PPGA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA CAMPUS DE ENGENHARIA E CIÊNCIAS AGRÁRIAS Telefone/Ramal: 98874-6270

Banca de DEFESA: TIAGO AMARAL

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : TIAGO AMARAL
DATA : 16/02/2022
HORA: 10:00
LOCAL: Centro de Ciências Agrárias
TÍTULO:

OTIMIZAÇÃO DE MODELOS PARA A ESTIMATIVA DO ARMAZENAMENTO DE AGUA NO SOLO EM UM CULTIVO DE FEIJÃO SOB DIFERENTES LAMINAS DE IRRIGAÇÃO


PALAVRAS-CHAVES:

Modelagem, Phaseolus vulgaris L., agricultura irrigada, armazenamento de agua no solo.


PÁGINAS: 82
RESUMO:

A produtividade do feijão comum na região Nordeste do Brasil (NEB) é considerada baixa comparada às demais regiões. Um dos fatores limitantes para produção agrícola, sobretudo nas regiões ageoecológicas inseridos no NEB, é a distribuição sazonal irregular da precipitação pluvial. Para diminuir os efeitos do déficit hídrico, a irrigação é uma prática essencial para um bom desempenho agronômico da cultura, além de manter a produtividade do feijão competitiva no setor agrícola, pois a agricultura irrigada reduz os riscos e proporciona aumento na produtividade. Assim, faz-se necessário conhecer o armazenamento de água no solo, responsável por suprir a demanda da cultura. Modelos de estimativas do armazenamento de água no solo, baseados em dados meteorológicos e parâmetros do solo e da cultura, destacam-se em relação às medidas diretas, devido a possibilidade de extrapolação e a maior representatividade espacial. Assim, objetivou-se nessa pesquisa otimizar e avaliar o balanço hídrico determinado pelo método de Thornthwaite e Mather (1955) adaptado para cultivos agrícolas e o método da FAO-56 com a abordagem do KcDual, no qual é possível estimar a umidade do solo. Os dados agrometeorológicos e da cultura foram obtidos em experimento de campo conduzido no município de Rio Largo, Alagoas (09°28'02" S; 35°49’43" W; 127 m) no período de 17 de novembro de 2015 a 1 de fevereiro de 2016, com a cultura do feijão, variedade rosinha. O experimento contou com um sistema de irrigação por aspersão no qual foram aplicadas lâminas referentes à 25%, 50%, 75%, 100%, 125% e 150% da evapotranspiração da cultura (ETc). Os modelos foram implementados em ambiente de modelagem do software OpenModel©, onde também foi realizada a análise estatística de desempenho dos modelos e a otimização de parâmetros da cultura (Kc e Kcb) e do solo (f e PMP) pelo método de Levenberg-Marquardt (LM). A análise estatística foi baseada no coeficiente de determinação (r²) entre o armazenamento de água estimado e observado, no índice de concordância de Willmott (d) modificado no índice de NashSutcliffe (IN) e na raiz do quadrado médio do erro (RQME). Concluiu-se que os métodos podem ser utilizados para estimar o ARM, pois apresentaram boa precisão para as estimativas realizadas em cultivo de feijão em Rio Largo, AL. Entretanto, se faz necessário, ajustes considerando características da cultura, solo e clima da região. A otimização por modelagem inversa LM retornou valores de Kc médio, Kcb inicial, Kcb médio, f  e PMP dentro da literatura encontrada, entretanto Kc inicial apresentou elevação em seu valor. Diante disso, recomenda-se testar outros metodos de modelagem inversa. Depois de um período de estresse hídrico e com a volta da infiltração de agua no solo, os dois métodos apresentam estimativas de ARM subestimadas e quando o sistema apresentou um novo período seco, os métodos retornaram valores superestimados. Considera-se suspeitar dos efeitos da histerese da agua no solo, que não é considerado nas formulas dos métodos. Os métodos apresentaram maiores erros na estimativa de ARM nos tratamentos em deficit hidrico e excesso de agua pela irrigação. O BH pelo método de Thornthwaite e Mather (1955) apresentou erros menores em seus resultados e por isso pode ser indicado para analises do fluxo de água para culturas agrícolas


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1790454 - GUILHERME BASTOS LYRA
Interno - 021.209.164-62 - GUSTAVO BASTOS LYRA - UFRRJ
Externo à Instituição - IVOMBERG DOURADO MAGALHÃES - UFAL
Notícia cadastrada em: 18/02/2022 21:42
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2022 - UFAL - sig-app-1.srv1inst1 01/07/2022 20:24