Dissertações/Teses

Clique aqui para acessar os arquivos diretamente da Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFAL

2022
Dissertações
1
  • ANDERSON MARQUES ARAUJO DO NASCIMENTO
  • Efeitos ambientais da dragagem do Porto de Maceió (AL) e cenário futuro da demanda portuária

  • Orientador : PAULO RICARDO PETTER MEDEIROS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA PAULA LOPES DA SILVA
  • NILVA BRANDINI
  • PAULO RICARDO PETTER MEDEIROS
  • Data: 17/01/2022

  • Mostrar Resumo
  • O objetivo deste trabalho foi analisar os efeitos ambientais dos sedimentos dragados do Porto de Maceió no ano de 2018, bem como projetar a demanda portuária futura após as atividades de dragagem. O processo de monitoramento ambiental foi executado em três campanhas amostrais (antes, durante e após as atividades de dragagem), correspondentes aos meses de março, maio e agosto de 2018, respectivamente. Nas três campanhas amostrais foram realizadas coletas de água nos estratos de superfície e fundo das áreas de dragagem (bacia de evolução do Porto) e de descarte dos sedimentos dragados. Em campo foram obtidos dados in situ dos parâmetros turbidez, oxigênio dissolvido, porcentagem de oxigenação, temperatura, condutividade elétrica e salinidade e de transparência da água. Em laboratório, as amostras coletadas foram filtradas para determinação do material particulado em suspensão e das séries nitrogenada e fosfatada. Ao fim das atividades, os dados multiparamétricos foram tabulados e então comparados aos valores de aceitabilidade fixados pela Resolução CONAMA n° 357 de 2005 e n° 454 de 2012 para águas salinas de Classe 1. A concentração de material particulado em suspensão nas campanhas amostrais constatou comportamento dinâmico entre os estratos prévia, durante e após as obras de dragagem, apresentando valores ascendentes na bacia de evolução do Porto, na referida ordem de amostragem, enquanto na área de descarte os valores da campanha de pré-dragagem para de dragagem apresentou padrão ascendente e posteriormente descendente para a de pós-dragagem. Antes das obras de dragagem não foi verificado predominância tendencial das séries nitrogenada e fosfatada entres os estratos, em virtude de a draga ainda não estar em funcionamento. Na campanha de dragagem, predominou-se a série nitrogenada e fosfatada de superfície e os maiores valores, enquanto em agosto foi observada a predominância da série nitrogenada e fosfatada de fundo com significativa diminuição nas concentrações. À exceção da série fosfatada nas três campanhas de amostragem e das taxas de oxigênio dissolvido e % de saturação, no período de dragagem, os demais parâmetros analisados estiveram em conformidade ao padrão de aceitabilidade, tanto na bacia de evolução do porto, quanto na área de descarte. O cenário futuro da demanda portuária pós-dragagem até o ano de 2060 projeta que há expectativa de aumento dos volumes exportados e importados, com destaque para derivados de granéis líquidos combustíveis, granéis sólidos vegetais e granéis sólidos minerais. Além disso, há perspectiva de novas cargas, que incluem escória de cobre, ácido sulfúrico, coque de petróleo, cavacos de eucalipto e madeira e produtos conteinerizados. Com relação à atracação de navios de cruzeiro, a projeção é de 11 atrações ao ano, no cenário tendencial.


  • Mostrar Abstract
  • The aim of this work was to analyze the environmental effects of sediments dredged from the Port of Maceió in 2018, as well as to project the future port demand after the dredging activities. The environmental monitoring process was carried out in three sampling campaigns (before, during and after the dredging activities), corresponding to the months of March, May and August 2018, respectively. In the three sampling campaigns, water was collected from the surface and bottom strata of the dredging areas (Port evolution basin) and for the disposal of the dredged sediments. In the field, in situ data were obtained for the parameters turbidity, dissolved oxygen, percentage of oxygenation, temperature, electrical conductivity and salinity and water transparency. In the laboratory, the collected samples were filtered to determine the suspended particulate matter and the nitrogen and phosphate series. At the end of the activities, the multiparametric data were tabulated and then compared to the acceptability values set by CONAMA Resolution No. 357 of 2005 and No. 454 of 2012 for Class 1 saline water. The concentration of suspended particulate matter in the sampling campaigns found a dynamic behavior between the strata prior, during and after the dredging works, showing ascending values in the evolution basin of the Port, in the aforementioned sampling order, while in the disposal area the values of the campaign from pre-dredging to dredging showed an ascending pattern and later descending for the post-dredging. Before the dredging works, a trend predominance of the nitrogen and phosphate series between the strata was not verified, due to the fact that the dredger is not yet in operation. In the dredging campaign, the nitrogen and phosphate series on the surface and the highest values were predominant, while in August there was a predominance of the nitrogen and phosphate series at the bottom with a significant decrease in concentrations. With the exception of the phosphate series in the three sampling campaigns and the dissolved oxygen and % saturation rates, in the dredging period, the other parameters analyzed were in accordance with the acceptability standard, both in the port's evolution basin and in the area of discard. The future scenario of post-dredging port demand until the year 2060 projects that there is an expectation of an increase in exported and imported volumes, with emphasis on derivatives of fuel liquid bulk, vegetable solid bulk and mineral solid bulk. In addition, there is perspective for new loads, which include copper slag, sulfuric acid, petroleum coke, eucalyptus and wood chips and containerized products. Regarding the docking of cruise ships, the projection is 11 attractions per year, in the trend scenario.

2
  • DELANE DOS SANTOS DIAS
  • LEVANTAMENTO DE ESTUDOS DO GÊNERO BYRSONIMA NO BRASIL E ASPECTOS SOCIOECONÔMICOS
    QUE INFLUENCIAM O USO, MANEJO E COMERCIALIZAÇÃO DO MURICI NO SEMIÁRIDO ALAGOANO

  • Orientador : KALLIANNA DANTAS ARAUJO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • KALLIANNA DANTAS ARAUJO
  • NIVANEIDE ALVES DE MELO FALCAO
  • MAYARA ANDRADE SOUZA
  • Data: 17/02/2022

  • Mostrar Resumo
  • A região Semiárida é caracterizada pela ocorrência do bioma Caatinga e composto de inúmeras espécies endêmicas, com amplas possibilidades de uso, seja para consumo humano ou forragem para os animais. Dentre as espécies, destaca-se o murici pertencente ao gênero Byrsonima, que já apresenta potencial para a indústria alimentícia, cujos frutos apresentam coloração alaranjada e sabor e aroma característicos, além de apresentar potencial antioxidante. Diante deste contexto, objetivou-se identificar onde estão concentrados os trabalhos com murici (gênero: Byrsonima) no Brasil, e os fatores socioeconômicos que influenciam no uso, manejo e comercialização do fruto no Semiárido Alagoano. Estão sendo levantados artigos científicos em plataformas de busca para verificação de pesquisas sobre o gênero Byrsonima no Brasil relacionadas a espécie murici, coordenadas geográficas, altitude, município, estado, vegetação, temática, autor (es), ano e a revista. A partir destas informações serão confeccionados mapas de localização e distribuição do murici no Brasil. Além disso, foram levantadas informações em banco de dados sobre os fatores socioeconômicos da população que utiliza e/ou comercializa o murici nos no Semiárido Alagoano e a partir dessas informações será realizada a análise estatística dos dados por meio de regressão múltipla, observando variáveis dependentes (manejo do murici e comercialização do fruto) e variáveis independentes (sexo, situação escolar e renda familiar). Resultados preliminares apontam que as pesquisas que vêm sendo realizadas e publicadas em artigos relacionados ao gênero Byrsonima se concentram nas regiões nordeste e centro-oeste do Brasil, abordando principalmente a reprodução, propriedades químicas e farmacológicas, além do consumo animal e humano. Ao final da pesquisa espera-se ampliar o banco de dados sobre a localização e distribuição do murici no Brasil.


  • Mostrar Abstract
  • The semi-arid region is characterized by the occurrence of the Caatinga biome and is composed of numerous endemic species, with wide possibilities of use, whether for human consumption or forage for animals. Among the species, there is the murici, belonging to the genus Byrsonima, which already has potential for the food industry, whose fruits have orange color and characteristic flavor and smell, in addition to presenting antioxidant potential. In this context, the aim of this study was to identify where the work with murici (genus: Byrsonima) in Brazil is concentrated, and the socioeconomic factors that influence the use, management and commercialization of the fruit in the semiarid region of Alagoas. Scientific articles are being raised in search platforms to verify research on the genus Byrsonima in Brazil related to the murici species, geographic coordinates, altitude, municipality, state, vegetation, theme, author(s), year and the journal. Based on this information, maps of the location and distribution of murici in Brazil was made. In addition, information was collected in a database on the socioeconomic factors of the population that uses and/or sells murici in the semiarid region of Alagoas and, based on this information, the statistical analysis of the data was performed using multiple regression, observing dependent variables (murici management and fruit marketing) and independent variables (gender, educational status and family income). Preliminary results indicate that the research, which has been performed and published in articles related to the Byrsonima genus is concentrated in the Northeast and Midwest regions of Brazil, mainly addressing reproduction, chemical and pharmacological properties, in addition to animal and human consumption. At the end of the research, it is expected to expand the database on the location and distribution of murici in Brazil.

3
  • AERTON DE ANDRADE BEZERRA
  • ANÁLISE SOBRE O ESTADO DE CONSERVAÇÃO DAS NASCENTES NO MUNICÍPIO DE OLHO D’ÁGUA DO CASADO, ALAGOAS

  • Orientador : ANA PAULA LOPES DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA PAULA LOPES DA SILVA
  • JORGE LUIZ LOPES DA SILVA
  • ROCHANA CAMPOS DE ANDRADE LIMA SANTOS
  • Data: 22/02/2022

  • Mostrar Resumo
  • A nascentes no semiárido além de suas características e qualidades ambientais, tem atuações socioambientais que operam de modo direto na alteração do estado de conservação das nascentes. A área de estudo está localizada no município Olho D’Água do Casado, na Mesorregião de Alagoas e na Microrregião alagoana do sertão do São Francisco, as nascentes estão inseridas nessas circunstâncias, onde o baixo índice de água relacionado a situação ambiental do local e as ações antrópicas vem causando problemas de degradação ambiental. Diante desses questionamentos, o objetivo geral da pesquisa foi realizar um estudo visando uma análise do estado de conservação das nascentes. O método que conduziu o estudo foi o experimental, com uma abordagem quantitativa e qualitativa. Foram realizados estudos bibliográficos e documentais, coletas de água para analises dos parâmetros físicos: Sólidos Totais Dissolvidos (mg/L), Condutividade Elétrica (µS/cm), Turbidez (NTU) e Temperatura (°C), químicos: Potencial Hidrogeniônico (pH), Demanda Bioquímica do Oxigênio (mg/L), Oxigênio Dissolvido (mg/L), Fósforo Total (mg/L), Nitrogênio Total (mg/L) e biológica: Coliformes Termotolerantes (NMT) em laboratório, tendo a coleta no mês de dezembro de 2020 referente ao período seco e no mês de maio de 2021 referente ao período chuvoso. Foram coletados também sedimentos para análises sedimentologicas no mês de outubro de 2020, a identificação os cursos d’água e o mapeamento das nascentes, foram elaborados mapas geológico e de uso e ocupação do solo, caracterização quanto a perenidade e o desenvolvimento de uma cartilha educacional, visando a melhoria da relação sociedade natureza e a apresentação das atividades feitas pelo projeto no período de 2018/2021. Os resultados demostraram que as nascentes analisadas apresentaram perenidade durante os anos pesquisados, em conformidade com os parâmetros físicos, químicos e biológicos através da sazonalidade do período seco e chuvoso. Algumas amostras demostraram valores acima do limite de referência estabelecido pelos órgãos governamentais. As análises constataram uma forte presença de Coliformes Termotolerantes, Demanda Bioquímica do Oxigênio, Fósforo Total, Nitrogênio Total, Condutividade Elétrica, Sólidos Totais Dissolvidos e a Turbidez, devido a uma maior contaminação por esgoto doméstico e acúmulos de sedimentos na área urbana e de uma maior quantidade de material orgânico na área rural no período chuvoso. O pH nas duas coletas demonstrou-se baixo com uma acidez da água bastante acentuada. O Oxigênio Dissolvido foi o único que apresentou-se dentro dos valores estabelecidos, já a Temperatura oscilou nos dois regimes sazonais. Evidencia-se no local uma intensa presença antrópica aumentando o uso e ocupação em Áreas de Proteção Permanente (APP), apresentando uma degradação bastante preocupante. Os dados sedimentológicos nas nascentes Fonte da Matinha (NU1) e Pau-ferro (NR6), indicou uma predominância da fração areia, com uma forte presença de quartzo. Constata-se que a metodologia trabalhada nessa pesquisa, mostra-se eficaz quanto ao estudo de conservação das seis nascentes estudadas, três em ambiente urbano e três em área rural, as urbanas estão improprias para o consumo humano e animal, já as da zona rural improprias para uso humano, demostrando que as nascentes mais degradadas foram a NU1 e a NR6.


  • Mostrar Abstract
  • The springs in the semiarid region, in addition to their environmental characteristics and qualities, have socio-environmental actions that operate directly in changing the conservation status of the springs. The study area is located in the municipality of Olho D'Água do Casado, in the Mesoregion of Alagoas and in the Alagoas microregion of the Sertão do São Francisco, the springs are inserted in these circumstances, where the low level of water related to the environmental situation of the place and the anthropic actions have been causing problems of environmental degradation. Faced with these questions, the general objective of the research was to carry out a study aiming at an analysis of the state of conservation of the springs. The method that conducted the study was the experimental one, with a quantitative and qualitative approach. Bibliographic and documentary studies were carried out, water collections were carried out for analysis of the physical parameters: Total Dissolved Solids (mg/L), Electrical Conductivity (µS/cm), Turbidity (NTU) and Temperature (°C), chemicals: Hydrogen Potential (pH ), Biochemical Oxygen Demand (mg/L), Dissolved Oxygen (mg/L), Total Phosphorus (mg/L), Total Nitrogen (mg/L) and biological: Thermotolerant Coliforms (NMT) in the laboratory, with collection in the December 2020 referring to the dry season and the month of May 2021 referring to the rainy season. Sediments were also collected for sedimentological analysis in October 2020, the identification of water courses and the mapping of the springs, geological maps and land use and occupation maps were prepared, characterization regarding the continuity and the development of an educational booklet , aimed at improving the relationship between society and nature and the presentation of the activities carried out by the project in the period 2018/2021. The results showed that the analyzed springs presented perenniality during the researched years, in accordance with the physical, chemical and biological parameters through the seasonality of the dry and rainy seasons. Some samples showed values above the reference limit established by government agencies. The analyzes found a strong presence of Thermotolerant Coliforms, Biochemical Oxygen Demand, Total Phosphorus, Total Nitrogen, Electrical Conductivity, Total Dissolved Solids and Turbidity, due to a greater contamination by domestic sewage and accumulation of sediments in the urban area and a greater amount of organic material in the rural area in the rainy season. The pH in the two collections was shown to be low with a very accentuated water acidity. Dissolved Oxygen was the only one that was within the established values, since the Temperature fluctuated in both seasonal regimes. An intense human presence is evident in the place, increasing the use and occupation in Permanent Protection Areas (APP), presenting a very worrying degradation. The sedimentological data at the Fonte da Matinha (NU1) and Pau-ferro (NR6) springs indicated a predominance of the sand fraction, with a strong presence of quartz. It appears that the methodology used in this research is effective in the study of conservation of the six springs studied, three in urban environments and three in rural areas, the urban ones are unsuitable for human and animal consumption, while those in the rural area unsuitable for human use, showing that the most degraded springs were NU1 and NR6.

4
  • NAYARA BARRETO DA COSTA
  • AVALIAÇÃO PLURIANUAL DA CARGA DE NUTRIENTES E DO ÍNDICE DO ESTADO TRÓFICO EM UMA SEÇÃO DO RIO PARAÍBA DO MEIO - ALAGOAS

  • Orientador : PAULO RICARDO PETTER MEDEIROS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA PAULA LOPES DA SILVA
  • GEORGENES HILARIO CAVALCANTE SEGUNDO
  • NILVA BRANDINI
  • PAULO RICARDO PETTER MEDEIROS
  • Data: 23/02/2022

  • Mostrar Resumo
  • Mediante o crescimento populacional no mundo, os recursos naturais, sobretudo os ecossistemas aquáticos, são afetados por uma intensa transformação. Caracterizado como um rio de porte pequeno, o rio Paraíba do Meio encontra-se em alto processo de degradação devido à maneira de como o seu uso para fins sociais e/ou econômicos é feito pela população local. Dessa forma, o objetivo dessa pesquisa foi determinar o Índice do Estado Trófico (IET) e o comportamento da carga de nutrientes em uma seção do rio Paraíba do Meio (Alagoas - AL) durante o período de dois anos hidrológicos (2016-2017) e suas implicações sociambientais. Os dados de vazão  e precipitação pluvial foram obtidos através do portal HidroWeb da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico – ANA. Foi realizada uma correlação entre a vazão e a precipitação pluvial na seção do rio para o período em estudo. Os dados referentes aos parâmetros físico-químicos da água foram obtidos a partir do Banco de Dados do Laboratório de Geoquímica Ambiental (IGDEMA-UFAL), a saber: Amônio (NH4), Nitrito (NO2-), Nitrato (NO3-), Fósforo Dissolvido, Oxigênio Dissolvido (OD), Turbidez (UNT), Temperatura da água (°C), Clorofila a, Salinidade, Potencial Hidrogeniônico (pH), Condutividade Elétrica e os Sólidos Totais em Suspensão (TSS), os quais foram comparados com os padrões estabelecidos pela Resolução do CONAMA n° 357/2005. Para a determinação e análise do Estado Trófico na água, foi utilizado o Índice do Estado Trófico (IET) obtido através do método de Carlson (1977) modificado por Lamparelli (2004). O total de precipitação média para o período de 1988-2017 foi de 1116,13 mm, enquanto que em 2016 a precipitação total anual foi de 921,44 mm e em 2017 foi de 1866,9 mm. Quanto a vazão, a média para o período de 1988-2017 foi 22,51 m3 s-1, sendo a média anual em 2016 de 7,97 m3 s-1 e de 58,40 m3 s-1 em 2017. A correlação entre a vazão e precipitação do período de 1988-2017 retornou coeficientes de Pearson e de determinação de 0,90 e 0,79, respectivamente. Enquanto que para os anos de 2016 e 2017 os coeficientes foram 0,85 e 0,73  e 0,95 e 0,88, respectivamente. As médias anuais de amônio foram de 76,57 μg.L-1 em 2016 e de 49,5 μg.L-1 em 2017. Quanto ao nitrito, as médias anuais foram de 19,46 μg.L-1 em 2016 e de 7,90 μg.L-1 em 2017. Já o nitrato, suas médias anuais foram de 126,48 μg.L-1 em 2016 e de 227,67 μg.L-1 em 2017. Em 2016 a média anual de fósforo total foi de 111,34 μg.L-1 e 4,41 μg.L-1 de clorofila a, já em 2017 a média anual de fósforo total foi de 98,64 μg.L-1 e de 13,15 μg.L-1 de clorofila a. O IET variou de 59 (eutrófico) a 66 (supereutrófico) em 2016 e de 58 (mesotrófico) a 72 (hipereutrófico) em 2017. Conclui-se que a precipitação e a vazão modificaram as concentrações de nutrientes e o seu comportamento na água do rio, e que a concentração de fosfato orto e das formas do nitrogênio inorgânico dissolvido (nitrito, nitrato e amônio) durante os anos de 2016 e 2017 foram, em parte, alteradas pela vazão. Ao analisar o IET obtido, pode-se classificar o rio em duas principais zonas de estado trófico: eutrófico e supereutrófico, ainda com alguns meses em condições mesotróficas e hipereutróficas.


  • Mostrar Abstract
  • Due to population growth in the world, natural resources, especially aquatic ecosystems, are affected by an intense transformation. Characterized as a small river, the Paraíba do Meio river at the present time is suffering with a high degradation process due to the way in which its use for social and/or economic purposes is done by the local population. Therefore, the objective of this research was to determine the Trophic State Index (TSI) and the behavior of the nutrients load in a section of the Paraíba do Meio river (Alagoas - AL) during the period of two hydrological years (2016-2017) and its social and environmental implications. The flow rate and rainfall data were obtained through the HidroWeb portal of the National Agency for Water and Basic Sanitation – ANA. A correlation was made between the flow rate and rainfall in the section of the river for the period under study. The data referring to the physical-chemical parameters of the water were obtained from the Database of the Environmental Geochemistry Laboratory (IGDEMA-UFAL), which are: Ammonium (NH4), Nitrite (NO2-), Nitrate (NO3-), Dissolved Phosphorus, Dissolved Oxygen (OD), Turbidity (UNT), Water Temperature (°C), Chlorophyll a, Salinity, Potential of Hydrogen (pH), Electrical Conductivity and Total Suspended Solids (TSS), which were compared with the standards established by CONAMA Resolution Nº 357/2005. For the determination and analysis of the Trophic State in the water, the Trophic State Index (TSI) obtained through the Carlson method (1977) modified by Lamparelli (2004) was used. The total average rainfall for the period 1988-2017 was 1116.13 mm, whereas in 2016 the total annual rainfall was 921.44 mm and in 2017 it was 1866.9 mm. About flow rate, the average for the period 1988-2017 was 22.51 m3 s-1, with the annual average in 2016 being 7.97 m3 s-1 and 58.40 m3 s-1 in 2017. The correlation between the flow rate and rainfall of the period 1988-2017 showed  Pearson and determination coefficients of 0.90 and 0.79, respectively. For the years 2016 and 2017, the coefficients were 0.85 and 0.73 and 0.95 and 0.88, respectively. The annual averages of ammonium were 76.57 μg.L-1 in 2016 and 49.5 μg.L-1 in 2017. About nitrite, the annual averages were 19.46 μg.L-1 in 2016 and 7.90 μg.L-1 in 2017. About nitrate, its annual averages were 126.48 μg.L-1 in 2016 and 227.67 μg.L-1 in 2017. In 2016 the annual average of phosphorus total was 111.34 μg.L-1 and 4.41 μg.L-1 for chlorophyll a, in 2017 the annual average of phosphorus total was 98.64 μg.L-1 and 13.15 μg.L-1 for chlorophyll a. The TSI ranged from 59 (eutrophic) to 66 (supereutrophic) in 2016 and from 58 (mesotrophic) to 72 (hypereutrophic) in 2017. It is concluded that rainfall and flow rate can modified the nutrient concentrations and their behavior in river water, and that the concentration of orthophosphate and dissolved inorganic nitrogen forms (nitrite, nitrate and ammonium) during the years 2016 and 2017 were, partly, changed by the flow rate. By analysing the TSI obtained, the river can be classified into two main zones of trophic state: eutrophic and supereutrophic, furthermore there are few months with mesotrophic and hypereutrophic conditions.

5
  • JONAS HERISSON SANTOS DE MELO
  • ANÁLISE DA EVOLUÇÃO DAS CABECEIRAS DE DRENAGEM COMO SUBSÍDIO PARA O ENTENDIMENTO DA MORFODINÂMICA DE DIVISOR DE DRENAGEM DAS BACIAS HIDROGRÁFICAS DOS RIOS MOXOTÓ E CAPIÁ - AL/PE.

  • Orientador : KLEYTHON DE ARAUJO MONTEIRO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANDRÉ DE OLIVEIRA SOUZA
  • KLEYTHON DE ARAUJO MONTEIRO
  • MELCHIOR CARLOS DO NASCIMENTO
  • Data: 23/02/2022

  • Mostrar Resumo
  • Os divisores de drenagem são importantes limites de organização para as paisagens, as dinâmicas pertencentes a estes elementos têm uma relação intrínseca com as cabeceiras de drenagem e o avanço dessas sobre os divisores. Essas dinâmicas estão associadas a diversas variáveis, como a distribuição de substratos rochosos de diferentes resistências e as variações climáticas, que são importantes elementos para compreensão das dinâmicas pertencentes aos objetos de estudo do presente trabalho. Desta forma este trabalho tem como objetivo análise morfométrica, em bases geomorfológicas, de divisor de drenagem localizado entre duas bacias hidrográficas localizada nos estados de Alagoas e Pernambuco (Bacias do rio Moxotó e Capiá), bem como das cabaceiras de drenagem que se conectam com o divisor. Para tanto, uma série de parâmetros e índices de natureza quantitativa foram aplicados ora ao divisor, ora às cabeceiras de drenagem, de maneira a possibilitar a análise morfométrica. Sendo iniciada a partir da hierarquização de rede drenagem de acordo com Strahler (1952), servindo para delimitar as áreas de bacias de 2a ordem. Desta forma através do uso do conjunto de funções do Topotoolbox e do Topographic analysis kit no ambiente do Matlab, foram calculados outros índices aplicados diretamente a rede de drenagem, como os índices de valor de χ e Ksn; a análise das bacias se deu ainda com a elaboração de curvas hipsométricas e aplicação de fator de assimetria de bacias de drenagem. A análise estrutural, se deu com a extração de lineamentos de relevo para a área analisada para quatro ângulos de iluminação (45°, 90°, 315° e 360°) de maneira a caracterizar a direção das principais estruturas atuantes na organização do relevo, de forma a influenciar as dinâmicas pertencentes as relações cabeceiras-divisor. Por fim, foram calculados o índice de assimetria de divisor (IAD), e sua direção preferencial de migração. Desta forma foi possível estabelecer relações entre as dinâmicas de migração e avanço de cabeceiras de drenagem com as principais estruturas atuantes na área.


  • Mostrar Abstract
  • The drainage dividers are important limits of organization for landscapes; the dynamics belonging to these elements have an intrinsic relationship with the drainage headwaters and their advance over the dividers. These dynamics are associated with several variables, such as the distribution of rocky substrates of different strengths and the climatic variations, they are important elements for understanding the dynamics belonging to the objects of study of this work. Thus, this work aims at a morphometric analysis on a geomorphological basis, the drainage divisor, located between two hydrographic basins located in the states of Alagoas and Pernambuco (Moxotó and Capiá River basins), as well as the drainage headwaters that connect with the divisor. For this, a series of parameters and indexes of quantitative nature were applied either to the divider, or to the drainage headwaters, in order to enable the morphometric analysis. This began with the drainage network hierarchization according to Strahler (1952), serving to delimit the 2nd order basin areas. Using the Topotoolbox function set and the Topographic analysis kit in the Matlab environment, other indexes directly applied to the drainage network were calculated, such as the χ and Ksn value indexes; the analysis of the drainage basins also included the elaboration of hypsometric curves and the application of the drainage basin asymmetry factor. The structural analysis was done by extracting the relief lineaments for the analyzed area for four illumination angles (45°, 90°, 315° and 360°) in order to characterize the direction of the main structures acting in the relief organization, in order to influence the dynamics belonging to the headwater-divider relations. Finally, the divider asymmetry index (DAI), and its preferential migration direction were calculated. In this way it was possible to establish relationships between the dynamics of migration and headland advance with the main structures operating in the area.

6
  • GENISSON PANTA DA SILVA
  • Expressão geomorfológica da queda do nível de base no Baixo São Francisco

  • Orientador : KLEYTHON DE ARAUJO MONTEIRO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO CARLOS DE BARROS CORRÊA
  • KLEYTHON DE ARAUJO MONTEIRO
  • NIVANEIDE ALVES DE MELO FALCAO
  • Data: 04/03/2022

  • Mostrar Resumo
  • Um grande número de estudos de superfícies aplainadas em
    margens passivas de alta elevação elencou a erosão fluvial
    sobre o leito rochoso como um dos fatores determinantes da
    evolução da paisagem em longo prazo. Porém, nos hinterlands
    de baixa elevação sobre escudo exposto, costuma ser dito que
    os rios têm um papel coadjuvante no delineamento do relevo.
    Os rios, neste contexto, são rotineiramente descritos como
    agentes de transporte de material pré-intemperizado. Porém, à
    luz dos mecanismos físicos envolvidos na mecânica de erosão
    fluvial em leito rochoso, parece não restar dúvida que sua
    importância vai além do transporte de sedimentos. Este estudo
    tem por objetivo analisar a topografia fluvial de rios rochosos
    que drenam a Depressão Sertaneja Meridional, uma pervasiva
    superfície aplainada de baixa elevação sobre escudo
    proterozóico que orla o Planalto da Borborema, no semiárido do
    Nordeste do Brasil. Buscou-se investigar a morfologia dos perfis
    longitudinais, mapear knickpoints, estimar a magnitude e
    distribuição espacial da incisão vertical dos vales fluviais e
    avaliar a contribuição de controles estruturais sobre estas
    morfologias. Todas essas análises foram baseadas em técnicas
    morfométricas com base em Modelo Digital de Elevação (MDE),
    como a extração do Índice de Declividade Normalizada (Ksn) e
    da Relação Declividade-Extensão (RDE), além da quantificação
    do ângulo de inclinação das encostas, análise de
    fotolineamentos de relevo e drenagem, integral e curva
    hipsométrica, amplitude altimétrica, dentre outras. Os rios alvo
    deste estudo são todos tributários da margem esquerda do
    baixo curso do rio São Francisco, na região de seu cânion. A
    hipótese que norteia este estudo é que um rebaixamento de 

    nível de base gerou uma onda de incisão que está se
    propagando através do rio São Francisco e de sua rede
    tributária nos terrenos proterozoicos aplainados da Depressão
    Sertaneja Meridional. Com as análises morfométricas, ficou
    demonstrado a existência dessa suposta onda de incisão nos
    tributários do São Francisco. Esse processo produz um padrão
    claro de queda do nível de base no relevo da área de estudo,
    com o aumento da declividade dos canais, encostas e a
    formação de vales suspensos a jusante das principais rupturas,
    que formam um fractal em várias escalas. Os vales e cristas
    são subordinados a herança estrutural do embasamento, bem
    como a sinuosidade dos canais e o ângulo de confluência.
    Sugeriu-se, com base em evidências independentes, que a
    epigenia do São Francisco teve origem no Eoceno e a onda de
    incisão que se observa nos vales atualmente foi formada
    posterior a esse período.


  • Mostrar Abstract
  • A large number of studies of flat surfaces on high-elevation
    passive margins have listed river erosion over bedrock as one of
    the determining factors in the long-term evolution of the
    landscape. However, in low-elevation hinterlands over exposed
    shield, it is often said that rivers play a supporting role in relief
    delineation. Rivers, in this context, are routinely described as
    transporting agents for pre-weathered material. However,
    physical mechanisms involved in the mechanics of river erosion
    in rocky beds testifies its importance goes beyond the transport
    of sediments. This study aims to analyze the fluvial topography
    of bedrock rivers that drain the Southern Sertaneja Depression,
    a pervasive, low-elevation flat surface over the Proterozoic
    shield that borders the Borborema Plateau, in the semi-arid
    region of Northeast Brazil. We sought to investigate the
    morphology of the longitudinal profiles, map knickpoints,
    estimate the magnitude and spatial distribution of the vertical
    incision of river valleys and evaluate the contribution of
    structural controls on these morphologies. All these analyzes
    were based on morphometric techniques based on a Digital
    Elevation Model (DEM), such as the extraction of the
    Normalized Steepness Index (K sn ) and the Slope-Length
    Relation (SL), in addition to the quantification of the slope angle
    of the hillslopes, analysis of photolineaments of relief and
    drainage, integral and hypsometric curve, local relief, among
    others. The target rivers of this study are all tributaries of the left
    bank of the lower course of the São Francisco River, in the
    region of its canyon. The hypothesis that guides this study is
    that a lowering of the base level generated an incision wave that
    is propagating through the São Francisco River and its tributary
    network in the flat Proterozoic terrains of the Southern Sertaneja
    Depression. With the morphometric analyses, the existence of 

    this supposed wave of incision in the tributaries of the São
    Francisco was demonstrated. This process produces a clear
    pattern of base level fall in the landscape of the study area, with
    the increase of the slope of the channels, hillslopes and the
    formation of hangig valleys downstream of the main ruptures,
    which form a fractal at various scales. The valleys and ridges
    are subordinated to the structural heritage of the basement, as
    well as the sinuosity of the channels and the confluence angle. It
    has been suggested, based on independent evidence, that the
    São Francisco epigeny originated in the Eocene and the incision
    wave that is observed in the valleys today was formed after this
    period.

7
  • EDUARDO NEORIO LIMA
  • A ORGANIZAÇÃO ESPACIAL COMO DIMENSÃO DA TOTALIDADE CONSTRUÍDA PELO CANAL DO SERTÃO EM ALAGOAS

  • Orientador : PAULO ROGERIO DE FREITAS SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ALBERTO PEREIRA LOPES
  • PAULO ROGERIO DE FREITAS SILVA
  • SILVANA QUINTELLA CAVALCANTI CALHEIROS
  • Data: 18/03/2022

  • Mostrar Resumo
  • A Região Geográfica Imediata de Delmiro Gouveia, tem experimentado uma
    reconfiguração agrícola em sua composição. Partindo da perspectiva de que a gênese
    da formação agrícola se deu através de um trabalho rudimentar, e de uma agricultura
    de subsistência, se atrelando a isso uma forte cultura do vaqueiro (CARVALHO,
    2016), o Alto Sertão Alagoano, por muitos anos, vivenciou uma cultura de produção
    baseada no milho, feijão, mandioca e algodão (LIMA, 1965). Destacamos que a
    região em estudo faz parte do Semiárido alagoano, semiárido que historicamente têm
    passado por estudos, visando a busca dos melhores meios de adaptação e convivência
    da população que nela habita. Desta maneira, a região do Semiárido alagoano foi
    contemplada com o Canal do Sertão, uma grande obra hídrica que foi introduzida na
    região. A grande obra hídrica, atrelado a modernização da agricultura, tem
    estimulado e gerado uma forma de produção baseado nas tecnologias que a
    Revolução Verde trouxe para o campo. Os camponeses que margeiam o Canal do
    Sertão têm passado a ter disponibilidade hídrica para as suas produções, e
    experimentado novas culturas de produções agrícolas, antes não vista na região.
    Desse modo, buscou-se refletir como está organizado a nova configuração agrícola e
    elucidar a nova dinâmica regional agrícola na Região Geográfica Imediata de
    Delmiro Gouveia, especificamente com os municípios de Água Branca, Delmiro
    Gouveia e Pariconha.


  • Mostrar Abstract
  • The Immediate Geographical Region of Delmiro Gouveia has experienced as
    agricultural reconfiguration in its composition. Starting fron the perspective that the
    genesis of agricultural training took place through rudimentary work, and subsistence
    agriculture, tying to this a strong cowboy culture (CARVALHO, 2016), the Alto
    Sertão Alagoano, for many wears, experienced a production culture based on maize,
    beans, cassava and cotton (LIMA, 1965). We emphasize that the region under study
    is part of the Alagoas semi-arid region, a semi-arid region that has historically
    undergone studies, seekinh the best adaptation and coexistence of the population that
    inhabits it. In this way, the region of Alagoas in this way, with the Canal do Sertão, a
    great water work that was work was carried out in this region. The great water work,
    coupled with the modernization of agriculture, has stimulated and generated a form 

    of production based on the technologies that the Green Revolution brought to the
    countryside. The peasants who border the Sertão Channel began to have water
    availability for their productions, and experimented with new crops of agricultural
    production, not seen before in the region. In this way, we sought to reflect on how a
    new agricultural configuration is organized and to elucidate a new regional
    agricultural dynamics in the Immediate Geographical Region of Delmiro Gouveia,
    specifically with the municipakites os Água Branca, Delmiro Gouveia and Pariconha.

8
  • RAQUEL LOURENCO DA SILVA
  • MINERAÇÃO DE AGREGADOS PARA CONSTRUÇÃO CIVIL
    FRENTE A EXPANSÃO URBANA: RELAÇÃO ENTRE
    ATIVIDADE E IMPACTOS CAUSADORES

  • Orientador : ROCHANA CAMPOS DE ANDRADE LIMA SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA PAULA LOPES DA SILVA
  • CLEUDA CUSTODIO FREIRE
  • ROCHANA CAMPOS DE ANDRADE LIMA SANTOS
  • Data: 30/03/2022

  • Mostrar Resumo
  • A mineração no Brasil representa quase 5% do PIB, é uma das
    atividades econômicas importantes para o desenvolvimento do país,
    que, fazendo parte setor primário, contribui de forma significativa para
    a economia brasileira, sendo responsável por produzir uma série de
    insumos necessários a várias cadeias produtivas, com destaque para as
    mineradoras de agregados para construção civil. Apesar de sua
    importância já reconhecida, trata-se de uma das atividades econômicas
    que mais causam impactos e modificações na paisagem. Outro aspecto
    característico das mineradoras que produzem agregados para
    construção civil, é de se instalarem próximas às cidades, pois, pelo
    baixo valor unitário que os agregados possuem, acaba obrigando esse
    tipo de empreendimento minerário a se instalar próximo aos centros
    consumidores, estes representados pelas cidades, pois, são delas que
    vem a demanda por materiais de construção. Essa relação resulta em
    impasses ambientais e territoriais, visto que se trata de uma atividade
    que gera impactos que extrapolam sua área de exploração, a exemplo
    dos sismos gerados através da detonação de rochas, que acabam
    impactando a comunidade vizinha, através do método de extração
    adotado. Além disso, localizar-se próximo dos centros urbanos que
    estão em processo de expansão, se torna um fator controverso, pois,
    apesar das mineradoras de agregados dependerem da urbanização para
    existirem, o processo de expansão urbana sem planejamento, que
    acontece de forma desordenada sobre o território, acaba tornando-as
    vítimas desse processo à medida em que são “sufocadas” pelas
    construções cada vez mais próximas da área de operação. Nesse
    sentido, este trabalho visa analisar essa relação a partir de um estudo 

    de caso, por meio de uma mineradora de agregados que se localiza na
    área rural do município de Rio Largo, Alagoas, próxima ao limite
    municipal e da área urbana de Messias, Alagoas, a qual vem
    apresentando um processo de expansão urbana em direção convergente
    com a mineradora em estudo, revelando dessa forma, a necessidade de
    um planejamento ambiental e territorial, para que se evite conflitos
    futuros. Para analisar o avanço da área urbana de Messias, foram
    utilizadas imagens de satélites com um espaço temporal de 10 anos,
    sendo a mais antiga do ano de 2011 e, a mais recente do ano 2021. A
    partir das imagens, foi confeccionado um mapa de uso do solo do
    entorno da mineradora, onde as informações geradas foram verificadas
    através de um campo. Além disso, por meio das informações coletadas
    acerca do perfil de funcionamento da mineradora em estudo, foi gerada
    uma matriz de impacto ambiental, e, a partir dela, estabelecer medidas
    mitigadoras. Por meio dos resultados obtidos, foi possível confirmar o
    processo expansão da área urbana de Messias em direção da
    mineradora, se aproximando cada vez mais da sua área de exploração,
    processo este que foi influenciado pela duplicação das BRs 101 e 104.
    E, com base na matriz de impacto ambiental, observando a relação
    entre impactos positivos e negativos, constatou-se a predominância dos
    impactos negativos, mas, com possíveis mitigadoras para eles.


  • Mostrar Abstract
  • Mining in Brazil represents almost 5% of the GDP, it is one of the
    important economic activities for the development of the country,
    which, being part of the primary sector, contributes significantly to the
    Brazilian economy, being responsible for producing a series of inputs
    necessary for several production chains, with emphasis on mining
    aggregates for civil construction. Despite its already recognized
    importance, it is one of the economic activities that most cause impacts
    and changes in the landscape. Another characteristic aspect of mining
    companies that produce aggregates for civil construction is that they
    are installed close to cities, because, due to the low unit value that the
    aggregates have, it ends up forcing this type of mining enterprise to be
    installed close to consumer centers, these represented by cities,
    because they are the source of the demand for construction materials.
    This relationship results in environmental and territorial impasses,
    since it is an activity that generates impacts that go beyond its
    exploration area, such as earthquakes generated through the detonation
    of rocks, which end up impacting the neighboring community, through
    the extraction method adopted. In addition, being located close to
    urban centers that are in the process of expansion becomes a
    controversial factor, because, despite the fact that aggregate mining
    companies depend on urbanization to exist, the process of urban
    expansion without planning, which happens in a disorderly way over
    the territory, ends up making them victims of this process as they are
    “smothered” by the buildings that are increasingly closer to the area of
    operation. In this sense, this work aims to analyze this relationship
    from a case study, through an aggregate mining company that is 

    located in the rural area of the municipality of Rio Largo, Alagoas,
    close to the municipal limit and the urban area of Messias, Alagoas,
    which has been presenting a process of urban expansion in a
    converging direction with the mining company under study, thus
    revealing the need for environmental and territorial planning, in order
    to avoid future conflicts. To analyze the progress of the urban area of
    Messias, satellite images were used with a time span of 10 years, the
    oldest from the year 2011 and the most recent from the year 2021.
    From the images, a map of land use around the mining company,
    where the information generated was verified through a field. In
    addition, through the information collected about the operating profile
    of the mining company under study, an environmental impact matrix
    was generated, and from it, mitigating measures were established.
    Through the results obtained, it was possible to confirm the process of
    expanding the urban area of Messias towards the mining company,
    getting closer and closer to its exploration area, a process that was
    influenced by the duplication of BRs 101 and 104. And, based on in
    the environmental impact matrix, observing the relationship between
    positive and negative impacts, it was found that negative impacts
    predominated, but with possible mitigators for them.

9
  • JUAREZ CAVALCANTE FERREIRA
  • De Macacos à Escorrego: metamorfoses de uma
    territorialidade quilombola em Bom Conselho – Pernambuco

  • Orientador : ANTONIO ALFREDO TELES DE CARVALHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO ALFREDO TELES DE CARVALHO
  • CICERO PERICLES DE OLIVEIRA CARVALHO
  • MARIA FRANCINEILA PINHEIRO DOS SANTOS
  • RACHEL ROCHA DE ALMEIDA BARROS
  • Data: 31/03/2022

  • Mostrar Resumo
  • As comunidades remanescentes de quilombos representam a

    personificação das lutas desse
    povo por liberdade. São heranças da marginalização e
    subjugação a que foram submetidas as
    populações afro e afrodescendentes durante vários séculos de
    exploração. Como resultado de
    um processo de exploração e resistência dessa categoria, tem-
    se um considerável número de
    comunidades descendentes de quilombos – antes chamadas
    comunidades negras rurais (mais
    ao Centro-Oeste, Sul e Sudeste) e terras de preto (mais ao
    Norte e Nordeste) - espalhadas nas
    cinco regiões que constituem o território brasileiro: 3.475
    identificadas e 2.819 certificadas pela
    Fundação Cultural Palmares (FCP, 2021). A presente
    dissertação consiste em um estudo sobre
    as metamorfoses territoriais da Comunidade Quilombola de
    Escorrego, anteriormente
    denominada de Macacos, localizada no município de Bom
    Conselho, no Agreste Meridional de
    Pernambuco, tomando como escala temporal os primeiros
    decênios do século XXI (2000 a
    2021). Para a sua realização, nos aportamos na categoria
    território usado, desenvolvida por
    Gottmann (2012) e por Santos (2005, 2009, 2011), e a sua
    compreensão como território abrigo.
    Ou seja, marcado por vínculos históricos e tradições daqueles
    que o habitam, resistindo e 

    coexistindo com atividades e práticas características do período
    atual. E, portanto, a sua
    compreensão como espaço banal, quer dizer, espaço de todos.
    Logo, concebido tanto como
    recurso por alguns, como por abrigo (no caso das comunidades
    investigadas). Por conseguinte,
    estabelecendo relações com outras territorialidades quilombolas
    do município e, numa escala
    mais ampla, do estado e do país, a partir da discussão dos
    processos históricos e jurisdicionais
    necessários à legalização dos territórios tradicionais, leis e
    decretos, bem como os entraves
    burocráticos que impedem o avanço dos processos de titulação
    dos mesmos. Assim, foi possível
    entender e analisar as transformações da então Comunidade de
    Macacos, atual Comunidade de
    Escorrego, a sua territorialidade e as características que a
    distingue ou a aproximam das demais
    comunidades quilombolas municipais certificadas. Portanto,
    mostrando as tradições existentes,
    atividades econômicas, as formas tradicionais de produzir, as
    ferramentas utilizadas. E dessa
    forma, as relações dentro da própria comunidade e entre esta e
    os demais habitantes do
    município, os seus desafios e perspectivas.


  • Mostrar Abstract
  • The remaining quilombo communities represent the

    personification of the struggles of these
    people for freedom. They are the legacy of the marginalization
    and subjugation to which the
    Afro and Afro-descendant populations were subjected during
    several centuries of exploitation.
    As a result of a process of exploitation and resistance of this
    category, there is a considerable
    number of communities descending from quilombos - previously
    called rural black
    communities (more in the Midwest, South, and Southeast) and
    black lands (more in the North
    and Northeast) - spread over the five regions that make up the
    Brazilian territory: 3,475
    identified and 2,819 certified by the Palmares Cultural
    Foundation (FCP, 2021). The present
    dissertation consists of a study on the territorial metamorphoses
    of the Quilombola Community
    of Escorrego, formerly called Macacos, located in the
    municipality of Bom Conselho, in the
    Southern Agreste of Pernambuco, taking as its time scale the
    first decades of the 21st century 

    (2000 to 2021). For its realization, we rely on the category used
    territory, developed by
    Gottmann (2012) and Santos (2005, 2009, 2011), and its
    understanding as a shelter territory.
    That is, marked by historical ties and traditions of those who
    inhabit it, resisting and coexisting
    with activities and practices characteristic of the current period.
    And, therefore, its
    understanding as a banal space, that is, a space for everyone.
    Therefore, conceived as a resource
    for some, as well as a shelter (in the case of the investigated
    communities). Therefore,
    establishing relations with other quilombola territorialities in the
    municipality and, on a broader
    scale, in the state and the country, by discussing the historical
    and jurisdictional processes
    necessary for the legalization of traditional territories, laws, and
    decrees, as well as the
    bureaucratic obstacles that impede the advancement of the
    titling processes. Thus, it was
    possible to understand and analyze the transformations of the
    then Macacos Community, now
    Escorrego Community, its territoriality and the characteristics
    that distinguish it or bring it
    closer to other certified municipal quilombola communities.
    Therefore, showing the existing
    traditions, economic activities, the traditional ways of production,
    and the tools used. And in
    this way, the relationships within the community itself and
    between it and other inhabitants of
    the municipality, its challenges and prospects.

10
  • LUCAS EDUARDO COSTA
  • Transformações socioespaciais recentes: economia e política

    pilarense.

  • Orientador : MARTA DA SILVEIRA LUEDEMANN
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ISA DE OLIVEIRA ROCHA
  • LUCIANE MARANHA DE OLIVEIRA MARISCO
  • MARTA DA SILVEIRA LUEDEMANN
  • Data: 31/05/2022

  • Mostrar Resumo
  • Nos últimos anos o município de Pilar (AL) tem sido palco de
    metamorfoses socioespaciais significativas, consubstanciadas
    pela economia e política locais, responsáveis pela nova
    dinâmica instituída após a ruptura com a estrutura
    exclusivamente agrária, concentrada na produção canavieira
    pela Usina Terra Nova. Através dos recursos oriundos dos
    royalties da Unidade de Processamento de Gás (UPGN) da
    Petrobras, realizam-se investimentos para o fomento do
    desenvolvimento econômico local, a criação do Banco da
    População Pilarense (Banco POP) e do Card Br, um cartão
    disponibilizado para os servidores públicos municipais utilizarem
    em lojas conveniadas do município., são exemplos de
    mecanismos direcionados para o apoio aos
    microempreendedores. A política fiscal adotada pela gestão
    municipal tem atraído indústrias de diversos setores, como a
    alimentícia e a química, situadas no parque industrial às
    margens da BR-316, o poder público municipal, executivo e
    legislativo, composto em grande parte por indivíduos com algum
    grau de conexão com o ramo empresarial, tem se posicionado
    para atender as demandas dos comerciantes, em ações diretas,
    como a criação do shopping popular e a concessão de
    empréstimos durante a pandemia. Nota-se em Pilar, uma
    importante mudança demográfica, dadas as condições de
    trabalho, deslocamento e custo de vida, há tendência à fixação
    e à atração populacional, caracterizando uma alteração no
    movimento migratório. Além disso, os programas federais, como
    o Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV), tem
    movimentado a cadeia produtiva da indústria da construção 

    civil, desde a extração de areia no Rio Paraíba do Meio até a
    proliferação de construtoras locais, contribuindo para o
    crescimento urbano e para o aumento da especulação
    imobiliária. O comércio, em franca expansão, tem possibilitado a
    geração de emprego e renda, em um cenário de profunda
    intervenção estatal, a partir da oferta de qualificação
    profissional, da cessão de crédito e financiamento público, já o
    turismo, está sendo valorizado com as novas construções,
    como o espaço cultural, e as reformas, como a do Santo
    Cruzeiro, da orla lagunar e do Cine Pilarense, um pequeno
    centro de convenções localizado no centro da cidade. Percebe-
    se que a transição econômica e política que ora ocorre no
    município de Pilar é fruto das transferências constitucionais,
    programas e repasses federais e estaduais, conjugados com
    uma gestão pública municipal voltada para o desenvolvimento
    local. Em Pilar, algumas obras finalizadas e outras em curso,
    denotam a ambição da administração pública, o Complexo
    Educacional e Esportivo é o maior do Estado, o Hospital do
    Futuro, em fase de construção, será o maior hospital já
    construído por um município em Alagoas, e um teleférico, em
    fase licitatória, que ligará o Santo Cruzeiro à orla lagunar, são
    exemplos das transformações recentes ocorridas em Pilar que
    tem alavancado os seus indicadores socioeconômicos.


  • Mostrar Abstract
  • In recent years, the municipality of Pilar (AL) has been the

    scene of significant socio-
    spatial metamorphoses, consolidated by the local economy and
    politics, responsible for the new
    dynamics established after the rupture with the exclusively
    agrarian structure, concentrated in
    sugarcane production by the Terra Nova Plant. By means the
    resources from royalties from
    Petrobras' Gas Processing Unit (UPGN), investments are made
    to promote local economic
    development, the creation of the Banco da População Pilarense
    (POP Bank) and the Card Br, a
    card made available to the municipality servants to use in
    associated stores in the municipality,
    are examples of mechanisms aimed at supporting micro-
    entrepreneurs. The tax policy adopted
    by the municipal management has attracted industries from
    various sectors, such as food and
    chemicals, located in the industrial park on the margins of the
    BR-316 highway, the municipal,
    executive and legislative public power, composed largely of
    individuals with some degree of
    connection with the business sector, has positioned itself to
    meet the demands of merchants,
    through direct actions, such as the creation of the popular mall
    and the granting of loans during 

    the pandemic time. In Pilar, an important demographic change
    can be observed, given the
    working conditions, displacement and cost of living, there is a
    tendency to settle and attract
    population, characterizing a change in the migratory movement.
    In addition, federal programs,
    such as the Minha Casa Minha Vida Program (PMCMV), have
    moved the production chain of
    the civil construction industry, from the extraction of sand in the
    Paraíba do Meio River to the
    proliferation of local construction companies, contributing to the
    growth of urban development
    and the increase in property speculation. The trade, in frank
    expansion, has made possible the
    generation of employment and income, in a scene of deep state
    intervention, from the offer of
    professional qualification, of the credit assignment and public
    financing, already the tourism,
    is being valued with the new constructions, such as the cultural
    space, and renovations, such as
    the Santo Cruzeiro, the lakefront and Cine Pilarense, a small
    convention center located in the
    city center. It is clear that the economic and political transition
    that is now taking place in the
    municipality of Pilar is the result of constitutional transfers,
    federal and state programs,
    combined with municipal public management focused on local
    development. In Pilar, some
    works already finished and others in progress, denote the
    ambition of the public administration,
    the Educational and Sports Complex is the largest in the State,
    the Hospital do Futuro, under
    construction, will be the largest hospital ever built by a
    municipality in Alagoas , and a cable
    car, in the bidding phase, which will connect Santo Cruzeiro to
    the lagoon shore, are examples
    of the recent transformations that have taken place in Pilar that
    have leveraged its
    socioeconomic indicators.

11
  • JOSE FABIO OLIVEIRA
  • TERRITORIALIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE SAÚDE PÚBLICA NO MUNICÍPIO DE DELMIRO GOUVEIA – ALAGOAS

  • Orientador : GILCILEIDE RODRIGUES DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • GILCILEIDE RODRIGUES DA SILVA
  • JAMES HUMBERTO ZOMIGHANI JUNIOR
  • MARIA DANIELLE ARAUJO MOTA
  • PAULO ROGERIO DE FREITAS SILVA
  • Data: 31/05/2022

  • Mostrar Resumo
  • A presente pesquisa faz um estudo acerca da territorialização
    da saúde pública no município de Delmiro Gouveia/AL e a
    acessibilidade da população aos serviços de saúde. Desta
    forma, a finalidade consiste em identificar as unidades de saúde
    básica, analisando os profissionais e as especialidades que as
    compõem, a partir de subsídios teóricos da Geografia da saúde,
    para reconhecer como a população tem acesso aos
    atendimentos. Espera-se entender como os serviços de saúde
    pública no município estão distribuídos ou organizados no
    território, e os meios de acesso das pessoas a esses serviços, o
    que leva a pesquisa a contribuir para um estudo que identifique
    os problemas existentes, colaborando para a implementação de
    políticas públicas que possam beneficiar toda a população.
    Nesse sentido, é importante a análise de como se dá o acesso
    da população ao Sistema Único de Saúde (SUS), que
    ferramentas a prefeitura utiliza para ampliar os serviços, quais
    profissionais são utilizados para o atendimento. Esses são
    alguns dos questionamentos que devem ser respondidos para
    identificação das ferramentas de intervenção de domínio público
    municipal. A saúde pública é, entre outras questões, um ato de
    justiça social e vida digna. Desse modo, este trabalho destaca a
    importância de um estudo aprofundado sobre o sistema de
    saúde pública no município de Delmiro Gouveia, mais
    precisamente nas áreas mais vulneráveis. O procedimento
    metodológico compreende um estudo bibliográfico, realizado
    através da leitura de obras de autores como Barcellos (2020),
    Guimarães (2019), Borde e Torres (2017), Castro (1984) e
    Santos (2001; 2006). A utilização de dados secundários 

    produzidos pelo Ministério da Saúde, pelas Secretarias
    Municipal e Estadual de Saúde e pelo Instituto Brasileiro de
    Geografia e Estatística (IBGE). O trabalho de campo, através da
    observação participante de análise situacional, onde se visitou
    Hospitais, UPA, Secretaria de Saúde e Unidades Básicas de
    Saúde (UBS), localizadas nas zonas urbana e rural do
    município. A produção de tabelas, gráficos, fotografias e mapas.
    Os resultados apontam uma má distribuição espacial das
    unidades de saúde, existindo concentração dos serviços em
    bairros mais centralizados e ausência em outros localizados no
    entorno do perímetro urbano e em diversas comunidades rurais.
    Conclui-se que, às relações de poder existentes nos territórios,
    que influenciam diretamente as decisões políticas, fazem com
    que ocorra a centralização dos serviços de saúde.
    Consequentemente, a distribuição das unidades não
    acompanha a expansão urbana e rural, não atendendo com
    equidade todos os territórios.


  • Mostrar Abstract
  • The present research is a study about the territorialization of
    public health in the municipality of Delmiro Gouveia/AL and the
    accessibility of the population to health services. In this way, the
    purpose is to identify the basic health units, analyzing the
    professionals and the specialties that compose them, from
    theoretical subsidies of the Geography of health, to recognize
    how the population has access to care. It is expected to
    understand how public health services in the municipality are
    distributed or organized in the territory, and the means of
    people's access to these services, which leads the research to
    contribute to a study that identifies the problems existing,
    collaborating for the implementation of public policies that can
    benefit the entire population. In this sense, it is important to
    analyze how the population has access to the Unified Health
    System (SUS), which tools the city uses to expand services,
    which professionals are used to provide care. These are some
    of the questions that must be answered in order to identify
    intervention tools in the municipal public domain. Public health
    is, among other issues, an act of social justice and a dignified
    life. Thus, this work highlights the importance of an in-depth
    study on the public health system in the municipality of Delmiro
    Gouveia, more precisely in the most vulnerable areas. The
    methodological procedure comprises a bibliographic study,
    carried out by reading works by authors such as Barcellos
    (2020), Guimarães (2019), Borde and Torres (2017), Castro
    (1984) and Santos (2001; 2006). The use of secondary data
    produced by the Ministry of Health, the Municipal and State
    Health Departments and the Brazilian Institute of Geography
    and Statistics (IBGE). The field work, through participant
    observation of situational analysis, visited Hospitals, UPA,
    Health Department and Basic Health Units (UBS), located in the 

    urban and rural areas of the municipality. The production of
    tables, graphs, photographs and maps. The results point to a
    poor spatial distribution of health units, with a concentration of
    services in more centralized neighborhoods and absence in
    others located around the urban perimeter and in several rural
    communities. It is concluded that the existing power relations in
    the territories, which directly influence political decisions, lead to
    the centralization of health services. Consequently, the
    distribution of units does not follow urban and rural expansion,
    not serving all territories equally.

12
  • JOSÉ ROBERTO GALDINO DE BARROS FILHO
  • Análise sobre os impactos da atividade extrativa mineral de sal-

    gema em Maceió/AL

  • Orientador : MARTA DA SILVEIRA LUEDEMANN
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DOMINGOS SAVIO CORREA
  • JOSE MESSIAS BASTOS
  • MARTA DA SILVEIRA LUEDEMANN
  • Data: 31/05/2022

  • Mostrar Resumo
  • Este projeto propõe o desenvolvimento de uma reflexão teórica

    crítica sobre a
    Industria mineral de sal-gema e os impactos de sua atuação na
    cidade de Maceió,
    capital do Estado de Alagoas. Esta mineração subsidia matéria-
    prima para o setor
    cloroquímico que possui relevância para a economia local e
    regional porem esta
    atividade é apontada pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM)
    como responsável pelo
    maior desastre ambiental em ocorrência localizado em área
    urbana da América Latina,
    atingindo diretamente cerca de 50 mil pessoas, danos causados
    a cidade pelo modelo
    extrativo mineral de sal-gema. Na perspectiva de investigar a
    problemática e dar
    contribuição da ciência geográfica ao tema, realiza-se
    inicialmente um estudo
    histórico-dialético sobre a formação social e econômica do
    Estado de Alagoas, dando
    ênfase nas especificidades desse processo na cidade de
    Maceió. Em seguida é feita
    uma caracterização dos aspectos físicos e biológicos,
    identificando a morfologia e a
    geologia da região explorada, substanciando elementos
    fundamentais da região onde
    ocorre as atividades de extração de sal-gema na Laguna
    Mundaú e em três bairros.
    Obtendo tais informações para embasamento cientifico é
    construído no decorrer uma 

    contextualização da mineração entorno do sal-gema em
    Alagoas, que envolve o
    histórico da extração, os processos e evolução do
    beneficiamento (cloro/soda/DCE),
    e também a história da empresa responsável desde o
    surgimento da Salgema S/A e
    os acontecimentos ocorridos até a privatização e em seguida o
    surgimento da
    gigantesca petroquímica Braskem S/A. Apontando as
    contribuições do polo
    cloroquímico para a economia alagoana e as suas contradições
    que surgiram. Na
    sequência apresenta-se uma compreensão sobre o desastre
    ambiental em
    ocorrência, baseado nos relatórios da CPRM (2019) e de alguns
    estudos técnicos
    posteriores que descrevem o processo de subsidência que já
    atinge 5 bairros da
    cidade e os riscos ambientais diagnosticados. Por fim é
    construída uma análise
    geográfica sobre os impactos ambientais, sociais e econômicos
    causados e suas
    consequências para a cidade de Maceió.


  • Mostrar Abstract
  • This project proposes the development of a critical theoretical reflection on the rock
    salt mineral industry and the impacts of its performance in the city of Maceió, capital
    of
    the State of Alagoas. This mining subsidizes raw material for the chlorochemical
    sector, which is relevant to the local and regional economy, but this activity is
    identified
    by the Geological Service of Brazil (CPRM) as responsible for the largest
    environmental disaster occurring located in urban areas in Latin America, directly
    affecting about 50,000 people, damage caused to the city by the rock salt mineral
    extraction model. With a view to investigating the issue and giving geographical
    science a contribution to the theme, a historical-dialectical study is initially carried
    out
    on the social and economic formation of the State of Alagoas, emphasizing the
    specificities of this process in the city of Maceió. Then, a characterization of the
    physical and biological aspects is made, identifying the morphology and geology of
    the
    explored region, substantiating fundamental elements of the region where rock salt
    extraction activities occur in Lagoon Mundaú and in three neighborhoods. Obtaining
    such information for scientific basis, a contextualization of the mining around rock
    salt
    in Alagoas is constructed in the course of this, involving the history of extraction, the
    processes and evolution of processing (chlorine/soda/DCE), as well as the history of
    the responsible company from the emergence of Salgema S/A and the events that
    took
    place to the privatization and then the emergence of the gigantic petrochemical
    company Braskem S/A. Pointing out the contributions of the chlorochemical
    complex
    to the economy of Alagoas and its contradictions that emerged. Next, an
    understanding
    of the environmental disaster in occurrence is presented, based on the CPRM reports
    (2019) and some subsequent technical studies that describe the subsidence process
    that already affects 5 neighborhoods in the city and the diagnosed environmental 

    risks.
    Finally, a geographic analysis of the environmental, social and economic impacts
    caused and their consequences for the city of Maceió is built.

13
  • RAYANNE SANTOS DE ALMEIDA MENDONCA
  • TERRITORIALIZAÇÃO TURÍSTICA DE EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS E CONFLITOS SOCIOESPACIAIS NA ROTA ECOLÓGICA, LITORAL NORTE DE ALAGOAS

  • Orientador : LINDEMBERG MEDEIROS DE ARAUJO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • LINDEMBERG MEDEIROS DE ARAUJO
  • PAULO ROGERIO DE FREITAS SILVA
  • MANUELA GRACE DE ALMEIDA ROCHA KASPARY
  • Data: 22/06/2022

  • Mostrar Resumo
  • O turismo é um importante fator de produção do espaço geográfico. Ao
    se estabelecer em determinado recorte espacial, ele gera novas
    territorialidades, interfere nas territorialidades existentes, modifica os
    lugares e a paisagem, frequentemente gerando conflitos socioespaciais.
    Extensas áreas litorâneas da região Nordeste do Brasil vêm passando
    por um processo de turistificação que tem causado uma série de
    conflitos socioespaciais, provocando muito debate sobre a ação do
    turismo no espaço, bem como sobre o seu impacto nos interesses das
    populações locais, alterando a percepção, o sentimento e a identidade
    das comunidades envolvidas. Assim, o lugar de vivência das
    populações preexistentes, seus vínculos sociais e de pertencimento são
    alterados, para atender ao consumo, para e pelos turistas. Esse
    fenômeno de natureza geográfica tem gerado a exclusão e
    marginalização de anfitriões e o esvaecimento de aspectos da cultura
    local. Além disso, o avanço do mercado imobiliário e a especulação
    em torno do valor da terra, frequentemente excluem parte da população
    preexistente, gerando inclusive dificuldades de acesso aos seus meios
    de vida tradicionais. Esses tipos de problemas, muito difundidos no
    litoral nordestino, também vêm ocorrendo em um trecho do litoral
    norte de Alagoas, com uma extensão linear de 23 km, e que abrange
    partes dos municípios de Porto de Pedras, São Miguel dos Milagres e
    Passo de Camaragibe. Essa parte do litoral de Alagoas forma o destino
    turístico Rota Ecológica (RE), o qual tornou-se conhecido por meio de
    uma oferta turística alternativa, composta, principalmente, de meios de
    hospedagem denominados de “pousadas de charme”. Entretanto, à
    medida em que a oferta dessas pousadas tornou a RE nacional e
    internacionalmente conhecida, começaram a surgir nesse destino, a 

    partir de aproximadamente 2016, investimentos voltados à construção
    de empreendimentos turístico-imobiliários, com projetos arquitetônicos
    que descaracterizam a paisagem local, indo na contramão do estilo das
    pousadas de charme. O objetivo dessa pesquisa é analisar a
    territorialização dos empreendimentos turístico-imobiliários no destino
    turístico Rota Ecológica, buscando compreender os conflitos
    socioespaciais que eles têm causado. A pesquisa é de natureza
    qualitativa, descritiva, e adota abordagem indutivo-dedutiva. Os
    procedimentos de coleta de dados incluíram: levantamentos de campo,
    para observação direta, registro fotográfico, e entrevistas exploratórias;
    exame de imagens remotas; e análise de documentos públicos e
    privados. O estudo conclui que os empreendimentos imobiliários têm
    causado significativos conflitos socioespaciais na Rota Ecológica.


  • Mostrar Abstract
  • Tourism is an important factor in the production of geographic
    space. By establishing itself in a particular spatial area, it
    generates new territorialities, interferes with existing
    territorialities, modifies places and the landscape, often
    generating socio-spatial conflicts. Extensive coastal areas of the
    Northeast region of Brazil have been going through a
    touristification process that has caused a series of socio-spatial
    conflicts, provoking much debate about the action of tourism in
    space, as well as its impact on the interests of local populations,
    changing the perception , the feeling and identity of the
    communities involved. Thus, the place of living of preexisting
    populations, their social bonds and belonging are changed, to
    meet consumption, for and by tourists. This phenomenon of a
    geographical nature has generated the exclusion and
    marginalization of hosts and the fading of aspects of the local
    culture. In addition, the advance of the real estate market and
    speculation around the value of land often exclude part of the
    pre-existing population, even creating difficulties in accessing
    their traditional livelihoods. These types of problems, very
    widespread on the northeastern coast, have also been occurring
    in a stretch of the north coast of Alagoas, with a linear extension
    of 23 km, and covering parts of the municipalities of Porto de
    Pedras, São Miguel dos Milagres and Passo de Camaragibe. .
    This part of the coast of Alagoas forms the tourist destination
    Rota Ecológica (RE), which became known through an
    alternative tourist offer, composed mainly of lodging facilities
    called “pousadas de charme”. However, as the offer of these
    inns made the RE nationally and internationally known,
    investments began to appear in this destination, from
    approximately 2016 onwards, aimed at the construction of
    tourist-real estate ventures, with architectural projects that de-
    characterize the local landscape, going contrary to the style of
    charming inns. The objective of this research is to analyze the
    territorialization of tourism-real estate developments in the
    tourist destination Rota Ecológica, seeking to understand the 

    socio-spatial conflicts that they have caused. The research is
    qualitative, descriptive, and adopts an inductive-deductive
    approach. Data collection procedures included: field surveys, for
    direct observation, photographic records, and exploratory
    interviews; examination of remote images; and analysis of public
    and private documents. The study concludes that real estate
    developments have caused significant socio-spatial conflicts on
    the Ecological Route.

14
  • MAGDA CAMPOS DE LIMA
  • RECURSOS GEOTURÍSTICOS E MANIFESTAÇÕES
    CULTURAIS EM MUNICÍPIOS TURÍSTICOS DO SERTÃO DE
    ALAGOAS

  • Orientador : DOMINGOS SAVIO CORREA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DOMINGOS SAVIO CORREA
  • ISA DE OLIVEIRA ROCHA
  • LINDEMBERG MEDEIROS DE ARAUJO
  • Data: 15/07/2022

  • Mostrar Resumo
  • O turismo é uma atividade dinâmica capaz de gerar diversas

    transformações direta ou indireta
    no ambiente em que é praticado, no modo de vida da
    comunidade local que sobrevive da
    atividade turística e nas percepções dos visitantes responsáveis
    por sustentar essa atividade. Os
    municípios turísticos do Sertão de Alagoas dispõem de
    abundantes recursos tendo potencial
    para a prática de diversos tipos de turismo. A atividade turística
    aproveita dessas riquezas para
    aos poucos se estabelecer de forma espontânea e também
    intencional de acordo com os
    interesses econômicos dos setores públicos e privados.
    Visando aproveitar esses recursos surge
    a proposta do Ministério do Turismo (MTur), para tornar os
    municípios com potencial em
    turísticos, para a interiorização do turismo nos municípios
    distantes dos grandes polos turísticos,
    tem sido implantado os programas de Regionalização e
    Municipalização. Os recursos que os
    municípios turísticos do Sertão de Alagoas possuem têm
    atraído visitantes, o seu potencial faz
    com que esses programas proponham o desenvolvimento do
    turismo nesse ambiente geográfico.
    Está pesquisa tem o objetivo de identificar que recursos
    geoturísticos e manifestações culturais
    tem motivado o deslocamento de visitantes para os municípios 

    turísticos do Sertão de Alagoas.
    Para embasar está pesquisa a abordagem interpretativa usada
    é a fenomenológica, como suporte
    foi utilizado o método qualitativo. O levantamento de campo
    com aplicação de questionário
    semiestruturado foi realizado em duas etapas usando a técnica
    de amostra intencional, na
    primeira etapa consistiu em escolher oito respondentes em
    cada município: Água Branca,
    Delmiro Gouveia, Inhapi, Mata Grande, Olho d’Água do Casado,
    Pariconha e Piranhas, no total
    de cinquenta e seis respondentes. Na segunda etapa do foram
    escolhidos dois respondentes em
    cada município turístico: Água Branca, Delmiro Gouveia, Mata
    Grande, Olho d’Água do
    Casado e Piranhas, no total de dez respondentes ao todo foram
    sessenta e seis visitantes que
    responderam ao questionário. O resultado dos dados adquirido
    através das respostas dos
    visitantes está demonstrado em gráficos, tabelas e quadros. As
    informações obtidas com
    observações, aplicação de questionário e uso de material
    fotográfico contribuíram com o
    desenvolvimento e resultados da dissertação. Conclui-se que o
    recurso geoturístico que tem
    atraído visitantes aos municípios turísticos de Delmiro Gouveia,
    Olho d’Água do Casado e
    Piranhas é o rio São Francisco, as estruturas e
    empreendimentos que estão nas suas margens
    contribuem com essa escolha, outros recursos e manifestações
    culturais também estão
    impulsionando o deslocamento de visitantes. Como o município
    turístico de Mata Grande, as
    romarias ao Santuário Teresiano têm sido constante
    caracterizando o turismo religioso. O rio
    São Francisco é o principal recurso geoturístico que
    proporcionou a formação de estruturas
    naturais como os cânions e a construção de empreendimentos
    turísticos que faz desse lugar um
    produto turístico. Os critérios do Ministério do Turismo de
    Alagoas e do Plano Estratégico de
    Desenvolvimento do Turismo de Alagoas de 2013-2023 são
    diferentes, o plano dá prioridade
    aos municípios que são um produto turístico, recebem
    assistência do programa de
    Regionalização. O desenvolvimento do turismo em municípios
    com potencial turístico fica a
    critério do programa de Municipalização.


  • Mostrar Abstract
  • Tourism is a dynamic activity capable of generating several direct or indirect
    transformations in the environment in which it is practiced, in the way of life of the
    local community that survives from the tourist activity and in the perceptions of the
    visitors responsible for sustaining this activity. The tourist municipalities of the
    Sertão
    de Alagoas have abundant resources with potential for the practice of different types
    of
    tourism. The tourist activity takes advantage of these riches to gradually establish
    itself
    spontaneously and also intentionally according to the economic interests of the public
    and private sectors. Aiming to take advantage of these resources, the proposal of the
    Ministry of Tourism (MTur) arises, to make municipalities with tourist potential, for
    the
    interiorization of tourism in municipalities far from the major tourist centers, the
    Regionalization and Municipalization programs have been implemented. The
    resources
    that the tourist municipalities of Sertão de Alagoas have have attracted visitors, their
    potential makes these programs propose the development of tourism in this
    geographical environment. This research aims to identify which geotouristic
    resources
    and cultural manifestations have motivated the displacement of visitors to tourist
    municipalities in the Sertão de Alagoas. To support this research, the interpretative
    approach used is the phenomenological one, as support the qualitative method was
    used.
    The field survey with the application of a semi-structured questionnaire was carried
    out
    in two stages using the technique of intentional sampling, the first stage consisted of
    choosing eight respondents in each municipality: Água Branca, Delmiro Gouveia,
    Inhapi, Mata Grande, Olho d'Água do Casado , Pariconha and Piranhas, in a total of
    fifty-six respondents. In the second stage of the survey, two respondents were chosen
    in
    each tourist municipality: Água Branca, Delmiro Gouveia, Mata Grande, Olho
    d'Água
    do Casado and Piranhas, in a total of ten respondents to the In total, sixty-six visitors
    responded to the questionnaire. The result of the data acquired through the responses
    of
    the visitors is shown in graphs, tables and charts. The information obtained from
    observations, application of a questionnaire and the use of photographic material
    contributed to the development and results of the dissertation. It is concluded that the
    geotouristic resource that has attracted visitors to the tourist municipalities of
    Delmiro
    Gouveia, Olho d'Água do Casado and Piranhas is the São Francisco River, the
    structures
    and enterprises that are on its banks contribute to this choice, other resources and
    manifestations Cultural events are also driving visitor movement. As the tourist
    municipality of Mata Grande, the pilgrimages to the Teresiano Sanctuary have been
    constant characterizing religious tourism. The São Francisco River is the main
    geotouristic resource that provided the formation of natural structures such as
    canyons
    and the construction of tourist enterprises that make this place a tourist product.
    Alagoas
    from 2013-2023 are different, the plan gives priority to municipalities that are a
    tourist
    product, receive assistance from the Regionalization program. The development of
    tourism in municipalities with tourist potential is at the discretion of the
    Municipalization program.

15
  • DEBORA LUZIA MOURA CORREIA
  • AUMENTO DA POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE RUA NA
    CAPITAL ALAGOANA: CAUSAS, EFEITOS E TERRITÓRIO
    USADO

  • Orientador : DOMINGOS SAVIO CORREA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DOMINGOS SAVIO CORREA
  • JOSE MESSIAS BASTOS
  • LUCIANE MARANHA DE OLIVEIRA MARISCO
  • Data: 15/07/2022

  • Mostrar Resumo
  • No município de Maceió-AL, assim como em tantas outras

    capitais, as pessoas em situação de
    rua, habitam essencialmente, nos espaços públicos do centro
    da cidade, isto é, nas praças,
    calçadas, debaixo das pontes, pontos de ônibus etc. Estas
    pessoas possuem percepções
    totalmente diferentes do espaço urbano, justamente, por não
    serem pessoas domiciliadas e terem
    a necessidade de encontrar abrigo na rua, sendo assim,
    habitantes urbanos que possuem uma
    frágil relação com o espaço. Segundo o Decreto n° 7.053, de 23
    de dezembro de 2009,
    população em situação de rua é um grupo populacional
    heterogêneo que possui em comum a
    pobreza extrema, os vínculos familiares fragilizados ou
    rompidos e a inexistência de moradia
    convencional regular. No entanto, mesmo sem ter a posse
    sobre o terreno, os moradores de rua
    estabelecem relações com o espaço, uma vez que habitam e
    circulam em determinadas partes
    da cidade, estariam eles estabelecendo território?. Trata-se de
    um fenômeno multidimensional,
    pois, há uma sobreposição de aspectos e particularidades
    intrínsecas aos contextos em que
    ocorrem. A partir da revisão bibliográfica, percebe-se que há
    poucos estudos de perspectiva
    geográfica sobre a referida temática, bem como há muitas 

    lacunas em relação aos censos e
    levantamentos demográficos, o que dificulta a formulação de
    políticas públicas eficazes. Em
    2020, a Secretaria de Assistência Social de Maceió divulgou
    que mais de 3 mil pessoas viviam
    em situação de rua no meio urbano do município, de maneira
    que, cerca de 1 mil dessas pessoas
    concentram-se no bairro Centro. A População em Situação de
    Rua (PSR) percebe a dinâmica
    da cidade e para sobreviver, muitas vezes tendem a concentra-
    se nas áreas que favorecem as
    atividades econômicas, para assim desempenhar trabalhos de
    natureza diversas e até mesmo
    prática de mendicância. As áreas da cidade que proporcionam
    de maneira mais significativa
    oportunidades para questões de higiene, alimentação e
    segurança irão efetivamente concentrar
    esse seguimento populacional. Por isso, o município de Maceió,
    e, mais especificamente, o
    bairro Centro, caracterizam-se como o campo empírico desta
    pesquisa. Para investigar o
    aumento desse fenômeno em Maceió, bem como, o uso e
    ocupação do espaço público por
    Pessoas em Situação de Rua, foi realizada uma abordagem de
    pesquisa participante nas unidades
    do Centro de Referência Especializado para Pessoas em
    Situação de Rua e no próprio centro urbano,
    para assim interpretar, refletir e analisar os dados obtidos.
    Dessa forma, a partir da observação do
    funcionamento do equipamento social, acesso aos relatórios,
    formulários de atendimentos
    realizados e posteriormente tabulação dos dados verificou-se
    que nos últimos dois anos houve um
    substancial aumento de PSR em Maceió.


  • Mostrar Abstract
  • In the city of Maceió-AL, as in many other capitals, homeless people live essentially

    in public
    spaces in the city center, that is, in squares, sidewalks, under bridges, bus stops, etc.
    These
    people have totally different perceptions of the urban space, precisely because they
    are not
    domiciled people and have the need to find shelter on the street, thus, urban
    inhabitants who
    have a fragile relationship with space. According to Decree No. 7,053, of December
    23, 2009,
    homeless people are a heterogeneous population group that has in common extreme
    poverty,
    fragile or broken family ties and the lack of regular conventional housing. However,
    even
    without having possession of the land, homeless people establish relationships with
    space, since
    they inhabit and circulate in certain parts of the city, would they be establishing
    territory?. It is 

    a multidimensional phenomenon, as there is an overlap of aspects and particularities
    intrinsic
    to the contexts in which they occur. From the bibliographic review, it is clear that
    there are few
    studies from a geographical perspective on the aforementioned theme, as well as
    there are many
    gaps in relation to censuses and demographic surveys, which makes it difficult to
    formulate
    effective public policies. In 2020, the Maceió Social Assistance Department
    announced that
    more than 3,000 people were homeless in the urban area of the municipality, so that
    about 1,000
    of these people are concentrated in the Centro neighborhood. The Homeless
    Population (PSR)
    perceives the dynamics of the city and in order to survive, they often tend to focus on
    areas that
    favor economic activities, in order to perform work of a different nature and even
    begging. The
    areas of the city that most significantly provide opportunities for hygiene, food and
    safety issues
    will effectively concentrate this population segment. Therefore, the city of Maceió,
    and, more
    specifically, the Centro district, are characterized as the empirical field of this
    research. In order
    to investigate the increase in this phenomenon in Maceió, as well as the use and
    occupation of
    public space by People on the Street, a participatory research approach was carried
    out in the
    units of the Specialized Reference Center for People in the Street Situation and in the
    center
    itself. urban area, in order to interpret, reflect and analyze the data obtained. Thus,
    from the
    observation of the functioning of the social equipment, access to reports, forms of
    care
    performed and later tabulation of data, it was found that in the last two years there
    was a
    substantial increase in PSR in Maceió.

2021
Dissertações
1
  • MARIA BETANIA VIEIRA DE SOUZA LIMA
  • Byrsonima triopterifolia A. Juss: ocorrência, fenologia e relação com fauna na Caatinga Alagoana

  • Orientador : KALLIANNA DANTAS ARAUJO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA PAULA LOPES DA SILVA
  • JOÃO GOMES DA COSTA
  • KALLIANNA DANTAS ARAUJO
  • Data: 27/01/2021

  • Mostrar Resumo
  • A Caatinga apresenta diversas potencialidades de exploração, sendo importante conhecer a dinâmica de interação dos organismos que influenciam no seu desenvolvimento. Dessa forma objetivou-se avaliar o desenvolvimento da espécie Byrsonima triopterifolia A. Juss e organismos invertebrados, em Olho D´Água do Casado, Alagoas. A pesquisa foi realizada em Olho D´Água do Casado, Alagoas onde foram realizados mensalmente o acompanhamento do comportamento fenológico das plantas: Botão floral, Flores em antese, Frutos, Senescência foliar, Brotamento e Abortamento. Bimestralmente, foi realizado o acompanhamento do desenvolvimento da estrutura vegetativa (altura e diâmetro) das matrizes de B. triopterifolia e realizadas coletas de precipitação pluvial. Foi realizada a caracterização física dos frutos e sementes da espécie B. triopterifolia A. Juss, onde foram mensurados: peso dos frutos (g), peso das sementes (g), diâmetro longitudinal e transversal dos frutos e sementes (cm), rendimento de polpa (%), rendimento de semente (%). O levantamento da macrofauna aérea e edáfica foi realizado por meio de armadilhas Provid instaladas em campo por 96 horas contendo 200 mL de solução detergente a 5% e 12 gotas de Formol P.A., considerando os organismos ≥ 2 mm de comprimento. Foi quantificado a mesofauna do solo por meio de amostras de solo+serapilheira a 5 cm de profundidade, utilizando anéis metálicos (diâmetro=4,8 cm e altura=5 cm) e instalados na bateria de extratores Berlese-Tullgren durante 96 horas. Os organismos da macro e mesofauna foram quantificados a nível de ordem dos grandes grupos taxonômicos e foi avaliado a diversidade e uniformidade pelos Índices de Shannon (H) e Pielou (e). Os resultados apontam que quando há maior disponibilidade de água no solo a espécie Byrsonima triopterifolia A. Juss apresenta maior desenvolvimento das suas fenofases; A espécie B. triopterifolia possui um bom desenvolvimento em relação a circunferência e altura quando em ambientes com trato cultural (poda, raleamento, fornecimento de água) e a produção de frutos também é favorecida pelas práticas de manejo adotadas; Os frutos da espécie B. triopterifolia são bem desenvolvidos, apresentando um rendimento de polpa e casca significativo, seguido do rendimento da semente, favorecido pelo trato cultural utilizado; Na macrofauna aérea o grupo Hymenoptera é o mais dominante nas áreas de ocorrência da espécie B. triopterifolia comprovado pelos baixos valores nos Índices de Diversidade de Shannon (H) e Uniformidade de Pielou (e); Os grupos dominantes registrados na macrafauna edáfica são Lepidoptera e Hymenoptera, conforme destacados pelos índices de diversidade de Shannon e uniformidade de Pielou e são possíveis polinizadores da espécie B. triopterifolia; Dos grupos taxonômicos da mesofauna edáfica Acarina é o mais dominante na área com ocorrência da espécie B. triopterifolia, confirmado pelos valores reduzidos obtidos pelos Índices de Shannon (H) e Pielou (e) demonstrando menor diversidade e equabilidade; A espécie B. triopterifolia, apresenta potencial para a exploração na região estudada por se tratar de uma espécie que responde bem aos pequenos eventos de chuva.


  • Mostrar Abstract
  • Caatinga has several exploration potentials, and it is important to know the dynamics interaction of the organisms that influence its development. Thus, the aim of this research was to evaluate the development of the Byrsonima triopterifolia A. Juss and invertebrate organisms, in Olho D´Água do Casado, Alagoas The research is being conducted in Olho D´Água do Casado, Alagoas, where the phenological behavior of the plants is being monitored monthly: Floral bud, anthesis flowers, fruits, leaf senescence, budding and abortion. Bi-monthly monitoring of the development of the vegetative structure (height and diameter) of the matrices of B. triopterifolia is being conducted and collections of rainfall.. The physical characterization of the fruits and seeds of B. triopterifolia A. Juss was realizes, where they were measured: weight of the fruits (g), weight of the seeds (g), longitudinal and transversal diameter of the fruits and seeds (cm), yield of pulp (%), seed yield (%). The survey of aerial and edaphic macrofauna was performed by means of Provid traps installed in the field for 96 hours containing 200 mL of 5% detergent solution and 12 drops of Formol P.A., considering organisms ≥ 2 mm in length. The preliminary results indicate that when there is greater availability of water in the soil, the species Byrsonima triopterifolia A. Juss presents greater development of its phenophases; The species B. triopterifolia has a good development in relation to circumference and height when in environments with cultural treatment (pruning, grating, water supply) and fruit production is also favored by the management practices adopted; The fruits of the species B triopterifolia are well developed, showing a significant pulp and peel yield, followed by the seed yield, favored by the cultural treatment used; In aerial macrofauna, the Hymenoptera group is the most dominant in the areas of occurrence of the species B. triopterifolia proven by the low values in the Shannon Diversity Index (H) and Pielou Uniformity (e); The dominant groups registered in the edaphic macrofauna are Lepidoptera and Hymenoptera, as highlighted by the Shannon diversity and Pielou uniformity indexes and are possible pollinators of the species B. triopterifolia; Of the taxonomic groups of the edaphic mesofauna Acarina is the most dominant in the area with the occurrence of B. triopterifolia, confirmed by the reduced values obtained by the Shannon (H) and Pielou (e) indices, showing less diversity and equability; B. triopterifolia has potential for exploration in the studied region because it is a species that resists small rain events.

2
  • JOAO PAULO DA HORA NASCIMENTO
  • APLICAÇÃO DE ÍNDICES MORFOMÉTRICOS PARA IDENTIFICAÇÃO DE CONTROLES ESTRUTURAIS ATUANTES EM BACIAS HIDROGRÁFICAS DO BAIXO SÃO FRANCISCO

  • Orientador : KLEYTHON DE ARAUJO MONTEIRO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO CARLOS DE BARROS CORRÊA
  • KLEYTHON DE ARAUJO MONTEIRO
  • NIVANEIDE ALVES DE MELO FALCAO
  • Data: 22/02/2021

  • Mostrar Resumo
  • A variedade de formas topográficas é garantida pela distribuição de massas rochosas de diferentes resistências, composição e posição na crosta terrestre associada aos mais diversos tipos de climas existentes, variando espacial e temporalmente. Entender estas variedades morfológicas a partir de suas diversas interações tem sido o ponto central das discussões geomorfológicas desde suas primeiras aplicações. Este trabalho tem como objetivo a análise morfométrica em bases geomorfológicas de quatro bacias hidrográficas localizadas entre os semiáridos alagoano e pernambucano (Bacias dos Rios Traipu, Ipanema, Capiá e Moxotó). Para tanto, uma série de parâmetros e índices de natureza quantitativa foram aplicados ora às bacias, ora aos rios principais. Inicialmente, foram confeccionados Modelos Digitais de Elevação com resolução espacial de 90m do projeto Shuttle Radar Topographic Mission (SRTM), a partir destes dados foram extraídas as redes de drenagem e delimitadas as bacias, de maneira a possibilitar a análise morfométrica. Esta foi iniciada a partir da hierarquização da rede de drenagem de acordo com Strahler (1952), procedimento que serviu de critério para outros índices voltados à análise da rede de drenagem das bacias como relação de bifurcação, relação entre o comprimento médio dos canais por ordem e relação do equivalente vetorial. A análise dos perfis longitudinais se deu a partir dos Índices SL/k e Ksn, os quais são sensíveis a variações topográficas relacionadas à controles geológicos; a análise das bacias se deu ainda com a elaboração de curvas hipsométricas e aplicação do fator de assimetria de bacia de drenagem. Por fim, foram extraídos lineamentos de relevo para cada bacia estudada para quatro ângulos de iluminação (45º, 90º, 315º e 360º) de maneira a caracterizar a direção das principais estruturas atuantes na organização do relevo da área estudada. A aplicação dos índices de gradiente permitiu a identificação dos principais setores de ruptura nos perfis longitudinais dos principais rios das quatro bacias. Estes setores de quebra podem ter gêneses diversas, contudo, a relativa regularidade na distribuição dos setores no baixo cursos dos canais principais, pode indicar a atuação de uma gênese comum associada a condicionantes lito-estruturais.


  • Mostrar Abstract
  • The variety of topographic forms is guaranteed by the distribution of rock masses of different strengths, composition and position in the earth's crust associated with the most diverse types of existing climates, varying spatially and temporally. Understanding these morphological varieties from their diverse interactions has been at the center of geomorphological discussions since their first applications. This work aims at the morphometric analysis on geomorphological bases of four basins located between Alagoas and Pernambuco (Traipu, Ipanema, Capiá and Moxotó Basins). For this purpose, a series of parameters and indices of a quantitative nature were applied either to the basins, or to the main rivers. Initially, Digital Elevation Models were made with 90m spatial resolution of the Shuttle Radar Topographic Mission data (SRTM) project, from these data the drainage networks were extracted and the basins were delimited, in order to allow the morphometric analysis. First the drainage network was classified according to Strahler (1952), a procedure that served as a criterion for other indexes aimed at the analysis of the drainage network of the basins as a bifurcation relationship, the relationship between the average length of the channels in order and vector equivalent ratio. The analysis of the longitudinal profiles took place from the SL/ k and Ksn indices, which are sensitive to topographic variations related to geological controls; the analysis of the basins took place with the elaboration of hypsometric curves and application of the drainage basin asymmetry factor. Finally, relief lineaments were extracted for each basin for four lighting angles (45º, 90º, 315º and 360º) in order to characterize the direction of the main structures acting in the relief organization of the studied area. The application of gradient indices allowed the identification of the main rupture sectors in the longitudinal profiles of the main rivers in the four basins. These break sectors may have different genesis, however, the relative regularity in the distribution of sectors in the lower courses of the main channels, may indicate the performance of a common genesis associated with litho-structural conditions.

3
  • GEOVANE ALVES DA SILVA
  • TRAJETÓRIAS GEOGRÁFICAS DAS USINAS DE AÇÚCAR EM ALAGOAS

  • Orientador : PAULO ROGERIO DE FREITAS SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • PAULO ROGERIO DE FREITAS SILVA
  • SILVANA QUINTELLA CAVALCANTI CALHEIROS
  • ALBERTO PEREIRA LOPES
  • Data: 24/02/2021

  • Mostrar Resumo
  • A partir de um quadro geral da agroindústria da cana-de-açúcar em Alagoas, procurou-se analisar e compreender as principais mudanças que ocorreram ao longo do século XX e início do século XXI, que incidiram sobre a distribuição geográfica das usinas de açúcar no território alagoano. O exame desse processo aponta inicialmente uma concentração das usinas de açúcar na mesorregião do Leste Alagoano, precisamente na microrregião geográfica da Mata Alagoana, trata-se geograficamente da primeira área de ocupação no território alagoano. Atualmente, observamos uma importante dinâmica territorial ainda em curso no Estado, que é a transferência do eixo produtivo da tradicional região canavieira, para a microrregião de São Miguel dos Campos, sobretudo, em razão do fechamento de usinas. O pressuposto básico é que esse processo de transferência do eixo se inicia por meio de estratégias empresariais e de financiamentos federais em programas de desenvolvimentos da agroindústria da cana-deaçúcar, como IAA, (1933); PLANALSUCAR, (1971); PROALCOOL, (1975), que constituiem-se como fatores determinantes ao novo eixo produtivo do Estado, com as instalações de maquinaria e equipamentos necessários. O desafio do novo eixo produtivo consiste em como contornar a crise provocada pela pandemia covid-19, num cenário econômico nacional que apresenta desde 2014, saldos negativos de emprego por setores de atividades econômicas. Em Alagoas os dados iniciais sobre o impacto da pandemia em 2020, apontam que o setor de comércio e serviços foi o mais impactado, enquanto a agroindústria apresentou maiores vendas de açúcar, resultando em maiores valores de exportação para o Estado, por outro lado, os dados sobre a flutuação do emprego formal em 2020 apresentam saldos negativos para o trabalhador da indústria da cana-de-açúcar.


  • Mostrar Abstract
  • From a general framework of the sugarcane agro industry in Alagoas, we tried to analyze and understand the main changes that occurred during the 20th century and the beginning of the 21st century, which focused on the geographical distribution of sugar mills in the territory of Alagoas. The examination of this process initially points to a concentration of sugar mills in the mesoregion of Eastern Alagoano, precisely in the geographic microregion of The Alagoas Forest, which is geographically the first area of occupation in the territory of Alagoas. Currently, we observe an important territorial dynamics still in progress in the State, which is the transfer of the productive axis of the traditional sugarcane region, to the microregion of São Miguel dos Campos, mainly due to the closure of power plants. The basic assumption is that this process of axis transfer begins through business strategies and federal financing in sugarcane agro industry development programs, such as IAA, (1933); PLANALSUCAR, (1971); PROALCOOL, (1975), which constitute as determining factors to the new productive axis of the State, with the necessary machinery and equipment facilities. The challenge of the new productive axis is how to get around the crisis caused by the covid-19 pandemic, in a national economic scenario that has presented negative employment balances by sectors of economic activities since 2014. In Alagoas, initial data on the impact of the pandemic in 2020 indicate that the trade and services sector was the most impacted, while the agro industry showed higher sugar sales, resulting in higher export values to the state, on the other hand, data on the fluctuation of formal employment in 2020 present negative balances for the sugarcane industry worker.

4
  • MANOEL NASCIMENTO DE OLIVEIRA NETO
  • REGIÕES E REGIONALIZAÇÕES EM ALAGOAS

  • Orientador : PAULO ROGERIO DE FREITAS SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MIGUEL ANGELO CAMPOS RIBEIRO
  • PAULO ROGERIO DE FREITAS SILVA
  • TEREZA CONI AGUIAR
  • Data: 25/02/2021

  • Mostrar Resumo
  • Nos últimos anos, as modificações na dinâmica social brasileira refletiram em novas configurações na organização do espaço, na necessidade de compreender tais modificações, em 2017 o IBGE lançou a proposta de regionalização - as Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias - em substituição as Mesorregiões e Microrregiões Geográficas. A partir da análise da metodologia proposta na configuração regional observa-se a necessidade de elaboração de divisões regionais cada vez mais detalhadas, que sejam capazes de explicar as modificações e a dinâmica na organização espacial brasileira, bem como todas essas transformações se materializam no espaço. As modificações metodológicas baseadas no estudo da Região de Influência das Cidades – REGIC evidenciam alterações relevantes na organização espacial e na rede urbana brasileira nas últimas décadas. Portanto, é necessário identificar quais as principais alterações na metodologia entre as propostas de divisão regional de 1990 e 2017, utilizando Alagoas como referência para a análise. Com o objetivo de apresentar e debater as diferenças de metodologias definidas pelo IBGE com relação à regionalização em Microrregiões Geográficas e Regiões Geográficas Imediatas. Bem como as mudanças na organização espacial em Alagoas nas últimas décadas, que serviram de parâmetro para a divisão regional.


  • Mostrar Abstract
  • In recent years, the changes in the Brazilian social dynamics reflected in new configurations in the organization of space, in the need to understand such changes, in 2017 the IBGE launched the proposal for regionalization - the Immediate and Intermediate Geographic Regions - replacing the Mesoregions and Geographical Microregions. From the analysis of the methodology proposed in the regional configuration, the need to elaborate increasingly more detailed regional divisions is observed, which are able to explain the changes and dynamics in the Brazilian spatial organization, as well as all these transformations materialize in space. The methodological changes based on the study of the Region of Influence of Cities - REGIC show relevant changes in the spatial organization and in the Brazilian urban network in the last decades. Therefore, it is necessary to identify the main changes in the methodology between the proposals for the regional division of 1990 and 2017, using Alagoas as a reference for the analysis. In order to present and discuss the differences in methodologies defined by the IBGE in relation to regionalization in Geographic Microregions and Immediate Geographic Regions. As well as the changes in the spatial organization in Alagoas in the last decades, which served as a parameter for the regional division.

5
  • ROSELMA LOPES RIBEIRO
  • A REGIÃO METROPOLITANA DE MACEIÓ: ENTRE OS LIMITES TERRRITORIAIS E A CONURBAÇÃO

  • Orientador : PAULO ROGERIO DE FREITAS SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • PAULO ROGERIO DE FREITAS SILVA
  • LUCIANE MARANHA DE OLIVEIRA MARISCO
  • VIRGINIA CELIA CAVALCANTE DE HOLANDA
  • Data: 26/02/2021

  • Mostrar Resumo
  • Neste século XXI a discussão sobre o processo de conurbação tem crescido muito, pois o espaço urbano tem se apresentado em formas, estruturas e processos peculiares. Desse modo, diversos fenômenos e processos começaram a serem investigados nas grandes cidades abrangendo regiões metropolitanas. No entanto, compreender como ocorre o processo de conurbação em um determinado espaço urbano é essencial. Assim, este trabalho tem como objetivo analisar o significado dos limites territoriais entre os municípios da Região Metropolitana de Maceió, considerando o processo de conurbação, entre Maceió, Rio Largo e Satuba, ponderando as relações sociais existentes que se entrelaçam. Para atender os objetivos, realizou-se levantamento bibliográfico, levantamento documental e cartográfico, assim como pesquisa de campo. Portanto, diante do esforço metodológico e empírico compreende-se que o processo de conurbação transpõe os limites administrativos, político e econômico, nos quais as áreas urbanas juntam-se. Nesse sentindo, percebe-se que Maceió-Rio Largo-Satuba conurbam-se, extrapolando os limites políticos administrativos de uma municipalidade. Esse processo de conurbação pode ser planejado e intencional por parte dos agentes imobiliários por justamente ser uma área limítrofe com a capital. Contudo, pode-se considerar que planejado ou não a conurbação possibilita complicações político-administrativos aos municípios. Desse modo, é possível admitir que o crescimento da conurbação Maceió-Rio Largo-Satuba, ocorre devido a sua posição territorial estratégica. Desse modo, o trabalho está dividido em quatro capítulos, o primeiro aborda o processo de urbanização, revisitando alguns conceitos pertinentes ao processo. O segundo aborda o processo de conurbação entre os municípios de Maceió, Rio Largo e Satuba. O terceiro explana o processo de conurbação entre os municípios em foco e as indefinições territoriais. Por fim, o quarto aborda o sistema de fixos e fluxos existentes na área conurbada.


  • Mostrar Abstract
  • In this 21st century, the discussion about the conurbation process has grown a lot, because the
    urban space has been presented in peculiar forms, structures and processes. Thus,
    several phenomena and processes began to be investigated in large cities
    covering metropolitan regions. However, understanding how the process of
    conurbation in a given urban space is essential. Thus, this work aims to
    objective to analyze the meaning of territorial limits between the municipalities of the Region
    Metropolitana de Maceió, considering the conurbation process, between Maceió, Rio Largo and
    Satuba, pondering the existing social relations that are intertwined. To meet the
    objectives, bibliographic survey, documentary and cartographic survey,
    as well as field research. Therefore, in view of the methodological and empirical effort
    it is understood that the coalescence of the municipalities crosses the administrative, political and
    and economic, in which urban areas come together. In this sense, it is clear that MaceióRio Largo-Satuba are intertwined, extrapolating the administrative political limits of a
    municipality. This process can be planned and intentional by the agents
    because it is an area bordering the capital. However, one can consider
    that planned or not the coalescence between the municipal limits allows complications
    political-administrative to the municipalities. Thus, it is possible to admit that urban expansion
    between Maceió-Rio Largo-Satuba, it occurs due to its strategic territorial position.

6
  • PEDRO HENRIQUE TORRES MARINHO
  • DESCARTE IRREGULAR DOS RESÍDUOS SÓLIDOS: UMA INVESTIGAÇAÕ SOCIOESPACIAL NA CIDADE DE MACEIÓ/AL

  • Orientador : GILCILEIDE RODRIGUES DA SILVA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • NYAMIEN YAHAUT SEBASTIEN
  • GILCILEIDE RODRIGUES DA SILVA
  • NELSON MARISCO
  • PAULO ROGERIO DE FREITAS SILVA
  • Data: 27/02/2021

  • Mostrar Resumo
  • Este estudo tem como principal objetivo analisar os locais de descarte inadequado de Resíduos Sólidos Urbanos (RSU) nos bairros que compõem a região administrativa 7 da cidade de Maceió/AL e observar os atores que compartilham dessas ações, que trazem sérios danos ao ambiente e a sociedade, alterando a ecologia. Esta situação é uma das grandes problemáticas enfrentadas pelos bairros, e que já percorre gerações. O avanço tecnológico de produtos permite a estes passarem a ter uma maior complexidade em sua composição, logo, mais difíceis de entrarem em processo de decomposição natural. A lógica do consumismo desenfreado se expande como necessidade pela sociedade e impõe novos modelos de sobrevivência e ao uso dos produtos que são, cada vez mais descartáveis, gerando assim, uma exorbitante quantidade de resíduos descartados diariamente de forma inapropriada, e isto gerou diversas discussões embasadas em propostas sustentáveis, as quais estabeleceram definições e leis voltadas aos Resíduos Sólidos. A metodologia apoiada na Abordagem Sistêmica, com o intuito de aplicar um olhar dinâmico a partir da totalidade, e não um pensamento mecanicista dissipador do todo, mas partindo do pressuposto de que o mundo é uma rede, que todas as partes estão em interação. Com base em Bertalanfy (1975), Capra (1996), entre outros. Os procedimentos técnicos contam com leitura de documentos e dados fornecidos pela Superintendência do Desenvolvimento Sustentável de Maceió (SUDES), e dos demais órgãos do Estado que são responsáveis pela limpeza urbana, e a legislação que rege a disposição final dos RSUs. Por fim foi feito um georeferenciamento da região 7 da cidade, onde pudemos observar a aplicabilidade das políticas públicas. Os resultados do estudo contribuem para subsidiar as ações dos gestores e órgãos governamentais, através de uma gestão sistêmica dos resíduos. Além de sensibilizar a população de sua participação na ecologia dos bairros.


  • Mostrar Abstract
  • This study has as principal objective to analyze the places of inadequate deposition of Urban Solid Waste (USW) in the districts that compose the administrative region 7 of the city of Maceió / AL, and to observe the contributors which share these actions, which bring serious damages to the environment and the society, altering the ecology. This situation is one of the great problem faced by the districts, which has been going on for generations. The technological advancement of products allows them to become more complex in their composition, hence, harder to enter the natural decomposition process. The logic of rampant consumerism expands as a necessity for the society and imposes new models of survival and the use of products that are increasingly disposable, thus generating an exorbitant amount of waste disposed of inappropriately daily, and this was generated several grounded discussions in sustainable proposals, which established definitions and laws aimed at Solid Waste. The research has its methodology supported by the Systemic Approach, with the aim of applying a dynamic look from the totality, and not a mechanistic thinking dissipating the whole, but starting from the assumption that the world is a net, that all parts are in interaction. Based on Bertalanfy (1975), Capra (1996), among others. The technical procedures include the reading of documents and data provided by the Superintendency of Sustainable Development of Maceió (SUDES), and of the other State agencies that are responsible for urban cleaning, and the legislation that governs the final disposition of the USWs. Finally, a georeferencing of each identified point was made, where we could observe the applicability of public policies. The research will contribute to subsidize the actions of managers and government agencies, through a systemic management of waste. Moreover, making the population aware of their participation to district’s ecology.

7
  • CLEVISSON JOSÉ DA SILVA
  • OS USOS DO TERRITÓRIO NO SETOR PRODUTIVO: POR UMA INDUSTRIALIZAÇÃO LOCAL DO ESTADO DE ALAGOAS

  • Orientador : ANTONIO ALFREDO TELES DE CARVALHO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANTONIO ALFREDO TELES DE CARVALHO
  • CICERO PERICLES DE OLIVEIRA CARVALHO
  • LUCIANE MARANHA DE OLIVEIRA MARISCO
  • FABIO GUEDES GOMES
  • Data: 01/03/2021

  • Mostrar Resumo
  • A inquestionável capacidade de transformação da industrialização tem emanado inúmeros estudos em diferentes escalas no âmbito das ciências humanas e sociais. Entretanto, no caso do estado de Alagoas, com frequência são trabalhos voltados à análise dos grandes empreendimentos localizados na sua parte litorânea. E, mais, analisados na perspectiva das antigas políticas de desenvolvimento adotadas no Brasil, geralmente sob a tônica de uma supervalorização das indústrias externas em detrimento das atividades internas. Trilhando por outro caminho, pensando no desenvolvimento territorial a partir da coordenação do Estado em relação as forças produtivas que o território alagoano já dispõe internamente, o presente estudo tem por objetivo central entender os usos do território empreendidos pelas indústrias locais na Região Geográfica Imediata de Arapiraca. Para tanto, buscou-se analisar a organização econômica do estado de Alagoas, a gênese das indústrias locais dessa região, sua organização a partir das estratégias de capilaridade, bem como reconhecer os sistemas de ações que permitem as indústrias locais usarem o território alagoano e nordestino, e averiguar o ativismo estatal no fortalecimento dessas atividades. A metodologia compreendeu a tríade que constitui a pesquisa em Geografia: pesquisa bibliográfica, referente ao tema investigado; pesquisa documental e de dados, visando a aquisição de documentos históricos e de conteúdos normativos, além de dados secundários publicados por instituições oficiais; e pesquisa de campo, que possibilitou a aquisição de dados primários, o conhecimento da área estudada e a absorção do conhecimento da realidade, com a aplicação da teoria aliada a métodos consistentes de análise. Os resultados obtidos revelaram que baseadas na pequena produção mercantil, as indústrias locais tiveram um papel fundamental no crescimento da Região Geográfica Imediata de Arapiraca. Sendo assim, em grande parte, responsáveis pela sua dinâmica atual, representando atividades que usando o território de uma maneira diferenciada, a partir da utilização de sistemas de ações bem articulados, constituem um forte potencial no processo de desenvolvimento territorial da referida região. E dessa forma, possibilitando importantes transformações nas bases produtivas baseadas nas iniciativas locais, sobretudo no contexto do latifúndio alagoano ainda marcado pela dependência do setor agroindustrial.


  • Mostrar Abstract
  • The unquestionable capacity for transforming industrialization has emanated innumerable studies at different scales within the scope of the human and social sciences. However, in the case of the state of Alagoas, they are often works aimed at analyzing the large enterprises located in the coastal part. And, more, analyzed from the perspective of the old development policies adopted in Brazil, generally under the tonic of an overvaluation of external industries to the detriment of internal activities. Taking another path, thinking about territorial development based on the coordination of the State in relation to the productive forces that the Alagoas territory already has internally, the present study has the central objective of understanding the uses of the territory undertaken by the local industries in the Immediate Geographic Region of Arapiraca. To this end, we sought to analyze the economic organization of the state of Alagoas, the genesis of local industries in that region, their organization based on capillarity strategies, as well as to recognize the action systems that allow local industries to use Alagoas and Northeastern territory, and investigate state activism in strengthening these activities. The methodology comprised the triad that constitutes research in Geography: bibliographic research, referring to the investigated theme; documentary and data research, aiming at the acquisition of historical documents and normative content, in addition to secondary data published by official institutions; and field research, which enabled the acquisition of primary data, the knowledge of the studied area and the absorption of knowledge of reality, with the application of the theory combined with consistent methods of analysis. The results obtained revealed that, based on small commercial production, local industries played a fundamental role in the growth of the Immediate Geographic Region of Arapiraca. Thus, in large part, responsible for its current dynamics, representing activities that using the territory in a differentiated way, from the use of well-articulated action systems, constitute a strong potential in the territorial development process of that region. And in this way, enabling important transformations in the productive bases based on local initiatives, especially in the context of the Alagoas latifundio still marked by the dependence of the agroindustrial sector.

8
  • CLYVIA ROBERTA GOMES DE SOUZA
  • CARACTERIZAÇÃO SEDIMENTOLÓGICA E GEOAMBIENTAL NO SISTEMA ESTUARINO LAGUNAR JEQUIÁ – LITORAL SUL DE ALAGOAS

  • Orientador : ROCHANA CAMPOS DE ANDRADE LIMA SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA PAULA LOPES DA SILVA
  • ROCHANA CAMPOS DE ANDRADE LIMA SANTOS
  • VALDIR DO AMARAL VAZ MANSO
  • Data: 02/03/2021

  • Mostrar Resumo
  • Os processos sedimentares ativos em lagunas, tais como erosão, transporte e deposição, criam distintas feições sedimentares e morfológicas. O estudo dessas feições ou a observação direta dos mecanismos atuantes (ondas, marés, ventos e entradas de rios) nos fornece um melhor entendimento desses processos. Esta dissertação tem como propósito produzir informações atuais e que possa subsidiar atividades de gestão ambiental e econômicas na laguna com base nos esforços de preservação dos ecossistemas costeiros (praias, rios, mangues, estuários e lagunas), e nas estratégias de uso do solo (ocupação urbana e turismo). Vale salientar também, que este estudo servirá para atualização do plano de Manejo da RESEX da laguna de Jequiá. Para tanto, a presente pesquisa tem como objetivo comparar os dados levantados por outros autores com a situação atual da Laguna Jequiá, caracterizar os aspectos geológicos e geomorfológicos e realizar o zoneamento geoambiental da área. A área de estudo localiza-se no município de Jequiá da praia a 68km de Maceió. E compõe a região estuarina lagunar do Jequiá e seu canal, que ocupa cerca de 1.803 hectares, sendo limitada pelas falésias da Formação Barreiras no seu interior e pelo Oceano Atlântico na parte costeira feita através de um canal de 6 km. A metodologia desse estudo teve por base levantamento bibliográfico e cartográfico, etapas de campo para coletas dos sedimentos, etapas laboratoriais, levantamentos para zoneamento geoambiental e elaboração da matriz de impactos. No total foram coletadas 45 amostras por todo corpo lagunar e seu canal, cujo estudo granulométrico apresentou areia como uma única fáceis textural, com variação do diâmetro médio de areia média, fina e muito fina. A distribuição textual dos sedimentos no sistema lagunar envolveu as frações cascalho, areia e lama, mostrando uma relação direta com a hidrodinâmica atuante no sistema. De modo geral, o comportamento do desvio padrão do diâmetro médio dos grãos no sistema lagunar varia de moderadamente selecionado a pobremente selecionado. No sistema lagunar ocorre variação na assimetria desde assimetria muito negativa até assimetria muito positiva, enquanto que a variação dos valores da curtose na distribuição granulométrica está relacionada com a zona de transição estuarina-lagunar, sendo classificada desde muito platicúrtica á extremamente leptocúrtica. O município de Jequiá da Praia é um ambiente rico em recursos naturais e que carece de estudos voltados aos impactos gerados, principalmente, pelo grande crescimento urbano das últimas décadas, desmatamentos, a falta de saneamento, disposição dos resíduos sólidos, adubação da cana-de-açúcar, necrochorume, entre outros que precisam serem mitigados com urgência. Pode-se afirmar ainda, com os dados analisados na matriz de impactos que as áreas mais sensíveis são a lagunar e suas margens, com os povoados ocupando as Áreas de Preservação Permanente (APP) e a do canal. Estas ocupações, onde deveriam existir vegetação natural, geram impactos negativos como desmatamento e assoreamento, tanto para laguna como para o canal. É também, um dos polos turísticos mais importantes do litoral Sul do estado, juntamente com Coruripe e Piaçabuçu (foz do São Francisco). Tendo como principais atrativos a praia de duas Barras, as trilhas e os passeios de barcos nos manguezais, além de ser um polo pesqueiro. Por isso estes ambientes necessitam de um bom planejamento e turístico, para minimizar a degradação ambiental, e gerar ações sustentáveis para preservação e recuperação dos ambientes.


  • Mostrar Abstract
  • The active sedimentary processes in lagoons, such as erosion, transport and deposition, create distinct sedimentary and morphological features. The study of these features or the direct observation of the active mechanisms (waves, tides, winds and river entrances) provides us with a better understanding of these processes. This dissertation aims to produce current information that can subsidize environmental and economic management activities in the lagoon based on efforts to preserve coastal ecosystems (beaches, rivers, mangroves, estuaries and lagoons), and on land use strategies (urban occupation and tourism). It is also worth noting that this study will serve to update the Management Plan of the RESEX of the Jequiá lagoon. Therefore, the present research aims to compare the data collected by other authors with the current situation of The Jequiá Lagoon, characterize the geological and geomorphological aspects and perform the geoenvironmental zoning of the area. The study area is located in the municipality of Jequiá da praia 68km from Maceió. It comprises the lagoon estuarine region of Jequiá and its canal, which occupies about 1,803 hectares, being limited by the cliffs of the Barreiras Formation in its interior and the Atlantic Ocean in the coastal part made through a channel of 6 km. The methodology of this study was based on bibliographic and cartographic survey, field steps for sediment collection, laboratory steps, surveys for geoenvironmental zoning and elaboration of the impact matrix. In total, 45 samples were collected throughout the lagoon body and its canal, whose particle size study presented sand as a single textural easy, with variation of the average diameter of medium, fine and very fine sand. The textual distribution of sediments in the lagoon system involved the gravel, sand and mud fractions, showing a direct relationship with the hydrodynamics acting in the system. In general, the behavior of the standard deviation of the average diameter of the grains in the lagoon system varies from moderately selected to poorly selected. In the lagoon system there is variation in asymmetry from very negative asymmetry to very positive asymmetry, while the variation of kurtosis values in the granulometric distribution is related to the estuarine-lagoon transition zone, being classified from very platyptic to extremely leptocúrtica. The municipality of Jequiá da Praia is an environment rich in natural resources and lacks studies focused on the impacts generated, mainly, by the great urban growth of recent decades, deforestation, lack of sanitation, disposal of solid waste, fertilization of sugarcane, necrochorume, among others that need to be mitigated urgently. It can also be affirmed, with the data analyzed in the matrix of impacts that the most sensitive areas are the lagoon and its margins, with the villages occupying the Permanent Preservation Areas (APP) and the canal. These occupations, where there should be natural vegetation, generate negative impacts such as deforestation and siltation, both for the lagoon and for the canal. It is also one of the most important tourist centers of the southern coast of the state, along with Coruripe and Piaçabuçu (mouth of São Francisco). Having as main attractions the beach of two Bars, the trails and boat trips in the mangroves, besides being a fishing pole. That is why these environments require good planning and tourism, to minimize environmental degradation, and generate sustainable actions for the preservation and recovery of environments.

9
  • ANA CAROLINE DE OLIVEIRA PEDROSO
  • IGREJA CATÓLICA E AS PRÁTICAS DA RELIGIOSIDADE POPULAR: TERRITORIALIDADES RELIGIOSAS NA FESTA DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO, RECIFE/PE

  • Orientador : MARIA FRANCINEILA PINHEIRO DOS SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JANIO ROQUE BARROS DE CASTRO
  • ANTONIO ALFREDO TELES DE CARVALHO
  • MARIA FRANCINEILA PINHEIRO DOS SANTOS
  • Data: 04/03/2021

  • Mostrar Resumo
  • Instituições, indivíduos e grupos sociorreligiosos tecem suas territorialidades no processo de apropriação/valorização simbólica dos espaços sagrados instituídos no contexto das festas religiosas, através da realização de rituais e práticas religiosas. Nas festas do catolicismo popular, os diferentes agentes territoriais  compartilham e disputam estes espaços, ocasionando o encontro entre territorialidades diversas cujos interesses, valores e crenças podem coincidir ou divergir, gerando episódios de tensão, conflitos e/ou consensos que envolvem a Igreja Católica Romana, enquanto instituição que emprega ações e estratégias de controle e dominação com vistas a preservar a sua hegemonia sobre o festejo, e as manifestações da religiosidade popular. As relações de poder que circunscrevem os territórios religiosos em que esse fenômeno ocorre, constituem objeto de interesse desta investigação. Neste sentido, fundamentando-se em uma abordagem simbólico-cultural da Geografia, o presente estudo tem por objetivo analisar a territorialidade da Igreja Católica, exercida no contexto em questão pelos dirigentes do Santuário de Nossa Senhora da Conceição, e sua relação com as práticas da religiosidade popular na Festa de Nossa Senhora da Conceição, Recife/PE, além de identificar e analisar a dimensão espacial dessas práticas e os valores simbólicos atribuídos aos espaços em que são realizadas. Para tanto, adotou-se uma abordagem metodológica de caráter qualitativo e o estudo de caso como delineamento da pesquisa, recorrendo-se a múltiplas fontes de dados e informações como observação direta, entrevistas semiestruturadas e formulários de perguntas, cujos resultados foram analisados e interpretados a partir da estratégia de triangulação das fontes. Os resultados obtidos demonstram que as ações e estratégias territoriais adotas pela Igreja Católica influenciam diretamente em grande parte dos rituais e práticas religiosas realizadas nos espaços sagrados que compõem a festa, desencadeando tensões entre a instituição religiosa e as manifestações da religiosidade popular. Constatou-se ainda que, apesar de exercer um poder hegemônico na Festa, a Igreja também procura atender às diversas demandas dos indivíduos e/ou grupos sociorreligiosos participantes, gerando negociações consensuais, porém, conservando a autoridade eclesiástica sobre o evento e, mais especificamente, no que diz respeito às práticas religiosas.


  • Mostrar Abstract
  • Institutions, individuals and socio-religious groups weave territorialities in the process of symbolic appropriation/appreciation of sacred spaces instituted in the context of religious festivals, through the performance of religious practices. At the festivals of popular Catholicism, the different territorial agents share and dispute these spaces, causing the encounter between diverse territorialities whose interests, values and beliefs may coincide or diverge, resulting in moments of tension, conflicts and/or common understanding involving the Roman Catholic Church, as an institution that uses actions and control strategies and domination in order to preserve its hegemony over the celebration, and the manifestations of popular religiosity. The power relations that circumscribe the religious territories in which this phenomenon occurs, object of interest in this investigation. In this regard, based on a symbolic-cultural approach of Geography, this study aims to analyze a territoriality of the Catholic Church, exerted in the context at hand, by leaders of the Sanctuary of Our Lady of the Conception, and its relation with the practices of popular religiosity at the Feast of Our Lady of the Conception, Recife / PE, in addition to identifying and analyzing a spatial dimension of these practices and the symbolic values attributed to the areas in which they are carried. For this purpose, a qualitative methodological approach was adopted and the case study as a research outline, using multiple sources of data and information such as direct observation, semi-structured interviews and question forms, whose results were analyzed and interpreted from the source triangulation strategy. The results obtained demonstrate that the territorial actions and strategies adopted by the Catholic Church directly influence most of the religious rituals and practices held in sacred spaces that compose the feast, unleashing tensions between the religious institutions and the manifestations of popular religiosity. It was also found that, despite exercising hegemonic power at the Feast, the Church also seeks to meet the diverse demands of the participating individuals and/or socio-religious groups, causing consensual negotiations, however, maintaining the ecclesiastical authority over the event and, more specifically, concerning religious practices.

10
  • DARIO ROSALVO CORREIA DE SOUZA
  • CRISE DA ECONOMIA SUCROALCOOLEIRA DE ALAGOAS: SUAS CAUSAS, NOVOS FATORES E REORGANIZAÇÃO DO ESPAÇO NO INÍCIO DO SÉCULO XXI

  • Orientador : MARTA DA SILVEIRA LUEDEMANN
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ISA DE OLIVEIRA ROCHA
  • DOMINGOS SAVIO CORREA
  • MARTA DA SILVEIRA LUEDEMANN
  • Data: 05/03/2021

  • Mostrar Resumo
  • Sempre atrelada à estrutura do Estado e ao mercado internacional, a cultura da cana-de-açúcar foi a primeira atividade econômica do Brasil Colônia. No princípio, sua produção era localizada, principalmente, no litoral do Nordeste. Desde o século XVII o setor açucareiro alagoano passou a incorporar inovações produtivas na agricultura, na fonte de energia e na usinagem – dos engenhos banguês às usinas. A partir do século XX, novas fases do setor permitiram a sua continuidade na economia e sua transformação em setor sucroalcooleiro. A desregulamentação do setor, nos anos 1990, com a abertura comercial, promoveu a reorganização da produção, mas ocasionou o fechamento de algumas usinas e, principalmente, as destilarias. Isso possibilitou um novo período de concentração de terras e de produção de açúcar e etanol, processo que passou a ser comandado por poucos grupos. A crise de 2008, somada as condições climáticas e a perda de competitividade do etanol, o setor sucroalcooleiro alagoano está se retraindo com a redução das exportações e o fechamento de usinas. Além disto, a produção de Alagoas concorre com a do Sudeste, que é super investida e abastecida de subsídios estaduais que estabelecem novo patamar técnico, na cultura e na usinagem da cana-de-açúcar, o qual dificilmente os produtores alagoanos têm condições de acompanhar. Daí o investimento dos latifundiários em novos segmentos do agronegócio, como silvicultura, soja, coco e milho para recompor os lucros. Por outro lado, o crescimento do comércio e dos demais serviços, despontam na economia alagoana como novos protagonistas. Nesse sentido, a nova organização do espaço (sociedade e natureza) frente a possível decadência do setor sucroalcooleiro e a ascensão de outros agentes na economia de Alagoas, constitui o objeto da pesquisa


  • Mostrar Abstract
  • Always linked to the structure of the State and to the international market, the culture of sugarcane was the first economic activity in Colonial Brazil. In the beginning, its production was mainly located on the coast of the Northeast. Since the 17th century, the sugar sector in Alagoas has started to incorporate productive innovations in agriculture, in the energy source and in machining - from banguês mills to mills. From the twentieth century, new phases of the sector allow its continuity in the economy and its transformation into a sugar and alcohol sector. The deregulation of the sector, in the 1990s, with the commercial opening, promoted the reorganization of production, but caused the closure of some plants and, mainly, the distilleries. This enabled a new period of land concentration and the production of sugar and ethanol, a process that started to be commanded by few groups. The 2008 crisis, added to the climatic conditions and the loss of preference for ethanol, the sugar and alcohol sector in Alagoas is retracting with the reduction of exports and the closing of plants. Furthermore, the production in Alagoas competes with that in the Southeast, which is over-invested and supplied with state subsidies that establish a new technical level in the culture and machining of sugarcane, which producers are unlikely to have under monitoring conditions. . Hence the investment of landowners in new segments of agribusiness, such as forestry, soy, coconut and corn to restore profits. On the other hand, the growth of trade and other services, emerges in the Alagoas economy as new protagonists. In this sense, the new organization of space (society and nature) in view of the possible decline of the sugar and alcohol sector and the rise of other agents in the economy of Alagoas, is the object of the research.

11
  • ADELAINE FIRMINO DA SILVA
  • Mapeamento e Caracterização dos Terraços Fluviais da Bacia Hidrográfica do Canapi AL/PE

  • Orientador : MELCHIOR CARLOS DO NASCIMENTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MELCHIOR CARLOS DO NASCIMENTO
  • KLEYTHON DE ARAUJO MONTEIRO
  • FLAVIA JORGE DE LIMA
  • BRUNO FERREIRA
  • Data: 15/04/2021

  • Mostrar Resumo
  • Para compreendermos a atual configuração da paisagem é fundamental analisar as feições geomorfológicas e os processos que foram responsáveis por sua evolução, essas analises fazem-se necessárias também para compreendermos as transformações pretéritas. A análise integrada de aspectos geomorfológicos e estratigráficos constituem uma importante linha de investigação da dinâmica evolutiva do Quaternário, sobretudo dos antigos processos que foram responsáveis pela dinâmica da evolução da paisagem. O presente trabalho caracterizou os terraços fluviais da bacia hidrográfica do Canapi a partir dos critérios litoestratigráficos e morfoestratigráficos, a fim de entender o processo de transporte e deposição desses sedimentos. O principal objetivo do estudo foi mapear os terraços fluviais da bacia hidrográfica do rio Canapi, a fim de entender a gênese e evolução da paisagem geomorfológica no período Quaternário e avaliar as condições atuais de uso e ocupação, além de contemplar os objetivos específicos a seguir: caracterizar o canal fluvial buscando entender o comportamento do curso d’água principal partir da concepção de conectividade fluvial em ambiente semiárido; delimitar os terraços fluviais da bacia hidrográfica do Canapi e correlaciona-los com o padrão de (des)conectividade fluvial; caracterizar por meio das analises sedimentológicas os terraços fluviais. A partir da integração da revisão bibliográfica, mapeamento de unidades geomorfológicas, mapeamento das desconexões da paisagem onde buscou-se destacar os impedimentos que influenciam na livre circulação de energia e matéria no canal fluvial, e analises granulométricas, foi possível caracterizar esses depósitos fluviais no ponto de vista lito-morfo-estratrigráfico, e assim contribuir com estudos sobre dinâmica ambiental e fluvial, e assim auxiliar na ocupação e gestão adequada dos recursos naturais.


  • Mostrar Abstract
  • To understand the current configuration of the landscape, it is essential to analyze the geomorphological features and the processes that were responsible for its evolution, these analyses are also necessary to understand the past transformations. The integrated analysis of geomorphological and stratigraphic aspects constitute an important line of investigation of the evolutionary dynamics of the Quaternary, especially of the old processes that were responsible for the dynamics of landscape evolution. The present study characterized the river terraces of the Canapi river basin based on litho-stratigraphic and morpho-stratigraphic criteria, in order to understand the process of transport and deposition of these sediments. The main objective of the study was to map the river terraces of the Canapi river basin in order to understand the genesis and evolution of the geomorphological landscape in the Quaternary period and to evaluate the current conditions of use and occupation, in addition to contemplating the following specific objectives: to characterize the river channel seeking to understand the behavior of the main watercourse from the conception of river connectivity in semi-arid environment; delimiting the river terraces of the Canapi river basin and correlating them with the pattern of (dis)river connectivity; characterize river terraces by means of sedimentological analysis. From the integration of bibliographic review, mapping of geomorphological units, mapping of the disconnections of the landscape where we sought to highlight the impediments that influence the free circulation of energy and matter in the river channel, and granulometric analysis, it was possible to characterize these fluvial deposits from the perspective of lito-morpho-stratographic, and thus contribute with studies on environmental and fluvial dynamics, and thus assist in the occupation and proper management of natural resources.

12
  • THIAGO CAVALCANTE LINS SILVA
  • CONDIÇÃO MORFODINÂMICA E GEOMORFOLOGIA DO CAMPO DE DUNAS DO BAIXO SÃO FRANCISCO NO ESTADO DE ALAGOAS

  • Orientador : NIVANEIDE ALVES DE MELO FALCAO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA PAULA LOPES DA SILVA
  • BRUNO FERREIRA
  • MARCO TULIO MENDONÇA DINIZ
  • NIVANEIDE ALVES DE MELO FALCAO
  • Data: 14/05/2021

  • Mostrar Resumo
  • Os modelados Eólicos são bastante sensíveis a variações climáticas, resultando em ocasionais processos de remodelamento, controlados pelos balanceamentos e inter-relações que resultam em uma multiplicidade de formas eólicas. As Dunas de Piaçabuçu, inseridas no Baixo São Francisco, constitui uma área bastante dinâmica no Litoral de Alagoas, por este motivo apresenta uma diversidade de estudos relacionados ao mesmo, entretanto, os estudos de natureza geológica-geomorfológica são datados da década passada, necessitando de atualizações e ajustes. Daí surge a necessidade de estudos sistemáticos que busquem rediscutir e detalhar a dinâmica geomorfológica. Nisso, o presente trabalho constituiu uma proposta de análise integrada da dinâmica geomorfológica utilizando para isso técnicas de análise do regime eólico, técnicas de análise morfoplanimétrica, mapeamento de unidades do relevo, análises temporais das variações do campo de dunas, além das técnicas de modelagem espacial 1D. Os resultados demonstraram que o regime eólico regional promove a deriva eólica das dunas no sentido Sudoeste, com maiores processos de deriva entre os meses de novembro a janeiro; onde estes temporalmente possuem correlações com os eventos de El Niño. Os processos de deriva por sua vez condicionam o retrabalhamento das cristas de dunas mais baixas, com alta densidade de defeitos e pouco alongadas, enquanto que as porções mais elevadas apresentam contexto mais estável e evolutivamente mais resistentes. Em relação aos modelados mapeados, foram encontradas uma diversidade de morfologias eólicas, agrupadas nas associações do sistema praia-duna, das associações deflacionárias e associações livres, encontrando-se morfologias simples e complexas, havendo um aumento potencial de complexidade de formas verticalmente e horizontalmente no sentido a desembocadura. Em relação à análise espaço temporal foi identificado comportamentos de recuo nas proximidades da desembocadura fluvial com taxas de recuo 20 m/a e taxa erosão 170.000 m²/a, enquanto que os movimentos de avanço do campo de dunas foram encontrados taxas de 10 m/a e uma taxa de avanço 58.000 m²/a. Projetou-se cenários futuros com as taxas de avanço e recuo encontradas nas diversas feições, promovendo a identificação de acréscimos significativos de avanço e recuo para os anos de 2056 e 2070, recobrindo áreas vegetadas e cursos fluviais. Na correlação dos resultados identificou-se o processo de barramento no controle da estabilidade do sistema eólico, interpretando as barreiras topográficas e vegetais como essenciais, permitindo a resiliência e controle do avanço das dunas. De forma conclusiva presente estudo realizou um diagnóstico detalhado do campo de dunas, identificando seus fatores modeladores, sua modelagem, suas formas, suas modificações e seus usos, possibilitando uma série de correlações na construção de interpretações não realizadas anteriormente utilizando-se de uma metodologia de baixo custo e bastante viável de aplicações em outras regiões.


  • Mostrar Abstract
  • Wind farms are very sensitive to climatic variations, resulting in occasional remodeling processes, controlled by balancing and interrelationships that result in a multiplicity of wind forms. The Piaçabuçu Dunes, inserted in the Lower São Francisco, constitutes a very dynamic area in the Coast of Alagoas, for this reason it presents a diversity of studies related to it, however, the studies of geological-geomorphological nature are dated from the last decade, needing updates and adjustments. Hence the need for systematic studies that seek to re-discuss and detail the geomorphological dynamics. In this context, the present work constituted a proposal for an integrated analysis of geomorphological dynamics using techniques for analyzing the wind regime, morphoplanimetric analysis techniques, mapping of relief units, temporal analysis of variations in the dune field, in addition to spatial modeling techniques 1D. The results showed that the regional wind regime promotes the wind drift of the dunes in the Southwest direction, with greater drift processes between the months of November to January; where these temporally have correlations with the events of El Niño. The drift processes, in turn, condition the rework of the lower dune ridges, with high defect density and little elongation, while the higher portions present a more stable and evolutionarily more resistant context. In relation to the mapped models, a variety of wind morphologies were found, grouped in the associations of the beach-dune system, of the deflationary associations and free associations, with simple and complex morphologies, with a potential increase in the complexity of shapes vertically and horizontally in the the mouth. Regarding the temporal space analysis, retreat behaviors were identified in the vicinity of the river mouth with retreat rates of 20 m / a and erosion rate of 170,000 m² / a, while the advance movements of the dune field were found rates of 10 m / a and feed rate 58,000 m² / y. Future scenarios were projected with the rates of advance and retreat found in the different features, promoting the identification of significant additions of advance and retreat for the years 2056 and 2070, covering vegetated areas and river courses. In the correlation of the results, the bus process was identified in the control of the stability of the wind system, interpreting the topographic and vegetal barriers as essential, allowing the resilience and control of the advance of the dunes. In a conclusive way this study carried out a detailed diagnosis of the dune field, identifying its modeling factors, its modeling, its forms, its modifications and its uses, allowing a series of correlations in the construction of interpretations not previously carried out using a methodology of low cost and quite feasible for applications in other regions.

13
  • WAGNER VALDIR DOS SANTOS
  • CARACTERIZAÇÃO DOS ESTILOS FLUVIAIS DA BACIA HIDROGRÁFICA RIACHO TALHADA –
    SEMIÁRIDO ALAGOANO: CONTRIBUIÇÕES À GESTÃO HIDROAMBIENTAL

  • Orientador : MELCHIOR CARLOS DO NASCIMENTO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA CLARA MAGALHÃES DE BARROS
  • JONAS OTAVIANO PRAÇA DE SOUZA
  • KLEYTHON DE ARAUJO MONTEIRO
  • MELCHIOR CARLOS DO NASCIMENTO
  • Data: 25/06/2021

  • Mostrar Resumo
  • A definição da bacia hidrográfica como unidade espacial de gestão
    e planejamento tem sido fundamental para os estudos das
    paisagens, especialmente em abordagens voltadas ao
    entendimento de seus aspectos fisiográficos e morfológicos, sendo
    também tais estudos capazes de auxiliaras análises relativas as
    dinâmicas hidroambientais. Neste contexto o presente trabalho
    utilizou a abordagem teórico-metodológica dos estilos fluviais
    desenvolvida por Fryirs e Brierley (2000). O objetivo principal desta
    pesquisa foi caracterizar e classificar a dinâmica fluvial
    contemporânea da bacia do Riacho Talhada. Atrelado a isto,
    realizou-se o mapeamento geomorfológico da área de estudo, a
    compartimentação fluvial, o perfil do canal principal
    correlacionando com sua geologia e configuração do vale e pôr fim
    a classificação de estilos fluviais e mapeamento do uso da terra
    em escala de detalhe a partir de imagens de Drone e dados de
    campo. Foram, portanto, mapeados 5 estilos fluviais
    representativos; a partir da metodologia aplicada foram obtidos
    dados acerca do funcionamento hidrossedimentológico da bacia
    do Riacho Talhada e da morfologia de seus rios que podem ser
    utilizados para a interpretação das condições físicas de bacias
    hidrográficas situadas no semiárido nordestino, auxiliando na
    criação de uma rede de dados para compreender as dinâmicas
    fluviais nesse contexto, de modo que os resultados possam
    auxiliar o gerenciamento dos recursos hídricos e planejamento hidrológico.


  • Mostrar Abstract
  • The definition of watersheds as a spatial unit of management and
    planning has been fundamental for the studies of landscapes,
    especially in approaches aiming understanding its physiographic
    and morphological aspects, such studies also help the analyses
    related to hydro-environmental dynamics. In this context the
    present work used the theoretical-methodological approach of
    fluvial styles developed by Fryirs and Brierley (2000). The main
    objective of this research was to characterize and classify the
    contemporary fluvial dynamics of the Riacho Talhada basin. The
    geomorphological mapping of the study area, the fluvial
    compartmentalization, the profile of the main channel correlating
    with its geology and valley configuration and finally the
    classification of fluvial styles and mapping of land use at a detailed
    scale from drone images and field data were carried out.
    Therefore, 5 representative fluvial styles were mapped; from the
    applied methodology, data were obtained about the
    hydrosedimentological functioning of the Riacho Talhada basin and
    the morphology of its rivers that can be used to interpret the
    physical conditions of watersheds located in the northeast of Brazil,
    assisting in the creation of a data network for understand fluvial
    dynamics in this context, so that the results can assist the
    management of water resources and hydrological planning.

14
  • ALYSSON DE MELO ARAÚJO
  • DESTINAÇÃO XINGÓ: ABRANGÊNCIA TERRITORIAL E A AÇÃO DOS AGENTES DA TURISTIFICAÇÃO

  • Orientador : LINDEMBERG MEDEIROS DE ARAUJO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • AGUINALDO CÉSAR FRATUCCI
  • LINDEMBERG MEDEIROS DE ARAUJO
  • PAULO ROGERIO DE FREITAS SILVA
  • Data: 08/09/2021

  • Mostrar Resumo
  • O turismo é capaz de modificar, (re)produzir e (re)organizar os territórios em que se
    insere, o ocorre por meio de um processo de territorialização turística. Esse processo faz
    com que os espaços que são apropriados pelo turismo passem por diversos tipos de
    modificações. O território sob processo de turistificação assume diferentes significados
    para os turistas e os agentes do mercado, o que exige que o Estado atue como mediador
    para, dentre outros objetivos, buscar soluções de problemas socioespaciais potenciais que
    se manifestem no destino. Compreende-se neste estudo que a territorialização do espaço
    pelo turismo nos destinos é guiada significativamente pelos usos que o turista faz do
    espaço geográfico, levando à constituição de territórios do e para o turismo. O destino
    turístico Xingó, objeto de estudo desta dissertação, está situado em uma área de
    confluência entre os estados de Alagoas e Sergipe. Essa área passou por mudanças
    socioespaciais e econômicas significativas a partir de1994, quando a Usina Hidrelétrica de
    Xingó (UHE) foi inaugurada. A partir de então, com crescentes investimentos privados no
    turismo o destino se desenvolveu consideravelmente, tendo alcançado partes do território
    de cinco municípios. Com o conjunto de experiências ofertadas por Xingó, o destino se
    tornou uma força de interiorização do turismo em Alagoas e Sergipe, funcionando como
    um diferencial frente à oferta de “Sol e Mar”. Este trabalho tem como objetivo
    compreender a territorialização do destino Xingó, com ênfase no papel exercido pelos
    turistas no uso do território do destino, isto é, o território efetivamente usado pelos
    turistas. O estudo adotou uma abordagem qualitativa, de caráter descritivo, explicativo e
    exploratório, com o emprego de observação direta de campo, registro fotográfico, análise
    de imagens remotas do Google Earth, e aplicação de questionários. Os resultados
    oferecem evidências de que os turistas que visitam o destino são motivados por uma
    combinação de atrativos de caráter natural e cultural. O uso do território realizado pelos
    turistas se estende espacialmente para além das duas cidades que funcionam como
    portão de entrada do destino: Piranhas-AL e Canindé de São Francisco-SE, formando uma
    zona de destinação. Se constatou também que as ações do mercado frente ao processo
    de turistificação apresenta alguma divergência em relação ao território efetivamente
    usado pelos turistas. Finalmente, se verificou também que o poder público tem ficado
    relativamente à margem do processo de turistificação do destino Xingó.


  • Mostrar Abstract
  • Tourism has the power to change, (re)produce and (re)organize the territories in which it
    is inserted, which occurs through a process of tourism territorialisation. This process
    makes the spaces that are appropriated by tourism to undergo several types of
    modifications. The territory under the touristification process takes on different meanings
    for tourists and market agents, which requires the State to act as a mediator to, among
    other objectives, seek solutions to potential socio-spatial problems that may arise in the 

    destination. It is understood in this study that the territorialisation of space by tourism is
    significantly guided by the uses that the tourist makes of geographic space, leading to the
    constitution of territories of interest for tourism. The Xingó tourist destination, object of
    study of this dissertation, is located in a confluence area between the states of Alagoas
    and Sergipe, in Brazil’s north-east. This area has undergone significant socio-spatial and
    economic changes since 1994, when the Xingó Hydroelectric Plant (UHE) was
    inaugurated. Since then, with growing private investments in tourism, the destination has
    developed considerably, reaching parts of the territory of five municipalities. With the
    possibilities of experiences that are offered by Xingó, the destination has become a major
    force that has spread tourism to regions that are situated far from the coast of Alagoas
    and Sergipe, working as a differential against the “Sun and Sea” coastal offer. This work
    aims to understand the territorialisation of the Xingó destination, with emphasis on the
    role played by tourists in the use of the destination's territory, that is, the territory that
    has been effectively used by tourists. The study adopted a qualitative, descriptive,
    explanatory and exploratory approach, with the use of direct field observation,
    photographic record, analysis of remote images from Google Earth, and application of
    questionnaires. Results provide evidence that tourists who visit the destination are
    motivated by a combination of natural and cultural attractions. The use of the territory
    carried out by tourists extends spatially beyond the two cities that act as the gateway to
    the destination – Piranhas-AL and Canindé de São Francisco-SE –, forming a destination
    zone. It was also found that market actions related to the touristification process show
    some divergence in relation to the territory that has been actually used by tourists.
    Finally, it was also verified that the government has played only a minor role toward the
    touristification process of the Xingó destination.

15
  • AMINI FERREIRA DA COSTA
  • ANÁLISE DE RISCO À SAÚDE HUMANA POR USO DO SOLO CONTAMINADO POR CHORUME NA ÁREA DO ANTIGO LIXÃO DE MACEIÓ.

  • Orientador : JOSE VICENTE FERREIRA NETO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • JOSE VICENTE FERREIRA NETO
  • NIVANEIDE ALVES DE MELO FALCAO
  • REGLA TOUJAGUEZ LA ROSA MASSAHUD
  • ROSANE CUNHA MAIA NOBRE
  • Data: 10/09/2021

  • Mostrar Resumo
  • Os passivos ambientais gerados em atividades dos lixões a céu aberto
    em que não há cumprimento para a minimização dos impactos
    ambientais, caracterizam hoje um dos maiores problemas para
    sociedades e governos no que concerne à contaminação do meio físico.
    O antigo lixão de Maceió-AL, localizado no bairro Jacarecica, em uma
    área total de 22 hectares, funcionou desde 1967 ao ano de 2010,
    recebendo em seu solo resíduos sólidos e percolados sem o devido
    tratamento para proteção dos solos e das águas subterrâneas. Apesar do
    encerramento das suas atividades, o chorume gerado pelos resíduos
    não foi devidamente tratado, expondo os moradores do seu entorno às
    condições geradas pelo passivo ambiental, uma vez que ocasiona a
    acumulação de metais nos solos, nos sedimentos, nas águas
    subterrâneas e superficiais, na atmosfera e, por fim, nos seres humanos
    e animais através da ingestão de água e alimentos e da inalação de
    partículas em suspensão. Para identificar os impactos mencionados são
    utilizadas metodologias de avaliação de impactos ambientais, de
    caráter qualitativo, capazes de identificar quais os problemas que
    afetam diretamente o meio físico, o meio biótico e o meio antrópico.
    No presente estudo foram aplicadas as metodologias checklist e matriz
    de avaliação de impacto ambiental (baseada na matriz de Leopold),
    gerando uma listagem dos impactos ambientais observados na área de
    estudo. A partir da ocorrência dos impactos ambientais consequentes
    ao funcionamento de um lixão a céu aberto foram desenvolvidas
    técnicas que permitissem uma quantificação dos danos à saúde humana
    oriundos de tais atividades. Para a quantificação dos riscos
    toxicológicos e carcinogênicos aos quais os moradores que estão 

    ocupando o entorno do antigo lixão de Maceió-AL estão submetidos,
    através do uso da água local por poços de captação para diversos fins,
    foi utilizada a ferramenta RBCA- Toolkit for Chemical Releases, pela
    comparação de dados das Planilhas para Avaliação de Riscos em Áreas
    Contaminadas sob Investigação, elaboradas pela CETESB.
    Atualmente, ainda que o litoral norte de Maceió-AL possua uma área
    contaminada por chorume representando riscos à saúde humana, o
    visual paisagístico devido sua localização na costa litorânea, sobressai
    aos interesses da especulação imobiliária, tornando a área atrativa à
    expansão urbana. Tal situação demonstra a necessidade de haver uma
    investigação mais detalhada sobre os impactos na área.


  • Mostrar Abstract
  • The environmental liabilities generated by open-air dumps activities in
    which there is no compliance to minimize environmental impacts,
    characterize today one of the biggest problems for societies and
    governments with regard to the contamination of the physical
    environment. The old dump in Maceió-AL, located in the Jacarecica
    neighborhood, in a total area of 22 hectares, operated from 1967 to
    2010, receiving solid and percolated waste in its soil without the
    proper treatment to protect soil and groundwater. Despite the closure of
    its activities, the slurry generated by the waste was not properly
    treated, exposing the residents of its surroundings to the conditions
    generated by the environmental liability, as it causes the accumulation
    of metals in soils, sediments, groundwater and surface water, in the
    atmosphere and, finally, in humans and animals through the ingestion
    of water and food and the inhalation of suspended particles. In order to
    identify the mentioned impacts, qualitative environmental impact
    assessment methodologies are used, capable of identifying the
    problems that directly affect the physical environment, the biotic
    environment and the anthropic environment. In this study, the checklist
    and environmental impact assessment matrix methodologies (based on
    the Leopold matrix) were applied, generating a list of the
    environmental impacts observed in the study area. From the
    occurrence of environmental impacts resulting from the operation of an
    open-air dump, techniques were developed that allowed a
    quantification of the damage to human health arising from such
    activities. To quantify the toxicological and carcinogenic risks to which
    residents who are occupying the surroundings of the old dump in
    Maceió-AL are subjected, through the use of local water by collection
    wells for various purposes, the RBCA-Toolkit for Chemical tool was
    used. Releases, by comparing data from the Worksheets for Risk
    Assessment in Contaminated Areas under Investigation, prepared by
    CETESB. Currently, although the north coast of Maceió-AL has an
    area contaminated by leachate representing risks to human health, the
    scenic look due to its location on the coastal coast, stands out to the
    interests of real estate speculation, making the area attractive to urban
    expansion. This situation demonstrates the need for a more detailed
    investigation into the impacts in the area.

16
  • ANDERSON DOS SANTOS RAMOS
  • MAPEAMENTO DE VULNERABILIDADE A INUNDAÇÕES NA BACIA DO RIO MUNDAÚ EM

    ALAGOAS, ATRAVÉS DO MÉDOTO AHP

  • Orientador : ROCHANA CAMPOS DE ANDRADE LIMA SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ANA PAULA LOPES DA SILVA
  • CLEUDA CUSTODIO FREIRE
  • ROCHANA CAMPOS DE ANDRADE LIMA SANTOS
  • Data: 15/09/2021

  • Mostrar Resumo
  • Em junho de 2010, os Estados de Alagoas e Pernambuco foram atingidos por uma
    tempestade tropical que causou inundações na região hidrográfica do rio Mundaú. Esse
    evento, afetou as regiões ribeirinhas, que em sua maioria é composta por populações
    carentes. As Inundações ao longo dos vales dos rios, têm um impacto ambiental e social
    de grandes proporções e atingem as populações mais vulneráveis agravando suas
    situações. Este cenário, faz parte de um problema mundial e nacional, onde a região
    Nordeste ocupa o segundo lugar em episódios de inundação de grandes proporções no
    Brasil. Em geral, o custo dos investimentos empregados nos eventos pós desastre são
    muito superiores quando comparados as medidas de prevenção. As inundações em
    ambientes urbanos ocorrem devido a um somatório de fatores ambientais e
    socioeconômicos que associados a alta precipitação causam diversos prejuízos. O rio
    Mundaú tem sua bacia hidrográfica inserida nos estados de Pernambuco, onde tem sua
    nascente, no município de Caetés. Em seu percurso atravessa 15 municípios e desagua na
    laguna Mundaú perfazendo um percurso de 4.126 km2. Por perpassar o território de dois
    estados, o rio Mundaú enquadra-se na categoria de rio Federal, sendo assim administrado
    pela Agência Nacional de Águas. O objetivo desta dissertação visa realizar o mapeamento
    de áreas vulneráveis a inundação na Bacia do Mundaú em Alagoas através da aplicação do
    método AHP (Analytic Hierarchy Process). Para isso foram utilizados dados matriciais do
    Satélite ALOS PALSAR da Bacia Hidrográfica do Mundaú em Alagoas: Sistema Geodésico
    de Referência WGS 84, fornecidos pela Alaska Satellite Facility –ASF, o qual foi possível
    gerar mapas de Altitude, Declividade, Distância a Drenagem Mais Próxima ou HAND, onde
    houve a atribuição das notas e pesos, de acordo com a suscetibilidade a inundação e em
    seguida foi realizada a álgebra de mapas, que evidenciou as áreas de
    vulnerabilidade. Com a aplicação do Processo Analítico Hierárquico (AHP).Assim, foi
    possível evidenciar que os rios Mundaú e Canhoto, possuem extensas áreas de alta
    vulnerabilidade a inundação nos seus cursos, sobretudo nas áreas urbanizadas. Com tais
    resultados os agentes públicos poderão utilizar a presente pesquisa como ferramenta na
    implementação de políticas públicas de prevenção e mitigação dos impactos causados em
    decorrência de eventos hidrológicos de grande magnitude.


  • Mostrar Abstract
  • In June 2010, the states of Alagoas and Pernambuco were hit by a tropical storm that
    caused flooding in the Mundaú river hydrographic region. This event affected the riverside
    regions, which are mostly made up of needy populations. Floods along river valleys have a
    large environmental and social impact and affect the most vulnerable populations,
    aggravating their situations. This scenario is part of a global and national problem, where
    the Northeast region occupies the second place in episodes of flooding of large
    proportions in Brazil. In general, the cost of investments employed in post-disaster events 

    is much higher when compared to prevention measures. Floods in urban environments
    occur due to a sum of environmental and socioeconomic factors that, associated with high
    rainfall, cause several damages. The Mundaú river has its hydrographic basin inserted in
    the states of Pernambuco, where it has its source, in the municipality of Caetés. On its
    route, it crosses 15 municipalities and flows into the Mundaú lagoon, covering a route of
    4,126 km2. As it crosses the territory of two states, the Mundaú river falls under the
    category of the Federal river, and is thus managed by the National Water Agency. The
    objective of this dissertation aims to map vulnerable areas to flooding in the Mundaú
    Basin in Alagoas through the application of the AHP (Analytic Hierarchy Process) method.
    For this, we used matrix data from the ALOS PALSAR Satellite of the Mundaú
    Hydrographic Basin in Alagoas: Geodetic Reference System WGS 84, provided by the
    Alaska Satellite Facility –ASF, which made it possible to generate maps of Altitude, Slope,
    Distance to Nearest Drainage or HAND, where grades and weights were assigned,
    according to the susceptibility to flooding, and then map algebra was performed, which
    highlighted the areas of vulnerability. With the application of the Analytical Hierarchical
    Process (AHP). Thus, it was possible to show that the Mundaú and Canhoto rivers have
    extensive areas of high vulnerability to flooding in their courses, especially in urbanized
    areas. With such results, public agents will be able to use this research as a tool in the
    implementation of public policies to prevent and mitigate the impacts caused by
    hydrological events of great magnitude.

17
  • ARTHUR FELIPE RODRIGUES DOS SANTOS
  • LIMIARES CRÍTICOS DE CHUVAS NO MUNICÍPIO DE MACEIÓ-AL: UMA CORRELAÇÃO ESTATÍSTICA ENTRE PLUVIOSIDADE E MOVIMENTOS MASSA

  • Orientador : NIVANEIDE ALVES DE MELO FALCAO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • NIVANEIDE ALVES DE MELO FALCAO
  • ANA PAULA LOPES DA SILVA
  • DANIELLE GOMES DA SILVA
  • Data: 01/10/2021

  • Mostrar Resumo
  • A relação entre pluviometria e ocorrência de escorregamentos representa uma importante
    ferramenta para criação de sistemas de alerta e desenvolvimento de um plano de
    mitigação de movimentos de massas no município de Maceió - AL. Os movimentos de
    massa são aqueles definidos por serem eventos naturais de movimentação de solo e/ou
    rocha ao longo de uma encosta sob a ação direta da gravidade, podendo ser acrescida por
    outros agentes de transporte, que reduzem a resistência dos materiais de encostas e
    podem induzir um comportamento plástico e fluido dos solos. Os escorregamentos
    resultam da ruptura das condições de equilíbrio, definidas por fatores geológicos,
    geomecânicos e climáticos, tendo as chuvas, papel fundamental na deflagração desses
    processos. A chuva é um grande deflagrador dos escorregamentos. A construção do
    modelo proposto partirá da análise e compilação dos eventos pluviométricos que
    resultaram em processos de escorregamento no município, baseando-se na avaliação dos
    dados de série histórica de pluviometria, e de um banco de dados formado a partir das
    ocorrências de escorregamentos atendidas no município. Fazendo uma correlação
    empírica dos dados em que estarão consideradas as chuvas acumuladas antecedentes aos
    escorregamentos de 24 h (mm/24h), 48h (mm/48h), 72h (mm/72h), 96h (mm/96h)
    120h (mm/120), A correlação e definição de limiares pluviométricos críticos, máximos ou
    mínimos necessários para deflagrar processos de ruptura é de suma importância para o
    monitoramento de áreas de risco, atuando diretamente na preservação de vidas
    humanas.


  • Mostrar Abstract
  • The relationship between rainfall and landslides represents an important tool for creating warning systems and
    developing a mass movement mitigation plan in the city of Maceió - AL. Mass movements are those defined as
    being natural events of soil and/or rock movement along a slope under the direct action of gravity, which can be
    added by other transport agents, which reduce the resistance of slope materials and can induce a plastic and fluid
    behavior of the soils. Landslides result from the disruption of equilibrium conditions, defined by geological,
    geomechanical and climatic factors, with rainfall playing a fundamental role in triggering these processes. Rain is
    a major trigger for landslides. The construction of the proposed model will start from the analysis and compilation
    of rainfall events that resulted in landslide processes in the municipality, based on the evaluation of historical
    series of rainfall data, and a database formed from the occurrences of landslides attended in the County. Making 

    an empirical correlation of the data that will be considered the accumulated rainfall prior to landslides of 24 h
    (mm/24h), 48h (mm/48h), 72h (mm/72h), 96h (mm/96h) 120h (mm/120 ), The correlation and definition of
    critical rainfall thresholds, maximum or minimum necessary to trigger rupture processes is of paramount
    importance for the monitoring of risk areas, acting directly in the preservation of human lives.

2020
Dissertações
1
  • LAIS SUSANA DE SOUZA GOIS
  • Caracterização de materiais quaternários no maciço de Mata Grande, Alagoas.

  • Orientador : NIVANEIDE ALVES DE MELO FALCAO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • FLAVIA JORGE DE LIMA
  • MELCHIOR CARLOS DO NASCIMENTO
  • NIVANEIDE ALVES DE MELO FALCAO
  • Data: 10/02/2020

  • Mostrar Resumo
  • O estudo das dinâmicas ambientais pretéritas no semiárido pode configurar-se para entender o funcionamento recente e futuro da paisagem nordestina. Hoje através de estudos já realizados na região, se tem o consenso de que o período Quaternário é extremamente indispensável no entendimento desta temática. As mudanças paleoambientais desse período transformaram esculturalmente as paisagens brasileiras e no Nordeste seco possui ainda mais relevância já que o clima atual possui tantas divergências com o restante do país. Seguindo um viés de análise morfoclimática esta pesquisa buscou por meio de mapeamento geomorfológico das unidades espaciais, análises granulométricas e revisões bibliográficas, realizar comparações entre modelos evolutivos já estabelecidos na região Nordeste, sobretudo na Província Borborema, e assim contribuir com o estudo da dinâmica ambiental do Nordeste seco e consequentemente contribuir para a história da dinâmica evolutiva do relevo sertanejo alagoano que, se comparado com outros estados do Nordeste Oriental, carece de pesquisas sistematizadas que objetivam reconstruir a sua dinâmica paleoambiental. No Nordeste algumas pesquisas semelhantes já foram realizadas, em áreas de exceção, tomando como ponto de partida a visão sistêmica e a necessidade de reconstrução da dinâmica paleoambiental. No estado de Pernambuco, por exemplo, é possível encontrar o maciço da Serra da Baixa Verde. Este maciço já passou por vários tipos de análises sistematizadas, dentre elas, geomorfológicas, pedológicas e climáticas, sendo possível reconhecê-lo como uma área de exceção. Sobre esta pesquisa, destacam-se as contribuições recentes de Corrêa (1997), Corrêa (2001), Amorim et al (2015), Tavares et al (2011) e Barros (2014). Além do estado de Pernambuco, no Nordeste destacam-se os trabalhos de Lima (2015; 2017) na Chapada do Araripe - CE, e no próprio estado de Alagoas no município de Água Branca com as pesquisas de Melo (2019) e Silva (2019). O maciço de Mata Grande, localizado no Sertão alagoano, foi escolhido para esta pesquisa, em virtude de seu relevo bastante elevado, apresentando inicialmente características diferentes do seu entorno rebaixado, levantando indícios de que se trata de um brejo de altitude, baseado nas ideias de Corrêa (2001), Lins (1989), Melo (1988), entre outros.


  • Mostrar Abstract
  • O estudo das dinâmicas ambientais pretéritas no semiárido pode configurar-se para entender o funcionamento recente e futuro da paisagem nordestina. Hoje através de estudos já realizados na região, se tem o consenso de que o período Quaternário é extremamente indispensável no entendimento desta temática. As mudanças paleoambientais desse período transformaram esculturalmente as paisagens brasileiras e no Nordeste seco possui ainda mais relevância já que o clima atual possui tantas divergências com o restante do país. Seguindo um viés de análise morfoclimática esta pesquisa buscou por meio de mapeamento geomorfológico das unidades espaciais, análises granulométricas e revisões bibliográficas, realizar comparações entre modelos evolutivos já estabelecidos na região Nordeste, sobretudo na Província Borborema, e assim contribuir com o estudo da dinâmica ambiental do Nordeste seco e consequentemente contribuir para a história da dinâmica evolutiva do relevo sertanejo alagoano que, se comparado com outros estados do Nordeste Oriental, carece de pesquisas sistematizadas que objetivam reconstruir a sua dinâmica paleoambiental. No Nordeste algumas pesquisas semelhantes já foram realizadas, em áreas de exceção, tomando como ponto de partida a visão sistêmica e a necessidade de reconstrução da dinâmica paleoambiental. No estado de Pernambuco, por exemplo, é possível encontrar o maciço da Serra da Baixa Verde. Este maciço já passou por vários tipos de análises sistematizadas, dentre elas, geomorfológicas, pedológicas e climáticas, sendo possível reconhecê-lo como uma área de exceção. Sobre esta pesquisa, destacam-se as contribuições recentes de Corrêa (1997), Corrêa (2001), Amorim et al (2015), Tavares et al (2011) e Barros (2014). Além do estado de Pernambuco, no Nordeste destacam-se os trabalhos de Lima (2015; 2017) na Chapada do Araripe - CE, e no próprio estado de Alagoas no município de Água Branca com as pesquisas de Melo (2019) e Silva (2019). O maciço de Mata Grande, localizado no Sertão alagoano, foi escolhido para esta pesquisa, em virtude de seu relevo bastante elevado, apresentando inicialmente características diferentes do seu entorno rebaixado, levantando indícios de que se trata de um brejo de altitude, baseado nas ideias de Corrêa (2001), Lins (1989), Melo (1988), entre outros.

2
  • JOSÉ LEANDRO ALVES VIANA
  • OS RESULTADOS NA CADEIA DE PRODUÇÃO LEITEIRA DE BOM CONSELHO - PE A PARTIR DA IMPLANTAÇÃO DE UMA AGROINDÚSTRIA NO MUNICÍPIO.

  • Orientador : DOMINGOS SAVIO CORREA
  • MEMBROS DA BANCA :
  • DOMINGOS SAVIO CORREA
  • LINDEMBERG MEDEIROS DE ARAUJO
  • JOSE MESSIAS BASTOS
  • Data: 10/04/2020

  • Mostrar Resumo
  • As cadeias de produção leiteira espalhadas pelo Brasil e pelo mundo possuem participação significativa na estrutura econômica de diversos países e regiões do planeta, as indústrias envolvidas nesse processo fabricam uma série de produtos largamente consumidos diariamente por boa parte da população mundial, assim sendo, este estudo trata dos resultados na cadeia de produção leiteira de Bom Conselho – PE a partir da implantação de uma agroindústria no município. Esta pesquisa investiga os resultados partindo da estratégia utilizada pela empresa para a implantação de sua unidade na localidade, assim sendo, considerando esse processo realizamos uma análise do mesmo, a partir das expectativas que foram geradas no setor leiteiro do município e do anúncio da vinda da companhia. Do mesmo modo, buscamos também compreender o que a implantação da empresa produziu na cadeia de produção leiteira local, assim como a visão de alguns segmentos sociais ligados ao setor leiteiro a respeito da realidade encontrada. Da mesma forma, a percepção das inquietações, debates e questionamentos da população local e dos integrantes da cadeia de produção leiteira do município em relação ao desenvolvimento e crescimento do setor constituem-se a principal justificativa de sua realização, logo, os questionamentos levantados e as expectativas geradas, são ao mesmo tempo fontes e pressupostos para a realização deste estudo. A metodologia aplicada parte de um extenso levantamento bibliográfico tendo por base as obras de Althusser (1998); Chesnais (1996); Cholley (1964); Corrêa (1995); Espíndola (1999); Santos (1977), (1986), (1997), Serfati (2005) e Viana e Ferras (2007) dentre outros autores. Utilizamos como fontes para nossa pesquisa a coleta de dados e informações na imprensa local e em diversas instituições ligadas ao setor, da mesma forma, empregamos como procedimentos metodológicos a realização de entrevistas diretas com diversos representantes e integrantes de seguimentos ligados à cadeia de produção leiteira local, além de ensaios fotográficos, elaboração de gráficos, tabelas e quadros. Nos resultados desta pesquisa vemos como positiva a atuação da Lactalis na localidade, já que a mesma trouxe desenvolvimento, crescimento e realizou diversos investimentos principalmente na cadeia de produção leiteira local, com tecnologias, inovações, novos métodos e técnicas para a produção leiteira do município.


  • Mostrar Abstract
  • As cadeias de produção leiteira espalhadas pelo Brasil e pelo mundo possuem participação significativa na estrutura econômica de diversos países e regiões do planeta, as indústrias envolvidas nesse processo fabricam uma série de produtos largamente consumidos diariamente por boa parte da população mundial, assim sendo, este estudo trata dos resultados na cadeia de produção leiteira de Bom Conselho – PE a partir da implantação de uma agroindústria no município. Esta pesquisa investiga os resultados partindo da estratégia utilizada pela empresa para a implantação de sua unidade na localidade, assim sendo, considerando esse processo realizamos uma análise do mesmo, a partir das expectativas que foram geradas no setor leiteiro do município e do anúncio da vinda da companhia. Do mesmo modo, buscamos também compreender o que a implantação da empresa produziu na cadeia de produção leiteira local, assim como a visão de alguns segmentos sociais ligados ao setor leiteiro a respeito da realidade encontrada. Da mesma forma, a percepção das inquietações, debates e questionamentos da população local e dos integrantes da cadeia de produção leiteira do município em relação ao desenvolvimento e crescimento do setor constituem-se a principal justificativa de sua realização, logo, os questionamentos levantados e as expectativas geradas, são ao mesmo tempo fontes e pressupostos para a realização deste estudo. A metodologia aplicada parte de um extenso levantamento bibliográfico tendo por base as obras de Althusser (1998); Chesnais (1996); Cholley (1964); Corrêa (1995); Espíndola (1999); Santos (1977), (1986), (1997), Serfati (2005) e Viana e Ferras (2007) dentre outros autores. Utilizamos como fontes para nossa pesquisa a coleta de dados e informações na imprensa local e em diversas instituições ligadas ao setor, da mesma forma, empregamos como procedimentos metodológicos a realização de entrevistas diretas com diversos representantes e integrantes de seguimentos ligados à cadeia de produção leiteira local, além de ensaios fotográficos, elaboração de gráficos, tabelas e quadros. Nos resultados desta pesquisa vemos como positiva a atuação da Lactalis na localidade, já que a mesma trouxe desenvolvimento, crescimento e realizou diversos investimentos principalmente na cadeia de produção leiteira local, com tecnologias, inovações, novos métodos e técnicas para a produção leiteira do município.

3
  • JOSÉ ROBERTO DANTAS DA SILVA
  • TERRITORIALIDADES DAS COMUNIDADES QUILOMBOLAS FILÚS, JUSSARINHA E MARIANA LOCALIZADAS NO MUNICÍPIO DE SANTANA DO MUNDAÚ/AL

  • Orientador : MARIA FRANCINEILA PINHEIRO DOS SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARIA FRANCINEILA PINHEIRO DOS SANTOS
  • ANTONIO ALFREDO TELES DE CARVALHO
  • MARIANA GUEDES RAGGI
  • Data: 15/04/2020

  • Mostrar Resumo
  • O território tem passado por várias transformações e a ciência geográfica o entende como sendo uma relação de poder que politicamente materializa-se no espaço. Neste aspecto, o território é singularmente revelador das condições presentes do cotidiano, bem como da formação da identidade. Sendo assim, esta pesquisa tem como objetivo analisar a formação territorial, evidenciando a identidade em meio aos desafios do cotidiano das comunidades remanescentes de quilombo, Filús, Mariana e Jussarinha, que se localizam no município de Santana do Mundaú/AL. Neste trabalho privilegiamos o método qualitativo-quantitativo e exploratório. Como aporte teórico destaca-se Anjos (2014), Certeau (2009), Fanon (1968), Haesbaert (2007), Hall (2011), Lefebvre (1991), Lindoso (2011), Munanga (2012), Santos (1996), entre outros. Enquanto procedimentos metodológicos, realizamos levantamentos bibliográficos, trabalho de campo, onde foram aplicados 60 (sessenta) questionários, além de entrevistas com os representantes de cada uma das comunidades, registros fotográficos, elaboração de gráficos e tabelas. Percebemos que seus cotidianos são marcados por inúmeros desafios, entre eles, o analfabetismo, a quantidade de filhos, as condições habitacionais. Além das doenças que representam a maior dificuldade, sobretudo em Filús, por causa do albinismo. Assim como em Jussarinha, pelo seu quadro de complicações neurológicas e psiquiátricas e, por fim, em Mariana com a presença de doença de chagas. A relevância desta pesquisa consiste em um debate acerca de conceitos, com destaque para o território, cotidiano, identidade, preconceito, alienação, desalienação, dentre outros, os quais possibilitam a discussão sobre as comunidades quilombolas no contexto histórico-geográfico na atualidade.


  • Mostrar Abstract
  • O território tem passado por várias transformações e a ciência geográfica o entende como sendo uma relação de poder que politicamente materializa-se no espaço. Neste aspecto, o território é singularmente revelador das condições presentes do cotidiano, bem como da formação da identidade. Sendo assim, esta pesquisa tem como objetivo analisar a formação territorial, evidenciando a identidade em meio aos desafios do cotidiano das comunidades remanescentes de quilombo, Filús, Mariana e Jussarinha, que se localizam no município de Santana do Mundaú/AL. Neste trabalho privilegiamos o método qualitativo-quantitativo e exploratório. Como aporte teórico destaca-se Anjos (2014), Certeau (2009), Fanon (1968), Haesbaert (2007), Hall (2011), Lefebvre (1991), Lindoso (2011), Munanga (2012), Santos (1996), entre outros. Enquanto procedimentos metodológicos, realizamos levantamentos bibliográficos, trabalho de campo, onde foram aplicados 60 (sessenta) questionários, além de entrevistas com os representantes de cada uma das comunidades, registros fotográficos, elaboração de gráficos e tabelas. Percebemos que seus cotidianos são marcados por inúmeros desafios, entre eles, o analfabetismo, a quantidade de filhos, as condições habitacionais. Além das doenças que representam a maior dificuldade, sobretudo em Filús, por causa do albinismo. Assim como em Jussarinha, pelo seu quadro de complicações neurológicas e psiquiátricas e, por fim, em Mariana com a presença de doença de chagas. A relevância desta pesquisa consiste em um debate acerca de conceitos, com destaque para o território, cotidiano, identidade, preconceito, alienação, desalienação, dentre outros, os quais possibilitam a discussão sobre as comunidades quilombolas no contexto histórico-geográfico na atualidade.

4
  • HINCKLEY WENDELL DO NASCIMENTO MENDES
  • A Indústria de Alimentos em Alagoas e a Formação dos Mercados de Maceió e Arapiraca

  • Orientador : MARTA DA SILVEIRA LUEDEMANN
  • MEMBROS DA BANCA :
  • MARTA DA SILVEIRA LUEDEMANN
  • LINDEMBERG MEDEIROS DE ARAUJO
  • JOSE MESSIAS BASTOS
  • Data: 17/04/2020

  • Mostrar Resumo
  • A presente pesquisa, disserta a respeito da Indústria de Alimentos em Alagoas analisando sua gênese a partir de 1850, evolução durante o século XX e seu contexto nos dias atuais. Busca-se compreender o crescimento das firmas no setor, levando em consideração o papel do Estado, o crescimento urbano e a acumulação do(s) proprietário(s). A partir de uma contextualização geral da indústria de alimentos, analisa-se geograficamente a Indústria Reunidas Coringa LTDA e suas atuações no mercado regional, bem como, os investimentos que ocorreram em decorrência do crescimento da firma. A dissertação visa contribuir com estudos de geografia econômica de Alagoas, para isso, ancora-se teoricamente em Santos (1977/2008a) com formação socioespacial, Rangel(1981) com as dualidades básicas da economia brasileira, Cholley (1964a;1964b) com as combinações geográficas, Marx(1982) com acumulação primitiva para entender a gênese do capitalismo e suas semelhanças na formação socioespacial de Alagoas, e por fim, para ter elementos de compreensão sobre a indústria de alimentos, Santos (2008b) , que, trabalha com circuitos da economia urbana nos países subdesenvolvidos. A obtenção de dados ocorre: por meio de pesquisas bibliográficas nas bibliotecas físicas (UFAL e UNEAL) e virtuais (UFAL,UFPE e USP); nos sites governamentais (IBGE[Sidra], IPEA); a coleta de dados primários e secundários sobre a gênese e contexto atual da indústria de alimentos foi realizada na ACM e na FIEA; coleta de dados em redes de supermercados alagoanos para verificação de preços e concorrências; e através de entrevistas semiestruturadas com representantes das fábricas de alimentos. Por fim, trabalha-se com as transformações socioespaciais que contribuíram com a diversificação de alimentos industrializados voltados ao mercado regional e como incide sobre a economia Alagoana, bem como mercado de trabalho e consumidor.


  • Mostrar Abstract
  • A presente pesquisa, disserta a respeito da Indústria de Alimentos em Alagoas analisando sua gênese a partir de 1850, evolução durante o século XX e seu contexto nos dias atuais. Busca-se compreender o crescimento das firmas no setor, levando em consideração o papel do Estado, o crescimento urbano e a acumulação do(s) proprietário(s). A partir de uma contextualização geral da indústria de alimentos, analisa-se geograficamente a Indústria Reunidas Coringa LTDA e suas atuações no mercado regional, bem como, os investimentos que ocorreram em decorrência do crescimento da firma. A dissertação visa contribuir com estudos de geografia econômica de Alagoas, para isso, ancora-se teoricamente em Santos (1977/2008a) com formação socioespacial, Rangel(1981) com as dualidades básicas da economia brasileira, Cholley (1964a;1964b) com as combinações geográficas, Marx(1982) com acumulação primitiva para entender a gênese do capitalismo e suas semelhanças na formação socioespacial de Alagoas, e por fim, para ter elementos de compreensão sobre a indústria de alimentos, Santos (2008b) , que, trabalha com circuitos da economia urbana nos países subdesenvolvidos. A obtenção de dados ocorre: por meio de pesquisas bibliográficas nas bibliotecas físicas (UFAL e UNEAL) e virtuais (UFAL,UFPE e USP); nos sites governamentais (IBGE[Sidra], IPEA); a coleta de dados primários e secundários sobre a gênese e contexto atual da indústria de alimentos foi realizada na ACM e na FIEA; coleta de dados em redes de supermercados alagoanos para verificação de preços e concorrências; e através de entrevistas semiestruturadas com representantes das fábricas de alimentos. Por fim, trabalha-se com as transformações socioespaciais que contribuíram com a diversificação de alimentos industrializados voltados ao mercado regional e como incide sobre a economia Alagoana, bem como mercado de trabalho e consumidor.

5
  • ADSSON ANDRE DA SILVA GOMES
  • CONTROLE ESTRUTURAL DA DRENAGEM E RELEVO DAS BACIAS HIDROGRÁFICAS DO NORDESTE DE ALAGOAS

  • Orientador : NIVANEIDE ALVES DE MELO FALCAO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • NIVANEIDE ALVES DE MELO FALCAO
  • MELCHIOR CARLOS DO NASCIMENTO
  • BRUNO FERREIRA
  • Data: 27/04/2020

  • Mostrar Resumo
  • A geomorfologia do Nordeste brasileiro é notadamente marcada por estruturas deformacionais dúcteis e rúpteis impressas no embasamento cristalino pré-cambriano, essas estruturas são representadas por um conjunto de morfologias desenvolvidas em zonas de falhas herdadas da estruturação pré-cambriana. Os índices morfométricos constituem ferramentas importantes para a avaliação do comportamento tectono-estrutural dos sistemas hidrográficos. Desta forma, objetivou-se analisar as bacias do Nordeste Alagoano e a influência que a estrutura geológica apresenta na rede de drenagem da área com a utilização de produtos de sensoriamento remoto e técnicas de geoprocessamento, portanto, a identificação de descontinuidades estruturais, análise dos processos tectônicos nas formas de relevo e os aspectos geomorfológicos. Este projeto consiste na aplicação de parâmetros morfométricos para a análise da influência estrutural no relevo nas bacias do Nordeste do estado de Alagoas. Para isso elaborado cálculos do índice Relação Declividade-Extensão (RDE) de acordo com as linhas de altitude da área, em um intervalo altimétrico de 15 metros. Será realizada a extração de lineamentos de relevo e drenagem em imagens de relevo sombreado, com ângulos de iluminação azimutal de 45, 90, 315 e 360º, e elaboração de mapas de concentração de rugosidade do terreno, declividade, altitude, hidrográfico e densidade de lineamentos, para uma análise conjunta de múltiplos parâmetros da área estudada, utilizando dados do modelo digital de elevação ALOS PALSAR. Espera-se com esse trabalho produzir mapas com zoneamento dos domínios morfoestruturais que compreendem a área a ser estudada, através dos dados analisados. O projeto, até o presente momento, desenvolveu resultados referente a delimitação da área de estudo até a execução do índice RDE de todas as bacias que compõem o Nordeste do estado de Alagoas. Foi possível notar zonas de rupturas de patamar de altitudes semelhantes para as bacias hidrográficas, assim como setores mais expressivos entre todos os rios estudados. A bacia do Rio Mundaú apresentou o maior número de setores, totalizando 164, onde 66 foram caracterizados como anomalias de primeira ordem (RDEs / RDEt ≥ 10), evidenciando pontos anômalos que representam rupturas de declives mais acentuados, ocasionados por um estágio erosivo mais pronunciado do leito do rio em decorrência de diferenciações litológicas e/ou influencia estrutural. As demais bacias hidrográficas apresentaram 91, 85, 27 setores no Rio Camaragibe, Rio Jacuípe e Manguaba, respectivamente.


  • Mostrar Abstract
  • A geomorfologia do Nordeste brasileiro é notadamente marcada por estruturas deformacionais dúcteis e rúpteis impressas no embasamento cristalino pré-cambriano, essas estruturas são representadas por um conjunto de morfologias desenvolvidas em zonas de falhas herdadas da estruturação pré-cambriana. Os índices morfométricos constituem ferramentas importantes para a avaliação do comportamento tectono-estrutural dos sistemas hidrográficos. Desta forma, objetivou-se analisar as bacias do Nordeste Alagoano e a influência que a estrutura geológica apresenta na rede de drenagem da área com a utilização de produtos de sensoriamento remoto e técnicas de geoprocessamento, portanto, a identificação de descontinuidades estruturais, análise dos processos tectônicos nas formas de relevo e os aspectos geomorfológicos. Este projeto consiste na aplicação de parâmetros morfométricos para a análise da influência estrutural no relevo nas bacias do Nordeste do estado de Alagoas. Para isso elaborado cálculos do índice Relação Declividade-Extensão (RDE) de acordo com as linhas de altitude da área, em um intervalo altimétrico de 15 metros. Será realizada a extração de lineamentos de relevo e drenagem em imagens de relevo sombreado, com ângulos de iluminação azimutal de 45, 90, 315 e 360º, e elaboração de mapas de concentração de rugosidade do terreno, declividade, altitude, hidrográfico e densidade de lineamentos, para uma análise conjunta de múltiplos parâmetros da área estudada, utilizando dados do modelo digital de elevação ALOS PALSAR. Espera-se com esse trabalho produzir mapas com zoneamento dos domínios morfoestruturais que compreendem a área a ser estudada, através dos dados analisados. O projeto, até o presente momento, desenvolveu resultados referente a delimitação da área de estudo até a execução do índice RDE de todas as bacias que compõem o Nordeste do estado de Alagoas. Foi possível notar zonas de rupturas de patamar de altitudes semelhantes para as bacias hidrográficas, assim como setores mais expressivos entre todos os rios estudados. A bacia do Rio Mundaú apresentou o maior número de setores, totalizando 164, onde 66 foram caracterizados como anomalias de primeira ordem (RDEs / RDEt ≥ 10), evidenciando pontos anômalos que representam rupturas de declives mais acentuados, ocasionados por um estágio erosivo mais pronunciado do leito do rio em decorrência de diferenciações litológicas e/ou influencia estrutural. As demais bacias hidrográficas apresentaram 91, 85, 27 setores no Rio Camaragibe, Rio Jacuípe e Manguaba, respectivamente.

6
  • KEDYNA LUANNA TAVARES BEZERRA
  • MORFODINÂMICA E CARACTERIZAÇÃO GEOAMBIENTAL NA PLANÍCIE COSTEIRA DO MUNICÍPIO DE MARECHAL DEODORO, ALAGOAS

  • Orientador : ROCHANA CAMPOS DE ANDRADE LIMA SANTOS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • ROCHANA CAMPOS DE ANDRADE LIMA SANTOS
  • ANA PAULA LOPES DA SILVA
  • VALDIR DO AMARAL VAZ MANSO
  • Data: 28/04/2020

  • Mostrar Resumo
  • Visto a necessidade de ampliar o conhecimento do meio físico para se estabelecer diretrizes racionais de utilização de áreas costeiras no estado de Alagoas, a presente pesquisa teve como objetivo analisar as características morfodinâmicas, vulnerabilidade a erosão, sedimentologia, uso e ocupação do solo e as mudanças geoambientais em parte da planície costeira do município de Marechal Deodoro. Para tanto, a área de estudo foi delimitada entre a linha de costa e a AL-101 Sul. A metodologia teve por base duas etapas: as de campo que consistiram na execução de levantamentos de dados loco ao longo dos anos de 2018 a 2019; e as de laboratórios, através da análise dos dados primários e secundários e consequente determinação dos resultados. Assim foram estabelecidos para a área quatro setores definidos como P1, P2, P3 e P4. No primeiro setor perfil 1 (P1) localizado na praia do Saco da Pedra, o P2 (Maré Restaurante) e (P3 – Hotel Ponta Verde) localizados na praia do Francês e o P4 na praia do Francês também, mas conhecido como região do Leprosário. Após as devidas análises verificamos que o crescimento populacional das últimas décadas na planície costeira do município tem levado ao processo de conurbação em paralelo a capital alagoana, com sérios problemas de urbanização desordenada, deficiência na coleta dos resíduos sólidos, coleta e tratamento de efluentes sanitários, além de erosão marinha e a drenagem urbana ineficiente. Que a circulação costeira está relacionada aos ventos e marés, como as variações sazonais. Que o Perfil P1 apresentou deposição, mesmo a praia encontrando-se em processo de erosão antrópica, devido a ocupação do setor pelo condomínio Saco da Pedra; que os Perfis 2 e 3 apresentaram erosões cíclicas e o P4 é o mais estável e com vegetação típica preservada. As análises granulométricas para os setores P1, P2 e P3 apresentaram alternância de areia média e fina e para o P4 predominou sedimentos finos. E que a vulnerabilidade ambiental está relacionada com as alterações e degradações dos ecossistemas, no P1 (praia do Saco da Pedra) a vulnerabilidade foi considerada alta, com ausência de pós-praia, ocupação antrópica intensa e consolidada, estirâncio reduzido, degradação da vegetação nativa e impermeabilização dos terraços marinhos, pela ocupação, que altera o regime de movimentação dos sedimentos. Nos pontos P2 e P3 (centro da praia do Francês) a vulnerabilidade foi considerada média, em função do nível de impermeabilização da pós-praia pela urbanização e da instalação de obras de contenção no cordão litorâneo, em P4, localizado mais ao Sul, a vulnerabilidade é baixa, pois distinto dos setores anteriores, a praia é bem consolidada e a pós praia apresenta cordões recobertos por vegetação típica e não tem presença de construções. A partir do zoneamento geoambiental, verificamos que os principais problemas ambientais estão relacionados com as ocupações, bem como potenciais de risco como cemitério, fabrica de gelo e postos de combustíveis. Desta forma, constatou-se que a área em estudo é formada por um ambiente dinâmico em situação de fragilidade decorrente das próprias características naturais e das pressões sobre eles exercidas. E, que existe a necessidade urgente de ações sustentáveis que possibilite a preservação e recuperação dos ambientes naturais.


  • Mostrar Abstract
  • Visto a necessidade de ampliar o conhecimento do meio físico para se estabelecer diretrizes racionais de utilização de áreas costeiras no estado de Alagoas, a presente pesquisa teve como objetivo analisar as características morfodinâmicas, vulnerabilidade a erosão, sedimentologia, uso e ocupação do solo e as mudanças geoambientais em parte da planície costeira do município de Marechal Deodoro. Para tanto, a área de estudo foi delimitada entre a linha de costa e a AL-101 Sul. A metodologia teve por base duas etapas: as de campo que consistiram na execução de levantamentos de dados loco ao longo dos anos de 2018 a 2019; e as de laboratórios, através da análise dos dados primários e secundários e consequente determinação dos resultados. Assim foram estabelecidos para a área quatro setores definidos como P1, P2, P3 e P4. No primeiro setor perfil 1 (P1) localizado na praia do Saco da Pedra, o P2 (Maré Restaurante) e (P3 – Hotel Ponta Verde) localizados na praia do Francês e o P4 na praia do Francês também, mas conhecido como região do Leprosário. Após as devidas análises verificamos que o crescimento populacional das últimas décadas na planície costeira do município tem levado ao processo de conurbação em paralelo a capital alagoana, com sérios problemas de urbanização desordenada, deficiência na coleta dos resíduos sólidos, coleta e tratamento de efluentes sanitários, além de erosão marinha e a drenagem urbana ineficiente. Que a circulação costeira está relacionada aos ventos e marés, como as variações sazonais. Que o Perfil P1 apresentou deposição, mesmo a praia encontrando-se em processo de erosão antrópica, devido a ocupação do setor pelo condomínio Saco da Pedra; que os Perfis 2 e 3 apresentaram erosões cíclicas e o P4 é o mais estável e com vegetação típica preservada. As análises granulométricas para os setores P1, P2 e P3 apresentaram alternância de areia média e fina e para o P4 predominou sedimentos finos. E que a vulnerabilidade ambiental está relacionada com as alterações e degradações dos ecossistemas, no P1 (praia do Saco da Pedra) a vulnerabilidade foi considerada alta, com ausência de pós-praia, ocupação antrópica intensa e consolidada, estirâncio reduzido, degradação da vegetação nativa e impermeabilização dos terraços marinhos, pela ocupação, que altera o regime de movimentação dos sedimentos. Nos pontos P2 e P3 (centro da praia do Francês) a vulnerabilidade foi considerada média, em função do nível de impermeabilização da pós-praia pela urbanização e da instalação de obras de contenção no cordão litorâneo, em P4, localizado mais ao Sul, a vulnerabilidade é baixa, pois distinto dos setores anteriores, a praia é bem consolidada e a pós praia apresenta cordões recobertos por vegetação típica e não tem presença de construções. A partir do zoneamento geoambiental, verificamos que os principais problemas ambientais estão relacionados com as ocupações, bem como potenciais de risco como cemitério, fabrica de gelo e postos de combustíveis. Desta forma, constatou-se que a área em estudo é formada por um ambiente dinâmico em situação de fragilidade decorrente das próprias características naturais e das pressões sobre eles exercidas. E, que existe a necessidade urgente de ações sustentáveis que possibilite a preservação e recuperação dos ambientes naturais.

7
  • ROGERIO DA SILVA SANTOS
  • Variação temporal da carga de nutrientes no baixo São Francisco para os anos de 2008, 2009 e 2010

  • Orientador : PAULO RICARDO PETTER MEDEIROS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • PAULO RICARDO PETTER MEDEIROS
  • ANA PAULA LOPES DA SILVA
  • CARLOS RUBERTO FRAGOSO JUNIOR
  • Data: 12/05/2020

  • Mostrar Resumo
  • Rios possuem regime variável, tornando-se, em algumas regiões do planeta, crítico o abastecimento em períodos de estiagem. Com isso são construídos reservatórios, objetivando armazenar água durante a estação chuvosa, formando uma reserva hídrica para a estação seca. Nos últimos 30 anos o Rio São Francisco e seu estuário sofreram grande redução na descarga de água doce e no aporte de material em suspensão. A ocorrência de eventos climáticos de secas e cheias promoveu a oportunidade da avaliação do impacto da operação do sistema de barragens em cascata. No Brasil são construídas barragens em muitos rios para abastecimento de populações, irrigação de terras e, principalmente, produção de eletricidade. O país possui um elevado potencial hidroelétrico (213.000 MW) tendo como potencial instalado 133.977 MW. A bacia hidrográfica do rio São Francisco abrange áreas dos Estados de Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Alagoas e Sergipe, ocupando uma área total de 638.466 km2, o equivalente a 7,5% do território nacional. Estudos permitiram verificar uma redução no aporte de sedimentos em suspensão a jusante do rio, isso ocorre, provavelmente, devido à retenção de sedimentos nos reservatórios construídos ao longo do curso do rio. O presente trabalho objetiva realizar amostragens com periodicidade mensal para medição da carga de fósforo, nitrogênio e clorofila aem suspensão no rio São Francisco, na ponte rodoferroviária, localizada entre as cidades de Propriá (SE) e Porto Real do Colégio (AL). Neste estudo foram analisadas amostragens nos anos de 2008, 2009 e 2010 com periodicidade mensal, visando determinar o fluxo de fósforo, nitrogênio e clorofila a numa estação próxima a ponte rodoferroviária entre as cidades de Propriá (SE) e Porto Real do Colégio (AL) (Lat. 10o12´S e Long. 36o49´W), em seguida será determinado o Índice de Estado Trófico (IET). A estação está localizada 80 km a montante da foz do rio São Francisco e a 100 km jusante da Usina Hidrelétrica de Xingó. Os parâmetros químicos utilizados na análise foram nitrogênio amônio, nitrito, nitrato, fosfato orto e o nutriente clorofila a, principais indicativos de um processo de trofia em corpos d’água. Foram feitas análises mensais e anuais dos dados coletados na estação de coleta 49705000 PROPRIÁ, a qual a Agência Nacional de Águas (ANA) é responsável, operada pelo CPRM, latitude -10,213889, longitude -36,823889. A estação possui réguas linimétricas, não possui registrador de nível, faz medição de sedimentos (desde fevereiro de 2000), de descarga líquida (desde dezembro de 1926) e de qualidade da água (desde fevereiro de 1981). É uma estação telemétrica (desde 01 de agosto de 1996), não possui pluviômetro, registrador de chuva, tanque evaporímetro e estação climatológica. O rio São Francisco sofreu vários impactos ligados ao sistema de barragens em cascata ao longo de seu curso, esses impactos são perceptíveis em outros rios onde há barragens.


  • Mostrar Abstract
  • Rios possuem regime variável, tornando-se, em algumas regiões do planeta, crítico o abastecimento em períodos de estiagem. Com isso são construídos reservatórios, objetivando armazenar água durante a estação chuvosa, formando uma reserva hídrica para a estação seca. Nos últimos 30 anos o Rio São Francisco e seu estuário sofreram grande redução na descarga de água doce e no aporte de material em suspensão. A ocorrência de eventos climáticos de secas e cheias promoveu a oportunidade da avaliação do impacto da operação do sistema de barragens em cascata. No Brasil são construídas barragens em muitos rios para abastecimento de populações, irrigação de terras e, principalmente, produção de eletricidade. O país possui um elevado potencial hidroelétrico (213.000 MW) tendo como potencial instalado 133.977 MW. A bacia hidrográfica do rio São Francisco abrange áreas dos Estados de Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Alagoas e Sergipe, ocupando uma área total de 638.466 km2, o equivalente a 7,5% do território nacional. Estudos permitiram verificar uma redução no aporte de sedimentos em suspensão a jusante do rio, isso ocorre, provavelmente, devido à retenção de sedimentos nos reservatórios construídos ao longo do curso do rio. O presente trabalho objetiva realizar amostragens com periodicidade mensal para medição da carga de fósforo, nitrogênio e clorofila aem suspensão no rio São Francisco, na ponte rodoferroviária, localizada entre as cidades de Propriá (SE) e Porto Real do Colégio (AL). Neste estudo foram analisadas amostragens nos anos de 2008, 2009 e 2010 com periodicidade mensal, visando determinar o fluxo de fósforo, nitrogênio e clorofila a numa estação próxima a ponte rodoferroviária entre as cidades de Propriá (SE) e Porto Real do Colégio (AL) (Lat. 10o12´S e Long. 36o49´W), em seguida será determinado o Índice de Estado Trófico (IET). A estação está localizada 80 km a montante da foz do rio São Francisco e a 100 km jusante da Usina Hidrelétrica de Xingó. Os parâmetros químicos utilizados na análise foram nitrogênio amônio, nitrito, nitrato, fosfato orto e o nutriente clorofila a, principais indicativos de um processo de trofia em corpos d’água. Foram feitas análises mensais e anuais dos dados coletados na estação de coleta 49705000 PROPRIÁ, a qual a Agência Nacional de Águas (ANA) é responsável, operada pelo CPRM, latitude -10,213889, longitude -36,823889. A estação possui réguas linimétricas, não possui registrador de nível, faz medição de sedimentos (desde fevereiro de 2000), de descarga líquida (desde dezembro de 1926) e de qualidade da água (desde fevereiro de 1981). É uma estação telemétrica (desde 01 de agosto de 1996), não possui pluviômetro, registrador de chuva, tanque evaporímetro e estação climatológica. O rio São Francisco sofreu vários impactos ligados ao sistema de barragens em cascata ao longo de seu curso, esses impactos são perceptíveis em outros rios onde há barragens.

8
  • EVERSON DE OLIVEIRA SANTOS
  • AVALIAÇÃO DO ÍNDICE DE ESTADO TRÓFICO E CARGA DE NUTRIENTES NO RIO PARAÍBA DO MEIO DURANTE O ANO HIDROLÓGICO DE 2013.

  • Orientador : PAULO RICARDO PETTER MEDEIROS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • PAULO RICARDO PETTER MEDEIROS
  • ANA PAULA LOPES DA SILVA
  • CARLOS RUBERTO FRAGOSO JUNIOR
  • Data: 13/05/2020

  • Mostrar Resumo
  • A água é um recurso natural de extrema importância para realização das atividades socioeconômicas e, sobretudo na manutenção da vida no Planeta Terra. Alterações na qualidade da água de ecossistemas aquáticos têm ocorrido ao longo do tempo. É neste sentido que a presente pesquisa traz um estudo da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Meio, mais especificamente em sua porção no Estado de Alagoas. O recorte da pesquisa dado área da bacia em Alagoas e a localização geográfica do ponto de coletas (Município de Atalaia-Alagoas) de amostras para análise é engenhoso, pois a mesma pode ser considerada uma “caixa preta” devido ser no adjacente município de Pilar-Alagoas que se tem a foz do rio Paraíba do Meio no Complexo Lagunar Mundaú-Manguaba, evidenciando assim como o rio contribui com material para o oceano. Tal estudo está balizado em dois vieses socioambientais, são eles, a saber: a concentração de nutrientes e o Estado Trófico do rio em questão, no ano hidrológico de 2013. A partir desses dois pontos de estudo no rio objetiva-se compreender e mensurar a ação antropogênica que tem, por conseguinte, provocado alterações na qualidade da água. Os dados referentes a concentração de carga de nutrientes e de parâmetros físicos e químicos foram obtidos por meio do Banco de Dados do LABMAR/UFAL. Metodologicamente falando o método de Strickland e Parsons (1972) foi utilizado para o cálculo das concentrações de fósforo dissolvido; já o Modelo TRIX (um índice multivariado) de eutrofização para a caracterização do Estado Trófico do rio e para indicar as condições de qualidade de água. Como resultados parciais foi verificado, por meio de análise em laboratório, alterações pontuais em variados parâmetros físicos e químicos, bem como a indicação, por meio do Modelo TRIX, de um ambiente aquático com significativo estágio de eutrofização.


  • Mostrar Abstract
  • A água é um recurso natural de extrema importância para realização das atividades socioeconômicas e, sobretudo na manutenção da vida no Planeta Terra. Alterações na qualidade da água de ecossistemas aquáticos têm ocorrido ao longo do tempo. É neste sentido que a presente pesquisa traz um estudo da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Meio, mais especificamente em sua porção no Estado de Alagoas. O recorte da pesquisa dado área da bacia em Alagoas e a localização geográfica do ponto de coletas (Município de Atalaia-Alagoas) de amostras para análise é engenhoso, pois a mesma pode ser considerada uma “caixa preta” devido ser no adjacente município de Pilar-Alagoas que se tem a foz do rio Paraíba do Meio no Complexo Lagunar Mundaú-Manguaba, evidenciando assim como o rio contribui com material para o oceano. Tal estudo está balizado em dois vieses socioambientais, são eles, a saber: a concentração de nutrientes e o Estado Trófico do rio em questão, no ano hidrológico de 2013. A partir desses dois pontos de estudo no rio objetiva-se compreender e mensurar a ação antropogênica que tem, por conseguinte, provocado alterações na qualidade da água. Os dados referentes a concentração de carga de nutrientes e de parâmetros físicos e químicos foram obtidos por meio do Banco de Dados do LABMAR/UFAL. Metodologicamente falando o método de Strickland e Parsons (1972) foi utilizado para o cálculo das concentrações de fósforo dissolvido; já o Modelo TRIX (um índice multivariado) de eutrofização para a caracterização do Estado Trófico do rio e para indicar as condições de qualidade de água. Como resultados parciais foi verificado, por meio de análise em laboratório, alterações pontuais em variados parâmetros físicos e químicos, bem como a indicação, por meio do Modelo TRIX, de um ambiente aquático com significativo estágio de eutrofização.

9
  • JAMES DA LUZ
  • AVALIAÇÃO POR GEOPROCESSAMENTO DE ÁREAS DE CRITICIDADE AMBIENTAL À OCUPAÇÃO HUMANA NA ÁREA DE PROTEÇÃO AMBIENTAL DO CATOLÉ E FERNÃO VELHO - ALAGOAS - BRASIL

  • Orientador : SILVANA QUINTELLA CAVALCANTI CALHEIROS
  • MEMBROS DA BANCA :
  • NELIA HENRIQUES CALLADO
  • NIVANEIDE ALVES DE MELO FALCAO
  • SILVANA QUINTELLA CAVALCANTI CALHEIROS
  • Data: 29/06/2020

  • Mostrar Resumo
  • A exploração predatória dos recursos naturais tem sido uma preocupação crescente por parte de pesquisadores e da sociedade em praticamente todo mundo. No Brasil, a ocupação desordenada dos espaços urbanos têm provocado diversos prejuízos às unidades de conservação, em especial aquelas situadas em áreas densamente ocupadas, sobretudo as localizadas nas proximidades dos grandes centros urbanos. Este estudo trata da avaliação ambiental por geoprocessamento de áreas de criticidade ambiental a ocupação humana na APA do Catolé e Fernão Velho, localizada no estado de Alagoas - Brasil. Para isso, foram utilizadas técnicas de geoprocessamento aplicadas sobre uma base geocodificada de dados ambientais. A avaliação por geoprocessamento foi realizada por meio do programa QGIS. Inicialmente foram gerados os Mapas de Riscos Ambientais a Deslizamentos/Desmoronamentos e de Enchentes/Inundações, fruto da sobreposição de mapas temáticos pré-existentes (litologia, geomorfologia, pedologia, hipsometria, clinografia, intensidade pluviométrica e do uso da terra e cobertura vegetal). Em seguida foi gerado o Mapa do Nível de Densidade Populacional (habitante por hectare), tendo como base, os setores censitários de 2010 do IBGE. As áreas de criticidade ambiental à ocupação humana, em fase de análise, estão sendo mapeadas pela sobreposição do Mapa de Nível de Densidade Populacional, também em fase de elaboração, com os Mapas de Riscos Ambientais a Deslizamentos/Desmoronamentos e de Enchentes/Inundações. A sobreposição desses mapas permitiu quantificar até então que 64,54% da APA apresentam de médio a alto risco ambiental a deslizamentos/desmoronamentos, enquanto 57,06% médio e alto riscos ambientais a enchentes/inundações. Esses mapas estão em fase de leitura, análise e interpretação final, com base em assinaturas e planimetrias ambientais, prevista para maio de 2020 juntamente com trabalhos de campo para registro fotográfico. Inicialmente, observa-se que a ocorrência dos dois tipos de riscos ambientais estudados (Deslizamentos/Desmoronamentos e Enchentes/Inundações), quando relacionados, os níveis de densidade populacional com as áreas de criticidade ambiental a ocupação humana na APA, possuem dependência com as suas características naturais, em especial, a intensidade das chuvas, que podem está associada a sua maior ou menor ocupação em função dos riscos ambientais. Nesse sentido, as condições de ofertas ecológicas da APA têm sido claramente prejudicadas pelo seu crescimento urbano desordenado somado aos problemas de gestão ambiental, sobretudo, aqueles relacionados à expansão urbana dos sítios urbanos de Maceió e Satuba.


  • Mostrar Abstract
  • A exploração predatória dos recursos naturais tem sido uma preocupação crescente por parte de pesquisadores e da sociedade em praticamente todo mundo. No Brasil, a ocupação desordenada dos espaços urbanos têm provocado diversos prejuízos às unidades de conservação, em especial aquelas situadas em áreas densamente ocupadas, sobretudo as localizadas nas proximidades dos grandes centros urbanos. Este estudo trata da avaliação ambiental por geoprocessamento de áreas de criticidade ambiental a ocupação humana na APA do Catolé e Fernão Velho, localizada no estado de Alagoas - Brasil. Para isso, foram utilizadas técnicas de geoprocessamento aplicadas sobre uma base geocodificada de dados ambientais. A avaliação por geoprocessamento foi realizada por meio do programa QGIS. Inicialmente foram gerados os Mapas de Riscos Ambientais a Deslizamentos/Desmoronamentos e de Enchentes/Inundações, fruto da sobreposição de mapas temáticos pré-existentes (litologia, geomorfologia, pedologia, hipsometria, clinografia, intensidade pluviométrica e do uso da terra e cobertura vegetal). Em seguida foi gerado o Mapa do Nível de Densidade Populacional (habitante por hectare), tendo como base, os setores censitários de 2010 do IBGE. As áreas de criticidade ambiental à ocupação humana, em fase de análise, estão sendo mapeadas pela sobreposição do Mapa de Nível de Densidade Populacional, também em fase de elaboração, com os Mapas de Riscos Ambientais a Deslizamentos/Desmoronamentos e de Enchentes/Inundações. A sobreposição desses mapas permitiu quantificar até então que 64,54% da APA apresentam de médio a alto risco ambiental a deslizamentos/desmoronamentos, enquanto 57,06% médio e alto riscos ambientais a enchentes/inundações. Esses mapas estão em fase de leitura, análise e interpretação final, com base em assinaturas e planimetrias ambientais, prevista para maio de 2020 juntamente com trabalhos de campo para registro fotográfico. Inicialmente, observa-se que a ocorrência dos dois tipos de riscos ambientais estudados (Deslizamentos/Desmoronamentos e Enchentes/Inundações), quando relacionados, os níveis de densidade populacional com as áreas de criticidade ambiental a ocupação humana na APA, possuem dependência com as suas características naturais, em especial, a intensidade das chuvas, que podem está associada a sua maior ou menor ocupação em função dos riscos ambientais. Nesse sentido, as condições de ofertas ecológicas da APA têm sido claramente prejudicadas pelo seu crescimento urbano desordenado somado aos problemas de gestão ambiental, sobretudo, aqueles relacionados à expansão urbana dos sítios urbanos de Maceió e Satuba.

2019
Dissertações
1
  • ROBSON BEZERRA DE LIMA
  • QUALIDADE DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS NA BACIA ENDORREICA DO TABULEIRO DO MARTINS, MACEIÓ-AL.

  • Orientador : JOSE VICENTE FERREIRA NETO
  • MEMBROS DA BANCA :
  • CARLOS MAURICIO ROCHA BARROSO
  • JOSE VICENTE FERREIRA NETO
  • MELCHIOR CARLOS DO NASCIMENTO
  • Data: 15/10/2019

  • Mostrar Resumo
  • A água é um recurso natural limitado, provavelmente o único recurso natural que tem a ver com todos os aspectos da civilização humana, desde o desenvolvimento agrícola e industrial aos valores culturais e religiosos arraigados na sociedade. É essencial à vida, seja como componente bioquímico de seres vivos, como meio de vida de várias espécies vegetais e animais, como elemento representativo de valores sociais e culturais e até como fator de produção de vários bens de consumo final e intermediário. Esta pesquisa traz, como temática, o estudo da qualidade das águas subterrâneas da bacia endorreica do Tabuleiro do Martins, Maceió/AL, localizada no domínio dos Tabuleiros Costeiros de Maceió, na Bacia Sedimentar Alagoas, onde essas águas são intensivamente exploradas para consumo humano e industrial. Trata-se de uma bacia endorreica, onde as águas superficiais se acumulam nas depressões do terreno natural, de onde evapora ou infiltra no solo. A região possui clima tropical, subúmido seco, com baixa amplitude térmica e precipitações anuais em torno de 1480 mm. A recarga dos sistemas aquíferos se dá principalmente pela infiltração do excedente de águas pluviais, estimada em 400 mm anuais. Das unidades litoestratigráficas, são exploradas as formações Barreiras, Marituba e Poção, isoladamente ou em conjunto, quando formam um só sistema aquífero. Dentre as atividades potencialmente poluidoras identificadas na região, destacam-se: sistema de esgotamento sanitário, constituído por fossas sépticas e sumidouros; efluentes líquidos industriais na área do Polo Multissetorial Governador Luiz Cavalcante; postos de combustíveis; e o sistema de drenagem superficial da região, constituído de lagoas para amortecimento de cheias que são também utilizadas como corpos receptores de efluentes domiciliares e industriais. Foi adotado o método hipotético dedutivo para a avaliação da qualidade das águas subterrâneas locais captadas por poços tubulares da Companhia de Saneamento de Alagoas (CASAL), inicialmente através da análise estatística dos parâmetros físico-químicos determinados pela CASAL nos anos de 2008 e 2018, visando também o estudo comparativo dos dados disponíveis nesse período. Numa segunda etapa, será avaliada a variabilidade espacial dos parâmetros físico-químicos das águas subterrâneas, visando identificar áreas sujeitas à contaminação, principalmente em regiões que possuem relevância econômica e ambiental para a sociedade. Também será identificado o grau de vulnerabilidade das águas subterrâneas da bacia endorreica do Tabuleiro do Martins, através do modelo GOD, índice de vulnerabilidade baseado na litologia, na profundidade até o lençol freático e no grau de confinamento da água subterrânea. Por fim, a pesquisa objetiva identificar áreas na bacia endorreica do Tabuleiro do Martins onde já haja indícios de poluição ou degradação das águas subterrâneas comparando com o grau de vulnerabilidade correspondente.


  • Mostrar Abstract
  • A água é um recurso natural limitado, provavelmente o único recurso natural que tem a ver com todos os aspectos da civilização humana, desde o desenvolvimento agrícola e industrial aos valores culturais e religiosos arraigados na sociedade. É essencial à vida, seja como componente bioquímico de seres vivos, como meio de vida de várias espécies vegetais e animais, como elemento representativo de valores sociais e culturais e até como fator de produção de vários bens de consumo final e intermediário. Esta pesquisa traz, como temática, o estudo da qualidade das águas subterrâneas da bacia endorreica do Tabuleiro do Martins, Maceió/AL, localizada no domínio dos Tabuleiros Costeiros de Maceió, na Bacia Sedimentar Alagoas, onde essas águas são intensivamente exploradas para consumo humano e industrial. Trata-se de uma bacia endorreica, onde as águas superficiais se acumulam nas depressões do terreno natural, de onde evapora ou infiltra no solo. A região possui clima tropical, subúmido seco, com baixa amplitude térmica e precipitações anuais em torno de 1480 mm. A recarga dos sistemas aquíferos se dá principalmente pela infiltração do excedente de águas pluviais, estimada em 400 mm anuais. Das unidades litoestratigráficas, são exploradas as formações Barreiras, Marituba e Poção, isoladamente ou em conjunto, quando formam um só sistema aquífero. Dentre as atividades potencialmente poluidoras identificadas na região, destacam-se: sistema de esgotamento sanitário, constituído por fossas sépticas e sumidouros; efluentes líquidos industriais na área do Polo Multissetorial Governador Luiz Cavalcante; postos de combustíveis; e o sistema de drenagem superficial da região, constituído de lagoas para amortecimento de cheias que são também utilizadas como corpos receptores de efluentes domiciliares e industriais. Foi adotado o método hipotético dedutivo para a avaliação da qualidade das águas subterrâneas locais captadas por poços tubulares da Companhia de Saneamento de Alagoas (CASAL), inicialmente através da análise estatística dos parâmetros físico-químicos determinados pela CASAL nos anos de 2008 e 2018, visando também o estudo comparativo dos dados disponíveis nesse período. Numa segunda etapa, será avaliada a variabilidade espacial dos parâmetros físico-químicos das águas subterrâneas, visando identificar áreas sujeitas à contaminação, principalmente em regiões que possuem relevância econômica e ambiental para a sociedade. Também será identificado o grau de vulnerabilidade das águas subterrâneas da bacia endorreica do Tabuleiro do Martins, através do modelo GOD, índice de vulnerabilidade baseado na litologia, na profundidade até o lençol freático e no grau de confinamento da água subterrânea. Por fim, a pesquisa objetiva identificar áreas na bacia endorreica do Tabuleiro do Martins onde já haja indícios de poluição ou degradação das águas subterrâneas comparando com o grau de vulnerabilidade correspondente.

SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2022 - UFAL - sig-app-2.srv2inst1 01/07/2022 19:39