Banca de DEFESA: LUIZA NEME FRASSY



Uma banca de DEFESA DE MESTRADO foi cadastrada pelo programa.

DISCENTE: LUIZA NEME FRASSY
DATA: 18/09/2018
HORA: 09:00
LOCAL: Unidade Educacional Viçosa
TÍTULO:

Mastectomia total unilateral utilizando mapeamento linfático: comparação entre diferentes técnicas cirúrgicas e marcadores linfáticos


RESUMO:

Neoplasias mamárias são as que mais acometem cadelas não castradas e, por isso, têm alto impacto na medicina veterinária. Pesquisadores têm direcionado esforços para a padronização do diagnóstico, a compreensão do comportamento neoplásico e sua evolução e a descoberta de técnicas que aumentem a sobrevida dos pacientes. Sabe-se que a via linfática é a principal na disseminação metastática locorregional e que o linfonodo sentinela é o primeiro a receber a linfa tumoral. Diversas técnicas, utilizadas de forma única ou combinada, são descritas para o mapeamento linfático. O mapeamento colorimétrico é baseado na visualização direta dos linfonodos sentinela sem a necessidade de equipamentos de detecção especializados. O objetivo do presente estudo foi comparar a eficácia da marcação linfática entre dois marcadores diferentes, o azul de metileno 1% e o verde de indocianina e comparar duas abordagens cirúrgicas para mastectomias totais unilaterais, a técnica por dissecção fina e a por tração manual, considerando tempo cirúrgico, controle da hemorragia no transoperatório e abrangência das margens cirúrgicas mediante coloração do tecido linfático peritumoral. Para tal, foram incluídas no estudo 08 cadelas atendidas na rotina do Hospital Universitário Veterinário da Universidade Federal de Alagoas (HUV- UFAL) submetidas à mastectomia total unilateral, sendo que em quatro foi escolhida a técnica por tração manual utilizando o corante azul de metileno 1%, e nas demais a técnica por dissecção fina utilizando o verde de indocianina 50%. A utilização do azul de metileno 1% para mapeamento linfático em cadelas com neoplasia mamária mostrou um elevado percentual de reações alérgicas em comparação ao verde de indocinanina. A técnica de mastectomia total unilateral por dissecção fina mostrou superioridade em comparação à abordagem por tração manual no que se refere à hemorragia transoperatória. 


PALAVRAS-CHAVE:

Mastectomia, verde de indocianina, azul de metileno, cadelas.


PÁGINAS: 41
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Medicina Veterinária
SUBÁREA: Clínica e Cirurgia Animal
ESPECIALIDADE: Clínica Cirúrgica Animal

MEMBROS DA BANCA:
Externo(a) à Instituição - CRISTIANO GOMES - UFRGS
Presidente - 1081252 - FERNANDO WIECHETECK DE SOUZA
Externo(a) à Instituição - GRAZIELA KOPINITS DE OLIVEIRA - UFAL
Notícia cadastrada em: 05/09/2018 09:20
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2022 - UFAL - sig-app-1.srv1inst1 17/08/2022 10:54