PPGG PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GEOGRAFIA INSTITUTO DE GEOGRAFIA, DESENVOLVIMENTO E MEIO AMBIENTE Telefone/Ramal: 99992-2210/1441

Banca de DEFESA: JOAO PAULO DA HORA NASCIMENTO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JOAO PAULO DA HORA NASCIMENTO
DATA : 22/02/2021
HORA: 14:00
LOCAL: Videoconferência
TÍTULO:

APLICAÇÃO DE ÍNDICES MORFOMÉTRICOS PARA IDENTIFICAÇÃO DE CONTROLES ESTRUTURAIS ATUANTES EM BACIAS HIDROGRÁFICAS DO BAIXO SÃO FRANCISCO


PALAVRAS-CHAVES:

Geomorfologia estrutural, análise de perfil longitudinal, knickpoints, Nordeste oriental do Brasil.

 


PÁGINAS: 89
RESUMO:

A variedade de formas topográficas é garantida pela distribuição de massas rochosas de diferentes resistências, composição e posição na crosta terrestre associada aos mais diversos tipos de climas existentes, variando espacial e temporalmente. Entender estas variedades morfológicas a partir de suas diversas interações tem sido o ponto central das discussões geomorfológicas desde suas primeiras aplicações. Este trabalho tem como objetivo a análise morfométrica em bases geomorfológicas de quatro bacias hidrográficas localizadas entre os semiáridos alagoano e pernambucano (Bacias dos Rios Traipu, Ipanema, Capiá e Moxotó). Para tanto, uma série de parâmetros e índices de natureza quantitativa foram aplicados ora às bacias, ora aos rios principais. Inicialmente, foram confeccionados Modelos Digitais de Elevação com resolução espacial de 90m do projeto Shuttle Radar Topographic Mission (SRTM), a partir destes dados foram extraídas as redes de drenagem e delimitadas as bacias, de maneira a possibilitar a análise morfométrica. Esta foi iniciada a partir da hierarquização da rede de drenagem de acordo com Strahler (1952), procedimento que serviu de critério para outros índices voltados à análise da rede de drenagem das bacias como relação de bifurcação, relação entre o comprimento médio dos canais por ordem e relação do equivalente vetorial. A análise dos perfis longitudinais se deu a partir dos Índices SL/k e Ksn, os quais são sensíveis a variações topográficas relacionadas à controles geológicos; a análise das bacias se deu ainda com a elaboração de curvas hipsométricas e aplicação do fator de assimetria de bacia de drenagem. Por fim, foram extraídos lineamentos de relevo para cada bacia estudada para quatro ângulos de iluminação (45º, 90º, 315º e 360º) de maneira a caracterizar a direção das principais estruturas atuantes na organização do relevo da área estudada. A aplicação dos índices de gradiente permitiu a identificação dos principais setores de ruptura nos perfis longitudinais dos principais rios das quatro bacias. Estes setores de quebra podem ter gêneses diversas, contudo, a relativa regularidade na distribuição dos setores no baixo cursos dos canais principais, pode indicar a atuação de uma gênese comum associada a condicionantes lito-estruturais.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANTONIO CARLOS DE BARROS CORRÊA - UFPE
Presidente - 1891214 - KLEYTHON DE ARAUJO MONTEIRO
Interna - 1574934 - NIVANEIDE ALVES DE MELO FALCAO
Notícia cadastrada em: 02/02/2021 12:19
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2024 - UFAL - sig-app-4.srv4inst1 19/05/2024 18:20