Dissertações/Teses

Clique aqui para acessar os arquivos diretamente da Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFAL

2022
Dissertações
1
  • RAYANE CAROLINE MEDEIROS DO NASCIMENTO
  • Anestesia dissociativa e mediação inflamatória de asininos sob vulnerabilidade submetidos à orquiectomia

  • Orientador : PIERRE BARNABE ESCODRO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • PIERRE BARNABE ESCODRO
  • ISABELLA DE OLIVEIRA BARROS
  • TALYTA LINS NUNES
  • Data: 24/03/2022

  • Mostrar Resumo
  • A dissertação apresenta os resultados obtidos na pesquisa sobre anestesia dissociativa e mediação inflamatória de asininos sob vulnerabilidade, retirados da abate no estado da Bahia, submetidos às orquiectimias inguinal e escrotal. A pesquisa apresentou como objetivo principal avaliar a anestesia dissociativa com Xilazina (1mg/kg), Cetamina (2 mg/kg) e Midazolan (0,4 mg/kg) , aliada à anestesia testicular com lidocaína 2%, mensurando a qualidade anestésica, tempo de recuperação e aplicabilidade. Apresenta como capítulos: O contexto histórico da importância dos jumentos no Nordeste; Analgesia de Asininos: O estado da arte; Prolapso retal tipo II: Relato de três casos; e Associação de midazolam e cetamina na anestesia de jumentos submetidos à orquiectomia: efeitos fisiológicos e avaliação da qualidade anestésica. Foram selecionados 30 animais, mantidos em sistema extensivo (sem qualquer suplementação), sob condições de vulnerabilidade, em propriedade localizada na região de sertão da Bahia, no município de Canudos. O protocolo anestésico realizado foi o mesmo para todos os animais, e consistiu de medicação pré-anestésica (MPA) através de sedação com xilazina (1 mg\kg IV); bloqueio local com lidocaína 2% do parênquima testicular (10 mL em cada lado) e 5 mL bilateralmente nas regiões da pele a serem incisionadas. Os animais foram submetidos à indução com cetamina (2 mg/kg) e midazolan (0,4 mg/kg) e posicionados em decúbito dorsal, com execução da orquiectomia via inguinal. A frequência cardíaca (FC) e frequência respiratória (FR) foram aferidas em quatro tempos, sendo no momento imediatamente anterior a medicação pré-anestésica (T1), logo após a indução (T2), 10 (T3) e 15 minutos após indução (T4). A avaliação da qualidade anestésica foi realizada a partir das variáveis definidas no trabalho, classificando por escores (0-3) a sedação, indução e manutenção anestésica. O tempo de cirurgia (da incisão da pele ao fechamento com sutura), tempo para decúbito esternal e retorno a posição quadrupedal foram mensurados para efeito de padronização de comportamento. Ao final da cirurgia, os animais foram submetidos a fluidoterapia com solução de Ringer com Lactato (20 mL/ kg). O protocolo proposto não acarretou em alterações fisiológicas significativas durante a anestesia de procedimento cirúrgico médio de dezesseis minutos relativos à orquiectomia. No entanto notou-se que um terço dos animais não apresentaram sedação suficiente com a dose de xilazina de 1 mg/kg, o que pode ter ocasionado uma menor resistência na indução anestésica em quase um quarto da amostragem e necessidade de reforço na manutenção anestésica em 40 % dos jumentos. A partir da pesquisa, comprova-se a segurança do protocolo descrito, com necessidades de novas pesquisas para ver se o aumento da dose de xilazina não traria melhor qualidade anestésica em efeitos fisiológicos não satisfatórios à espécie.


  • Mostrar Abstract
  • This research presents the results obtained in the research on dissociative anesthesia and inflammatory mediation of vulnerable donkeys, removed from slaughter in the state of Bahia, submitted to inguinal and scrotal orchiecthymias. The main objective of this research was to evaluate dissociative anesthesia with Xylazine (1mg/kg), Ketamine (2mg/kg) and Midazolan (0.4 mg/kg), combined with testicular anesthesia with 2% lidocaine, measuring the anesthetic quality, duration of recovery and applicability. It presents as chapters: The historical context of the importance of donkeys in the Northeast; Donkey analgesia: The state of the art; Type II rectal prolapse: Report of three cases; and Combination of midazolam and ketamine in the anesthesia of donkeys submitted to orchiectomy: physiological effects and evaluation of anesthetic quality. Were 30 animals were selected, kept in an extensive system (without any supplementation), under vulnerability, in a property located in the sertão region of Bahia, in the municipality of Canudos. The protocol performed was the same for all animals, and consisted of preanesthetic medication (MPA) through sedation with xylazine (1 mg\kg IV); local block with 2% lidocaine of the testicular parenchyma (10 mL on each side) and 5 mL bilaterally in the skin regions to be incised. The animals were submitted to ketamine induction (2 mg/kg) and midazolam (0.4 mg/kg) and placed in the supine position, with inguinal orchiectomy performed. The heart rate (HR) and respiratory rate (RR) were measured at four times, being at the moment immediately before premedication (T1), right after induction (T2), 10 (T3) and 15 minutes after induction (T4). Anesthetic quality assessment was performed based on the variables defined in the study, classifying by scores (0-3) on sedation, anesthetic induction and maintenance. Surgery time (from skin incision to closure with suture), time to sternal recumbency and return to quadrupedal position were measured for the purpose of standardizing behavior. At the end of the surgery, the animals were submitted to fluid therapy with Ringer's solution with lactate (20ml/kg). The proposed protocol did not lead to significant physiological changes during anesthesia of mean surgical procedure of sixteen minutes related to orchiectomy. However, it was noted that a third of the animals did not present sufficient sedation with the xylazine dose of 1 mg/kg, which may have caused a lower resistance in anesthetic induction in almost a quarter of the sample and need for reinforcement in anesthetic maintenance in 40% of donkeys. From the research, the safety of the described protocol is proven, with the need for new research to see if increasing the dose of xylazine would not bring better anesthetic quality in physiological effects not satisfactory to the species.

2
  • ADRYANO CAMPOS CARVALHO
  • Influência da ozonioterapia nos valores hematológicos, bioquímicos e no metabolismo oxidativo de cavalos atletas de vaquejada.

  • Orientador : PIERRE BARNABE ESCODRO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARLOS ALBERTO PALMEIRA SARMENTO
  • PIERRE BARNABE ESCODRO
  • TOBYAS MAIA DE ALBUQUERQUE MARIZ
  • Data: 28/03/2022

  • Mostrar Resumo
  • A vaquejada é um esporte secular praticado tradicionalmente na região nordeste do Brasil e que representa um forte impacto na cultura e economia dessa região. Uma importante característica desse esporte é o desempenho em alta intensidade e curta duração, com uma exigência maior de esforço físico para a derrubada do boi. Assim, a exigência física desses animais tem sido cada vez maior, como também os desafios fisiológicos em manter uma homeostase e performance de alto rendimento. Nesse contexto, com o objetivo de proporcionar um maior bem-estar e reduzir os riscos de lesões e queda de rendimento em decorrência da atividade física surgem as avaliações dos parâmetros hematológicos, bioquímicos e metabólicos oxidativos. A avaliação dos parâmetros hematológicos e bioquímicos proporcionam informações sobre o estado atlético do animal e auxiliam no direcionamento do treinamento. Nesse mesmo sentido a redução do estresse oxidativo é fundamental para que os cavalos possam manter um alto rendimento de atividade atlética. Diante do exposto, a ozonioterapia tem sido utilizada como adjuvante na recuperação de lesões causas pelo esporte como também no estímulo da capacidade antioxidante. Através de suas propriedades, a ozonioterapia promove pequenas reações oxidativas que funcionam como segundos mensageiros, sinalizando ao organismo a presença de um estresse oxidativo transitório estimulando a produção de compostos antioxidantes endógenos. Esses processos têm sido estudados como forma alternativa de contribuição no ganho de performance em cavalos atletas, porém ainda não se há estudos utilizando cavalos de vaquejada com esse objetivo.


  • Mostrar Abstract
  • Vaquejada is a secular sport traditionally practiced in the northeast region of Brazil and that represents a strong impact on the culture and economy of this region. An important characteristic of this sport is the performance in high intensity and short duration, with a greater demand of physical effort for the felling of the ox. Thus, the physical demands of these animals have been increasing, as well as the physiological challenges in maintaining homeostasis and high performance performance. In this context, with the objective of providing greater well-being and reducing the risk of injuries and reduced performance as a result of physical activity, evaluations of hematological, biochemical and oxidative metabolic parameters arise. The evaluation of hematological and biochemical parameters provide information about the athletic state of the animal and help guide the training. In this same sense, the reduction of oxidative stress is essential for horses to maintain a high performance of athletic activity. Given the above, ozone therapy has been used as an adjuvant in the recovery of injuries caused by sport as well as in stimulating antioxidant capacity. Through its properties, ozone therapy promotes small oxidative reactions that act as second messengers, signaling to the body the presence of a transient oxidative stress, stimulating the production of endogenous antioxidant compounds. These processes have been studied as an alternative way of contributing to the performance gain in athlete horses, but there are still no studies using vaquejada horses with this objective.

3
  • VITÓRIA NAYRELI FREIRE GONÇALVES SANDES
  • Ultrassonografia gestacional canina e influência da braquicefalia na resistividade da artéria umbilical

  • Orientador : DIOGO RIBEIRO CAMARA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANAEMILIA DAS NEVES DINIZ
  • DIOGO RIBEIRO CAMARA
  • FABIANO SELLOS COSTA
  • Data: 29/03/2022

  • Mostrar Resumo
  • Cães braquicefálicos frequentemente apresentam patologias causadas pela seleção artificial, como distúrbios respiratórios devido a estenose das narinas, alongamento de palato mole e hipoplasia de traqueia, além de alta
    incidência de distocias. A síndrome braquicefálica obstrutiva das vias aéreas (BOAS) é uma síndrome respiratória debilitante que afeta predominantemente cães braquicefálicos, em que o tecido mole bloqueia as vias aéreas durante respiração, podendo causar grave dificuldade respiratória nestes cães e, ocasionalmente, morte. Atualmente, os exames ultrassonográficos fazem parte e tem grande importância na rotina da medicina veterinária, sendo considerado essencial na prática obstétrica em cadelas, possibilitando a avaliação materna e de sua prole, de modo acurado, seguro e de fácil execução, e a ferramenta Doppler tem sido utilizado para avaliar a vascularização e determinar alguns índices vasculares do tecido uteroplacentário, cordão umbilical. Considerando-se que adaptações vasculares maternas frente a gestação são entre os eventos fisiológicos mais essenciais para o sucesso da gestação e o maior risco de desenvolvimento de BOAS em cadelas braquicefálicas, objetivou-se com o presente estudo avaliar a existência de diferenças no índice de resistividade da artéria umbilical (IRAU) do cordão umbilical entre fetos oriundos de gestações fisiológicas de cadelas braquicefálicas e não braquicefálicas. O IRAU foi mensurado em 137 fetos, entre a sétima e a nona semana de gestação, sendo 68 provenientes de cadelas braquicefálicas e 69 de cadelas não braquicefálicas. A idade gestacional foi estimada de acordo com o diâmetro biparietal (DBP) dos fetos, a partir da mensuração de dois a quarto fetos/cadela. Cadelas com pelo menos um feto diagnosticado com uma frequência cardíaca inferior a 180 bpm não foram incluídas no presente estudo. Foi observada uma redução semanal significativa nos valores do IRAU, tantos das cadelas braquicefálicas quanto das não-braquicefálicas, entre a sétima até a nona semana de gestação. Não foram detectadas diferenças (P > 0,05) no IRAU entre cadelas braquicefálicas e não-braquicefálicas na mesma semana de gestação. Em conclusão, caso as cadelas braquicefálicas avaliadas no presente estudo apresentavam hipóxia crônica, adaptações circulatórias uterinas e placentárias durante a gestação preveniram alterações no IRAU dos fetos caninos.


  • Mostrar Abstract
  • Brachycephalic dog breeds frequently present pathologies because or artificial selection, such as respiratory disturbances due nasal stenosis, prolonged soft palate, and tracheal hypoplasia, as well as greater incidence of dystocia. The brachycephalic obstructive airway syndrome (BOAS) is a debilitating respiratory syndrome which affects brachycephalic dogs mainly, after airways blocking caused by soft tissue and might result in respiratory suffering or even death. Currently, the ultrasonographic evaluation is an important tool on veterinary medicine routine, being consider essential on obstetrics practice in bitches, being easy to perform and assess both maternal and fetal healthy with accuracy and safety; emphasizing that Doppler technique has been used to determine some vascular indexes of both uteroplacental tissues and umbilical cord. Considering that both maternal and fetal vascular adaptations are physiological and essential events in order to pregnancy succeed and higher risk of BOAS occurrence in brachycephalic dog breeds, the goal of the present study was to evaluate differences on the resistive index of the umbilical artery (RIUA) between fetuses from brachycephalic and non-brachycephalic bitches during physiological pregnancies. The RIUA was measured in 137 foetuses, 68 from brachycephalic and 69 from non-brachycephalic bitches, between the seventh to ninth weeks of gestation. Gestational time was determined by ultrasonography according to foetal biparietal diameter (BP), after measuring two to four foetuses/pregnant bitch. Bitches with at least one foetus diagnosed with a consistent heart rate below 180 bpm were not included in the present study. There was a significant weekly decrease in the RIUA of foetuses from both brachycephalic and non-brachycephalic bitches, from the seventh until the last week of evaluation. No differences in the RIUA were detected (P > 0.05) within the same gestational week between foetuses from brachycephalic and non-brachycephalic bitches. In conclusion, if chronic hypoxia in pregnant brachycephalic bitches occurred, uterine and placental adaptations during pregnancy might prevent RIUA changes in canine foetuses.

4
  • ROBERTA BRUNA FIDÉLIS LINS PEIXOTO
  • Qualidade físico-química e microbiológica de queijo Cottage adicionado de fruto da pimenta-rosa (Schinus terebinthifolius raddi)

  • Orientador : JULICELLY GOMES BARBOSA MACEDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA CAROLINA BARROS DE FREITAS
  • JULICELLY GOMES BARBOSA MACEDO
  • KARLA PATRICA CHAVES DA SILVA
  • Data: 31/03/2022

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se avaliar a resistência a contaminações por micro-organismos obtida com a adição do fruto da pimenta-rosa (Schinus terebinthifolius raddi) em queijo tipo Cottage formulado com leite bovino. Foram analisadas cinco concentrações: T1 - queijo Cottage com (0%) de pimenta-rosa; T2 – queijo Cottage com (0,5%) de pimenta-rosa, T3 - queijo Cottage com (1%) de pimenta-rosa, T4 - queijo Cottage com (1,5%) de pimenta-rosa e T5 - queijo Cottage com (2%) de pimenta-rosa. Para isso, foram inoculadas às amostras cepas bacterianas de Staphylococcus aureus e Escherichia coli na proporção de 300 µg/150g de queijo em cada um dos tratamentos. As amostras foram analisadas quanto a sua capacidade de conservação em três momentos (0, 3 e 7 dias) e quanto à sua composição físico-química (umidade, cinzas, lactose, acidez titulável, proteína e lipídios). As análises foram realizadas em duplicata e tiveram as médias e os respectivos desvios padrão calculadas. Para as análises físico-químicas, todas as determinações foram executadas em triplicata, utilizando-se o modelo de Análise de Variância (One-Way), seguido do teste de Tukey, ao nível mínimo de significância de 0,05. Todos os tratamentos, com exceção do a 0%, foram eficientes para a conservação dos queijos. Sendo a 2% o mais eficiente contra o crescimento de S. aureus e a 1,5% e 2% os mais eficientes contra o crescimento de E. coli caracterizando o condimento como útil para a elevação do tempo de prateleira desses produtos. Todas as variáveis físico-químicas analisadas apresentaram efeito significativo, mas permaneceram em conformidade com a legislação existente. 


  • Mostrar Abstract
  • The objective was to evaluate the resistance to contamination by microorganisms with the addition of the fruit of pink pepper (Schinus terebinthifolius raddi) in Cottage cheese formulated with bovine. The cheese came with five: T1 - Pink Pepper Cottage; T2 - Cottage cheese with (0.5%) pink pepper, T3 - Cottage cheese with (1%) pink pepper, T4 - Cottage cheese with (1.5%) pink pepper and T5 - Cottage cheese with (2%) of pink pepper. For this, bacterial strains of Staphylococcus aureus and Escherichia coli were inoculated in the proportion of 300 µg/150g of cheese in each of the treatments. The samples were constituted by their conservation capacity at three times (0, 3 and 7 days) and their chemical composition (moisture, ash, lactose, titratable, protein and physical lipids). The alternatives were performed and had as means and their related relatives in duplicates. For physical-chemical determinations, all determinations were made in triplicate, using the Analysis of Variance (One-Way) model, followed by the Tukey test, at a minimum significance level of 0.05. All treatments, with the exception of 0%, were efficient for cheese conservation. The 2% being the most efficient against the growth of S. aureus and the 1.5% and 2% the most efficient against the growth of E. coli, characterizing the condiment as useful for the functionality of the shelf life of these products. All physico-chemical variables are all affected, but remain in compliance with current legislation. 

5
  • LUCIANA SANTOS MEDEIROS
  • Achados de necropsia em cetáceos com interações antrópicas, no Estado de Alagoas, Nordeste do Brasil

  • Orientador : ANNELISE CASTANHA BARRETO TENORIO NUNES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANNELISE CASTANHA BARRETO TENORIO NUNES
  • JONATAS CAMPOS DE ALMEIDA
  • ROBSON GUIMARAES DOS SANTOS
  • Data: 18/04/2022

  • Mostrar Resumo
  • Os cetáceos são mamíferos que possuem adaptações físicas e fisiológicas que permitem que tenham um ciclo de vida exclusivamente em ambiente aquático. É um grupo que apresenta uma diversidade de espécies, com aspectos morfológicos, de habitat variável e distribuição cosmopolita. Esses animais vêm sofrendo de forma crescente diversos impactos da interação humana, devido a expansão das atividades antropogênicas na região costeira, o que tem resultado em frequentes registros de encalhes, inclusive de animais vítimas dessas interações. É um grupo que ainda necessita de mais levantamentos sobre seus aspectos biológicos e monitoramento dos impactos, pois diversas espécies estão ameaçadas de extinção e muitas ainda não possuem dados suficientes para se avaliar seu status de conservação, mas devido sua adaptação exclusiva ao ambiente aquático, as metodologias de coletas de informações ainda são limitadas. Sendo assim, o monitoramento de praias e necropsia têm demonstrado ser ferramentas importantes para identificar esses impactos, além de coletar informações sobre sua sanidade, como também a qualidade dos habitats, pois são espécies consideradas sentinelas ambientais, devido sua capacidade de armazenar informações sobre a qualidade dos ambientes aquáticos. Assim, diversos estudos tem relatado as causas de encalhes de cetáceos e descrito as lesões que são ocasionados pelas interações antrópicas, auxiliando assim outros profissionais na identificação dos tipos de impactos que tem acometido esses animais. Esses estudos são necessários e importantes por trazerem informações sobre quais ameaças, áreas e períodos sensíveis para estes animais, sinalizando assim medidas de mitigação para conservação dessas espécies.


  • Mostrar Abstract
  • Cetaceans are mammals that have physical and physiological adaptations that allow them to have a life cycle exclusively in an aquatic environment. It is a group that presents a diversity of species, with morphological aspects, of variable habitat and cosmopolitan distribution. These animals have been increasingly suffering from various impacts of human interaction, due to the expansion of anthropogenic activities in the coastal region, which has resulted in frequent records of strandings, including of animals victims of these interactions. It is a group that still needs more surveys on its biological aspects and monitoring of impacts, as several species are threatened with extinction and many still do not have enough data to assess their conservation status, but due to their unique adaptation to the aquatic environment, the information collection methodologies are still limited. Therefore, beach monitoring and necropsy have been shown to be important tools to identify these impacts, in addition to collecting information about their health, as well as the quality of habitats, as they are species considered environmental sentinels, due to their ability to store information about the quality of the environment of aquatic environments. Thus, several studies have reported the causes of strandings of cetaceans and described the injuries that are caused by human interactions, thus helping other professionals to identify the types of impacts that have affected these animals. These studies are necessary and important because they provide information about which threats, areas and sensitive periods for these animals, thus signaling mitigation measures for the conservation of these species.

6
  • JESSICA TAIANE GOMES GREGORIO
  • AVALIAÇÃO DA EMBRIOTOXICIDADE DE EFLUENTES DE CAMA DE FRANGO PROVENIENTES DE GRANJAS DE AVES NO MUNICÍPIO DE VIÇOSA-AL, UTILIZANDO O ZEBRAFISH (DANIO RERIO) COMO MODELO EXPERIMENTAL.

  • Orientador : THIAGO BARROS CORREIA DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DANILLO DE SOUZA PIMENTEL
  • FERNANDO WIECHETECK DE SOUZA
  • THIAGO BARROS CORREIA DA SILVA
  • Data: 18/04/2022

  • Mostrar Resumo
  • A avicultura é uma das atividades da zootecnia que mais evoluiu em relação aos setores do agronegócio no Brasil, pela eficiência na produção de proteína de frango a um efetivo baixo custo e além da facilidade em produzir uma ave para o abate em um curto espaço de tempo. Com isto gera também os dejetos para eliminação que são os produtos encaminhados para a composteira (cama de frango e aves mortas durante a produção), a compostagem pode durar cerca de 60 dias para a utilização e sua indicação de uso é como adubo orgânico. Como o município de Viçosa destaca-se na produção avícola e além disso é banhado pelo rio Paraíba do meio onde muitas famílias dependem para o seu sustento. Neste sentido, o projeto vislumbrou o uso do teste de toxicidade em embriões FET-Test para avaliar a ecotoxicidade de efluentes oriundos de camas de frango produzidos em granjas de aves do município de Viçosa-AL.

    Utilizou-se 30 embriões por concentração teste, mantidos em placas/poços com 2 ml em um total de 05 embriões por poços, incluindo-se cinco concentrações decrescentes e um controle, avaliados a cada 24 horas durante um período total de 96 horas, teste OECD-236. Revelou-se ao teste de embriotoxicidade que A exposição a extratos de cama de frango afetou o desenvolvimento de embriões de Zebrafish (Danio rerio), estes quando expostos a concentrações entre 10 a 25 mg /L apresentaram problemas de desenvolvimentos tidos como sub letais além de ser positivo em concentrações letais para 50% da população exposta.


  • Mostrar Abstract
  • Poultry farming is one of the zootechnical activities that has evolved the most in relation to the agribusiness sectors in Brazil, due to the efficiency in the production of chicken protein at an effective low cost and in addition to the ease of producing a bird for slaughter in a short time. . This also generates waste for disposal, which are the products sent to the compost bin (poultry litter and dead birds during production), the compost can last about 60 days for use and its indication of use is as an organic fertilizer. As the municipality of Viçosa stands out in poultry production and is also bathed by the river Paraíba do Meio where many families depend for their livelihood. In this sense, the project envisaged the use of the FET-Test embryo toxicity test to evaluate the ecotoxicity of effluents from chicken litter produced in poultry farms in the municipality of Viçosa-AL.

    We used 30 embryos per test concentration, kept in 2 ml plates/wells, in a total of 05 embryos per well, including five decreasing concentrations and a control, evaluated every 24 hours during a total period of 96 hours, test OECD-236. The embryotoxicity test revealed that exposure to chicken litter extracts affected the development of Zebrafish (Danio rerio) embryos, which when exposed to concentrations between 10 and 25 mg /L showed developmental problems considered sub-lethal in addition to be positive at concentrations that are lethal for 50% of the exposed population.

7
  • ELISIA MARIA OLIVEIRA DE ALMEIDA RAMOS
  • Avaliação de Perfis toxicológico, hematológico e histopatológico em adultos de Danio rerio (Zebrafish) expostos a extratos de Psychotria capitata Ruiz & Pav. (Rubiaceae)

  • Orientador : THIAGO BARROS CORREIA DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARCIA KIKUYO NOTOMI
  • MARIA ALINE BARROS FIDELIS DE MOURA
  • THIAGO BARROS CORREIA DA SILVA
  • Data: 20/04/2022

  • Mostrar Resumo
  • A  Psychotria capitata Ruiz & Pav é uma planta encontrada na região de zona da mata de Alagoas, muito utilizada por indígenas por apresentar atividade anestésica e analgésica. O presente estudo realizou a avaliação toxicológica, comportamental, hematológicas e histopatológicas decorrentes da exposição de Zebrafish adultos a concentrações crescentes (25, 50, 100, 250,500 e 1000mg/L) de Psichotria capitata. Apresentando como resultado os valores de toxicidade CL50= 217,95 mg/L (min-max IC95%  114,41 - 321,5mg/L)(p<0,05) com uma mortalidade de 40% (p<0,05). Com intensa sedação nos 15min iniciais na concentração de 250mg/L com parâmetros comportamentais significativos de Flutuar  (X2(4)=11,52; p=0,02), Nado inclinado  (X2(4)=6.99; p=0,01) e respiração aérea (X2(4)=7,04; p=0,01)  entre os grupos controle e 250mg/L. Os parâmetros hematológicos apresentaram uma leucopenia (F=(4,11)=3.06,p=0,00411) com  P<0,05 entre os grupos controle e o tratamento de 250mg/L. Dentre as alterações histopatológias, foram observadas hiperplasia de células lamelares e fusão das lamelas brânquiais  (p<0,05), degeneração e congestão e necrose das células hepáticas e vacuolização de células tubulares e congestão das células inter-renais (p|>0,05). Concluímos que extratos de Psychotria capitata apresentam efeitos sedativos e comportamentais interessantes para zebrafish, entretanto com efeitos tóxicos nas doses mais elevadas que devem ser melhor trabalhados frente a potencialidade deste extrato em peixes ornamentais.


  • Mostrar Abstract
  • Psychotria Capitata Ruiz & Pav is a plant found in the region of Zona da Mata de Alagoas, widely used by indigenous people for presenting anesthetic and analgesic activity. The present study carried out the toxicological, behavioral, hematologic and histopathological evaluation arising from the exposure of Zebrafish adults at increasing concentrations (25, 50, 100, 250,500 and 1000mg / L) of Psychotry capitiata. Introducing as a result the toxicity values CL50 = 217.95 mg / L (Min-max IC95% 114.41 - 321.5mg / L) (p <0.05) with a mortality of 40% (p <0.05 ). With intense sedation in the beginning 15min at the concentration of 250mg / l with significant behavioral parameters of float (x2 (4) = 11.52; p = 0.02), inclined swimming (x2 (4) = 6.99; p = 0.01 ) and air breathing (x2 (4) = 7.04; p = 0.01) between control groups and 250mg / l. The hematological parameters presented a leukopenia (f = (4,11) = 3.06, p = 0.00411) with p <0.05 between the control groups and the treatment of 250mg / l. Among the histopathological changes, lamellary cell hyperplasia and fusion of the branquial lamber (p <0.05), degeneration and congestion and necrosis of hepatic cells and vacuolization of tubular cells and inter-renal cell congestion (P |> 0, were observed. 05). We conclude that Psychotria Extracts Capitata have interesting sedative and behavioral effects for Zebrafish, however with toxic effects on the higher doses that should be best worked against the potentiality of this extract in ornamental fish. 


8
  • LAIS LISBOA DOS SANTOS
  • Uso do ozônio como terapia integrativa em cães hospitalizados com doença renal crônica

  • Orientador : MARCIA KIKUYO NOTOMI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MERE ERIKA SAITO
  • FABÍOLA PAES LEME
  • MARCIA KIKUYO NOTOMI
  • Data: 25/04/2022

  • Mostrar Resumo
  • A doença renal crônica (DRC) é uma enfermidade com elevada prevalência, principalmente em cães idosos. Apresentando um carácter irreversível e progressivo, em estágios avançados, o tratamento disponível pode ser insuficiente. A ozonioterapia (OT) tem demostrado benefícios no tratamento de afecções renais. Diante disso, esse estudo relata a experiência da aplicação de seis sessões sequenciais de ozônio via insuflação retal, como terapia integrativa em 10 cães com DRC, em estágios 3 e 4 e hospitalizados em síndrome urêmica. O exame clínico, hemograma, hemogasometria, bioquímicos, urinálise, relação proteína e creatinina urinária, e a pressão arterial foram realizados em T0 (início da OT), T1 (antes da quarta aplicação) e T2 (24 horas após a última aplicação do ozônio). As principais alterações observadas foram os sinais clínicos característicos de uremia, anemia e hiperfosfatemia. Foi observada uma melhora clínica dos pacientes e uma significativa redução de neutrófilos e da pressão arterial. Entretanto, não houve evidências significativas de redução na azotemia. A técnica de aplicação do ozônio via insuflação retal (RIO3), se mostrou ser de fácil execução, bem tolerado pelos pacientes e sem efeitos adversos, mas a padronização de tratamento para DRC em cães, como a dose, via, quantidade de sessões mínimas e intervalos adequados, é necessária para a implantação há rotina hospitalar.


  • Mostrar Abstract
  • Chronic kidney disease (CKD) is a highly prevalent disease, especially in elderly dogs. Presenting an irreversible and progressive character, in advanced stages, an available treatment may be insufficient. Ozone therapy (OT) has shown benefits in kidney disorders treatment. Therefore, this study reports the experience of six sequential sessions of ozone via rectal insufflation application, as an integrative therapy in 10 dogs with CKD, in stages 3 and 4 and hospitalized with uremic syndrome. Clinical examination, complete blood count, blood gas analysis, biochemicals , urinalysis, urinary protein and creatinine ratio, and blood pressure were performed at T0 (onset of OT), T1 (before the fourth application) and T2 (24 hours after the last ozone application). The main changes observed were clinical signs characteristic of uremia, anemia and hyperphosphatemia. A clinical improvement of the patients, a significant reduction in neutrophils and blood pressure were observed. However, there was no significant evidence of an azotemia decreased. The technique of ozone application via rectal insufflation (RIO3) in hospitalized dogs with advanced chronic kidney disease proved to be easy to perform, well tolerated by patients and without adverse effects, but a treatment standardization for CKD in dogs, such as doses, route, number of minimum sessions and appropriate intervals, is necessary for the implementation of a hospital routine.

9
  • ANA THEREZA MENDES DE MACEDO
  • IMPORTÂNCIA DA MENSURAÇÃO DE PRESSÃO ARTERIAL NA CLÍNICA MÉDICA ATUAL DE PEQUENOS ANIMAIS

  • Orientador : ANAEMILIA DAS NEVES DINIZ
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANAEMILIA DAS NEVES DINIZ
  • CHIARA RODRIGUES DE AMORIM LOPES
  • DIOGO RIBEIRO CAMARA
  • Data: 28/04/2022

  • Mostrar Resumo
  • A pressão arterial (PA) é definida como a pressão que o sangue exerce sob a paredes das artérias. Parâmetro de grande importância para avaliar a saúde de pequenos animais é considerada um dos quatros sinais vitais do organismo, junto da frequência cardíaca (FC), frequência respiratória (FR) e temperatura. Dentre os métodos de mensuração, a invasiva (direta) é considerado o padrão ouro, porém, sua aplicabilidade está mais voltada a paciente que precisem passar por procedimentos anestésicos no momento da mensuração ou a níveis de pesquisa, dessa forma, os métodos não-invasivos (indiretos), oscilométricos e Doppler vascular são mais utilizados na rotina clínica. Apesar disso, os valores de PA obtidos na rotina não são frequentes, o que dificulta obtenção de valores confiáveis para diagnósticos de patologias dos pacientes atendidos, visto que, a PA pode varia decorrentes de diversos fatores externos e internos de cada paciente. Trabalhos anteriores mostram que determinar um valor de pressão normal pode ser difícil, principalmente levando em consideração a diferença existente entre raças de cães, o que requer atualização de estudos afim de evitar interpretação distintas dos valores fisiológicos de PA.


  • Mostrar Abstract
  • Blood pressure (BP) is defined as the pressure that blood exerts under the walls of the arteries. Parameter of great importance to assess the health of small animals is considered one of the four vital signs of the body, along with heart rate (HR), respiratory rate (RR) and temperature. Among the measurement methods, the invasive (direct) is considered the gold standard, however, its applicability is more focused on patients who need to undergo anesthetic procedures at the time of measurement or at research levels, thus, non-invasive methods (indirect), oscillometric and vascular Doppler are more used in clinical routine. Despite this, the BP values obtained in the routine are not frequent, which makes it difficult to obtain reliable values for diagnoses of pathologies of the patients seen, since BP can vary due to several external and internal factors of each patient. Previous works show that determining a normal pressure value can be difficult, especially considering the difference between breeds of dogs, which requires updating studies in order to avoid different interpretations of the physiological values of BP.

10
  • MARIANA MEDEIROS DE AGUIAR ALMEIDA
  • ESTUDO DOS ARRANJOS ANATÔMICOS DO SUPRIMENTO ARTERIAL DA GLÂNDULA ADRENAL NO GATO DOMÉSTICO (Felis catus domesticus, Linnaeus, 1758)

  • Orientador : DANILLO DE SOUZA PIMENTEL
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DANILLO DE SOUZA PIMENTEL
  • FERNANDO WIECHETECK DE SOUZA
  • THIAGO BARROS CORREIA DA SILVA
  • Data: 28/04/2022

  • Mostrar Resumo
  • No que tange a criação de pets domésticos, é notável, que existe um aumento na população de felinos como animais de companhia ao redor do mundo. É importante ressaltar que em função das características de sua fisiologia, os gatos domésticos são mais propensos a sofrerem disfunções em suas glândulas endócrinas, devidos a estresses agudos no interior dos domicílios humanos, especificamente, em ambientes não planejados para o comportamento do animal.essas disfunções orgânicas podem favorecer ou aumentar a suscetibilidade do animal a doenças infecciosas e aumentar a predisposição do desenvolvimento de neoplasmas, pela direta relação ao estresse sofrido pelo animal por um longo período. As doenças das glândulas adrenais, na medicina veterinária, são normalmente relatadas em cães, sendo observado, poucos trabalhos anatômicos ou anatomopatológicas das adrenais de gatos domésticos. Neste sentido, objetivou-se com o presente estudo, descrever os arranjos anatômicos do suprimento arterial da glândula adrenal no gato doméstico. Para realização do presente estudo foram utilizados oito cadáveres de felinos, de ambos os sexos e de raças e idades variadas, doados pela Unidade de Vigilância em Zoonose de Maceió para realização de estudos anatômicos no Laboratório de Anatomia Animal  da Universidade Federal de Alagoas. Após o processo de fixação cadavérica com solução de formaldeído a 10%, os animais foram colocados em decúbito lateral esquerdo, sendo realizada dissecação da região do triangulo femoral, no membro pélvico esquerdo para cateterização da artéria femoral esquerda e infusão de gelatina corada na cor vermelha, para uma melhor visualização da vascularização da glândula adrenal. Finalizada a infusão da gelatina, os animais foram mantidos em câmaras refrigeradas a 8oC por cerca de 48hs. Os resultados do presente estudo exibiram que as glândula adrenal direita ocupou posição mais cranial em relação à glândula adrenal  do antímero esquerda. Os arranjos anatômicos vasculares, observados nos animais dissecados, exibiram que os vasos responsáveis pela irrigação das glândulas foram provenientes das artérias frênica caudal direita, renal direita, abdominal cranial direita, primeira lombar e aorta abdominal. Com base nos resultados do presente estudo, pôde-se afirmar que, em felinos domésticos, os arranjos anatômicos das artérias que irrigam as glândulas adrenais difere entre indivíduos do sexo masculino e feminino.


  • Mostrar Abstract
  • Regarding the creation of domestic pets, it is notable that there is an increase in the population of felines as pets around the world. It is important to emphasize that, depending on the characteristics of their physiology, domestic cats are more likely to suffer dysfunctions in their endocrine glands, due to acute stresses inside human homes, specifically, in environments not planned for the behavior of the animal. Organic substances can favor or increase the animal's susceptibility to infectious diseases and increase the predisposition to the development of neoplasms, due to the direct relation to the stress suffered by the animal for a long period. Diseases of the adrenal glands, in veterinary medicine, are usually reported in dogs, and few anatomical or anatomopathological studies of the adrenal glands of domestic cats have been observed. In this sense, the objective of the present study was to describe the anatomical arrangements of the arterial supply of the adrenal gland in the domestic cat. To carry out the present study, eight feline corpses of both sexes and of different races and ages were used, donated by the Zoonosis Surveillance Unit of Maceio for anatomical studies at the Animal Anatomy Laboratory of the Federal University of Alagoas. After the cadaveric fixation process with a 10% formaldehyde solution, the animals were placed in the left lateral decubitus position, with dissection of the femoral triangle region in the left pelvic limb for catheterization of the left femoral artery and infusion of red-stained gelatin. , for a better visualization of the vascularization of the adrenal gland. After the gelatin infusion, the animals were kept in refrigerated chambers at 8oC for about 48 hours. The results of the present study showed that the right adrenal gland occupied a more cranial position in relation to the left antimere adrenal gland. The vascular anatomical arrangements observed in the dissected animals showed that the vessels responsible for irrigation of the glands came from the right caudal phrenic, right renal, right cranial abdominal, first lumbar and abdominal aorta arteries. Based on the results of the present study, it can be stated that, in domestic cats, the anatomical arrangements of the arteries that supply the adrenal glands differ between male and female individuals.

2021
Dissertações
1
  • CLÁUDIA VÍVIAN DE OLIVEIRA AMORIM
  • Ocorrência de focos de mormo em equídeos no estado de Alagoas, no período de 2013 a 2020.

  • Orientador : KARLA PATRICA CHAVES DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • KARLA PATRICA CHAVES DA SILVA
  • ANNELISE CASTANHA BARRETO TENORIO NUNES
  • SANDRA REGINA FONSECA DE ARAÚJO VALENÇA
  • Data: 14/01/2021

  • Mostrar Resumo
  • O mormo é uma zoonose infectocontagiosa de alta morbidade e mortalidade, que acomete os equídeos, e ocorre de forma endêmica em diferentes partes do mundo. É listada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento como uma doença de notificação compulsória de qualquer caso suspeito. Alagoas tem na agropecuária a base de sua economia, motivo pelo qual a criação de equídeos tem grande importância socioeconômica para o estado. Assim, objetivou-se, por meio da pesquisa, descrever a ocorrência de focos de mormo em equídeos no estado de Alagoas, no período de 2013 a 2020, a fim de se conhecer melhor sua situação epidemiológica no estado e de auxiliar a escolha das medidas de controle e erradicação mais eficazes.


  • Mostrar Abstract
  • Glanders is an infectious zoonosis of high morbidity and mortality, that mainly affects equidae, and occurs endemically in different parts of the world. It is listed by the brazilian Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento as a disease of compulsory notification of any suspicious case. Alagoas has in agriculture the basis of its economy, which is why the creation of equidae has great socioeconomic importance for the state. Thus, considering the reemerging profile of the disease and its importance for public health, the objective of this study was to describe the occurrence of foci of glanders in equidae in the state of Alagoas, in the period from 2013 to 2020, in order to better understand the epidemiological situation in the state and to help the choice of the most effective control and eradication measures. The study data were obtained from the research forms used in the opening, monitoring and sanitation of foci of animal diseases by the Official Veterinary Service of Alagoas (SVO-AL) and demonstrated that glanders is present endemicly in the state, being considered a health and economic problem for equine agribusiness and a risk to the health of the population, demonstrating the need to strengthen the control and eradication measures of the disease in Alagoas.

2
  • JOBSON DA SILVA NASCIMENTO
  • Avaliação da embriotoxicidade de águas residuais e sedimento do rio Paraíba do Meio

  • Orientador : THIAGO BARROS CORREIA DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • THIAGO BARROS CORREIA DA SILVA
  • DANILLO DE SOUZA PIMENTEL
  • ELTON LIMA SANTOS
  • Data: 15/01/2021

  • Mostrar Resumo
  • A atividade humana vem modificando o ecossistema ao longo dos anos, depositando contaminantes nos lençóis de água, dentre eles possíveis componentes tóxicos, que podem alcançar as pessoas impactando-as diretamente. Estima-se que no Brasil cerca de 105 milhões de pessoas habitem áreas sob o risco de contrair enfermidades causadas por micro-organismos e derivados tóxicos em água não tratada ou contaminada, assim, potencializando possíveis anomalias. O rio Paraíba do Meio, fundamental para o desenvolvimento agropecuário e subsistência de inúmeras famílias ribeirinhas, zona da mata alagoana, município de Viçosa Alagoas, exposto, serve de depósito de resíduos não neutralizados. Neste sentido, o projeto vislumbrou o uso do teste de toxicidade aguda em embriões de Danio rerio para avaliar águas residuais e sedimento oriundos do mesmo. Utilizou-se 30 embriões por concentração teste, mantidos em um total de 05 embriões por poços em placas/poços com 2 ml, incluindo-se cinco níveis em concentrações crescentes a 1%, 25%, 50%, 75% e 100% (v/v) e um controle, avaliados a cada 24 horas dentre o período total de 96 horas. Revelou-se bioatividade entre as frações/concentrações ‘endpoints’ em ambos os elementos teste, entre-as, a CL501;2;3 100%96 h de mortalidade dos embriões em ambos os elementos teste, teratogenicidade de 0; 25; 25; 55 e 100 % amostra1; 0; 100; 100; 100; 100 % amostras2;3 em águas residuais nas concentrações 1%, 25%, 50%, 75% e 100% e 0; 65; 100; 100; 100 % amostra1; 0; 100; 100; 100; 100 % amostras2;3 em sedimento nas concentrações 1%, 25%, 50%, 75% e 100% respectivamente. A partir dos resultados encontrados ficou evidente a toxicidade nos estágios iniciais de desenvolvimento do peixe Danio rerio, sendo essencial o monitoramento e controle adequado dos descartes de resíduos industriais e efluentes domésticos no rio Paraíba do Meio.


  • Mostrar Abstract
  • The Study envisioned the use of the acute toxicity test in Danio rerio embryos to evaluate wastewater and sediment from the Paraíba do Meio River.A collection pool was carried out during september 2020 at three predetermined points in the municipality of Viçosa Alagoas. The tests included five levels in decreasing concentrations and one control, evaluated every 24 hours between the total period of 96 hours. Such toxic effects changed between the points, observing bioactivity between the fractions/concentrations 'endpoints' in both elements, thus determining the LC50. From the results found, toxicity was evident in the early stages of development of zebra-fish, monitoring and proper control of the disposal of industrial waste and domestic effluents in the Paraíba do Meio River is essential. It is concluded that the river is toxic.

3
  • ANDREZZA CAVALCANTI DE ANDRADE
  • Mensuração de biomarcadores na identificação precoce de lesão renal em cadelas com piometra

  • Orientador : MARCIA KIKUYO NOTOMI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARCIA KIKUYO NOTOMI
  • MIRIAM NOGUEIRA TEIXEIRA
  • FABÍOLA PAES LEME
  • Data: 20/01/2021

  • Mostrar Resumo
  • A piometra é uma doença reprodutiva comum em cães fêmeas intactas e consiste de infecção uterina, frequentemente acometida por bactérias Escherichia coli, com formação de secreção purulenta, que pode gerar disfunções glomerulares e/ou tubulares, ou ambas, mesmo após a realização da ovariohisterectomia (OH). A proteinúria é identificado em aproximadamente metade das cadelas com piometra, geralmente leve e frequentemente transitória. Entretanto, aproximadamente, 8% dos cães com piometra por E. coli desenvolvem insuficiência renal pós histerectomia. Em estudos retrospectivos foram relatos injúrias renais em paciente submetidos ao procedimento cirúrgico, em virtude do diagnóstico da piometra como enfermidade primária, porém não há consenso acerca dos níveis de comprometimentos glomerulares. Atualmente, os métodos de diagnósticos utilizados, a concentração de ureia e creatinina séricas, são tardios e as elevações significativas desses bioquímicos somente são identificados quando aproximadamente 75% dos néfrons já estão acometidos. Estudos tem demonstrado que novos marcadores, como a Dimetilarginina simétrica (SDMA) sérica e o Gama Glutamil Transferase urinária (uGGT), podem ser mais precoces na identificação da injúria renal que a creatinina sérica (sCr), o parâmetro rotineiramente utilizado. Estudos demonstraram o aumento do SDMA em 25% de redução da filtração glomerular; já o uGGT pode ser identificada na urina em lesões de células tubulares, já que é uma enzima presente no interior destas células. A antecipação na detecção da lesão renal é essencial para uma rápida adaptação do tratamento, evitando consequências severas e/ou irreversíveis, como a insuficiência renal, e assim, possibilitando o aumento na taxa de sucesso do tratamento.


  • Mostrar Abstract
  • Pyometra is a common reproductive disease in intact female dogs and consists of uterine infection, frequently affected by Escherichia coli (E. coli) bacteria, with formation of purulent secretion, which can generate glomerular and / or tubular dysfunctions, or both, even after performing the hysterectomy ovary (OH). Proteinuria is identified in approximately half of the dogs with pyometra, which is generally mild and often transient. However, approximately 8% of dogs with pyometra by E. coli develop renal failure after hysterectomy. In retrospective studies, kidney injuries were reported in a patient undergoing the surgical procedure, due to the diagnosis of pyometra as a primary disease, but there is no consensus about the levels of glomerular involvement. Currently, the diagnostic methods used, the concentration of serum urea and creatinine, are late and the significant elevations of these biochemicals are only identified when approximately 75% of the nephrons are already affected. Studies have shown that new markers, such as serum symmetric Dimethylarginine (SDMA) and the Urinary Glutamyl Transferase Range (uGGT), may be earlier in the identification of renal injury than serum creatinine (sCr), the parameter routinely used. As well as the protein: urinary creatinine (uPC) ratio, which are important markers in the structural damage of the nephrons. Studies have shown an increase in SDMA by 25% reduction in glomerular filtration; uGGT can be identified in urine in lesions of tubular cells. The uPC, although considered early in the harmful identification, does not determine the location of the renal insult. Anticipating the detection of kidney injury is essential for a quick adaptation of the treatment, avoiding severe and/or irreversible consequences, such as renal failure, and thus, allowing an increase in the treatment success rate.

4
  • ANNE CAROLINE DE JESUS OLIVEIRA
  • AVALIAÇÃO DA MASTITE SUBCLÍNICA POR MÉTODOS DIRETOS E INDIRETOS EM VACAS, NO SEMIÁRIDO DE ALAGOAS, BRASIL

  • Orientador : CHIARA RODRIGUES DE AMORIM LOPES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CHIARA RODRIGUES DE AMORIM LOPES
  • KARLA PATRICA CHAVES DA SILVA
  • ARIANE LOUDEMILA SILVA DE ALBUQUERQUE
  • Data: 28/01/2021

  • Mostrar Resumo
  • Vários fatores podem afetar a produção leiteira, porém um fator negativo e de grande importância são as infecções da glândula mamária, conhecidas como mastite, podendo se apresentar na forma clínica ou subclínica. O controle da mastite subclínica nos rebanhos ainda é um grande desafio, uma vez que, diferente da forma clínica, não apresenta alterações macroscópicas na glândula nem no leite, podendo permanecer silenciosa no rebanho, por longo período de tempo. Sua detecção ocorre apenas pela elevação da contagem de células somáticas (CCS), que corresponde ao conjunto de células de descamação do epitélio glandular mais os leucócitos liberados pelo sistema imune, em resposta às infecções intramamárias. Além de elevar a CCS no leite, a MS reduz a atividade sintética da glândula mamária e altera a composição do leite, gerando grandes prejuízos à pecuária leiteira. O objetivo do presente estudo foi avaliar a MS, por métodos diretos e indiretos, em vacas leiteiras mestiças Holandês-Gir. Para tanto, realizaram-se o California Mastitis Test (teste CMT), exames bacteriológicos, a contagem de células somáticas (CCS) e as imagens termográficas dos quartos mamários de vacas Holandês-Gir, criadas em regime semi-intensivo, em uma propriedade localizada no município de Olho D’água das Flores, região semiárida do Estado de Alagoas. Observou-se que 75,42% (181/240) das amostras de leite por quarto mamário foram positivas para a mastite subclínica pelo teste CMT e 56% (215/384), de acordo com o resultado do exame bacteriológico. Os principais agentes etiológicos isolados foram Staphylococcus sp. (61,7%), Streptococcus sp. (14,8%) e Enterobacteriaceae (12,6%). De acordo com a CCS, 69% (331/480) das amostras de leite por quarto mamário foram positivas para a mastite subclínica (CCS &gt; 200.000 cél./mL). Do percentual de amostras positivas pela CCS, 25,6% apresentou contagem até 500.000 cél/mL e 43,4% ultrapassou esse valor, que é o limite máximo estabelecido pela legislação brasileira que regulamenta a produção, a identidade, a qualidade, a coleta e o transporte do leite no país. As médias dos parâmetros termográficos não diferiram entre os quartos mamários sadios e com MS (p&gt;0,05). Também não houve diferença (p&gt;0,05) entre os parâmetros termográficos e o número de microrganismos isolados (0, 1 e 2). O CMT, a CCS e os exames bacteriológicos constataram, em consonância, que a ocorrência da MS no rebanho avaliado é elevada e que a forma de MS mais frequente é do tipo contagiosa. A termografia infravermelha não é eficiente para diagnosticar a mastite subclínica em vacas leiteiras mestiças Holandês-Gir, sob as condições de avaliação realizadas na presente pesquisa.


  • Mostrar Abstract
  • Among several aspects that can affect milk production, the infections of the mammary gland, known as mastitis, is a very important negative issue, which may be presented in clinical or subclinical form (SM). The control of subclinical mastitis (SM) in herds is still an important challenge because, unlike the clinical form, SM does not present macroscopic changes in the gland or in the milk, and can remain hidden in the herd for a long period of time. SM is mainly detected by the increase of somatic cell count (SCC), which corresponds to the set of cells of desquamation by the glandular epithelium added to the leukocytes released by the immune system, in response to intramammary infections. In addition to raising SCC in milk, SM reduces the synthetic activity of the mammary gland and alters the composition of the milk, generating considerable damage to dairy farming. The aim was to evaluate the association of direct and indirect methods as tools for auxiliary and early diagnosis of subclinical mastitis in Gir cows in full production, coming from the semi-arid region of the State of Alagoas. For this purpose, California Mastitis Test (CMT), bacteriological exams, somatic cell count (SCC) and thermographic images of the mammary quarters of cows reared in a semi-intensive regime were carried out on a property located in the municipality of Olho D'água das Flores, semi-arid region of the State of Alagoas. It was observed that 75.42% (181/240) of the milk samples per mammary quarter were positive for MS by the CMT test and 56% (215/384) by the bacteriological examination. The main etiologic agents isolated were Staphylococcus sp. (61.7%), Streptococcus sp. (14.8%) and Enterobacteriaceae (12.6%). According to the SCC, 69% (331/480) of milk samples per mammary quarter were positive for MS (SCC 200,000 cells/ml). From these, 25.6% had a count of up to 500,000 cells/ml and 43.4% exceeded this value, which is the maximum limit established by Brazilian legislation that regulates milk production. The averages of the thermographic parameters did not differ between the healthy mammary quarters and those with DM (p> 0.05). Likewise, there was no difference (p> 0.05) between the thermographic parameters and the number of isolated microorganisms (0, 1 and 2). The frequency of subclinical mastitis is high in the studied herd and the main type of mastitis found is contagious. Infrared thermography was not presented as an efficient indirect method to diagnose subclinical mastitis in crossbred Holstein-Gir dairy cows, under the evaluated conditions.

5
  • DAVI FRANCISCO DA SILVA
  • Qualidade do leite cru refrigerado coletado de unidades produtoras da zona da mata alagoana.

  • Orientador : JULICELLY GOMES BARBOSA MACEDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA CAROLINA BARROS DE FREITAS
  • JULICELLY GOMES BARBOSA MACEDO
  • KARLA PATRICA CHAVES DA SILVA
  • Data: 29/01/2021

  • Mostrar Resumo
  • A qualidade do leite é uma das temáticas mais discutidas atualmente no cenário nacional da cadeia produtiva do leite. Com isso, o objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade do leite cru refrigerado obtido em unidades produtoras em parceria com uma unidade de captação, na região da Zona da Mata Alagoana. Sendo realizada a coleta de dados das propriedades com o auxílio de um questionário semiestruturado. Foi considerado doze parâmetros inerentes à atividade leiteira ao qual podem influenciar na qualidade da matéria-prima, sendo: nível de produção, sistemas de produção, de ordenha, de resfriamento, mão-de-obra, assistência técnica, frequência da assistência, higienização dos tetos, do resfriador e da ordenha, desinfecção dos tetos e estrutura do ambiente de ordenha. As amostras de leite foram analisadas em relação a sua composição: gordura, proteína, lactose e Extrato Seco Total (EST), Contagem de Células Somáticas (CCS) e cultura microbiológica. As variáveis foram submetidas à análise de variância, sendo utilizado para comparação de médias o teste de Tukey a 5% de probabilidade de erro. Os demais dados para discussão ainda estão passando por análise estatística sendo então até o dia da qualificação apresentados. 


  • Mostrar Abstract
  • The quality of milk is one of the most discussed topics currently on the national scene of the milk chain. Thus, the objective of this work was to evaluate the quality of chilled raw milk and the socioeconomic profile of milk producers in production units in the Alagoas forest area. Data collection was carried out on the properties with the aid of a semi-structured questionnaire. Twelve parameters were considered inherent to the activity that can deviate in the quality of the raw material, being the level of milk produced; production, milking and cooling systems; labor; technical assistance; frequency of technical assistance; hygiene of the ceilings, cooler and milking; decontamination of the ceilings and characteristics of the milking environment. In addition, somatic cell counts (CCS) and microbiological culture analysis were also performed. The variables were subjected to analysis of variance, and Tukey&#39;s test at 5% probability of error was used to compare means. The properties of the acquired municipalities, the city of Cajueiro obtained as the highest averages for CCS and the municipality of Mar Vermelho the best results for CCS, providing in accordance with IN 77/2018 - MAPA. CCS was influenced by the amount of produce, type of labor and cleaning of the milk cooler. The microorganisms most frequently found belonged to the
    Enterobacteriacea family 19.50% (14.62 / 75) and to the genera Staphylococcus 16.64% (12.48 / 75) and Corynebacteruim 15.60% (11.7 / 75), showing failures in milking management. Among the interviewed producers, most of them were men, married, aged up to 60 years and with elementary and secondary education. There was no significant difference P &lt;0.05 for the cities studied for the physical-chemical analysis. The predominant breed was Girolando, the properties had a low technological level of production and performed manual milking. Among the milking procedures, few producers performed the pre-immersion and post-immersion of the teats in a commercial solution based on iodine. There is high contamination by environmental bacteria and from the mammary gland, the producers are predominantly from family farming, the level of training of the producer impacts on the proper cleaning of the expansion tank, in addition the volume of production and the type of labor has influence about the quality of milk.

6
  • LUCAS SANTANA DA FONSECA
  • Sanidade de jumentos nordestinos submetidos ao extrativismo para exportação de peles

  • Orientador : PIERRE BARNABE ESCODRO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • PIERRE BARNABE ESCODRO
  • TOBYAS MAIA DE ALBUQUERQUE MARIZ
  • CHIARA ALBANO DE ARAÚJO OLIVEIRA
  • Data: 29/01/2021

  • Mostrar Resumo
  • Os asininos apresentam características anatômicas e fisiológicas peculiares à espécie, permitindo que fossem inseridos na América do Sul para utilidade de tração, por possuírem alta adaptalidade aos fatores ambientais, facilidade de locomoção em terrenos irregulares e eficiência reprodutiva em ambientes semiáridos. Com o advento da mecanização do transporte e da produção agrícola, os asininos tiveram importância diminuída, levando à marginalização da espécie, exteriorizada pelo abandono de milhares de animais em estradas e rodovias, causando acidentes de trânsito e constituindo significativo reservatório de doenças infectocontagiosas, como Anemia Infecciosa Equina (AIE), Mormo e algumas arboviroses. A partir desse cenário de vulnerabilidade em que se encontravam, estes animais passaram a ser visados pela indústria chinesa que os recolhem e abatem para o comércio de carne e pele, no intuito da comercialização de uma especiaria chamada ejiao. Cerca de 800 jumentos confinados em uma área utilizada como entreposto de recebimento e encaminhamento para abate foram abandonados em Canudos-BA. Após denúncias de maus tratos a sociedade civil atuou para salvar os animais. Foi constituída uma força tarefa que planejou ações e atividades veterinárias e zootécnicas atuando diariamente no manejo sanitário, na alimentação, e nos cuidados clínicos na assistência aos jumentos abandonados. Foram diagnosticados casos positivos de mormo, anemia infecciosa equina, herpesvírus equino e babesiose equina. Este capítulo contextualiza o extrativismo dos jumentos do nordeste do Brasil para o mercado internacional de pele, focando em ocorrências recentes e nos aspectos sanitários. O objetivo desta comunicação foi relatar para a comunidade científica as intervenções nas áreas de saúde e bem-estar animal no episódio dos jumentos nordestinos vítimas do comércio internacional. É fundamental mudar a abordagem em relação ao manejo de jumentos no Brasil, e apelar para a necessidade de identificar maneiras éticas e sustentáveis de incorporar os jumentos no Brasil do século 21.


  • Mostrar Abstract
  • Donkeys have anatomical and physiological characteristics to the species, allowing them to be inserted in South America for traction purposes, as they have high adaptability to environmental factors, ease of movement in irregular terrains and reproductive efficiency in semiarid environments. With the advent of mechanization of transport and agricultural production, donkeys had a diminished importance, leading to the marginalization of the species, externalized by the abandonment of thousands of animals on roads and highways, causing traffic accidents and constituting a significant reservoir of infectious diseases, such as A Infectious Equine aNEMIA(IEA), galnders and arboviruses.From this scenario of vulnerability in which they found themselves, these animals began to be targeted by the Chinese industry, which gathers and slaughters them for the meat and skin trade, with the aim of selling a spice called ejiao. About 800 donkeys confined in an area used as a receiving warehouse and sent for slaughter were abandoned in Canudos-BA. After reports of ill-treatment, civil society acted to save the animals. A task force was set up that planned veterinary and zootechnical actions and activities, acting daily in health management, feeding, and clinical care in assisting abandoned donkeys. Positive cases of glanders, equine infectious anemia, equine herpesvirus and equine babesiosis were diagnosed. This chapter contextualizes the extraction of donkeys from northeastern Brazil for the international skin market, focusing on recent occurrences and health aspects. The objective of this dissertation was to report to the scientific community the interventions in the areas of animal health and welfare in the episode of Northeastern donkeys victims of international trade. It is essential to change the approach to donkey handling in Brazil, and to appeal to the need to identify ethical and sustainable ways to incorporate donkeys into 21st century Brazil.

7
  • MIK SUELEN PEREIRA SANTOS
  • Morfometria da artéria celíaca e seus ramos, artéria mesentérica cranial e caudal em caninos domésticos (Canis familiaris, Linnaeus, 1758) (Mammalia: canivora: canidae).

  • Orientador : DANILLO DE SOUZA PIMENTEL
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DANILLO DE SOUZA PIMENTEL
  • THIAGO BARROS CORREIA DA SILVA
  • FERNANDO WIECHETECK DE SOUZA
  • GRAZIELA KOPINITS DE OLIVEIRA
  • Data: 29/01/2021

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se com o desenvolvimento deste trabalho, realizar a morfometria da artéria celíaca e de seus ramos, artéria mesentérica cranial e caudal em caninos domésticos. Para realização do presente estudo foram utilizados dez cadáveres de caninos, sendo quatro animais do sexo feminino e seis do sexo masculino, ambos sem raça definida e de idades variadas. Para a fixação dos cadáveres foi infundido solução de formaldeído a 10% pela artéria carótida comum esquerda, seguida de aplicações intramusculares, subcutâneas e submersão em tanque contendo a mesma solução fixadora, por período de 48 horas. Após o tempo de fixação, os animais foram colocados em decúbito lateral esquerdo, sendo realizada celiotomia por incisão paramediana longitudinal xifo-púbica. Com o paquímetro digital foi realizado a morfometria da artéria celíaca e de seus ramos, mesentérica cranial e caudal, em 4 pontos ( P1= Hiato aórtico /eminência da Artéria Celíaca ;P2= Eminência da Artéria celíaca/bifurcação ou trifurcação; P3=Artéria celíaca/Eminência da Artéria mesentérica cranial;P4=Artéria mesentérica cranial / Eminência Artéria mesentérica Caudal). Após aferição do peso médio dos animais, estes variaram entre 7,4kg a 24,4 kg com um a média de 15,42± 4,53 kg quanto a mensuração biométrica longitudinal obteve-se de média nos pontos P1; P2; P3 e P4 respectivamente os valores de 12,10mm; 14,83mm; 10,23mm e 70,41mm; o ponto P1 em 100%(dez) originaram-se da face ventral da A. aorta abdominal. A observação do P2 apenas um animal do sexo feminino 10% (01/10), apresentou uma trifurcação da a. celíaca em ramos gástrico, esplênico e hepático. Concluiu-se que a morfometria da origem dessas artérias são variadas e que corrobora com os autores citados. Entretanto, a identificação da trifurcação na artéria celíaca mostra que mesmo identificada é pouco relatada dificultando assim uma maior disseminação dessa informação e de mostra outras possíveis variações arteriais. Sendo necessários mais estudos para maior mensuração e precisão dessas variações morfométricas.


  • Mostrar Abstract
  • The objective of this work was to perform the morphometry of the celiac artery and its branches, the cranial and caudal mesenteric artery in domestic canines. To carry out the present study, ten canine cadavers were used, four of which were female and six were male, both mixed-race and of varying ages. To fix the cadavers, a 10% formaldehyde solution was infused through the left common carotid artery, followed by intramuscular, subcutaneous applications and submersion in a tank containing the same fixative solution for a period of 48 hours. After the fixation time, the animals were placed in the left lateral decubitus position, and celiotomy was performed by a longitudinal xiphos-pubic paramedian incision. With the digital pachymeter, the morphometry of the celiac artery and its branches, cranial and caudal mesenteric, was performed in 4 points (P1 = Aortic gap / Celiac artery eminence; P2 = Celiac artery eminence / bifurcation or trifurcation; P3 = Celiac artery / The eminence of the cranial mesenteric artery; P4 = Cranial mesenteric artery / Eminence Caudal mesenteric artery). After measuring the average weight of the animals, they ranged from 7.4 kg to 24.4 kg with an average of 15.42 ± 4.53 kg as the longitudinal biometric measurement was obtained from the mean at points P1; P2; P3 and P4 respectively, the values of 12.10mm; 14.83mm; 10.23mm and 70.41mm; the P1 point in 100% (ten) originated from the ventral surface of the abdominal A. aorta. The observation of P2 only one female animal 10% (10/01), showed a trifurcation of a. celiac in gastric, splenic, and hepatic branches. It was concluded that the morphometry of the origin of these arteries is varied and corroborates with the authors mentioned. However, the identification of trifurcation in the celiac artery shows that even if it is identified it is rarely reported, thus hindering greater dissemination of this information and showing go their possible arterial variations. Further studies are needed for greater measurement and accuracy of these morphometric variations.

8
  • ÁLVARO AUGUSTO RAMOS RIBEIRO
  • Avaliação da utilização de diferentes percentuais de inclusão de farelo de palma sobre o desempenho de coelhos

  • Orientador : TOBYAS MAIA DE ALBUQUERQUE MARIZ
  • MEMBROS DA BANCA :
  • TOBYAS MAIA DE ALBUQUERQUE MARIZ
  • PIERRE BARNABE ESCODRO
  • JULIMAR DO SACRAMENTO RIBEIRO
  • Data: 29/01/2021

  • Mostrar Resumo
  • A cunicultura é uma atividade de grande potencial produtivo para o país, visto que causa baixo impacto ambiental e exige baixo investimento quando comparada a outras atividades, sendo uma atividade agropecuária capaz de atender as demandas por carne, pele, pelos entre outros produtos e coprodutos. No entanto a produção de coelhos ainda é incipiente no Brasil, fato que que está ligado a aspectos culturais e a falta de incentivos à produção e consumo de seus produtos. Assim como em outras atividades de produção animal, os custos com alimentação podem representar até 70% dos gastos do setor. Nesse sentido, a busca por tecnologias aplicadas a alimentação dos coelhos que proporcionem melhor competitividade a produção são grandes incentivos a cadeia produtiva. Buscando testar a influência da utilização do farelo de palma como ingrediente energético em substituição ao milho na formulação de dietas para coelhos, testou-se a inclusão de 0,15,30 e 45% desse ingrediente na formulação. Conclui-se que a inclusão de 45% de farelo de palma na formulação de dietas para coelhos permite a substituição de 92% do milho na formulação sem comprometer o desempenho dos animais.


  • Mostrar Abstract
  • The cunicultire is an activity that bears high socio-economic potential. This is due to the low environmental impacts of this productive chain, allied with the low investments needed to install it when compared to other agricultural activities. This productive system is able to fulfill demands of meat, skin, fur and other products and subproducts.
    However, the rabbits production in Brazil is not well developed yet, what may be justified by cultural aspects and the lack of incentive to production and comsumption of this product. As well as other animal production activities, the costs with animals food intake may represent 70% of the investment. In this sense, the development of Technologies that may be Applied in rabbits feed processes in order to increase production are great stimulus for the productive chain. To evaluate the influence of forage palm bran as an energetic ingredient that would substitute corn in rabbit diets we tested the inclusion of 0, 15, 30 and 45% of pal bran in rabbits food and concluded that the inclusion of 45% of forage palm bran allowed the substitution of 92% of corn without decreases in animal performances.

9
  • VIVIANE MELO COELHO BARROS
  • Estudo epidemiológico da infecção por Dirofilaria immitis em cães provenientes do litoral de Alagoas

  • Orientador : WAGNNER JOSE NASCIMENTO PORTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • WAGNNER JOSE NASCIMENTO PORTO
  • MULLER RIBEIRO ANDRADE
  • FLAVIANA SANTOS WANDERLEY
  • Data: 29/01/2021

  • Mostrar Resumo
  • A prevalência da infecção por Dirofilaria immitis em cães no Município de Maceió foi relatada por Brito et al. 2000, onde 3,1% dos animais apresentaram microfilaremia. Em virtude dessa lacuna de mais de 20 anos sem dados atualizados da infecção no Estado de Alagoas, objetivou-se no presente trabalho calcular a prevalência e os fatores de risco da infecção pro D. immitis em cães do litoral de Alagoas. Foram coletadas amostras de sangue de 426 cães domiciliados e semidomiciliados, com idade superior a seis meses, de ambos os sexos, totalizando 197 fêmeas e 229 machos, sem distinção de raça porte ou pelagem, utilizando seringas de 5 mL, com agulhas 22G, através da punção da veia cefálica, executando a imobilização de forma física pelo tutor, sendo estes provenientes de 15 municípios do litoral de Alagoas (Maceió, Paripueira, Barra de Santo Antônio, Passo de Camaragibe, São Miguel dos Milagres, Porto de Pedras, Japaratinga, Maragogi, Marechal Deodoro, Barra de São Miguel, Roteiro, Jequiá da Praia, Coruripe, Feliz Deserto e Piaçabuçu). No momento da coleta, foi realizado um questionário abordando os fatores de risco (sexo, idade, sinais clínicos, raça, porte da raça, pelame, cor da pelame, vermifugação, presença de mosquito, relato de viagem, perfil e origem do animal, e manejo) com cada tutor. Para análise parasitológica, foi realizada a técnica modificada de Knott, onde os animais positivos foram selecionados com o critério de apresentar menos de 100 microfilárias por lâmina, seguirão para realizar o teste sorológico ELISA (teste rápido-comercial). Os materiais biológicos foram processados no laboratório de Doenças Parasitárias dos Animais Domésticos da Universidade Federal de Alagoas/ Unidade Educacional Viçosa, Campus de Engenharias e Ciências Agrárias - CECA. Observou-se a prevalência de 93,33% (14/15) de cães com microfilaremia nos municípios avaliados. Das 426 amostras examinadas, foi detectada a presença de microfilária em 23,47% (100/426), cujo município de maior prevalência foi Jequiá da Praia 54,54% (18/33) e a menor prevalência foi observada em Feliz Deserto 0% (0/17). Dos animais microfilarêmicos selecionados amostras apenas com menos de 100 microfilárias por lâmina, correspondendo a 65% (65/100) e estas submetidas ao exame de imunoadsorção enzimática (ELISA) para a pesquisa de antígenos específicos de Dirofilaria immitis. Do total de amostras analisadas pelo exame sorológico, 26,15% (17/65) reagiram positivamente. Foi observada diferença significativa em relação ao sexo, com 30,6% (70/229) nos machos e 15,2% (30/197) nas fêmeas (p&lt;0,001), e o manejo, tendo em vista que 31% (71/229) dormem no quintal; 23,1% (3/13) são semidomiciliados e apenas 10,3% (8/78) dormem no interior da residência (p&lt;0,001). Os dados apresentados demonstram a necessidade da utilização de mais de uma técnica de diagnóstico para a detecção da infecção por D. immitis em cães, além do incremento da prevalência dessa infecção na região estudada, observando-se como fatores de risco o manejo e o sexo dos animais, caracterizando a região estudada como endêmica.


  • Mostrar Abstract
  • The prevalence of infection by Dirofilaria immitis in dogs from Maceió city was reported by Brito et al. 2000. The results showed a prevalence of 3.1% of the animals with microfilaremia. There is no information around 20 years without updated data on infection in the State of Alagoas, Brazil. The goals of the present study was to calculate the prevalence and risk factors for infection by D. immitis in dogs from the coast of Alagoas. Blood samples were collected from 426 domiciled and semi-domiciled dogs.  The dogs had over the age of six months, both sexes, 197 females and 229 males, regardless of breed size or coat. The blood samples was collected of animals from 15 municipalities on the coast of Alagoas (Maceió, Paripueira, Barra de Santo Antônio, Passo de Camaragibe, São Miguel dos Milagres, Porto de Pedras, Japaratinga, Maragogi, Marechal Deodoro, Barra de São Miguel, Roadmap, Jequiá da Praia, Coruripe, Feliz Deserto and Piaçabuçu). Questions was conducted addressing the risk factors (sex, age, clinical signs, race, breed size, hair, hair color, deworming, presence of mosquito, travel report, animal profile, origin and management). For the parasitological analysis, the modified Knott technique was performed, where the positive animals were selected with the criterion of having less than 100 microfilariae per slide. A prevalence of 93.33% (14/15) of dogs with microfilaremia was observed in the cities evaluated. Of the 426 samples examined, the presence of microfilariae was detected in 23.47% (100/426), whose municipality with the highest prevalence was Jequiá da Praia 54.54% (18/33) and the lowest prevalence was observed in Feliz Deserto 0 % (0/17). Of the microfilaremic animals selected, samples with only less than 100 microfilariae per slide, corresponding to 65% (65/100) and these were subjected to search for specific antigens ELISA assay of Dirofilaria immitis. Of the total samples analyzed by ELISA assay, 26.15% (17/65) was positive. There was a significant difference in relation to sex, with 30.6% (70/229) in males and 15.2% (30/197) in females (p <0.001). About management of dogs, 31% (71 / 229) sleep in the Garden; 23.1% (3/13) are semi-households and only 10.3% (8/78) sleep inside the residence (p <0.001). The data presented demonstrate the need to use more than one diagnostic technique for the detection of D. immitis infection in dogs. In addition, the prevalence was high. Some risk factos was noted like management and sex. The results showed the regions as endemic for D. immitis infection in dogs.

10
  • MÁRCIO CALIXTO MATIAS
  • Vitrificação de espermatozoides ejaculados de carneiros

  • Orientador : DIOGO RIBEIRO CAMARA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DIOGO RIBEIRO CAMARA
  • GUSTAVO FERRER CARNEIRO
  • VALESCA BARRETO LUZ
  • Data: 11/03/2021

  • Mostrar Resumo
  • A criopreservação de sêmen é uma biotécnica de considerável impacto econômico, por ser uma das técnicas base para a implantação de outras biotecnologias de conservação e multiplicação de recursos genéticos, como a inseminação artificial e produção in vitro de embriões. Embora a congelação clássica seja a técnica mais utilizada para criopreservar sêmen de ovinos, ela ainda apresenta algumas limitações nesta espécie. Com isso, surgem novos métodos de criopreservação, sendo a vitrificação espermática um dos mais promissores. A vitrificação de sêmen apresenta diversas vantagens, por ser um método rápido e de baixo custo, mas principalmente a não formação de cristais de gelo. No entanto, existem poucos estudos sobre sua eficiência com sêmen ejaculado de carneiros e o uso da galactose como crioprotetor extracelular, bem como os efeitos que esses crioprotetores e as técnicas de criopreservação exercem aos espermatozoides. O presente estudo foi desenvolvido para avaliar o efeito da galactose (0,01 M), associada ou não ao glicerol (3 e 7%) em meio comercial na vitrificação de espermatozoides de carneiros pelo método de palhetas. Ejaculados de seis carneiros da raça Dorper foram coletados com vagina artificial, diluídos individualmente nos meios testados e as amostras foram envasadas em palhetas de 0,25 ml. Para avaliar efeito das diferentes técnicas sobre a qualidade espermática após a criopreservação, as amostras foram criopreservadas utilizando tanto o método clássico quanto vitrificação, tendo sido analisados posteriormente a cinemática, morfologia, morfometria, viabilidade, integridade física e funcional da membrana espermática. A vitrificação espermática apresentou resultados inferiores (p&lt;0,05) à congelação clássica, pois não apresentou motilidade em nenhum dos extensores, bem como baixos valores de viabilidade, integridade física e funcional da membrana. A vitrificação resultou em maior porcentagem de cauda fortemente enrolada e menor percentual de células reativas ao teste hiposmótico em todos os extensores quando comparado com a congelação clássica (p&lt;0,05). Além disso, a utilização de extensores adicionados de galactose sem ou com ou glicerol a 3% e 7% aumentou significativamente o percentual de defeitos maiores. Conclui-se que a galactose e o glicerol nas concentrações utilizadas foram ineficazes para vitrificação de espermatozoides de ovinos pelo método de palhetas.


  • Mostrar Abstract
  • Semen cryopreservation is a biotechnique with substantial economic impact, since it is the basic technique to implement further biotechnologies on conservation and multiplication of genetic resources, such as artificial insemination and in vitro embryo production. Although classical freezing is the most common technique to cryopreserve sheep semen, it has some limitations in this species. Therefore, new methods of cryopreservation have been developed, with sperm vitrification being one of the most promising. Semen vitrification has several advantages, as a fast and low-cost method, but mainly due to avoid ice crystals formation. However, there are few
    studies evaluating its efficiency with sheep ejaculated semen and the use of galactose as an extracellular cryoprotectant, as well as the effects that these cryoprotectants and cryopreservation techniques have on sperm. The present study was developed to evaluate the effect of galactose (0.01 M), associated or not with glycerol (3 and 7%) in commercial medium on vitrification of sheep sperm using the straw method. Ejaculates from six Dorper rams were collected with artificial vagina, individually diluted in tested media and the samples were packed in 0.25 ml straws. To assess the effect of different techniques on sperm quality after cryopreservation, the samples were cryopreserved using both classical and vitrification methods, and the kinematics, morphology, morphometry, viability, physical and functional integrity of the sperm membrane were analyzed. Sperm vitrification had lower results (p &lt;0.05) than classic freezing, as no motility was detected in any tested extender, as well as lower values of viability, physical and functional integrity of the membrane were observed. The vitrification resulted in a higher percentage of coiled tail and a lower percentage of cells reactive to hyposmotic test in all extenders when compared to classical freezing (p &lt;0.05). In addition, the use of extenders added with galactose without or with both 3% and 7% glycerol significantly increased the percentage of major defects. It was concluded that galactose and glycerol at the concentrations used were ineffective for vitrification of sheep sperm using the straw method.

11
  • ESTHER ABIHAIL FUENTES ARÉVALO
  • A UTILIZAÇÃO DE OZÔNIO NA PREVENÇÃO E TERAPÊUTICA DE MASTITE EM VACAS LEITEIRAS

  • Orientador : PIERRE BARNABE ESCODRO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • PIERRE BARNABE ESCODRO
  • ANGELINA BOSSI FRAGA
  • JEAN GUILHERME FERNANDES JOAQUIM
  • Data: 28/06/2021

  • Mostrar Resumo
  • A mastite é uma doença que causa diversos problemas na produção e consumo de leite e seus derivados. Essa doença também compromete o bem-estar animal devido ao desconforto causado na vaca e gera prejuízos econômicos ao produtor. A pesquisa teve como objetivo avaliar o uso do ozônio na prevenção e tratamento da mastite em vacas leiteiras, buscando verificar o seu potencial contra a resistência microbiana que vem se consolidando nas últimas décadas. Para a realização dessa pesquisa foi realizada uma revisão da literatura objetivando-se o estudo atual sobre o uso do ozônio no enfrentamento da mastite em vacas leiteiras. Também foi realizada uma prospecção tecnológica com o objetivo de se ter um quadro mais claro da área da pesquisa e os investimentos necessários para assim definir diretrizes baseadas em tecnologias mais atualizadas e de uso mais comum. Com toda esta base do conhecimento estabelecida, foi realizado um experimento visando ao estudo da eficiência do ozônio na prevenção e tratamento da mastite clínica e subclinica em vacas leiteiras. Desse experimento, um relato do caso foi apresentado mostrando o efeito do tratamento controle (antibiótico) comparado com o tratamento de solução ozonizada (5mL de soro ozonizado + 5mL de óleo de girassol ozonizado). Para o projeto de pesquisa, analisou-se o efeito de um tratamento controle (antibiótico) comparado com três tratamentos com ozônio, sendo os grupos a)solução fisiológica ozonizada na concentração de 12,5 μg / ml e duas concentrações diferentes de gás, b) uma a 20 μg /ml e c) outro a 40μmg / ml. Ao final dos estudos, foram obtidos resultados favoráveis para os tratamentos com ozônio, recomendando-se que mais estudos que aprofundem e ampliem o conhecimento a respeito do uso do ozônio para o tratamento da mastite em vacas leiteiras.


  • Mostrar Abstract
  • Mastitis is a disease that causes several problems in the production and consumption of milk and its derivatives. This disease also compromises animal welfare due to the discomfort caused to the cow and generates economic losses for the producer. The research aimed to evaluate the use of ozone in the prevention and treatment of mastitis in dairy cows, seeking to verify its potential against microbial resistance that has been consolidating in recent decades. To carry out this research, a literature review was carried out aiming at the current study on the use of ozone in the fight against mastitis in dairy cows. A technological prospection was also carried out in order to have a clearer picture of the research area and the necessary investments to define guidelines based on more up-to-date and more commonly used technologies. With all this knowledge base established, an experiment was carried out to study the efficiency of ozone in the prevention and treatment of clinical and subclinical mastitis in dairy cows. From this experiment, a case report was presented showing the effect of the control treatment (antibiotic) compared to the ozonized solution treatment (5mL of ozonized serum + 5mL of ozonized sunflower oil). For the research project, the effect of a control treatment (antibiotic) was analyzed compared to three treatments with ozone, being the groups a) ozonized saline solution at a concentration of 12.5 μg / ml and two different concentrations of gas, b ) one at 20 μg /ml and c) the other at 40 μmg / ml. At the end of the studies, favorable results were obtained for treatments with ozone, and it is recommended that further studies that deepen and broaden the knowledge about the use of ozone for the treatment of mastitis in dairy cows.

12
  • LUCAS AUTO LOPES
  • Detecção de Aumento Atrial Esquerdo em Cães Com Deep Learning em Radiografias

  • Orientador : ANAEMILIA DAS NEVES DINIZ
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANAEMILIA DAS NEVES DINIZ
  • FABIANO SELLOS COSTA
  • FLÁVIO RIBEIRO ALVES
  • Data: 15/09/2021

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo do estudo foi desenvolver uma ferramenta para auxiliar o veterinário no diagnostico do aumento do átrio esquerdo em radiografias de tórax em cães. O modelo contém um total de 652 imagens todas usadas no treino e no teste divididas em duas categorias “positiva” e “negativa”. Foram usados Três algoritmos obtendo os seguintes resultados: A acurácia da rede neural foi de 89,7%, sensibilidade de 90%, especificidade de 89,5% e area under the curve (AUC), 95,8%. A acurácia da regressão logística foi de 88,2%, sensibilidade de 88,7%, especificidade de 87,3% e AUC 94,4%. A acurácia da arvore foi de 69,6%, sensibilidade de 68,0%, especificidade de 71,0% e AUC 69,6%. O modelo classificador com diferentes algoritmos que poderá ajudar os radiologistas a melhorar na análise de imagens médicas com redução de erros, iniciando a leitura dupla seletiva.


  • Mostrar Abstract
  • The study aimed to develop a tool to assist the veterinarian in diagnosing left atrial enlargement on chest X-rays in dogs. The model contains a total of 652 images all used in training and testing divided into two categories “positive” and “negative” three algorithms were used, obtaining the following results: The accuracy of the Neural Network was 89.7%, sensitivity of 90%, specificity of 89.5%, and Area Under the Curve (AUC) 95.8%. The accuracy of Logistic Regression was 88.2%, sensitivity 88.7%, specificity 87.8%, and AUC 94.1%. The Decision Tree accuracy was 69.6%, sensitivity 68.0%, specificity 71.0%, and AUC 69.6%. The classifier model with different algorithms can help radiologists improve the analysis of medical images with error reduction, starting a selective double reading.

13
  • HUGO PAES BEZERRA
  • PADRONIZAÇÃO DAS DIMENSÕES CARDÍACAS PELO MÉTODO VERTEBRAL HEART SIZE (VHS) EM CÃES DA RAÇA AMERICAN BULLY.

  • Orientador : CHIARA RODRIGUES DE AMORIM LOPES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANAEMILIA DAS NEVES DINIZ
  • CHIARA RODRIGUES DE AMORIM LOPES
  • GRAZIELA KOPINITS DE OLIVEIRA
  • Data: 09/12/2021

  • Mostrar Resumo
  • Este trabalho teve como objetivo determinar os valores de VHS (Vertebral Heart Size) normais de cães da raça American Bully. Esse método relaciona o valor mensurado do coração em seus eixos curto e longo em vértebras torácicas do animal. Proposto por Buchanan e Bucheler em 1995, estabelece os valores de normalidade do tamanho da silhueta cardíaca para cães, com valor de referência de 9,7±0,5 vértebras. Porém, algumas raças de cães divergem dos valores de referências estabelecidos na literatura, devido as diferentes morfologias características de cada grupo racial, como também suas particularidades anatômicas. Foram avaliadas radiografias torácicas de 50 animais da raça American Bully, saudáveis, para obtenção dos valores de VHS. As imagens radiográficas foram divididas em dois grupos: Grupo I – 7 a 11 meses de idade e Grupo II- 1 a 5 anos de idade. Os dados apontam que não houve diferença entre os valores médios de VHS observados para as duas categorias de idade avaliadas (p&gt;0,05). O VHS apresentou média geral ± desvio padrão de 11,68±0,74 e valores mínimo e máximo de 10,1 e 12,6, respectivamente. O VHS de cães da raça American Bully difere do valor de referência para a espécia (p&lt;0,05) obtidos por Buchanan e Bucheler.


  • Mostrar Abstract
  • This study aimed to determine the normal VHS (Vertebral Heart Size) values of American Bully dogs. This method relates the measured value of the heart in its short and long axes in thoracic vertebrae of the animal. Proposed by Buchanan and Bucheler in 1995, it establishes the normal values of the size of the cardiac silhouette for dogs, with a reference value of 9.7±0.5 vertebrae. However, some dog breeds diverge from the reference values established in the literature, due to the different morphologies characteristic of each racial group, as well as their anatomical particularities. Thoracic radiography of 50 healthy American Bully animals were evaluated to obtain VHS values. Radiographic images were divided into two groups: Group I - 7 to 11 months of age and Group II - 1 to 5 years of age. The data indicate that there was no difference between the mean VHS values observed for the two age categories evaluated (p&gt;0.05). VHS showed an overall mean ± standard deviation of 11.68±0.74 and minimum and maximum values of 10.1 and 12.6, respectively. The VHS of American Bully dogs differs from the reference value for the species (p&lt;0.05) obtained by Buchanan and Bucheler.

2020
Dissertações
1
  • CAROLINE FLEURY CANESIN
  • INQUÉRITO EPIDEMIOLÓGICO E ESTUDO DE CASOS DA BRUCELOSE
    CANINA POR BRUCELLA ABORTUS

  • Orientador : KARLA PATRICA CHAVES DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CHIARA RODRIGUES DE AMORIM LOPES
  • GRAZIELA KOPINITS DE OLIVEIRA
  • KARLA PATRICA CHAVES DA SILVA
  • Data: 21/07/2020

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se com essa pesquisa identificar a brucelose por Brucella
    abortus e os possíveis fatores de risco associados à transmissão da infecção em cães da
    zona urbana do município de Viçosa-AL, assim como alertar as autoridades sanitárias
    sobre o risco dessa potencial zoonose, criar um guia para alertar a população dos riscos
    da doença e a possibilidade de criar um protocolo de teste nos atendimentos clínicos do
    Hospital Veterinário da Universidade Federal de Alagoas. Foi realizado um estudo no
    município de Viçosa-AL para investigar a presença de B. abortus em 30 cães machos
    adultos. Utilizou-se as técnicas de Antígeno Acidificado Tamponado (AAT), como
    prova de triagem e 2- Mercaptoetanol (2-ME) como confirmatório para os positivos no
    AAT com sintomatologia de Brucelose.15 eram domiciliados e 15 semidomiciliados em
    que, 60% (9/15) e 47% (7/15) desses cães foram soro reagentes ao AAT,
    respectivamente. Dos 16 cães soro reagente para AAT, apenas 25% (4/16)

    apresentavam sintomatologia e foram testados com 2-ME, sendo 100% (4/4)
    confirmados, os quais passaram por orquiectomia. Nos exames anatomopatológicos

    foram observadas características típicas de animais brucélicos. O contato com animais
    de produção foi considerado como um fator de proteção (RR = 0,33).


  • Mostrar Abstract
  • Objetivou-se com essa pesquisa identificar a brucelose por Brucella
    abortus e os possíveis fatores de risco associados à transmissão da infecção em cães da
    zona urbana do município de Viçosa-AL, assim como alertar as autoridades sanitárias
    sobre o risco dessa potencial zoonose, criar um guia para alertar a população dos riscos
    da doença e a possibilidade de criar um protocolo de teste nos atendimentos clínicos do
    Hospital Veterinário da Universidade Federal de Alagoas. Foi realizado um estudo no
    município de Viçosa-AL para investigar a presença de B. abortus em 30 cães machos
    adultos. Utilizou-se as técnicas de Antígeno Acidificado Tamponado (AAT), como
    prova de triagem e 2- Mercaptoetanol (2-ME) como confirmatório para os positivos no
    AAT com sintomatologia de Brucelose.15 eram domiciliados e 15 semidomiciliados em
    que, 60% (9/15) e 47% (7/15) desses cães foram soro reagentes ao AAT,
    respectivamente. Dos 16 cães soro reagente para AAT, apenas 25% (4/16)

    apresentavam sintomatologia e foram testados com 2-ME, sendo 100% (4/4)
    confirmados, os quais passaram por orquiectomia. Nos exames anatomopatológicos

    foram observadas características típicas de animais brucélicos. O contato com animais
    de produção foi considerado como um fator de proteção (RR = 0,33).

2
  • TIAGO RODRIGUES DOS SANTOS
  • Bioatividade e toxicidade de extratos de Psychotria capitata Ruiz & Pav. (Rubiaceae) em um modelo experimental Peixe-zebra (Danio rerio)

  • Orientador : THIAGO BARROS CORREIA DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • THIAGO BARROS CORREIA DA SILVA
  • MARIA ALINE BARROS FIDELIS DE MOURA
  • MONICA VALDYRCE DOS ANJOS LOPES FERREIRA
  • Data: 26/11/2020

  • Mostrar Resumo
  • A triagem de substâncias em plantas medicinais com uso de modelos experimentais aquáticos é algo inovador no Brasil. Desta forma foram avaliados os efeitos bioativos e toxicológicos de extratos de Psychotria capitata presentes na zona da mata alagoana frente a embriões e adultos de zebrafish (Danio rerio). Os embriões foram expostos a concentrações de 10-1000μg/mL para avaliação da CL50 em 96h e seus efeitos teratogênicos. Os adultos foram expostos a 60 e 300μg/mL da partição em acetato de etila (AcOET) dos extratos para se avaliarem a bioatividade anestésica e padrão comportamental. A CL50 96h foi de 60,29 μg/mL. Houve 100% de mortalidade nas concentrações de 500-1000μg/mL dos extratos. Os efeitos teratogênicos mais observados (P<0,05) foram edemas de pericárdio e saco vitelínico e atraso na eclosão. Nos animais adultos, apesar de não apresentar a bioatividade anestésica esperada, houve alteração comportamental significativa (p<0,05) com aumento dos comportamentos inativos pós- exposição. Pode-se concluir que a exposição aos extratos de Psychotria capitata causou efeitos tóxicos em embriões com uma alta mortalidade, não produziu anestesia em adultos, entretanto causou aumento dos comportamentos inativos. Diante do exposto, o seu uso como potencial fármaco sedativo deve ser mais bem estudado em razão dos efeitos tóxicos dessas substâncias.

  • Mostrar Abstract
  • A triagem de substâncias em plantas medicinais com uso de modelos experimentais aquáticos é algo inovador no Brasil. Desta forma foram avaliados os efeitos bioativos e toxicológicos de extratos de Psychotria capitata presentes na zona da mata alagoana frente a embriões e adultos de zebrafish (Danio rerio). Os embriões foram expostos a concentrações de 10-1000μg/mL para avaliação da CL50 em 96h e seus efeitos teratogênicos. Os adultos foram expostos a 60 e 300μg/mL da partição em acetato de etila (AcOET) dos extratos para se avaliarem a bioatividade anestésica e padrão comportamental. A CL50 96h foi de 60,29 μg/mL. Houve 100% de mortalidade nas concentrações de 500-1000μg/mL dos extratos. Os efeitos teratogênicos mais observados (P<0,05) foram edemas de pericárdio e saco vitelínico e atraso na eclosão. Nos animais adultos, apesar de não apresentar a bioatividade anestésica esperada, houve alteração comportamental significativa (p<0,05) com aumento dos comportamentos inativos pós- exposição. Pode-se concluir que a exposição aos extratos de Psychotria capitata causou efeitos tóxicos em embriões com uma alta mortalidade, não produziu anestesia em adultos, entretanto causou aumento dos comportamentos inativos. Diante do exposto, o seu uso como potencial fármaco sedativo deve ser mais bem estudado em razão dos efeitos tóxicos dessas substâncias.
2019
Dissertações
1
  • ALISSON ROGERIO DOS SANTOS TORRES
  • OCORRÊNCIA DE LISTERIA SPP. E ASPECTOS MICROBIOLÓGICOS EM QUEIJOS COALHO E MANTEIGA COMERCIALIZADOS FATIADOS NO COMÉRCIO VAREJISTA DE ARAPIRACA–AL.

  • Orientador : OSCAR BOAVENTURA NETO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JULICELLY GOMES BARBOSA MACEDO
  • OSCAR BOAVENTURA NETO
  • SILVIO GOMES DE SA
  • Data: 09/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • Listeria monocytogenes é destacado como sendo um patógeno bacteriano que
    causa doença grave em pessoas e animais, chamada listeriose. Em todo o mundo,
    estima-se que quase 90% dos casos humanos ocorrem após o consumo de alimentos
    contaminados. Objetivou-se verificar a ocorrência de L. monocytogenes e os aspectos
    microbiológicos nos queijos coalho e de manteiga comercializados fatiados no comércio
    varejista do município de Arapiraca - AL. Foram colhidas 60 amostras de queijos em
    estabelecimentos varejistas, entre agosto e dezembro de 2018. Foram realizadas
    Pesquisa de Listeria spp., Determinação do NMP de Coliformes a 45°C e Contagens de
    Mesófilos e Psicrotróficos. Detectou-se a presença de Listeria monocytogenes em duas
    amostras, que posteriormente foram confirmadas através de qPCR. Em relação ao NMP
    de Coliformes a 45°, 83,3% (25/30) das amostras de queijo coalho e 80% (24/30) das
    amostras de queijo manteiga encontravam-se acima do limite. As contagens de
    mesófilos em amostras de queijos manteiga variaram entre 1 x 10 3 e 6 x 10 5 e entre 1 x
    10 3 e 1,24 x 10 7 UFC/g em queijos coalho. Os valores obtidos na análise de
    microrganismos psicrotróficos variaram entre 1 x 10 3 e 3,4 x 10 5 em queijos coalho e
    entre 1 x 10 3 e 2 x 10 5 , em queijos manteiga. A L. monocytogenes ocorre em queijos
    coalhos comercializados fatiados em estabelecimentos varejistas de Arapiraca – AL e as
    condições higiênico-sanitárias inadequadas durante a cadeia produtiva desses queijos
    representam um risco à saúde pública.


  • Mostrar Abstract
  • Listeria monocytogenes é destacado como sendo um patógeno bacteriano que
    causa doença grave em pessoas e animais, chamada listeriose. Em todo o mundo,
    estima-se que quase 90% dos casos humanos ocorrem após o consumo de alimentos
    contaminados. Objetivou-se verificar a ocorrência de L. monocytogenes e os aspectos
    microbiológicos nos queijos coalho e de manteiga comercializados fatiados no comércio
    varejista do município de Arapiraca - AL. Foram colhidas 60 amostras de queijos em
    estabelecimentos varejistas, entre agosto e dezembro de 2018. Foram realizadas
    Pesquisa de Listeria spp., Determinação do NMP de Coliformes a 45°C e Contagens de
    Mesófilos e Psicrotróficos. Detectou-se a presença de Listeria monocytogenes em duas
    amostras, que posteriormente foram confirmadas através de qPCR. Em relação ao NMP
    de Coliformes a 45°, 83,3% (25/30) das amostras de queijo coalho e 80% (24/30) das
    amostras de queijo manteiga encontravam-se acima do limite. As contagens de
    mesófilos em amostras de queijos manteiga variaram entre 1 x 10 3 e 6 x 10 5 e entre 1 x
    10 3 e 1,24 x 10 7 UFC/g em queijos coalho. Os valores obtidos na análise de
    microrganismos psicrotróficos variaram entre 1 x 10 3 e 3,4 x 10 5 em queijos coalho e
    entre 1 x 10 3 e 2 x 10 5 , em queijos manteiga. A L. monocytogenes ocorre em queijos
    coalhos comercializados fatiados em estabelecimentos varejistas de Arapiraca – AL e as
    condições higiênico-sanitárias inadequadas durante a cadeia produtiva desses queijos
    representam um risco à saúde pública.

2
  • TAYNARA FARIAS TEIXEIRA DE SANTANA
  • Qualidade do iogurte de leite de cabra com geleias de abacaxi (Ananas comosus) e noni (Morinda citrifolia)

  • Orientador : JULICELLY GOMES BARBOSA MACEDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JULICELLY GOMES BARBOSA MACEDO
  • OSCAR BOAVENTURA NETO
  • GREICY MITZI BEZERRA MORENO
  • Data: 24/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • Existem várias formas para a comercialização do leite e derivados de origem caprina, porém a elaboração de um novo produto ainda é desafiadora, pois este precisa atender principalmente a demanda de um produto saudável e de qualidade. Dessa forma, no intuito de agregar valor à comercialização dos produtos de origem caprina, e produzir um alimento atrativo para o mercado consumidor, objetivou-se elaborar e padronizar iogurte de leite de cabra com adição das geleias de abacaxi (Ananas comosus) e noni (Morinda citrifolia). Foram desenvolvidos cinco tratamentos do iogurte de leite de cabra com diferentes concentrações das geleias de abacaxi e noni (0, 0,5, 1,25, 2,5 e 5%), e em seguida eram determinadas as características físico-químicas (umidade, cinzas, lactose, acidez, pH, gordura e proteína), atividade antioxidante (AA), fenólicos totais (FT), teor de vitamina C; assim como foram realizadas análises microbiológicas (coliformes a 45ºC, mesófilos, psicrotróficos, Salmonella spp., e Staphylococcus coagulase positiva) e sensoriais. Para os testes sensoriais 20 provadores treinados foram selecionados e realizaram testes, como: Análise Descritiva Quantitativa (ADQ), teste de intenção de compra e aceitação. Os dados estatísticos das análises microbiológicas foram calculados por meio da quantidade média analisada de cada microrganismo nos tratamentos, com intuito de tabular os resultados através de estatística descritiva. Já as análises físico-química, ADQ, atividade antioxidante, fenólicos totais e vitamina C foram submetidos à análise de variância (ANOVA), realizando-se o teste Tukey ao nível de 5% de significância (p<0,05), para comparação das médias. E os testes de aceitação e intenção de compra foram realizados pelo teste Friedman, seguido do post-hoc Nemenyi. Não houve diferença significativa (p>0,05) nas variáveis avaliadas na análise físico-química, diferentemente das variáveis AA, FT e vitamina C que apresentaram resultados significativos (p<0,05), onde o tratamento 5% se sobressaiu com melhores médias. Nas análises microbiológicas, os tratamentos encontravam-se dentro dos padrões vigentes. Em relação a avaliação sensorial a amostra com 5% das geleias, obteve uma boa aceitação pelos provadores. Dessa forma, conclui-se que o tratamento a 5% apresentou uma melhor resposta as análises realizadas, mostrando assim a capacidade de ser utilizado como uma forma inovadora para comercialização dos produtos lácteos de origem caprina.


  • Mostrar Abstract
  • Existem várias formas para a comercialização do leite e derivados de origem caprina, porém a elaboração de um novo produto ainda é desafiadora, pois este precisa atender principalmente a demanda de um produto saudável e de qualidade. Dessa forma, no intuito de agregar valor à comercialização dos produtos de origem caprina, e produzir um alimento atrativo para o mercado consumidor, objetivou-se elaborar e padronizar iogurte de leite de cabra com adição das geleias de abacaxi (Ananas comosus) e noni (Morinda citrifolia). Foram desenvolvidos cinco tratamentos do iogurte de leite de cabra com diferentes concentrações das geleias de abacaxi e noni (0, 0,5, 1,25, 2,5 e 5%), e em seguida eram determinadas as características físico-químicas (umidade, cinzas, lactose, acidez, pH, gordura e proteína), atividade antioxidante (AA), fenólicos totais (FT), teor de vitamina C; assim como foram realizadas análises microbiológicas (coliformes a 45ºC, mesófilos, psicrotróficos, Salmonella spp., e Staphylococcus coagulase positiva) e sensoriais. Para os testes sensoriais 20 provadores treinados foram selecionados e realizaram testes, como: Análise Descritiva Quantitativa (ADQ), teste de intenção de compra e aceitação. Os dados estatísticos das análises microbiológicas foram calculados por meio da quantidade média analisada de cada microrganismo nos tratamentos, com intuito de tabular os resultados através de estatística descritiva. Já as análises físico-química, ADQ, atividade antioxidante, fenólicos totais e vitamina C foram submetidos à análise de variância (ANOVA), realizando-se o teste Tukey ao nível de 5% de significância (p<0,05), para comparação das médias. E os testes de aceitação e intenção de compra foram realizados pelo teste Friedman, seguido do post-hoc Nemenyi. Não houve diferença significativa (p>0,05) nas variáveis avaliadas na análise físico-química, diferentemente das variáveis AA, FT e vitamina C que apresentaram resultados significativos (p<0,05), onde o tratamento 5% se sobressaiu com melhores médias. Nas análises microbiológicas, os tratamentos encontravam-se dentro dos padrões vigentes. Em relação a avaliação sensorial a amostra com 5% das geleias, obteve uma boa aceitação pelos provadores. Dessa forma, conclui-se que o tratamento a 5% apresentou uma melhor resposta as análises realizadas, mostrando assim a capacidade de ser utilizado como uma forma inovadora para comercialização dos produtos lácteos de origem caprina.

3
  • ARTUR BIBIANO DE VASCONCELOS
  • Ocorrência de Salmonella sp. em bezerros e perfil de resistência a
    antimicrobianos na mesorregião do Sertão Alagoano.

  • Orientador : KARLA PATRICA CHAVES DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • KARLA PATRICA CHAVES DA SILVA
  • ANNELISE CASTANHA BARRETO TENORIO NUNES
  • LUIZ ANDRE RODRIGUES DE LIMA
  • Data: 24/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • Na bovinocultura a mortalidade de bezerros causa grandes prejuízos econômicos.
    Devido a maior vulnerabilidade imunológica, inúmeras afecções podem interferir na
    cadeia produtiva de bovinos no decorrer do período inicial, podendo comprometer o
    desenvolvimento e produtividade desses animais quando adultos. Diarreia em bezerros é
    um dos principais fatores causadores dessas perdas econômicas na cadeia produtiva de
    bovinos que frequentemente ocorre devido a infecção por Salmonella sp., sendo a
    Salmonelose uma doença com alta taxa de mortalidade, queda na produção e elevado
    custo com o tratamento dos animais enfermos. Os neonatos da espécie são mais
    propícios à forma septicêmica da salmonelose, enquanto os bezerros com idade superior
    a quatro semanas e os animais adultos são em geral mais acometidos pela forma aguda e
    crônica da doença. A cavidade oral é a mais importante via de infecção, pela ingestão de
    água e alimentos contaminados. Devido à grande variedade de enfermidades com
    clínicas parecidas, apenas o diagnóstico clínico para os quadros de salmonelose não é
    possível. O método referencial para efetuar o diagnóstico definitivo de salmonelose é o
    isolamento microbiológico a partir de amostras de fezes, todavia o isolamento
    microbiológico é minucioso e ainda demanda tempo. Visando este empecilho, alguns
    métodos confirmatórios para detecção de Salmonella sp. têm sido desenvolvidos e
    utilizados, como a reação em cadeia da polimerase (PCR) com o uso de primers
    específicos para o diagnóstico molecular e ensaio imunoenzimático (ELISA), entretanto
    estudos indicam que o isolamento microbiológico é mais eficiente do que a PCR no
    diagnóstico da salmonelose a partir de amostras de fezes de bezerros. A principal
    medida de tratamento das diarreias em bezerros é a antibioticoterapia associados a
    soluções eletrolíticas e anti-inflamatórios não esteroidais, mas o uso de drogas
    antimicrobianas de forma indiscriminada tanto em animais quanto no homem,
    determina aumento da resistência antimicrobiana nos microrganismos de sua microbiota
    normal e de bactérias patogênicas causadoras de doenças e atualmente o
    desenvolvimento de resistência, por algumas bactérias patogênicas é mais rápido que a
    capacidade da indústria para produzir novas drogas. Levando em consideração a

    ocorrência de salmonelose nos bovinos e especialmente nos bezerros, são cada vez mais
    importantes os estudos que permitam o monitoramento epidemiológico dessa
    enfermidade nessa espécie e a adoção de medidas de prevenção e tratamento mais
    eficazes para o controle.


  • Mostrar Abstract
  • Na bovinocultura a mortalidade de bezerros causa grandes prejuízos econômicos.
    Devido a maior vulnerabilidade imunológica, inúmeras afecções podem interferir na
    cadeia produtiva de bovinos no decorrer do período inicial, podendo comprometer o
    desenvolvimento e produtividade desses animais quando adultos. Diarreia em bezerros é
    um dos principais fatores causadores dessas perdas econômicas na cadeia produtiva de
    bovinos que frequentemente ocorre devido a infecção por Salmonella sp., sendo a
    Salmonelose uma doença com alta taxa de mortalidade, queda na produção e elevado
    custo com o tratamento dos animais enfermos. Os neonatos da espécie são mais
    propícios à forma septicêmica da salmonelose, enquanto os bezerros com idade superior
    a quatro semanas e os animais adultos são em geral mais acometidos pela forma aguda e
    crônica da doença. A cavidade oral é a mais importante via de infecção, pela ingestão de
    água e alimentos contaminados. Devido à grande variedade de enfermidades com
    clínicas parecidas, apenas o diagnóstico clínico para os quadros de salmonelose não é
    possível. O método referencial para efetuar o diagnóstico definitivo de salmonelose é o
    isolamento microbiológico a partir de amostras de fezes, todavia o isolamento
    microbiológico é minucioso e ainda demanda tempo. Visando este empecilho, alguns
    métodos confirmatórios para detecção de Salmonella sp. têm sido desenvolvidos e
    utilizados, como a reação em cadeia da polimerase (PCR) com o uso de primers
    específicos para o diagnóstico molecular e ensaio imunoenzimático (ELISA), entretanto
    estudos indicam que o isolamento microbiológico é mais eficiente do que a PCR no
    diagnóstico da salmonelose a partir de amostras de fezes de bezerros. A principal
    medida de tratamento das diarreias em bezerros é a antibioticoterapia associados a
    soluções eletrolíticas e anti-inflamatórios não esteroidais, mas o uso de drogas
    antimicrobianas de forma indiscriminada tanto em animais quanto no homem,
    determina aumento da resistência antimicrobiana nos microrganismos de sua microbiota
    normal e de bactérias patogênicas causadoras de doenças e atualmente o
    desenvolvimento de resistência, por algumas bactérias patogênicas é mais rápido que a
    capacidade da indústria para produzir novas drogas. Levando em consideração a

    ocorrência de salmonelose nos bovinos e especialmente nos bezerros, são cada vez mais
    importantes os estudos que permitam o monitoramento epidemiológico dessa
    enfermidade nessa espécie e a adoção de medidas de prevenção e tratamento mais
    eficazes para o controle.

4
  • ARTUR BIBIANO DE VASCONCELOS
  • Ocorrência de Salmonella sp. em bezerros e perfil de resistência a
    antimicrobianos na mesorregião do Sertão Alagoano.

  • Orientador : KARLA PATRICA CHAVES DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANNELISE CASTANHA BARRETO TENORIO NUNES
  • KARLA PATRICA CHAVES DA SILVA
  • LUIZ ANDRE RODRIGUES DE LIMA
  • Data: 24/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • Na bovinocultura a mortalidade de bezerros causa grandes prejuízos econômicos.
    Devido a maior vulnerabilidade imunológica, inúmeras afecções podem interferir na
    cadeia produtiva de bovinos no decorrer do período inicial, podendo comprometer o
    desenvolvimento e produtividade desses animais quando adultos. Diarreia em bezerros é
    um dos principais fatores causadores dessas perdas econômicas na cadeia produtiva de
    bovinos que frequentemente ocorre devido a infecção por Salmonella sp., sendo a
    Salmonelose uma doença com alta taxa de mortalidade, queda na produção e elevado
    custo com o tratamento dos animais enfermos. Os neonatos da espécie são mais
    propícios à forma septicêmica da salmonelose, enquanto os bezerros com idade superior
    a quatro semanas e os animais adultos são em geral mais acometidos pela forma aguda e
    crônica da doença. A cavidade oral é a mais importante via de infecção, pela ingestão de
    água e alimentos contaminados. Devido à grande variedade de enfermidades com
    clínicas parecidas, apenas o diagnóstico clínico para os quadros de salmonelose não é
    possível. O método referencial para efetuar o diagnóstico definitivo de salmonelose é o
    isolamento microbiológico a partir de amostras de fezes, todavia o isolamento
    microbiológico é minucioso e ainda demanda tempo. Visando este empecilho, alguns
    métodos confirmatórios para detecção de Salmonella sp. têm sido desenvolvidos e
    utilizados, como a reação em cadeia da polimerase (PCR) com o uso de primers
    específicos para o diagnóstico molecular e ensaio imunoenzimático (ELISA), entretanto
    estudos indicam que o isolamento microbiológico é mais eficiente do que a PCR no
    diagnóstico da salmonelose a partir de amostras de fezes de bezerros. A principal
    medida de tratamento das diarreias em bezerros é a antibioticoterapia associados a
    soluções eletrolíticas e anti-inflamatórios não esteroidais, mas o uso de drogas
    antimicrobianas de forma indiscriminada tanto em animais quanto no homem,
    determina aumento da resistência antimicrobiana nos microrganismos de sua microbiota
    normal e de bactérias patogênicas causadoras de doenças e atualmente o
    desenvolvimento de resistência, por algumas bactérias patogênicas é mais rápido que a
    capacidade da indústria para produzir novas drogas. Levando em consideração a

    ocorrência de salmonelose nos bovinos e especialmente nos bezerros, são cada vez mais
    importantes os estudos que permitam o monitoramento epidemiológico dessa
    enfermidade nessa espécie e a adoção de medidas de prevenção e tratamento mais
    eficazes para o controle.


  • Mostrar Abstract
  • Na bovinocultura a mortalidade de bezerros causa grandes prejuízos econômicos.
    Devido a maior vulnerabilidade imunológica, inúmeras afecções podem interferir na
    cadeia produtiva de bovinos no decorrer do período inicial, podendo comprometer o
    desenvolvimento e produtividade desses animais quando adultos. Diarreia em bezerros é
    um dos principais fatores causadores dessas perdas econômicas na cadeia produtiva de
    bovinos que frequentemente ocorre devido a infecção por Salmonella sp., sendo a
    Salmonelose uma doença com alta taxa de mortalidade, queda na produção e elevado
    custo com o tratamento dos animais enfermos. Os neonatos da espécie são mais
    propícios à forma septicêmica da salmonelose, enquanto os bezerros com idade superior
    a quatro semanas e os animais adultos são em geral mais acometidos pela forma aguda e
    crônica da doença. A cavidade oral é a mais importante via de infecção, pela ingestão de
    água e alimentos contaminados. Devido à grande variedade de enfermidades com
    clínicas parecidas, apenas o diagnóstico clínico para os quadros de salmonelose não é
    possível. O método referencial para efetuar o diagnóstico definitivo de salmonelose é o
    isolamento microbiológico a partir de amostras de fezes, todavia o isolamento
    microbiológico é minucioso e ainda demanda tempo. Visando este empecilho, alguns
    métodos confirmatórios para detecção de Salmonella sp. têm sido desenvolvidos e
    utilizados, como a reação em cadeia da polimerase (PCR) com o uso de primers
    específicos para o diagnóstico molecular e ensaio imunoenzimático (ELISA), entretanto
    estudos indicam que o isolamento microbiológico é mais eficiente do que a PCR no
    diagnóstico da salmonelose a partir de amostras de fezes de bezerros. A principal
    medida de tratamento das diarreias em bezerros é a antibioticoterapia associados a
    soluções eletrolíticas e anti-inflamatórios não esteroidais, mas o uso de drogas
    antimicrobianas de forma indiscriminada tanto em animais quanto no homem,
    determina aumento da resistência antimicrobiana nos microrganismos de sua microbiota
    normal e de bactérias patogênicas causadoras de doenças e atualmente o
    desenvolvimento de resistência, por algumas bactérias patogênicas é mais rápido que a
    capacidade da indústria para produzir novas drogas. Levando em consideração a

    ocorrência de salmonelose nos bovinos e especialmente nos bezerros, são cada vez mais
    importantes os estudos que permitam o monitoramento epidemiológico dessa
    enfermidade nessa espécie e a adoção de medidas de prevenção e tratamento mais
    eficazes para o controle.

5
  • DAVID JOSEPH FERREIRA TENÓRIO DE ALMEIDA
  • CULICIDOFAUNA EM DUAS ÁREAS ENDÊMICAS PARA Dirofilaria immitis (Leidy, 1856) EM ALAGOAS, BRASIL

  • Orientador : WAGNNER JOSE NASCIMENTO PORTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • WAGNNER JOSE NASCIMENTO PORTO
  • CLAUDIA MARIA LINS CALHEIROS
  • GILCIA APARECIDA DE CARVALHO
  • Data: 25/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • Os mosquitos (Diptera: Culicidae) estão distribuídos em todo o mundo no total de 3.565 espécies, e devido aos hábitos hematófagos das fêmeas, os culicídeos são, indiretamente, os maiores responsáveis por morbidade e mortalidade no mundo. Os estudos acerca destes artrópodes em Alagoas ainda são escassos, o que evidencia a necessidade do conhecimento sobre a fauna destes insetos devido à sua importância para a saúde pública. Portanto, a pesquisa teve como objetivo avaliar a ocorrência de diferentes espécies de mosquitos em duas áreas endêmicas para Dirofilaria immitis em Alagoas, nos municípios de Maceió e Jequiá da Praia, bem como identificá-las e quantificá-las, além de observar a distribuição das espécies encontradas. As coletas foram realizadas em dois domicílios onde havia cães positivos para D. immitis; uma em Jequiá da Praia – AL entre os meses de maio de 2018 e abril de 2019, e outra em Maceió – AL, entre julho de 2018 e junho de 2019; ambas mensalmente, durante três dias consecutivos, entre às 17h e às 5h, utilizando seis armadilhas do tipo CDC-luminosa. As amostras foram levadas para o setor de entomologia do Laboratório Central de Alagoas onde foram identificadas sob um estereoscópio seguindo as chaves dicotômicas de Consoli; Lourenço-de-Oliveira (1996) e Forattini (2002). Na análise estatística foi realizado o teste de correlação de Person (espécie X precipitação). Dos 7.383 espécimes coletados, 46,06% (3401/7383) eram fêmeas das espécies: Anopheles (Nyssorhynchus) aquasalis (Curry, 1932), Coquillettidia (Rhynchotaenia) nigricans (Coquillett, 1904), Culex (Culex) quinquefasciatus (Say, 1823), Culex (Melanoconion) spissipes (Theobald, 1903), Culex (Melanoconion) sp., Mansonia (Mansonia) pseudotitillans (Theobald, 1901), Ochlerotatus (Ochlerotatus) scapularis (Rondani, 1848), Ochlerotatus (Culicelsa) taeniorhynchus (Wiedemann, 1821), Stegomyia (Stegomyia) aegypti (Linnaeus, 1762), Uranotaenia (Uranotaenia) lowii (Theobald, 1901) e Culex (Phenacomyia) corniger (Theobald, 1903), essa última, nunca antes registrada no estado. Foi observado correlação positiva (t = 2,725; p = 0,009) entre Culex quinquefasciatus e precipitação pluviométrica, sendo essa a espécie mais abundante do estudo. Como Cx. quinquefasciatus está envolvido na transmissão de arboviroses e filarídeos causadores de doenças no Brasil, devem ser elaboradas políticas de vigilância entomológica a fim de diminuir a transmissão de zoonoses.


  • Mostrar Abstract
  • Os mosquitos (Diptera: Culicidae) estão distribuídos em todo o mundo no total de 3.565 espécies, e devido aos hábitos hematófagos das fêmeas, os culicídeos são, indiretamente, os maiores responsáveis por morbidade e mortalidade no mundo. Os estudos acerca destes artrópodes em Alagoas ainda são escassos, o que evidencia a necessidade do conhecimento sobre a fauna destes insetos devido à sua importância para a saúde pública. Portanto, a pesquisa teve como objetivo avaliar a ocorrência de diferentes espécies de mosquitos em duas áreas endêmicas para Dirofilaria immitis em Alagoas, nos municípios de Maceió e Jequiá da Praia, bem como identificá-las e quantificá-las, além de observar a distribuição das espécies encontradas. As coletas foram realizadas em dois domicílios onde havia cães positivos para D. immitis; uma em Jequiá da Praia – AL entre os meses de maio de 2018 e abril de 2019, e outra em Maceió – AL, entre julho de 2018 e junho de 2019; ambas mensalmente, durante três dias consecutivos, entre às 17h e às 5h, utilizando seis armadilhas do tipo CDC-luminosa. As amostras foram levadas para o setor de entomologia do Laboratório Central de Alagoas onde foram identificadas sob um estereoscópio seguindo as chaves dicotômicas de Consoli; Lourenço-de-Oliveira (1996) e Forattini (2002). Na análise estatística foi realizado o teste de correlação de Person (espécie X precipitação). Dos 7.383 espécimes coletados, 46,06% (3401/7383) eram fêmeas das espécies: Anopheles (Nyssorhynchus) aquasalis (Curry, 1932), Coquillettidia (Rhynchotaenia) nigricans (Coquillett, 1904), Culex (Culex) quinquefasciatus (Say, 1823), Culex (Melanoconion) spissipes (Theobald, 1903), Culex (Melanoconion) sp., Mansonia (Mansonia) pseudotitillans (Theobald, 1901), Ochlerotatus (Ochlerotatus) scapularis (Rondani, 1848), Ochlerotatus (Culicelsa) taeniorhynchus (Wiedemann, 1821), Stegomyia (Stegomyia) aegypti (Linnaeus, 1762), Uranotaenia (Uranotaenia) lowii (Theobald, 1901) e Culex (Phenacomyia) corniger (Theobald, 1903), essa última, nunca antes registrada no estado. Foi observado correlação positiva (t = 2,725; p = 0,009) entre Culex quinquefasciatus e precipitação pluviométrica, sendo essa a espécie mais abundante do estudo. Como Cx. quinquefasciatus está envolvido na transmissão de arboviroses e filarídeos causadores de doenças no Brasil, devem ser elaboradas políticas de vigilância entomológica a fim de diminuir a transmissão de zoonoses.

6
  • JULIANA CARLA CAVALCANTI MARQUES
  • Associação entre a Na+, K+-ATPAse e a fertilidade de amostras seminais descongeladas de touros Angus

  • Orientador : DIOGO RIBEIRO CAMARA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DIOGO RIBEIRO CAMARA
  • GILDENI MARIA NASCIMENTO DE AGUIAR
  • SILDIVANE VALCÁCIA SILVA
  • Data: 26/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • Na atualidade, um dos desafios da reprodução bovina é identificar de maneira eficiente touros que apresentam elevada fertilidade, uma vez que a avaliação andrológica tradicional pode não diferenciar de forma precisa o potencial fertilizante de um reprodutor, levando a redução nas taxas de prenhez e prejuízos financeiros. Desta maneira, a Na+,K+-ATPase tem sido um biomarcador potencial da fertilidade, devido a suas atribuições específicas na célula espermática e relatos de correlação com a fertilidade de touros Holandeses. No entanto, devido a peculiaridades de manejo reprodutivo da pecuária brasileira de corte e pela ausência de pesquisas envolvendo a Na+,K+-ATPase em bovinos com esta aptidão, o presente estudo foi desenvolvido a fim de determinar a associação entre a atividade da Na+,K+-ATPase em espermatozoides descongelados de touros de corte classificados como de fertilidade superior (FS) e normal (FN) após inseminação artificial em tempo fixo (IATF). Foram utilizadas três diferentes partidas de amostras comerciais de touros da raça Angus, previamente classificados como FS (n = 4) e FN (n = 4). Realizou-se a avaliação da cinemática espermática através do sistema CASA, e da viabilidade através da microscopia de fluorescência, ambas as análises imediatamente após a descongelação (0h) e após 2h de incubação (37 °C), enquanto a atividade da Na+,K+-ATPase foi determinada mensurando-se a liberação de fosfato inorgânico (iP) nas amostras tratadas ou não com inibidor específico (ouabaína, 4×10-4 M), sendo normalizada em função da proteína total de cada amostra. Não houve diferença (P > 0,05) na viabilidade espermática e nos parâmetros cinemáticos entre os touros classificados como FS e FN dentro do mesmo tempo de incubação, assim como LIN e VCL não foram influenciados pelo período de incubação para os touros classificados como FS e FN, respectivamente. Houve uma tendência (P = 0.06) de maior atividade enzimática da Na+,K+-ATPase em touros de FS. Em conclusão, não são detectadas diferenças cinemáticas ou de viabilidade em amostras espermáticas de touros FS e FN imediatamente após a descongelação, mas observa-se variações nos parâmetros de velocidade pós-incubação, que podem estar relacionadas a diferenças na atividade da Na+,K+-ATPase em touros de fertilidade superior.


  • Mostrar Abstract
  • Na atualidade, um dos desafios da reprodução bovina é identificar de maneira eficiente touros que apresentam elevada fertilidade, uma vez que a avaliação andrológica tradicional pode não diferenciar de forma precisa o potencial fertilizante de um reprodutor, levando a redução nas taxas de prenhez e prejuízos financeiros. Desta maneira, a Na+,K+-ATPase tem sido um biomarcador potencial da fertilidade, devido a suas atribuições específicas na célula espermática e relatos de correlação com a fertilidade de touros Holandeses. No entanto, devido a peculiaridades de manejo reprodutivo da pecuária brasileira de corte e pela ausência de pesquisas envolvendo a Na+,K+-ATPase em bovinos com esta aptidão, o presente estudo foi desenvolvido a fim de determinar a associação entre a atividade da Na+,K+-ATPase em espermatozoides descongelados de touros de corte classificados como de fertilidade superior (FS) e normal (FN) após inseminação artificial em tempo fixo (IATF). Foram utilizadas três diferentes partidas de amostras comerciais de touros da raça Angus, previamente classificados como FS (n = 4) e FN (n = 4). Realizou-se a avaliação da cinemática espermática através do sistema CASA, e da viabilidade através da microscopia de fluorescência, ambas as análises imediatamente após a descongelação (0h) e após 2h de incubação (37 °C), enquanto a atividade da Na+,K+-ATPase foi determinada mensurando-se a liberação de fosfato inorgânico (iP) nas amostras tratadas ou não com inibidor específico (ouabaína, 4×10-4 M), sendo normalizada em função da proteína total de cada amostra. Não houve diferença (P > 0,05) na viabilidade espermática e nos parâmetros cinemáticos entre os touros classificados como FS e FN dentro do mesmo tempo de incubação, assim como LIN e VCL não foram influenciados pelo período de incubação para os touros classificados como FS e FN, respectivamente. Houve uma tendência (P = 0.06) de maior atividade enzimática da Na+,K+-ATPase em touros de FS. Em conclusão, não são detectadas diferenças cinemáticas ou de viabilidade em amostras espermáticas de touros FS e FN imediatamente após a descongelação, mas observa-se variações nos parâmetros de velocidade pós-incubação, que podem estar relacionadas a diferenças na atividade da Na+,K+-ATPase em touros de fertilidade superior.

7
  • ANDREZZA CAROLINE ARAGÃO DA SILVA
  • Desenvolvimento tecnológico de microcápsulas de plasma hiperimune equino e seu hemoproduto veterinário

  • Orientador : PIERRE BARNABE ESCODRO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • PIERRE BARNABE ESCODRO
  • TATIANE LUCIANO BALLIANO
  • ISABELLA DE OLIVEIRA BARROS
  • Data: 29/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • O plasma hiperimune equino é amplamente utilizado na medicina interna da espécie,
    principalmente na neonatologia, porém também sendo indicado como colóide natural, fornecedor de fatores de
    coagulação, imunoestimulante e adjuvante nas infecções, entre elas as colites. O desenvolvimento de bioprodutos a
    partir de plasma equino constitui desafio e objetivos constantes de pesquisadores na área de saúde animal, buscando
    apresentações de fácil manipulação, eficácia comprovada e viabilidade mercadológica. Este estudo objetivou o
    desenvolvimento de um bioproduto plasmático desidratado pela técnica de Spray Dryer que possa ser reutilizado através
    de reidratação com soro fisiológico, visando depósito de patente e absorção imediata do mercado nacional. O
    desenvolvimento do bioproduto ocorreu a partir do processo de microencapsulamento de partículas biopoliméricas,
    resultando no acondicionamento do plasma hiperimune equino em pequenas cápsulas, com propósito de preservar a
    viabilidade das imunogloblulinas encapsuladas que são liberadas sob condições de reinfusão. Sua indicação clínica será
    para tratamento de falha na transferência de imunidade passiva, colites, peritonites, hipoproteinemias, expansão
    plasmática e tratamento e prevenção do Rhodococcus equi, através da ação das imunoglobulinas plasmáticas. O
    resultado da obtenção do microencapsulado foi a promoção da interação entre os agentes encapsulantes e a substância
    matriz, fomentando um pó com uma coloração esbranquiçada, apto à reidratação, com ausência de aroma e formação de
    grumos, que permite maior mobilidade no trânsito do fármaco, independência térmica e menor volume de administração
    nos animais.


  • Mostrar Abstract
  • O plasma hiperimune equino é amplamente utilizado na medicina interna da espécie,
    principalmente na neonatologia, porém também sendo indicado como colóide natural, fornecedor de fatores de
    coagulação, imunoestimulante e adjuvante nas infecções, entre elas as colites. O desenvolvimento de bioprodutos a
    partir de plasma equino constitui desafio e objetivos constantes de pesquisadores na área de saúde animal, buscando
    apresentações de fácil manipulação, eficácia comprovada e viabilidade mercadológica. Este estudo objetivou o
    desenvolvimento de um bioproduto plasmático desidratado pela técnica de Spray Dryer que possa ser reutilizado através
    de reidratação com soro fisiológico, visando depósito de patente e absorção imediata do mercado nacional. O
    desenvolvimento do bioproduto ocorreu a partir do processo de microencapsulamento de partículas biopoliméricas,
    resultando no acondicionamento do plasma hiperimune equino em pequenas cápsulas, com propósito de preservar a
    viabilidade das imunogloblulinas encapsuladas que são liberadas sob condições de reinfusão. Sua indicação clínica será
    para tratamento de falha na transferência de imunidade passiva, colites, peritonites, hipoproteinemias, expansão
    plasmática e tratamento e prevenção do Rhodococcus equi, através da ação das imunoglobulinas plasmáticas. O
    resultado da obtenção do microencapsulado foi a promoção da interação entre os agentes encapsulantes e a substância
    matriz, fomentando um pó com uma coloração esbranquiçada, apto à reidratação, com ausência de aroma e formação de
    grumos, que permite maior mobilidade no trânsito do fármaco, independência térmica e menor volume de administração
    nos animais.

8
  • CAROLINA CARVALHO DOS SANTOS LIRA
  • Acupuntura e doxapram na recuperação de cadelas submetidas à anestesia dissociativa

  • Orientador : PIERRE BARNABE ESCODRO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • EURICA ADELIA NOGUEIRA RIBEIRO
  • MARCIA KIKUYO NOTOMI
  • PIERRE BARNABE ESCODRO
  • Data: 31/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • A depressão cardiorrespiratória pós-anestésica é um evento de ocorrência comum em pequenos animais. O doxapram é o fármaco mais comumente utilizado para auxiliar na reversão do quadro afim de evitar complicações pós-operatórias e melhora na recuperação anestésica dos pacientes. A Medicina Tradicional Chinesa (MTC) traz a acupuntura como grande auxiliadora em diversas áreas da saúde e vem sendo amplamente utilizada na medicina humana e veterinária. O acuponto Vaso Governador 26 (VG 26), localizado entre as aberturas nasais, na linha do filtro nasolabial de cães e gatos, é indicado para resfriados, epistaxe e como ponto de reanimação em anestesias. A presente pesquisa objetivou avaliar a eficácia do acuponto VG 26 (Jen Chung) em relação a farmacologia padronizada do uso do doxapram em cadelas submetidas a anestesia dissociativa. Os resultados mostram que o ponto VG 26 foi eficaz para manter melhor amplitude respiratória e acelerar a recuperação anestésica das paicntes, concluindo que pode ser indicado em casos que haja necessidade de melhor padrão respiratório e mais rápida recuperação em cadelas sob anestesia dissociativa, como substituivo do atual protocolo farmacológico empregado, gerando mais qualidade e menos efitos deletérios na recuperação das pacientes.


  • Mostrar Abstract
  • A depressão cardiorrespiratória pós-anestésica é um evento de ocorrência comum em pequenos animais. O doxapram é o fármaco mais comumente utilizado para auxiliar na reversão do quadro afim de evitar complicações pós-operatórias e melhora na recuperação anestésica dos pacientes. A Medicina Tradicional Chinesa (MTC) traz a acupuntura como grande auxiliadora em diversas áreas da saúde e vem sendo amplamente utilizada na medicina humana e veterinária. O acuponto Vaso Governador 26 (VG 26), localizado entre as aberturas nasais, na linha do filtro nasolabial de cães e gatos, é indicado para resfriados, epistaxe e como ponto de reanimação em anestesias. A presente pesquisa objetivou avaliar a eficácia do acuponto VG 26 (Jen Chung) em relação a farmacologia padronizada do uso do doxapram em cadelas submetidas a anestesia dissociativa. Os resultados mostram que o ponto VG 26 foi eficaz para manter melhor amplitude respiratória e acelerar a recuperação anestésica das paicntes, concluindo que pode ser indicado em casos que haja necessidade de melhor padrão respiratório e mais rápida recuperação em cadelas sob anestesia dissociativa, como substituivo do atual protocolo farmacológico empregado, gerando mais qualidade e menos efitos deletérios na recuperação das pacientes.

9
  • FERNANDA THAIS DE VASCONCELOS NOBRE
  • Alterações anatomopatológicas no aparelho reprodutivo de cadelas naturalmente infectadas por Leishmania sp.

  • Orientador : DANILLO DE SOUZA PIMENTEL
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DANILLO DE SOUZA PIMENTEL
  • KARLA PATRICA CHAVES DA SILVA
  • RAFAEL ANTÔNIO DO NASCIMENTO RAMOS
  • Data: 31/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • A leishmaniose visceral possui uma ampla distribuição mundial sendo causada por um protozoário
    da espécie Leishmania infantum, qualificada como uma das zoonoses que mais crescem no mundo
    moderno. O cão doméstico atua como reservatório prioritário do agente etiológico da enfermidade,
    pois favorece de maneira significativa a manutenção de ciclos urbanos da doença pela intensa carga
    parasitária que possui na pele que favorece a infecção do inseto vetor, sobretudo em regiões
    endêmicas. A doença nos caninos progride com alterações anatomopatológicas em diversos órgãos
    linfoides e não linfoides, de onde pode-se incluir os componentes do aparelho reprodutor feminino.
    Contudo, diante das discordâncias e controvérsias sobre infecção genital e transmissão vertical da
    LVC, o presente estudo propôs realizar uma avaliação anatomopatológica-parasitária e molecular
    em cadelas com e sem alterações genitais, infectadas naturalmente com Leishmania infantum e
    procedentes do Estado de Alagoas. Para a realização do presente estudo foram utilizadas 17 cadelas,
    com idade superior a seis meses de idade, de raças variadas, não castradas e com diagnóstico
    positivo para LVC, oriundas dos municípios de Maceió e Marechal Deodoro - AL. Para o
    diagnóstico da doença, a Unidade de Vigilância em Zoonose (UVZ) de Maceió realizou
    previamente o teste rápido imunocromatográfico plataforma dual path (DPP ® ) e o ensaio
    imunoabsorvente ligado a enzima (ELISA) realizado pelo Laboratório Central de Saúde Pública
    LACEM do Estado de Alagoas. Posteriormente aos exames laboratoriais, foi realizada a eutanásia
    dos animais pelas autoridades sanitárias da UVZ de Maceió. Seguida a eutanásia, os animais foram
    submetidos a avaliação anatomopatológica na própria UVZ de Maceió, sendo os achados tabulados
    em fichas individuais e os animais classificados em dois grupos distintos: animais sem alterações
    anatomopatológicas sugestivas da LVC (Grupo I) e animais com alterações anatomopatológicas
    indicativas da LVC (Grupo II), segundo os critérios estabelecidos por Ciaramela e Corona (2003).
    Os resultados demonstraram que 52,94% (9/17) das cadelas apresentavam exsudato vaginal ou
    uterino de coloração brancacenta e 47,05% (8/17) não exibiram exsudação genital. Contudo,
    41,17% (7/17) das cadelas não apresentavam alterações anatomopatológicas sistêmicas compatíveis
    com LVC e 58,2% (10/17) apresentavam lesões em órgãos compatíveis com a LVC. Na análise
    parasitológica foi observado que 14 (82,35%) dos 17 animais foram positivos em uma das três
    análises realizadas na medula óssea da tuberosidade ilíaca, manúbrio do esterno e linfa do linfonodo
    poplíteo e que apenas 5 (29,41%) das 17 amostras foram positivas na PCR. Na análise
    histopatológica e coloração pela HE nos órgãos do aparelho genital feminino foi evidenciado
    apenas em região de pele pilosa da vulva formas amastigotas de Leishmania sp. em 2 (11,66%) das
    17 amostras analisadas, sendo determinado correlação entre carga parasitária e presença do
    protozoário nos órgãos genitais femininos estudados. Pôde-se concluir com os resultados deste
    trabalho que, na biologia molecular os primers MC1/ MC2 não exibiram eficiência na detecção de
    DNA de Leishmania sp. nos animais estudados. E que na anatomia patológica, a endometrite e a
    ooforite são detectadas pela presença de infiltrado inflamatório mononuclear inespecífico, sendo o
    infiltrado inflamatório linfohistioplasmocitário com presença de formas amastigotas de Leishmania
    sp. a alteração predominante na pele pilosa da vulva.


  • Mostrar Abstract
  • A leishmaniose visceral possui uma ampla distribuição mundial sendo causada por um protozoário
    da espécie Leishmania infantum, qualificada como uma das zoonoses que mais crescem no mundo
    moderno. O cão doméstico atua como reservatório prioritário do agente etiológico da enfermidade,
    pois favorece de maneira significativa a manutenção de ciclos urbanos da doença pela intensa carga
    parasitária que possui na pele que favorece a infecção do inseto vetor, sobretudo em regiões
    endêmicas. A doença nos caninos progride com alterações anatomopatológicas em diversos órgãos
    linfoides e não linfoides, de onde pode-se incluir os componentes do aparelho reprodutor feminino.
    Contudo, diante das discordâncias e controvérsias sobre infecção genital e transmissão vertical da
    LVC, o presente estudo propôs realizar uma avaliação anatomopatológica-parasitária e molecular
    em cadelas com e sem alterações genitais, infectadas naturalmente com Leishmania infantum e
    procedentes do Estado de Alagoas. Para a realização do presente estudo foram utilizadas 17 cadelas,
    com idade superior a seis meses de idade, de raças variadas, não castradas e com diagnóstico
    positivo para LVC, oriundas dos municípios de Maceió e Marechal Deodoro - AL. Para o
    diagnóstico da doença, a Unidade de Vigilância em Zoonose (UVZ) de Maceió realizou
    previamente o teste rápido imunocromatográfico plataforma dual path (DPP ® ) e o ensaio
    imunoabsorvente ligado a enzima (ELISA) realizado pelo Laboratório Central de Saúde Pública
    LACEM do Estado de Alagoas. Posteriormente aos exames laboratoriais, foi realizada a eutanásia
    dos animais pelas autoridades sanitárias da UVZ de Maceió. Seguida a eutanásia, os animais foram
    submetidos a avaliação anatomopatológica na própria UVZ de Maceió, sendo os achados tabulados
    em fichas individuais e os animais classificados em dois grupos distintos: animais sem alterações
    anatomopatológicas sugestivas da LVC (Grupo I) e animais com alterações anatomopatológicas
    indicativas da LVC (Grupo II), segundo os critérios estabelecidos por Ciaramela e Corona (2003).
    Os resultados demonstraram que 52,94% (9/17) das cadelas apresentavam exsudato vaginal ou
    uterino de coloração brancacenta e 47,05% (8/17) não exibiram exsudação genital. Contudo,
    41,17% (7/17) das cadelas não apresentavam alterações anatomopatológicas sistêmicas compatíveis
    com LVC e 58,2% (10/17) apresentavam lesões em órgãos compatíveis com a LVC. Na análise
    parasitológica foi observado que 14 (82,35%) dos 17 animais foram positivos em uma das três
    análises realizadas na medula óssea da tuberosidade ilíaca, manúbrio do esterno e linfa do linfonodo
    poplíteo e que apenas 5 (29,41%) das 17 amostras foram positivas na PCR. Na análise
    histopatológica e coloração pela HE nos órgãos do aparelho genital feminino foi evidenciado
    apenas em região de pele pilosa da vulva formas amastigotas de Leishmania sp. em 2 (11,66%) das
    17 amostras analisadas, sendo determinado correlação entre carga parasitária e presença do
    protozoário nos órgãos genitais femininos estudados. Pôde-se concluir com os resultados deste
    trabalho que, na biologia molecular os primers MC1/ MC2 não exibiram eficiência na detecção de
    DNA de Leishmania sp. nos animais estudados. E que na anatomia patológica, a endometrite e a
    ooforite são detectadas pela presença de infiltrado inflamatório mononuclear inespecífico, sendo o
    infiltrado inflamatório linfohistioplasmocitário com presença de formas amastigotas de Leishmania
    sp. a alteração predominante na pele pilosa da vulva.

10
  • CELSO WESTPHALEN NETO
  • AVALIAÇÃO DO PLASMA SANGUÍNEO DE ÉGUAS EM DIFERENTES FASES REPRODUTIVAS PELA TÉCNICA DE BIOSPECKLE

  • Orientador : TOBYAS MAIA DE ALBUQUERQUE MARIZ
  • MEMBROS DA BANCA :
  • TOBYAS MAIA DE ALBUQUERQUE MARIZ
  • PIERRE BARNABE ESCODRO
  • EMERSON DE LIMA
  • Data: 31/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • Objetiva-se com este trabalho, avaliar a aplicabilidade da técnica de Biospeckle Laser como ferramenta para análise da atividade biológica do sangue de éguas em diferentes estágios reprodutivos. Serão utilizadas amostras de sangue de éguas da raça Mangalarga Marchador, em diferentes estágios reprodutivos, quer sejam éguas não prenhes, éguas até 6 meses de gestação, éguas no terço final de gestação, e éguas recém paridas. As amostras serão coletadas em tubos com EDTA à vácuo para evitar a coagulação do material, e encaminhadas ao Laboratório de Espectrofotometria e Biospeckle (LEB) do Núcleo de Ciências Exatas da UFAL/Campus Arapiraca, para realização dos testes de padrões de speckle. A técnica fundamenta-se na utilização da luz laser que incide sobre a amostra posta em lâmina de microscopia, e no tratamento da figura captada por equipamento de informática associado, buscando-se identificar as características do material pela variação do padrão de speckle formado pela movimentação dos centros espalhadores. Os padrões de interferência gerados na superfície do material serão caracterizados por descritores de textura, que fornecerão informações do módulo de dispersão de intensidade (MDI), que se correlacionam com a atividade biológica do material. O delineamento estatístico será um DIC, em quatro tratamentos (estágios reprodutivos) de dez repetições cada, sendo os padrões de dispersão encontrados tabulados em planilhas eletrônicas e processados, em um delineamento inteiramente casualizado, submetendo-os a um teste de médias (Tukey) à 5% de probabilidade. Espera-se ao final do experimento, identificar-se variações nos padrões de dispersão gerados entre os tratamentos, afim de criar uma referência de valores para o início da aplicação dessa técnica na avaliação de estágio reprodutivo de fêmeas equinas dessa raça. Espera-se ainda que, ao final do estudo, obtenhase subsídios para indicar ou não o uso da técnica como ferramenta de controle reprodutivo em éguas, tendo ainda como metas promover a formação científica discente em nível de graduação e mestrado bem como a publicação de resumos e 2 artigos científicos.


  • Mostrar Abstract
  • Objetiva-se com este trabalho, avaliar a aplicabilidade da técnica de Biospeckle Laser como ferramenta para análise da atividade biológica do sangue de éguas em diferentes estágios reprodutivos. Serão utilizadas amostras de sangue de éguas da raça Mangalarga Marchador, em diferentes estágios reprodutivos, quer sejam éguas não prenhes, éguas até 6 meses de gestação, éguas no terço final de gestação, e éguas recém paridas. As amostras serão coletadas em tubos com EDTA à vácuo para evitar a coagulação do material, e encaminhadas ao Laboratório de Espectrofotometria e Biospeckle (LEB) do Núcleo de Ciências Exatas da UFAL/Campus Arapiraca, para realização dos testes de padrões de speckle. A técnica fundamenta-se na utilização da luz laser que incide sobre a amostra posta em lâmina de microscopia, e no tratamento da figura captada por equipamento de informática associado, buscando-se identificar as características do material pela variação do padrão de speckle formado pela movimentação dos centros espalhadores. Os padrões de interferência gerados na superfície do material serão caracterizados por descritores de textura, que fornecerão informações do módulo de dispersão de intensidade (MDI), que se correlacionam com a atividade biológica do material. O delineamento estatístico será um DIC, em quatro tratamentos (estágios reprodutivos) de dez repetições cada, sendo os padrões de dispersão encontrados tabulados em planilhas eletrônicas e processados, em um delineamento inteiramente casualizado, submetendo-os a um teste de médias (Tukey) à 5% de probabilidade. Espera-se ao final do experimento, identificar-se variações nos padrões de dispersão gerados entre os tratamentos, afim de criar uma referência de valores para o início da aplicação dessa técnica na avaliação de estágio reprodutivo de fêmeas equinas dessa raça. Espera-se ainda que, ao final do estudo, obtenhase subsídios para indicar ou não o uso da técnica como ferramenta de controle reprodutivo em éguas, tendo ainda como metas promover a formação científica discente em nível de graduação e mestrado bem como a publicação de resumos e 2 artigos científicos.

11
  • JESSYCA VANDERLEI DE ALBUQUERQUE
  • Mensuração da concentração da dimetilarginina simetrica (SDMA) e gamaglutamil transferase (GGT) urinário como marcadores precoces de lesão renal em cães em tratamento com sulfato de vincristina

  • Orientador : MARCIA KIKUYO NOTOMI
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FABÍOLA PAES LEME
  • MARCIA KIKUYO NOTOMI
  • MIRIAM NOGUEIRA TEIXEIRA
  • Data: 31/07/2019

  • Mostrar Resumo
  • Com o objetivo de avaliar a lesão renal em cães submetidos ao tratamento quimioterápico com sulfato de vincristina, foram selecionadas doze cadelas, sem raça definida, com idade de 1 a 6 anos com tumor venéreo transmissível (TVT). Foram colhidas amostras de sangue para realização de hemograma, dosagens séricas da dimetilarginina simetrica (SDMA), ureia, creatinina, alanina aminotransferase (ALT) e fosfatase alcalina (ALP); além da análise de urina e aferição de GGT urinária. O tratamento foi aplicado na dose de 0,025 mg/kg/IV, a cada sete dias durante quatro semanas. Dentre os pacientes submetidos ao tratamento quimioterápico, destaca-se que, 50% (n=6) dos animais apresentaram anemia normocítica normocrômica nos tempos T1 e T2; foi evidenciada acentuada leucopenia por neutropenia, com diferença significativa (p<0,05) entre os tempos T0 x T1 e T0 x T2, conforme descritas em terapia com sulfato de vincristina; os parâmetros bioquímicos (ALT, ALP, uréia e creatinina) se mantiveram dentro dos valores de referencia durante todos os tempos (T0, T1 e T2) e sem diferença estatística na comparação das médias entre os tempos. No exame de urina, verificou-se redução na média das densidades urinárias durante o tratamento, assim como em 42% dos animais (n= 5) foi constatada a presença de 1+ a 3+ de proteína na avaliação química da urina; 33% (n= 4) foram positivos para sangue oculto, antes do início do tratamento; A GGT urinário não apresentou diferença significativa na comparação entre os tempos, assim como a SDMA que mostrou distribuição normal nos diferentes tempos. Conclui-se que a terapia semanal com sulfato de vincristina, como agente único, durante 28 dias, não provocou injúria ou alteração na função renal de cadelas, mesmo em análises com a GGT urinário ou SDMA sérica, indicando-o no tratamento quimioterápico de paciente nefropatas.


  • Mostrar Abstract
  • Com o objetivo de avaliar a lesão renal em cães submetidos ao tratamento quimioterápico com sulfato de vincristina, foram selecionadas doze cadelas, sem raça definida, com idade de 1 a 6 anos com tumor venéreo transmissível (TVT). Foram colhidas amostras de sangue para realização de hemograma, dosagens séricas da dimetilarginina simetrica (SDMA), ureia, creatinina, alanina aminotransferase (ALT) e fosfatase alcalina (ALP); além da análise de urina e aferição de GGT urinária. O tratamento foi aplicado na dose de 0,025 mg/kg/IV, a cada sete dias durante quatro semanas. Dentre os pacientes submetidos ao tratamento quimioterápico, destaca-se que, 50% (n=6) dos animais apresentaram anemia normocítica normocrômica nos tempos T1 e T2; foi evidenciada acentuada leucopenia por neutropenia, com diferença significativa (p<0,05) entre os tempos T0 x T1 e T0 x T2, conforme descritas em terapia com sulfato de vincristina; os parâmetros bioquímicos (ALT, ALP, uréia e creatinina) se mantiveram dentro dos valores de referencia durante todos os tempos (T0, T1 e T2) e sem diferença estatística na comparação das médias entre os tempos. No exame de urina, verificou-se redução na média das densidades urinárias durante o tratamento, assim como em 42% dos animais (n= 5) foi constatada a presença de 1+ a 3+ de proteína na avaliação química da urina; 33% (n= 4) foram positivos para sangue oculto, antes do início do tratamento; A GGT urinário não apresentou diferença significativa na comparação entre os tempos, assim como a SDMA que mostrou distribuição normal nos diferentes tempos. Conclui-se que a terapia semanal com sulfato de vincristina, como agente único, durante 28 dias, não provocou injúria ou alteração na função renal de cadelas, mesmo em análises com a GGT urinário ou SDMA sérica, indicando-o no tratamento quimioterápico de paciente nefropatas.

12
  • MÁRIO FERNANDO VILELA DE ALMEIDA
  • Efeito da suplementação de concentrado protéico nas medidas corporais, espessura muscular e de gordura em potros desmamados

  • Orientador : PIERRE BARNABE ESCODRO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • PIERRE BARNABE ESCODRO
  • PIERRE BARNABE ESCODRO
  • TOBYAS MAIA DE ALBUQUERQUE MARIZ
  • TOBYAS MAIA DE ALBUQUERQUE MARIZ
  • CAROLYNY BATISTA LIMA
  • CAROLYNY BATISTA LIMA
  • Data: 26/08/2019

  • Mostrar Resumo
  • Objetivou-se com este estudo, avaliar a influência da substituição de parte da fração concentrada da dieta por suplemento proteico contendo whey protein, glutamina e lisina sobre medidas corporais, massa corporal, espessura muscular e de gordura de potros da raça Mangalarga Marchador durante desmame. Utilizou-se dezoito potros da raça Mangalarga Marchador, divididos aleatoriamente em dois grupos na fase pós-desmame, com 9 animais fazendo parte de grupo controle Grupo Controle (GC) e outros 9 animais compondo o grupo que recebeu suplementação proteica (GW). O animais do GC receberam uma dieta de proporção volumoso/concentrado 50:50, considerando-se 4% do PV, composta por ração comercial base com 15% PB e feno de Cynodon sp. A dieta do GW foi composta pela mesma quantidade de feno do GC, 50% da quantidade de concentrado do GC e 150g de suplemento proteico contendo whey protein, glutamina e lisina. Durante o experimento foram realizadas cinco avaliações, iniciando no dia do desmame (dia 0) e seguindo 7, 14, 28 e 42 dias após seu início. Em cada um dos períodos foram avaliadas medidas corporais, massa corporal, e de espessura da camada de gordura e muscular. A diminuição da quantidade ofertada de concentrado comercial na dieta pela metade, com a adição do suplemento protéico contendo whey protein, glutamina e lisina, não acarretou perdas em ganho de peso e medidas lineares de potros da raça Mangalarga Marchador durante pós-desmame, além de promover ganhos em espessura muscular e diminuição de espessura de gordura quando comparados aos animais do grupo controle.


  • Mostrar Abstract
  • Objetivou-se com este estudo, avaliar a influência da substituição de parte da fração concentrada da dieta por suplemento proteico contendo whey protein, glutamina e lisina sobre medidas corporais, massa corporal, espessura muscular e de gordura de potros da raça Mangalarga Marchador durante desmame. Utilizou-se dezoito potros da raça Mangalarga Marchador, divididos aleatoriamente em dois grupos na fase pós-desmame, com 9 animais fazendo parte de grupo controle Grupo Controle (GC) e outros 9 animais compondo o grupo que recebeu suplementação proteica (GW). O animais do GC receberam uma dieta de proporção volumoso/concentrado 50:50, considerando-se 4% do PV, composta por ração comercial base com 15% PB e feno de Cynodon sp. A dieta do GW foi composta pela mesma quantidade de feno do GC, 50% da quantidade de concentrado do GC e 150g de suplemento proteico contendo whey protein, glutamina e lisina. Durante o experimento foram realizadas cinco avaliações, iniciando no dia do desmame (dia 0) e seguindo 7, 14, 28 e 42 dias após seu início. Em cada um dos períodos foram avaliadas medidas corporais, massa corporal, e de espessura da camada de gordura e muscular. A diminuição da quantidade ofertada de concentrado comercial na dieta pela metade, com a adição do suplemento protéico contendo whey protein, glutamina e lisina, não acarretou perdas em ganho de peso e medidas lineares de potros da raça Mangalarga Marchador durante pós-desmame, além de promover ganhos em espessura muscular e diminuição de espessura de gordura quando comparados aos animais do grupo controle.

13
  • LUAN LUTHZEMBERG FERREIRA DE ANDRADE
  • Plantas tóxicas de interesse pecuário na mesorregião do agreste de Alagoas

  • Orientador : GILDENI MARIA NASCIMENTO DE AGUIAR
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GILDENI MARIA NASCIMENTO DE AGUIAR
  • ANNELISE CASTANHA BARRETO TENORIO NUNES
  • ALONSO PEREIRA SILVA FILHO
  • Data: 31/10/2019

  • Mostrar Resumo
  • As intoxicações por plantas atuam como um fator limitante ao desenvolvimento da pecuária no Nordeste. No entanto, há uma escassez de pesquisas a respeito dessas intoxicações no estado de Alagoas, diante disso objetivou-se com esse trabalho determinar e caracterizar epidemiologicamente as principais plantas tóxicas para ruminantes e equídeos em municípios da mesorregião do agreste de Alagoas. O trabalho foi desenvolvido em Arapiraca, Girau do Ponciano, Olho D’Água Grande e São Sebastião. Foram visitadas 40 propriedades, dez por município, de criação de ruminantes e equinos, foi realizado um levantamento das principais plantas tóxicas da região, a partir da aplicação de questionários estruturados a produtores rurais. O estudo apontou surtos de Brachiaria spp., Enterolobium contortisiliquum, Amorimia spp., Ricinus communis, Manihot spp. e Prosopis juliflora. Foi observado surtos de fotossensibilização pela planta Chamaecrista nictitans, espécie ainda não conhecida como tóxica na região. As lesões de dermatites fotossensíveis foram as principais consequências de intoxicações por plantas em ruminantes e equídeos na mesorregião do agreste de Alagoas.


  • Mostrar Abstract
  • Poisoning by plants affecting farm animals is a limiting factor for maximizing extensive livestock productivity in all countries. Toxic plants have been incriminated as one of the leading causes of death of cattle and horses in Brazil, being responsible for significant economic losses for the rural producer. Epidemiological studies point to the presence of the main plants and the occurrence of poisoning cases in the northeast region of Brazil, highlighting the importance of hepatotoxic plants in the context of northeastern livestock. This work consists of a literature review and an article on toxic plants in the Agreste region of the state of Alagoas. The literature review aims to elucidate the pathological clinical conditions resulting from liver damage caused by the ingestion of Cestrum axillare, Crotalaria retusa, Tephrosia cinerea, Lantana camara, Brachiaria spp. and Enterolobium contortisiliquum, addressing general aspects inherent to epidemiology, clinical signs and pathological findings, as well as the pathogenesis of the respective intoxications by these plants that affect the liver of ruminants and horses in the Northeast. The elaborated article aimed to determine and characterize epidemiologically the main toxic plants for ruminants and equidae in the municipalities of the mesoregion of the wild of Alagoas

2018
Dissertações
1
  • HELOÍSA CARVALHO CRUZ
  • PADRÃO DE VARIAÇÃO TERMOGRÁFICA EM REGIÕES MUSCULARES E ARTICULARES DE EQUINOS COMPETIDORES DE VAQUEJADA.

  • Orientador : TOBYAS MAIA DE ALBUQUERQUE MARIZ
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CAROLYNY BATISTA LIMA
  • PIERRE BARNABE ESCODRO
  • TOBYAS MAIA DE ALBUQUERQUE MARIZ
  • Data: 27/07/2018

  • Mostrar Resumo
  • A vaquejada é um esporte que demanda bastante esforço do animal. Por ser realizada
    principalmente na região nordeste do país, os animais se deparam frequentemente com
    condições características de climas tropicais. Fatores climáticos são causas de estresse e
    induzem resposta fisiológica no animal para manutenção da homeostase, já que as reações
    químicas orgânicas dependem da temperatura interna do corpo. Além disso, a hipertermia é um
    possível mecanismo de causa de fadiga muscular nos cavalos. Uma das utilizações da
    termografia é auxiliar a avaliação fisiológica do cavalo, pois esta tem a capacidade de analisar
    os efeitos da termorregulação eficiente por meio da avaliação da temperatura superficial do
    corpo do animal atleta. Além disso, o estudo da fisiologia do exercício equino também subsidia
    a indústria de bons cavalos para a vaquejada deixando para trás práticas de treinamento que
    se baseiam exclusivamente no senso comum ou empirismo. Isto posto, objetivou-se analisar a
    influência ambiental e da dinâmica do exercício sobre a variação termográfica em regiões
    musculares e articulares dos membros de equinos competidores de vaquejada. Realizou-se um
    estudo avaliando-se 14 equinos utilizados para puxar a rês, sendo 7 no período vespertino e 7
    no período noturno, em momentos de exercício diversos, seguindo a dinâmica normal da prova.
    Os dados foram tabulados em planilhas eletrônicas e processados em um esquema fatorial
    2x4, sendo dois períodos do dia e quatro momentos de exercício, com sete repetições, num
    delineamento inteiramente casualizado, submetendo-se posteriormente a uma análise de
    variância e teste de médias (Tukey 5% de probabilidade). Concluiu-se que diferentes condições
    ambientais e a dinâmica do exercício continuado, próprios à vaquejada, promovem variações

    termográficas nas distintas regiões musculares e articulares analisadas. A termografia mostra-
    se bastante útil na avaliação de equinos atletas, sendo uma ferramenta de fácil manuseio e

    mínima intervenção, podendo ser incluída nas pesquisas relacionadas a vaquejada.


  • Mostrar Abstract
  • A vaquejada é um esporte que demanda bastante esforço do animal. Por ser realizada
    principalmente na região nordeste do país, os animais se deparam frequentemente com
    condições características de climas tropicais. Fatores climáticos são causas de estresse e
    induzem resposta fisiológica no animal para manutenção da homeostase, já que as reações
    químicas orgânicas dependem da temperatura interna do corpo. Além disso, a hipertermia é um
    possível mecanismo de causa de fadiga muscular nos cavalos. Uma das utilizações da
    termografia é auxiliar a avaliação fisiológica do cavalo, pois esta tem a capacidade de analisar
    os efeitos da termorregulação eficiente por meio da avaliação da temperatura superficial do
    corpo do animal atleta. Além disso, o estudo da fisiologia do exercício equino também subsidia
    a indústria de bons cavalos para a vaquejada deixando para trás práticas de treinamento que
    se baseiam exclusivamente no senso comum ou empirismo. Isto posto, objetivou-se analisar a
    influência ambiental e da dinâmica do exercício sobre a variação termográfica em regiões
    musculares e articulares dos membros de equinos competidores de vaquejada. Realizou-se um
    estudo avaliando-se 14 equinos utilizados para puxar a rês, sendo 7 no período vespertino e 7
    no período noturno, em momentos de exercício diversos, seguindo a dinâmica normal da prova.
    Os dados foram tabulados em planilhas eletrônicas e processados em um esquema fatorial
    2x4, sendo dois períodos do dia e quatro momentos de exercício, com sete repetições, num
    delineamento inteiramente casualizado, submetendo-se posteriormente a uma análise de
    variância e teste de médias (Tukey 5% de probabilidade). Concluiu-se que diferentes condições
    ambientais e a dinâmica do exercício continuado, próprios à vaquejada, promovem variações

    termográficas nas distintas regiões musculares e articulares analisadas. A termografia mostra-
    se bastante útil na avaliação de equinos atletas, sendo uma ferramenta de fácil manuseio e

    mínima intervenção, podendo ser incluída nas pesquisas relacionadas a vaquejada.

2
  • NATANNI CINTHIA VITOR DA ROCHA
  • Própolis vermelha e guaco na analgesia cirúrgica de cadelas

  • Orientador : PIERRE BARNABE ESCODRO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JAMILE PRADO DOS SANTOS
  • MARCIA KIKUYO NOTOMI
  • PIERRE BARNABE ESCODRO
  • TICIANO GOMES DO NASCIMENTO
  • TOBYAS MAIA DE ALBUQUERQUE MARIZ
  • Data: 24/08/2018

  • Mostrar Resumo
  • A dor na rotina clínico-cirúrgica veterinária tem adquirido alta relevância na última década,

    sendo extremamente importante saber identificá-la, mensurar o grau e tratá-la adequadamente.

    A ovariohisterectomia (OH) é uma das cirurgias mais realizadas na clínica cirúrgica de

    pequenos animais, considerada como procedimento promotor de moderada a severa dor

    visceral. A mensuração da dor em animais é um desafio realizado através de avaliações de sinais

    fisiológicos e comportamentais, com pesquisas constantes para desenvolvimento de escalas

    avaliativas de dor. Dentre as escalas mais utilizadas cita-se: a Escala visual analógica (EVA),

    Escala de dor da Universidade de Melbourne (EDUM) e Escala composta de dor de Glasgow

    (ECDG). Muitos fármacos podem ser utilizados para o controle da dor pós-cirúrgica, entre eles

    está o cetoprofeno, que é um dos anti-inflamatórios não esteroidais (AINE’s) mais utilizados e

    considerado de alta eficácia na OH de cadelas. No entanto, atualmente vem sendo estudado

    fármacos fitoterápicos com propriedades analgésicas, anti-inflamatórias e possíveis menores

    efeitos colaterais. A própolis é um produto natural de grande aceitação por suas propriedades

    farmacológicas, atribuídas principalmente pela presença de flavonóides e isoflavonóides em

    sua composição. O guaco, produto natural muito conhecido na cultura popular por sua ação

    benéfica no sistema respiratório, apresenta em sua composição as cumarinas, principais

    responsáveis por suas propriedades terapêuticas. Este trabalho reúne revisão de literatura e

    pesquisa científica intitulada “Própolis vermelha e guaco na analgesia cirúrgica de cadelas”,

    onde foram utilizadas 40 cadelas divididas em 4 grupos: Tratamento Controle (TC), Tratamento

    Própolis (TP), Tratamento Guaco (TG) e Tratamento Própolis-guaco (TPG), com propósito de

    avaliar o efeito analgésico pós-cirúrgico da própolis vermelha de Alagoas e do guaco em relação

    ao cetoprofeno em cadelas submetidas a OH, os quatro tratamentos foram estatisticamente

    satisfatórios, porém, considerando o menor índice de complicações e resgates analgésicos, os

    TC e TPG se apresentaram mais seguros e eficazes.


  • Mostrar Abstract
  • A dor na rotina clínico-cirúrgica veterinária tem adquirido alta relevância na última década,

    sendo extremamente importante saber identificá-la, mensurar o grau e tratá-la adequadamente.

    A ovariohisterectomia (OH) é uma das cirurgias mais realizadas na clínica cirúrgica de

    pequenos animais, considerada como procedimento promotor de moderada a severa dor

    visceral. A mensuração da dor em animais é um desafio realizado através de avaliações de sinais

    fisiológicos e comportamentais, com pesquisas constantes para desenvolvimento de escalas

    avaliativas de dor. Dentre as escalas mais utilizadas cita-se: a Escala visual analógica (EVA),

    Escala de dor da Universidade de Melbourne (EDUM) e Escala composta de dor de Glasgow

    (ECDG). Muitos fármacos podem ser utilizados para o controle da dor pós-cirúrgica, entre eles

    está o cetoprofeno, que é um dos anti-inflamatórios não esteroidais (AINE’s) mais utilizados e

    considerado de alta eficácia na OH de cadelas. No entanto, atualmente vem sendo estudado

    fármacos fitoterápicos com propriedades analgésicas, anti-inflamatórias e possíveis menores

    efeitos colaterais. A própolis é um produto natural de grande aceitação por suas propriedades

    farmacológicas, atribuídas principalmente pela presença de flavonóides e isoflavonóides em

    sua composição. O guaco, produto natural muito conhecido na cultura popular por sua ação

    benéfica no sistema respiratório, apresenta em sua composição as cumarinas, principais

    responsáveis por suas propriedades terapêuticas. Este trabalho reúne revisão de literatura e

    pesquisa científica intitulada “Própolis vermelha e guaco na analgesia cirúrgica de cadelas”,

    onde foram utilizadas 40 cadelas divididas em 4 grupos: Tratamento Controle (TC), Tratamento

    Própolis (TP), Tratamento Guaco (TG) e Tratamento Própolis-guaco (TPG), com propósito de

    avaliar o efeito analgésico pós-cirúrgico da própolis vermelha de Alagoas e do guaco em relação

    ao cetoprofeno em cadelas submetidas a OH, os quatro tratamentos foram estatisticamente

    satisfatórios, porém, considerando o menor índice de complicações e resgates analgésicos, os

    TC e TPG se apresentaram mais seguros e eficazes.

3
  • EVELYNNE HILDEGARD MARQUES DE MELO
  • Hiperplasia Fibroepitelial Mamária Felina

  • Orientador : FERNANDO WIECHETECK DE SOUZA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FERNANDO WIECHETECK DE SOUZA
  • ANNELISE CASTANHA BARRETO TENORIO NUNES
  • ROGÉRIO LUIZARI GUEDES
  • Data: 29/08/2018

  • Mostrar Resumo
  • Hiperplasia Fibroepitelial Mamária Felina (HFMF) é um aumento anormal das mamas desencadeada por distúrbio de progesterona (P4). Com o objetivo de embasar um projeto de pesquisa para encontrar a melhor forma terapêutica, uma revisão de literatura foi realizada. Metodologia: Para a revisão do tema HFMF e a cascata hormonal da mamogênese, foram selecionados artigos, após pesquisa realizada priorizando as bases de dados: Periódicos CAPES, MEDLINE, PubMed, NCBI, Web of Science, livros, entre outras que detinham publicações de interesse. Os conteúdos formam lidos e observações clínicas foram separadas em fichamento, tais como: idade das gatas, uso de contraceptivo a base de P4, início do crescimento mamário, sinais clínicos, descrição de macroscopia, diagnósticos, terapêuticas e prognósticos; do mesmo modo separados dados sobre a mamogênese. Resultados: Ainda não há descrito na literatura um protocolo terapêutico padronizado para abordar HFMF; ainda há uma incompreensão quanto ao mecanismo patogênico; dentre as terapêuticas, há variada prioridade entre OVH, antiprogestágeno e mastectomia aplicada à mamas com persistência de crescimento após a OVH ou com ulceração e necrose cutâneas. Considerações: Por se tratar de uma patologia benigna, a necessidade de mastectomia precisa ser discutida. A patogenia da HFMF ainda é campo aberto à pesquisa devido a interação de hormônios fisiológicos da puberdade, IGF-1 e aspecto nutricional ainda não investigados. A terapêutica é o principal desafio e a interpretação da revisão de literatura demonstra que manejo de feridas (quando presentes) associado a OVH, podem ser suficientes; desse modo um estudo foi programado e conduzido.


  • Mostrar Abstract
  • Hiperplasia Fibroepitelial Mamária Felina (HFMF) é um aumento anormal das mamas desencadeada por distúrbio de progesterona (P4). Com o objetivo de embasar um projeto de pesquisa para encontrar a melhor forma terapêutica, uma revisão de literatura foi realizada. Metodologia: Para a revisão do tema HFMF e a cascata hormonal da mamogênese, foram selecionados artigos, após pesquisa realizada priorizando as bases de dados: Periódicos CAPES, MEDLINE, PubMed, NCBI, Web of Science, livros, entre outras que detinham publicações de interesse. Os conteúdos formam lidos e observações clínicas foram separadas em fichamento, tais como: idade das gatas, uso de contraceptivo a base de P4, início do crescimento mamário, sinais clínicos, descrição de macroscopia, diagnósticos, terapêuticas e prognósticos; do mesmo modo separados dados sobre a mamogênese. Resultados: Ainda não há descrito na literatura um protocolo terapêutico padronizado para abordar HFMF; ainda há uma incompreensão quanto ao mecanismo patogênico; dentre as terapêuticas, há variada prioridade entre OVH, antiprogestágeno e mastectomia aplicada à mamas com persistência de crescimento após a OVH ou com ulceração e necrose cutâneas. Considerações: Por se tratar de uma patologia benigna, a necessidade de mastectomia precisa ser discutida. A patogenia da HFMF ainda é campo aberto à pesquisa devido a interação de hormônios fisiológicos da puberdade, IGF-1 e aspecto nutricional ainda não investigados. A terapêutica é o principal desafio e a interpretação da revisão de literatura demonstra que manejo de feridas (quando presentes) associado a OVH, podem ser suficientes; desse modo um estudo foi programado e conduzido.

4
  • BRUNO NEVES WANDERLEY
  • AVALIAÇÃO ULTRASSONOGRÁFICA DO TEMPO DE ESVAZIAMENTO GÁSTRICO PARA DETERMINAÇÃO DO JEJUM PRÉ-OPERATÓRIO EM CÃES ALIMENTADOS COM DUAS DIETAS


  • Orientador : JULICELLY GOMES BARBOSA MACEDO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JULICELLY GOMES BARBOSA MACEDO
  • ANAEMILIA DAS NEVES DINIZ
  • GRAZIELA KOPINITS DE OLIVEIRA
  • Data: 05/09/2018

  • Mostrar Resumo
  • O estudo foi dividido em dois capítulos. No primeiro realizamos uma revisão de literatura sobre as dietas atualmente instituídas na alimentação canina e suas relações com o tempo de esvaziamento gástrico na determinação de um adequado jejum pré-operatório em cães, necessários na medicina veterinária, para minimizar os riscos iatrogênicos que um jejum inapropriado pode ocasionar ao paciente. No segundo apresentamos um artigo científico submetido a revista arquivo brasileiro de medicina veterinária e zootecnia neste, avaliaram-se os efeitos de duas dietas sobre a dinâmica motílica e o tempo de esvaziamento gástrico em cães. Num ensaio clínico randomizado cruzado, seis cães, clinicamente saudáveis, machos, adultos, com peso de 12,38 Kg ±1,34, área corporal 0,537m² ±0,038, foram examinados por ultrassonografia nos tempos pós-prandiais de 00h30m, 05h00m, 07h00m, 09h00m e 12h00m de cada dieta, uma natural sólida úmida e outra industrial sólida seca, ofertadas em dois tratamentos. A passagem do conteúdo estomacal para duodeno aconteceu de forma gradual e contínua sendo mais acentuada na dieta natural. Não identificamos correlação entre as variáveis peso e volume ingeridos sobre o tempo de esvaziamento. A média máxima do índice de motilidade ocorreu em 05h00m para dieta natural e 00h30m para dieta industrial . Os tempos mínimos de esvaziamento gástrico determinados para a dieta natural e industrial são respectivamente de 08h39m (r2=0,89) e 12h11m (r2=0,99) . O tipo de dieta influenciou a variabilidade do tempo de esvaziamento gástrico em cães tornando este estudo útil para futuras investigações de jejum alimentar em cães, além de proporcionar aplicações imediatas nas rotinas clínicas e cirúrgicas, balizando o adequado jejum para as dietas natural úmida e industrial seca.


  • Mostrar Abstract
  • O estudo foi dividido em dois capítulos. No primeiro realizamos uma revisão de literatura sobre as dietas atualmente instituídas na alimentação canina e suas relações com o tempo de esvaziamento gástrico na determinação de um adequado jejum pré-operatório em cães, necessários na medicina veterinária, para minimizar os riscos iatrogênicos que um jejum inapropriado pode ocasionar ao paciente. No segundo apresentamos um artigo científico submetido a revista arquivo brasileiro de medicina veterinária e zootecnia neste, avaliaram-se os efeitos de duas dietas sobre a dinâmica motílica e o tempo de esvaziamento gástrico em cães. Num ensaio clínico randomizado cruzado, seis cães, clinicamente saudáveis, machos, adultos, com peso de 12,38 Kg ±1,34, área corporal 0,537m² ±0,038, foram examinados por ultrassonografia nos tempos pós-prandiais de 00h30m, 05h00m, 07h00m, 09h00m e 12h00m de cada dieta, uma natural sólida úmida e outra industrial sólida seca, ofertadas em dois tratamentos. A passagem do conteúdo estomacal para duodeno aconteceu de forma gradual e contínua sendo mais acentuada na dieta natural. Não identificamos correlação entre as variáveis peso e volume ingeridos sobre o tempo de esvaziamento. A média máxima do índice de motilidade ocorreu em 05h00m para dieta natural e 00h30m para dieta industrial . Os tempos mínimos de esvaziamento gástrico determinados para a dieta natural e industrial são respectivamente de 08h39m (r2=0,89) e 12h11m (r2=0,99) . O tipo de dieta influenciou a variabilidade do tempo de esvaziamento gástrico em cães tornando este estudo útil para futuras investigações de jejum alimentar em cães, além de proporcionar aplicações imediatas nas rotinas clínicas e cirúrgicas, balizando o adequado jejum para as dietas natural úmida e industrial seca.

5
  • LUIZA NEME FRASSY
  • Mastectomia total unilateral utilizando mapeamento linfático: comparação entre diferentes técnicas cirúrgicas e marcadores linfáticos

  • Orientador : FERNANDO WIECHETECK DE SOUZA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CRISTIANO GOMES
  • FERNANDO WIECHETECK DE SOUZA
  • GRAZIELA KOPINITS DE OLIVEIRA
  • Data: 18/09/2018

  • Mostrar Resumo
  • Neoplasias mamárias são as que mais acometem cadelas não castradas e, por isso, têm alto impacto na medicina veterinária. Pesquisadores têm direcionado esforços para a padronização do diagnóstico, a compreensão do comportamento neoplásico e sua evolução e a descoberta de técnicas que aumentem a sobrevida dos pacientes. Sabe-se que a via linfática é a principal na disseminação metastática locorregional e que o linfonodo sentinela é o primeiro a receber a linfa tumoral. Diversas técnicas, utilizadas de forma única ou combinada, são descritas para o mapeamento linfático. O mapeamento colorimétrico é baseado na visualização direta dos linfonodos sentinela sem a necessidade de equipamentos de detecção especializados. O objetivo do presente estudo foi comparar a eficácia da marcação linfática entre dois marcadores diferentes, o azul de metileno 1% e o verde de indocianina e comparar duas abordagens cirúrgicas para mastectomias totais unilaterais, a técnica por dissecção fina e a por tração manual, considerando tempo cirúrgico, controle da hemorragia no transoperatório e abrangência das margens cirúrgicas mediante coloração do tecido linfático peritumoral. Para tal, foram incluídas no estudo 08 cadelas atendidas na rotina do Hospital Universitário Veterinário da Universidade Federal de Alagoas (HUV- UFAL) submetidas à mastectomia total unilateral, sendo que em quatro foi escolhida a técnica por tração manual utilizando o corante azul de metileno 1%, e nas demais a técnica por dissecção fina utilizando o verde de indocianina 50%. A utilização do azul de metileno 1% para mapeamento linfático em cadelas com neoplasia mamária mostrou um elevado percentual de reações alérgicas em comparação ao verde de indocinanina. A técnica de mastectomia total unilateral por dissecção fina mostrou superioridade em comparação à abordagem por tração manual no que se refere à hemorragia transoperatória. 


  • Mostrar Abstract
  • Neoplasias mamárias são as que mais acometem cadelas não castradas e, por isso, têm alto impacto na medicina veterinária. Pesquisadores têm direcionado esforços para a padronização do diagnóstico, a compreensão do comportamento neoplásico e sua evolução e a descoberta de técnicas que aumentem a sobrevida dos pacientes. Sabe-se que a via linfática é a principal na disseminação metastática locorregional e que o linfonodo sentinela é o primeiro a receber a linfa tumoral. Diversas técnicas, utilizadas de forma única ou combinada, são descritas para o mapeamento linfático. O mapeamento colorimétrico é baseado na visualização direta dos linfonodos sentinela sem a necessidade de equipamentos de detecção especializados. O objetivo do presente estudo foi comparar a eficácia da marcação linfática entre dois marcadores diferentes, o azul de metileno 1% e o verde de indocianina e comparar duas abordagens cirúrgicas para mastectomias totais unilaterais, a técnica por dissecção fina e a por tração manual, considerando tempo cirúrgico, controle da hemorragia no transoperatório e abrangência das margens cirúrgicas mediante coloração do tecido linfático peritumoral. Para tal, foram incluídas no estudo 08 cadelas atendidas na rotina do Hospital Universitário Veterinário da Universidade Federal de Alagoas (HUV- UFAL) submetidas à mastectomia total unilateral, sendo que em quatro foi escolhida a técnica por tração manual utilizando o corante azul de metileno 1%, e nas demais a técnica por dissecção fina utilizando o verde de indocianina 50%. A utilização do azul de metileno 1% para mapeamento linfático em cadelas com neoplasia mamária mostrou um elevado percentual de reações alérgicas em comparação ao verde de indocinanina. A técnica de mastectomia total unilateral por dissecção fina mostrou superioridade em comparação à abordagem por tração manual no que se refere à hemorragia transoperatória. 

6
  • AGNELO DOUGLAS DO NASCIMENTO JÚNIOR
  • Iinfluência do bloqueio da Na+, K+ -ATPase em blastocistos equinos

  • Orientador : DIOGO RIBEIRO CAMARA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANNELISE CASTANHA BARRETO TENORIO NUNES
  • DIOGO RIBEIRO CAMARA
  • VALESCA BARRETO LUZ
  • Data: 26/09/2018

  • Mostrar Resumo
  • Atualmente, um dos desafios na reprodução equina é a baixa taxa de sobrevivência
    de embriões criopreservados com diâmetro > 300 μm, usando métodos de
    vitrificação ou clássicos. Pesquisas sobre a influência da bomba de sódio (Na+
    , K+
    -
    ATPase) no desenvolvimento embrionário de eqüinos têm mais de 30 anos e hoje se
    sabe que participa da cavitação embrionária, modifica o gradiente iônico das células
    trofoblásticas, além de influenciar a formação, distribuição e permeabilidade das tight
    junctions (TJ) entre células trofoblásticas. Devido aos diversos tipos de isoformas da
    Na +
    , K+
    -ATPase, a depender das subunidades que a compõe, e a peculiaridades do
    desenvolvimento embrionário nas diferentes espécies, esse trabalho é caracterizado
    por uma revisão de literatura, para demonstrar os resultados dos principais estudos
    na área. Apresenta os resultados de um estudo que foi desenvolvido com o objetivo
    de buscar um meio capaz de reduzir o diâmetro do embrião equino a campo, para
    apoiar a vitrificação do blastocisto. Embriões equinos foram recuperados e
    submetidos a inibição da Na+
    , K+
    -ATPase por 1 ou 6 h, utilizando ouabaína isolada
    ou conjugada à sonda fluorescente (OuabaínaFL), durante incubação a 37° C. Os
    embriões foram avaliados quanto a características morfométricas (microscopia em
    campo claro) e de viabilidade (Hoechst 33342 + iodeto de propídeo). Acredita-se que
    este tenha sido o primeiro estudo que objetivou avaliar primariamente os efeitos da
    inibição da Na+
    , K+
    -ATPase com ouabaina, um inibidor específico, sobre embriões

    equinos. Observou-se que a inibição da Na+
    , K+
    -ATPase com ouabaina é capaz de
    reduzir o diâmtero dos blastocistos equinos, independetemente do dia de
    desenvolvimento (D7 ou D9), tendo sua confirmada a capacidade de ligação aos
    embriões a partir de estudos com ouabaina cojugada a sonda fluorescente. Todavia,
    a inibição da Na+
    , K+
    -ATPase compromente a viabilidade do embrião, não sendo
    recomendada a sua adoção com estratégia para redução do diâmetro de
    blastocistos equinos.


  • Mostrar Abstract
  • Atualmente, um dos desafios na reprodução equina é a baixa taxa de sobrevivência
    de embriões criopreservados com diâmetro > 300 μm, usando métodos de
    vitrificação ou clássicos. Pesquisas sobre a influência da bomba de sódio (Na+
    , K+
    -
    ATPase) no desenvolvimento embrionário de eqüinos têm mais de 30 anos e hoje se
    sabe que participa da cavitação embrionária, modifica o gradiente iônico das células
    trofoblásticas, além de influenciar a formação, distribuição e permeabilidade das tight
    junctions (TJ) entre células trofoblásticas. Devido aos diversos tipos de isoformas da
    Na +
    , K+
    -ATPase, a depender das subunidades que a compõe, e a peculiaridades do
    desenvolvimento embrionário nas diferentes espécies, esse trabalho é caracterizado
    por uma revisão de literatura, para demonstrar os resultados dos principais estudos
    na área. Apresenta os resultados de um estudo que foi desenvolvido com o objetivo
    de buscar um meio capaz de reduzir o diâmetro do embrião equino a campo, para
    apoiar a vitrificação do blastocisto. Embriões equinos foram recuperados e
    submetidos a inibição da Na+
    , K+
    -ATPase por 1 ou 6 h, utilizando ouabaína isolada
    ou conjugada à sonda fluorescente (OuabaínaFL), durante incubação a 37° C. Os
    embriões foram avaliados quanto a características morfométricas (microscopia em
    campo claro) e de viabilidade (Hoechst 33342 + iodeto de propídeo). Acredita-se que
    este tenha sido o primeiro estudo que objetivou avaliar primariamente os efeitos da
    inibição da Na+
    , K+
    -ATPase com ouabaina, um inibidor específico, sobre embriões

    equinos. Observou-se que a inibição da Na+
    , K+
    -ATPase com ouabaina é capaz de
    reduzir o diâmtero dos blastocistos equinos, independetemente do dia de
    desenvolvimento (D7 ou D9), tendo sua confirmada a capacidade de ligação aos
    embriões a partir de estudos com ouabaina cojugada a sonda fluorescente. Todavia,
    a inibição da Na+
    , K+
    -ATPase compromente a viabilidade do embrião, não sendo
    recomendada a sua adoção com estratégia para redução do diâmetro de
    blastocistos equinos.

7
  • LARISSA OTAVIANO DA ROCHA
  • Infecção Natural por Burkholderia mallei em Equídeos e cobaios (Cavia porcellus): estudo clínico e avaliação da resposta humoral

  • Orientador : KARLA PATRICA CHAVES DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANNELISE CASTANHA BARRETO TENORIO NUNES
  • FLAVIANA SANTOS WANDERLEY
  • KARLA PATRICA CHAVES DA SILVA
  • THIAGO AUGUSTO PEREIRA DE MORAES
  • WAGNNER JOSE NASCIMENTO PORTO
  • Data: 27/09/2018

  • Mostrar Resumo
  • O mormo é uma das doenças mais antigas de equídeos conhecidas. No Brasil,
    a doença foi descrita pela primeira vez em 1811, introduzida provavelmente por
    animais infectados importados da Europa. O agente do mormo, Burkholderia
    mallei é um bacilo Gram-negativo, sem cápsula, aeróbio, não esporulado e
    imóvel, e sua morfologia depende das condições de cultivo. B. mallei pode
    produzir infecção natural em diversas espécies animais, inclusive no homem,
    sendo atualmente considerada uma importante zoonose, especialmente pela
    possibilidade da utilização da bactéria como arma biológica. Os equinos,
    asininos, muares são considerados os principais hospedeiros suscetíveis. A
    transmissão da B. mallei, entre os solípedes, pode ocorrer principalmente
    através da ingestão de alimentos e água contaminada com descarga do trato
    respiratório ou exsudato das lesões cutâneas dos animais doentes, sendo
    possível também a transmissão através da via aerógena e por infecção de
    ferida. O homem pode contrair a infecção através do contato com solípedes
    doentes, sobretudo em aglomerações. O diagnóstico do mormo deve estar
    baseado nas observações das alterações clínicas, patológicas, dados
    epidemiológicos, da identificação do agente bacteriano, através de isolamento
    bacteriano inoculação em animais de laboratório ou caracterização por
    métodos moleculares e testes sorológicos. O tratamento de animais
    acometidos pelo mormo não é indicado, pois se tornam portadores subclínicos,
    tornando-se fonte de infecção para outros animais e para o homem. Com isso,
    objetivou-se estudar os aspectos de diagnóstico clínico, imunológico,
    anatomopatológico e microbiológico em equídeos naturalmente infectados por
    Burkholderia mallei.


  • Mostrar Abstract
  • O mormo é uma das doenças mais antigas de equídeos conhecidas. No Brasil,
    a doença foi descrita pela primeira vez em 1811, introduzida provavelmente por
    animais infectados importados da Europa. O agente do mormo, Burkholderia
    mallei é um bacilo Gram-negativo, sem cápsula, aeróbio, não esporulado e
    imóvel, e sua morfologia depende das condições de cultivo. B. mallei pode
    produzir infecção natural em diversas espécies animais, inclusive no homem,
    sendo atualmente considerada uma importante zoonose, especialmente pela
    possibilidade da utilização da bactéria como arma biológica. Os equinos,
    asininos, muares são considerados os principais hospedeiros suscetíveis. A
    transmissão da B. mallei, entre os solípedes, pode ocorrer principalmente
    através da ingestão de alimentos e água contaminada com descarga do trato
    respiratório ou exsudato das lesões cutâneas dos animais doentes, sendo
    possível também a transmissão através da via aerógena e por infecção de
    ferida. O homem pode contrair a infecção através do contato com solípedes
    doentes, sobretudo em aglomerações. O diagnóstico do mormo deve estar
    baseado nas observações das alterações clínicas, patológicas, dados
    epidemiológicos, da identificação do agente bacteriano, através de isolamento
    bacteriano inoculação em animais de laboratório ou caracterização por
    métodos moleculares e testes sorológicos. O tratamento de animais
    acometidos pelo mormo não é indicado, pois se tornam portadores subclínicos,
    tornando-se fonte de infecção para outros animais e para o homem. Com isso,
    objetivou-se estudar os aspectos de diagnóstico clínico, imunológico,
    anatomopatológico e microbiológico em equídeos naturalmente infectados por
    Burkholderia mallei.

8
  • RAFAELLE SANTOS SANTANA
  • Mastite subclinica e associação dos agentes etiológicos com a contagem de células somáticas em vacas mestiças Holandês-Gir

  • Orientador : CHIARA RODRIGUES DE AMORIM LOPES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CHIARA RODRIGUES DE AMORIM LOPES
  • JULICELLY GOMES BARBOSA MACEDO
  • KARLA PATRICA CHAVES DA SILVA
  • ANGELINA BOSSI FRAGA
  • Data: 27/09/2018

  • Mostrar Resumo
  • - A mastite é a alteração patológica que mais ocasiona perdas econômicas na
    produção leiteira no país e no mundo, além de ocasionar riscos à saúde pública. A
    identificação dos principais agentes etiológicos causadores de mastite e a associação
    destes com a contagem de células somáticas (CCS) são ferramentas imprescindíveis
    para prevenir e controlar a doença nos rebanhos. O objetivo do presente estudo foi
    avaliar a ocorrência da mastite subclínica e a associação entre os microrganismos
    isolados e a CCS obtida em propriedades de bovinos leiteiros predominantemente 1/2
    Holandês-Gir e predominantemente 3/4 e 5/8 Holandês-Gir. Para tal, foram obtidos
    dados do California Mastitis Test (teste CMT) mensal, dos resultados dos exames
    bacteriológicos e da CCS de duas propriedades leiteiras (propriedade A: predominância
    de 1/2 Holandês + 1/2 Gir; propriedade B: predominância de 3/4 Holandês + 1/4 Gir e
    de 5/8 Holandês + 3/8 Gir), localizadas na região semiárida do Estado de Alagoas,
    Brasil. A propriedade A foi a mais afetada pela mastite subclínica. Os principais agentes
    etiológicos isolados foram Staphylococcus sp. (37%), Streptococcus sp. (25%),
    Enterobacteriaceae (16%) e Corynebacterium sp. (11%). A CCS foi significativamente
    maior para as vacas que apresentaram os quatro quartos mamários infectados e para as
    vacas com dois ou acima de dois microrganismos isolados, em relação às sadias.
    Maiores valores de CCS (>1 000 000) foram encontrados na presença de infecção mista
    (associações) por Staphylococcus sp., com um ou mais microrganismos dos gêneros
    Micrococcus sp., Enterobacteriaceae, Streptococcus sp. e Corynebacterium sp.; na
    infecção mista por Streptococcus sp. e Corynebacterium sp. e por Enterobacteriaceae e
    Bacillus sp.


  • Mostrar Abstract
  • - A mastite é a alteração patológica que mais ocasiona perdas econômicas na
    produção leiteira no país e no mundo, além de ocasionar riscos à saúde pública. A
    identificação dos principais agentes etiológicos causadores de mastite e a associação
    destes com a contagem de células somáticas (CCS) são ferramentas imprescindíveis
    para prevenir e controlar a doença nos rebanhos. O objetivo do presente estudo foi
    avaliar a ocorrência da mastite subclínica e a associação entre os microrganismos
    isolados e a CCS obtida em propriedades de bovinos leiteiros predominantemente 1/2
    Holandês-Gir e predominantemente 3/4 e 5/8 Holandês-Gir. Para tal, foram obtidos
    dados do California Mastitis Test (teste CMT) mensal, dos resultados dos exames
    bacteriológicos e da CCS de duas propriedades leiteiras (propriedade A: predominância
    de 1/2 Holandês + 1/2 Gir; propriedade B: predominância de 3/4 Holandês + 1/4 Gir e
    de 5/8 Holandês + 3/8 Gir), localizadas na região semiárida do Estado de Alagoas,
    Brasil. A propriedade A foi a mais afetada pela mastite subclínica. Os principais agentes
    etiológicos isolados foram Staphylococcus sp. (37%), Streptococcus sp. (25%),
    Enterobacteriaceae (16%) e Corynebacterium sp. (11%). A CCS foi significativamente
    maior para as vacas que apresentaram os quatro quartos mamários infectados e para as
    vacas com dois ou acima de dois microrganismos isolados, em relação às sadias.
    Maiores valores de CCS (>1 000 000) foram encontrados na presença de infecção mista
    (associações) por Staphylococcus sp., com um ou mais microrganismos dos gêneros
    Micrococcus sp., Enterobacteriaceae, Streptococcus sp. e Corynebacterium sp.; na
    infecção mista por Streptococcus sp. e Corynebacterium sp. e por Enterobacteriaceae e
    Bacillus sp.

9
  • CAMILA DE MORAIS PEDROSA
  • Frequência de Neospora caninum e de Toxoplasma gondii em Cachorro-do-Mato
    (Cerdocyon thous, Linnaeus, 1776) no estado de Alagoas, Brasil

  • Orientador : ANNELISE CASTANHA BARRETO TENORIO NUNES
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANNELISE CASTANHA BARRETO TENORIO NUNES
  • KARLA PATRICA CHAVES DA SILVA
  • WAGNNER JOSE NASCIMENTO PORTO
  • FLAVIANA SANTOS WANDERLEY
  • Data: 28/09/2018

  • Mostrar Resumo
  • O Brasil apresenta uma grande diversidade de fauna e flora. No entanto, esta diversidade tem
    sido ameaçada por intervenção das ações humana. Estas interferências têm causado
    perturbações aos habitats naturais e evasão das populações de animais selvagens para áreas
    urbanas, resultando na interaçãoentre populações humanas e animais domésticos, favorecendo
    assim a transmissão de doenças infecciosas comuns a estes animais, como neosporose e
    toxoplasmose. A neosporose é toxoplasmose são enfermidades parasitárias causadas por
    Neospora caninum e Toxoplasma gondii respectivamente. São protozoários responsáveis por
    provocar significativas perdas reprodutivas e econômicas no mundo, sendo reconhecida com
    umas das principais causas de aborto em ruminantes. Contudo, Toxoplasma gondiinão se
    limita apenas a vida animal, podendo expandir para populações humanas, sendo conhecida
    como uma das zoonoses mais difundidas no mundo. Estudos têm demonstrado à ocorrência
    de Neospora caninume Toxoplasma gondii em canídeos selvagens, evidenciando a
    importância dessas espécies como hospedeiros intermediários e definitivos desse protozoário.
    Neste seguimento, sendo o cachorro-do-mato (Cerdocyon thous) um hospedeiro
    intermediário, pode-se considerar a possibilidade deste canídeo ser um hospedeiro definitivo.
    Portanto, mais estudos nesta área devem ser realizados para estabelecer a relação deste
    animal no ciclo destes patógenos e seu impacto em animais de produção e para saúde pública.


  • Mostrar Abstract
  • O Brasil apresenta uma grande diversidade de fauna e flora. No entanto, esta diversidade tem
    sido ameaçada por intervenção das ações humana. Estas interferências têm causado
    perturbações aos habitats naturais e evasão das populações de animais selvagens para áreas
    urbanas, resultando na interaçãoentre populações humanas e animais domésticos, favorecendo
    assim a transmissão de doenças infecciosas comuns a estes animais, como neosporose e
    toxoplasmose. A neosporose é toxoplasmose são enfermidades parasitárias causadas por
    Neospora caninum e Toxoplasma gondii respectivamente. São protozoários responsáveis por
    provocar significativas perdas reprodutivas e econômicas no mundo, sendo reconhecida com
    umas das principais causas de aborto em ruminantes. Contudo, Toxoplasma gondiinão se
    limita apenas a vida animal, podendo expandir para populações humanas, sendo conhecida
    como uma das zoonoses mais difundidas no mundo. Estudos têm demonstrado à ocorrência
    de Neospora caninume Toxoplasma gondii em canídeos selvagens, evidenciando a
    importância dessas espécies como hospedeiros intermediários e definitivos desse protozoário.
    Neste seguimento, sendo o cachorro-do-mato (Cerdocyon thous) um hospedeiro
    intermediário, pode-se considerar a possibilidade deste canídeo ser um hospedeiro definitivo.
    Portanto, mais estudos nesta área devem ser realizados para estabelecer a relação deste
    animal no ciclo destes patógenos e seu impacto em animais de produção e para saúde pública.

10
  • KEZIAH MELO DE SANT'ANA
  • Dinâmica da Infecção Natural por Neospora caninum e Toxoplasma gondii em caprinos

  • Orientador : WAGNNER JOSE NASCIMENTO PORTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANNELISE CASTANHA BARRETO TENORIO NUNES
  • FLAVIANA SANTOS WANDERLEY
  • KARLA PATRICA CHAVES DA SILVA
  • WAGNNER JOSE NASCIMENTO PORTO
  • Data: 28/09/2018

  • Mostrar Resumo
  • A neosporese...


  • Mostrar Abstract
  • A neosporese...

SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2022 - UFAL - sig-app-1.srv1inst1 10/12/2022 01:21