PPGG PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GEOGRAFIA INSTITUTO DE GEOGRAFIA, DESENVOLVIMENTO E MEIO AMBIENTE Telefone/Ramal: 99992-2210/1441

Banca de DEFESA: JONAS HERISSON SANTOS DE MELO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JONAS HERISSON SANTOS DE MELO
DATA : 23/02/2022
HORA: 14:00
LOCAL: Web Conferência
TÍTULO:

ANÁLISE DA EVOLUÇÃO DAS CABECEIRAS DE DRENAGEM COMO SUBSÍDIO PARA O ENTENDIMENTO DA MORFODINÂMICA DE DIVISOR DE DRENAGEM DAS BACIAS HIDROGRÁFICAS DOS RIOS MOXOTÓ E CAPIÁ - AL/PE.


PALAVRAS-CHAVES:

Geomorfologia estrutural, migração de divisor de drenagem, análise morfométrica.


PÁGINAS: 67
RESUMO:

Os divisores de drenagem são importantes limites de organização para as paisagens, as dinâmicas pertencentes a estes elementos têm uma relação intrínseca com as cabeceiras de drenagem e o avanço dessas sobre os divisores. Essas dinâmicas estão associadas a diversas variáveis, como a distribuição de substratos rochosos de diferentes resistências e as variações climáticas, que são importantes elementos para compreensão das dinâmicas pertencentes aos objetos de estudo do presente trabalho. Desta forma este trabalho tem como objetivo análise morfométrica, em bases geomorfológicas, de divisor de drenagem localizado entre duas bacias hidrográficas localizada nos estados de Alagoas e Pernambuco (Bacias do rio Moxotó e Capiá), bem como das cabaceiras de drenagem que se conectam com o divisor. Para tanto, uma série de parâmetros e índices de natureza quantitativa foram aplicados ora ao divisor, ora às cabeceiras de drenagem, de maneira a possibilitar a análise morfométrica. Sendo iniciada a partir da hierarquização de rede drenagem de acordo com Strahler (1952), servindo para delimitar as áreas de bacias de 2a ordem. Desta forma através do uso do conjunto de funções do Topotoolbox e do Topographic analysis kit no ambiente do Matlab, foram calculados outros índices aplicados diretamente a rede de drenagem, como os índices de valor de χ e Ksn; a análise das bacias se deu ainda com a elaboração de curvas hipsométricas e aplicação de fator de assimetria de bacias de drenagem. A análise estrutural, se deu com a extração de lineamentos de relevo para a área analisada para quatro ângulos de iluminação (45°, 90°, 315° e 360°) de maneira a caracterizar a direção das principais estruturas atuantes na organização do relevo, de forma a influenciar as dinâmicas pertencentes as relações cabeceiras-divisor. Por fim, foram calculados o índice de assimetria de divisor (IAD), e sua direção preferencial de migração. Desta forma foi possível estabelecer relações entre as dinâmicas de migração e avanço de cabeceiras de drenagem com as principais estruturas atuantes na área.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANDRÉ DE OLIVEIRA SOUZA
Presidente - 1891214 - KLEYTHON DE ARAUJO MONTEIRO
Interno - 2501620 - MELCHIOR CARLOS DO NASCIMENTO
Notícia cadastrada em: 17/02/2022 12:52
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2024 - UFAL - sig-app-3.srv3inst1 22/07/2024 06:59