PPGPP PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PROTEÇÃO DE PLANTAS CAMPUS DE ENGENHARIA E CIÊNCIAS AGRÁRIAS Telefone/Ramal: 99963-8987

Banca de QUALIFICAÇÃO: ANDERSON BRUNO ANACLETO DE ANDRADE

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ANDERSON BRUNO ANACLETO DE ANDRADE
DATA : 29/09/2021
HORA: 08:00
LOCAL: video conferencia google meet
TÍTULO:

Ecologia química de pragas desfolhadoras de Arecaceae: Coraliomela brunnea Thumberg, (Coleoptera: Chrysomelidae) e Brassolis sophorae Linnaeus (Lepidoptera: Nymphalidae)


PALAVRAS-CHAVES:

Semioquímicos; Compostos cuticulares; Feromônio de curta distância.

 


PÁGINAS: 50
RESUMO:

As palmáceas apresentam importância econômica e ornamental. Seu cultivo é geralmente atacado por diversas pragas, dentre elas insetos desfolhadores, como a lagarta Brassolis sophorae e o besouro Coraliomela brunnea. No Brasil não há produtos registrados para o controle dessas pragas. Assim é importante a busca por métodos que possibilitem o manejo integrado. Objetivou-se com o presente trabalho investigar os semioquímicos associados a B. sophorae e C. brunnea para controle e/ou monitoramento dessas pragas desfolhadoras de Arecaceae, por meio da descrição das características taxonômicas, morfológicas e comportamentais, análise dos compostos associados às partes do corpo dos insetos com a finalidade de possível função de feromônio de curta distância e teste desses compostos através de bioensaios e verificação de atividade atrativa. Nas caraterísticas morfológicas observou-se que as antenas de B. sophorae possuem estruturas sensoriais de três tipos tricoide, caética e coleocônicas, sem diferença entre sexos. As sensilas tricoides são associadas à função de receptoras de feromônio, as caéticas e coleocônicas quimiossensoriais. Em relação aos compostos das partes, as asas de machos de B. sophorae apresentam maior diversidade com um composto majoritário específico, tendo compostos alcanos de cadeia longa como componentes em asas de machos e fêmeas. Os compostos presentes em partes do corpo de C. brunnea são semelhantes em quantidade entre sexos, tendo como majoritários compostos alcanos de cadeia longa. Os extratos de partes apresentam dois compostos ativos para machos e fêmeas e o extrato de perna de macho mostrou-se atrativo para fêmeas de C. brunnea. Os estudos com semioquímicos associados a essas pragas podem contribuir para o desenvolvimento de técnicas para o manejo integrado.

 


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 024.985.859-23 - ELIO CESAR GUZZO - USP
Interna - 2337920 - ROSEANE CRISTINA PREDES TRINDADE
Externa à Instituição - MARIA FERNANDA GOMES VILLALBA PENAFLOR - UFLA
Externa à Instituição - BIANCA GIULIANO AMBROGI - UFS
Notícia cadastrada em: 22/02/2022 20:23
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2024 - UFAL - sig-app-1.srv1inst1 22/05/2024 02:01