Banca de QUALIFICAÇÃO: EDSON VALENTE COSTA NETO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : EDSON VALENTE COSTA NETO
DATA : 02/09/2021
HORA: 10:00
LOCAL: Videoconferência
TÍTULO:

HIERARQUIA DOS CENTROS URBANOS E AS REGIÕES DE INFLUÊNCIA DAS CIDADES NO ESTADO DE ALAGOAS A PARTIR DOS REGIC’S 


PALAVRAS-CHAVES:

cidades, hierarquia, rede urbana


PÁGINAS: 157
RESUMO:

Temos como objetivo geral analisar os estudos das Regiões de Influência das cidades – REGICs, realizados nos anos de 1967, 1972, 1987, 1993, 2007 e 2018, analisando a hierarquia dos municípios do estado de Alagoas. Sendo assim, buscamos de forma particular relacionar os municípios alagoanos, verificando a sua evolução hierárquica dentro do estado de Alagoas com os estudos promovidos pelos REGICs, com o intuito de analisar a hierarquia e a estrutura da rede urbana alagoana de acordo com os níveis hierárquicos e identificar as relações de influência das cidades de menor hierarquia para as de maior hierarquia urbana, mostrando como foi a sua evolução hierárquica a partir dos REGICs. Para isto, faremos uso de pesquisa quantitativa, através da coleta de dados junto ao Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, com o intuito de oferecer os dados mais atuais perante a pesquisa. Partimos da ideia de que a hierarquia de centros urbanos segundo os REGICs de 2007, publicado em 2008 e REGIC 2018, publicado em 2020, é constituído por Metrópoles (Grande Metrópole Nacional, Metrópole Nacional e Metrópole), Capitais Regionais (Capital Regional A, Capital regional B e Capital regional C), Centros Sub-Regionais (Centro Sub-Regional A, Centro Sub-Regional B e Centro Sub-Regional C), Centros de Zona (Centros de Zona A, Centros de Zona B) e Centros Locais e que Regiões de Influência das Cidades são ligações estabelecidas entre os centros menores para os de maior hierarquia, sendo uma rede formada por um conjunto de unidades urbanas ligadas entre si. A partir dessa base metodológica utilizada no REGIC 2018, a hierarquia dos centros urbanos é definida através das centralidades da gestão pública do território (avaliando níveis de centralidade do Poder Executivo e Judiciário em nível federal) junto com a centralidade da gestão empresarial, assim como a presença de diferentes equipamentos e serviços, onde levou-se em consideração a classificação dos centros de gestão do território, a intensidade de relacionamentos e a dimensão da região de influência de cada centro e que regiões de Influência das cidades são as intensidades das ligações que as cidades possuem entre si.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 192.835.987-68 - MIGUEL ANGELO CAMPOS RIBEIRO - UERJ
Presidente - 1188049 - PAULO ROGERIO DE FREITAS SILVA
Externa à Instituição - VIRGINIA CELIA CAVALCANTE DE HOLANDA - NENHUMA
Notícia cadastrada em: 13/07/2021 10:33
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2024 - UFAL - sig-app-2.srv2inst1 01/03/2024 21:12