PPGPP PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PROTEÇÃO DE PLANTAS CAMPUS DE ENGENHARIA E CIÊNCIAS AGRÁRIAS Telefone/Ramal: 99963-8987

Banca de DEFESA: MARIA HELLOÁ COSTA DE OLIVEIRA

Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MARIA HELLOÁ COSTA DE OLIVEIRA
DATA : 31/07/2023
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de videoconferência do Programa de Pós-graduação
TÍTULO:

INCIDÊNCIA E CARACTERIZAÇÃO MOLECULAR DE BADNAVÍRUS QUE INFECTAM FLORES TROPICAIS NO ESTADO DE ALAGOAS


PALAVRAS-CHAVES:

Caulimoviridae, Zingiberales, sequenciamento de alto rendimento


PÁGINAS: 61
RESUMO:

Um dos segmentos mais promissores do agronegócio nacional é a floricultura, com um mercado emergente de lucratividade em todo o mundo. As flores tropicais são atacadas por diferentes patógenos, dentre eles as badnaviroses. Os badnavírus (Família Caulimoviridae) consistem em um grupo de vírus com genoma de DNA circular fita dupla, encapsidados em partículas baciliformes não envelopados e transmitidos principalmente por cochonilhas. Doenças causadas por vírus deste gênero têm emergido como sérios problemas para muitas culturas economicamente importantes nas regiões tropicais e subtropicais do mundo, incluindo o Brasil. Para determinação da incidência de espécies de badnavírus que ocorrem em plantas tropicais das famílias Costaceae, Heliconiaceae e Zingiberaceae amostras foram coletadas nos polos produtores de plantas tropicais em Alagoas. Submetidas a detecção de badnavírus, via PCR (“Polymerase Chain Reaction”) usando os primers universais para o gênero. Doze amostras Costus spiralis (8), Alpinia purpurata (4) e Helicônia sp. (2) foram positivas, posteriormente essas amostras foram submetidos à amplificação do genoma viral completo via Rolling circle amplification (RCA) utilizando o kit TempliphiTM 100 amplification (GE Healthcare Life Sciences) e novamente submetidas a PCR para detectar a ocorrência de infecção por badnavírus na forma epissomal. Identificadas a amostra infectada com o vírus na forma epissomal, o produto de RCA foi enviado para Sequenciamento de Alto Rendimento (high-troughput sequencing). A sequência do genoma viral completo foi montada e submetida à análise BLASTn, análise de comparações pareadas no programa SDT para demarcação de espécies, e RPD para identificação de eventos de recombinação. Um novo isolado de Badnavirus alphavirgamusae (BSGFV) foi identificado, neste trabalho referido como BSGFV_BR_ALPINIA.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2149632 - SARAH JACQUELINE CAVALCANTI DA SILVA
Interno(a) - 1369412 - GAUS SILVESTRE DE ANDRADE LIMA
Interno(a) - 1790557 - GILDEMBERG AMORIM LEAL JUNIOR
Externo(a) ao Programa - 3339094 - MAYRA MACHADO DE MEDEIROS FERRO
Externo(a) à Instituição - JOÃO MANOEL DA SILVA - UESPI
Notícia cadastrada em: 31/07/2023 12:41
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2024 - UFAL - sig-app-1.srv1inst1 22/05/2024 02:00