PPGPP PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PROTEÇÃO DE PLANTAS CAMPUS DE ENGENHARIA E CIÊNCIAS AGRÁRIAS Telefone/Ramal: 99963-8987

Banca de DEFESA: ROMARIO GUIMARAES VERCOSA DE ARAUJO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ROMARIO GUIMARAES VERCOSA DE ARAUJO
DATA : 06/07/2021
HORA: 14:00
LOCAL: CECA- UFAL, ambiente virtual.
TÍTULO:

INDUÇÃO DE RESISTÊNCIA A Colletotrichum truncatum EM Phaseolus lunatus POR BACTÉRIAS FIXADORAS DE NITROGÊNIO

 


PALAVRAS-CHAVES:

controle biológico; fixação biológica de nitrogênio; antracnose; resistência inata: pulses


PÁGINAS: 62
RESUMO:

Os mecanismos de defesa das plantas são ativados quando desafiados com o agente causal da doença. Os processos de defesa induzidos podem ser de dois tipos: resistência sistêmica adquirida (SAR) e resistência sistêmica induzida (ISR). O SAR é ativado por fatores bióticos e abióticos e o ISR é ativado por microrganismos presentes na rizosfera. As bactérias fixadoras de nitrogênio são simbiontes das raízes que fornecem nitrogênio as leguminosas. A interação envolve a supressão do sistema de defesa da planta, mas há relatos de efeitos associados a indução de resistência a alguns patógenos. Com isso, objetivou-se avaliar a contribuição da simbiose na resistência do P. lunatus à antracnose. Foram isoladas espécies de bactérias fixadoras de nitrogênio de nódulos obtidos de infecção espontânea de 19 genótipos de P. lunatus. As bactérias isoladas foram caracterizadas morfologicamente. Foram selecionadas duas estirpes rizobiais, sendo uma com alto potencial nodulífero (CECA R19) e uma com baixa capacidade nodulífera (CECA R01). Os isolados bacterianos foram inoculados em 4 genótipos de fava com as seguintes características: F1CGG (alta taxa de nodulação e resistente a antracnose); RTKC (alta taxa de nodulação e suscetível a antracnose); PCGG (baixa taxa de nodulação e resistente a antracnose); FFG (baixa taxa de nodulação e suscetível a antracnose) e comparados com o tratamento controle e o tratamento onde foi fornecido nitrogênio mineral (correspondente a 50 kg ha-1 de N). Foi verificado que as plantas inoculadas com os isolados CECA R01, CECA R19 e as plantas adubadas com nitrogênio mineral apresentaram menor severidade nos sintomas de antracnose aos 3 e 5 dias após a inoculação, além de apresentar maior biomassa e matéria seca da parte aérea quando comparadas ao tratamento controle. Ao final da avaliação as plantas adubadas com nitrogênio mineral e as inoculadas com as estirpes CECA R01 CECA R19 foram classificadas como moderadamente resistente e as plantas do tratamento controle como moderadamente suscetíveis.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1790557 - GILDEMBERG AMORIM LEAL JUNIOR
Interna - 1121083 - MARIA DE FATIMA SILVA MUNIZ
Externa ao Programa - 1121109 - TANIA MARTA CARVALHO DOS SANTOS
Notícia cadastrada em: 05/07/2021 15:34
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2024 - UFAL - sig-app-3.srv3inst1 22/05/2024 02:27