Banca de QUALIFICAÇÃO: MARIANA MEDEIROS DE AGUIAR ALMEIDA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MARIANA MEDEIROS DE AGUIAR ALMEIDA
DATA : 24/03/2022
HORA: 09:00
LOCAL: Plataforma online (Google Meet)
TÍTULO:

USO MODIFICADO DA TÉCNICA DE HIDELGARDO RODRIGUES PARA REPLEÇÃO VASCULAR COM GELATINA DILUÍDA PARA CONSTRUÇÃO DE MODELOS ANATÔMICOS PARA ESTUDO DOS ARRANJOS VASCULARES EM GATOS DOMÉSTICOS (Felis catus domesticus, Linnaeus, 1758): (Rápida comunicação)


PALAVRAS-CHAVES:

Angiotécnica; Angiologia; Morfologia. 


PÁGINAS: 6
RESUMO:

A anatomia é a ciência que vai estudar a constituição macroscópica ou microscópica dos organismos humanos ou animais. A angiologia estuda todos os vasos constituintes do sistema circulatório e descreve que as artérias têm função de levar o sangue rico em oxigênio e nutrientes para todo o corpo, com a exceção da pequena circulação  Para o estudo da angiologia, é fundamental o emprego de técnicas anatômicas que possam realizar uma repleção vascular sem causar alteração na forma do vaso e que sigam por todas as suas ramificações. Neste sentido, as angiotécnicas permitem estudar vasos sanguíneos, especificamente pelo emprego de diversas substâncias como amido, cera, gordura bovina e  gelatina, que podem melhorar a visualização dos vasos, e facilitar futuras dissecações de veias e artérias. O objetivo deste trabalho foi de descrever o uso modificado da técnica de Hidelgardo Rodrigues para repleção vascular com gelatina diluída, para estudo dos arranjos vasculares em gatos domésticos. Para realização do presente estudo foram utilizados oito cadáveres de felinos, doados pela Unidade de Vigilância em Zoonose de Maceió para realização de estudos anatômicos no Laboratório de Anatomia Animal  da Universidade Federal de Alagoas. Após o tempo de fixação, os animais foram colocadas em décubito lateral esquerdo, sendo realizada dissecação da região do triangulo femoral no membro pélvico esquerdo, e posterior, cateterização da artéria femoral esquerda, com infusão de 20 mL de gelatina diluída. A gelatina utilizada no presente estudo, percorreu o sistema arterial no sentido cranial, deixando evidente as artérias entrando e saindo de seus respectivos órgãos, tornando de grande facilidade a visualização tanto de vasos intra-abdominais como os intestinais, pôde-se evidenciar facilmente a artéria femoral, ilíacas interna e externa, sacral mediana, mesentérica caudal, ovariana nas fêmeas e testicular nos machos, mesentérica cranial e tronco celíaco. Pôde-se concluir com a realização desse estudo que a injeção de gelatina na artéria femoral, sem o aquecimento prévio do cadáver, evidenciou perfeitamente o sistema vascular das artérias intra-abdominais nos animais estudados, sendo totalmente compatível com a técnica de angiotécnica modificada.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1767039 - DANILLO DE SOUZA PIMENTEL
Interno - 1081252 - FERNANDO WIECHETECK DE SOUZA
Interno - 1544770 - THIAGO BARROS CORREIA DA SILVA
Notícia cadastrada em: 21/03/2022 13:05
SIGAA | NTI - Núcleo de Tecnologia da Informação - (82) 3214-1015 | Copyright © 2006-2022 - UFAL - sig-app-2.srv2inst1 12/08/2022 00:04