença e ausência da crotalária juncea e nas sub-parcelas as épocas de avaliação que foram feitas a cada 30 dias durante o ciclo da mandioca, sendo colhidas mensalmente oito plantas de cada bloco que foram referentes as parcelas com e sem a presença da leguminosa e as épocas . As plantas colhidas foram separadas em partes; o terço superior (parte aérea) e as raízes e pesadas em balança de precisão e logo após colocadas em estufa de ventilação forçada a 65°C, onde ficaram até a estabilização do peso. A área experimental UFAL apresentou para tratamento sem o consórcio maior

    acúmulo de massa fresca da parte aérea (9314 kg ha-1) e da raiz (3380 kg ha-1) aos 360 DAP. O tratamento com o consórcio apresentou maior acúmulo de massa seca da parte aérea (2.278 kg ha-1) e maior taxa de crescimento absoluto aos 360 DAP. O tratamento sem o consórcio mostrou-se superior e apresentou maior acúmulo de massa seca de raiz (2005 kg ha-1) seguida de maior taxa de crescimento absoluto aos 360 dias. E para área experimental CAPA o tratamento com o consórcio foi o que apresentou maior acúmulo de massa fresca (12850 kg ha-1) e seca (4239 kg ha-1) da parte aérea aos 360 DAP, seguida de maior taxa de crescimento absoluto. O tratamento sem o consórcio foi o que apresentou maior acúmulo de massa fresca da raiz (18562 kg ha-1) e para massa seca da raiz o tratamento com o consórcio (7153 kg ha-1) foi o que apresentou maior acúmulo aos 360 DAP. A maior taxa de crescimento absoluto foi aos 360 DAP, independentemente do tratamento. A produtividade das raízes de mandioca não apresentou diferenças significativa entre os tratamentos para área UFAL e para CAPA apresentou diferença significativa para os tratamentos, onde o tratamento sem o consórcio apresentou maior produtividade final de raiz.


  • Mostrar Abstract
  • In Brazil, cassava is widely grown in regions where agriculture is traditionally practiced as
    subsistence cultivation, one of the facts that motivates this feat is that it is easily adapted to the
    most different edaphoclimatic conditions. In Alagoas, several families are involved in the
    production and processing of cassava. However, there is little information on the accumulation
    of fresh and dry matter from the aerial part and root over the 360 DAP cycle. The study was
    conducted in two experimental areas, field: 1 - UFAL-Campus Arapiraca experimental field and
    2- producer area, (CAPA Group), being conducted from May 2018 to May 2019, with the aim of
    monitoring the accumulation of biomass and allow dividing the crop cycle into phases, defining
    the most appropriate moment for the greatest accumulation of fresh and dry mass of the aerial
    part and root, increasing the productivity and efficiency of the cultivar used. Being followed up
    to twelve months. The design was in randomized blocks in the split plot scheme; containing four
    blocks, in which the plots will comprise the presence and absence of crotalaria juncea and in the
    sub-plots the evaluation periods that were made every 30 days during the cassava cycle, with
    eight plants from each block being harvested monthly referring to the plots with and without the
    presence of the legume and the seasons. The harvested plants were separated into parts; the
    upper third (aerial part) and the roots are weighed on a precision scale and immediately
    afterwards placed in a forced ventilation oven at 65 ° C, where they remained until the weight
    stabilized. The experimental area UFAL presented for treatment without the consortium greater
    accumulation of fresh mass of the aerial part (9314 kg ha -1 ) and the root (3380 kg ha -1 ) at 360
    DAP. The treatment with the consortium showed a greater accumulation of dry mass of the aerial
    part (2,278 kg ha -1 ) and a higher rate of absolute growth at 360 DAP. The treatment without the
    consortium was superior and showed a higher accumulation of dry root mass (2005 kg ha -1 )
    followed by a higher rate of absolute growth at 360 days. And for the CAPA experimental area,
    the treatment with the consortium showed the highest accumulation of fresh mass (12850 kg ha -
    1
    ) and dry mass (4239 kg ha -1 ) of the aerial part at 360 DAP, followed by a higher absolute
    growth rate. The treatment without the consortium was the one with the highest accumulation of
    fresh root mass (18562 kg ha -1 ) and for dry root mass the treatment with the consortium (7153 kg
    ha -1 ) was the one that showed the greatest accumulation at 360 DAP. The highest rate of absolute
    growth was at 360 DAP, regardless of treatment. Yield of cassava roots did not show significant
    differences between treatments for UFAL area and for CAPA, there was a significant difference
    for treatments, where the treatment without the intercrop showed higher final root productivity.

14
  • IGOR GLEDSON DE OLIVEIRA SANTOS
  • Erodibilidade do solo determinada experimentalmente por chuva simulada e por modelos matemáticos em Latossolos de Alagoas

  • Orientador : CICERO GOMES DOS SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARCIO AURELIO LINS DOS SANTOS
  • CICERO GOMES DOS SANTOS
  • DANIELLA PEREIRA DOS SANTOS
  • ALTANYS SILVA CALHEIROS
  • Data: 17/09/2020

  • Mostrar Resumo
  • A resistência de um solo à desagregação e transporte de partículas, é definida como erodibilidade do solo, que consiste no fator responsável pela susceptibilidade do solo à erosão hídrica, sendo condicionada, por atributos mineralógicos, químicos, morfológicos, físicos e biológicos. Sua determinação é um fator complexo e dependente da interação de múltiplos atributos, para descrever o comportamento do solo diante do processo erosivo, diante disso, foram desenvolvidos modelos empíricos, conceituais e matemáticos. Este estudo tem como objetivo a determinação indireta e direta da erodibilidade dos Latossolos, nas subordens de Vermelha, Amarela e Vermelha-Amarela do Estado de Alagoas. Foram identificados os solos através do perfil modal no ZAAL (Zoneamento Agroecológico do Estado de Alagoas) e por levantamentos de classificação próprios de empresas do setor sucroalcooleiro que possuem identificação de áreas de ocorrência. Os mesmos foram submetidos a análises química, física, estabilidade de agregados e determinação de erodibilidade por método direto, através de chuva simulada e por métodos indiretos através de modelos matemáticos. Foram também estudadas características hidráulicas do escoamento durante os testes. Todos os solos amostrados encontravam-se explorados com culturas, desde explorações agrícolas com médio nível de tecnologia, como os cultivados com cana de açúcar, aos com baixa tecnologias como os explorados com culturas de subsistências, principalmente os localizados na região Agreste. O fator erodibilidade do solo em entressulcos (Ki) apresentaram valores que variaram de 6,01 x 10-6 Kg s m-4 para o Latossolo Amarelo, município de Rio Largo e maior valor de 16,65 x 10-6 Kg s m-4 para o Latossolo Vermelho-Amarelo no município de Coruripe. Esta variação também foi bastante significativa dentro das subordens, sendo observados os valores mais homogêneos na subordem dos Latossolos Vermelhos. Com o estudo, pôde-se concluir que para o fator erodibilidade do solo para os Latossolos estudados no Estado de Alagoas, recomenda-se que se utilize a metodologia de chuva simulada, em condições de campo ou de laboratório através do WEPP


  • Mostrar Abstract
  • The resistance of a soil to the breakdown and transport of particles is defined as soil erodibility, which is the factor responsible for the susceptibility of the soil to water erosion, being conditioned by mineralogical, chemical, morphological, physical and biological attributes. Its determination is a complex factor and depends on the interaction of multiple attributes, to describe the behavior of the soil in the face of the erosion process. In view of this, empirical, conceptual and mathematical models were developed. This study aims at the indirect and direct determination of the erodibility of the Oxisols, in the Red, Yellow and Red-Yellow sub-regions of the State of Alagoas. The soils were identified through the modal profile in ZAAL (Agroecological Zoning ofthe State of Alagoas) and through classification surveys of companies in the sugar and alcohol sector that have identified areas of occurrence. They were subjected to chemical, physical, aggregate stability and erodibility determination by direct method, using simulated rain and indirect methods using mathematical models. Hydraulic characteristics of the flow during the tests were also studied. All the soils sampled were explored with crops, from farms with medium level of technology, such as thosecultivated with sugar cane, to those with low technologies such as those explored with subsistence crops, mainly those located in the Agreste region. The soil erodibility factor in offshoots (Ki) showed values that varied from 6.01 x 10-6Kg s m-4for the Yellow Latosol, municipality of Rio Largo and a higher value of 16.65 x 10-6Kg s m -4for the Red-Yellow Latosol in the municipality of Coruripe. This variation was also quite significant within the suborder, with the most homogeneous values being observed in the suborder of Red Oxisols. With the study, it was possible to conclude that for the soil erodibility factor for the Oxisols studied in the State of Alagoas, it is recommended to use the simulated rain methodology, in field or laboratory conditions through WEPP

SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2022 - UFAL - sig-app-2.srv2inst1 01/07/2022 19:54